Trilho Ruta del Cares – saiba como visitar o melhor trilho dos Picos de Europa

ruta del cares nos picos da europa

A Ruta del Cares está situada no Parque Nacional de Picos de Europa, mais precisamente entre a localidade asturiana de Poncebos e a localidade leonesa de Caín.

Para quem gosta de caminhadas, visitar os Picos de Europa e não percorrer este trilho, de cerca de 24km, é quase pecado. O trilho em si é de 12km, mas como é linear, ida e volta implicam dobrar a distância.

ruta-del-cares-picos-da-europa-spain-trekking-1

Apesar da sua extensão a Ruta del Cares é, ainda assim, um dos trilhos mais fáceis de calcorrear nos Picos de Europa. O desnível acumulado de toda a caminhada não ultrapassa os 700 metros, e tirando os primeiros dois quilómetros, em que se tem de superar uma rasgada e pedregosa subida (que se torna numa cansativa descida no regresso), é basicamente plano.

ruta-del-cares-picos-da-europa-spain-trekking-2

A Ruta del Cares acompanha o rio Cares entre as duas localidades, seguindo sempre ao longo de um magnífico desfiladeiro, conhecido pelo nome de “Garganta Divina”. As vistas são de facto divinais!

ruta-del-cares-picos-da-europa-spain-trekking-3Antigamente o acesso, pelo desfiladeiro, entre as duas localidades era praticamente impossível, mas entre os anos de 1916 e 1921 a companhia eléctrica Viesgo construiu um canal de água entre Caín e Poncebos, para alimentar a Central Hidroeléctrica de Poncebos.

ruta-del-cares-picos-da-europa-spain-trekking-4Mais tarde, entre 1944 e 1950, construiu paralelamente ao canal um trilho para facilitar a manutenção e a limpeza do canal, ainda hoje em atividade.

É precisamente esse trilho que milhares de pessoas percorrem nos dias de hoje, e que transformaram a Ruta del Cares, no trilho mais famoso dos Picos de Europa, e um dos mais belos de toda a Europa.

ruta-del-cares-picos-da-europa-spain-trekking-vagamundos-1

Onde ficar quando for percorrer a Ruta del Cares – Sugestões de localidades para procurar alojamento 

As melhores localidades para ficar a dormir quando for percorrer o trilho da Ruta del Cares são Poncebos e Arenas de Cabrales.

Poncebos tem a enorme vantagem de ficar mesmo no início da Ruta del Cares mas, por ser uma localidade mesmo muito pequena, tem mesmo muito poucos serviços.

Arenas de Cabrales, que fica a somente 5km do início da caminhada, tem uma maior oferta (e variedade) de alojamentos e todo o tipo de serviços de que precisa (como seja supermercados, restaurantes, farmácias, etc). Regra geral é onde ficamos alojados sempre que vamos percorrer a Ruta del Cares!

Tendo em conta que a Ruta del Cares é um dos trilhos mais famosos da Espanha, recomendamos que reserve o seu alojamento com o máximo de antecedência possível de forma a garantir os melhores preços. Clique nos links abaixo para procurar alojamento nas  respectivas localidades e opte sempre por reservar unidades hoteleiras que permitam o cancelamento, não vá ter algum imprevisto.

Dicas e relato da nossa caminhada pela Ruta del Cares

Pode-se iniciar a Ruta del Cares em ambas as localidades, mas o acesso de automóvel a Poncebos, na província das Astúrias, é bem mais fácil do que o acesso a Caín. Arenas de Cabrales, que é um dos melhores locais para pernoitar na parte asturiana dos Picos, fica a somente três quilómetros de distância. Por isso mesmo nós optamos por iniciar a nossa caminhada em Poncebos.

ruta-del-cares-picos-da-europa-spain-trekking-vagamundos-2Como já mencionamos, os primeiros dois quilómetros da Ruta del Cares são sempre a subir, ao que se lhes segue uma pequena, mas sinuosa descida. Mas pior que os desníveis é o terreno. As pedras soltas são aos milhares e basta um pequeno descuido para uma queda se tornar inevitável… sobretudo se estiver a chover. E também convém ter o olho aberto para a queda de pedras, que infelizmente são mais frequentes que o desejado, ao longo de praticamente todo o trilho.

ruta-del-cares-picos-da-europa-spain-trekking-vagamundos-3Nós tivemos sorte e não só não partimos a cabeça, como apanhamos ainda um esplendoroso dia de sol. Contudo convém sempre ir prevenido para a intempérie, pois se há algo que é certo nos Picos de Europa, é a incerteza meteorológica.

ruta-del-cares-picos-da-europa-spain-trekking-vagamundos-4Após a descida o trilho torna-se plano, e serpenteia as imponentes montanhas ao longo do desfiladeiro. A paisagem é simplesmente soberba, de cortar a respiração! O rio Cares corre lá tão ao fundo, que mais parece um pequeno ribeiro, do que propriamente um rio.

ruta-del-cares-picos-da-europa-spain-trekking-vagamundos-5

ruta-del-cares-picos-da-europa-spain-trekking-vagamundos-6

ruta-del-cares-picos-da-europa-spain-trekking-vagamundos-7

Mais um par de horas e chegamos finalmente a Caín, agora com o rio Cares já mesmo ao nosso lado. Até dá para ir molhar os pés!

