Roteiro Eslovénia: o que visitar em viagem de carro

Roteiro Eslovénia - o que visitar

Está a planear uma viagem à verdejante Eslovénia? Então veio ao sítio certo. Neste artigo vai encontrar uma sugestão de roteiro pela Eslovénia, com os principais pontos de interesse e muitas dicas práticas para planear a sua visita a este fascinante país dos Balcãs.

Roteiro EslovéniaComo já deve saber a Eslovénia é um dos países mais pequenos da Europa, com pouco mais de 2 milhões de habitantes. Mas o que lhe falta em tamanho sobra-lhe em locais de interesse.

Roteiro EslovéniaDesde a sua sedutora e verdejante capital Liubliana à atraente costa do mar Adriático, passando pelos imponentes Alpes Julianos, há um mundo imenso repleto de maravilhas para descobrir. Há tanto para ver e fazer que até custa a acreditar que o país é tão pequeno. E como tudo fica relativamente perto não vai perder muito tempo com viagens.

Visistar Eslovénia - Roteiro de CarroPrepare-se para percorrer cidades medievais, mergulhar em lagos que parecem recortados de contos de fadas, surpreender-se com a força e beleza de cascatas paradisíacas, perder-se em frondosos bosques mágicos, percorrer estradas super cénicas, visitar castelos imponentes, deambular por cidades venezianas, explorar grutas assombrosas, nadar no quentinho mar Adriático e, acima de tudo, deixar-se maravilhar com paisagens de cortar a respiração.


Se está a planear uma viagem aos Balcãs leia também os nossos Roteiros da Croácia e de Montenegro


Conteúdo deste Artigo


Informações e dicas para Roadtrip na Eslovénia

Informações práticas

  • Língua: Esloveno
  • Capital: Liubliana
  • Moeda: Euro
  • Fuso Horário: GMT +1
  • Indicativo Eslovénia: +386
  • Visto Eslovénia: os cidadãos portugueses e brasileiros não precisam de visto para visitar a Eslovénia (estadias para fins turísticos até 90 dias)

Custo de Vida 

O custo de vida na Eslovénia é idêntico a Portugal. Existem coisas um pouco mais baratas, como sejam as portagens e o combustível, e outras mais caras, como sejam os alojamentos e as entradas nos monumentos e parques naturais (estas últimas são algo puxadas).

Eslovénia
Paisagens como esta são 100% grátis

Saúde e Condições higiénicas 

A Eslovénia apresenta excelentes condições sanitárias, não sendo obrigatórias vacinas para se visitar o país. A água canalizada é potável e na maioria das cidades existem fontes onde pode encher a sua garrafa de água reutilizável, o que evita comprar água engarrafada (o ambiente agradece). Os cidadãos europeus têm acesso a cuidados de saúde e assistência médica nos serviços públicos da Eslovénia utilizando o Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD). Terá apenas de pagar a taxa moderadora como qualquer cidadão esloveno. Se não tiver o CESD, ou para se precaver contra outros contratempos (como roubos, perca de malas, cancelamento da viagem, etc) recomendamos que faça um Seguro de Viagem. Já fomos assaltados em viagem, perdendo parte significativa do nosso equipamento, e, se não fosse o nosso seguro de viagem, teríamos gasto milhares de euros para repor esse equipamento.

Seguro de Viagem para a Eslovénia

A nossa escolha de seguro de viagem recaí quase sempre no pacote Explorer da World Nomads. É rápido e fácil de fazer, são a 100% especializados em viagens, têm um ratio custo-benefício muito positivo e uma vertente de responsabilidade social com a aliança à Footprints, que angaria fundos e dinamiza projetos de desenvolvimento para pequenas comunidades. Clique aqui para fazer uma simulação de seguro para a sua viagem à Eslovénia.

