cidade-de-hamburgo
Neste overview da cidade de Hamburgo, ficam algumas das informações práticas sobre a esta que é a segunda maior cidade da Alemanha. O porto de Hamburgo deu fama mundial à cidade, mas há muito mais para desvendar nesta cidade portuária. Se é a sua primeira viagem a Hamburgo, não deixe de ler. Mapa da Cidade de Hamburgo na Alemanha A Cidade Livre...
Alguns dados sobre a Dinamarca: - 480 ilhas, das quais 100 são inabitadas; - 55º 37’ N latitude de Copenhaga, a mesma de Moscovo; - 173 metros, o ponto mais alto do território dinamarquês; - 12000 aC, primeiros vestígios de vida humana no território da Dinamarca; - 1167, ano da fundação de Copenhaga; - 9 de Abril de 1940, data da ocupação pacífica da Dinamarca...
Mais uma batalha vencida nesta cozinha! Tortilhas à Mexicana para dois. 400g de carne picada sal e pimenta a gosto colorau ou pimentão doce 1 pimento vermelho picante 200g de milho doce 250g de cogumelos frescos 1 lata de feijão vermelho pré-cozido 1 cebolinha picada 4 tortilhas Fritar a carne em margarina e temperar com sal, pimenta e 1 pitada de colorau. Entretanto, picar a cebola e o pimento...
Uma das curiosidades de Copenhaga é a de que não existem talhos na pura acepção da palavra. Quer dizer, eles lá existir existem, não são é dinamarqueses. Os talhos dinamarqueses não passam daquilo, a que nós portugueses, chamaríamos de talhos gourmet. Para além dos preços serem elevadíssimos o talho dinamarquês parece mais uma loja a vender pequenos mimos gastronómicos...
A localização de Malmö junto ao estreito do Oresund, permitiu a construção duma zona balnear invejável. A Ribersborgs stranden, ou Ribban para facilitar, é uma área relvada e com areal contíguo à linha do mar que permite a todos umas belas horas de “tempero” ao sol. Aqui encontramos o arranha-céus mais alto de toda a Escandinávia (a torre tem uma...
Malmö orgulha-se de saber preservar o que tem de mais antigo e com valor histórico e conciliá-lo com a modernidade. Um exemplo claro disso é a rua pedonal que atravessa o coração da cidade desde a Estação Central até ao Triangeln, um mega centro comercial. Percorrer estas ruas é como fazer uma viagem no tempo, e as fachadas dos...
Como já aqui referimos, as duas primeiras semanas de estadia na Escandinávia foram passadas a saltitar de hotel em hotel. Num desses saltos, acabámos por ir parar à vizinha Suécia, mais precisamente a Malmö, mesmo aqui ao lado. É só atravessar a ponte de Øresund, e estamos lá. Entre comboio e autocarro, optámos pela solução mais económica. Como tal,...
Uma vez que estamos num país escandinavo, é incontornável não nos depararmos com a história e cultura Viking, visto que são inúmeros os traços deixados por este povo um pouco por toda a Escandinávia. Como quase toda a gente também nós já conhecíamos os Vikings, ou pelo menos pensávamos que sim. A nossa imagem era a de um povo...
Fim de semana solarengo, foi o mote para pegar nas bikes e partir à descoberta de Dragør. Afinal ficava só a 16km. Esta vila pitoresca nos arrebaldes de Copenhaga foi, até há bem pouco tempo, o centro dos ferries que ligavam a Dinamarca à Suécia fazendo a travessia do Øresund. Com a construção da ponte, as travessias viram o seu...
Uma das dificuldades com que nos deparamos diariamente é algo tão básico e essencial, para bons garfos como nós, como as refeições. Na casa onde estamos, tudo falta: bateria de cozinha, um frigorífico digno desse nome (que eu saiba um mini-fridge só dá para estadas de curta duração e para quem não almeje mais do que uma jola fresquinha), ingredientes...