Visitar Lubeck (Alemanha): Guia e Roteiro de Viagem

0
1068
Lubeck

Lubeck é singular e fascinante. Fundada em 1143, é um belo quadro urbano de romantismo e herança histórico-cultural. O maravilhoso panorama da cidade é marcado, ainda nos nossos dias, por um ambiente medieval. Lubeck tem monumentos que lembram o seu passado glorioso como cidade livre hanseática. A Cidade dos Sete Pináculos foi, inclusivamente, uma das cidades europeias mais abastadas na Idade Média. A outrora Capital da Liga Hanseática foi uma das mais poderosas durante séculos.

lubeck-trave-river-boardwalk

Lubeck, um destino europeu cultural

Lubeck tem acolhido ao longo dos anos inúmeros artistas, Heinrich e Thomas Mann, o pintor e escultor Bernd Notke, o músico Dietrich Buxtehude, o poeta Emanuel Geibel e o controverso Gunter Grass. Inclusivamente, a cidade de Lubeck orgulha-se de deter três galardoados com o Prémio Nobel: Thomas Mann, Willy Brandt e Gunter Grass. Como é natural, isso reflete-se no espírito artístico e cultural da cidade, onde sempre algo acontece. São inúmeros os mercados de rua, as feiras medievais, os concertos nas igrejas e afins. Não é por isso de admirar que Lubeck clame para si o título de capital cultural do norte.

lubeck-casas-ruas

Porquê visitar Lubeck?

Lubeck é seguramente uma das mais românticas cidades alemãs, fruto das suas inúmeras ruelas estreitas, das suas velhas casas de tijolo vermelho onde as gárgulas pontificam e das suas igrejas dos mais variados estilos (gótico, barroco, renascentista, clássico). Localizada numa ilha rodeada pelo rio Trave, a velhinha Altstadt é um centro histórico vivo, ainda habitado e extremamente dinâmico.
lubeck-castelo-mosteiroÉ uma das poucas cidades no litoral norte da Alemanha que preserva o esplendor da era medieval. Lubeck foi a primeira cidade do norte da Europa a ser listada como Património Mundial pela UNESCO em 1987. Com 1800 edifícios e vielas históricas listados, ostenta uma variedade de estilos distintos de arquitetura, uma autêntica perdição para os connoisseurs.

Quando visitar?

A primavera oferece as melhores condições climatéricas – abril a junho. Lubeck é encantadora no mês de dezembro com as cores e luzes da época natalícia. Para degustar todos os tesouros desta cidade, há que reservar pelo menos 2 dias, uma excelente opção para uma viagem de fim de semana.

O que ver e fazer?

Desde a mais antiga Rathaus da Alemanha, às igrejas e campanários mais altos passando pelas mansões medievais dos mercadores, há muito o que ver e fazer em Lubeck. Dentre os pontos de interesse que a seguir listamos, não deixe de visitar a área norte da ilha. A zona de Koberg data do século XIII e é uma das mais bem preservadas da cidade. Venha explorar a cidade seguindo este roteiro de Lubeck por entre becos e vielas com as suas pequenas casas e atmosfera singular.

Holstentor

lubeck-holstentor

Uma vez em Lübeck é inevitável visitar Holstentor, o grande símbolo da cidade. Construído entre 1464 e 1478, o propósito deste pórtico imponente contemplava o papel de baluarte de defesa e manifestação de prestígio. Compreensível visto que Lubeck foi durante séculos a cidade mais importante no comércio marítimo do norte da Europa.

No topo da arcada que assenta nas duas enormes torres redondas encontramos o brasão da cidade e a inscrição em Latim CONCORDIA DOMI FORIS PAX – harmonia em casa, paz externa. Duas estátuas de leões figuram como majestosos guardiões da entrada da cidade. No interior, o Museu Holstentor exibe modelos históricos de navios, armaduras, armas e instrumentos mercantis que nos dão uma visão sobre o tempo da Liga Hanseática.

Rathaus

lubeck-rathaus

A Rathaus (Câmara Municipal) é indubitavelmente uma das mais belas de toda a Alemanha, e a Alemanha é pródiga em construir magníficas Rathaus. Este magnífico edifício data de 1230 e transmite uma mensagem de poder e esplendor. É constituída por três edifícios com pináculos entre eles um salão de reuniões comerciais e políticas, um salão para eventos sociais e um grande salão de audiências.

Dica: As portas assimétricas do salão de audiências salão têm uma razão de ser. Os arguidos ilibados saíam pela porta grande, os culpados pela porta pequena em sinal de humilhação.

Heilig-Geist-Hospital

lubeck-hospital-espirito-santo

O Hospital do Espírito Santo, é o mais antigo da Europa. Baluarte de caridade e responsabilidade social do qual Lubeck se orgulha. Desde o século XIII que os enfermos e idosos recebiam aqui cuidados de saúde. Praticamente inalterado, o hospital funcionou até aos anos 60. No interior pode ver frescos góticos, o salão abobadado e as minúsculas divisões para tratamento dos doentes, denominadas Kabäuschen. Durante o Advento recebe uma famosa feira de artesanato e artes performativas que o transportam à Idade Média.

