Poças do Malho (Pozas Mallón) | Cascatas Rio Laboreiro

Poças do Malho (Pozas Mallón) | Cascatas Rio Laboreiro

No remoto vale do rio Laboreiro, onde o Parque Nacional da Peneda-Gerês se encontra com o Parque Natural da Baixa Limia e Serra do Xurés, o seu irmão gémeo galego, esconde-se um dos maiores tesouros naturais de Portugal e Espanha. Estamos a falar-lhe das Poças do Malho (ou Pozas do Mallón em espanhol), uma deslumbrante sequência de cascatas e lagoas do rio Laboreiro.

Poças do Malho (Pozas Mallón) | Cascatas Rio Laboreiro

Escusado será dizer que, para ver as Poças do Malho (Pozas do Mallón) in loco, não existe outra alternativa a não ser ir a pé. O que não é uma má notícia. Até é boa, pois o trilho pedestre que conduz ao miradouro das Poças do Malho (Pozas do Mallón), de onde poderá apreciar esta obra-prima da natureza em todo o seu esplendor, figura entre os melhores trilhos que já percorremos no Gerês/Xurés.

Poças do Malho (Pozas Mallón) | Cascatas Rio LaboreiroO trilho das Poças do Malho (Pozas do Mallón) desenvolve-se ao longo da margem espanhola do rio Laboreiro, que aqui marca a fronteira entre Portugal e Espanha, e vai levá-l@ a atravessar um frondoso bosque mágico, pejado de pedras musgadas e pequenos regatos.

Poças do Malho (Pozas Mallón) | Cascatas Rio LaboreiroAo longo do percurso será brindad@ com vistas esmagadoras sobre imponentes penedos de mil formas, encontrar uma miríade de paradisíacas lagoas do rio Laboreiro (simplesmente perfeitas para um refrescante mergulho nos dias quentes de verão) e uma cénica ponte pedonal internacional, para que possa dar um saltinho a Portugal.

Poças do Malho (Pozas Mallón) | Cascatas Rio LaboreiroPara @ ajudar a planear a sua visita às Poças do Malho (Pozas do Mallón), nas secções seguintes deste artigo irá encontrar uma breve descrição do percurso pedestre (para que saiba ao que vai), informações e dicas práticas do trilho, dicas de onde ficar a dormir e, ainda, o mapa e a rota GPS para download do Poças do Malho (Pozas do Mallón) (que pode descarregar gratuitamente e levar consigo no seu smartphone). Só fica a faltar meter a mochila às costas e partir à aventura!

Poças do Malho (Pozas Mallón) | Cascatas Rio Laboreiro

Na preparação da sua viagem para ir conhecer as Poças do Malho (Pozas do Mallón), sugerimos que leia também os seguintes artigos:

Guia completo para visitar as Poças do Malho (Pozas do Mallón) | Trilho das Cascatas do Rio Laboreiro

Onde ficam localizadas as Poças do Malho (Pozas do Mallón)?

Poças do Malho (Pozas Mallón) | Cascatas Rio LaboreiroComo já referimos atrás, as Poças do Malho (Pozas do Mallón) ficam localizadas no rio Laboreiro, num trecho que perfaz a fronteira natural entre Portugal e Espanha, mais concretamente na Reserva Natural Fluvial do Rio Laboreiro.

O lado português está integrado nos concelhos de Arcos de Valdevez e Melgaço e o lado espanhol no concelho de Entrimo, província de Ourense. A margem direita do rio faz parte do Parque Nacional da Peneda-Gerês, e a margem esquerda está inserida no Parque Natural da Baixa Limia-Serra do Xurés.

Quando ir visitar as Poças do Malho (Pozas do Mallón)

Poças do Malho (Pozas Mallón) | Cascatas Rio LaboreiroEm nossa opinião a primavera e o início do verão são as melhores alturas para ir visitar as Poças do Malho (Pozas do Mallón), pois é por norma a altura em que o rio Laboreiro apresenta maior caudal e assim poderá observar as suas cascatas e lagoas em todo o seu esplendor. De preferência num dia bem soalheiro!

