Foz do Cobrão e Portas de Almourão: o que visitar e Caminho do Xisto de Foz do Cobrão

Foz do Cobrão e Portas de Almourão: o que visitar e Caminho do Xisto de Foz do Cobrão

Visitar as Portas de Almourão e a Foz do Cobrão, uma das mais desconhecidas Aldeias do Xisto do Centro de Portugal, raramente surge no topo da lista de destinos imperdíveis. Mas isso está a mudar. A Aldeia do Xisto de Foz do Cobrão é uma das mais apaixonantes e começa a sair do anonimato por causa da sua cénica piscina natural e das Portas de Almourão, um dos geossítios mais espetaculares a visitar no Geopark Naturtejo. A sua riqueza reside, todavia, em tantas outras coisas mais.

O que ver e fazer em Foz do Cobrão?

Foz do Cobrão e Portas de Almourão: o que visitar e Caminho do Xisto de Foz do Cobrão

Vindos das Portas de Almourão, visitar Foz do Cobrão não estava nos planos. Íamos só em busca dum café. Acabámos à conversa com os “amigos da terra” e a amaldiçoar os ponteiros do relógio que teimaram em acelerar.

Foz do Cobrão e Portas de Almourão: o que visitar e Caminho do Xisto de Foz do CobrãoAldeia de gente boa e unida, Foz do Cobrão tem xisto nas casas, histórias com alma na voz, aflições e alegrias que o tempo não apaga da memória, lendas feitas de ouro e sorrisos de pássaro livre. É bom quando os acasos nos levam a aldeias que se revelam nas tradições ancestrais que as gentes arduamente preservam e nos costumes que ditam o passar do tempo.

Foz do Cobrão tem um enquadramento natural verdadeiramente brutal, pois fica localizada na encosta da Serra das Talhadas, no preciso local em que a ribeira do Cobrão desagua no rio Ocreza.

Foz do Cobrão e Portas de Almourão: o que visitar e Caminho do Xisto de Foz do CobrãoDevido à sua localização remota, esta aldeia de xisto serrana está envolta duma maravilhosa paisagem. Agreste como as fragas que rompem a montanha ondulante. Dócil como o serpentear dos rios que lhe desenham as curvas.

Portas de Almourão

Na verdade, não tínhamos vindo visitar Foz do Cobrão mas as Portas de Almourão, uma autêntica joia geológica que se esconde bem pertinho da aldeia do xisto de Foz do Cobrão.

Não bastassem as tantas outras razões para visitar a Foz do Cobrão, ainda nos dão este incrível fenómeno geológico que são as Portas de Almourão: um fundo de oceano com 500 milhões de anos escritos nas “páginas” da rocha. Ali, à nossa frente, estão as fragas silenciosas que formam a garganta mais estreita do Vale Mourão, lar de grifos e abutres em majestosos voos. Com sorte ainda se avistam as cegonhas negras ou as esquivas lontras a brincar no rio.

Foz do Cobrão e Portas de Almourão: o que visitar e Caminho do Xisto de Foz do CobrãoNeste ponto do vale do rio Ocreza, as linhas de água abriram caminho à força por entre a muralha de rocha criando dois impressionantes picos quártzicos nas margens do rio Ocreza. Para admirar esta maravilha da natureza foi criado um fantástico miradouro de fácil acesso, situado a menos de um quilómetro da aldeia de xisto.

Praia Fluvial da Foz do Cobrão

Foz do Cobrão e Portas de Almourão: o que visitar e Caminho do Xisto de Foz do CobrãoDepois dumas “inside tips”, rebelámo-nos contra o tempo. Por ruelas encantadas, descemos à piscina natural da Foz do Cobrão, a zona balnear que resultou da recuperação do antigo açude da aldeia, criando uma idílica infinity pool natural cujas águas se projetam na pequena queda de água a que chamam a Cascata do Poço de Mel.

Foz do Cobrão e Portas de Almourão: o que visitar e Caminho do Xisto de Foz do CobrãoO mais castiço é o enorme penedo à boca da piscina. E como já dispõe de bar-esplanada e área de merendas, tem tudo o que é preciso para passar um dia de verão em cheio.