Quando visitar a Eslovénia

Esplanadas na EslovéniaA época alta na Eslovénia é entre junho e agosto. O tempo é, por norma, excelente (até é possível nadar nos lagos) e um pouco por todo o lado existe um clima de festa. O senão são os preços altos dos alojamentos e as multidões. Por isso, em nossa opinião, os melhores meses para visitar são os primaveris abril e maio e os outonais setembro e outubro (shoulder season). O tempo ainda é decente, não há multidões e os preços são bem mais em conta. E como não está tanto calor é ideal para quem pretende desfrutar dos (muitos) trilhos da Eslovénia. Se for amante de desportos de inverno, como o ski, recomendamos que visite entre meados de dezembro a março, altura em que os Alpes Julianos estão, habitualmente, repletos de neve.

Como chegar à Eslovénia – dicas de voos

Não existem voos diretos de Portugal para a Eslovénia. Se pretender voar de Lisboa ou Porto para Liubliana terá sempre de fazer escala. A alternativa que encontramos (e recomendamos) foi voar para a vizinha capital da Croácia, Zagreb, através de um voo direto da Croatian Airlines a partir de Lisboa. Não só evitamos uma escala prolongada como poupamos imenso dinheiro, visto que a passagem aérea de Lisboa-Liubliana custava praticamente o dobro do preço.

Como Zagreb dista apenas 140 km de Liubliana (cerca de 2 horas de autoestrada, já contando com o controlo fronteiriço entre os dois países) esta alternativa compensou, e muito. Para terem uma ideia, com o dinheiro da poupança deu (e sobrou) para pagar o aluguer do carro, com seguro contra todos os riscos, e ainda suportar os custos com portagens e combustível.

Clique para pesquisar voos através da Skyscanner

Conduzir na Eslovénia e aluguer de carro

Em nossa opinião a melhor maneira de explorar a Eslovénia é fazendo uma roadtrip. Grande parte dos locais de interesse deste país são belezas naturais que, na sua maioria, não são servidas de transportes públicos (sobretudo fora da época alta). Por isso, a não ser que viaje com viatura própria ou pretenda recorrer a tours, o melhor mesmo é alugar um carro.

Alugar Carro EslovéniaNós alugamos o nosso através da RentalCars (do mesmo grupo do Booking.com) e correu tudo cinco estrelas, como de costume. O que gostamos da RentalCars é que permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car (e assim encontrar o melhor preço disponível) sendo ainda possível cancelar o aluguer sem qualquer custo até 48h antes da partida. Clique para ver todas as opções de aluguer de carro.

Dica: se optar por fazer o seu aluguer na RentalCars optem também por fazer o seguro contra todos os riscos com eles pois é, significativamente, mais barato do que quando contratado diretamente à empresa de rent-a-car.

Conduzir na Eslovénia é super tranquilo, até porque os eslovenos são bastante cívicos atrás do volante. As autoestradas são boas e as portagens são muito mais baratas que em Portugal. Para circular nas autoestradas é obrigatório comprar uma vinheta para colocar no para-brisas do carro. Com essa vinheta pode circular sem qualquer restrição em todas as autoestradas, sem mais custos adicionais. A vinheta para sete dias custa apenas 15 € e pode ser adquirida em qualquer posto de combustível.

Tours locais e atividades na Eslovénia

Se não pretende alugar carro na Eslovénia recomendamos vivamente que recorra a um tour local para explorar algumas das belezas naturais da Eslovénia. Não terá problemas em se deslocar de transportes públicos entre as maiores cidades, mas é de todo impossível explorar grande parte do Parque Nacional de Triglav sem viatura própria.

Se gosta de atividades na natureza, como rafting ou canyoning, aproveite a sua passagem pela Eslovénia para viver emoções fortes.

Abaixo colocamos os nossos tours e atividades de natureza favoritos da Eslovénia. Clique nos respetivos links para consultar os programas:

Alojamento na Eslovénia – onde ficar

O alojamento na Eslovénia já não é de si muito barato, e se deixar para a última hora arrisca-se a pagar o dobro do preço. Tendo em conta a curta duração deste roteiro da Eslovénia, e sobretudo se viajar durante a época alta, recomendamos vivamente que reserve os seus alojamentos com antecedência através do Booking.com, pois o mesmo permite cancelar sem custos a maioria das reservas. Clique para ver as melhores opções de alojamento na Eslovénia.

Dica: visto que vai fazer uma roadtrip pela Eslovénia, e os estacionamentos são praticamente todos pagos (e caros), opte por ficar em alojamentos que ofereçam parqueamento gratuito para os hóspedes. Acredite que pode poupar largas dezenas de euros tendo este pormenor em atenção.

