Melhores Trilhos e Levadas da Madeira: mapa dos percursos pedestres e rotas GPS

Melhores Trilhos e Levadas da Madeira

Luxuriantes florestas de Laurissilva, uma orografia montanhosa espantosa e idílicas paisagens costeiras fazem da Madeira uma autêntica meca para todos os amantes da natureza. E não há melhor maneira de desvendar os seus tesouros naturais do que percorrendo a pé os fabulosos trilhos e levadas da Madeira. Até porque ir à Madeira e não fazer uma levada é quase como ir a Roma e não ver o Papa.

Levada das 25 Fontes - Melhores Trilhos e Levadas da Madeira
Levada das 25 Fontes – Melhores Trilhos e Levadas da Madeira

Existem largas dezenas de trilhos e levadas para se percorrer na Madeira. Desde as levadas que nos conduzem pela floresta encantada de Laurissilva, até surpreendentes cascatas e paradisíacas lagoas, aos fabulosos trilhos que ligam os picos mais altos do Maciço Central ou cruzam a árida península vulcânica da Ponta de São Lourenço.

Melhores Trilhos e Levadas da Madeira
Vereda do Areeiro – Melhores Trilhos e Levadas da Madeira

E o melhor de tudo é que há literalmente trilhos e levadas na Madeira para todos os gostos. Umas são curtas, outras são longas; umas são fáceis, outras são do mais rasgadinho que há. A escolha não é fácil, mas duma coisa pode ter a certeza: em todos os trilhos e levadas da Madeira, irá sentir uma comunhão com a natureza ímpar e será inevitavelmente brindad@ com paisagens esmagadoras e belezas naturais de deixar o queixo caído.

Melhores Trilhos e Levadas da Madeira
Levada dos Balcões – Melhores Trilhos e Levadas da Madeira

Para lhe dar uma ajuda na escolha das caminhadas, neste artigo vamos mostrar-lhe aqueles que consideramos serem os melhores trilhos e as levadas mais bonitas da Madeira. Partilhamos consigo também os mapas e rotas GPS dos respetivos percursos pedestres para que possa planear as suas caminhadas na Madeira, de acordo com os seus interesses e níveis de dificuldade desejadas.

Melhores Trilhos e Levadas da Madeira
Vereda da Ponta de São Lourenço – Melhores Trilhos e Levadas da Madeira

A pensar nas pessoas que viajem com crianças pequenas ou pessoas com mobilidade reduzida partilhamos ainda as nossas levadas favoritas da Madeira que apresentam baixa dificuldade e como tal podem, literalmente, serem percorridos por todos.

Na preparação da sua viagem para percorrer os Trilhos e Levadas da Madeira sugerimos que leia também os seguintes artigos:

Conteúdo deste Artigo

Melhores Trilhos e Levadas da Madeira: percursos pedestres da Ilha da Madeira verdadeiramente imperdíveis

Para além de uma breve descrição dos melhores Trilhos e Levadas da Madeira, vai também encontrar neste artigo um mapa interativo com a localização dos pontos de partida das caminhadas, informação prática sobre todos os percursos pedestres e respetiva rota/track GPS para download em formato GPS / KML para usar no seu aparelho GPS, Smartphone ou Google Earth.

O que são as Levadas da Madeira?

São canais de irrigação ou aquedutos criados com o objetivo de levar a água do norte (onde abunda) para o sul da ilha, mais habitável e onde se implantaram, desde sempre, a maioria das plantações. No total, a Ilha da Madeira conta com uns impressionantes 2000 km de levadas e muitos deles podem ser percorridos a pé. Dá para caminhar até cair para o lado!

Levada das 25 Fontes e Levada do Risco (PR6 e PR6.1)

Melhores Trilhos e Levadas da MadeiraAbrimos a nossa lista dos melhores trilhos e levadas da Madeira com uma apaixonante sugestão de caminhada por duas das levadas mais bonitas da Madeira, nomeadamente a Levada das 25 Fontes e a Levada do Risco (PR6 e PR6.1 respetivamente).

Os dois percursos somados têm aproximadamente 11 km de extensão (ida e volta) e arrancam do Miradouro do Rabaçal em pleno Planalto de Paul da Serra. A partir da Casa de Abrigo do Rabaçal seguem sempre paralelos às levadas pela floresta subtropical de Laurissilva, considerada Património da Humanidade da UNESCO desde 1999.

