Guia Caminho Português de Santiago: Etapas e Dicas Práticas

Caminho Português de Santiago

O Caminho Português de Santiago, também conhecido por Caminho Central Português, é o segundo itinerário mais utilizado pelos peregrinos para chegar ao Apóstolo Santiago, sendo o primeiro o famoso Caminho Francês.
Caminho Português de SantiagoO Caminho Português de Santiago está marcado desde Lisboa, da Igreja de Santiago e da Sé Catedral, até à praça do Obradoiro em Santiago de Compostela (distância de cerca de 625 km). Mas a grande escassez de Albergues de Peregrinos Municipais na maior parte do percurso entre Lisboa e Porto, faz com que grande parte dos peregrinos opte por começar no Porto (240 km de distância), em Valença do Minho (120 km de distância), ou mesmo já na Espanha, na fronteiriça cidade de Tuí.

Guia do Caminho Português de Santiago com todas as etapas desde o PortoTuí é a última cidade donde é possível partir para a Compostela ser concedida. Esta é entregue apenas a quem cumpra pelo menos os últimos 100 km a pé. De bicicleta ou a cavalo há que percorrer 200 km, o que implica sair do Porto. Para obter a Compostela é necessário a Credencial do Peregrino e carimbá-la no mínimo duas vezes por dia ao longo do caminho nos albergues ou estabelecimentos que cruzamos.

Caminho Português de Santiago Já tivemos a oportunidade de percorrer o Caminho Português de Santiago por duas vezes. Da primeira vez arrancamos de Valença do Minho e da segunda vez da cidade do Porto.

Caminho Português de Santiago Um dos nossos grandes objetivos é fazer a totalidade do Caminho Português desde Lisboa, sendo que já fizemos o percurso Lisboa-Fátima e Lisboa-Tomar em duas ocasiões distintas. Em 2019 vamos fazer todos os possíveis para fazer o troço Tomar-Santiago de Compostela. Logo que isso aconteça vamos atualizar este artigo com o relato de todas as etapas desde Lisboa.

Guia do Caminho Português de Santiago

Guia do caminho português de santiagoNeste artigo vamos dar-lhe a conhecer todas as etapas do Caminho Português de Santiago desde Valença do Minho e do Porto. Partilhamos ainda um mapa do Caminho Português de Santiago onde pode visualizar toda a rota jacobeia que liga a cidade de Lisboa e a cidade do Porto a Santiago de Compostela

Logo abaixo do mapa vai encontrar dois botões onde pode clicar para efetuar o download/descarga grátis do mapa, percurso, rota e trilha do Caminho Português de Santiago em formato GPX / KML para utilizar no Google Earth, no seu aparelho de GPS ou no smartphone.

Etapas do Caminho Português de Santiago desde o Porto (via Ponte de Lima e Valença do Minho)

Guia do Caminho Português de Santiago O Caminho Português de Santiago tem uma distância de sensivelmente 240 km. O Caminho está muito bem marcado ao longo de todo o percurso, bastando ao peregrino seguir as setas amarelas para chegar a Santiago de Compostela.

Guia do Caminho Português de Santiago O Caminho Português de Santiago está dotado de excelentes infraestruturas de apoio ao peregrino, contando com albergues (municipais e privados) no final de todas as etapas, cafés e restaurantes. Há ainda vasta oferta de supermercados ou mercearias onde o peregrino se pode abastecer de todo o tipo de mantimentos para os seus dias de caminhada.

Abaixo pode encontrar todas as etapas do Caminho Português de Santiago desde o Porto.

1ª Etapa – do Porto a Vilarinho (27 km)

Se ainda não conhece o Porto recomendamos que vá um dia ou dois mais cedo e que aproveite para conhecer a cidade Invicta antes de iniciar a sua peregrinação. Clique para espreitar a nossa sugestão de roteiro de 2 dias pelo Porto.

O Caminho Português de Santiago está mesmo muito bem marcado desde a Sé do Porto e nós não conseguimos pensar num lugar melhor na Cidade Invicta para iniciar este caminho de peregrinação milenar. Se ainda não tiver a sua credencial de peregrino, pode adquiri-la na Catedral onde levará o primeiro carimbo.