As igrejas de Lubeck

lubeck-marienkirche
Igreja de Santa Maria em Lubeck, Marienkirche.

Lubeck deve o epíteto de Cidade dos Sete Pináculos às sete torres das suas belíssimas cinco igrejas medievais.

A estrela é St. Marien Kirche: é a terceira maior igreja da Alemanha e, quando visitar, descubra o que o diabo, um rato e esta igreja têm em comum.

Imperdível é também a subida à torre da St. Petri Kirche pois de lá obtém-se simplesmente a melhor vista panorâmica sobre a cidade. E como a subida é feita de elevador não há que ter medo.

A Catedral é a igreja mais antiga (1173). Praticamente destruída durante a II Guerra Mundial pela aviação aliada, só em 1973 foi novamente consagrada após a reconstrução segundo a planta original.

A St. Jakobi Kirche é a igreja de predileção dos marinheiros desde a Idade Média. A St. Aegidien Kirche é a mais pequena de todas, o que não a torna menos impressionante com o seu interior primorosamente decorado com pinturas góticas e elementos barrocos e renascentistas.

lubeck-catedral
Catedral de Lubeck.

Lubeck, cidade de museus

Lubeck tem um sem número de museus culturais, artístico e históricos que se espalham um pouco por toda a cidade. Desde o museu da história da cidade até às casas-museu dos seus Prémios Nobel, há muitos museus temáticos por onde escolher. Destacamos o Museu da Marioneta, o maior do género no mundo.

lubeck-museu-marionetas

Lubeck, capital do marzipan

Lubeck é também conhecida por ser a capital do marzipan, um doce de amêndoa típico dos países nórdicos. A pasta de amêndoa e açucar é moldado nas mais diversas formas, dos tradicionais corações, a barcos, casas, animais e pessoas. Niederegger é a fábrica mais afamada da cidade. As casas que comercializam o marzipan fazem-nos sentir no país das maravilhas, versão doçaria.

lubeck-niederegger-marzipan

E visitas feitas, deixe-se perder pelas ruas e ruelas, becos e travessas de Lubeck (Gäng) ou pelas românticas margens do Trave, terminando o dia numa das muitas esplanadas que por lá se encontram.

lubeck-ruas

Onde dormir?

Lubeck dezenas de ofertas de alojamento. Poucos hostels, muitos hotéis mas o castiço é o alojamento local. A oferta é vasta e permite ter a verdadeira sensação do que é viver como um local num apartamento da histórica Lubeck.

B&B Hotel Lübeck é o que tem a maior procura dentro da classe dos alojamentos económicos. Ferienwohnung Coco, Apartments Friederike destacam-se pelo preço económico e pela localização central. Jessop Haus e Fischer Apartment são os mais bem pontuados pelos viajantes. O Hotel Hanseatic permite encontrar estacionamento nas imediações. 

Hotel Stadt Lübeck é a estrela dos alojamentos de preço médio: o mais procurado e reservado. Para quem procura mais conforto Centro Hotel Kaiserhof, o irmão mais modesto do Centro Hotel Kaiserhof Deluxe, é um dos favoritos dos viajantes. Do mesmo género, Riverside Apartments é um alojamento local com personalidade. O Stadt-gut-Hotel Baltic Hotel de gestão familiar é uma boa escolha para tranquilidade. 

Na classe superior ou de luxo, o Hotel Haase é o favorito dos viajantes com uma localização perfeita e bom restaurante. O clássico Hotel Anno 1216 situado num edifício histórico, dá cartas no luxo e comodidade. Atlantic Hotel Lübeck de linhas modernas, oferece estacionamento, é pet-friendly e tem ótima cotação. No topo da categoria estão o Park Inn by Radisson Lübeck frente à Sala de Congressos e Concertos e o Radisson Blu Senator Hotel, cinco estrelas com piscina e sauna.

lubeck-holstentor-view

Para terminar, não poderíamos falar desta cidade sem destacar o seu Mercado de Natal (Weihnachtsmarkt), que é seguramente um dos mais bonitos de toda a Alemanha e que transforma, esta já de si encantadora cidade, num autêntico lugar de sonho. Recomendamos a todos os que visitem o norte da Alemanha que não percam este tesouro doutros tempos. Vá a Lubeck… E deixe-se apaixonar!

Informação prática

  • Visite o site oficial do Turismo de Lubeck com mais informação detalhada dos pontos de interesse de Lubeck. Passe pelo Posto de Turismo ao pé da Holstentor para recolher um mapa da cidade e obter ajuda na programação da sua visita.
  • Pode ainda tomar um café neste posto e centro de boas-vindas enquanto aprecia tranquilamente a melhor vista para o símbolo da cidade, Holstentor. Para tirar boas fotografias, aproveite a parte da tarde.
  • Lubeck explora-se melhor a pé. Lembre-se que no seu passeio pelas vielas e travessas está a usar propriedade privada, portanto seja respeitoso. Aqui tem um mapa com uma sugestão de passeio a pé.

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize a Momondo para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado.

Gostamos de jogar pelo seguro e como tal, nas nossas viagens, não dispensamos o seguro de viagem do WorldNomads.com

Esta página contem links afiliados. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.