Lagoas do Gerês | Como ir visitar as melhores piscinas naturais do Gerês

Lagoas do Gerês: como ir visitar as melhores piscinas naturais do Gerês

Anda à procura das melhores lagoas e piscinas naturais do Gerês? Então veio parar ao sítio certo. Neste artigo vai encontrar um guia completo para visitar as mais belas lagoas e piscinas naturais do Parque Nacional da Peneda-Gerês, todas elas perfeitas para nadar e dar uns refrescantes mergulhos rodeado de natureza.

Lagoas do Gerês: como ir visitar as melhores piscinas naturais do Gerês

E o melhor de tudo é que partir à “caça” das melhores lagoas e piscinas naturais do Gerês (uma delas até tem água quente) é o álibi perfeito para conhecer várias mãos cheias de maravilhas naturais do Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Lagoas do Gerês: como ir visitar as melhores piscinas naturais do GerêsNa sua viagem em busca das lagoas e piscinas naturais do Gerês irá também ver algumas das mais belas cascatas do Parque Nacional da Peneda-Gerês, percorrer fabulosos trilhos de classe mundial, atravessar bosques mágicos que parecem decalcados de um livro de fantasia, deixar-se seduzir pelas melodiosas e cristalinas águas dos rios e ribeiras, visitar apaixonantes aldeias que guardam um património cultural singular e deliciar-se com as paisagens de cortar a respiração dos altaneiros miradouros do Gerês.

Lagoas do Gerês: como ir visitar as melhores piscinas naturais do GerêsComo por esta altura já deve ter depreendido, a grande maioria das lagoas e piscinas naturais do Gerês estão longe de estar à beira da estrada. Ou seja encontram-se bem escondidinhas por entre os vales e serras do Parque Nacional da Peneda-Gerês e, para as ir conhecer, não se livra de umas boas caminhadas.

Lagoas do Gerês: como ir visitar as melhores piscinas naturais do GerêsPor isso mesmo, para além de lhe mostrarmos as melhores (e escondidas) lagoas e piscinas naturais do Gerês, nas secções seguintes deste artigo vamos também partilhar consigo toda a informação que precisa para ir desfrutar destes magníficos tesouros naturais. Só fica a faltar mesmo calçar as suas botas de caminhada, colocar a mochila às costas e partir à descoberta destes cantinhos mágicos do Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Na preparação da sua viagem para ir conhecer as melhores lagoas e piscinas naturais do Gerês, sugerimos que leia também os seguintes artigos:

Conteúdo deste Artigo

Lagoas e Poços do Gerês: como ir visitar as melhores piscinas naturais (badaladas e secretas) do Parque Nacional da Peneda-Gerês

Lagoas do Gerês: como ir visitar as melhores piscinas naturais do GerêsPara além de uma breve descrição das lagoas e piscinas naturais mais bonitas do Gerês, neste artigo encontra também um mapa interativo com a localização de todas as lagoas e piscinas naturais, toda a informação prática que precisa para dar com elas, várias propostas de alojamentos para ficar a dormir relativamente perto das lagoas e piscinas naturais e ainda uma sugestão de roteiro para ir conhecer as melhores lagoas e piscinas naturais do Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Por último, queremos chamar uma vez mais a atenção que para conhecer grande parte das lagoas e piscinas naturais do Gerês presentes neste artigo, terá de percorrer alguns trilhos pedestres.

Alguns são pouco exigentes e encontram-se relativamente bem sinalizados. Contudo, a grande maioria são, digamos, um pouco mais selvagens e desprovidos de qualquer sinalização. Nesses casos, disponibilizamos a rota/track GPS para download em formato GPS / KML para usar no seu aparelho GPS, Smartphone ou Google Earth. Não queremos que se perca em busca das lagoas e piscinas naturais mais bonitas (e secretas) do Gerês!

Dica VagaMundos: se é fã de cascatas com lagoas paradisíacas, não deixe de ler também os seguintes artigos:

Lagoa Poço Verde (Serra do Gerês)

Lagoas do Gerês: como ir visitar as melhores piscinas naturais do GerêsAbrimos a nossa lista das melhores lagoas do Gerês com o Poço Verde, uma das piscinas naturais mais bonitas da Serra do Gerês.

Esta idílica lagoa de tons esmeralda é alimentada pelas cristalinas águas do rio Fafião (também chamado de rio Toco) e fica situada nos arredores da aldeia de Fafião, numa das zonas mais selvagens e apaixonantes do Parque Nacional da Peneda-Gerês. Escusado será dizer que, para visitar o Poço Verde do Gerês, não existe outra alternativa a não ser ir a pé. Mas, acredite, é um pequeníssimo preço a pagar para ir conhecer este autêntico pedacinho de paraíso escondido na Terra. Até porque a caminhada está longe de ser longa.

