La Paz

la-paz
A Bolívia tem duas capitais: La Paz é a capital administrativa enquanto Sucre é a capital constitucional. Entre os 3100m e os 4000m de altitude, é a capital mundial situada a mais elevada altitude. Entrámos na cidade pela “autoestrada de terra batida” que atravessa El Alto, a cidade dos migrantes, das famílias pobres e numerosas que procuram uma oportunidade na capital. Estávamos no topo da meseta do altiplano andino que atravessa a Bolívia. A vida é declaradamente dura, já o sabíamos. Desordem a roçar o caos, condições de vida precárias, casas que não se consegue determinar se estão em construção, se em ruína.
Depois de quilómetros deste cenário real, entramos finalmente na cidade de La Paz. Saímos do autocarro na estação que fica mais perto do coração histórico da cidade. Aqui o cenário é totalmente diferente: arquitetura colonial, igrejas e catedrais sobranceiras, soluções modernas para a circulação de carros gentes e, claro, para colmatar o problema da inclinação. É que La Paz agarra-se obstinadamente a uma íngreme encosta da meseta. Portanto, quem visita a capital boliviana tem que vir preparado para subir e descer muito. Juntando a isso o facto do oxigénio escassear a estas altitudes, há que levar tudo com a maior das calmas.
la-paz-bolivia-calle-jaen
Tivemos que ser práticos na escolha de alojamento e procurámos a opção mais económica no centro da cidade que nos permitisse explorar o Prado, onde se situam a maioria dos highlights e a parte mais interessante e histórica da capital. Os mercados são agitados e as ruas estão cheias de bancas de artesanato que se caracteriza pelo seu colorido. O povo é ainda muito religioso, ou temente, e as igrejas tem sempre gente no seu interior quando abertas, independentemente das celebrações. La Paz procura um lugar de reconhecimento mundial para além da sua altitude: inova na gastronomia, evolui no desenvolvimento urbano e promove a cena artística e criativa.

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!
Artigo anteriorIsla del Sol no lago Titicaca
Próximo artigoPotosí
Anabela e Alexandre, apaixonados um pelo outro e pelas viagens. Juntaram as letras e os números e criaram o Vagamundos onde partilham as suas errâncias pelo mundo e motivam todos a viajar. Autores dos livros Caminho do Amor e Rostos do Oriente. Aproveitam qualquer desculpa para vaguear pelo mundo. Viveram na Alemanha, Dinamarca e EUA. Praticam trekking e lounging, alternadamente. Gostam de sujar cozinhas e conversar até altas horas. Uma vez por ano fingem que tocam djambé.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.