Preparação para o Caminho de Santiago

9
3281
preparação para o Caminho de Santiago

Uma vez tomada a decisão de peregrinar até Santiago de Compostela, o passo seguinte é iniciar a preparação para o Caminho de Santiago. É sobre a nossa experiência de preparação que falamos no artigo de hoje.

A preparação física é essencial para percorrer o Caminho de Santiago e disfrutar de toda a magia da peregrinação. Se não houver uma preparação para o Caminho de Santiago adequada, a probabilidade de contrair lesões aumenta. E é de senso comum que é muito mais difícil sentir a espiritualidade do Caminho, apreciar a beleza da criação e do trabalho do homem, quando as dores e o cansaço são uma constante.

O treino físico deve começar o mais cedo possível, pelo menos 3 meses antes da peregrinação. Claro que tudo depende da distância que pretendemos percorrer para chegar a Santiago. Na nossa segunda peregrinação a Santiago, o objetivo era percorrer 800km logo iniciamos os nossos treinos quase 5 meses antes. Da primeira vez, como apenas pretendíamos percorrer 120km, bastou-nos sensivelmente 2 meses.

O treino deve começar de uma forma suave, com caminhadas de curta distância, feitas com o máximo de regularidade possível. Pela nossa experiência podemos dizer que mais vale fazer 10km três ou quatro vezes por semana do que 25km uma vez por semana.

Na preparação para o Caminho de Santiago, nós começamos por percorrer troços relativamente planos e fomos subindo os quilómetros, percorridos em cada caminhada, de semana para semana, chegando ao ponto de conseguirmos fazer 12km sem grande dificuldade (começamos com sensivelmente 5km). É muito importante que, mesmo estes treinos iniciais, sejam feitos em diferentes tipos de piso, visto que no Caminho a alteração do piso é uma constante. Por isso, sempre que possível, combine troços de asfalto, calçada, terra batida e cascalho na sua caminhada. Para esta fase o nosso campo de treinos de eleição foi o Parque Tejo e a Foz do Rio Trancão, nas imediações de Sacavém.

Quando sentirem que o corpo já responde bem às caminhadas de curta distância, em terreno plano, é chegada a hora de aumentar a exigência dos treinos. Na segunda fase da nossa preparação para o Caminho de Santiago passamos a procurar trilhos de montanha com grandes declives e piso muito irregular, para assim habituarmos o corpo às descidas e subidas. Caminhar 15km em terreno direito são quase um passeio quando comparados com os mesmos 15km em trilhos de montanha, com consecutivas subidas e descidas. Estudem as inclinações máximas que vão encontrar no Caminho (não só as subidas mas também as descidas) e tentem encontrar algo semelhante próximo de casa para prepararem bem o vosso corpo e mente para desafios do Caminho. Nos encontramos na Serra de Sintra, o campo de treinos ideal para nós.

Assim, quando no Caminho se depararem com uma subida ou descida a pique, com mais de 15% de inclinação, já sabem mentalmente que a conseguem superar. Isso pode fazer toda a diferença no Caminho.

Aproveitem também esta mudança de piso para começarem a usar equipamento que pretendem levar para o Caminho, sobretudo o calçado e a mochila. Calçado novo e Caminho de Santiago é sinónimo de bolhas, nunca se esqueçam disso.

E caminhar com a mochila, de preferência com o peso que estimam levar para o Caminho, é também essencial. Experimentem fazer 20kms sem mochila e depois com 10kg às costas e vão ver a diferença. Após meia dúzia de quilómetros percorridos cada quilo transforma-se numa tonelada. E se não vão preparados para carregar o peso da mochila no Caminho, rapidamente vão surgir lesões graves, como sejam tendinites.

Quando sentirem que já conseguem fazer uma caminhada de 15/20km em piso irregular e com declives, carregando a vossa mochila, é chegada a hora de simular dois ou três dias de Caminho. Esta é, por assim dizer, a terceira fase de preparação para o Caminho de Santiago. Por outras palavras, aproveitem um fim-de-semana prolongado e façam vários dias de caminhada seguidos. Afinal de contas, no Caminho vai ser assim, vários dias a andar sem descanso. No nosso caso fizemos os primeiros dois dias do Caminho de Santiago/Fátima, partindo de Lisboa e vimos logo que a mochila tinha peso a mais para caminhar vários dias seguidos.

Mas todo este treino físico de pouco ou nada vai servir se a mente não estiver preparada para as exigências do Caminho. Dizem que para percorrer o Caminho com sucesso 25% é trabalho físico e 75% é trabalho psicológico. Não sabemos se serão bem estas as percentagens, mas da nossa experiência podemos garantir que o psicológico supera o físico quando se percorre o Caminho de Santiago. Numa adequada preparação para o Caminho de Santiago a componente psicológica não pode ser descurada. A força de vontade, a persistência, o ânimo, o amor, a fê, têm um papel crucial na peregrinação. Para mais informações sobre a componente psicológica do Caminho não deixem de ler o seguinte artigo: “preparação mental para o Caminho de Santiago

Nunca se esqueçam que caminhar 20kms durante um dia é muito diferente de percorrer essa mesma distância durante vários dias seguidos, com uma mochila às costas. O treino começa aqui!

Dicas Práticas para preparar o seu Caminho de Santiago

Clique para ler o nosso Guia do Caminho Francês de Santiago Clique para ler o nosso Guia do Caminho Português de Santiago

9 COMENTÁRIOS

  1. Muito obrigada pela vossa partilha de experiências! Leio tudo o que escrevem pois encontro-me a preparar o meu Caminho!

  2. Olá Olga Correia!
    Benvinda às Crónicas! Ficamos contentes pelo seu feedback e por saber de mais alguém que vai fazer o seu Caminho. Se precisar de alguma informação em que a possamos ajudar não hesite em contactar-nos.
    Cumprimentos

  3. Olá!
    Pretendo, um dia, fazer o Caminho de Santiago. Estou na fase de colher informações junto às pessoas generosas, que como vocês, separam um tempo de suas vidas para partilhar suas experiencias e ajudar e incentivar pessoas a se aventurar pelo mundo, saindo de sua zona de conforto! Até agora esse blog VagaMundos, foi o melhor que encontrei, muito direto, simples e objetivo! Me senti viajando. Parabéns!
    Grande abraço.

    • Muito obrigado pelas suas palavras Ana. Abraços nossos e votas de grandes aventuras. Qualquer dúvida é só dizer!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here