Como ir ao Poço Verde do Gerês

Estacione o carro na aldeia de Fafião e siga a pé pelo estradão de terra batida que arranca junto ao campo de futebol de Fafião.

Clique aqui para ler todas as informações que precisa sobre o trilho que conduz ao Poço Verde e para descarregar o track GPS para levar no seu smartphone.

Coordenadas GPS do Poço Verde do Gerês

Latitude: 41°42’48.3″N
Longitude: 8°05’15.6″W

Lagoa dos Druidas (Serra da Peneda)

Lagoas do Gerês: como ir visitar as melhores piscinas naturais do GerêsA Lagoa dos Druidas é outra que tem lugar cativo na nossa lista das melhores lagoas e piscinas naturais do Gerês. Esta deslumbrante lagoa de tons esmeralda esconde-se num profundo vale escavado a preceito pelo rio Peneda. O entorno natural em que está inserida faz qualquer um entrar num mundo de fantasia dos… Druidas. Pense num frondoso e verdejante bosque pejado de pedras musgadas, uma miríade de belas quedas de água e imponentes penedos de mil formas, e já fica com uma ideia do monumental e fantástico quadro natural que tem à sua espera.

Como ir à Lagoa dos Druidas

Como já deve ter depreendido, para visitar a Lagoa dos Druidas não existe outra alternativa a não ser ir a pé. O percurso mais curto até à lagoa arranca em Tibo, uma pequena aldeia da freguesia de Gavieira que integra o concelho de Arcos de Valdevez.

O trilho tem sensivelmente 5 km de extensão mas é melhor não ir a contar com um passeio no parque. Apesar de curta, a caminhada é algo exigente, pois apresenta um declive bastante acentuado (aproximadamente 400 metros de desnível acumulado). Não é à toa que é uma das lagoas mais desconhecidas do Gerês!

Clique aqui para ler todas as informações que precisa sobre o trilho que conduz à Lagoa dos Druidas e para descarregar o track GPS para levar no seu smartphone.

Coordenadas GPS da Lagoa dos Druidas

Latitude: 41°55’56.4″N
Longitude: 8°13’48.7″W

Dica VagaMundos: em busca duma bela caminhada? Não deixe de ler o nosso artigo dos melhores trilhos e percursos pedestres de Portugal Continental. Vai certamente encontrar um mesmo à medida das suas botas de caminhada.

Lagoas de Travanca (Serra do Soajo)

Para quem procura lagoas e piscinas naturais no Gerês de fácil acesso, as Lagoas de Travanca são uma aposta ganha. Ficam situadas perto de Arcos de Valdevez, mais concretamente junto à Porta do Mezio, uma das cinco portas do Parque Nacional da Peneda-Gerês e contam com um acesso facilitado por passadiços de madeira e corrimão de corda para auxiliar na descida às piscinas naturais.

Esta sucessão de pequenas lagoas e quedas de água, alimentadas pelas cristalinas águas do rio Ázere, convidam a refrescantes banhos nas tardes quentes de verão. E como têm um entorno natural magnífico, com imensa vegetação e sombras, são também um local perfeito para um picnic em família.

Dica VagaMundos: aproveite a sua visita às Lagoas de Travanca e vá conhecer o miradouro e baloiço das Portas de Mezio, um dos nossos miradouros favoritos do Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Como ir às Lagoas de Travanca

Ir conhecer estas belas lagoas e piscinas naturais do Gerês é mesmo canja. Da Porta do Mezio até ao início dos passadiços que dão acesso às Lagoas de Travanca são pouco mais de 3 km por estrada asfaltada. Quando acaba a estrada, praticamente ao lado do parque de campismo da Porta do Mezio, irá encontrar um parque de estacionamento à sua direita e é aí que começam os passadiços.

Para chegar à primeira lagoa é pouco mais de 100 metros, mas recomendamos vivamente que percorra a totalidade dos passadiços para conhecer as outras piscinas naturais do rio Ázere (são apenas algumas centenas de metros).

Atenção: a descida à lagoa grande de Travanca é muito empinada e por norma escorregadia. Existem cordas instaladas para auxiliar a descida mas ainda assim não é pera doce. Se for com crianças, recomendamos vivamente se fique pelas lagoas mais pequenas.

