Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveis

Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveis

Uma escapadinha ao Alto Alentejo é a melhor forma de provarmos a nós mesmos que o tempo se faz de saborosos momentos de remanso. Descobrir este refúgio de amplos horizontes, valioso património histórico-cultural, gente hospitaleira e gastronomia de comer e chorar por mais, traz as sensações e emoções de tempo bem gasto. Porque uma escapadinha sabe sempre a pouco, neste artigo encontra os locais a visitar e as experiências imperdíveis para planear várias escapadinhas ao Alto Alentejo.

Escapadinhas no Alto Alentejo: Melhores Lugares a Visitar e Experiências a Não Perder

Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveis
Marvão – Escapadinhas Alto Alentejo

Não hesitamos um segundo em afirmar que o Alto Alentejo é um destino completo, perfeito para uma escapadinha de fim de semana, umas férias em família, uma viagem com amigos ou uma fuga romântica.

Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveis
Mosteiro de Flor da Rosa – Escapadinhas Alto Alentejo

Confessamos que é-nos impossível resistir à sensação de liberdade, ao tempo com vagar e aos mais puros prazeres duma escapadinha ao Alto Alentejo. Arranjamos sempre um motivo. Porque descobrimos uma aldeia curiosa, porque “nasceu” algo novo, porque suspiramos pelo sossego e silêncio, porque nos apetece estender a manta de trapos à sombra do chaparro… Lá  pegamos nos quatro arrátes e raspamo-nos da cidade. Ao encontro de gente que entoa “trago Alentejo na voz”, como canta António Zambujo.

Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveis
Cascatas Serra de São Mamede – Escapadinhas Alto Alentejo

Há um universo de experiências novas a serem vividas numa escapadinha ao Alto Alentejo. Entre terras de xisto e granito, o montado e a Serra de São Mamede, a mais alta a sul do Tejo, as praias fluviais de rio ou albufeira, os vales encantados e as cascatas secretas. Mesmo que o sol ande envergonhado, por estas bandas há mais que fazer do que imagina.  Nem que seja “prantar-se queto” numa casa de turismo idilicamente plantada no montado. Da terra ao céu, descubra tudo a pé ou a cavalo ou até mesmo num balão de ar quente.

Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveis
Praia Fluvial da Portagem – Escapadinhas Alto Alentejo

Vamos ao que interessa! Eis os incontornáveis lugares a visitar e as experiências imperdíveis a viver numa escapadinha ao Alto Alentejo.

Na preparação da sua viagem ao Alto Alentejo não deixe de ler também o nosso guia e roteiro detalhado para visitar o Alto Alentejo.

Visitar a histórica cidade de Portalegre

Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveisDeixe-se surpreender na sua escapadinha ao Alto Alentejo pela bela e histórica cidade de Portalegre, às portas da Serra de São Mamede. Dedique tempo a deambular pelo centro histórico de Portalegre das elegantes praças e das castiças ruelas empedradas.

Museu da Tapeçaria de Portalegre Guy Fino – Escapadinhas Alto Alentejo

Vá ao encontro do seu Castelo medieval atravessando o típico casario branco permeado de palácios, solares e monumentos da época áurea da capital do Alto Alentejo, polo da industria têxtil e berço duma arte única no mundo que deve conhecer no Museu da Tapeçaria de Portalegre Guy Fino.

Aprecie a bela fachada e visite o riquíssimo interior da Sé Catedral de Portalegre. Caso seja do seu interesse, reserve tempo para visitar as notáveis coleções reunidas no Museu Municipal e na Casa-Museu José Régio.

Arte Pastoril de Portalegre, pela mão do artesão António Adélio Real

Se gosta de artesanato, tem de conhecer a Arte Pastoril de Portalegre. O Sr. António Adélio Real abre-lhe a porta da sua loja-oficina na Rua da Amargura, onde produz artigos úteis e decorativos em cortiça e madeira. De tarros a tropeços, de colheres a presépios, entre muitos outros, cada peça é única, “bordada” a navalha como se fazia antigamente.

Subir a Marvão para “ver a terra toda”

Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveisSaramago disse “de Marvão, vê-se a terra toda…” Atrevemo-nos a acrescentar, “e o mais belo pôr-do-sol do Alto Alentejo!” Não foi o primeiro, nem será o último pôr-do-sol de Marvão que nos enfeitiça, para fechar um dia de assombro nesta vila muralhada, de casario branco e portadas góticas.