Muitos dos peregrinos optam por apanhar o metro do centro do Porto até aos arredores da cidade para assim evitarem caminhar na zona metropolitana. Mas em nossa opinião não se justifica. É verdade que esta etapa está longe de ser a mais bonita do Caminho. Mas o Caminho também é feito de asfalto e zonas industriais e urbanas, ambas bem presentes nesta etapa. Afinal de contas o Caminho é uma metáfora da vida, e a vida não é só feita de coisas bonitas.

Por isso mesmo, nós recomendamos sempre tentar fazer tudo a pé (ou de bike se for o seu caso). A não ser por motivos de lesão ou fortes constrangimentos de tempo o ideal é evitar a tentação de apanhar transportes.

2ª Etapa – de Vilarinho a Barcelos (27,5 km)

A etapa de hoje é diferente da de ontem como do vinho para a água. Trocamos o asfalto pela terra batida e estradas secundárias, e o mobiliário urbano pelas bucólicas paisagens rurais. Um verdadeiro bálsamo para a alma. O dia termina na bela cidade de Barcelos por onde entramos cruzando a sua icónica ponte medieval sobre o Rio Cávado. Barcelos é uma das cidades com maior tradição jacobeia de Portugal e vai sentir isso ao caminhar pelas suas ruas. Afinal de contas a famosa lenda do Galo de Barcelos tem também um peregrino de Santiago como protagonista.

Aproveite a sua estadia em Barcelos para conhecer os seus monumentos mais importantes, afinal de contas vai passar por todos eles, como seja a Torre da Porta Nova, a Igreja Matriz de Santa Maria Maior, o Paço dos Condes de Barcelos e o Cruzeiro do Senhor do Galo, ex-líbris de Barcelos e intimamente ligado à lenda do Galo de Barcelos. Não deixe de ir à benção do Peregrino que todos os dias, às 19 horas (7 p.m.) tem lugar na Igreja de Santo António. Vai ser um momento muito especial do seu Caminho Português de Santiago.

3ª Etapa – de Barcelos a Ponte de Lima (35 km)

Hoje espera-o uma etapa bastante dura, sobretudo devido à distância. Mais uma vez o Caminho segue por trilhos de terra batida e estradas locais atravessando áreas florestais e terrenos vinícolas. Esta é uma etapa também marcada por vários desníveis sendo o maior deles a subida que antecede a Portela de Tamel.

Caso queira quebrar a etapa ao meio é possível pernoitar na já mítica Casa da Fernanda em Vitorino dos Piães. Nós não pernoitamos em Vitorino de Piães, mas, pelos relatos que nos chegam, a hospitalidade da Fernanda e da sua família faz a diferença no Caminho Português. Convém é telefonar com antecedência para averiguar se a família tem uma cama disponível, pois tem poucos lugares.

O fim da etapa é na graciosa vila de Ponte de Lima que conta com todo o tipo de serviços de apoio ao peregrino. Atravessar a sua secular ponte romana sobre o rio Lima, é um momento marcante do Caminho Português de Santiago.

4ª Etapa – de Ponte de Lima a Rubiães (18 km)

Para nós esta é a etapa rainha do Caminho Português de Santiago. A etapa é relativamente curta, sobretudo quando comparada com a do dia anterior, mas não se deixe enganar pela curta distância a percorrer. Hoje o dia vai ser bem rasgadinho. Afinal de contas tem pela frente a mítica subida à Serra da Labruja onde “mora” a famosa Cruz dos Franceses. Em pouco mais de 4 km vai ter de superar um desnível de 300 metros. Não é pera doce, mas se encarar a subida com calma, vai conseguir superar mais este desafio. E o estreito contacto com a natureza que o Caminho hoje lhe vai proporcionar, será uma enorme ajuda. A etapa termina na típica aldeia minhota de Rubiães onde vai ser muito bem recebido.