Coordenadas GPS das Lagoas de Travanca

Latitude: 41°54’14.3″N
Longitude: 8°18’55.5″W

Lagoa Poço do Bento e Lagoa Poço das Canejas (Serra do Soajo)

O Poço do Bento (também conhecido por Poço da Banheira) e o Poço das Canejas figuram entre as lagoas e piscinas naturais mais secretas do Gerês. Aqui, em plena Serra do Soajo, o rio Adrão poliu o granito até à exaustão formando duas lagoas dum verde intenso que nos maravilha de imediato. No processo as suas águas cristalinas formam várias quedas de água, simplesmente perfeitas para uma boa sessão de hidromassagem patrocinada pela natureza.

O Poço do Bento e o Poço das Canejas ficam mesmo ao lado um do outro, num remoto e profundo vale. Para os ir conhecer é imperativo fazer uma pequena caminhada. Mas quando lhes colocar os olhos em cima vai dar muito por bem empregue cada gotinha de suor. É de uma beleza desarmante!

Dica VagaMundos: aproveite a sua visita ao Poço do Bento e Poço das Canejas e visite a histórica vila do Soajo e os seus (muitos) encantos naturais. Clique para ler o nosso roteiro com o que ver e fazer no Soajo.

Como ir à Lagoa Poço do Bento e Lagoa Poço das Canejas

O Poço Bento e o Poço das Canejas ficam situados a sensivelmente 2 km da vila do Soajo. O início do trilho que conduz a ambos tem início junto à ponte sobre o rio Adrão na estrada M530 que liga o Soajo a Cunhas. O trilho tem sensivelmente 750 metros de extensão (1,5 km ida e volta) e não apresenta dificuldades de maior.

Clique para ler todas as informações que precisa sobre o trilho que conduz a estas duas magníficas lagoas do Gerês e para descarregar o track GPS para levar no seu smartphone.

Coordenadas GPS da Lagoa Poço do Bento e Lagoa Poço das Canejas

Latitude: 41°52’58.4″N
Longitude: 8°15’01.5″W

Lagoas Poço do Contador e Poço dos Moinhos (Serra da Peneda)

O rio Laboreiro é um dos rios mais emblemáticos do Parque Nacional da Peneda-Gerês e ao longo do seu curso forma um sem número de paradisíacas lagoas e piscinas naturais. Duas das suas maiores pérolas são o Poço do Contador e o Poço dos Moinhos. Nem pestanejamos na hora de as incluir na nossa lista das melhores lagoas e piscinas naturais do Gerês.

Ambas as lagoas ficam localizadas nas imediações da Aldeia de Pontes, a somente 6 km de Castro Laboreiro. Para as conhecer só terá de fazer uma pequena e prazenteira caminhada ao longo do Rio Laboreiro.

Como ir ao Poço do Contador e Poço dos Moinhos

Da Aldeia de Pontes até ao Poço do Contador, a maior e mais profunda das duas lagoas, são somente 800 metros seguindo por um trilho que acompanha o Rio Laboreiro. Pelo caminho irá passar pelo Poço do Moinho (fica mesmo ao lado de um antigo moinho de água) e encontrar mais uma miríade de pequenas lagoas e cascatas. O trilho é fácil de seguir, mas pelo sim pelo não, o melhor mesmo é descarregar o track GPS que disponibilizamos abaixo e levá-lo consigo no seu smartphone. Até porque é completamente grátis!

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Dica VagaMundos: se não se importar de andar mais um bocadinho continue o trilho até à vizinha Cascata de Pontes, uma das cascatas mais desconhecidas do Gerês. Pelo caminho ainda irá passar pelo histórico Aqueduto de Pontes. Clique para mais informações sobre o trilho da Cascata de Pontes.

Coordenadas GPS do Poço do Contador

Latitude: 41°59’25.6″N
Longitude: 8°09’33.4″W

Lagoa Poço Azul (Serra do Gerês)

Lagoas do Gerês: como ir visitar as melhores piscinas naturais do GerêsO idílico Poço Azul é outra das lagoas que figuram entre os segredos mais bem guardados do Parque Nacional da Peneda-Gerês. E esse secretismo é fácil de entender. É que para visitar o Poço Azul não existe outra alternativa a não ser percorrer a pé o fantástico Trilho da Cascata do Arado ao Poço Azul.

Pelo caminho vai cruzar frondosas florestas, rios e ribeiros, beber água fresca das nascentes do Gerês, ver in loco os famosos abrigos de pastores e ter acesso a algumas das vistas mais esmagadoras do Gerês. E claro, como recompensa pelo seu esforço, vai poder dar um mergulho (ou pelo menos molhar o pezinho) numa das lagoas mais bonitas do Gerês. E em jeito de bónus, ainda pode visitar pelo caminho a Cascata do Arado, uma das mais belas cascatas do Gerês.