Roteiro Eslovénia (7 dias de carro) – Roadtrip com o melhor da Eslovénia

É importante referir que o número de dias que sugerimos para o roteiro da Eslovénia pressupõe que a viagem seja feita de carro ou moto e não inclui os dias de viagem do local de origem para a Eslovénia e vice-versa. Logo terá sempre de acrescentar mais dois dias para a ida e volta desde o seu ponto de partida até Liubliana, o ponto de início e fim deste roteiro de 7 dias pela Eslovénia.

Como é habitual nos nossos roteiros, o número de dias é meramente indicativo. Se abdicar de fazer algumas das atividades que sugerimos ou cortar alguns pontos de interesse, pode fazer este roteiro em 5 dias sem qualquer problema. Caso queira fazer mais algumas atividades de natureza, ou simplesmente relaxar junto a um dos muitos lagos ou na costa do Adriático, acrescente mais um par de dias e alargue este roteiro da Eslovénia para 10 dias.

Dia 1 do roteiro da Eslovénia: Liubliana

Rio Ljubljianica - Roteiro da Eslovénia
Rio Ljubljianica – Roteiro da Eslovénia

O primeiro dia do nosso roteiro da Eslovénia é todo ele dedicado a explorar a encantadora Liubliana. Se lhe dissermos que os principais pontos de interesse turístico a visitar em Liubliana estão num raio de, no máximo, 15-20 minutos a pé do centro, não estamos a mentir. Liubliana tem vindo a chamar cada vez mais a atenção dos visitantes e não ficaremos minimamente surpreendidos quando a virmos figurar nos tops das capitais europeias mais visitadas.

Apesar de pequena, Liubliana tem um ambiente espetacular e tem tanto para oferecer a todos os que gostam de experiências de viagem. Avisamos já que se vai apaixonar por esta pequena capital europeia que conquista o coração de todos os visitantes.

Ponte dos Talhantes - Liubliana
Ponte dos Talhantes

Comece o seu dia com um passeio ao longo das margens do Rio Ljubljianica, onde não faltam excelentes cafés e restaurantes com agradáveis esplanadas, veja os dragões (símbolo da cidade de Liubliana), na icónica Ponte do Dragão, atravesse a Ponte dos Talhantes (repleta de cadeados dos enamorados) e explore sem pressas o buliçoso Mercado Central, um mercado ao ar livre onde pode experimentar alimentos locais, ou comprar frutas, legumes frescos e artesanato.

Ponte Tripla - ex-libris de Liubliana
Ponte Tripla – ex-libris de Liubliana

Continue o seu roteiro pelo centro histórico visitando a Catedral de Liubliana, a Fonte Robba (que faz lembrar a Fontana dei Quattro Fiumi em Roma), a Câamara Municipal e percorrendo estreita ruela Ključavničarska ulica, famosa pelas suas centenas de pequenas faces de bronze e pela sua fonte misteriosa. Daí siga até ao ex-libris de Liubliana, a fantástica Ponte Tripla, que cola com a Praça Prešernov de onde se destaca a colorida Igreja Franciscana da Anunciação.

Da parte da tarde suba até ao Castelo de Liubliana e deixe-se maravilhar com as fantásticas vistas sobre a cidade. Dá para ir e vir a pé, e o passeio é muito agradável, mas se não quiser cansar as pernas pode sempre subir de funicular.

Castelo de Liubliana visto do centro histórico - visitar EslovéniaCastelo visitado rume até à Praça do Congresso e daí siga até ao gigantesco Parque Tivoli, para desfrutar da natureza em pleno coração da cidade. Se viajar com crianças garantimos que eles vão adorar. Se vir que tem tempo aproveite a sua passagem pelo Parque Tivoli para visitar também o Museu Nacional da Eslovénia.

Parque Tivoli Feche o seu primeiro dia do roteiro da Eslovénia com um passeio de barco pelo Rio Ljubljianica ou desfrute de um delicioso gelado ou de uma bebida numa das muitas esplanadas plantadas nas margens do rio.