5ª Etapa – de Rubiães a Valença do Minho (17 km)

A etapa que marca a despedida do Caminho Português de Santiago por terras lusas é relativamente curta e com desníveis pouco acentuados, o que vai permitir-lhe descansar um pouco das “sovas” dos dois dias anteriores. Aproveite para explorar a bela localidade raiana de Valença do Minho. Não deixe de visitar o altaneiro Forte de Valença, a Capela de São Sebastião, a Capela Militar do Bom Jesus, os Paços do Concelho, a Igreja Matriz de Santo Estêvão e a Igreja de Santa Maria dos Anjos. Para terminar o 5º dia no Caminho Português em beleza, nada como assistir ao pôr do sol num dos baluartes do Forte de Valença, com uma vista soberba sobre o rio Minho e a cidade espanhola de Tui por onde irá passar amanhã.

6ª Etapa – de Valença do Minho a O Porriño (21,5 km)

O dia de hoje começa com a travessia da Ponte Internacional sobre o Rio Minho. Em pouco tempo estará a percorrer o centro histórico da cidade de Tui, onde não faltam edificações históricas, das quais destacamos a Catedral de Santa Maria, o Convento de Las Clarisas e a igreja gótica de Santo Domingo.

Após sair de Tui, o Caminho vai conduzi-lo até Porriño por um misto de bosques e áreas pedonais. O grande destaque deste troço é a histórica Ponte das Febres onde São Telmo faleceu em 1251 quando peregrinava a Santiago de Compostela. Em Porriño aproveite para visitar a igreja de Santa Maria e admirar a vistosa fachada do Ayuntamiento (Câmara Municipal).

Nota: Antigamente era necessário atravessar o polígono industrial de As Gándaras para entrar na cidade, claramente o troço mais infernal do Caminho Português por terras galegas. Felizmente já existe um traçado alternativo para se entrar em Porriño. Esse traçado contorna o polígono industrial seguindo na maior parte do tempo ao longo das margens do rio Louro. Não só é mais seguro como é muito mais agradável. Clique aqui para ler o relato completo desta etapa onde consta a informação sobre o traçado alternativo para entrar em Porriño.

7ª Etapa – de O Porriño a Redondela (16 km)

A etapa de hoje é uma das mais curtas do Caminho Português de Santiago, como tal, é relativamente fácil de superar. As dificuldades estão sobretudo na subida entre o albergue de Mos e a Capela de Santiaguiño e nas descidas ingremes após Casal do Monte, antes de chegarmos a Redondela. Esta etapa tem muitos quilómetros em alcatrão mas ainda assim conta com um troço florestal muito agradável entre Vilar de Infesta e o Casal do Monte.

8ª Etapa – de Redondela a Pontevedra (18 km)

Esta etapa é uma das mais bonitas do Caminho Português de Santiago, visto que grande parte do percurso é feito por terra batida e pelo meio de bosques e serrados. E as vistas para a ria de Vigo são absolutamente soberbas.

Mas como não há bela sem senão, prepare-se para uma etapa exigente fisicamente. Até chegar a Pontevedra terá de superar duas subidas rasgadinhas. A primeira é logo no início da etapa, no lugar de Tuimil (cerca de 3 km depois de Redondela), e a segunda é a seguir à Ponte Sampaio. Esta última faz-se através de um piso muito irregular, com muitas pedras soltas, o que a torna mais difícil de superar, sobretudo se o tempo estiver chuvoso.

Chegado a Pontevedra, cidade considerada por muitos como a capital do Caminho Português de Santiago por terras galegas, não deixe de visitar o Santuário da Virgem Peregrina (construído em formato de vieira), a animada Plaza de Ferréria e o Convento de São Francisco.

9ª Etapa – de Pontevedra a Caldas de Reis (23 km)

Hoje o Caminho começa com a travessia da zona urbana de Pontevedra mas não demora muito tempo até começar a brindá-lo com as bucólicas paisagens rurais da Galiza, onde nunca faltam os refrescantes riachos. Entre elas destacamos o idílico trecho entre a paróquia de Cerponzons e San Mamede da Portela. Ao contrário do dia anterior esta etapa não apresenta grandes desníveis, mas em contraponto terá de fazer mais quilómetros em alcatrão. A parte mais chata do percurso é mesmo o final da etapa, visto que terá de percorrer alguns troços da, sempre movimentada, estrada nacional N-550.