Castelo, muralhas e vila coroam a rocha inexpugnável no cume da Serra do Sapoio, a mais de 800 metros de altura. Lá do alto do seu castelo, somos tomados de espanto pela maravilhosa paisagem dum Alto Alentejo serrano. A perder de vista. De tirar o fôlego. De cair de amores.

A subida à “Mui Nobre e Sempre Leal Vila de Marvão” poderá ser, literalmente, o ponto alto da sua escapadinha ao Alto Alentejo. Clique para ler o nosso roteiro detalhado para visitar Marvão.

Dica VagaMundos: nos dias quentes de verão, desça à pitoresca aldeia de Portagem para se refrescar nas águas do rio Sever na ampla e aprazível Praia Fluvial da Portagem.

Ir à caça das cascatas da Serra de São Mamede

Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveisCascatas no Alentejo? Sim, é verdade. No meio das vastas planícies e montados, não vai querer perder na sua escapadinha ao Alto Alentejo as mais bonitas e recônditas cascatas da Serra de São Mamede.

A imagem pré-concebida que temos da planície alentejana não joga com idílicas cascatas. Mas quando se fala da Serra de São Mamede, a conversa é outra. Neste Alto Alentejo, a planura seca dá lugar a surpreendentes serrados e verdejantes vales por onde passam exuberantes ribeiras. Aqui já não custa nada imaginar cascatas, pois não? Não é fácil dar com elas, mas depois de visitar uma, vai querer delirar com a outra. Clique para ler o nosso guia completo para visitar as Cascatas da Serra de São Mamede.

Dica VagaMundos: na falta de dotes de escuteiro, pode sempre visitar as Cascatas da Serra de São Mamede na companhia dum guia especializado. Na nossa última visita, tivemos a companhia do Pedro Capão, cuja paixão pelo Alto Alentejo o levou a fundar a TOOBRAA para levar os visitantes a conhecer os encantos da região.

Fazer um picnic num montado alentejano

Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveisNas nossas escapadinhas ao Alto Alentejo, não perdoamos um picnic no montado. E esta, não foi exceção. O cenário é de ouro, o tempo é de preguiça e a liberdade é deliciosa. E melhor ainda quando deliciada com uma cesta cheia da dose certa de pequenos prazeres para petiscar com vagar.

Rodeados de natureza, no cenário místico da Anta do Tapadão (um dos muitos vestígios do megalitismo do Alto Alentejo), este picnic foi abrilhantado com um deleitoso pôr-do-sol para dar uma pitada de romantismo ao momento.

Dica VagaMundos: na impossibilidade de preparar o seu próprio picnic, confie na Despensa Franciscana para o fazer por si. Foi o que fizemos e abrimos uma caixinha de surpresas de produtos regionais deliciosos. A “cereja” no topo do bolo? Brindar à vida com a Ginjinha de produção própria, “um licor dos deuses” feito a partir duma receita ancestral herdada dum monge franciscano.

Visitar Castelo de Vide, a “Sintra do Alentejo”

A apaixonante vila medieval de Castelo de Vide não pode faltar numa escapadinha ao Alto Alentejo. Cercada por mais de dois quilómetros de muralhas e conhecida pelas suas Portas Ogivais, Castelo de Vide cobre as encostas dum monte coroado por um castelo. A fortificação ocre e o casario branco destacam-se na verde paisagem que rodeia a vila.

Judiaria de Castelo de Vide – Escapadinhas Alto Alentejo

O ambiente da vila, os seus jardins verdejantes e fontanários, a vegetação aliada ao clima ameno e a sua localização no Parque Natural da Serra de São Mamede, tornaram-na conhecida como “a Sintra do Alentejo”.

Cada casa, cada recanto, cada pedra guardam séculos de história e segredam as memórias desta vila mágica que possui uma das Judiarias mais bem preservadas de Portugal. Clique para ler o nosso roteiro detalhado para visitar Castelo de Vide.

Conhecer Património Mundial UNESCO na cidade-fortaleza de Elvas

Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveis
Aqueduto de Elvas – Escapadinhas Alto Alentejo

Todos sabemos que visitar Elvas equivale a percorrer a maior cidade-fortaleza do mundo. Às portas de Espanha, Elvas tornou-se na mais importante praça-forte da fronteira portuguesa e é hoje uma das cidades mais emblemáticas a não perder numa escapadinha ao Alto Alentejo. Quem o atesta é a UNESCO que em 2012 listou a “cidade fronteiriça e de guarnição de Elvas e as suas fortificações” como Património Mundial.

