De Villamayor del Rio a Villafranca Montes de Oca (18km)

256km percorridos

557km para Santiago

Havia 4 dias que a chuva não nos largava. Mas neste dia resolveu dar-nos tréguas. Foi como uma bênção que nos animou logo o espírito. Essa energia positiva esteve presente em toda a jornada. Sinal disso foram as mensagens de ânimo vindas de “casa” – um verdadeiro bálsamo para a alma – e, para contrariar o espírito competitivo do dia anterior, os peregrinos que cruzamos neste dia eram Pessoas com um sentido de partilha. E isso encheu-nos de esperança no Caminho. Acrescentemos a isto tudo uma grande dose de Amor, que a cada dia se fortalece alimentado pela superação das dificuldades do Caminho, e percebem que temos razões para sorrir!

Sim, o céu parece bem pesado e as capas da chuva estavam à mão de semear… Mas lá ao fundo aparecia uma nesga de céu azul; é motivo para sorrir!

 

À entrada de Belorado, “Lo importante no es la meta, es el Camiño”, mensagem dum atleta olímpico que dá muito que pensar

 

Ao fundo vemos a torre da Igreja de San Pedro na Plaza Mayor de Belorado

 

El Canto, a ponte de pedra à saída de Belorado construída por San Juan de Ortega e Santo Domingo de la Calzada
Ao chegarmos a Tosantos, o sol brilhava!
À direita da localidade de Tosantos, podemos ver a ermida da Virgen de la Peña numa escarpa rochosa

 

Até Villambistia, foi um tirinho. E ainda bem! Estávamos a precisar duma pausa.

 

A fonte dos quatro canos cuja lenda atribui forças retemperadoras ao molharmos a cabeça nas suas águas. Não nos pareceu muito sensato. Por isso, optámos antes por retemperar forças com um valente lanche.

 

O albergue em Espinoza del Camino: por certo, demove muito peregrino de ali pernoitar.

 

As paisagens deste dia foram espantosas! Antes mesmo de se chegar a Villafranca Montes de Oca, ladeamos as ruínas do mosteiro moçárabe de San Félix, onde se crê estarem os restos mortais do fundador da cidade de Burgos.
Finalmente, chegados a Villafranca para um merecido descanso. Moídos, mas com um espírito muito positivo que se prolongou até à noite! Só tivemos pena da igreja estar fechada: não vimos a famosa concha de 65kg usada como pia de água benta.

Etapa Anterior: De Santo Domingo a Villamayor del Rio
Etapa Seguinte: De Villafranca de Oca a Agés


Clique para ler o nosso Guia do Caminho Francês


Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

Faça um seguro de viagem na World Nomads ou na Iati. São ambas agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado. Se optar pela Iati use o nosso link e terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

No GetYourGuide encontra sempre as melhores tours locais e pode ainda saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Autoeurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e por norma é onde encontramos sempre os melhores preços.

Esta página contem links afiliados. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

4 COMENTÁRIOS

  1. Boa noite, Alexandre e Anabela!
    3 ou 4 dias sem cá vir, por causa da chuva ;), e tantos mais km já percorridos… E para ler e ver também…!
    Mais uma vez, muito obrigada por esta magnífica partilha!!!
    Grande abraço!
    Clara

  2. Olá! Estou um pouco atrasada em acompanhar-vos… Curiosa a frase do atleta olimpico, competidor por profissão mas contemplador por vocação! De facto que contraste com os "atletas" do dia anterior! Beijinhos

  3. Não diríamos melhor! Quando um atleta de alta competição consegue colocar o espirito competidor de lado e contemplar é algo de salutar. E ficamos com muita "food for thoughts".
    Beijinhos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.