A etapa termina na bela cidade termal de Caldas de Reis, uma das nossas favoritas no Caminho Português de Santiago. Não deixe de visitar a sua Catedral, de dar um pequeno passeio pelas margens do rio Umia e de confortar os pés nas quentes águas termais da fonte de Las Burgas. A esta altura do campeonato, eles bem merecem!

10ª Etapa – de Caldas de Reis a Padrón (18,5 km)

Hoje espera-o mais uma etapa maravilhosa do Caminho de Santiago. Em nossa opinião esta etapa é, a par do troço Redondela – Pontevedra, a mais bonita do Caminho Português de Santiago por terra espanholas. Especial destaque para a passagem pelo arrebatador Monte Albor, que faz recordar a igualmente mágica Serra de Sintra e o Parque Nacional da Peneda Gerês. Os desníveis não são muito acentuados e encontram-se sobretudo no primeiro terço da etapa.

O final da etapa de hoje é em Padrón, cidade internacionalmente conhecida pelos saborosos pimentos Padrón (“unos pican y otros non”), e uma das mais importantes no que à tradição jacobea diz respeito. A razão para tal é fácil de entender: é que segundo a lenda, foi em Padrón que aportou a barca que transportou os restos mortais do Apóstolo Santiago desde Jaffa, no Médio Oriente (onde foi decapitado), até à Península Ibérica no longínquo ano de 44. A pedra – ou padrão – a que foi presa a barca está presentemente colocada por baixo do Altar da Igreja de Santiago de Padrón, ponto de paragem obrigatório para todos os peregrinos que seguem pelo Caminho Português de Santiago.

11ª etapa – de Padrón a Santiago de Compostela (25 km)

Hoje é o grande dia! Só 25 km o separam da Praça do Obradoiro e do tão ansiado abraço a Santiago.

Mas como Santiago não gosta de facilidades reservou para este dia um bom desafio para as já cansadas pernas. É que esta última etapa é a de maior desnível do Caminho Português de Santiago por terras galegas. Entre o Albergue de Teo e o Agro dos Monteiros (o Monte do Gozo do Caminho Português de Santiago – onde pela primeira vez vai poder avistar as torres da Catedral) são 8 km quase sempre a subir, onde terá de superar um desnível de quase 200 metros.

Do Agro dos Monteiros até à Catedral de Santiago são cerca de 6,5 km que vai percorrer com um misto de sentimentos: por um lado está desejoso de chegar a Santiago, por outro não quer que o Caminho acabe. Mas não se apoquente, nós contamos-lhe já um segredo. O Caminho não acaba com a chegada ao Obradoiro: “Nós saímos do Caminho mas o Caminho nunca sai de nós” – palavra de peregrino.

E no meio deste turbilhão de pensamentos quando der por si já está a percorrer a movimentada rúa do Franco com as suas lojas de souvenirs, restaurantes e bares. Mais umas dezenas de passos e estará a entrar na praça do Obradoiro, onde inevitavelmente as emoções, as prováveis e as inesperadas, emergem sem pré-aviso. Tire a mochila das costas para nela recostar a cabeça, enquanto o corpo sente o alívio do esforço empreendido ao deitar-se sobre as pedras. Desconfortável? Não, muito pelo contrário. A recompensa está em erguer a cabeça para contemplarmos o esplendor da Catedral de Santiago, e tomar nas mãos o “troféu” da chegada.

Mapa do Caminho Português de Santiago desde Lisboa via Porto, Ponto de Lima e Valença do Minho

Distâncias do Caminho Português de Santiago (aproximadamente)

Lisboa – Santiago de Compostela: 625km

Porto – Santiago de Compostela: 240km

Valença do Minho – Santiago de Compostela: 131km


Clique no canto superior direito para ver o mapa em tamanho maior

Descarregue/Baixe todo o percurso do Caminho Português de Santiago para o seu aparelho de GPS ou Smartphone clicando nos botões abaixo

Albergues de Peregrinos no Caminho Português de Santiago – onde dormir no Caminho

