Estocolmo: Guia, Roteiro e Dicas de Viagem

0
160
estocolmo

Na capital da Suécia a modernidade encontra a tranquilidade. Planeie o seu roteiro de viagem a Estocolmo com a ajuda deste Guia do melhor que Estocolmo tem, para aproveitar o seu tempo ao máximo.
estocolmo-riddarholmen

Estocolmo é tanto admirada como menosprezada, opinião a que é sobranceiramente alheia. Construída sobre uma cadeia de ilhas (14) ligadas por pontes (57) e rodeada por floresta, a deslumbrante capital da Suécia é um terço de água, um terço de parques e um terço cidade. Estocolmo é limpa, verde e, na nossa opinião, subestimada. Estocolmo fervilha duma energia e sentido histórico contagiantes.

estocolmo-kungsholmen

Vista como o ancião da Escandinávia, forte e confiante, igualmente elegante e histórica, nenhum visitante fica indiferente a um dos melhores aspetos da cidade de Estocolmo – espaço. Há uma sensação arejada no centro da cidade que vem das águas, praticamente intocadas para proporcionar espaço entre os seus bairros. Como uma das capitais europeias mais emocionante, mais dinâmica e cosmopolita, Estocolmo oferece um leque incrível de opções e de experiências para os seus visitantes.

Porquê visitar?
Quando visitar?
O que ver e fazer?
Outros pontos de interesse
Onde dormir?
Onde comer?
Informação prática

Porquê visitar Estocolmo?

estocolmo-panoramica

A autoproclamada “Capital da Escandinávia” conta, entre os seus tesouros, com o prémio Nobel, mais de 100 museus e atrações turísticas e o maior palácio da Europa, a residência oficial de sua Majestade, o rei da Suécia.

Com um movimentado centro, a cidade de Estocolmo conta com vários parques idílicos e até zonas para um banho no Báltico. Tendências na música, no design, na moda e na tecnologia difundidas pelo mundo inteiro são inventadas aqui. Pode comprar mobiliário vintage e mid-century. De seguida, jantar comida tradicional, rústica ou aventurar-se na nova cozinha nórdica. E tudo isto com um toque humano pois estará cercado por habitantes afáveis e que falam um inglês irrepreensível.

estocolmo-Marten-Trotzigs-Grand

Relaxe num passeio de barco panorâmico, rasteje pelo velho navio de guerra mais bem preservado da Europa, espreite as lojas de antiguidades enquanto vagueia pelas ruas empedradas da Cidade Velha (Gamla Stan) iluminada por lanternas. Faça uma viagem no tempo em Skansen, o primeiro museu folclórico ao ar livre da Europa – e na nossa opinião, o melhor. Se tiver mais tempo e quiser mergulhar na natureza, nada como planear um dia ou dois para explorar os arredores.

Estocolmo é simultaneamente urbana, próxima da natureza e da água, uma característica sempre presente nesta cidade onde o lago e o mar se encontram. A atmosfera acolhedora, aberta e tolerante onde a diversidade e a inovação são incentivadas transforma Estocolmo numa cidade para todos.

Quando visitar Estocolmo?

estocolmo-palacio-real

Verão e Outono – de junho a outubro: esta é a melhor altura do ano para visitar Estocolmo, com dias longos, quentes e soalheiros. Janeiro e fevereiro são geralmente os meses mais frios e julho o mais quente. Dada a latitude, no verão, o sol parece não querer dormir, no inverno parece ter hibernado. De inverno a neve dá-lhe uma beleza especial, mas as temperaturas gélidas e a escuridão podem representar um desafio. De novembro a abril o termómetro pode ir aos negativos e há dias com apenas seis horas de luz solar – contudo, há relatos de que, com sorte, se pode avistar a aurora boreal.

Antes de ir convém saber que o mês de julho é usualmente o mês das férias anuais para os citadinos. Muitos serviços, nomeadamente restaurantes, transportes e entretenimentos, fecham para férias e a cidade pode parecer agradavelmente calma ou desgostosamente aborrecida.

O que ver e fazer em Estocolmo?

Riddarholmskyrkan

O sentido de beleza e moda de Estocolmo pode ser quase intimidante. Mas conheça-a melhor e verá como a cidade top-model intimidante lhe passará uma boa onda e boa impressão. A cidade tem uma arquitetura notável com muitos dos edifícios a datarem de 1700 nas ruas empedradas da Cidade Velha. No lado totalmente oposto é também conhecida pelo design de vanguarda e arte moderna. Estocolmo, como a capital cultural, política e económica da Suécia que é, apresenta-se como uma metrópole completa que tem algo para todos. Aqui ficam alguns pontos de interesse de Estocolmo

Gamla Stan

estocolmo-gamla-stanMesmo no coração da capital, a Cidade Velha (Gamla Stan) é impossível de falhar. Com vielas sinuosas, casas em estilo enxaimel de quatro pisos e águas furtadas e as inconfundíveis ruas empedradas. Facilmente vai perder a noção de tempo entre as pequenas lojas, simpáticos cafés e praças espairecidas.

estocolmo-Riksdagshuset

A entrar ou sair da Gamla Stan terá obrigatoriamente que passar pelo Riksdaghuset, o edifício do Parlamento Sueco. Outros pontos de interesse a explorar nesta área de Estocolmo são a Catedral (Storkyrkan) e o Museu Nobel. Já que anda por estas bandas, não perca a oportunidade de ver o Palácio Real (Kungliga Slottet) e o render da guarda real.