Para além da idílica beleza do percurso, repleto de luxuriante vegetação, no final da Levada do Risco irá deparar-se com uma impressionante cascata, que cai pela rocha formando um gigantesco risco.

Já no final da Levada das 25 Fontes irá deparar-se com um anfiteatro natural de rara beleza. De um enorme rochedo brotam e escorrem 25 linhas de água que formam a paradisíaca Lagoa das 25 Fontes. É difícil imaginar um cenário mais idílico para coroar a caminhada.

Dica VagaMundos: o troço que liga o Miradouro do Rabaçal à Casa de Abrigo do Rabaçal tem aproximadamente 2 km de extensão, sendo sempre a descer na ida e a subir no regresso. A boa notícia é que pode apanhar um autocarro, disponibilizado pelo Município da Calheta, e assim poupar uns bons quilómetros às pernas. Ir e vir custa 5€ e uma viagem única custa 3€. Nós, para baixo, fomos a pé (não custa nada), mas para cima optamos por apanhar o autocarro na Casa de Abrigo do Rabaçal.

Informação Prática da Levada das 25 Fontes e da Levada do Risco

  • Distância: 11 km (9 km se apanhar o bus para cima)
  • Circular: Sim
  • Dificuldade Técnica: Fácil/Moderada
  • Local de Partida/Chegada: Miradouro do Rabaçal (ou Casa de Abrigo do Rabaçal caso opte por apanhar o bus)

Onde ficar a dormir perto da Levada das 25 Fontes e da Levada do Risco?

Calheta | Porto Moniz | São Vicente | Seixal

Rota/Track GPS da Levada das 25 Fontes e Levada do Risco

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Levada do Alecrim e Vereda da Lagoa do Vento (PR 6.2)

Melhores Trilhos e Levadas da MadeiraOutra das nossas levadas favoritas da Madeira é a Levada do Alecrim combinada com o trilho da Vereda da Lagoa do Vento (PR 6.2).

O percurso pedestre arranca no Miradouro do Rabaçal, à semelhança do que acontece com as Levadas das 25 Fontes e do Risco. O trilho encontra-se bem marcado e tem aproximadamente 9 km de extensão (ida e volta) já contando com o desvio até à Lagoa do Vento (2 km ida e volta). Se só quiser percorrer a Levada do Alecrim, só terá 7 km pela frente.

Desta feita, ao invés de descer até à Casa de Abrigo do Rabaçal, basta percorrer apenas uns metros na estrada alcatroada, fletindo pouco depois à direita para entrar nos magníficos túneis de urze que acompanham a levada. No final do percurso tem à sua espera a Cascata e Lagoa da Dona Beja, uma das nossas favoritas na Madeira, onde pode tomar um refrescante banho.

Um pouco antes da Lagoa da Dona Beja irá encontrar a placa que assinala o desvio até à Lagoa do Vento, uma autêntica fatia do paraíso na Madeira. É só 1 km para cada lado, mas o desnível é mesmo muito acentuado (terá de superar aproximadamente 700 metros de desnível para cada lado), sendo considerado um troço de dificuldade elevada.

Dica VagaMundos: ao sair da lagoa, ao invés de subir em direção à Levada do Alecrim pode seguir em direção à Casa do Rabaçal pelo PR 6.3 (por vezes está encerrado para manutenção e foi o que nos aconteceu na última viagem à Madeira). Assim, livra-se da subida e até pode apanhar o autocarro que mencionamos atrás, para regressar ao estacionamento do Miradouro do Rabaçal.

Informação Prática da Levada do Alecrim e da Vereda da Lagoa do Vento

  • Distância: 9 km
  • Circular: Sim
  • Dificuldade Técnica: Fácil (Levada do Alecrim)/Difícil (Vereda da Lagoa do Vento)
  • Local de Partida/Chegada: Miradouro do Rabaçal

Onde ficar a dormir perto da Levada do Alecrim e da Vereda da Lagoa do Vento?

Calheta | Porto Moniz | São Vicente | Seixal

Rota/Track GPS da Levada do Alecrim e Vereda da Lagoa do Vento

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Trilho Vereda do Areeiro (PR1) + Vereda do Pico Ruivo (PR1.2)

Em nossa opinião a Vereda do Areeiro é o trilho rei da Ilha da Madeira. Escusado será dizer que este trilho de alta montanha tem lugar cativo na nossa lista dos melhores trilhos e levadas da Madeira.