Pelourinho e Arco de Santa Clara

Elvas vai certamente reservar-lhe muitas surpresas. Centro histórico, muralhas islâmicas, medievais e seiscentistas, os fortes de Santa Luzia e da Graça, 3 fortins e o Aqueduto da Amoreira constituem a maior fortificação abaluartada do mundo. Sem falar no vasto património religioso e vestígios do legado megalítico, árabe e romano. Clique para ler o nosso roteiro completo para visitar Elvas.

Visitar uma queijaria em Nisa

Como esta nossa escapadinha ao Alto Alentejo não coincidiu com a Feira do Queijo de Tolosa (usualmente em maio), fomos diretos ao coração da freguesia com mais produtores do famoso Queijo de Nisa, Tolosa.

Fomos visitar uma das mais pequenas fábricas, os Queijos Fortunato, um negócio familiar em que a 4ª geração já mete mãos à obra. Visitamos o interior da queijaria e guiaram-nos por todo o processo de produção que dá origem aos queijos que até inspiram grandes chefs, entre eles José Avillez.

Merecidamente premiados, podemos afiançar após a prova destes “queijos com alma”. Não lhe sabemos dizer qual o melhor pois todos nos fizeram as delícias.

Viajar no tempo pela cidade romana de Ammaia

Entre Castelo de Vide e Marvão, a modesta aldeia de São Salvador de Aramenha detém as ruínas dum tesouro da Era Romana, a civitas e posteriormente municipium de Ammaia, um dos locais arqueológicos mais surpreendentes do Alto Alentejo.

Classificada como Monumento Nacional em 1949, Ammaia foi uma das maiores cidades romanas do Alentejo no século I d.C. A partir de 1994 foram aprofundados os trabalhos de investigação arqueológica das suas ruínas, das quais se conhece apenas 20%.

Entre o interessante espolio arqueológico guardado no Museu Cidade de Ammaia, a área das ruínas das antigas torres defensivas da muralha romana na Porta Sul da cidade, as ruínas do Templo Romano, o Forúm Romano e as incontornáveis termas, esta é uma viagem no tempo que não vai querer perder na sua escapadinha ao Alto Alentejo.

Percorrer um dos muitos trilhos do Alto Alentejo

Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveis
Trilho da Barca D’Amieira – Escapadinhas Alto Alentejo

Também os amantes das caminhadas encontram nesta região pano para mangas para (várias) escapadinhas ao Alto Alentejo. E se julga que é só montado, desengane-se. O Alto Alentejo tem inúmeras facetas e é palco de alguns dos melhores trilhos de Portugal. 

  • Trilhos do Conhal (Nisa): um dos nossos percursos pedestres favoritos de Portugal, em pleno Geopark Naturtejo, no concelho de Nisa. São 14 km que se desenrolam pelas aldeias, antigas minas romanas, margens do Tejo e pela Serra de São Miguel, quase sempre com o Monumento Natural das Portas de Rodão no horizonte e com o voo silencioso dos grifos como companhia. Clique para mais informações sobre os Trilhos do Conhal.
  • Trilho da Barca D’Amieira (Nisa): é um percurso linear com cerca de 3,6 km de extensão e liga a Barca d’Amieira, em Amieira do Tejo, ao miradouro transparente sobre o Tejo (skywalk), junto à Barragem do Fratel. Pelo caminho irá encontrar os novíssimos Passadiços de Nisa, um histórico muro de sirga para percorrer e uma vertiginosa ponte pedonal suspensa. Clique para mais informações sobre o Trilho da Barca d’Amieira.
  • Passadiço do Alamal (Gavião): o percurso tem início na vistosa Praia Fluvial do Alamal e término junto à Ponte de Belver. Ao longo dos cerca de 2 km que separam estes dois pontos, o Passadiço do Alamal segue sempre junto ao Tejo, bordejado por vegetação de um lado e pelas plácidas águas do rio do outro. Pelo caminho somos brindados com idílicas paisagens sobre o rio Tejo e o altaneiro castelo de Belver, o secular guardião silencioso destas paragens do Alto Alentejo. Clique para mais informações sobre os Passadiço do Alamal.
  • Trilho Alegrete (PR3 PTG Alegrete – Portalegre): um percurso de 11 km, circular, com início e fim na Fonte Nova de Alegrete, que acompanha a Ribeira de Arronches e permite ver um par de lindas cascatas.
  • Portagem-Marvão-Portagem (PR2 MRV – Marvão): um trilho circular de 7 km, com início no largo das Almas, na Portagem, passando pela Ponte Quinhentista sobre o rio Sever (antiga ponte medieval) e antiga Torre da Portagem subindo à bela vila muralhada de Marvão. Destaca-se pelas soberbas vistas panorâmicas sobre a Serra Selada, o Alto de São Mamede e as cristas quártzicas da fronteira de Galegos. Clique para mais informações sobre o Trilho Portagem-Marvão-Portagem.

