Cascatas da Serra São Mamede: como ir | Cascatas Alentejo

Cascatas da Serra São Mamede: como ir | Cascatas Alentejo

Cascatas no Alentejo? Sim, é verdade. A Serra de São Mamede, no distrito de Portalegre, guarda algumas das cascatas mais bonitas a sul do Tejo. E nós, aficionados que somos por cascatas, já as fomos conhecer. Agora vamos partilhar tudo consigo!

Cascatas da Serra São Mamede: como ir | Cascatas AlentejoUsualmente associa-se o interior do Alentejo às vastas planícies, pinceladas aqui e ali pelos montados. E essa imagem não joga (de todo) com idílicas cascatas. Mas quando se fala da Serra de São Mamede, a conversa é outra. Neste Alentejo, a planura seca dá lugar a surpreendentes serrados e verdejantes vales por onde passam exuberantes ribeiras. Aqui já não custa nada imaginar cascatas, pois não?

Dica VagaMundos: se é fã de cascatas não deixe de ler os nossos artigos sobre as Cascatas do Gerês, as Cascatas de Sintra, a Cascata do Penedo Furado e a Cascata do Pego do Inferno.
Cascatas da Serra São Mamede: como ir | Cascatas Alentejo
Para chegar às mais belas Cascatas do Alentejo é preciso superar alguns obstáculos. Mas vale a pena o esforço!

Ora, como já é de praxe, a natureza gosta de esconder (muito) bem os seus maiores tesouros. Logo, dar com a maioria das Cascatas da Serra de São Mamede está longe de ser uma tarefa fácil.

Paradisíaca cascata do Alentejo

Mas com alguma paciência, perseverança e espírito de aventura não há impossíveis. E a visão das cascatas é tão recompensadora, que uma pessoa até se esquece da carga de trabalhos que foi dar com elas.

Hora da sesta – powered by nature

Para que não tenha de passar pelas passas do Algarve para as descobrir (neste caso ficava melhor ‘passas do Alentejo’), vamos mostrar-lhe a localização exata das melhores cascatas da Serra de São Mamede. Só fica a faltar mesmo colocar a mochila às costas e partir à descoberta destes cantinhos paradisíacos do nosso Alentejo.

Cascatas da Serra de São Mamede – saiba como ir às cascatas mais bonitas do Alentejo

Para além de uma breve descrição das melhores cascatas da Serra de São Mamede, vai também encontrar neste artigo mapas interactivos com a localização das cascatas. Disponibilizamos toda a informação que precisa para dar com elas, tendo sempre Portalegre como referência. Para ir até à maioria das cascatas, terá de percorrer alguns trilhos da Serra de São Mamede. Nesses casos disponibilizamos a rota/track GPS para download em formato GPS / KML para usar no seu aparelho GPS, Smartphone ou Google Earth. Não queremos que se perca em busca das cascatas mais bonitas do Alentejo.

Onde ficar na Serra de São Mamede – Alojamento perto das Cascatas da Serra de São Mamede

Se o objetivo é ir à caça das cascatas da Serra de São Mamede, Portalegre é o melhor local para ficar alojado. Para além de ter uma oferta variada de alojamentos e de oferecer todo o tipo de serviços de que o viajante precisa, é também a localidade mais equidistante das cascatas da Serra de São Mamede.

Um dos nossos alojamentos favoritos é o magnifico Convento Da Provença que fica localizado a uns meros cinco quilómetros do centro de Portalegre. Perto mas longe o suficiente para poder desfrutar de uma estadia super relaxante, rodeado de natureza.

Os quartos são espaçosos e confortáveis, as áreas comuns primorosamente decoradas e tem um pequeno-almoço incluído simplesmente delicioso. E no verão ainda é possível dar uns mergulhos na sua (muito) agradável piscina.

Outro alojamento de turismo rural do qual gostamos muito é a harmoniosa Quinta Lua Branca. Fica a somente um par de quilómetros de Portalegre e tem vistas para a serra de cortar a respiração. O atendimento é muito familiar e no que a conforto diz respeito só podemos dizer bem. Este é daqueles locais onde, com muita facilidade, nos sentimos em casa.

Se pretender ficar mesmo na cidade de Portalegre aposte no Hotel José Régio. Fica mesmo no centro, os quartos são limpos e espaçosos e também já tem o pequeno-almoço incluído na tarifa. A relação qualidade-preço é imbatível.

Clique para ver mais opções de alojamento em Portalegre

Cascata do Pego do Inferno (Cascata dos Mosteiros) – como chegar a partir de Portalegre

A Cascata do Pego do Inferno (não confundir com a sua congénere algarvia) é alimentada pelas águas da ribeira de Arronches. É, sem sombra de dúvidas, uma das mais bonitas da Serra de São Mamede. E como fica pertinho da estrada, é super fácil dar com ela.

Partindo de Portalegre siga pela N246-2 em direção a Ribeiro da Seda e posteriormente tome a M517 até Mosteiros. A cascata fica um pouco antes de chegar à localidade de Mosteiros. Estacione o carro na zona que indicamos no mapa que se encontra no final do artigo e siga a pé (clicando no marcador “estacionamento” encontra as coordenadas exatas do local).

Do estacionamento até à Cascata do Pego do Inferno são pouco mais de cinco minutos, ribanceira abaixo, por um trilho fácil de percorrer. Neste caso é super fácil chegar ao paraíso.

