Niagara Falls – a Crónica

4
23

O final da Primavera e o Verão são sem dúvida a melhor altura para visitar esta maravilha da natureza, se bem que no pico do Verão a cidade canadiana de Niagara Falls seja literalmente invadida de turistas e se torne muito moroso aceder às várias atracções.


American Falls e a “pequena” Bridal Veil Fall

Como já aqui referimos a melhor vista das cataratas é obtida do lado canadiano. Ao longo do Queen Victoria Park existem várias plataformas que levam a postos de observação, oferecendo assim ao visitante uma vista espectacular das Cataratas do Niágara, tanto das American Falls e das Bridal Veil Falls (Cataratas Véu da Noiva), como das Horseshoe Falls (Cataratas Ferradura).


Horseshoe Falls

A névoa criada pelas quedas de água é uma constante ao longo de todo o parque, sobretudo próximo das Horseshoe Falls, e é praticamente impossível não se apanhar umas molhas. Algo que até sabe bem quando se apanha dias de calor, como os que apanhamos, em que as temperaturas rondaram os 30 graus. O único senão é as fotografias. É que as respectivas máquinas fotográficas não se dão nada bem com a água obrigando a uma “luta” constante para limpar a objectiva.

Mas é obvio que ver as cataratas dos miradouros sabe a pouco. Apetece mesmo aproximarmo-nos delas e apanhar uma molha a sério. Para isso existem duas opções. A melhor, e aquela pela qual optamos, é apanhar um dos famosos navios Maid of the Mist, que transportam turistas para dentro dos redemoinhos das Cataratas (chegando bem perto delas) desde 1846.

O barulho das cataratas é ensurdecedor e ficamos a perceber o porquê de Niágara vir de uma palavra iroquesa que significa “trovoada de águas. É uma experiência brutal e inesquecível! A outra opção é a “Journey Behind the Falls”, que consiste em vários túneis e uma plataforma de observação mesmo juntinho às Horseshoe Falls.

Para quem desejar uma vista aérea das cataratas não faltam helicópteros para o efeito se bem que o preço seja mesmo muito puxado. Uma alternativa mais económica é subir à Skylon Tower que tem uns meros 160 metros de altura.

Um dos pontos negativos do lado canadiano das cataratas é sem dúvida o facto da zona hoteleira da cidade de Niagara Falls (a zona mais próxima das cataratas) se ter transformado numa espécie de parque de diversões. No nosso ponto de vista não joga muito misturar a natureza com centenas de néons a anunciar diversões que vão desde as casas assombradas aos inúmeros museus de cera.

Mas para quem como nós procura a paz da natureza também existem opções. É verdade que a maioria dos turistas acaba o seu passeio pelo Queen Victoria Park quando chega às Horseshoe Falls mas para quem decida continuar a caminhar para sul vai encontrar a tão almejada paz da natureza. Foi o que fizemos e como bónus obtivemos não só excelentes vistas dos rápidos que precedem as cataratas como ainda ficamos a conhecer a antiga Central Eléctrica de Niagara Falls.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorBruins campeões!
Próximo artigoToronto – CN Tower
Anabela e Alexandre (linguista e economista), apaixonados um pelo outro e pelas viagens. Juntaram as letras e os números e criaram Vagamundos - Blog de Viagens onde partilham as suas errâncias pelo mundo e motivam todos a viajar. Autores independentes dos livros Caminho do Amor e Rostos do Oriente. Aproveitam qualquer desculpa para vaguear pelo mundo. Viveram na Alemanha, Dinamarca e EUA. Praticam trekking e lounging, alternadamente. Gostam de sujar cozinhas e conversar até altas horas. Uma vez por ano fingem que tocam djambé.

4 COMENTÁRIOS

  1. Maravilha!!!É um projecto há muito no nosso horizonte, em tempos em que ainda estavamos na vida activa foi programada esta visita em transito para um cruzeiro no Alaska, mas lembrei-me de desistir…ainda hoje me arrependo…mas lá virá se houver saúde…e também já me tinham dito que ao redor das Cataratas parece as feiras que há agora por aí abaixo em cima das nossas mais belas praias…bj gr.Lu e gostei como sempre e muito deste post…

  2. Beautiful!!! I too like the photo with the rainbow – very nice!!
    I get the impression that you have a combination of nature and civilization very close by – falls+Disneyland, if you will…! 😀

  3. Olá Bia! Como se não bastasse a beleza natural das cataratas em si, elas ainda são capazes de dar um "colorido" 🙂
    Bjs

    Olá Lu. Obrigado pelas tuas simpáticas palavras! Por vezes, temos que abdicar de uns lugares para podermos ir a outros, mas ainda vais bem a tempo! Podes ter a certeza que as vais "saborear" de outra forma 🙂
    De facto, não se consegue fugir ao "parque de diversões" que a rodeia… mas dá para nos abstrairmos.
    Bjs

    Hello Aledys. Very well put. In our point of view, the two don't match.
    Besos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here