O trilho liga o Pico do Areeiro (1817 m) ao Pico Ruivo (1861 m), o pico mais alto da Madeira, ao longo de sete fantásticos quilómetros pelo Maciço Montanhoso Central da Madeira. O percurso tem tanto de belo como de exigente. Terá de superar acentuados declives, atravessar túneis e estreitos corredores esculpidos nas rochas e lidar com um clima instável.

Melhores Trilhos e Levadas da MadeiraNum ápice, o céu pode mudar de um dia de sol radiante para um dia de nevoeiro cerrado ou prender as nuvens nos vales criando assim um autêntico mar de nuvens. Se sempre sonhou em caminhar sobre as nuvens, tem aqui uma oportunidade de ouro. Mas, acredite, as fabulosas paisagens do Maciço Montanhoso Central são uma fantástica recompensa pelo esforço. São, literalmente, de tirar o fôlego!

É importante ter em atenção que o trilho é linear e que o Pico Ruivo não tem acesso por estrada. Logo para regressar tem basicamente duas hipóteses: ou faz todo o percurso de volta (no total teria de percorrer 14 extenuantes quilómetros, o que não recomendamos de todo) ou segue a pé mais 3 km, pela Vereda do Pico Ruivo, até à Achada do Teixeira (quase sempre a descer) onde já é possível apanhar um táxi para o levar de volta até ao Pico do Areeiro (foi o que fizemos).

Melhores Trilhos e Levadas da MadeiraPode combinar com um taxista de antemão, ou então, uma vez na Achada do Teixeira, ligar para a Praça de Táxis de Santana (+351 291 572 540). Se optar pela segunda, tente chegar à Achada do Teixeira antes das 17:00h, ou dificilmente lhe vão atender o telefone. Para que tenha uma referência, em setembro de 2020, pagamos 50€ pela corrida.

Dica VagaMundos: se não tiver grande experiência em caminhadas de alta montanha e não se sentir confortável em fazer o trilho de forma independente, pode sempre juntar-se a um grupo e fazer todo o percurso acompanhado por um guia experiente. Tem ainda a vantagem de não ter de lidar com qualquer questão logística, o que, no caso de viajar sozinho, acaba por ser a decisão mais racional até porque (por norma) o preço da caminhada com guia + transfers é bem mais barata do que apanhar o táxi de regresso ao Pico do Areeiro. Clique para reservar a sua caminhada pela Vereda do Areeiro com guia + transfers com cancelamento gratuito até 24 horas de antecedência.

Informação Prática do Trilho Vereda do Areeiro + Vereda do Pico Ruivo

  • Distância: 10 km
  • Circular: Não
  • Dificuldade Técnica: Difícil
  • Local de Partida/Chegada: Pico do Areeiro/Pico Ruivo – Achada do Teixeira

Onde ficar a dormir perto do Trilho Vereda do Areeiro?

Funchal | Santana

Rota/Track GPS do Trilho Vereda do Areeiro

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Levada do Caldeirão Verde (PR9)

Melhores Trilhos e Levadas da MadeiraLista de trilhos e levadas da Madeira que se preze tem de incluir a Levada do Caldeirão Verde. O percurso acompanha sempre a levada e tem aproximadamente 6,5 km (13 km ida e volta), ligando o Parque Florestal das Queimadas ao Caldeirão Verde, um lugar de excecional beleza onde poderá observar a sua majestosa queda de água e uma paradisíaca lagoa. Pelo caminho irá atravessar quatro túneis escavados na rocha e ser brindado com as verdejantes paisagens da floresta Laurissilva. É mesmo uma das levadas mais idílicas da Madeira.

Se quiser estender a caminhada, pode seguir até ao Caldeirão do Inferno. São mais 2,5 km (5 km ida e volta), mas prepare-se para uma exigente caminhada pois terá de subir (e descer) mais de 300 degraus.

Atenção: os túneis não têm qualquer tipo de iluminação e o piso é muito escorregadio. Como tal, é imperativo levar um bom calçado aderente e lanternas ou frontais. Por último, é importante ter em atenção que, devido à derrocada que ocorreu em 2019, o acesso à Lagoa do Caldeirão Verde está interdito, logo, banhos estão fora de questão.
Dica VagaMundos: à semelhança do que dizemos para a Vereda do Areeiro, se não se sentir confortável em percorrer a Levada do Caldeirão Verde sozinho, pode sempre juntar-se a um grupo e fazer todo o percurso acompanhado por um guia experiente. Clique para reservar a sua caminhada pela Levada do Caldeirão Verde com guia + transfers com cancelamento gratuito até 24 horas de antecedência.

