Visitar Veneza – o melhor de Veneza num Roteiro de 2 e 3 dias

visitar veneza roteiro

Veneza, a cidade símbolo do romantismo, é sem dúvida uma das mais amadas do mundo. Poucos locais do mundo têm tanta personalidade e unicidade como esta cidade que é, per se, um autêntico monumento. As suas ruelas, canais e palácios atraem multidões, mas acima de tudo inspiram sonhos e convidam a longos passeios sem rumo. Um convite aberto a embrenharmo-nos na aura misteriosa desta cidade que não conhece hora de ponta… Pelo menos, não da forma que nós a conhecemos.

veneza roteiro 2 dias

Veneza é uma cidade que pouco mudou nos últimos duzentos anos. Nas suas ruas ainda se ouvem os passos e os gritos dos barqueiros. Os maiores sinais de modernidade são os barcos de mercadorias e de passageiros que convivem lado a lado com as tradicionais gôndolas nas mágicas ruas de água desta cidade italiana. Depois de Roma e de Florença, esta é provavelmente a cidade mais turística de Itália.

Quando visitar Veneza?

carnaval-veneza

Se está a planear a sua viagem a Veneza, saiba que é essencial estar ciente das condições climatéricas e das épocas de maior afluência turística.

A melhor época para visitar Veneza é abril, maio, setembro e outubro. Estes são os melhores meses do ano para desfrutar de demorados passeios turísticos em Veneza.

Em termos de clima, visitar Veneza entre meados da primavera e início do verão é, na nossa opinião, a melhor altura do ano. O frio do inverno já diminuiu e o sol aparece diariamente, tornando as temperaturas confortavelmente quentes.

Lembre-se que a época alta de Veneza começa logo na Páscoa e vai até setembro. A nossa visita a Veneza foi exatamente após a Páscoa e tivemos sorte com o tempo: não tivemos uma gota de chuva e os dias eram longos o suficiente para os nossos planos do roteiro de Veneza (conseguimos até preços mais simpáticos no alojamento).

O verão é a época “altíssima” de Veneza. Os preços são incomportáveis para algumas carteiras. As multidões são gigantescas. E no final da estação, devido ao tempo seco, começam a surgir os maus cheiros das águas do canal e os irritantes mosquitos.

Tenha também em conta as festividades e eventos que atraem milhares de visitantes à cidade, para além dos milhares usuais. Obviamente que são os acontecimentos mais emblemáticos e únicos de Veneza, aqueles dos sonhos de qualquer um de nós, como o Carnaval de Veneza. O contratempo são os preços praticados pelo alojamento e restauração que sobem de acordo com a maior procura por parte dos turistas.

  • Carnaval de Veneza: famosa festividade (móvel) que chega a durar duas semanas.
  • Páscoa
  • Vogalonga: competição mundial de remo que usualmente ocorre em finais de maio.
  • Bienal de Veneza: de junho a novembro em anos ímpares.
  • Festa del Redentore: 3º fim de semana de julho, a ilha de Giudecca é ligada a Veneza por uma ponte de gôndolas.
  • Regata Storica: setembro, a “corrida” dos gondoleiros no Grande Canal de Veneza.
  • Natal e Ano Novo: início dos eventos a 8 de dezembro (feriado nacional em Itália).

Outro fator a ter em consideração é a acqua alta, a subida das marés pela qual Veneza é tão famosa, chegando a alagar a Piazza San Marco a ponto de se poder navegar de gôndola. Normalmente o outono é a estação do ano que traz a acqua alta. Não se livra de arranjar umas botas de borracha para poder circular nas ruas e praças de Veneza, mas já tivemos leitores nossos a dizer que  escaparam da maré alta e outros que até se divertiram mais porque sentiram que tinham Veneza só para eles.

O inverno é frio, obriga a estar prevenido com muitas camadas de roupa – e as águas ainda podem atrapalhar a sua visita.

Como Chegar a Veneza?

De avião: A TAP opera voos diários diretos de Lisboa para o Aeroporto Internacional Marco Polo (VCE).