Moinhos de Rodízio da Foz do Cobrão

Foz do Cobrão e Portas de Almourão: o que visitar e Caminho do Xisto de Foz do CobrãoPor perto, fica ainda o velho moinho de rodízio. “Há muitos, ribeiro acima,” dizem-nos. A maioria em ruínas, acrescentam. Este moinho foi embelezado para quem agora visita a Foz do Cobrão e as Portas de Almourão, que são cada vez mais e não fogem ao passadiço que conduz ao museu do linho.

Núcleo Museológico do Linho e da Tecelagem

Núcleo Museológico do Linho e da Tecelagem ©Câmara Municipal Vila Velha de Ródão

E a propósito de linho e tecelagem, vêm no fio da conversa mais umas histórias da aldeia e razões para visitar a Foz do Cobrão: a par do museu do linho, há uma antiga Fábrica de Fiação. Era garante de pão na mesa para a aldeia que destas terras rudes fez socalcos donde arrancava o parco sustento à custa de muito suor. Aqui todos entendiam de linho, vinha e azeite.

Quando a fábrica fechou e a fome apertou, viraram-se para o rio, de cocha na mão, para garimpar as pequenas pepitas de ouro que, dizem, ainda hoje se desprendem do lendário carro de bois feito de ouro que desapareceu no pego do Almourão.

Conhais da Foz do Cobrão

Descemos à margem do Rio Ocreza, não para garimpar mas para mirar de longe este tesouro. Foz do Cobrão, dum lado. Sobral Fernando, do outro. Nas margens do Ocreza ainda lá estão os conhais, ou conheiras como chamam aqui aos montes feitos de pedra rolada dragada do rio há dois mil anos. Não tão impressionantes como os do Arneiro, é certo, mas testemunhos que o ouro na região é explorado desde o Império Romano.

Haja ouro ou não, somos mais ricos por visitar Foz do Cobrão e as Portas de Almourão!

O tempo acabou por nos apanhar nas curvas e tivemos que dar por terminada a nossa visita à Foz do Cobrão. Um desejo de regresso foi proferido no largo da igreja que fica ao cimo do povo, como uma guardiã das almas, vigiando lá do alto.

Trilho Caminho do Xisto da Foz do Cobrão

Foz do Cobrão e Portas de Almourão: o que visitar e Caminho do Xisto de Foz do CobrãoEsta foi a pepita de ouro que luziu para nós e não conseguimos garimpar na primeira vez que fomos visitar Foz do Cobrão e as Portas de Almourão. O regresso prometido foi cumprido e tudo por causa do painel informativo dum trilho, no miradouro do Ocreza, que nos desafiou a visitar a Foz do Cobrão e as Portas de Almourão pela segunda vez.

Se gosta de caminhadas, não deixe de ir percorrer o fantástico trilho PR3 VVR Caminho do Xisto da Foz do Cobrão (O Voo do Grifo), um percurso circular com sensivelmente 11 km e uma das melhores maneiras de conhecer a região envolvente da aldeia de xisto e visitar as Portas de Almourão.

Somos conduzidos por entre vales e serras, por carreiros, estradão e alguns troços de asfalto, rodeados de paisagens assombrosas, entre escarpas e penhascos quartzíticos escavados pela Ribeira do Cobrão e pelo Rio Ocreza. No troço junto à Ribeira do Cobrão, o trilho passa pela piscina natural da Praia Fluvial da Foz do Cobrão, pelos moinhos de rodízio do Vale Cobrão e por taludes com oliveiras e campos de cultivo.

Do ponto mais alto, avistam-se as aldeias de Vale do Cobrão e Chão das Servas. Na descida, a paisagem que se contempla é do Vale Mourão e da Serra das Talhadas a oeste, mas o grande destaque vai para as Portas de Almourão. A rara beleza do desfiladeiro é de cortar a respiração e o voo dos grifos que aqui nidificam, é de maravilhar. De regresso às margens do Ocreza, temos o açude que faz as vezes de praia fluvial e os conhais da mineração do ouro da Era Romana.