Informação Prática da Levada do Caldeirão Verde

  • Distância: 13 km
  • Circular: Sim
  • Dificuldade Técnica: Moderada
  • Local de Partida/Chegada: Parque Florestal das Queimadas

Onde ficar a dormir perto da Levada do Caldeirão Verde?

Seixal | Faial

Rota/Track GPS da Levada do Caldeirão Verde

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Trilho Vereda da Ponta de São Lourenço (PR8)

Melhores Trilhos e Levadas da MadeiraOutro trilho que tem lugar de honra na nossa lista dos melhores trilhos e levadas da Madeira é a fabulosa Vereda da Ponta de São Lourenço, que se desenvolve numa península de origem vulcânica que contrasta (e muito) com o resto da ilha da Madeira.

Na Ponta de São Lourenço, a luxuriante vegetação, imagem de marca da Madeira, dá lugar a uma paisagem lunar, marcada por escarpadas e ondulantes rochas de cores acastanhadas, alaranjadas e avermelhadas, onde só subsiste a vegetação rasteira e um pequeno oásis de palmeiras. Tal deve-se ao clima semiárido e à enorme exposição aos ventos do norte. No seguimento da península, poderá ainda observar dois ilhéus: o Ilhéu da Cevada, e o Ilhéu do Farol que, como o próprio nome indica é a “casa” do Farol da Ponta de São Lourenço. A sensação de termos viajado para uma outra ilha qualquer é inevitável!

O percurso pedestre tem sensivelmente 4 km (8 km ida e volta) e estende-se numa sucessão de subidas e descidas pelas ondulantes arribas da Ponta de São Lourenço. Aqui poderá observar um sem número de formações rochosas doutro planeta e será brindado com soberbas paisagens costeiras, com a Ilha de Porto Santo e as Ilhas Desertas a surgirem no horizonte.

Quase no fim do percurso, imediatamente antes da altaneira Ponta do Furado, irá encontrar o Cais do Sardinha, numa idílica baía de águas cristalinas que convida a um refrescante banho, e a Casa do Sardinha onde poderá descansar um pouco e tomar uma bebida antes de regressar. Um verdadeiro oásis na Ponta de São Lourenço!

Atenção: a Ponta de São Lourenço é mesmo muito ventosa e com uma enorme exposição solar. Perante isto, deve evitar caminhar durante as horas de maior calor e levar consigo uma boa reserva de água e um bom corta-vento. Não ceda nunca à tentação de se aproximar das arribas. As rajadas de vento são muito fortes e imprevisíveis. Qualquer descuido pode acabar em tragédia.
Dica VagaMundos: um excelente complemento à caminhada é fazer um tour de barco pela Ponta de São Lourenço. Espreite esta oferta do GetYourGuide que, para além do passeio de barco, inclui uma sessão de snorkel. Tem uma excelente relação qualidade-preço!

Informação Prática da Vereda da Ponta de São Lourenço

  • Distância: 4 Km (8 km ida e volta)
  • Circular: Não
  • Dificuldade Técnica: Moderada
  • Local de Partida/Chegada: Baía d’Abra / Ponta do Furado

Onde ficar a dormir perto da Vereda da Ponta de São Lourenço?

Caniçal | Machico | Porto da Cruz

Rota/Track GPS da Vereda da Ponta de São Lourenço

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Trilho Vereda da Encumeada (PR1.3 + PR1.2)

A Vereda da Encumeada é outros dos nossos trilhos favoritos da Madeira. Em teoria o percurso tem 11 km e arranca da Casa de Abrigo do Pico Ruivo. Como o único acesso à casa é pedonal, na prática o trilho começa na Achada do Teixeira, implicando percorrer mais 2 km.

O trilho é bastante exigente fisicamente. Desenvolve-se entre os 1000 e os 1800 metros de altitude, o que implica constantes mudanças climatéricas, com presença de vento e nevoeiros frequentes. A essas condições difíceis some o facto de ser um autêntico carrossel de subidas e descidas.

O que vale é que tem tanto de difícil como de extraordinário! O percurso segue pela cordilheira central da Madeira rumo à Encumeada e, não só brinda o caminhante com esmagadoras vistas sobre os mais altos picos e escarpas vulcânicas da Madeira, como ainda atravessa apaixonantes troços da Floresta Laurissilva.