Como ir à Lagoa do Poço Azul do Gerês

Pode iniciar o trilho que conduz ao Poço Azul junto à escadaria que dá acesso à famosa Cascata do Arado, ou 300 metros mais à frente num estacionamento de terra batida. Mas nós recomendamos que deixe o carro no estacionamento do Miradouro das Rocas e siga pelo estradão que ladeia e desce ao Rio Arado. Caso siga a nossa sugestão, e arranque do Miradouro das Rocas terá pela frente sensivelmente 5,5 km até chegar ao Poço Azul (11 km ida e volta). Clique aqui para ler todas as informações que precisa sobre o trilho e para descarregar o track GPS.

Coordenadas GPS da Lagoa Poço Azul do Gerês

Latitude: 41°44’03.8″N
Longitude: 8°06’27.5″W

Dica VagaMundos: quer conhecer mais cascatas paradisíacas no Parque Nacional da Peneda-Gerês? Então clique para ler o nosso artigo das melhores Cascatas do Gerês.

Lagoa de Chão d’Além (Serra Amarela)

Uma das melhores lagoas e piscinas naturais do Gerês para ir com crianças é a Lagoa de Chão d’Além. A lagoa é alimentada pelas águas do puríssimo Rio Froufe e, para a ir visitar, só terá de fazer uma curta (e fácil) caminhada de pouco mais de 300 metros (600 metros ida e volta).

À sua espera tem não só uma maravilhosa e larga lagoa, excelente para uns refrescantes mergulhos, mas também uma série de rochas super polidas, perfeitas para estender a toalha e fazer um picnic. E se gosta de explorar pode sempre fazer uma pequena caminhada pelas margens do rio Froufe, onde irá encontrar mais de uma mão cheia de pequenas lagoas, onde pode ir a banhos rodeado da mais pura natureza.

Como ir à Lagoa de Chão d’Além

O início do trilho que conduz à Lagoa de Chão de Além está localizado mesmo ao lado da estrada N203, imediatamente após atravessar as pontes sobre o Rio Tamente e o Rio Froufe (que engrossam o Rio Lima na Albufeira da Barragem de Touvedo), perto de Entre Ambos os Rios. O local está assinalado com uma pequena placa e o trilho é super fácil de seguir, mas para ter a localização exata, nada como descarregar o track GPS que disponibilizamos abaixo.

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Coordenadas GPS da Lagoa de Chão d’Além

Latitude: 41°49’20.8″N
Longitude: 8°18’40.6″W

Lagoas da Mata da Albergaria (Serra do Gerês)

Lagoas do Gerês: como ir visitar as melhores piscinas naturais do GerêsBem pertinho da famosa Portela do Homem escondem-se umas das lagoas e piscinas naturais mais belas (e secretas) do Gerês: as Lagoas da Mata da Albergaria. Para lá chegar terá de fazer uma pequena caminhada pela Mata da Albergaria, um verdadeiro bosque encantado, composto por imponentes e seculares carvalhos e frondosa vegetação. As cascatas em si são simplesmente maravilhosas e as lagoas, então, nem se fala!

Como ir às Lagoas da Mata da Albergaria

Para ir visitar estas lindas lagoas do Gerês não se livra de mais uma caminhada. Mas não se assuste que o trilho, além de fácil, é uma das melhores pequenas caminhadas que pode fazer no Gerês. O percurso pedestre circular que conduz a estas piscinas naturais do Gerês arranca do estacionamento da Portela do Homem (na fronteira com a Espanha) e tem aproximadamente 4 km de extensão. Para além das Lagoas da Mata da Albergaria terá a oportunidade de conhecer a famosa Cascata da Portela do Homem e percorrer um troço da milenar Geira Romana. Clique aqui para ler mais sobre o trilho que passa pelas lagoas e para descarregar o track GPS.

Coordenadas GPS das Lagoas da Mata da Albergaria

Latitude: 41°47’43.4″N
Longitude: 8°08’09.4″W

Lagoa do Poço Dola (Serra do Gerês)

Lagoas do Gerês: como ir visitar as melhores piscinas naturais do GerêsO Poço Dola é uma das lagoas mais selvagens e secretas do Gerês. Para ir conhecer esta remota piscina natural do Gerês terá de percorrer 13 exigentes quilómetros, por caminhos utilizados pelos pastores, tendo como pano de fundo as arrebatadoras paisagens do Gerês Transmontano.

Para além do maravilhoso Poço Dola e da sua esplendorosa cascata terá a oportunidade de conhecer as não menos idílicas Lagoas do Ribeiro das Biduiças e a vistosa Cascata e Lagoa de Cela Cavalos, outra das mais belas quedas de água do Gerês.

