A partir de Vila Nova da Rainha, o Caminho de Fátima toma a EN3. Aproximava-se a hora de almoço e tivemos que apressar o passo numa gincana por entre os camiões parados nas estreitas bermas da Vila. As rectas sucedem-se até a Azambuja, mas o que parecem rectas rápidas a quem por aqui passa de carro, significam muitos passos...
O segundo dia de caminhada foi iniciado na estação de comboios de Vila Franca, precisamente no local onde vai desembocar o jardim Constantino Palha (é necessário atravessar a linha do comboio pela passagem de peões). Daí foi só rumar até à EN10 e nela prosseguir algumas centenas de metros até que avistamos o supermercado “Lidl” junto ao qual encontramos...
Chegados à pequena ponte que dá acesso à povoação de Granja de Alpriate, malgrado o “cantil” quase vazio, arriscamos seguir as indicações do já familiar marco do Caminho de Fátima.Desconhecendo a distância que nos separava de Alpriate, resolvemos parar à primeira sombra mais jeitosa que nos surgiu para degustar as “entradas” do almoço: chamuças à moda do Sr. Rui,...
O Caminho de Fátima, também conhecido como Caminho do Tejo, tem início sob a pala Siza Vieira no Parque das Nações, o chamado Kilómetro Zero do trilho de peregrinação.Creio que vale a pena alertar-vos, desde já, que a sinalização do Caminho de Fátima passa muitas vezes despercebida, tanto por a cor azul (cor escolhida para identificar o “Caminho”) não...
A Barra do Kwanza (Cuanza) fica a pouco mais de 80km de Luanda e é um excelente destino para uma escapadinha de fim de semana para quem vive na grande Luanda.Para quem visita Angola e quer ter um verdadeiro Taste of Africa, a barra do Kwanza (rio que dá o nome à moeda angolana) é também o local ideal,...
Na estrada que liga Luanda à Barra do Kwanza encontra-se o Museu Nacional da Escravatura (na fotografia é o edifício que está na ilhota). A sede do Museu situa-se no interior de uma capela do século XVII, a denominada "Capela da Casa Grande", localizada no Morro da Cruz. Esta Capela é de grande representatividade histórica, pois era o lugar...
"Em mil quatrocentos e oitenta e dois, Diogo Cão e os seus companheiros desceram neste recanto de terra de Angola e cravaram aqui o padrão do descobrimento e posse com as armas de Portugal e a cruz de Cristo, para que fosse ao mesmo tempo campo de expansão do espírito português e da religião cristã. Desde essa hora ficou...
Luanda é uma cidade de contrastes bem vincados. É uma cidade em reconstrução, onde a noção de turismo ainda não existe como nós a conhecemos. Uma capital dum dos países mais ricos de África com um potencial enorme ainda inexplorado. No século XXI, a capital angolana tem atraído investimento estrangeiro num esforço de reconstrução e melhoramento urbano. Por isso,...