Pelo caminho poderá contemplar ainda algumas das paisagens mais emblemáticas do centro da ilha, como sejam os vales do Curral das Freiras e de São Vicente. É por isso um dos trilhos mais completos da Madeira e estamos convictos que vai ser muito fácil perceber porque é que o incluímos na nossa lista dos melhores trilhos e levadas da Madeira.

Dica VagaMundos: o trilho é linear e, face à distância e exigência do percurso, não é de todo boa ideia fazer ida e volta. Como tal, o melhor é apanhar um táxi de regresso ao ponto de partida ou ficar a pernoitar na região de São Vicente e regressar de transporte público no dia seguinte.

Informação Prática da Vereda da Encumeada

  • Distância: 13 km
  • Circular: Não
  • Dificuldade Técnica: Difícil
  • Local de Partida/Chegada: Achada do Teixeira/Encumeada

Onde ficar a dormir perto da Vereda da Encumeada?

Funchal | Santana | São Vicente

Rota/Track GPS da Vereda da Encumeada

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Dica VagaMundos: se gosta de um bom desafio e quer passar um par de dias a caminhar num ambiente verdadeiramente Into the Wild pode combinar a Vereda da Encumeada com a Vereda do Areeiro. É uma experiência de trekking épica!

Trilho Vereda do Fanal (PR 13)

A Vereda do Fanal foi a maior surpresa da nossa última viagem à Madeira. Primeiro, porque está longe de figurar entre os trilhos e levadas mais conhecidas da Madeira, segundo porque é verdadeiramente deslumbrante.

O percurso tem início no planalto do Paul da Serra, mais concretamente em Assobiadores, e conduz-nos por autênticos túneis formados pela luxuriante vegetação Laurissilva até ao Posto Florestal do Fanal, um dos locais mais místicos da Madeira. Pelo caminho encontrará imponentes cascatas e poderá desfrutar de paisagens arrebatadoras.

À sua espera no Fanal terá um bosque de Tis e Loureiros centenários que remontam ao período anterior ao descobrimento da ilha. Os ramos e raízes destas árvores seculares são autênticos contorcionistas, adquirindo um sem número de irreais formas que, quando envoltas pelo (muito frequente) nevoeiro, nos transportam instantaneamente para os bosques mágicos dos livros de J. R. R. Tolkien. Pura magia!

Atenção: o percurso da Vereda do Fanal desenvolve-se a uma elevada altitude (entre os 1130 e os 1420 metros), sendo muito propenso a nevoeiros e grandes variações climatéricas. Para evitar que se perca leve o track GPS consigo e não se desvie do trilho. Por último queremos chamar a atenção para o facto de ao longo do percurso (e mesmo no Fanal) ser usual andarem muitas vacas à solta. Mas não se assuste! Por norma, se não se meter com elas, elas também não se metem consigo.

Informação Prática da Vereda do Fanal

  • Distância: 11 km
  • Circular: Não
  • Dificuldade Técnica: Moderada
  • Local de Partida/Chegada: Assobiadores (Planalto de Paul da Serra)/Posto Florestal do Fanal

Onde ficar a dormir perto da Vereda do Fanal?

Porto Moniz | Seixal | São Vicente

Rota/Track GPS da Vereda do Fanal

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Melhores Levadas fáceis da Madeira: caminhadas acessíveis para fazer com crianças pequenas e pessoas de mobilidade reduzida

Se quer vivenciar a maravilhosa experiência de percorrer uma levada na Madeira, mas tem dificuldades de locomoção ou viaja com crianças pequenas, estas duas levadas são perfeitas para si. Podem não ter a extensão das anteriormente referidas na nossa lista das melhores levadas e trilhos da Madeira, mas, no que a beleza diz respeito, não lhe ficam nada atrás.

Levada ou Vereda dos Balcões (PR11)

A Vereda dos Balcões é um pequeno trilho de 1,5 km que arranca em Rio Frio e segue a levada da Serra do Fail (3 km ida e volta) até ao Miradouro dos Balcões, um dos miradouros mais bonitos de toda a Ilha da Madeira.

O percurso pedestre não apresenta desníveis e como tal apresenta um nível de dificuldade mesmo muito baixo. Usualmente nas caminhadas, baixa dificuldade vem frequentemente associada de baixa recompensa, mas no caso do Miradouro dos Balcões a regra está (muito) longe de se aplicar.