Coordenadas GPS das Poças do Malho (Pozas do Mallón)

Latitude: 41°55’24.6″N
Longitude: 8°12’33.7″W

Como ir às Poças do Malho (Pozas do Mallón) | Trilho das Cascatas do Rio Laboreiro

Só há duas formas de ir conhecer as Poças do Malho (Pozas do Mallón): ou fazendo canyoning ou percorrendo um trilho pedestre, que se desenvolve na margem espanhola do rio Laboreiro. Escusado será dizer que a caminhada é de longe a opção mais fácil para ir visitar esta paradísicas cascatas e lagoas do rio Laboreiro.

OU-1209 – a estrada de acesso às Poças do Malho

O trilho que conduz às Poças do Malho (Pozas do Mallón) arranca junto à recôndita aldeia de Olelas, no concelho de Entrimo. E quando dizemos recôndita não estamos a exagerar. Olelas só tem uma estrada de acesso (OU-1209), que serpenteia pelas monumentais montanhas e escarpados vales da Serra do Xurês. Para quem vem de Portugal, a melhor forma de chegar a Olelas é atravessando a fronteira de Lindoso e daí seguir até ao povoado galego A Illa, onde arranca a estrada panorâmica OU-1209 que liga A Illa a Olelas.

Início do Trilho das Pozas do Mallón

Uma vez em Olelas, basta descer a íngreme ladeira por estrada asfaltada que o levará até à margem do rio Laboreiro, onde encontrará alguns lugares de estacionamento e a placa indicativa do início do trilho. Pelo caminho encontrará algumas cancelas de gado que deverá abrir e fechar depois de passar com o carro. É um beco sem saída, logo, não há como se enganar no caminho.

Poças do Malho (Pozas Mallón) | Cascatas Rio Laboreiro
Nos troços mais difíceis do trilho das Pozas do Mallón existem cordas de apoio

O trilho até ao Miradouro das Poças do Malho (Pozas do Mallón) é um percurso linear com somente 1,6 km de extensão (3,2 km ida e volta) e, apesar de não ser particularmente exigente, também não é nenhum passeio no parque, pois o piso tem troços muito irregulares e uma subidinha jeitosa imediatamente antes de chegar ao miradouro.

Ponte Internacional sobre o rio Laboreiro

O primeiro ponto de interesse do trilho que irá encontrar é a cénica ponte pedonal internacional sobre o rio Laboreiro, que lhe permite atravessar até ao lado português, onde tem um acesso mais facilitado às pequenas lagoas do rio Laboreiro que ficam nas imediações da ponte.

Após a ponte, o trilho do miradouro das Poças do Malho (Pozas do Mallón) irá conduzi-lo por um um bosque deslumbrante, pejado de pedras musgadas e pequenos cursos de água que por vezes obrigam a saltitar de pedra em pedra.

O bosque desemboca numa clareira, onde será brindado com excelentes vistas sobre as montanhas em redor e sobre mais uma mão cheia de pequenas quedas de água e lagoas e do rio Laboreiro.

Poças do Malho (Pozas Mallón) | Cascatas Rio Laboreiro
Pequenas quedas de água e lagoas e do rio Laboreiro

Caso queira ir a banhos aqui é o melhor local para o efeito, pois é relativamente fácil aceder às lagoas e existem muitas pedras bem polidinhas onde estender a toalha. É verdade que as Poças do Malho (Pozas do Mallón) são bem mais vistosas, mas para lá ir dar um mergulho ou faz canyoning ou um curso intensivo de cabra montanhesa.

Subida ao Miradouro das Poças do Malho

Um pouco mais à frente, irá entrar noutro bosque maravilhoso que precede o miradouro das Poças do Malho (Pozas do Mallón). Esta é a etapa mais exigente do trilho, pois é uma subida contínua ao longo de sensivelmente 400 metros, com quase 100 metros de desnível.

Miradouro das Poças do Malho (Pozas do Mallón)

Mas quando chegar ao fantástico miradouro das Poças do Malho (Pozas do Mallón) e colocar o olho na incrível sucessão de lagoas e cascatas do rio Laboreiro vai dar por muito bem empregue cada gotinha de suor.

Poças do Malho (Pozas do Mallón)
Dica VagaMundos: depois do miradouro, o trilho das Poças do Malho (Pozas do Mallón) continua em direção à pequena aldeia portuguesa de Ribeiro de Baixo. São sensivelmente mais 2 km que acrescentam muito pouco ao trilho. Honestamente, não recomendamos. Caso queira fazer mais uma caminhada existem muito melhores opções na região. Espreite a secção “o que visitar perto das Poças do Malho” deste artigo para ler as nossas sugestões.