Dica: se gosta de arte urbana e cultura alternativa não deixe de visitar o Metelkova Mesto, um centro de cultura alternativa que se desenvolveu a partir de um antigo quartel do exército, um pouco à semelhança da Christiania de Copenhaga.

Onde ficar em Liubliana – Sugestões de alojamento

Na nossa última visita a Liubliana ficamos alojados no B&B Hotel Ljubljana Park e gostamos imenso da estadia. A localização é excelente, dando para visitar todos os locais de interesse da cidade a pé. Os quartos são muito confortáveis e o pequeno-almoço é simplesmente divinal. A relação preço/qualidade é uma das melhores de Liubliana.

Delicioso pequeno-almoço no B&B Hotel Ljubljana Park

Oferece ainda estacionamento privado a baixo custo e é um Green Hotel, ou seja está seriamente comprometido com o desenvolvimento sustentável, incentivando o respeito pelo meio ambiente e pondo em prática um sem número de medidas ecológicas. Clique para mais informações, ler reviews de hóspedes e reservar a sua estadia no B&B Hotel Ljubljana Park.

Outras duas boas opções de alojamento, das quais gostamos muito, são o Grand Hotel Union e o Best Western Premier Hotel Slon. Estão ambos muito bem localizados e apresentam excelentes níveis de conforto, com tudo o que precisa para uma excelente estadia em Liubliana. Contudo o preço da estadia é um pouco mais elevado que no B&B Hotel Ljubljana Park daí acharmos que este último apresenta uma melhor relação custo/benefício.

Se procura uma alternativa mais económica sugerimos o Galeria River, localizado num antigo palácio junto ao rio e perto do centro histórico. Em nossa opinião é uma das melhores opções de alojamento económico de Liubliana.

Para estadias de luxo espreite o InterContinental, provavelmente o melhor cinco estrelas da capital da Eslovénia.

Clique para ver mais opções de alojamento em Liubliana

Dia 2 do roteiro da Eslovénia: Liubliana – Lago Bled

O segundo dia do roteiro da Eslovénia marca o verdadeiro início da sua roadtrip pela Eslovénia. Recomendamos que arranque cedo de Liubliana para fugir ao trânsito e assim ter mais tempo para desfrutar do ex-libris da Eslovénia, o paradisíaco Lago de Bled. Podemos afiançar que por mais fotos que tenha visto vai ficar boquiaberto com a beleza desta maravilha da natureza.

De Liubliana até ao Lago Bled, situado na extremidade do Parque Nacional de Triglav, são pouco mais de 60 km. Logo, se não apanhar trânsito, chega lá em menos de uma hora nas calmas.

O estacionamento no Lago Bled é todo ele pago e nos parques mais perto do lago o estacionamento está limitado a duas horas. Se o alojamento que reservou tem estacionamento incluído (tenha mesmo isso em atenção no momento da reserva), o melhor mesmo é seguir diretamente para o hotel e parquear a sua viatura antes de partir à descoberta dos encantos do Lago Bled.

Lago Bled - Roteiro da EslovéniaIndependentemente da opção que tomar, não deixe de fazer uma caminhada ao redor do lago, de visitar a Ilha de Bled (onde fica a Igreja da Anunciação) e o Castelo de Bled, que parece recortado de um conto de fadas.

Se tiver tempo, alugue um barco a remos ou um caiaque e desfrute das plácidas águas do Lago Bled. Se for no verão, aproveite e dê um mergulho. Por incrível que pareça, as águas do lago chegam à atingir 26 graus, pois é alimentado por fontes termais.

Miradouro de Ojstrica - Lago Bled
Miradouro de Ojstrica – Lago Bled

Para a melhor vista sobre o maravilhoso Lago de Bled e as montanhas circundantes, suba ao miradouro Ojstrica (trilho com cerca de 1,5km, ida e volta, partindo da zona do Parque de Campismo de Bled, onde existe um parque de estacionamento). Garantimos que vai ser recompensado pelo esforço e que vai tirar uma selfie épica!