Primeiro o caminho ao longo da levada é de enorme beleza e permite-lhe observar um sem número de espécies indígenas e endémicas da Madeira pertencentes ao ecossistema da Floresta Laurissilva. Segundo, se apanhar um dia limpo, as vistas do Miradouro do Balcões sobre a Cordilheira Central da Ilha, com destaque para o Pico do Areeiro, Pico Ruivo e Penha D´Águia vão deixá-lo boquiaberto. É sem dúvida um dos melhores trilhos e levadas da Madeira de dificuldade baixa!

Dica VagaMundos: aproveite a sua passagem por Ribeiro Frio para visitar o Parque Florestal do Ribeiro Frio, onde encontrará o viveiro de trutas Arco-Íris, que tem como objetivo o repovoamento das linhas de água da Ilha da Madeira. As crianças vão adorar!

Informação Prática da Levada ou Vereda dos Balcões

  • Distância: 1,5 km (3 km ida e volta)
  • Circular: Não
  • Dificuldade Técnica: Fácil
  • Local de Partida/Chegada: Ribeiro Frio

Onde ficar a dormir perto da Levada ou Vereda dos Balcões?

Funchal | Faial | Porto da Cruz | Santana

Rota/Track GPS da Levada ou Vereda dos Balcões

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Levada “Um Caminho para Todos”

Como o próprio nome deixa antever, a Levada “Um Caminho para todos” pode ser percorrida, literalmente, por todos, desde os mais novos aos mais idosos (vimos vários casais com carrinhos de bebés e pessoas com mobilidade reduzida).

O percurso arranca no Parque Florestal das Queimadas, mais concretamente junto à Casa de Abrigo das Queimadas, e termina junto ao Pico das Pedras. No total terá de percorrer aproximadamente 4 km (ida e volta) por entre um misto da autóctone floresta de Laurissilva e a floresta tropical (introduzida pelo homem). É mais uma levada da Madeira que conjuga na perfeição a baixa dificuldade com uma excecional beleza.

Informação Prática da Levada “Um Caminho para Todos”

  • Distância: 2 km (4 km ida i volta)
  • Circular: Não
  • Dificuldade Técnica: Fácil
  • Local de Partida/Chegada: Parque Florestal das Queimadas

Onde ficar a dormir perto da Levada “Um Caminho para Todos”?

Seixal | Faial

Rota/Track GPS da Levada “Um Caminho para Todos”

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Onde ficar a dormir quando for percorrer as Levadas da Madeira: dicas de alojamento perto dos percursos pedestres

Quando se começa a planear as caminhadas pelos trilhos e levadas da Madeira, uma das grandes decisões a tomar é escolher os locais onde ficar alojado.

Sem dúvida alguma que a melhor localidade (e a mais óbvia) para montar base é o Funchal, visto que é a localidade da Madeira que apresenta a maior oferta de alojamentos e serviços turísticos. O Funchal também conta com excelentes acessos para toda a ilha e acaba por ser a localidade que fica mais equidistante da maioria dos pontos de partida dos trilhos e levadas da Madeira.

Contudo, no caso de só pretender percorrer uma ou duas levadas, pode ser mais vantajoso ficar a dormir perto dos percursos do seu interesse. Abaixo encontra os nossos alojamentos favoritos no Funchal – testados e aprovados por nós – que apresentam a melhor relação qualidade-preço e ao longo do artigo vamos indicar-lhe ainda as melhores localidades para pernoitar para cada um dos trilhos e levadas da Madeira.

Hotel Baía Azul

O Hotel Baía Azul é luxo acessível que não descura nenhum pormenor do conforto sofisticado dos hóspedes. Virado para o oceano, tem áreas comuns amplas com mobiliário de design de bom gosto. Somam-se o rooftop lounge bar, três restaurantes, bar, Spa, piscina interior e exteriores e centro de fitness para que nada falte. A excelência tem continuidade nos quartos, cuja iluminação, cores e decoração contribuem para o repouso sereno no consolo da cama de qualidade, almofadas fofas e lençóis de toque suave. Ao pôr-do-sol, a varanda com vista para o mar é de sonho. Sem falar no soberbo pequeno-almoço.

Savoy Palace

Aos serviços de topo do Savoy Palace soma-se a localização privilegiada, bem no coração do Funchal. Neste resort de 5 estrelas, onde luxo e requinte marcam presença, a estética é brilhante, os serviços são de excelência, as comodidades, irrepreensíveis. Entrar num dos quartos, com varanda vista cidade ou mar, é entrar num mundo de conforto e bem-estar. É difícil escolher onde se entregar ao ócio, se na piscina exterior, nos terraços ao ar livre, no rooftop, ou no lounge-bar. Ou satisfazer o bem-estar no Spa ou no centro de fitness. Na dúvida, experimente todos.

