Caminho Português: de Pontevedra a Caldas de Reis

Como já havíamos referido, nesta etapa os desníveis não apresentam qualquer dificuldade. Ainda assim tínhamos de percorrer cerca de 22 kms até chegarmos a Caldas de Reis e tendo em conta o calor que tinha estada nos dias anteriores decidimos voltar a arrancar bem cedinho. Para mais a etapa prometia muitos troços em alcatrão, o que é sempre um martírio para o peregrino, sobretudo quando o calor aperta.

Igreja de Santa Maria de Alba

 

Algures em Cerponzons

 

Animo!
Ultreya et Suseya!

A saída de Pontevedra, e até atingirmos a paróquia de Cerponzons, faz-se sobretudo por estradas secundárias, num misto de paisagem urbana com paisagem campestre. O maior destaque deste troço vai para a Igreja de Santa Maria de Alba.
Depois de sairmos de Cerponzons somos brindados pelo melhor trecho de toda a etapa. A partir daqui, e até chegarmos a San Mamede da Portela, o Caminho leva-nos por campos e bosques idílicos, onde os riachos são uma constante. O único senão é termos de atravessar uma passagem de nível sem guarda…

 

Troço entre Cerponzons e San Mamede da Portela

 

Passagem de nível sem guarda

Chegados a San Mamede foi hora do primeiro grande “pit stop” do dia. O estabelecimento escolhido foi a Mesón del Pulpo, onde nos cruzamos e convivemos com muitos dos nossos companheiros de peregrinação.

Saudável convívio na esplanada da Mesón del Pulpo

Credencial carimbada e forças repostas fizemo-nos mais uma vez ao Caminho. Daqui até Briallos, onde existe um Albergue de Peregrinos que serve de alternativa ao de Caldas de Reis (fica a cerca de 5 kms de Caldas), o Caminho volta a ser maioritariamente feito por estradas alcatroadas, se bem que sempre secundárias e com alguns troços de terra batida.

Troço entre San Mamede da Portela e Briallos

Em Briallos o Caminho cruza-se com a nossa velha amiga N-550, mas nem tudo são más noticias. Um convidativo parque de merendas esperava por nós e foi precisamente lá que almoçamos antes de avançarmos até Caldas de Reis, num misto de N-550 com caminhos de terra batida que atravessam as muitas vinhas da região.

Entrada na N-550

 

Parque de Merendas – até a mochila queria descansar…

 

Troço entre Briallos e Caldas de Reis

Entramos em Caldas de Reis junto à Igreja de Santa Maria e atravessamos a ponte sobre o Rio Umia em direcção ao Albergue de Peregrinos (que fica situado logo após a ponte medieval sobre o rio Bermaña) passando pela famosa fonte termal de Las Burgas, onde os peregrinos confortam os seus pés nas quentes águas termais.

Ponte sobre o Rio Umia

 

Fonte termal Las Burgas

 

Ponte medieval sobre o rio Bermaña

Como chegamos cedo e com energia ainda deu para conhecer um pouco melhor a cidade termal de Caldas de Reis, da qual muito gostamos. Visitamos a sua Catedral, o lavadoiro termal e passeamos pela marginal junto ao Rio Umia, onde pontificam convidativos bares e restaurantes.

Catedral de Caldas de Reis

 

Lavadoiro termal

 

Rio Umia

Após o passeio foi aqui que passamos grande parte da tarde num excelente convívio entre peregrinos vindos dos “quatro cantos” do mundo. O dia terminou com a maioria de nós a “tapear” na já célebre tasca/adega “o Moinho”, também ela junto ao rio, numa noite onde fomos nomeados os interpretes oficiais do grupo, visto que os galegos de Caldas não são muito dados ao inglês e os restantes peregrinos não falavam nada de espanhol. Mais uma noite memorável do Caminho!

Etapa anterior: De Redondela a Pontevedra

Etapa seguinte: De Caldas de Reis a Picaraña


Clique para ler o nosso Guia do Caminho Português


Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na World Nomads ou na Iati. São ambas agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado. Se optar pela Iati use o nosso link e terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

3 COMENTÁRIOS

  1. Bem, queridos Peregrinos, mais uma etapa cumprida com êxito e, sobretudo, muito bem acompanhada! 🙂
    Já estou preparada para a próxima! Aqui sentadinha não custa…!

  2. Olá Clara. Ficamos contentes por ter gostado 🙂 Gostamos de ter por aqui a "caminhar" connosco, mesmo que seja sentadinha 🙂
    Bjs

    Olá João. Obrigado! Esperamos que consigas ir acompanhando esta nossa peregrinação.
    Abraço

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.