Informação prática do Trilho das Poças do Malho (Pozas do Mallón)

  • Distância: 1,6 km (3,2 km ida e volta)
  • Circular: não
  • Dificuldade Técnica: Fácil
  • Desnível Acumulado: 260 metros
  • Local de Partida/Chegada: Aldeia de Olelas (ver mapa para a localização exata)
Se é fã de caminhadas na natureza, sugerimos que espreite o nosso artigo dos Melhores Trilhos e Percursos Pedestres de Portugal (clique para ler). Vai com certeza encontrar um que tem mesmo a sua cara!

Mapa com a localização e trilho das Poças do Malho (Pozas do Mallón) com rota GPS para download


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa com a localização e o trilho das Poças do Malho (Pozas do Mallón).

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

O que levar?

  • Mochila leve e confortável;
  • Calçado adequado a caminhadas;
  • Comida e bebida para fazer um picnic (não há qualquer tipo de serviços de apoio ao longo do Trilho das Poças do Malho);
  • Protetor solar, óculos de sol e chapéu;
  • Fato de banho (se for no verão, e quiser ir a banhos nas lagoas do rio Laboreiro);
  • Uma máquina fotográfica ou um smartphone para registar os melhores momentos no Trilho das Poças do Malho;
  • E o mais importante: um saco para trazer consigo todo o seu lixo.

Outros locais de interesse para visitar perto das Poças do Malho (Pozas do Mallón)?

Lindoso

Quanto for visitar as Poças do Malho (Pozas do Mallón), aproveite para partir à descoberta de outros locais mágicos desta região do Parque Nacional da Peneda-Gerês e do Parque Natural da Baixa Limia e Serra do Xurés. As nossas recomendações são as seguintes:

  • Percorrer o trilho das Cascatas do Val do Pacín, para ir conhecer o Pozo Caído e as Pozas dos Cirolos, mais duas lagoas de babar no concelho de Entrimo.
  • Ir tomar um banho quentinho nas Termas de Lobios e/ou nas Termas de Bande. São ambas ao ar livre e o acesso é completamente grátis. Ao lado das Termas de Bande pode visitar também o complexo de ruínas romanas Aquis Querquennis, um antigo acampamento militar romano.
  • Visitar a aldeia de Lindoso, célebre pelo seu castelo e pelo maior conjunto de espigueiros da Península Ibérica.
  • Percorrer o Trilho da Mistura das Águas, para ir conhecer a divinal Lagoa dos Druidas.
  • Visitar Castro Laboreiro e a pequena Aldeia de Pontes, onde irá encontrar mais uma mão cheia de lagoas e cascatas do rio Laboreiro
  • Fazer uma caminhada pela Mata da Albergaria e ir dar um mergulho na Cascata da Portela do Homem e nas Lagoas da Albergaria;

Onde ficar a dormir perto das Poças do Malho (Pozas do Mallón)? Sugestões de alojamento

Entrimeña 2 (Entrimo)

Com quartos privados espaçosos e impecavelmente limpos, o Entrimenã 2 é uma opção económica de alojamento em Entrimo para casais e famílias. Este hotel despretensioso, funcional e acolhedor tem quartos familiares e é pet-friendly. O pequeno almoço recebe elogios como “digno de hotel de 5 estrelas”, “de uma variedade infindável”, “comemos como reis”.

Casa Baralló (Lobios)

Se procura um oásis de sossego, rústico, com piscina e jardim, rodeado de natureza, a Casa Barralló é para si. Rodeada de natureza, na aldeia A Carreira, longe da confusão e com todas as comodidades para uma estadia memorável, esta guesthouse prima pela limpeza e conforto. A atenção e dedicação do anfitrião, o Sr. Pepe, é notável – e o pequeno almoço é excecional!

Apartamentos El Valle (Lobios)

Os Apartamentos El Valle são excecionais! Novos, modernos, espaçosos e totalmente equipados, nada lhes falta para estadias independentes inesquecíveis. Até brilham de tão limpos e perfumados. Conforto e simpatia do staff 5 estrelas, aos quais se junta uma localização soberb: os “banhos” termais públicos de Lobios são praticamente ao lado. Relaxar no jardim a ouvir o rio Caldo correr, não tem preço.

Clique para ver mais opções de alojamento perto dos Poços do Malho (Pozas do Mallón)

Outros Trilhos com Cascatas e Lagoas no Gerês

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.