Quem Somos

Bem-vindos ao VagaMundos – Blog de Viagens, um mundo sem fronteiras, que não exige vistos nem passaporte para se explorar!

alexandre_anabela_vagamundosSomos o Alexandre e a Anabela e a dois já visitámos mais de 70 países, espalhados por praticamente todos os continentes.

Entre as nossas viagens mais emblemáticas destacamos o Caminho de Santiago, em que percorremos a pé os 800 quilómetros que separam Saint Jean-Pied-de-Port de Santiago de Compostela, uma roadtrip de 4000 milhas pelos Estados Unidos, entre Las Vegas e Yellowstone, uma viagem overland pela América do Sul desde Lima até Ao Fim do Mundo e uma fascinante viagem pelo Oriente que nos levou desde a monumental Pequim à frenética Bombaim.

Somos adeptos do conceito de viajar devagar e viajamos sempre de forma independente, concebendo e preparando todas as nossas viagens. Na nossa perspetiva, uma viagem é como uma maratona, não uma corrida de velocidade.

VagaMundos ChinaAo contrário do que muitos pensam, ser-se viajante independente não é nenhum bicho-de-sete-cabeças. A verdade é que está ao alcance de todos e na sua génese requer apenas alguns ingredientes especiais: uma grande dose de curiosidade pelo mundo, uma pitada de loucura, misturada com um pouco de desejo pela aventura, uma porção de tolerância e muita busca de informação para apurar a logística.

São estes os ingredientes base que nos incitam a procurar constantemente um novo recanto do mundo a explorar. Observar, descobrir e fazer parte das histórias de outros que, como nós, são cidadãos do mundo. As viagens têm-nos possibilitado conhecer muitas e distintas realidades, abrir os olhos para o Mundo, têm-nos ensinado a viver com o Outro, com a mais-valia de aprendermos a saber olhar para o Eu. Muitas vezes descobrimos que é mais o que nos une do que o que nos separa nesta “aldeia global”!

VagaMundos Golden TempleO VagaMundos – Blog de Viagens (anteriormente “Crónicas de Um VagaMundo”) é hoje o espaço onde partilhamos esses conhecimentos, onde relatamos as nossas experiências de viagem, inspirando e ajudando outros viajantes independentes no planeamento e realização das suas viagens.

Mais do que partilharmos viagens, partilhamos um estilo de vida. Queremos motivar os nossos leitores a sair da sua zona de conforto e a partir para explorar a enorme caixinha de surpresas que é o mundo. Desejamos desmistificar a ideia pré-concebida de que viajar é só para ricos. Nunca as viagens estiveram tão democratizadas como nos dias de hoje, onde conseguir comprar um voo low-cost ou reservar um hotel barato está muitas vezes à distância de um click. Com informação e um planeamento adequado é hoje possível viajar mais e melhor.

O blog VagaMundos enquadra-se precisamente nesse contexto de partilha de informação, ajudando quem nos visita a realizar as suas viagens de sonho sem rebentar o orçamento.

Alexandre Narciso

alexandre-narcisoO Alexandre é economista e há mais de dez anos que exerce a sua profissão no sector académico, financeiro, TICs e comunicação, atividades que já o levaram a residir no estrangeiro, nomeadamente na Alemanha, Dinamarca e Estados Unidos da América. Presentemente é researcher, business development manager, analista económico-financeiro, consultor de marketing digital e produtor de conteúdos.

Desde que me conheço como gente que me reconheço com um espírito irrequieto e curioso. Por isso, o apetite pelas viagens foi algo que aconteceu sem surpresas e colou-se-me à pele como a minha natureza. O desafio da viagem tem um magnetismo a que não consigo fugir, nem quero. A viagem permite-me sair da minha zona de conforto, abrandar o tempo e observar o mundo sempre duma nova perspetiva.

Viajar é para mim sinónimo de liberdade, a liberdade de explorar, de saborear, de valorizar, de escolher o que fazer com o tempo e não deixar que o tempo determine quem sou. A palavra “fronteira” é a antítese do espírito humano, pelo menos do meu, e perceciono-a como um desafio: se existir uma forma de a transpor, eu hei de descobrir. O que é um facto é que as viagens fazem com que a minha “fronteira” se expanda cada vez mais. Agora sinto que o mundo é a minha “casa” e só viajando sei o que me está na essência.

Anabela Narciso

Anabela NarcisoA Anabela é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, tendo lecionado nas escolas públicas portuguesas e participando em vários projetos de linguística na Dinamarca e nos Estados Unidos da América. Atualmente é tradutora, revisora de textos, consultora de marketing e produtora de conteúdos.

Para que serve a viagem? Para aprender e surpreender. As viagens ensinaram-me que o horizonte é bem mais amplo do que aquele a que nos querem habituar. Se me pedirem para definir a palavra “viagem”, não consigo. Talvez a conceba como aprendizagem e perceção do meu lugar no mundo. Ou a melhor forma de estimular os meus sentidos e abrir a minha mente. Mas é muito mais do que isto. Aprendi viajando que sou capaz de fazer muito mais que aquilo que julgava ser-me possível.

Quando viajo, só sinto definidos a partida e o regresso. E no entremeio está a descoberta, o descanso, a aventura, a mudança. As viagens são descoberta no seu sentido mais puro, descoberta do eu, do outro e do todo. São o descanso que me permite desligar e fugir da rotina. São a aventura de experimentar a novidade e a diferença. São a mudança quando no regresso me apercebo que algo se transformou em mim.

História do VagaMundos – Blog de Viagens

As origens do VagaMundos – Blog de Viagens remontam ao já remoto ano de 2004, numa altura em que os blogs ainda estavam a dar os primeiros passos em Portugal. Em Janeiro desse mesmo ano, o Alexandre lançou a primeira pedra do que é hoje o VagaMundos – Blog de Viagens.

Alma de VagaMundoNa altura era conhecido pelo nome de Alma de VagaMundo e servia como uma espécie de diário onde partilhava não só as suas errâncias pelo mundo mas também vários pensamentos, contos e poesia. Um ano mais tarde a Anabela entrou na sua vida e o blog passou a ser escrito a quatro mãos.

Em 2009 mudaram-se de Lisboa para Copenhaga e decidiram mudar também de morada digital. O blog ganhou não só nova morada mas também novo nome. Foi rebatizado de Crónicas de “Um” VagaMundo e passou a ser inteiramente dedicado às viagens.

Cronicas de Um VagaMundoCom o passar dos anos foram sendo conhecidos, no mundo das viagens, pelo nome de VagaMundos, um nome que se colou a eles como uma segunda pele.

VagaMundos – Blog de Viagens é hoje a sua casa digital e é também a única morada onde é seguro que os encontra.

 Trabalhe Connosco