Belmond Reid’s Palace

Para si, que busca nada menos do que o melhor, temos uma sugestão. Belmond Reid’s Palace é sinónimo de luxo puro. Situada sobre uma falésia, em quatro hectares de jardins subtropicais com vista para o Atlântico, esta estância de 5 estrelas apresenta um Spa em frente ao oceano, três piscinas e acesso direto à água do oceano. A elegância define a propriedade, dos espaços comuns aos quartos, decorados com um toque clássico e aristocrático onde os materiais nobres prevalecem.

Quinta da Bela Vista

Poder viver num espaço que replica o esplendor natural da ilha-jardim do Atlântico, é possível na Quinta da Bela Vista, um hotel exclusivo, com jardim botânico, premiado pelo World Travel Awards como Europe’s Leading Boutique Hotel. Verdadeiramente tentador para quem aprecia sossego e tranquilidade, ar puro e liberdade. No elenco das qualidades desta distinta propriedade familiar, estrela a hospitalidade calorosa e genuína das tradicionais quintas madeirenses, quartos elegantes com varanda privada, uma piscina exterior rodeada dum terraço com vistas para a baía do Funchal, restaurantes e bares, entre outras comodidades, que garantem satisfazer todos os desejos do hóspede.

Apartments Madeira City Center

Para quem procura a privacidade e independência dum apartamento no centro do Funchal, recomendamos vivamente o Apartments Madeira City Center, mesmo ao lado da Zona Velha. Tem uma relação qualidade-preço imbatível, não falta nada e está perto de tudo. As casas renovadas apresentam linhas modernas, conforto notável e comodidades para satisfazer todas as necessidades do hóspede, quer para estadias curtas como prolongadas. Quarto confortável, sala comum com kitchenette equipada e espaço de refeições, casa-de-banho e um terraço super agradável, irrepreensivelmente limpos e cuidados.

Clique para ver mais opções de alojamento na Madeira

Mapa com a localização dos pontos de partida dos Trilhos e Levadas da Madeira


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa com a localização dos pontos de partida dos Trilhos e Levadas da Madeira.

Se procura um grupo para se inspirar e partilhar as suas aventuras Outdoor junte-se ao Into the Wild – Trilhos, Caminhadas e Natureza.

Dicas práticas para as caminhadas pelos Trilhos e Levadas da Madeira

  • O clima na Madeira é muito instável! Por isso na escolha e preparação das suas caminhadas pelos trilhos e levadas da Madeira tenha sempre isso em mente. O ideal é consultar de antemão as câmaras em tempo real do site Net Madeira, sobretudo quando estiver a planear fazer caminhadas em locais de elevada altitude, como sejam o Pico do Areeiro ou o planalto Paul da Serra. Até porque, por vezes, está um sol de raiar numa ponta da ilha e um nevoeiro de cortar à faca na outra. Se vir que as condições atmosféricas são muito adversas, não hesite em mudar os planos.
  • Tenha em atenção que nos trilhos de montanha da Madeira as condições climatéricas, para além de serem agrestes, podem mudar num ápice. Aconteceu-nos inúmeras vezes iniciar um trilho com céu azul, sem uma única nuvem, e um par de horas depois estar um nevoeiro cerrado de não vermos um palmo à frente dos olhos. Se não tem muita experiência com caminhadas de alta montanha, evite percorrer os trilhos da Madeira que se desenvolvem a elevada altitude quando se verificarem condições climatéricas adversas.
  • Evite percorrer as levadas da Madeira em dias de elevada humidade e precipitação. Os caminhos são por norma estreitos e escorregadios e, em dias de muita chuva, existe sério risco de deslizamentos de terra e derrocadas.
  • Algumas das levadas da Madeira atravessam túneis. Por isso, o ideal é levar sempre consigo uma pequena lanterna ou um frontal. Um telefone com lanterna também faz bem o trabalho, mas tenha em atenção o elevado gasto de bateria.
  • Ao contrário do que acontece nas levadas da Madeira, a exposição solar é muito elevada nos trilhos de montanha da Madeira e na Ponta de São Lourenço. Por isso, quando for percorrer estes trilhos, não se esqueça de levar consigo um bom protetor solar, óculos de sol, um chapéu e muita água.
  • Avise sempre alguém sobre os trilhos e levadas da Madeira que vai percorrer e evite fazer os percursos completamente sozinho. Para que a experiência seja fantástica (como se quer) não pode facilitar, de todo, nas questões de segurança!
  • No que a equipamento diz respeito, recomendamos que, sempre que for percorrer os trilhos e levadas da Madeira, leve consigo uma mochila leve e confortável, impermeável/capa de chuva (não se esqueça que o clima na Madeira varia mesmo muito, logo pode sempre cair uma chuvada) e calçado adequado a caminhadas. Bem sabemos que o mais certo é combinar uma caminhada com uns mergulhos nas belas praias e piscinas naturais da Madeira mas, acredite, é péssima ideia ir percorrer os trilhos e levadas da Madeira de sandálias de praia.
  • Na maioria dos trilhos e levadas da Madeira não existe qualquer tipo de serviço de apoio ao longo dos percursos. Logo, é de crucial importância levar mantimentos e água para toda a caminhada.
  • Não se esqueça de levar um saco para trazer consigo o seu lixo, inclusivamente o orgânico. Infelizmente, são muitos os caminhantes que se esquecem deste pequeno grande pormenor. A natureza agradece (e muito) este seu gesto!