Duração do voo Lisboa Veneza: circa 3h

Voando do Porto, terá sempre que se sujeitar a uma escala, já que não há voos diretos.

Duração do voo Porto Veneza: mínimo 4h 20m

Como ir do Aeroporto ao centro de Veneza?

Distância do Aeroporto Marco Polo ao centro de Veneza: 8 km

Lembre-se que Veneza é uma ilha vedada ao trânsito de carros. Portanto, nenhum táxi o vai levar à porta do seu hotel, na melhor das hipóteses deixa-o na estação ferroviária de Santa Lucia. Além disso, apesar de existirem, os preços de táxi não compensam de todo.

Bus: Linha 5 do ACTV parte da frente do terminal e chega à Piazzale Roma em cerca de 30 minutos, com algumas paragens no meio do percurso. Cada viagem tem um custo de 8€ e o bilhete pode ser comprado na zona das Chegadas do aeroporto.

Os autocarros azuis da ATVO são mais rápidos (cerca de 20 minutos) pois não fazem paragens a meio percurso e o preço é o mesmo. Da mesma forma, partem da frente do terminal do aeroporto e vão até Piazzale Roma. Pode adquirir o seu bilhete do bus ATVO (certificado pelo GetYourGuide) com antecedência, clicando no link seguinte: Traslado Express: Aeroporto Marco Polo ao Centro de Veneza.

Vaporetto – Roteiro de Veneza

Barco: o preço dos barcos AliLaguna começa nos 15€ (quase o dobro do autocarro) e os bilhetes compram-se na respetiva doca. Os barcos saem duma doca do lado esquerdo da área das Partidas, que dista 7 minutos a pé. Os pontos de chegada em Veneza são San Marco, Rialto, Fondamenta Nuove, Le Guglie. Até San Marco a viagem leva mais duma hora.

Serviço de transfer: dinheiro não é problema para si, desde que tenha total comodidade sem dores de cabeça a pensar na logística? Então opte por um serviço de transfer. E para fazê-lo em grande estilo, nada como estrear-se a navegar nas águas venezianas. Espreite este serviço de táxi aquático compartilhado (a partir de 32€) que o leva do aeroporto ao cais do seu hotel, ou ao cais mais próximo: Traslado Aeroporto Veneza: Táxi Aquático Compartilhado

Onde ficar em Veneza? Sugestões de Alojamento

Aconselhamos a reservar alojamento em Veneza com bastante antecedência. O alojamento na Serenissima é, no geral, dispendioso. Afinal, falamos duma das cidades europeias que mais visitantes atrai. Na hora de decidir onde ficar em Veneza, a localização é fulcral. Lembre-se: Veneza não tem táxis, só barcos.

Grande Canal – Roteiro Veneza

Os melhores bairros para se hospedar em Veneza?

Perto da estação Santa Lucia (sestiere Cannaregio) tem todos os serviços para uma estadia independente. Não terá que carregar malas pelas pontes e escadinhas, mas os highlights estão a pelo menos 20 minutos de distância a pé ou vai precisar de barco-táxi para se deslocar aos lugares imperdíveis de Veneza. No sestiere Dorsoduro tem tranquilidade e alojamentos para todos os bolsos. Perto da Piazza San Marco o alojamento torna-se mais caro. A ilha de Giudecca é apontada como uma das melhores zonas para ficar, mas é uma ilha – implica viagem de barco até ao centro histórico de Veneza.

violino-d'oro-veneza

Hotel Violino d’Oro: Um verdadeiro achado que encontramos na última visita a Veneza foi o Hotel Violino d’Oro. Um hotel 3 estrelas clássico e requintado, num edifício histórico do século XVIII, com decoração primorosa e uma localização perfeita para explorar Veneza. Ficamos mesmo no coração da cidade, perto da Piazza San Marco, com acesso facilitado aos restantes highlights e numa zona espantosamente tranquila. Quartos espaçosos, super charmosos e impecavelmente limpos. Dormimos que nem anjos numa caminha bem confortável. O pequeno almoço é excelente, com miminhos homemade que são uma delícia. Enquanto comíamos, íamos apreciando a vista para o canal. Recomendamos vivamente o Violino d’Oro!