Dica: não deixe de experimentar o bolo típico de Bled, a Kremsnita. A melhor pastelaria para experimentar a iguaria é a Slascicarna Smon mas se quiser aliar uma boa Kremsnita com uma vista sobre o lago de babar vá antes à esplanada do Park Restaurant & Café. É a combinação perfeita!

Onde ficar no Lago Bled – Sugestões de alojamento

Durante a nossa última roadtrip pela Eslovénia, decidimos ficar alojados no Hotel Triglav, um dos hotéis mais históricos de Bled.

Os quartos são muito espaçosos, têm ar condicionado, mobiliário clássico e a grande maioria dos quartos oferece uma vista soberba sobre o Lago Bled. A do nosso era top! O pequeno-almoço é muito bom e, por norma, já está incluído no preço do quarto. Os hóspedes têm ainda acesso gratuito a uma piscina interior, que bem jeito nos deu numa das tardes em que caiu um dilúvio. O restaurante do hotel (Restaurante 1906) tem fama de ser muito bom e pelo aspeto promete ser um local excelente para um jantar romântico com vista para o lago. Infelizmente, nas duas noites em que lá estivemos, estavam a receber eventos e como tal não pudemos experimentar.

A desfrutar da piscina no Hotel Triglav – perfeito para fintar a chuva

O hotel oferece também estacionamento privado e gratuito para os hóspedes, e como fica situado a somente 200 metros do Lago Bled, permite ir a pé para todo o lado e assim poupar nos (caríssimos) estacionamentos em redor do lago. Foi uma das razões pelo qual o escolhemos e não nos arrependemos nada.

Os preços rondam os 100 €/noite, já com pequeno-almoço. Face aos preços que se praticam em Bled e à qualidade do hotel achamos que é um excelente negócio. Clique para mais informações, ler reviews de hóspedes e reservar a sua estadia no Hotel Triglav.

Como é um dos hotéis mais requisitados está muitas das vezes esgotado. Se for esse o caso espreite o Nature Hotel Lukanc e o Adora Luxury Hotel, ambos dentro da mesma fasquia de preços do Hotel Triglav e com excelentes reviews. Estão um pouco mais afastados do lago mas ambos apresentam uma boa relação preço/qualidade e oferecem estacionamento gratuito.

Se procura uma estadia mais económica sugerimos a Penzion Kaps, onde ficamos na nossa anterior passagem pelo Lago Bled. Fica a “walking distance” do lago, oferece quartos com casa de banho privada, tem estacionamento privado e gratuito e um bom pequeno-almoço já incluído no preço.

Para estadias de luxo a melhor aposta é o Hotel Park, que fica mesmo no centro de Bled e à beirinha do lago. O grande problema é conseguir um quarto livre, sobretudo na época alta, pois as taxas de ocupação do Hotel Park são elevadíssimas. É imperativo reservar com (muita) antecedência.

Clique para ver mais opções de alojamento no Lago Bled

Dia 3 do roteiro da Eslovénia: Lago Bled – Desfiladeiro de Vintgar (Vintgar Gorge) – Lago Bohinj – Cascata Savica – Lago Bled

O dia de hoje vai ser todo ele passado no meio da natureza, no coração do Parque Nacional de Triglav, em plenos Alpes Julianos.

Como tal sugerimos que comece o terceiro dia do seu roteiro da Eslovénia bem cedo e que rume logo até à Garganta de Vintgar (Vintgar Gorge), para tentar fintar as multidões das excursões.

Garganta de Vintgar
Garganta de Vintgar – Roteiro Eslovénia

A Garganta de Vintgar é um desfiladeiro com cerca de 1,6 km localizado a somente 5 km de Bled. O desfiladeiro foi esculpido pelo rio Radovna, um rio cristalino verde-esmeralda simplesmente irresistível.

É possível percorrer a pé toda a extensão do desfiladeiro através de assombrosos passadiços suspensos sobre o rio. Ao longo do percurso vai cruzar o rio Radovna várias vezes, passar sobre rápidos, cascatas e pequenas piscinas naturais, até chegar à enorme Cascata Sum (Sum Slap) com 16 metros de altura.

Garganta de Vintgar visitada, rume até ao Lago Bohinj, o maior lago do Parque Nacional de Triglav.

