Visitar o Ksar Ait Benhaddou (Marrocos) – conheça a Yunkai da Guerra dos Tronos

Ait Benhaddou - cidade de Yunkai na Guerra dos Tronos

Entre Marraquexe e Ouarzazate está o Ksar Ait Benhaddou, que se situa na margem esquerda do Wadi Mellah (o vale) onde corre o Oued Ounila, um rio cuja nascente se situa nas montanhas do Alto Atlas. Um ksar – alcácer – consiste num conjunto de habitações e infraestruturas rodeadas por muralhas e torres de defesa.

O Ksar de Ait Benhaddou é o mais impressionante de Marrocos e tornou-se mundialmente conhecido devido à séria Guerra dos Tronos (Game of Thrones). Na famosa séria, Ait Benhaddou é a cidade esclavagista de Yunkai. Escusado será dizer que os fãs da série têm uma razão adicional para visitar esta verdadeira maravilha de Marrocos.

Ksar de Ait Benhaddou – história do local e principais pontos de interessa da cidade de Yunkai da Guerra dos Tronos


Panorâmica de Ait Benhaddou (clicar para aumentar)

Esta “cidade fortificada” ergue-se a partir do sopé duma colina de arenito rosa no topo da qual se situa o igherm, o celeiro colectivo, agora restaurado. Quem olha para Ait Benhaddou não pode deixar de ficar impressionado com a simbiose entre as edificações em pisé ocre e o cenário natural que a rodeia e isso deve-se aos métodos ancestrais de construção, ainda em uso.


Celeiro

Este era um lugar estratégico nas trocas comerciais desde a Idade Média, um importante ponto de passagem das caravanas vindas do Sahara (principalmente do Sudão) até à costa.

Este alcácer é essencialmente conhecido pelas suas kasbahs construídas em taipa (paredes em taipa de pilão) e adobe (tijolo cru). As kasbahs, tighremt em bérbere, eram as casas das famílias abastadas, e desempenharam durante muito tempo o papel de castelos fortificados para refúgio das pessoas e animais face a ameaças externas. É que na altura das colheitas, muitos destes aldeamentos eram atacados e pilhados.

Regra geral as kasbahs são quadradas com um pátio interior e, nos cantos, quatro torres com merlões decorados em baixo relevo geométrico, que resulta num bonito jogo de luz e sombra. No rés-do-chão ficam os estábulos e utensílios agrícolas, e nos pisos superiores (algumas podem ter até 4 pisos) as salas e quartos.

Desde 1987 que Ait Benhaddou é Património da Humanidade pela UNESCO por ser um exemplo sublime da arquitectura tradicional pré-saariana do Sul de Marrocos. Devido a isso, as construções têm que ser mantidas de acordo com os métodos originais. O material de base é a terra barrenta e a gravilha da zona misturada com água e palha moída, o vigamento é feito geralmente com troncos de palmeira e os tectos são revestidos com canas. As portas são usualmente de madeira e as janelas em painéis mashrabiya de madeira talhada – muxarabi. Não quer dizer que não haja algum betão e ferro, mas normalmente estão cobertos pela argamassa ocre. Há detalhes arquitectónicos que conferem às casas um ambiente fresco no Verão e acolhedor no Inverno. É um facto que estes materiais são muito permeáveis, por isso a manutenção tem que ser assegurada ciclicamente.

A aldeia original perdeu vida quando as já poucas famílias que ali habitavam moveram para a outra margem do rio Ounila. É que não é permitida electricidade e água canalizada dentro da aldeia da inscrita na UNESCO e assim nasceu uma nova aldeia. As dez famílias que ainda subsistem em Aït Benhaddou vivem praticamente do turismo.

É de visita obrigatória. Para lá chegar basta atravessar o rio, seco a maior parte do ano, ou a ponte recentemente construída. Entrar na aldeia é como uma viagem no tempo. Há uma espécie de silêncio respeitoso e no entanto agradável. Sabe bem perdermo-nos pelas vielas, escadarias e terraços e saborear este local tão pitoresco e histórico.

Subir até ao celeiro é imperdível. É que as vistas da cordilheira do Alto Atlas do cimo da colina são soberbas, o oásis no sopé da colina é impressionante e a aridez das colinas que rodeiam a aldeia é espantosa. E não se esqueçam de ceder ao silêncio e contemplar.


Vista panorâmica do oásis e do rio


Vista panorâmica das colinas desérticas


Clique para ler o nosso Guia de Marrocos


Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

Faça um seguro de viagem na World Nomads ou na Iati. São ambas agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado. Se optar pela Iati use o nosso link e terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

No GetYourGuide encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.