Combo Venezia: Situado num mosteiro reformado do século XII, o Combo Venezia fica no bairro de Cannaregio. O hostel está localizado a escassos metros do cais de transportes aquáticos Fondamenta Nuove. Uma opção económica com escolha entre cama em dormitório, quarto privado ou apartamento, oferece um bar, restaurante, recepção 24 horas e acesso Wi-Fi gratuito nas áreas comuns.

Abaixo deixamos mais algumas sugestões de alojamento adequadas a todas as carteiras.

Alojamento Low Cost/Económico

Hotel San Samuele | Hotel Giudecca Venezia | Hotel Guerrini | Hotel Torino

Alojamento com excelente relação qualidade preço

Hotel Palazzo Vitturi | Hotel Antico Doge | Ai Mori d’Oriente | Palazzo Veneziano

Alojamento de Luxo

Palazzo Venart Luxury Hotel | San Clemente Palace Kempinski Venice

Clique para ver mais opções de alojamento em Veneza

O Melhor de Veneza num Roteiro de 2 dias

roteiro-venezaLançamos aqui um convite ousado para conhecer o melhor de Veneza. Neste roteiro sugerimos visitar os principais pontos de interesse de Veneza e desfrutar das melhores experiências que a cidade tem para oferecer. Sente-se preparado para absorver toda a magia de Veneza?

Roteiro para visitar Veneza: 1º dia

Grande Canal

grande canal veneza

Como dissemos inicialmente, as ruas de Veneza são mágicas. Num bem-vindo ato de ilusionismo, carros, autocarros e motos desaparecem. Aqui anda-se de barco ou a pé.

E por falar em ruas mágicas, poucos serão os visitantes que chegam a Veneza e não ficam encantados com aquela que deve ser a rua mais bonita de Itália. Falamos do famoso Grande Canal.

Serpenteando pelo centro da cidade é ladeado pelos mais belos palácios das famílias eminentes de Veneza. O melhor meio para o ver é apanhando o não menos famoso vaporetto. A viagem é morosa, mas os amantes não têm pressa, muito menos em Veneza.

Ponte de Rialto

Nesta “via rápida” náutica um dos destaques vai para a Ponte de Rialto. Para além de ser historicamente uma das mais movimentadas de Veneza, é um dos locais privilegiados para a contemplação.

Aqui pode-se observar a movimentação constante do Grande Canal com a participação imprescindível dos gondoleiros vestidos a rigor.

Mercati di Rialto

Mercati di Rialto

Se quiser saborear um pouco da verdadeira atmosfera popular veneziana, um pulinho aos Mercati di Rialto é imprescindível. É aqui que se concentra a vida mercantil da cidade.

Vendedores, habitantes, curiosos e turistas às centenas formam este quadro das movimentadas ruas dos mercados. Cores, cheiros, texturas e vozes, todos participam desta experiência sensorial.

Igreja Santa Maria della Salute

Santa Maria della Salute

Já perto de San Marco ninguém consegue ficar indiferente à igreja Santa Maria della Salute. É um dos mais imponentes marcos arquitetónicos de Veneza e é suportada por mais de um milhão de pilares de madeira.

O templo de estilo barroco é uma edificação votiva do povo veneziano por causa da peste que assolou a população em 1630 e praticamente dizimou a cidade.

Dorsoduro

Dorsoduro

Este é um dos bairros de Veneza que consegue manter alguma autenticidade nesta cidade tão turística. Aqui a vida é mais descontraída, as ruas são mais apelativas e o ambiente é mais cultural e artístico.

O bairro (sestiere) alberga dois museus de renome, a Basílica Santa Maria della Salute e uma universidade. A melhor experiência de passeio à beira do Grande Canal é aqui, na larga e arejada promenade Zattere com vista para a Giudecca.

Para apreciar a gastronomia e os mais deliciosos gelati italiani a preços razoáveis, Dorsoduro é a melhor opção.

Roteiro para visitar Veneza: 2º dia

Piazza San Marco

Piazza San Marco

A Piazza San Marco é a praça mais conhecida de Veneza. A praça foi sempre o centro político, social e religioso da república veneziana. Foi o palco dos eventos mais importantes da sua história e é o ponto turístico mais visitado.

