De Portomarín a Palas de Rei (25km)

739km percorridos

74km para Santiago

Tão perto mas tão longe. Foi a frase proferida no final de um dia em que tudo pareceu conspirar contra nós. Os dias duros acumulam-se. Tudo constitui um teste à resistência do peregrino: as noites mal dormidas, as forças esgotadas, o clima incerto, o chão irregular, as hordas de peregrinos.

Saídos do albergue, pensamos “Já percorremos mais de 700km. Faltam ainda 99km”. E dizemos “ainda” porque, apesar de parecer pouco, é como se tivéssemos uma enorme montanha a galgar.

O corpo já não pede descanso, suplica pelo fim. Para o contrariar, só nos resta uma coisa a que nos agarrar, a esperança de chegar a Santiago.

Mal sabíamos nós qua a provação maior do dia não seria de ordem física. Seria a vertente humana a mais castigada. Terminamos o dia com um banho de água fria. Para o corpo. E para o espírito. Na escuridão da noite, do albergue, do pensamento, somos novamente assombrados pelos nossos medos. Será que ainda tínhamos forças para continuar o nosso Caminho?

Etapa Anterior: De Sarria a Portomarín
Etapa Seguinte: De Palas de Rei a Arzua


Clique para ler o nosso Guia do Caminho Francês


Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

Faça um seguro de viagem na World Nomads ou na Iati. São ambas agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado. Se optar pela Iati use o nosso link e terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

No GetYourGuide encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

8 COMENTÁRIOS

  1. Lamentável, o que nos contam na crónica de hoje…!
    Pensei que houvesse uma espécie de "código (de conduta) de peregrino"…! Pelos vistos, estava errada… 🙁
    Muita força para os últimos kms!
    Grande abraço!

  2. Caros "vagamundos" como eu vos entendo…a falta de solidariedade, respeito e generosidade permeia todas as idades e condições socias.
    Tenho pena de o dizer mas é a cruel realidade. Como seres humanos já vencemos muitas transformações e a elas nos fomos adaptando mas a selvajaria que impera nos dias de hoje não nos vai levar muito longe…

    Abraço Isabel

  3. Sejam a mudança que querem ver no Mundo. Um mosquito parece um ser insignificante mas, à noite, durante o nosso sono, o seu som parece ter a força de uma multidão. As pessoas não estão erradas, podem é ás vezes estar perdidas. Quando o assim é devemos nos aproximar e ajudá-las. Não é fácil. Eu por vezes não consigo. Mas tento. "Espero-vos" em Santiago. Até lá que nunca vos falte a força que vos levanta. Love you all.

  4. Olá Clara!
    E existe. Não é nenhum "código" escrito, é algo de tácito que se vai aprendendo. Por vezes, o cansaço, a inexperiência ou o ânimo leve fazem-nos esquecer princípios básicos. Provavelmente nesse dia estávamos mais susceptíveis ou com azar 🙂
    Beijinhos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.