Skansen

estocolmo-skansen

O museu folclórico ao ar livre na ilha de Djurgården reúne 150 casas históricas de toda a Escandinávia,  entre igrejas, escolas e lojas, e retrata a vida e costumes tradicionais da Suécia antes da era industrial.  Algumas das estruturas mais antigas datam do século XIV. Skansen é um espaço excelente para famílias já que as crianças têm muito para explorar e conhecer, e com o extra de poderem conhecer de perto animais nórdicos no zoo.

Museu Vasa

estocolmo-vasa-museu

Este é o museu que alberga o navio de guerra do século XVII mais bem preservado do mundo, o Vasa. A curiosa nave de guerra teve um curtíssimo tempo de existência tendo naufragado praticamente à saída do porto. Esteve debaixo de água durante 333 anos e só em 1956 foi redescoberto no seu túmulo aquático.

Câmara Municipal de Estocolmo

estocolmo-stadshus

Figura nas imagens mais identificativas de Estocolmo por causa dum skyline inconfundível. A sua espiral apresenta as Três Coroas douradas e é uma das obras mais célebres do Ragnar Östberg. A sua visão precisou de 8 milhões de tijolo-burro para se tornar realidade. Situada na ilha de Kungsholmen.

Outras Atrações Turísticas de Estocolmo

Se visitar Estocolmo com tempo, existem alguns pontos de interesse ao redor da capital sueca que certamente o vão encantar. Além do mais, Estocolmo é uma cidade rodeada de floresta o que torna sempre agradável qualquer passeio nos arredores.

Uppsala

uppsala

A cidade de Uppsala, a quarta maior da Suécia, é conhecida por ser uma cidade universitária. Mas para além da sua Universidade, a mais velha da Escandinávia, não perca uma visita à Catedral de Uppsala e um passeio até ao castelo.

Gamla Uppsala

gamla-uppsala

A Velha Uppsala é hoje uma pacata e tranquila localidade, mas a sua importância histórica remonta à Idade do Ferro. Os misteriosos morros funerários com mais de 1500 anos de idade e a (agora) pequena catedral de Gamla Uppsala são os principais pontos de interesse. Anualmente há uma procissão em homenagem a Santo Érico desde a Catedral de Uppsala até esta igreja.

Drottningholm

Drottningholm

Listado pela UNESCO, Drottningholm é um castelo em estilo barroco francês, amiúde chamado da Versailles do Norte, onde reside a família real sueca. Os jardins são de acesso gratuito e têm muito que explorar.

Onde dormir em Estocolmo?

Encontrar um hotel barato em Estocolmo é uma quimera. Encontrar algo abaixo dos €100 no centro da cidade é tarefa impossível. As viagens de negócio são um dos fatores que mais inflaciona os preços. Pode considerar procurar alojamento nos subúrbios recorrendo aos transportes públicos para se deslocar ao centro, desde que compense o custo.

Old Town Lodge

Este hostel apresenta uma boa relação qualidade/preço e tem uma ótima localização na Gamla Stan, perto dos principais pontos de interesse de Estocolmo. O Old Town Lodge dispõe de uma kitchenette comum totalmente equipada, quartos individualmente decorados e acesso gratuito a Wi-Fi. Camas em beliche, WC e duches partilhados e alguns quartos não têm janela.

Skanstulls Hostel

Este moderno hostel está localizado na animada área de Södermalm, a 150 metros da Estação de Metro de Skanstull. Camas em dormitório com WC e duches partilhados. O Skanstulls Hostel disponibiliza uma cozinha para uso dos hóspedes e acesso Wi-Fi gratuito. A Estação Central de Estocolmo fica a 4 paragens de metro.

Crafoord Place Hostel

Este hostel fica a 15 minutos a pé da Estação Central de Estocolmo e das áreas comerciais e de entretenimento na área de Drottninggatan/Hötorget. Tem quartos duplos mas oferece a opção económica da cama-beliche em dormitório com WC partilhada. A propriedade oferece acesso Wi-Fi gratuito em todas as suas áreas. Tem uma cozinha e provicencia chá e café gratuitos.

Hotel Hornsgatan

O Hotel Hornsgatan é de gerência familiar e está localizado no badalado bairro de Södermalm, em Estocolmo, a 150 metros da Estação de Metro de Mariatorget. Disponibiliza quartos espaçoso com televisão por cabo e acesso Wi-Fi gratuito. Todos os quartos do Hotel Hornsgatan incluem piso em madeira e acesso a uma casa de banho partilhada.

