Passadiços de Aveiro: dicas, localização, mapa e rota GPS

Passadiços de Aveiro: dicas, localização, mapa e rota GPS

Ir a Aveiro e não ver as maravilhas naturais da Ria de Aveiro de perto é como ir a Roma e não ver o Papa. E se antes era preciso apanhar boleia num moliceiro ou numa bateira, para desfrutar de perto das deslumbrantes paisagens da Ria, agora já só precisa de pegar na sua bicicleta ou de enfiar os pés no seu calçado favorito de caminhada e percorrer, sem pressas, os espetaculares Passadiços Ria de Aveiro.

Clique para ler o nosso roteiro de Aveiro

Inaugurados em 2018 os Passadiços de Aveiro são hoje um destino incontornável para todos os amantes da natureza que estejam de visita à cidade de Aveiro.

Com início no Canal de São Roque (bem pertinho do centro da cidade de Aveiro) e término junto ao rio Vouga, em Vilarinho, os Passadiços de Aveiro atravessam sapais, pequenos bosques e pinhais, brindando o visitante com vistas soberbas sobre a maravilha natural que é a Ria de Aveiro com a sua peculiar fauna e flora.

E como se isso não bastasse, podemos ainda observar embarcações naufragadas, gruas de outros tempos, pequenas ilhas desertas, velhos casarios e uma série de painéis com imensa informação sobre a Ria de Aveiro e onde não faltam curiosos dizeres aveirenses, que o vão fazer soltar algumas gargalhadas.

A distância total dos Passadiços da Ria de Aveiro é de 7,5 km (15 km ida e volta), mas se quiser cortar um pouco no percurso sugerimos que comece e termine a caminhada no Cais da Ribeira de Esgueira (assim, terá apenas de percorrer 10 km ida e volta). Assim, percorre a parte menos urbana dos passadiços e poupa uns bons quilómetros às pernas, especialmente útil se for com crianças pequenas ou estiver apertado de tempo.

Passadiços Ria de AveiroIndependentemente da opção, não se assuste com a distância pois o percurso é plano e existem várias áreas de descanso onde pode esticar as pernas enquanto desfruta da maravilhosa paisagem da Ria de Aveiro.

Nota: nós percorremos os Passadiços de Aveiro a pé mas os mesmos podem ser percorridos de bicicleta sem qualquer problema, visto que o percurso é todo ele ciclável.

Na secção seguinte deste artigo encontra informação prática sobre o percurso, fotos ilustrativas dos Passadiços da Ria de Aveiro, o mapa do percurso, a altimetria e a rota GPS para download (não que seja preciso, visto que o percurso está super bem assinalado e é, virtualmente, impossível perder-se).

Clique para conhecer os Melhores Trilhos e Percursos Pedestres de Portugal

Passadiços de Aveiro: como chegar, principais pontos de interesse, fotografias do percurso pedestre, mapas e download/descarga de ficheiros em formato GPX / KML para Google Earth, GPS e Smartphone

Informação prática da totalidade do percurso dos Passadiços da Ria de Aveiro

Distância: 7,5 km (15 km ida e volta)

Circular: não

Dificuldade Técnica: Fácil

Início: Canal de São Roque

Fim: Ponte Caída sobre o Rio Vouga em Vilarinho

Informação prática do percurso dos Passadiços da Ria de Aveiro que nós percorremos (e recomendamos)

Distância: 5 km (10km ida e volta)

Circular: não

Dificuldade Técnica: Fácil

Início: Cais da Ribeira de Esgueira

Fim: Ponte Caída sobre o Rio Vouga em Vilarinho

Coordenadas GPS início Passadiços Aveiro: 40°39’25.1″N 8°38’10.5″W

Quando Ir: todas as estações são boas para percorrer os Passadiços de Aveiro. Convém é ter em conta que o percurso tem muito poucas sombras (apenas as encontra nos troços de terra batida que atravessam os bosques e pinhais), logo em dias de maior calor aconselhamos a ir bem cedo pela manhã ou ao final da tarde.

O que levar:

  • Calçado e roupa adequada a caminhadas
  • Água e snacks
  • Chapéu, protetor solar e óculos de sol
  • Uma máquina fotográfica ou um smartphone para registar os melhores momentos da caminhada pela fotogénica Ria de Aveiro. Se gostar de observar aves não se esqueça dos binóculos.
  • E o mais importante: um saco para trazerem convosco o vosso lixo
Dica VagaMundos: se é fã de passadiços não deixe de ler os nossos artigos sobre os Passadiços do Alamal, os Passadiços de Alvor e os Passadiços do Paiva.