Lago Bohinj
Lago Bohinj

Não deixe de fazer um passeio pelas margens do Bohinj (a volta completa ao lago são cerca de 12 km que se fazem bem em 4 horas) e de visitar a Igreja de São Batista. Há semelhança do que acontece no Lago Bled, também é possível alugar barcos a remo no lago Bohinj.

Cascata de Savica
Cascata de Savica – a mais visitada da Eslovénia

Termine o terceiro dia do seu roteiro pela Eslovénia com uma visita à Cascata de Savica (Savica Slap), com os seus impressionantes 78 metros de altura. Para ir do estacionamento até à base da cascata é preciso percorrer um curto trilho linear pelo meio da floresta. Apesar do percurso pedestre ser curto (1,6 km ida e volta), exige subir cerca de 500 degraus. Mas acredite que ver in loco esta maravilha da natureza vale a pena o esforço. Não é à toa que é a cascata mais visitada da Eslovénia.

Dica: se vir que tem tempo suba até ao prado alpino de Vogar, o lugar de onde se obtêm as melhores vistas sobre o Lago Bohinj. Para lá chegar, tanto pode ir de carro como de teleférico.

Dia 4 do roteiro da Eslovénia: Cascata Pericnik – Reserva Natural Zelenci – Lago Jasna – Capela Russa – Vrsic Pass – Vale de Trenta – Kobarid

O quarto dia do roteiro da Eslovénia vai ser o dia de condução mais espetacular da sua roadtrip pela Eslovénia. Vai adentrar-se nos Alpes Julianos percorrendo a estrada mais elevada da Eslovénia, uma das passagens de alta montanha mais brutais da Europa. Escusado será dizer que vai ser brindado por paisagens de cortar a respiração.

Cascata de Pericnik
Cascata de Pericnik

É importante referir que este é o dia mais ambicioso deste roteiro por isso, se quer ver tudo o que lhe vamos sugerir, é imperativo madrugar.

A primeira paragem do dia é na Cascata de Pericnik, uma das nossas cascatas favoritas da Eslovénia.

Reserva Natural Zelenci
Reserva Natural Zelenci

Daí continue a rumar a norte em direção a Kranjska Gora, o maior centro de ski da Eslovénia. A localidade em si não tem nenhum highlight especial, mas nas suas imediações pode (e deve) visitar a bela Reserva Natural Zelenci, onde nasce o rio Sava, e o Lago Jasna, onde encontra a estátua do Zlatorog, a cabra montanhesa que serve de símbolo do Parque Nacional de Triglav.

Lago Jasna
Lago Jasna

Visitas feitas está na hora da maior aventura do dia, percorrer a lendária Vršič Pass, a passagem de alta montanha, pelos Alpes Julianos, que liga Kranjska Gora a Bovec.

A estrada foi mandada construir pela Alemanha e o Império Austro-Húngaro durante a Primeira Guerra Mundial, sendo que a maior parte do árduo trabalho foi levada a cabo por prisioneiros de guerra russos. Por essa razão, esta estrada é também designada de Estrada Russa.

Roadtrip Eslovénia
Pausa para admirar as paisagens da Estrada Russa – Roadtrip Eslovénia

Como seria de esperar, a estrada é estreita e extremamente sinuosa, sobretudo entre Kranjska Gora e o Vale do Trenta (cerca de 25 km), com curvas e contracurvas super fechadas, entre elas 50 cotovelos (sim leu bem, são mesmo 50), capazes de pôr a teste os seus dotes de condução.

Capela Russa
Capela Russa

Em nossa opinião as duas paragens obrigatórias, antes de chegar ao Vale do Trenta, são a Capela Russa, construída no local onde mais de 300 prisioneiros de guerra russos perderam a vida devido a uma avalanche, e o Vršič Pass, o ponto mais alto da estrada a 1611 metros de altitude.

Informação importante sobre a Vršič Pass

Como a Vršič Pass é uma passagem de alta montanha, só costuma estar aberta entre maio e outubro. Nós passamos por lá mesmo no final de maio e só tinha aberto no dia anterior e voltou a fechar dois dias depois. A não ser que vá mesmo no verão, o melhor é confirmar se a estrada está aberta junto das autoridades ou do posto de turismo de Kranjska Gora.