Hotell Skeppsbron

Este vale pela experiência: um hotel com quartos em criptas subterrâneas! O Hotell Skeppsbron está situado mesmo no centro histórico de Estocolmo, a 300 metros do Palácio Real e a poucos minutos a pé da pitoresca Praça Stortorget e do Museu Nobel. As casas de banho são privativas ou partilhadas. Os hóspedes têm acesso a um salão partilhado e WiFi gratuito. Há muitos restaurantes, bares, cafés e lojas a uma curta caminhada. A Estação de Metro Gamla Stan e o Parque Kungsträgården estão a cerca de 700 metros do hotel.

Grand Hôtel Stockholm

O Grand Hôtel Stockholm está localizado à beira-mar, em frente ao Palácio Real e à Cidade Velha, a 1 km da Estação Central. O Grand dispõe de um spa de luxo e os quartos são insonorizados e com vistas para a cidade, para o pátio ou para o passeio marítimo. Alberga dois restaurantes de Mathias Dahlgren, premiado com 3 estrelas Michelin.

Radisson Blu Waterfront Hotel, Stockholm

Este hotel de luxo fica ao lado do Centro de Congressos Waterfront de Estocolmo e da Estação Central. Quartos climatizados amplos e modernos com acesso a WiFi, televisão por cabo e alguns incluem uma máquina Nespresso. O Radisson dispõe de ginásio, restaurantes finos e vista panorâmica da cidade. Os hóspedes podem relaxar junto à lareira no bar do átrio. O Restaurante RBG, Bar & Grill no local tem um bar de cocktails e serve pratos suecos e internacionais. A localização central do Hotel Waterfront permite um fácil acesso às áreas de compras, bairro empresarial, centro histórico e Câmara Municipal.

Onde comer em Estocolmo?

estocolmo-Hötorget-Market

Bares e restaurantes modernos de classe mundial lado a lado com cafés históricos e acolhedores pubs com um toque bairrista, assim se pode resumir a cena gastronómica de Estocolmo. Restaurantes definidores de tendências, estrelas Michelin e casas de comida tradicional num arquipélago idílico: bem-vindo a uma cidade onde é fácil perder a contenção e quebrar as regras da dieta.

estocolmo-stortorget-gamla-stan

Recorrer aos food courts é uma opção que permite escolha variada, cozinha tradicional, internacional e a vários preços, consoante a carteira. Veja o site oficial do turismo de Estocolmo, uma fonte bastante completa que lhe dará uma ideia da cena gastronómica da cidade.

Informações práticas para visitar Estocolmo

  • Apesar de Estocolmo ser a maior cidade da Escandinávia, é ainda fácil locomover-se pela cidade a pé ou de transportes públicos. Há passes de transportes públicos SL para 24h, 72h ou 7 dias, à venda em nos guichets do metro e elétricos, quiosques, tabacarias e via app da SL. A bicicleta é a melhor alternativa para visitar Estocolmo.
  • Conduzir dentro da cidade, quer seja com um carro alugado quer seja um veículo estrangeiro, está sujeito a uma taxa de circulação automóvel. Veja tudo sobre Congestion Tax aqui.
  • A gratificação (gorjeta) não é prática comum nem esperada pelos empregados que fornecem os serviços (restauração, taxis, cabeleireiro, etc). É vulgar arredondar-se um valor para cima, uma conta de 58 SEK pode ser arredondada para 60 SEK, ninguém se chateia. Só se o serviço for de excelência, e se quiser gratificar o empregado, algo entre os 5-10% do valor da conta é razoável.
  • Moeda: coroa sueca, SEK. Leve algumas coroas suecas consigo para qualquer eventualidade à chegada mas existem ATM em praticamente todo o lado onde pode fazer levantamentos faseados. Informe-se sobre o limite de levantamento diário na Suécia na sua instituição bancária.
 Pesquisar Voos  Reservar Alojamento Fazer Seguro de Viagem Alugue carro ao melhor preço
COMPARTILHAR
Artigo anteriorMapas do Caminho de Santiago com percursos e rotas GPS
Próximo artigoRuta del Cares – Picos de Europa
Anabela e Alexandre (linguista e economista), apaixonados um pelo outro e pelas viagens. Juntaram as letras e os números e criaram Vagamundos - Blog de Viagens onde partilham as suas errâncias pelo mundo e motivam todos a viajar. Autores independentes dos livros Caminho do Amor e Rostos do Oriente. Aproveitam qualquer desculpa para vaguear pelo mundo. Viveram na Alemanha, Dinamarca e EUA. Praticam trekking e lounging, alternadamente. Gostam de sujar cozinhas e conversar até altas horas. Uma vez por ano fingem que tocam djambé.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here