Viagem a Yangshuo – descendo o Rio Lí em jangada desde Yangdi até Xingping

Yangshuo

A província de Guangxi em geral, e a região de Yangshuo em particular, tem das paisagens mais emblemáticas de toda a China. O soberbo relevo cársico rompendo da terra, parece uma paisagem de outro mundo, e faz-nos duvidar se ainda estaremos no planeta terra. Não foi seguramente por mero acaso que serviu de cenário para a filmagem do episódio três da famosa série cinematográfica Star Wars.

São mais de 70 mil picos em toda a região, o que a torna num verdadeiro paraíso para os praticantes de escalada. Mas as actividades de outdoor da região estão longe de se resumir a isso. São inúmeros os trilhos para quem ama caminhadas e ainda mais os roteiros para quem adora andar de bike. Em todas elas o visitante é brindado com paisagens fantásticas que irão permanecer na memória para sempre. Mas sobre estas actividades falaremos melhor no próximo artigo.

Hoje queremos falar-vos sobre a navegação pelo rio Lí, para nós uma das experiências imperdíveis da China, e sem sombra de dúvidas, a melhor maneira de se chegar a Yangshuo para quem parte de Guilin.

Como os cruzeiros que saem de Guilin são algo dispendiosos optamos por apanhar um autocarro para a pequena terriola vizinha, Yangdi, onde é possível negociar a descida do rio por menos de metade do preço. Não ficam a perder muito visto que o cenário mais bonito e emblemático da navegação pelo rio Lí fica entre o troço Yangdi-Xingping, mas poupam muito dinheiro.

À medida que descemos o rio, na pequena jangada a imitar bambu, é impossível não nos deixarmos apaixonar pelo fantástico cenário que desfila perante os nossos olhos.

Nas margens do rio conseguimos descortinar vários búfalos de água a pastar e por nós passaram alguns pescadores de barco, na companhia dos famosos corvos-marinhos da região (cormorões).

Em Xingping paragem obrigatória para tirar a fotografia da praxe em frente a um dos cenários mais famosos da China. Tão famoso que decora as notas de 20 yuan.

Chegados a Yangshuo ainda houve tempo para calcorrear as principais artérias do centro da cidade, ao redor da híper turística West Street, dar um pequeno passeio pela margem do rio Lí e visitar o mercado local.

Não podemos dizer que ficamos adeptos da cidade em si. É claramente demasiado turística e com demasiados traços ocidentais. São mais os pubs Ingleses, as cervejarias Alemãs, as gelatarias italianas e as pastelarias francesas do que propriamente os estabelecimentos típicos da China. Os próprios chineses sentem que estão no estrangeiro, numa qualquer Chinatown como a que vêm nos filmes de Hollywood. Isto vindo da boca de um grupo de jovens chineses que por lá passava as suas férias e com quem travamos amizade.

Alexandre na companhia de um pescador e dos seus corvos-marinhos

Mas o que nos levou a Yangshuo não foi a cidade em si, mas sim as maravilhas naturais da região. E essas não só não nos desapontaram, como ainda conseguiram superar as nossas expectativas. No próximo artigo vamos mostrar-vos mais dessas maravilhas!

Gostou deste artigo? Então não deixe de ler o artigo “Passeio de Bike pelos arredores de Yangshuo” e o “Trekking do Rio Lí


Clique para ler o nosso Guia de Viagem da China


Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize a Momondo para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado.

Gostamos de jogar pelo seguro e como tal, nas nossas viagens, não dispensamos o seguro de viagem do WorldNomads.com

Esta página contem links afiliados. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

8 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.