Conhecer a arte equestre na Coudelaria de Alter

Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveisSe é apreciador da arte equestre, uma visita à Coudelaria de Alter é imprescindível numa escapadinha ao Alto Alentejo. A mais antiga e notável coudelaria real portuguesa, dedica-se à criação do elegante cavalo de sela de puro-sangue Lusitano, da linhagem Alter Real.

Uma visita à coudelaria começa no centro interpretativo nas Casas Altas, e inclui visita ao Páteo das Éguas (e potros), às cavalariças dos garanhões, à Casa dos Trens, e à Falcoaria e Museu da Falcoaria.

Cavalariça dos Garanhões

As muitas atividades equestres que a Coudelaria de Alter tem em oferta, são muito apelativas e nem precisa de sair da propriedade para arranjar dormida. O novíssimo hotel Vila Galé Collection Alter Real, integrado na coudelaria, garante todas as comodidades.

Fazer enoturismo numa escapadinha ao Alto Alentejo

Fazer uma escapadinha ao Alto Alentejo sem visitar uma adega e fazer uma prova de vinhos é pecado capital.

Todos sabemos que é no Alentejo que se produzem alguns dos vinhos mais icónicos de Portugal. Os vinhos alentejanos conquistaram o pódio do reconhecimento internacional como marca de qualidade pelos seus vinhos de topo.

Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveis
Prova de Vinhos na Casa da Urra – Escapadinhas Alto Alentejo

Nas últimas décadas, pequenos e grandes produtores tomaram consciência do valor dos vinhos que ali se geravam. Aprimoraram a ancestral arte, melhoraram a qualidade e agora abrem as portas das suas adegas para que o mundo conheça e deguste este néctar dos deuses feito de saber antigo e visão inovadora.

As experiências de enoturismo que já tivemos oportunidade de viver nas nossas escapadinhas ao Alto Alentejo, foram além da mera prova de vinhos.

Ser Enólogo por um dia na Adega João Portugal Ramos

Na propriedade de agroturismo e enoturismo da Casa da Urra, deambulamos nos vinhedos e sentimos por entre os dedos o terroir onde vinhas velhas e novas produzem castas usadas exclusivamente nos tintos, brancos e rosés, frutados e com personalidade, da “casa”.

Muito perto da histórica vila do Crato e sob o mote “histórias que se bebem”, a Herdade do Gamito produz afamados vinhos, uns marcados pela tradição, outros com notas frescas e joviais. A Herdade do Gamito oferece também um alojamento com personalidade e vistas sobre a propriedade para momentos de deleite panorâmico.

Last but not least… A nossa favorita! Na adega João Portugal Ramos entende-se o vinho como uma arte que brota da terra. De terroirs abençoados. Dum sonho que se fez ode ao vinho. Escutamos “a música que embala o vinho” em estágio e fomos “enólogos por um dia”, criando o nosso próprio vinho. Definitivamente, algo que vamos deixar nas mãos do verdadeiro artista, João Portugal Ramos.

Visitar o Centro de Ciência do Café em Campo Maior

O café, essa bebida exótica que chegou a ser proibida na Europa, também se faz no Alto Alentejo. Faça uma viagem interativa pelo mundo do café no Centro de Ciência do Café, em Campo Maior.

Mais do que conhecer a origem (na estufa), a história (na nau) e o processamento (na “fábrica”) do café, é conhecer as suas múltiplas facetas, do cafeeiro à chávena.

Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveisPara fechar com “chávena de ouro”, a degustação de café através da preparação de várias bebidas de café pelos baristas residentes, é imperdível. Uma proposta diferenciadora para uma escapadinha ao Alto Alentejo.

Fazer uma prova de azeite num lagar tradicional

Como Alentejo e azeite andam de mão dada, na nossa última escapadinha ao Alto Alentejo tivemos a oportunidade de visitar o Lagar da Sociedade Agrícola António Picado Nunes, no Monte de Cima, na raiana aldeia de Galegos.

É aqui que é feito o saboroso Azeite Castelo de Marvão e numa visita guiada todo o processo da produção de azeite é sumariamente explicado. Incluiu a passagem pelo velho olival tradicional que dá origem à azeitona galega de produção 100% biológica, espaços do lagar-museu com máquinas de 1954, uma prova do azeite (ficamos fãs do azeite verde de galega) e oferta duma embalagem de azeite, para que possamos trazer os sabores do Alto Alentejo para casa.

Navegar pela história de Portugal no Centro de Interpretação da Batalha dos Atoleiros

A Batalha de Atoleiros, no concelho de Fronteira, foi uma das principais vitórias militares portuguesas sobre Castela, a par da Batalha de Aljubarrota, no conturbado século XIV.

A 6 de abril de 1384, Nuno Álvares Pereira, o Santo Condestável, provou os seus dotes de estratega militar ao comando de tropas em desvantagem numérica e a pé, contra um temível exército espanhol a cavalo. E tudo graças a um ribeiro que, por causa duma lenda, ainda hoje é apelidado de Ribeiro das Águas Belas.

A visita áudio-guiada do Centro de Interpretação da Batalha de Atoleiros explica de forma interativa cada peça do “puzzle histórico”, onde até arte e arquitetura são veículos de entendimento. Muito interessante para um roteiro histórico na sua escapadinha ao Alto Alentejo.

Relaxar nas Termas da Sulfúrea em Cabeço de Vide

Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveisQue tal lhe soa relaxar numas termas na sua escapadinha ao Alto Alentejo? Nas Termas da Sulfúrea, na pacata vila de Cabeço de Vide, pode revigorar corpo e mente com banhos em águas termais medicinais e massagens relaxantes.

Experimentamos, gostamos e não vemos a hora de voltar para tirar proveito dos benefícios deste medicamento natural para problemas respiratórios, dermatológicos e reumáticos, graças às suas águas sulfúreas e hiperalcalinas (pH 11,5) com propriedades terapêuticas reconhecidas desde o tempo dos romanos. Até a NASA já por lá andou.

Deliciar-se com a gastronomia do Alto Alentejo

Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveis
Ensopado de Borrego, um dos pratos que tem de provar nas suas escapadinhas ao Alto Alentejo

Nem só de vilas e cidades históricas vive uma escapadinha ao Alto Alentejo, mas também (e sobretudo) de saborear os seus tradicionais e deliciosos pratos típicos e produtos regionais.

A cozinha alentejana surpreende pela sinfonia de sabores que nasce de ingredientes simples, onde nunca pode faltar o pão, o azeite e as ervas aromáticas.

Espetada de Touro Bravo

As migas e açordas, a sopa de cação e o gaspacho, o ensopado de borrego, as carnes de porco preto, de vitela e touro bravo, o bacalhau dourado, os espargos e as túberas selvagens… São apenas alguns pratos e ingrediente que marcam uma culinária de saber popular antigo que leva sempre à mesa iguarias plenas de sabor às quais não pode faltar um bom vinho alentejano como companhia.

Escapadinhas Alto Alentejo: locais a visitar e experiências imperdíveis
Sericaia com Ameixa de Elvas

Na doçaria, o Alto Alentejo também dá cartas. Portalegre tem Boleimas, Bolo Finto e Fartes, como representantes da doçaria popular mas brilha na doçaria conventual: Folar e Queijadas, Rebuçados de Ovo e Queijo Dourado, Manjar Branco, Pastéis de Santa Clara, Rabanadas da Abadessa, Morcelas Doces de S. Bernardo e Torrão Real de Ovos. A Ameixa de Elvas é inseparável da Sericaia. Marvão faz um belo Pastel de Castanha e de Nisa chegam-nos os Barquinhos e as Broas dos Santos. Sem falar no Tecolameco, Encharcada, Lampreia do Ovos, Leite Serafim e Miminhos. Clique para conhecer os nossos restaurantes favoritos no Alto Alentejo para degustar estas e outras iguarias.