Coordenadas GPS das Cascata do Pego do Inferno

Latitude: 39°11’52.0″N

Longitude: 7°17’11.0″W

Dica VagaMundos: visitando no verão, não se esqueça do fato de banho, pois na Cascata do Pego do Inferno é possível dar uns refrescantes mergulhos.

Cascata da Ribeira de Arronches – como chegar a partir de Portalegre

A segunda cascata da Serra de São Mamede desta lista também é alimentada pela Ribeira de Arronches. Contudo, dá um pouco mais de trabalho a encontrar que a anterior, pois está num local muito mais selvagem.

Como não conseguimos encontrar o seu nome oficial (se é que o tem!) decidimos batizá-la com o original nome de… Cascata da Ribeira de Arronches!

Para lá chegar, e tendo Portalegre como referência, siga pela N246-2 em direção a Reguengo (sentido inverso ao que tomou para ir à Cascata do Pego do Inferno). Antes de chegar a Reguengo, a N246-2 cruza com a M522 e é por ela que deve seguir até chegar ao local de estacionamento indicado no mapa que disponibilizamos no final do artigo.

Da zona do estacionamento até à Cascata da Ribeira de Arronches são pouco mais de 200 metros, mas não espere facilidades. Para lá chegar é preciso caminhar por um estreito (e pedregoso) caminho que fica mesmo ao lado de uma pequena ravina. Por isso, vá com muito cuidado!

É possível ver a cascata do cimo da ravina. Mas, se pretender ir mesmo até junto dela, vai ter de colocar em prática os seus skills de cabra montanhesa. A descida é ingreme e quando lá fomos estava cheia de mato. Aqui, todo o cuidado é pouco, por isso, não vá com crianças nem descure os perigos.

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Coordenadas GPS da Cascata da Ribeira de Arronches

Latitude: 39°17’42.1″N

Longitude: 7°20’15.2″W

Cascata da Cabroeira (Cascata da Rabaça) – como chegar a partir de Portalegre

A Cascata da Cabroeira é uma das cascatas mais imponentes da Serra de São Mamede. Dar com ela é uma pequena caça ao tesouro, mas o esforço é bem recompensado.

A cascata fica quase na fronteira com a Espanha, um pouco antes de chegar à pequena aldeia de Rabaça, daí o outro nome pela qual também é conhecida.

Se sair de Portalegre terá de tomar a M517 e a M517-2 até Alegrete, e daí prosseguir sempre pela M1044 até ao ponto assinalado no mapa que disponibilizamos.

Estacione o carro e siga a pé pelo trilho de terra abatida, durante cerca de um quilómetro (2 km ida e volta), até chegar a um penhasco donde se avista a cascata e onde será brindado com uma paisagem verdadeiramente estonteante. Até lhe vai custar a acreditar que está no Alentejo!

Como o trilho não está de todo sinalizado recomendamos vivamente a que descarregue, e leve consigo, o track GPS.


Gosta de caminhadas pela natureza? Então não deixe de ler o nosso artigo sobre os Melhores Trilhos e Percursos Pedestres de Portugal


Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Coordenadas GPS da Cascata da Cabroeira

Latitude: 39°17’42.1″N

Longitude: 7°20’15.2″W 

Cascata de São Julião (Cascata do Monte Sete) – como chegar a partir de Portalegre

De todas as cascatas da Serra de São Mamede que conhecemos, a Cascata de São Julião é a que tem a localização mais idílica. Fica literalmente escondida num frondoso vale por onde corre o rio Xévora. As suas quedas de água, para além de serem super fotogénicas, vão formando apaixonantes lagoas, onde é possível tomar refrescantes banhocas.

A cascata está localizada pertinho do povoado de Monte Sete (daí também ser conhecida pelo nome de Cascata do Monte Sete) e para lá chegar desde Portalegre basta tomar a M522. Mesmo antes da placa que anuncia a entrada na aldeia do Monte Sete (ao lado do café a Cascata), vire à sua direita por um caminho de asfalto que pouco depois se transforma em terra batida.

É aí que deve estacionar o carro e prosseguir a pé usando o track GPS que disponibilizamos como orientação. O caminho até à cascata é relativamente fácil de seguir e, ir e vir, não chega a ser um quilómetro. O regresso custa um pouco mais, pois é sempre a subir, mas é um preço muito baixo a pagar para se poder desfrutar desta fatia do paraíso em pleno Alentejo.

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Coordenadas GPS das Cascatas de São Julião

Latitude: 39°18’57.5″N

Longitude: 7°19’54.3″W

Mapa com a localização das cascatas da Serra de São Mamede | Alentejo


Clique para aumentar o mapa com a localização das Cascatas da Serra de São Mamede | Cascatas do Alentejo

Outros artigos do Alentejo

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem da World Nomads. São rápidos e fáceis de fazer, são a 100% especializados em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

2 COMENTÁRIOS

  1. Na serra de S.Mamede para além destas existem outras cascatas que são muito mais evidentes no inverno pois no verão as ribeiras secam.Mas estas sim, estas são as cascatas mais imponentes desta serra.

    • Olá Nuno!

      Obrigado pelo feedback. A Serra de S. Mamede surpreeendeu-nos pela positiva.
      Já estamos a ver que temos de regressar no Inverno. Quais são as cascatas temporárias que sugeres?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.