Voo do Grifo no Caminho do Xisto

Informação prática do trilho Caminho do Xisto de Foz do Cobrão Voo do Grifo (PR3 VVR)

  • Distância: 11,3 km
  • Circular: Sim
  • Dificuldade Técnica: Moderada
  • Local de Partida/Chegada: junto à Igreja da Foz do Cobrão

O que visitar perto da Foz do Cobrão e Portas de Almourão

Cascata do Pego da Rainha

Quando for visitar a Foz do Cobrão e as Portas de Almourão, aproveite para conhecer outros encantos da região escondidos perto da aldeia de xisto. Os locais de visita obrigatória e as experiências a não perder pertos da Foz do Cobrão são os seguintes:

  • Conhecer a importância da água na vida comunitária da aldeia de xisto de Água Formosa e as “portas” na aldeia de xisto de Figueira, duas genuínas e bonitas aldeias pertencentes à rede das Aldeias de Xisto do núcleo Tejo-Ocreza;
  • Admirar a beleza da Cascata do Pego da Rainha, uma das cascatas mais belas do Centro Portugal;
  • Ir a banhos na Praia Fluvial de Cardigos, um verdadeiro oásis do Médio Tejo.
  • Visitar Vila Velha de Rodão, famosa pelas majestosas Portas de Rodão, a garganta do Tejo. Faça uma caminhada pela marginal ribeirinha, experimente o passeio de barco ou aventure-se de caiaque pelas plácidas águas do Tejo. O que não pode mesmo deixar de fazer é subir ao altaneiro Castelo do Rei Vamba, com vistas soberbas sobre as Portas de Rodão.
  • Se é adepto das caminhadas, atravesse o rio Tejo e vá percorrer os fantásticos e desafiantes Trilhos do Conhal para assistir ao voo silencioso dos grifos, ou os novíssimos passadiços de Nisa percorrendo o Trilho da Barca d’Amieira, apto para toda a família.

Onde ficar a dormir na Foz do Cobrão? Sugestões de alojamento

Casas do Almourão

As Casas do Almourão estão localizadas no outeiro da aldeia de Foz do Cobrão, perto da igreja, e dispõem de 4 casas com vistas panorâmicas deslumbrantes para a Serra das Talhadas, para o Rio Ocreza e para a foz do Ribeiro Cobrão. Todas as casas são alusivas às atividades de outrora da região e incluem 2 quartos com 1 cama de casal, uma casa de banho e uma kitchenette totalmente equipada. A sala de estar está equipada com ar condicionado uma televisão de ecrã plano, um sofá e uma varanda. Algumas têm uma salamandra. Junto ao Monumento das Portas do Almourão, o leque de atividades é extenso: praias fluviais, caminhadas, escalada, canoagem, passeios de barco, BTT, pesca desportiva e observação de aves.

Clique para ver mais opções de alojamento em Foz do Cobrão

Mapa dos pontos de interesse a visitar na aldeia de xisto da Foz do Cobrão


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa com os principais pontos de interesse a visitar em Foz do Cobrão e Portas de Almourão.

Outros artigos do Centro de Portugal

Aveiro | Aldeias Históricas de Portugal | Aldeias do Xisto | Belmonte | Cascata da Cabreia | Cascatas Centro de Portugal | Castelo de Bode | Castro Daire | Coimbra | DornesEstações Náuticas Centro de Portugal | Ferreira do ZêzereFigueira da Foz | Fragas de São Simão | Manteigas | Monsanto | Nazaré | Óbidos | Região do Oeste | OurémPassadiços do OrvalhoPenamacor | Penedo Furado | PenichePiodão | Poço Negro | Praias Fluviais Centro Portugal | Santa Comba DãoSeia | Serra do Açor | Serras de Aire e Candeeiros | Serra da Estrela | Serra da Lousã | Sortelha | Tomar | Viseu

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.