Onde ficar numa escapadinha ao Alto Alentejo? Sugestões de alojamento

Casa da Urra

Uma infinity pool com vistas de pasmar para a Serra de São Mamede, hectares de vinha e o montado desta unidade de turismo rural do Alto Alentejo, é o grande cartão de visita da Casa da Urra. Para além dos horizontes a perder de vista, o que nos rendeu por completo a este “recanto cheio de encantos” foi a nossa noite de absoluto repouso no Apartamento Romântico (e o pãozinho fresco e a boleima matinais). Tanto os quartos privados, na casa grande, como os apartamentos autossuficientes, com traça das casas típicas alentejanas, são espaçosos, climatizados e apresentam comodidades modernas em harmonia com o ambiente tradicional da “casa”.  Espaços amplos, requintadamente decorados, expõem a coleção privada de antiguidades, arte e artesanato que revelam a paixão dos proprietários por tudo o que espelhe Portugal.

Pousada Mosteiro do Crato

Só o privilégio de ficar a dormir num mosteiro do século XIV, que já foi palácio e castelo, justifica qualquer viagem à Pousada Mosteiro do Crato, um moderno e luxuoso hotel integrado num dos mais importantes exemplares ibéricos de mosteiros fortificados. O Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa é por si só um highlight e, no hotel, nada falta a nível de comodidades. Quartos impecáveis com varanda privada, piscina e spa, pequeno-almoço divinal e uma envolvência estupenda são as mais valias desta unidade hoteleira onde se respira história.

Dom Dinis Marvão

Sem rodeios, o aconchego dos espaços e a simpatia do pessoal do hotel Dom Dinis Marvão ganharam logo as nossas 5 estrelas. Como se não bastasse, a localização é de sonho, no topo da vila alta, dentro das muralhas de Marvão com vistas para o infinito. A casa de piso em terracota e a decoração de inspiração medieval estão imbuídos do espírito da vila. O terraço com jacuzzi são irresistíveis para momentos de lazer. E o pequeno-almoço é a melhor tradução de um “bom dia” em sabores.

Vila Galé Collection Alter Real

Se deseja fazer uma escapadinha equestre ao Alto Alentejo, o hotel Vila Galé Collection Alter Real oferece as melhores condições. Integrado na Coudelaria de Alter, este hotel é marcado pelas comodidades a que a marca Vila Galé já habitou o hóspede mais exigente. Um hotel de charme 4 estrelas inspirado na arte equestre que apresenta quartos e suites privados aclimatizados, três piscinas exteriores e piscina aquecida interior, um spa e centro de bem estar, o bar Dressage e o restaurante Inevitável.

Vila Galé Collection Elvas

No coração da cidade-fortaleza, o Vila Galé Collection Elvas é um hotel de charme resultante da reabilitação do antigo Convento de São Paulo. Quartos e suites privados, algumas destas com mezanino, apresentam altos padrões de conforto e um toque clássico na decoração inspirada nas fortalezas portuguesas espalhadas pelo mundo. Disponibiliza ainda uma piscina exterior e um agradável jardim no claustro do convento. Nos interiores cuidados, interessantes e de bom gosto, encontra 2 restaurantes, bar, salão de eventos e um spa com banheira de hidromassagem, sauna e piscina interior.

Torre de Palma Wine Hotel

No top dos melhores hotéis de Turismo Rural do Alentejo, o Torre de Palma Wine Hotel é um diamante escondido na planície alentejana, um design hotel a escasso quilómetros de Monforte. Situado numa mansão renovada do século XIV, o moderno e luxuoso hotel busca inspiração na herança romana, familiar e alentejana para ser a sua casa no coração do Alentejo histórico e vinhateiro. Por detrás das típicas paredes caiadas de branco, há quartos e suites, plenos de charme e requinte. Suba à torre e sinta a planície. Há ainda piscinas interiores e exteriores, um centro equestre, um spa, um centro de bem-estar, um restaurante e um bar para se render ao luxo de esbanjar tempo.

Clique para ver as melhores opções de alojamento no Alto Alentejo

Este artigo contou com o apoio da Nerpor – Associação Empresarial da Região de Portalegre
no âmbito do projeto Alto Alentejo in Motion

Outros artigos do Alto Alentejo 

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.