O número elevado de turistas retira um pouco da satisfação que visitar a Piazza San Marco verdadeiramente merece. Ainda assim, aconselhamos vivamente uma deambulação demorada que lhe permita a observação dos belos edifícios que a rodeiam.

Veneza

A sensação imediata é a duma praça rendida ao comércio. Mas a alma veneziana está lá e revela-se em pequenos detalhes que só um olhar atento capta.

Basilica di San Marco

Basilica di San Marco

Aqui encontra a mais famosa basílica de Veneza, a Basilica di San Marco, a estrela da Piazza San Marco. Esta basílica combina os estilos arquitetónicos do Ocidente e do Oriente e é considerada uma das mais belas edificações bizantinas da velha Europa.

Destaque para a fachada em mosaico e para os Cavalos de São Marco. A quadriga de cavalos em bronze expostos são réplicas, sendo que os verdadeiros encontram-se no museu da basílica.

Não se acanhe, entre e deixe-se deslumbrar pelo luxuriante interior dos inúmeros painéis em mosaico desta basílica.

Pallazo Ducale

Pallazo Ducale

Nada como rumar até outra das grandes atrações da cidade, o Palazzo Ducale. Esta é a antiga residência oficial dos governadores de Veneza, os doges.

Os destaques vão para o pátio com a Escadaria dos Gigantes, para a Porta della Carta, para a grandiosa Sala del Maggior Consiglio e para o magnífico átrio.

Dica VagaMundos: As multidões à porta do Palácio Ducal e da Basílica de São Marcos são desanimadoras para quem queira visitar estes monumentos imperdíveis de Veneza. Mas não precisa de abdicar disso com este tour do GetYourGuide (com a grande vantagem de satisfação garantida ou o seu dinheiro de volta). Desfrute de entrada sem fila na Basílica de São Marcos e no Palácio Ducal numa excursão guiada de três horas. Inclui ainda o terraço (normalmente inacessível) da Basílica de São Marcos, a Ponte dos Suspiros e as Prisões Novas.

Na escolha dos tours, e porque os imprevistos acontecem, reserve tours que permitam cancelamento gratuito. Dê prioridade às excursões e actividades que tem boas reviews e permitam cancelar sem custos com (pelo menos) 48h de antecedência.

Ponte dos Suspiros

Ponte dos Suspiros

Anexa ao palácio está a antiga prisão da cidade. A ligação é feita através da famosa Ponte dos Suspiros. Apesar do nome ter uma conotação romântica, o mesmo nasceu dos suspiros dados pelos prisioneiros que eram levados do palácio para o cárcere. Conta-se que ao passarem pela ponte, olhavam pelas minúsculas janelas suspirando de tristeza ao verem a liberdade pela última vez…

Mas associada à ponte está uma lenda, essa sim bem romântica. Diz o mito que o casal que trocar um beijo na Ponte dos Suspiros ficará eternamente apaixonado. Nada como lá ir e pôr à prova a dita lenda. Nós já o fizemos…

Campanile di San Marco e Torre dell’orologio

Campanile di San Marco e Torre dell'orologio - Veneza

Para a melhor vista panorâmica sobre a cidade nada como subir ao Campanile, o campanário da cidade. Se precisar de se certificar das horas, terá que desvendar o puzzle da Torre dell’orologio. Um edifício impressionante repleto de simbologias alusivas à passagem do tempo.

Museo Correr

Ao fundo das Alas Napoleónicas, o conjunto de edifícios que formam as arcadas da praça, está o museu municipal de Veneza. No seu interior descobrimos as melhores obras de arte e o melhor acervo documental da história de Veneza. No lado sul encontra o Museu Arqueológico e a Biblioteca Marciana e no lado norte ficam as Antigas Procuradorias.

Pode ainda apreciar um bom capuccino ao som dum piano no requintado Florian, uma das elegantes esplanadas mais histórica e famosa da piazza. Um momento puro de dolce vita. O único senão são os preços praticados, mas dias não são dias.