Porto

Albergue de Peregrinos do Porto

Morada: R. do Barão de Forrester, 954

Tel: +351 220 140 515 ou +351 912 591 321

Email: info@albergueperegrinosporto.pt

Albergue do Peregrino Nossa Senhora do Rosário de Vilar

Casa Diocesana – Seminário de Vilar

Morada: Rua Arcediago Van Zeller, 50

Tel: +351 226 05 60 00 ou +351 910 27 49 82

Email: n/d

Clique para ver mais soluções de alojamento no Porto

Vairão

Albergue de peregrinos do Mosteiro de Vairão

Morada: Rua do Convento, 21

Tel: +351 966 431 916

Email: mosteirodevairao@gmail.com

São Pedro de Rates

Albergue de peregrinos de São Pedro de Rates

Morada: Rua de Santo António, 189

Tel: n/d

Email: alberguederates@gmail.com

Barcelinhos

Albergue-Residencia do Senhor do Galo

Morada: Rua da Carniçaria (antes da ponte medieval que liga Barcelinhos a Barcelos, na sede do Rancho Folclórico de Barcelinhos)

Tel: +351 918 96 79 68

Email: gfbarcelinhos@gmail.com

Albergue de Peregrinos Amigos da Montanha

Morada: Largo dos Penedos

Tel: +351 253 83 04 30

Email: n/d

Barcelos

Albergue Cidade de Barcelos

Morada: Rua Miguel Bombarda, 36

Tel: n/d

Email: geral@alberguedebarcelos.com

Clique para ver mais soluções de alojamento em Barcelos

Portela de Tamel

Albergue Casa da Recoleta

Morada: Rua da Recoleta, 100

Tel: +351 253 88 43 60

Email: geral@alberguedebarcelos.com

Ponte de Lima

Albergue de peregrinos de Ponte de Lima

Morada: Largo Dr. Alexandre Herculano (após a ponte medieval)

Tel: +351 925 40 31 64 ou +351 258 24 02 00

Email: alberguedeperegrinos@cm-pontedelima.pt

Clique para ver mais soluções de alojamento em Ponte de Lima

Rubiães

Albergue de peregrinos de Rubiães

Morada: Estrada N201 n/d (na entrada da localidade)

Tel: +351 917 16 44 76

Email: j.freguesia.rubiaes@gmail.com

Valença do Minho

Albergue de peregrinos São Teotónio

Morada: Av. José María Gonçalves

Tel: +351 251 82 62 86 ou +351 961 16 85 01

Clique para ver mais soluções de alojamento em Valença do Minho

Email: alberguevalenca@gmail.com

Tui

Albergue de peregrinos de Tui

Morada: Calle Párroco Rodríguez Vázquez (por detrás da Catedral de Tui)

Tel: +34 638 276 855

Email: n/d

Clique para ver mais soluções de alojamento em Tui

O Porriño

Albergue de peregrinos de O Porriño

Morada: Av. de Buenos Aires (junto ao rio)