Caso esteja encerrada deve tomar a estrada alternativa que segue via Itália e reentra na Eslovénia pela estrada Mangrtska Cesta, também ela muito bonita e significativamente menos sinuosa.

Ponte sobre o rio Soča
Ponte sobre o rio Soča

Já no Vale do Trenta não deixe de visitar a nascente do rio Soča, o rio esmeralda mais esplendoroso da Eslovénia, e de atravessar algumas das suas irreais pontes suspensas.

Termine o dia na castiça e pacata cidade de Kobarid, no coração do Vale do Soča, palco de violentas batalhas durante a Primeira Guerra Mundial e imortalizada pela pena de Hemingway.

Onde ficar em Kobarid – Sugestões de alojamento

Kobarid é uma pequena cidade de montanha, logo a oferta de alojamentos é muito inferior à que se encontra em Liubliana e no Lago Bled.

Nós ficamos alojados no histórico Hotel Hvala, um hotel de gerência familiar em que impera a simpatia e o atendimento personalizado.

O nosso espaçoso quarto no Hotel Hvala

O hotel fica mesmo no centro de Kobarid e apresenta níveis super elevados de conforto. Adoramos as comodidades do nosso quarto, a esmerada decoração do hotel (até o poço do elevador não foi descurado e é uma autêntica obra de arte – é ver para crer) e o excelente pequeno-almoço, já incluído no preço da estadia. Oferece ainda estacionamento privado e gratuito. A relação preço/qualidade é imbatível em Kobarid. Clique para mais informações, ler reviews de hóspedes e reservar a sua estadia no Hotel Hvala.

Se procura uma solução de alojamento mais económica a nossa sugestão é que opte por ficar num apartamento, pois os restantes alojamentos mais tradicionais de Kobarid não apresentam um bom rácio custo/benefício. Entre os apartamentos, estão bem cotados os Apartments Masera e os Apartments RA-fting.

Clique para ver mais opções de alojamento em Kobarid

Onde comer em Kobarid: se procuram um local romântico para jantar em Kobarid, recomendamos o restaurante Topli Val, que fica no Hotel Hvala. Jantamos lá uma das noites e podemos afirmar, sem rodeios, de que foi o jantar mais agradável e romântico da nossa última roadtrip pela Eslovénia.

O peixe é a especialidade da casa há várias gerações, e os pratos que nos serviram estavam divinais. Achamos a carta de vinhos muito boa e fomos (muito) bem aconselhados na hora da escolha. O atual cheff é o neto dos fundadores do restaurante e sente-se que coloca paixão em cada um dos seus pratos. A combinação de receitas que atravessaram gerações com um toque moderno e gourmet é uma receita vencedora.

Dia 5 do roteiro da Eslovénia: Kobarid – Cascata Kozjak (Slap Kozjak) – Cascata Boka (Slap Boka) – Cascata Virje (Slap Virje)  –  Desfiladeiro de Tolmin – Most na Soci – Kobarid

Hoje é dia de explorar o Vale do Soča, a meca dos amantes de outdoors da Eslovénia. Devido ao rio Soča, esta região do Parque Nacional de Triglav, é simplesmente perfeita para a prática de desportos náuticos como sejam o rafting e a canoagem, ao qual se somam alguns dos melhores trilhos da Eslovénia, desfiladeiros perfeitos para escalada e uma mão cheia de cascatas.

Cascata de Kozjak – Kobarid

Comece o quinto dia do seu roteiro pela Eslovénia percorrendo o Kobarid Historical Trail. Este percurso pedestre circular, com cerca de 8 km, leva-o a conhecer a história desta região, desde a antiguidade até a Primeira Guerra Mundial e ainda brinda o caminhante com fantásticas paisagens e tesouros naturais, das quais destacamos a surpreendente cascata de Kozjak (se forem no verão, não deixem de tomar uma banhoca).

Roteiro EslovéniaTrilho realizado, rume em direção à cidade vizinha de Bovec para visitar as cascatas Boka e Virje. Se a primeira impressiona pelo tamanho (tem mais de 130 metros de altura, o que faz dela a maior cascata da Eslovénia), a segunda impressiona pelo idílico cenário envolvente. De todas as cascatas que visitamos na Eslovénia, esta é a melhor para ir a banhos.