Como ir ao Poço Dola

O trilho para ir à Lagoa Poço Dola arranca e termina na Capela de Santa Luzia, nas imediações da aldeia Cela Cavalos, concelho de Montalegre. O trilho é exigente, com um desnível acumulado superior a 1000 metros e muita pedra solta, sobretudo na vertiginosa descida ao Poço Dola. Clique aqui para ler todas as informações que precisa sobre o trilho e para descarregar o track GPS.

Coordenadas GPS da Lagoa Poço Dola

Latitude: 41°47’45.6″N
Longitude: 8°00’03.5″W

Lagoas da Ponte Pigarreira (Piscinas Naturais Fafião-Serra do Gerês)

As Lagoas da Ponte Pigarreira (ou Poços de Fafião) são não só das melhores lagoas e piscinas naturais do Gerês, mas também das mais acessíveis.

Estas piscinas naturais do Gerês são alimentadas pelas águas do Rio Toco e são simplesmente perfeitas para um dia de verão em família. À sua espera tem inúmeras lagoas, de várias dimensões e níveis de profundidade, desde as baixinhas para os mais pequenos aos poços mais fundos para os graúdos. Estamos seguros que nas Lagoas da Ponte da Pigarreia encontra uma piscina natural do Gerês perfeita para si!

Em jeito de bónus há ainda um parque de merendas nas imediações das piscinas naturais e até mesmo pequenos bancos de areia para estender a toalha. Se já estiverem ocupados, não se apoquente que há muita rocha polida onde pode montar arraiais.

Como ir às Lagoas da Ponte Pigarreira (Piscinas Naturais de Fafião)

Como já referimos as Lagoas da Ponte Pigarreia são das lagoas e piscinas naturais mais acessíveis do Gerês. Ficam a menos de 2 km de Fafião, literalmente ao lado da estrada que liga a aldeia de Fafião à aldeia de Ermida, junto à Ponte da Pigarreira. A maior dificuldade para ir a estas lagoas e piscinas naturais do Gerês é mesmo estacionar o carro, visto que não há assim muitos lugares disponíveis.

As lagoas mais baixinhas (aquelas mesmo boas para as crianças) ficam mesmo ao lado da Ponte Nova da Pigarreia, mas se quiser conhecer as mais belas e profundas piscinas naturais de Fafião, terá de ir até junto da antiga ponte de madeira. Não se assuste que só terá de andar uns 200 metros, se tanto!

Coordenadas GPS das Lagoas da Ponte Pigarreira (Poços de Fafião)

Latitude: 41°42’33.6″N
Longitude: 8°05’36.8″W

7 Lagoas do Gerês (Poços Verdes do Sobroso-Serra do Gerês)

Falar das melhores lagoas e piscinas naturais do Gerês e não mencionar as 7 Lagoas do Gerês (ou Poços Verdes do Sobroso) seria no mínimo pecado. E como este artigo é sobre lugares paradisíacos, não quisemos arriscar de todo ir parar ao inferno.

Brincadeiras à parte, a verdade é que nós somos fervorosos adeptos destas 7 lagoas de tons azuis (e das 7 cascatas que as precedem) e sempre que podemos vamos lá dar, literalmente, uns saltinhos. Para lá chegar, a não ser que tenha um 4×4, terá de caminhar um total de 12 km (ida e volta) mas acredite que vale (e muito!) a pena o esforço. É que para além dos fantásticos momentos que terá nas 7 Lagoas, o trilho que a elas conduz figura entre os melhores do Gerês. Palavra de escuteiro!

Como ir às Cascatas das 7 Lagoas do Gerês

Estacione o carro na pitoresca aldeia do Xertelo e siga a pé pelo Trilho das 7 Lagoas. Clique aqui para ler todas as informações que precisa sobre o trilho e para descarregar o track GPS.

Coordenadas GPS das Cascatas das 7 Lagoas do Gerês

Latitude: 41°45’32.7″N
Longitude: 8°01’37.4″W

Lagoa Poço da Gola (Serra Amarela)

A dois passos da aldeia histórica de Lindoso, esconde-se outra das nossas lagoas e piscinas naturais do Gerês: o Poço da Gola. Ok, na verdade é um bocadinho mais que dois passos, mas isso são meros detalhes quando tem à sua espera mais uma fatia do paraíso do Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Imagine uma lagoa estupenda, alimentada pelas cristalinas águas do ribeiro de Mulas e do rio da Ponte, uma esplendorosa cascata, uma cénica ponte e apaixonantes cursos de água onde pontificam os históricos Moinhos de Água e já fica com uma boa ideia do cenário idílico que vai encontrar quando visitar o Poço da Gola. Não é à toa que o considerámos uma das melhores lagoas e piscinas naturais do Gerês.