Tel: +34 986 335 428

Email: alberguedoporrino@yahoo.es

Clique para ver mais soluções de alojamento em Porriño

Mos

Albergue de peregrinos Santa Baia de Mos

Morada: Camino Rúa (Santa Eulalia), 3

Tel: +34 986 348 001

Email: avv.santabaia.mos@gmail.com

Redondela

Albergue de peregrinos Casa da Torre

Morada: Praza de Ribadavia

Tel: +34 986 404 196

Clique para ver mais soluções de alojamento em Redondela

Email: casadatorre@gmail.com

Pontevedra

Albergue de peregrinos Virgen Peregrina

Morada: C. Ramon Otero Pedraio

Tel: +34 986 844 045

Email: n/d

Clique para ver mais soluções de alojamento em Pontevedra

Caldas de Reis

Albergue de peregrinos La Posada de Doña Urraca

Morada: C. Campo de la Torre, 1

Tel: +34 669 822 529

Email: n/d

Clique para ver mais soluções de alojamento em Caldas de Reis

Padrón

Albergue de peregrinos de Padrón

Morada: Costanilla do Carmen

Tel: +34 673 656 173

Email: n/d

Clique para ver mais soluções de alojamento em Padrón

Santiago de Compostela

Albergue Seminario Menor

Morada: Av. Quiroga Palacios, 2

Tel: +34 881 03 17 68 ou +34 981 56 85 21

Email: santiago@alberguesdelcamino.com

Residência de peregrinos San Lázaro

Morada: Rúa da Vesada, 2

Tel: +34 981 571 488

Email: n/d

Albergue Fin del Camino

Morada: Rúa de Moscova

Tel: +34 981 587 324

Email: n/d

Clique para ver mais soluções de alojamento em Santiago de Compostela

Não deixem também de ler o nosso livro Caminho do Amor, focado na viagem interior, de reflexão e descoberta que é o Caminho de Santiago. O conteúdo é totalmente original e podem ler a sinopse do livro e descarregar uma amostra grátis clicando na imagem abaixo.

Livro Caminho do Amor

Dicas Práticas para preparar o seu Caminho de Santiago

Para quem desejar conhecer melhor a cidade de Santiago de Compostela e a sua Catedral pode ainda espreitar estes dois posts: Catedral de Santiago e o nosso Roteiro de 1 dia para conhecer Santiago de Compostela.

Podem ainda ler o Epílogo do nosso Caminho no Cabo Finisterra e conhecer Muxia.

Se está a pensar em percorrer o Caminho durante o Inverno, ou se procura uma rota jacobeia menos percorrida, não deixe de ler o nosso Guia do Caminho de Santiago de Inverno.

Outro Caminho de Santiago que tem vindo a ganhar força nos últimos anos é o Caminho Português da Costa, com partida da cidade do Porto. Por isso não deixe de ler o nosso Guia do Caminho da Costa com relato de todas as etapas.

De todos os Caminhos que já fizemos o mais marcante foi o Caminho Francês onde, ao longo de cerca de 30 dias, percorremos a pé os 800kms que separam Saint Jean Pied de Port de Santiago de Compostela. Podem ler as nossas Crónicas deste caminho de peregrinação milenar clicando no seguinte link: Caminho Francês de Santiago.

Podem ainda seguir-nos no Instagram e no Facebook e partilhar este artigo com os vossos amigos. Obrigado e Bom Caminho!

Ultreya et Suseya!

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

Gostamos de jogar pelo seguro e como tal, nas nossas viagens, não dispensamos o seguro de viagem da Iati. Têm excelentes preços, atendimento top em português e usando o nosso link terá um desconto de 5%.

Encontre os melhores tours locais e compre antecipadamente os bilhetes para os principais monumentos no Get Your Guide ou no Viator.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars.com. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent a car e por norma é onde encontramos sempre os melhores preços.

Esta página contem links afiliados. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

30 COMENTÁRIOS

  1. Muito obrigada por toda esta partilha! Não se tem ouvido falar muito deste Caminho Português de Santiago nos últimos anos… Ou então sou eu que andava desatenta…
    Deve ter sido uma saudável e agradável "aventura"!
    Um abraço para os 2 Peregrinos!

  2. Olá Cris. Vale mesmo a pena. Nós também queremos regressar ao "Caminho". Provavelmente o proximo será o Caminho Francês.
    Bjs

    Olá Valentim. Que bom ter-te de volta à blogosfera 🙂 Foi marcado à pouco tempo o Caminho Portugues do Interior que sai de Viseu e passa aí pelos teus lados, em Tras os Montes. Uma boa oportunidade para ti 🙂
    Abraços

    Olá Tânia. E é mesmo. Recomendamos!
    Bjs

    Olá Claudia. Obrigado. Vale muito a pena percorrer os Caminhos de Santiago. Adoramos a peregrinação e gostavamos muito de repetir.
    Bjs

    Olá Clara. Obrigado nós pelas palavras que aqui nos deixas 🙂 De facto o Caminho Francês é de longe o mais "publicitado" e a maioria das pessoas associa o Caminho de Santiago unicamente a esse, até porque é o que melhor está provido de albergues, entre outras coisas. No entanto o nosso vai ganhando peso na peregrinação ao Apóstolo São Tiago e a partir do Porto as marcações são boas e a rede de albergues também. Na parte espanhola então está quase 5 estrelas. Aí de Guimarães é pertinho. Se puderes vale a pena 🙂
    Bjs

