Mont Blanc

Provavelmente, a ida a Genebra foi apenas o pretexto para fazermos algo que há muito desejávamos: voltar aos Alpes.

Tomámos a madrugada como nossa companheira nesta viagem. Pelo terceiro dia consecutivo. Entre bocejos e queixumes do sono em atraso, cumprimentámos L’Immigré enquanto descíamos a rua até ao terminal rodoviário onde apanharíamos o autocarro com destino a Chamonix. Escusado será dizer que o embalo nos fez deambular pelo limbo do sono. Contudo, assim que as montanhas dos Alpes começaram a surgir por entre as nuvens que obstinadamente as escondiam, o sono desapareceu.


Aiguille du Midi

Chegados a Chamonix, fomos de imediato à procura do teleférico que nos levaria ao topo do Aiguille du Midi, o ponto mais próximo que se consegue estar do Mont Blanc sem se escalar a montanha mais alta da Europa.

A subida é impressionante e assustadora. A inclinação é tão acentuada que mais parece uma subida em elevador. Mas, a lembrar-nos que não é um elevador, temos solavancos, naturais num teleférico, que provocam umas taquicardias de vez em quando.

E nada como subir dos 1035m até aos 3842m em 30 minutos… Face ao défice de oxigénio o organismo começa a reagir drasticamente: respiração ofegante, tonturas e euforia. É o mal da altitude em acção. Para ajudar à festa a temperatura é de -17ºC.

 

Mas chegados ao topo, tudo se transfigura. A visão da paisagem que nos rodeia é simplesmente sublime!

Aqui sentimos bem a nossa pequenez perante esta maravilha da natureza que são os Alpes.


Chamonix vista do topo do Aiguille du Midi

Olhar para estas montanhas é como se, de repente, as montanhas tivessem brotado do chão.

Ou como se garras gigantes tivessem rasgado a pele da Terra gerando vales profundos e declives acentuados.

Demoramo-nos a comtemplar a beleza do Mont Blanc. Aqui perde-se a noção do tempo!


Mont Blanc

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize a Momondo para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado.

Gostamos de jogar pelo seguro e como tal, nas nossas viagens, não dispensamos o seguro de viagem do WorldNomads.com

Esta página contem links afiliados. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!
COMPARTILHAR
Artigo anteriorWalking on Ice
Próximo artigoChamonix
Anabela e Alexandre (linguista e economista), apaixonados um pelo outro e pelas viagens. Juntaram as letras e os números e criaram Vagamundos - Blog de Viagens onde partilham as suas errâncias pelo mundo e motivam todos a viajar. Autores independentes dos livros Caminho do Amor e Rostos do Oriente. Aproveitam qualquer desculpa para vaguear pelo mundo. Viveram na Alemanha, Dinamarca e EUA. Praticam trekking e lounging, alternadamente. Gostam de sujar cozinhas e conversar até altas horas. Uma vez por ano fingem que tocam djambé.

19 COMENTÁRIOS

  1. Fantástico! Não há frio que assuste quando a euforia do conhecimento é mais forte! As fotos estão lindas; mais um destino para a colecção de tantos que sonho conhecer…

  2. Lindo o Mont Blanc!!! Genebra é para ir em breve, se der tentarei conjugar Mont Blanc e Chamonix. Na minha viagem de 35 dias à Ásia conheci um casal de Chamonix que andava a dar a volta ao mundo, ele é professor de sky. Gostava de os rever, ir a Chamonix é, por isso boa ideia.

  3. Olá Nocas. A excitação da descoberta poe o sangue a correr o que sempre ajuda a combater o frio 🙂 Ficamos contentes de ter conseguido colocar mais um destino na tua lista! 🙂
    Bjs

    Olá Brenda. Muito obrigado pelas amáveis palavras. Agrada-nos saber que gostaste deste nosso relato. E concordamos contigo, para nós viajar é todo um conjunto de emoções fortes.
    Bjs

    olá Momentos. Obrigado pela visita. Deve ser um local bem familiar para ti!
    Bjs

    olá João. É o que dá irmos para os Alpes no pino do inverno 🙂 Temos de aguentar o frio!
    Abraço

    Olá Teresa. Sem dúvida! E como o oxigenio já é pouco aquela altitude ainda desaparece mais depressa 🙂
    Bjs

    olá Lacoste. Quando fores a Genebra não deixes de ir. Vais ver que não te vais arrepender. Ainda mais se conheces pessoas em Chamonix tanto melhor! Essa viagem à Asia deve ter sido brutal! Porque paises andaste?
    Abraço

    Olá Padrinho J! Sabes como são estes teus afilhados… temos mau feitio :)Para quando uma visitinha ao frio escandinavo?
    Abreijos

    olá Lucy. Tak 🙂
    Bjs

  4. Olá Marshmallow. Muito Obrigado. Tentamos sempre tentar transmitir o que de melhor vemos e sentimos nas viagens. É bom de saber que quem nos lê consegue sentir a nossa viagem 🙂
    Bjs

  5. Wow, such beautiful photos, Vagamundos! I'd love to visit the Alps one day and seeing your pictures just reminded me that I am a mountain girl!
    Stunning views!
    How funny (as in "weird") you feel when you are so high up above sea level, yes! I remember our experience last year in Arg when we climbed the Cuesta del Infiernillo in Tucumán, just walking a few steps felt like an impossible task all of a sudden!

  6. Hello Aledys. Thank you for your nice words. Being a mountain girl it's natural you feel that way about Mont Blanc and the Alps. You shouldn't miss the oportunity to see the Alps! As you said… Stunning!
    The diziness and lack of strength comes from the lack of oxygen, as you probably know. Without oxygen in your cells, everything is twice as hard to do. But sometimes, it gives room to some funny episodes 🙂 We had some laughs when we were in Cuzco 🙂
    Greetings

  7. Parabéns pelo conjunto de fotos belíssimas!
    Adorei rever pois já lá estive mais de uma vez.
    Ir à Agulha do Midi e admirar
    aquela vista impressionanta é de
    cortar a respiração!!!Não há
    palavras para descrever o fascínio
    que sentimos lá no alto perante
    aquela imensidão branca de uma
    beleza única!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.