Dica VagaMundos: aproveite a sua visita ao Poço da Gola e visite a linda aldeia de Lindoso, famosa célebre pelo seu castelo e pelo maior conjunto de espigueiros da Península Ibérica. Clique para ler o nosso roteiro com o que ver e fazer no Lindoso.

Como ir ao Poço da Gola

O Poço da Gola fica situado nas imediações da pequena localidade de Parada, no Lindoso. A maneira mais fácil de ir visitar esta magnifica lagoa do Parque Nacional da Peneda-Gerês é estacionar o carro junto ao Café Restaurante Mó e seguir a pé por um curto trilho (600 metros ida e volta) que arranca junto à ponte vizinha. Para consultar o ponto de partida do trilho que conduz ao Poço Gola (e respetivo percurso) nada como descarregar o track GPS que disponibilizamos abaixo.

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Coordenadas GPS das Lagoa Poço da Gola

Latitude: 41°51’28.6″N
Longitude: 8°13’21.9″W

Piscinas naturais de água quente “Os Baños” Torneiros (Lobios-Serra do Xurés)

Lagoas do Gerês: como ir visitar as melhores piscinas naturais do GerêsAdora as lagoas e piscinas naturais do Gerês mas custa-lhe mergulhar nas suas demasiado refrescantes águas? Então vai adorar as piscinas naturais Os Banõs, na vila de Torneiros. É certo que já não pertence ao Parque Nacional da Peneda-Gerês, mas sim ao seu congénere galego Serra do Xurés. Como ficam a somente 8 km da Portela do Homem, não resistimos a incluí-las na nossa lista das melhores lagoas e piscinas naturais do Gerês. Até porque, como costumamos dizer, a natureza não conhece fronteiras!

E quando dizemos que as águas das piscinas naturais de Torneiros são quentes não estamos a exagerar. As águas que alimentam a piscina natural são termais e quando misturada com as águas do Rio Caldo atingem uns impressionantes 40-45ºC, o que na verdade até é um bocadinho quente demais. Mas até para isso há solução. Se for mergulhar no rio Caldo, nas imediações da piscina natural, vai encontrar água bem morninha, com temperaturas que podem chegar perto dos 30ºC. É de fazer corar as águas do Caribe!

O melhor de tudo? Estas piscinas naturais de água quente do Gerês Galego são completamente grátis e estão abertas 24/7 durante o ano inteiro.

Dica VagaMundos: em dias e noites frias, a experiência de banhar-se nas quentes águas das piscinas naturais de Torneiros é pura magia. A única dificuldade é despir-se para entrar nas águas mas, acredite, vai tomar o banho de imersão mais espetacular da sua vida. Fica a dica!

Como ir às Piscinas naturais de água quente do Gerês Galego

O acesso às piscinas naturais de água quente do Gerês Galego não podia ser mais fácil. Da Portela do Homem são somente 8 km até chegar a Torneiros, Lobios (coloque “Os Baños” no seu GPS que vai lá dar direitinho). Depois é só parquear a sua viatura (existem imensos lugares mesmo ao lado das piscinas naturais) e desfrutar desta maravilha da natureza.

Coordenadas GPS das Piscinas naturais de água quente do Gerês Galego

Latitude: 41°51’50.6″N
Longitude: 8°06’22.4″W

Onde ficar a dormir quando for visitar as Lagoas e Piscinas Naturais do Gerês? Sugestões de alojamento

As lagoas e piscinas naturais do Parque Nacional da Peneda-Gerês descritas neste artigo encontram-se muito dispersas geograficamente. Logo, no caso de querer conhecê-las todas, o ideal é dividir as noites de hospedagem por várias localidades ao invés de ficar sempre hospedado no mesmo local. Assim ganha mais tempo (e energia) para explorar as melhores lagoas e piscinas naturais do Gerês.

Posto isto as melhores localidades para ficar a dormir perto das lagoas e piscinas naturais do Gerês são: Vila do Gerês, Soajo, Lindoso, Arcos de Valdevez, Ponte da Barca, Castro Laboreiro e Cabril.

Clique nos links abaixo para procurar alojamento perto das lagoas que está interessado em visitar:

Como deve saber o Gerês é um dos destinos mais procurados de Portugal, logo recomendamos que reserve o seu alojamento com o máximo de antecedência possível de forma a garantir os melhores preços. Opte sempre por reservar unidades hoteleiras que permitam o cancelamento, não vá ter algum imprevisto.