  3. Achei piada à vossa primeira foto desta sequência. As vossas botas prontas para caminhar. O que imagino já não percorrerão nos vossos pés. Como as invejo 😉

  4. Olá Roadrunner. É uma experiência fantástica! Quem sabe não consegues convencer a Dona da Casa 🙂
    Abraços

    Olá Kaipiroska. Estas de facto já têm uma boa rodagem e bastantes kms palmilhados 🙂 Obrigado pelo comentário.
    Bjs

    Olá Proxma Aventura. Obrigado pelo comentário!
    Abraço

  5. Fiz o Caminho Português de Santiago em 2015 e tive oportunidade de conhecer Barcelos. A magia da lenda do galo ligada aos caminhos de Santiago contagia qualquer um.
    É paragem obrigatória para quem quer recarregar energias junto ás margens do rio Cávado, para seguir em busca de novas descobertas.
    É sem dúvida uma experiência a repetir.
    Recomendo 😉

    • Obrigado pela partilha Pietra. No próxima vez que percorrermos o Caminho Português vamos partir do Porto e seguramente que vamos parar em Barcelos 🙂

  6. Irei fazer o caminho,partindo de Barcelos pois o ano passado fiz, saindo de Ponte de Lima é realmente mágico,dia 22 de Julho iniciarei em Barcelos até Finisterra sozinho, se alguém pretender fazer nesta data quem sabe seremos companheiros deste maravilhoso e marcante caminho. Se alguém interessado em partilhar este caminho pode entrar em contacto com 963802156

    • Olá Danielle.

      Sim, sem qualquer problema. O Caminho está bem marcado no sentido inverso até ao Santuário de Fátima. Basta seguir as setas azuis (em vez das amarelas). Bom Caminho!

    • Sim. É possível fazer em 5 dias mas em 6 faz-se mais nas calmas o que permite desfrutar mais do Caminho. Dá para fazer uma etapa curta no último dia e assim chegar a horas de assistir à missa do peregrino na Catedral de Santiago. Bom Caminho!

  7. bom dia, já chegaram a fazer o caminho Ingles??
    desde já os meus parabéns Vagamundos, isto foi me muito útil na minha primeira ida Porto»Santiago»Fisterra, de bicicleta.

    • Olá Fábio!
      Muito obrigado. Ficamos contentes por saber que as nossas partilhas já te foram úteis.
      O Caminho Inglês nunca fizemos, logo nesse não te conseguimos ajudar.
      Bom Caminho!

  8. Olá boa tarde Peregrinos !
    Sou peregrino de Fátima já muitos Anos , e desde 2010 comecei a fazer os Caminhos de Santiago . Caminho Português desde Lisboa a Finisterra por duas vezes , caminho Francês desde França Saint Jean Pied de Port, Caminho Primitivo de Oviedo ,caminho Inglês , via da Prata, Caminho Sanabres e Caminho do Norte ou Costa Norte desde Irun ,talvez o mais bonito e mais DURO de fazer ! já são dezessete chegadas á Catedral de Santiago, grande Paixão ! este ano vou fazer se Deus me ajudar o Caminho Francês de Inverno . Alguma colaboração estou dentro do possível ao dispôr .

  9. Pessoal,
    Gostaria de uma ideia quanto à média de gastos para fazer o caminho Porto > Santiago. Gostaria de me organizar para ir agora em fevereiro ou março! Podem me ajudar?
    Obrigada e parabéns pelo excelente artigo!

  10. Olá!!!
    Boa noite!
    Estou planejando fazer o caminho de Santiago, partindo da cidade do Porto, em Portugal, em junho próximo.
    No primeiro estágio da viagem a parada que vocês sugerem é em Vilarinho, cujo percurso é de 27 km; no meio desse trajeto há alguma cidade para pernoite, dividindo esse percurso? O que você sugerem?

    • Olá Marta! O trajeto entre Porto e Vilarinho é urbano. Moreira da Maia fica mesmo a meio, dividindo a etapa em dois andava 13km num dia e 13km noutro. A vila tem todos os serviços. Optando por dividir a etapa vai somar um dia ao seu Caminho. Esperamos que ajude. Bom Caminho!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.