Fotografias dos Passadiços de Aveiro

Grua antiga - Passadiços Ria de Aveiro
Grua antiga – Passadiços Ria de Aveiro
Mesmo com a maré quase vaza a Ria é maravilhosa
“Andar à Rola” – um dos muitos dizeres aveirenses que se encontram nos Passadiços de Aveiro
Nas zonas florestadas os passadiços dão lugar a pequenos troços de terra batida
Caniços – presença constante ao longo dos passadiços
Barcos da Ria de Aveiro
Maravilhosa paisagem da Ria de Aveiro

Mapa dos Passadiços de Aveiro e rota GPS (da versão de 10km)


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa dos Passadiços da Ria de Aveiro

Altimetria dos Passadiços de Aveiro

Onde ficar – Sugestões de Alojamentos

A cidade de Aveiro tem ampla e diversificada escolha de alojamento, mas na nossa opinião, nada melhor que ficar alojado num quarto com vista para os canais, o grande ex-libris de Aveiro. Mas dentre mais de duas centenas de soluções de alojamento, é certo que vai encontrar noites de descanso que são a sua cara. O difícil é escolher.

Hotel das SalinasNa nossa última passagem por Aveiro ficamos no Hotel das Salinas e podemos dizer que foi um verdadeiro achado. Este hotel boutique de 3 estrelas reúne todos os atributos que valorizamos numa estadia. Desde o primeiro minuto que fomos inundados de atenção e simpatia por parte da gerência e do staff, e os miminhos que viríamos a encontrar no nosso studio super aconchegante e confortável, com o bónus das melhores vistas sobre o Canal Central, deixaram-nos sem palavras.

hotel-das-salinasCamas super confortáveis e silêncio tranquilizador asseguram excelentes noites de descanso. E o super completo pequeno-almoço é a forma perfeita de começar o dia com  energia para a caminhada pelos Passadiços de Aveiro. A relação qualidade-preço é uma das melhores da cidade dos ovos moles. Clique para reservar a sua estadia no Hotel das Salinas.

Clique para ver outras boas opções de alojamento em Aveiro.

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem da World Nomads. São rápidos e fáceis de fazer, são a 100% especializados em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

3 COMENTÁRIOS

  1. peço desculpa, mas nao concordo com a sinalizaçao dos percursos: é zero ou enestente quer em AVEIRO, quer em Cacia, o que lamento

    • Bom dia Lúcia.
      A secção dos Passadiços de Aveiro que percorremos, e recomendamos, estava bem assinalada e tinha muitos placards de informação. Nos restantes locais não sabemos dizer.

  2. Visitei, hoje dia 23 Agosto de 2019, pela primeira vez o passadiço de Aveiro e penso que percorri todo o percurso pois no final estava tudo um pouco confuso.
    Confesso que vim para casa com sentimentos opostos em relação ao passadiço.
    Por um lado gostei do percurso escolhido para este passadiço, tem paisagem únicas da ria e é bastante agradável e saudável de se fazer.
    O passadiço de madeira ainda é recente mas parece-me bem tratado mas uma zona requere intervenção pois tem pelo menos uma tabua do piso partida.
    Espero que continuem a tratar bem a madeira para conservar o passadiço e evitar acidentes.
    No entanto tem falhas graves que no meu entender já deviam ter sido eliminadas de início e combatidas.
    Fiquei bastante triste com a quantidade de lixo nas zonas laterais do passadiço.
    Falo em troncos velhos, barcos todos podres, garrafas de plástico, pneus aos montes, um frigorífico todo podre, botas de borracha, pedaços de esferovites, bidões plástico e até, ao que parece, um caixote do lixo em plástico lá está no meio do lodo.
    Logo ao início deparamo-nos com uma propriedade onde o dono tem uma parte cheia de paus e chapas metálicas e plásticas o que dá um péssimo aspeto a quem visita um lugar destes.
    Na visita e na caminhada que fiz notei falta de informação tanto na deslocação como no passadiço.
    Deveria ter placas informativas no trajeto e no passadiço para que as pessoas saibam onde estão e quanto tempo necessitam de percorrer ate ao fim.
    Deveriam também ter caixotes do lixo espalhados pelo percurso, alertas para as pessoas não poluírem, informação dos malefícios dos plásticos e pneus para o ambiente e limpezas regulares.
    Espero com esta mensagem contribuir para a melhoria do passadiço.
    Paulo Ramalho

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.