Abaixo encontra ainda os nossos alojamentos favoritos para montar base quando vamos à “caça” das lagoas do Gerês – testados e aprovados por nós – que apresentam a melhor relação qualidade-preço. Para cada um deles indicamos quais as lagoas e piscinas naturais do Gerês que se encontram nas proximidades.

Hotel Central Jardim

Na Vila do Gerês um dos nossos alojamentos favoritos é o Hotel Central Jardim , pois é muito económico, super central, muito confortável e ainda oferece um excelente pequeno-almoço já incluído no preço do quarto.

Bom alojamento para explorar o Poço Azul, as Lagoas da Mata da Albergaria e as piscinas naturais de água quente do congénere espanhol do Gerês (Serra do Xurés).

Hotel São Bento da Porta Aberta

Se preferir um alojamento mais luxuoso recomendamos o Hotel São Bento da Porta Aberta, o nosso preferido para quando queremos ser mimados numa escapadinha romântica ao Gerês. É uma unidade hoteleira super acolhedora e que oferece todo o tipo de serviços de que necessitamos, tendo inclusivamente um (excelente) restaurante com iguarias regionais. A localização é simplesmente idílica, tem excelentes acessos e fica super perto da Marina do Rio Caldo e da Barragem da Caniçada. A relação preço/qualidade é imbatível!

Bom alojamento para explorar o Poço Azul, as Lagoas da Mata da Albergaria e as piscinas naturais de água quente do congénere espanhol do Gerês (Serra do Xurés).

Casa de Bairros

Um quarto, uma cozinha bem equipada, um terraço, uma televisão, ar condicionado e acesso Wi-Fi em toda a casa. É o que basta para uma estadia de qualidade no coração do Soajo, sem preocupações e com muita simpatia. A Casa de Bairros é simplesmente perfeita para casais que pretendam um espaço com total privacidade e autonomia.

Bom alojamento para montar base se quiser visitar o Poço do Bento, o Poço das Canejas, a Lagoa dos Druidas, a Lagoa de Chão d’Além, as Lagoas de Travanca e o Poço da Gola.

Luna Arcos Hotel Nature & Wellness

O Luna Arcos Hotel Nature & Wellness fica situado às portas da cidade de Arcos de Valdevez, bem pertinho do Rio Vez e da famosa Praia Fluvial da Valeta. Os quartos apresentam elevados padrões de conforto, têm excelentes vistas montanha e cidade, e o spa e a piscina interior são simplesmente perfeitos para relaxar depois de um dia em cheio à “caça” das melhores lagoas e piscinas naturais do Gerês. Ah, e o pequeno-almoço buffet é excelente!

Bom alojamento para montar base se quiser visitar o Poço do Bento, o Poço das Canejas, a Lagoa dos Druidas, a Lagoa de Chão d’Além, as Lagoas de Travanca e o Poço da Gola.

Hotel Rural Misarela

Procura os benefícios dum hotel 4 estrelas em ambiente rural? O Hotel Rural Misarela, em Sidrós, responde na perfeição. Para além de ter quartos extremamente espaçosos e confortáveis, oferece ainda um pequeno-almoço fabuloso e uma piscina exterior perfeita para relaxar depois de um dia em cheio a explorar o Gerês.

Bom alojamento para montar base se quiser visitar as lagoas da zona leste da Serra do Gerês, nomeadamente o Poço Verde, as 7 Lagoas do Xertelo, o Poço Dola e os Poços de Fafião. Como bónus tem ainda o Trilho e a Ponte de Misarela mesmo ao lado. Assim aproveita e conhece outro recanto mágico do Gerês.

Quinta do Bento

A Quinta do Bento fica um pouco mais longe das lagoas da zona leste da Serra do Gerês do que o Hotel Rural Misarela, mas também apresenta uma relação qualidade-preço estupenda. Tem também uma fantástica piscina e um pequeno-almoço capaz de destruir a mais inabalável das dietas. As vistas da propriedade para a Barragem da Caniçada são mesmo de cortar a respiração.

Boa opção de alojamento para visitar o Poço Verde, as 7 Lagoas do Xertelo, o Poço Dola e os Poços de Fafião.

Aldeia de Pontes

Mais do que um alojamento de Turismo Rural escondido no Gerês, a Aldeia de Pontes é sinónimo de instantes plenos de simplicidade e genuinidade. Rodeada de natureza no seu estado mais puro, esta aldeia esquecida foi revitalizada após 15 anos de abandono, com a reconstrução de 7 casas de aldeia, onde a vida tem o ritmo certo: o do sossego duma tradicional inverneira de Castro Laboreiro. O exterior pitoresco das casas de aldeia em pedra escondem surpreendentes interiores, na decoração, no conforto e nas comodidades modernas.

