Lima – de Miraflores a Barranco

parque-do-amor-lima-peru

Após uma noite semi-bem dormida, visto que Lima não dorme e logo torna-se complicado para quem o quer fazer, e já algo recompostos do jet lag, avançamos à descoberta de Lima, agora à luz do dia. Apesar de estarmos localizados no já mencionado enclave turístico de Miraflores, a primeira imagem é de caos.

lima-peruCarros e pessoas ocupam as ruas de uma forma que nada deve à organização. As buzinadelas passam a ser a banda sonora do nosso primeiro passeio, até porque para além do trânsito caótico que sempre desperta a vontade de buzinar, os taxistas têm por hábito fazer o mesmo a todos os transeuntes, na busca de um cliente.

lima-peruNa nossa demanda por tranquilidade caminhamos rumo ao Oceano Pacífico onde descobrimos o nosso primeiro tesouro de Lima – O Parque do Amor, local perfeito para nós. Como o próprio nome indica é um jardim dedicado aos enamorados, e que para além da fantástica vista sobre o dito oceano é todo decorado por mosaicos numa clara imitação do famoso parque Güell de Barcelona (uma das mais emblemáticas obras de Gaudi).

parque-do-amor-lima-peruOutro dos atractivos do parque é a escultura de Victor Delfim, “El Beso”, escultura esta que foi construída para celebrar os amantes que escolhiam este local para mirar o pôr-do-sol sobre as águas do Pacifico. Sem dúvida alguma que os enamorados de Lima são providos de muito bom gosto…

oceano -pacifico-vista-parque-do-amor-lima-peruEm busca de algo mais tradicional avançamos rumo ao Bairro de Barranco, antiga zona balnear e boémia de Lima e que fica localizada um pouco a sul de Miraflores. Apesar de ainda conservar traços da arquitectura espanhola e de ser um bairro “decorado” por casas multi-coloridas, Barranco já não conserva o esplendor de outros tempos e muito menos a segurança.

barrancos-Lima-peruApesar de ainda ser um dos locais favoritos para a vida nocturna dos peruanos é melhor, para nós turistas, ser visitado sobre a luz do dia. E vale bem a pena a visita. Para além da já mencionada arquitectura é imperdível a visita à velha igreja de Barranco, que é o local escolhido por todos os abutres da cidade para morar, o que é algo no mínimo intrigante, mesmo para a população local.

igreja-abutres-barranco-lima

Ao lado da mesma um pequeno passadiço leva-nos até a mais um miradouro sobre o Oceano Pacifico, que de pacifico só tem mesmo o nome. E assim termina o nosso primeiro passeio por Lima, capital do Peru.

bairro-barranco-lima-peru

 

Crónica anterior: Dolce Vita – Ceviche
Crónica seguinte: Lima, Downtown
Veja o nosso Guia de Viagem à América do Sul


Clique para ler o nosso Guia de Viagem do Peru


Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem da World Nomads. São rápidos e fáceis de fazer, são a 100% especializados em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

9 COMENTÁRIOS

  1. Olá Valentim. Sim, estivemos nos Andes. Novidades para breve.
    Abraço

    Hola Paco. Es verdad.
    Chabuca Granda inmortaliza “del puente a la alameda” en su popular canción “La flor de la canela”. Y los limeños immortalizan Chabuca en una estatua situada en esse lugar.
    Saludos

  2. Agradeceros vuestra visita y felicitaros por vuestro estupendo blog, trabajo de verdaderos reporteros.

  3. Meu caro, algum tempo de ausência e já saltaste continentes, isso sim é um verdadeiro vagamundos.

  4. Hola Elena. Gracias por tu visita e pelo feedback.
    Saludos

    Olá caro Jotas. Bons olhos te vejam. Vamos saltitando por aqui e por acola 🙂
    Abraço

  5. Passeio apelativo, numa cidade ainda, parece-me, longe do habitual turismo massificado. Recantos encantadores.

    Esperemos por mais visitas guiadas:)

  6. Lindíssima viagem!!!… fizeram-na já este ano? Os vossos relatos têm o condão de nos abrir o apetite de férias e viagens!!!

  7. Olá Paulo, apesar de já ter bastante turismo não se vêem as hordes de outras capitais. Vale bem a pena a visita. Quanto Às visitas guiadas, seguem dentro de momentos 🙂
    Abraço

    Olá Laura, ainda bem que abre o apetite de viajar. Esse é um dos objectivos. já foi uma viagem do ano passado.
    Bjs

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.