Depois de comermos umas sandes, iniciámos o percurso de volta. Apesar do trilho ser o mesmo a perspetiva é outra e como tal está longe de se tornar monótono. O pior do regresso é mesmo os últimos dois quilómetros a descer. Depois de mais de cinco horas a caminhar a sinuosa descida torna-se algo tortuosa para os joelhos.

Chegamos a Poncebos cansados mas felizes… afinal de contas havíamos percorrido um dos trilhos mais bonitos do Velho Continente!

Informação prática da Ruta del Cares

Distância: 12 km (24 km ida e volta)
Circular: não
Dificuldade Técnica: Moderada (sobretudo devido à distância)
Local de Partida/Chegada: Poncebos/Caín

Para mais informações sobre os Picos de Europa leia o nosso Roteiro dos Picos de Europa e os nossos artigos sobre os Lagos de Covadonga e Bulnes, um pequeno e isolado povoado nos Picos de Europa apenas acessível a pé ou de funicular.

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

24 COMENTÁRIOS

  1. Ainda bem que voltaram com a cabeça intacta. As paisagens são, de facto, maravilhosas.
    Acho que toda a gente devia ir a um sítio assim, de vez em quando, ficar um pouco isolado na Natureza, para relaxar, respirar ar puro e relativizar os problemas!
    Abraço
    Ruthia d'O Berço do Mundo

  2. Olá Ruthia. Recomendamos precisamente o mesmo. Faz muito bem estar em contacto direto com a natureza. Não há melhor!
    Abraços nossos

  3. Olá, gostaria de saber se só fizer para um dos lados o percurso se existem transportes para o inicio. Estou farto de procurar e não encontro qualquer informação.

    • Boa tarde Jorge. Que tenhamos conhecimento não existem transportes públicos. Só é possível chamando um taxi ou recorrendo a um tour organizado que faça pick-up

      • Quer dizer que há possibilidade de chamar um táxi? Arranja-se o número algures? 12 km os miúdos conseguem bem, 24 já vai ser muito para eles.

        • Sim, é possível apanhar um taxi em Caín. O melhor é pedir o contacto de um taxista no alojamento onde ficar e combinar o horário com o mesmo de antemão.

  4. Olá, dos 3 trilhos que fizeram (lagos de Covadonga, rota dos cares e Bulnes) qual deles recomendam em termos de beleza paisagística, para quem tem apenas um dia para desfrutar.
    Obrigada

    • Olá Ana. Tendo que escolher apenas um recomendamos a Ruta del Cares sem hesitar. É o trilho mais emblemático dos Picos e tem paisagens de cortar a respiração. É algo longo mas 80% do percurso é praticamente plano. Temos a certeza que depois vai querer voltar para fazer os outros 🙂 Boa viagem!

  5. Olá, acabei de vir dos Picos da Europa e do parque Somiedo, e não podia vir mais deslumbrada. Adoramos todos, os miúdos aguentaram bem as caminhadas, ruta del cares, send sel oso, lagos somiedo…que a natureza se mantenha assim, bela, intacta e contemplativa para quem a respeita.

    • Olá Filipa. São trilhos fantásticos. A natureza no seu melhor. E, como bem referes, são excelentes para toda a família. Continuação de boas viagens!

  6. Olá. Fui a semana passada aos Picos da Europa e vim fascinada. Fiz a Ruta del Cares e fui aos lagos de Covadonga.
    Efetivamente a Ruta é maravilhosa, adorei. O único aspeto negativo é a descida para poncebos que é algo assustador, face ao piso, que não merece confiança, pois além de as pedras cederem, a maioria não oferece segurança por estarem muito polidas e escorrega-se. Pesa também o facto de já ser o regresso e de termos já vinte kms em cima pelo que o cansaço também não ajuda 🙂 🙂

  7. Olá a todos, estou a pensar em fazer este percurso, só uma questão, há lavabos no caminho? É que as minhas Marias?!… 😄😄😄

    • Olá Ruben,
      Só existem casas de banho no início e no final do percurso (nas aldeias de Poncebos e Caín).
      Boa caminhada!

  8. Olá! O percurso de ida e volta demora aproximadamente quanto tempo? Consideram exequível para quem não está habituado a caminhar?

    • Olá Carolina,
      O tempo de caminhada depende inteiramente do ritmo do caminhante. Se andar a 4km/hora demorará 6 horas a fazer a totalidade do percurso sem contar com as paragens.
      Se não tem por hábito caminhar 24km é exigente. Convém treinar um pouco antes de ir e ver como se sente após uma caminhada de 10-15km.
      Boas caminhadas!

  9. Obrigado pela partilha. Por causa das pedras não será aconselhável levar um capacete de escalada? Obg.

    • Nós não levamos nem vimos ninguém a utilizar capacete. Mas se vir que se sente mais confortável pode levar. Boa caminhada!

  10. Maria de Lourdes Gouveia

    Viva, bom dia
    Para quem gosta de caminhar mas não aguenta descidas (especie de vertigem) será de fazer uma parte so com volta antes da descida pedregosa? Obrigada e boas caminhadas

    • Olá Maria,
      A descida é pedregosa mas não é particularmente vertiginosa. Se fizer com calma em principio conseguirá superar o desafio.
      Boa caminhada!

  11. Olá, será um bom trilho para quem sofre de vertigens (medo de alturas)? Por exemplo, não consegui fazer todo o trilho da Levada do Caldeirão Verde na madeira…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.