Boa opção de alojamento para visitar a Lagoa dos Druidas, o Poço do Contador e o Poço dos Moinhos.

Qual é a temperatura da água nas lagoas e piscinas naturais do Gerês?

Lagoas do Gerês: como ir visitar as melhores piscinas naturais do GerêsAs lagoas e piscinas naturais do Gerês são alimentadas pelas cristalinas águas dos rios e ribeiros que nascem nas serras do parque nacional e arredores. Logo, apesar das maravilhosas cores esmeralda e azul-turquesa, que fazem lembrar o Caribe, as águas das lagoas e piscinas naturais do Gerês são por norma muito frias, sendo tanto mais frias quanto a profundidade dos poços. A única exceção que conhecemos são mesmo as piscinas naturais de água quente de Torneiros no congénere espanhol do Gerês. Por isso vá a contar com refrescantes mergulhos… Talvez até um pouco refrescantes demais.

O que levar quando for visitar as lagoas e piscinas naturais do Gerês?

  • Calçado adequado a caminhadas
  • Chinelos e calçado aquático (para, no caso de ir a banhos, evitar escorregar e magoar os pés)
  • Fato de banho e toalha de banho (as nossas são em microfibra, pois são super compactas, leves e de secagem rápida)
  • Mochila leve e confortável;
  • Comida e bebida para fazer um picnic no meio da natureza (até porque nenhuma das lagoas e piscinas naturais do Gerês conta com qualquer tipo de serviço de apoio. São espaços 100% selvagens);
  • Protetor solar, óculos de sol e chapéu;
  • Uma máquina fotográfica ou um smartphone para registar para a posteridade a sua visita às lagoas e piscinas naturais do Gerês;
  • E o mais importante: um saco para trazer consigo o seu lixo, inclusivamente o orgânico. A visão de restos de comida não joga lá muito bem com as paradisíacas lagoas e piscinas naturais do Gerês. Estamos seguros de que concorda connosco!

Roteiro para visitar as Lagoas e Piscinas Naturais do Gerês

Lagoas do Gerês: como ir visitar as melhores piscinas naturais do GerêsPara conhecer e desfrutar com alguma calma de todas as Lagoas e Piscinas Naturais do Gerês presentes neste artigo, são precisos pelo menos 5 dias, até porque pode aproveitar para conhecer outros atrativos da região do Parque Nacional da Peneda-Gerês. E olhe que são muitos!

Se bem que seja humanamente possível visitar todos as Lagoas e Piscinas Naturais do Gerês em 3 longos dias (sobretudo se viajar num todo-o-terreno), tenha em conta que vai ter de andar sempre a correr e isso acaba por estragar a experiência. Pressas e desfrutar da natureza não combinam de todo!

Abaixo encontra a nossa sugestão de roteiro de 5 dias, para conhecer as Lagoas e Piscinas Naturais do Gerês. Como bónus, colocamos (entre parenteses) algumas paragens adicionais que vão certamente enriquecer a sua visita ao Parque Natural da Peneda-Gerês.


Dia 1

Arcos de Valdevez – (Baloiço do Mezio) – Lagoas de Travanca – Lagoa dos Druidas – (Santuário da Nossa Senhora da Peneda) – Soajo

Clique para ver as melhores opções de alojamento no Soajo


Dia 2

Soajo – Poço do Bento e Poço das Canejas – Lagoa de Chão d’Além – Poço da Gola – Lindoso

Clique para ver as melhores opções de alojamento no Lindoso


Dia 3

Lindoso – Piscinas naturais de água quente de Torneiros – (Cascata da Portela do Homem) – Lagoas da Mata da Albergaria – (Trilho da Preguiça) – Vila do Gerês

Clique para ver as melhores opções de alojamento na Vila do Gerês


Dia 4

Vila do Gerês – (Miradouro da Pedra Bela) – (Miradouro das Rocas) – Cascata do Arado – Poço Azul – (Cascatas do Tahiti) – Lagoas da Pigarreira – Fafião

Clique para ver as melhores opções de alojamento perto de Fafião


Dia 5

Fafião – (Miradouro de Fafião) – Poço Verde – 7 Lagoas do Xertelo – (Pitões das Júnias)

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Pitões das Júnias

Mapa com a localização das melhores (e quase secretas) lagoas e piscinas naturais do Gerês


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa com a localização das melhores lagoas e piscinas naturais do Gerês, das mais badaladas à mais secretas.

Outros artigos do Gerês (e arredores)

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

1 COMENTÁRIO

  1. Eduardo Araújo

    Parabéns pelo teu excelente artigo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.