Nada como dar uma volta na praça apreciando a sua animação onde centenas de pombos fazem a delícia dos miúdos e graúdos.

Passeio de Gôndola

Passeio de Gondola - Veneza

Obviamente que aconselhamos todos a não deixarem Veneza sem desfrutarem dum romântico e tranquilo passeio de gôndola pelos canais. Aproveite para preencher o final de tarde deste seu roteiro de 2 dias em Veneza. Afinal, nada como navegar ao ritmo dos seus pensamentos, na companhia de quem mais deseja.

Casa de Marco Polo
Casa de Marco Polo em veneza
Gondoleiro em acção

Passeio de Gondola - Veneza

Com o pôr do sol, as cores mudam e a cidade parece maquilhar-se para receber a noite de que é cúmplice. Desculpa perfeita para aquele jantar especial num dos antigos ristoranti que povoam as ruelas fora da Piazza San Marco. Esqueça as pastas. Delicie-se com os pratos de peixe.

Roteiro para Visitar Veneza em 3 dias

 

Visitar Veneza em 2 dias vai saber a pouco (muito pouco!). Na nossa opinião, há muito para descobrir na Serenissima, cognome porque é carinhosamente chamada, e aconselhamos a visitar Veneza em 3 dias. Se tem mais 1 dia em Veneza, veja o que pode ver e fazer para preencher esse dia extra com as nossas sugestões abaixo.

Roteiro para visitar Veneza: 3º Dia

As belezas da Lagoa de Veneza não se limitam à Serenissima. Há outras ilhas famosas em redor que são conhecidas mundialmente pelas paisagens pitorescas, o artesanato com tradição secular e uma rica história. Embarque em Veneza, aprecie a panorâmica enquanto navega por entre as inúmeras ilhas e desfrute das suas iguarias e riqueza cultural.

Murano

visitar-veneza-murano

Navegue até Murano, conhecida indústria de fabricação de vidro, por isso, muitas vezes chamada de “Ilha de Vidro”. Os pontos de interesse mais populares são o Museu de Vidro de Murano e a igreja bizantina de San Donato. Pode ainda visitar um forno de vidro e admirar de perto a antiga arte do sopro do vidro em que derivam as belas e famosas esculturas de Vidro de Murano. E é uma delícia passear pelas ruas coloridas e graciosas de Murano.

Burano

visitar-veneza-burano

Tome novamente um barco. Siga para a pitoresca Burano, uma ilha famosa por seus pelas suas rendas e bordados locais e considerada a ilha mais colorida da Lagoa de Veneza. Desfrute desta ilha típica de pescadores com o belo contraste das casas coloridas. Fique atento às montras das pastelarias onde se produzem alguns dos mais populares bolos tradicionais italianos. Os Essi e os Bussolai de Burano são uns bolos secos que pode levar consigo para todo o lado (e não lhes resista, não vale a pena).

Torcello

visitar-veneza-torcello

Por último destacamos Torcello, onde terá de chegar tomando novamente uma embarcação. Torcello é a mais antiga das ilhas habitadas. Aqui reserve tempo para admirar a Basílica de Santa Maria Assunta e a Igreja de Santa Fosca antes de voltar para Veneza.

A linha 12 dos vaporettos sai de Veneza, do cais Fondamenta Nuove, e passa por todas estas ilhas (e mais três). Pode seguir as nossas sugestões pulando de ilha em ilha, mas terá que tratar de toda a logística e estar atento aos horários para aproveitar bem o tempo.

visitar-veneza-em-3-diasOu então, opte por este tour organizado que possibilita visitar as três ilhas atrás mencionadas. O tour demora entre 4h 30m a 5h 30m, tomando sempre o mesmo barco onde um guia lhe vai dando algumas informações dos destinos insulares. Você só tem que aproveitar o tempo a a explorar cada uma das ilhas.

Veneza: mapa do Roteiro de 2 e 3 dias em Veneza


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do Roteiro para visitar Veneza em   2 e 3 dias

Outros artigos da Itália

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na World Nomads ou na IATI Seguros. São ambas agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado. Se optar pela IATI use o nosso link e terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.