Clique para conhecer os melhores trilhos de Portugal Continental

Viagens para Madeira: Teste de COVID-19 e Recomendações de Saúde

Todas as pessoas que pretendam viajar para a Região Autónoma da Madeira, independentemente de serem portugueses ou estrangeiros, têm de ser portadores de um Teste PCR negativo à COVID-19 que pode ser feito nas 72h prévias ao embarque ou à chegada à Madeira.

Visitar Madeira: roteiro de 3 a 7 dias com o que visitar na Ilha da MadeiraNós optamos por fazer o teste de antemão recorrendo a um dos postos de colheita em Portugal Continental certificados pelo Governo Regional da Madeira, tendo sido os custos do teste à COVID-19 totalmente suportados pelo Governo Regional da Madeira. Tendo em conta a afluência aos testes, recomendamos que efetue a sua marcação o mais cedo possível, para garantir vaga no posto de colheita mais próximo da sua zona de residência. Clique para mais informações e para efetuar a sua marcação.

Caso não pretenda fazer o teste antes de viajar para a Madeira, terá de o fazer à chegada e ficar em isolamento no seu alojamento até obter os resultados (uma média de 12 horas).

Independentemente da opção tomada, todos os passageiros deverão proceder ao preenchimento obrigatório do inquérito epidemiológico na plataforma digital madeirasafe.com e serão sujeitos a triagem térmica à chegada.

Como medidas complementares de prevenção da COVID-19, as autoridades de saúde madeirenses recomendam o cumprimento das seguintes normas:

  • Uso de máscara, em especial, em espaços fechados e transportes públicos (obrigatório)
  • Distanciamento social (2 metros entre as pessoas e evitar aglomerados);
  • Higienização frequente das mãos;
  • Etiqueta respiratória.

Leia todas as informações atualizadas no site oficial do Turismo da Madeira

Seguro de Viagem para a Madeira

No atual contexto epidemiológico é de crucial importância fazer um seguro de viagem que tenha cobertura COVID-19. Só assim é possível viajar com tranquilidade.

A pensar nisso mesmo, a IATI Seguros criou o IATI Escapadinhas, um seguro de viagem que oferece cobertura em caso de contágio por COVID-19 (exames médicos, transporte sanitário, assistência médica, hospitalização, quarentena obrigatória e repatriação). E se optar pela cobertura de cancelamento em caso de resultado positivo para COVID-19 em Portugal (do próprio segurado, pais ou filhos, se isto impede iniciar a viagem na data prevista), recupera o dinheiro que havia gasto na sua viagem.

O seguro de viagem IATI Escapadinhas é super económico. Para ter uma ideia, na nossa última viagem à Madeira pagamos menos de 10€/pessoa para 9 dias de viagem, já com a opção de cancelamento incluída. Por estes valores, não vale de todo a pena correr riscos e (eventualmente) “ficar a arder” no caso de ter de cancelar a viagem devido à Covid-19.

Clique para fazer uma simulação para a sua viagem à Madeira e não se esqueça que, ao utilizar o nosso link, terá um desconto de 5% na compra seu seguro de viagem.

Outros Trilhos e Percursos Pedestres em Portugal

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na World Nomads ou na IATI Seguros. São ambas agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado. Se optar pela IATI use o nosso link e terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog "VagaMundos" a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.