Desfiladeiro de Tolmin
Desfiladeiro de Tolmin

Daí prossiga viagem até à pequena localidade de Zatolmin para visitar o impressionante Desfiladeiro de Tolmin (Tolmin Gorge), o ponto mais baixo do Parque Nacional de Triglav, na confluência dos rios de cristalina água azul-turquesa, Tolminka e Zadlaščica.

Vista da Ponte do Diabo
Vista da Ponte do Diabo

Ambos os rios escavaram profundos desfiladeiros nas rochas e ao longo de um curto trilho circular de 3 km vai ter a oportunidade de apreciar os desfiladeiros, tanto a partir do topo como da parte inferior. Os pontos mais emblemáticos do Desfiladeiro de Tolmin são a confluência dos rios Tolminka e Zadlaščica, a pedra Cabeça do Urso, a Caverna de Dante e a vertiginosa Ponte do Diabo (se tiver vertigens, não olhe para baixo).

Se ainda tiver energias, termine o dia com um tranquilo passeio ao longo das margens do bucólico lago esmeralda de Most na Soci.

Dica: um dia é manifestamente pouco para se explorar e desfrutar convenientemente do Vale do Soča. Por isso, se tem a possibilidade de adicionar mais um par de dias ao seu roteiro da Eslovénia, aqui é um dos melhores spots para o fazer. Aproveite esses dias para percorrer o Trilho do Soča (percurso linear com 25 km de extensão que liga a nascente do Soča a Bovec), o nosso trilho de eleição da Eslovénia, e para praticar o seu desporto náutico favorito no rio Soča. Clique para ver algumas das melhores ofertas de atividades no Parque Nacional de Triglav.

Dia 6 do roteiro da Eslovénia: Kobarid – Castelo Predjama – Grutas Skocjan – Piran

No penúltimo dia do roteiro da Eslovénia vai viajar ao centro da terra, deambular por um castelo de conto de fadas e assistir a um maravilhoso pôr-do-sol na costa do Mar Adriático.

Chegou a hora de se despedir do verdejante Parque Nacional de Triglav e de rumar até Predjama para visitar o maior castelo de cavernas do mundo.

Castelo de Predjama
Castelo de Predjama

Parece mentira mas é mesmo verdade. O Castelo de Predjama está localizado no meio de um penhasco com 123 metros de altura, sobre uma enorme gruta, e tem uma enorme rede de túneis secretos, que eram utlizados pelo cavaleiro Erazem para rodear os cercos de que era sujeito e para partir nas suas expedições.

Deambular pelo castelo é uma autêntica viagem no tempo e é muito fácil de perceber porque é que foi considerado um dos dez castelos mais fascinantes do mundo. A caverna debaixo do castelo é o lar de milhares de morcegos e como tal só pode ser visitada entre maio e setembro, para não incomodar os morcegos durante a sua hibernação.

Grutas de Postojna
Grutas de Postojna

Mas mesmo que vá nos meses em que está encerrada, não fique triste. Mesmo ao lado, a somente 10 km de distância, pode visitar as gigantescas Grutas de Postojna. Esta rede de grutas possui imponentes montanhas, rios e vastos salões subterrâneos, uma impressionante estalagmite de cinco metros de altura e pode ainda andar de comboio e observar ao vivo os famosos dragões bebés. Não é à toa que são as grutas mais visitadas da Eslovénia.

Dica: se comprar o bilhete combinado Castelo e Grutas poupa uns bons euros.

De Predjama rume até às Grutas de Skocjan para continuar a sua visita ao centro da terra. Nestas grutas, que são Património da Humanidade da Unesco, vai encontrar o maior canhão subterrâneo do mundo, uma espécie de Grand Canyon debaixo da terra (claro que não é tão grande como o seu par norte-americano).

Grutas de Skocjan
Grutas de Skocjan

As principais áreas das Grutas de Skocjan só podem ser visitadas com guia, havendo dois tours para escolha: o tour pelo canyon subterrâneo (com duração de cerca de 2 horas) e o tour que acompanha o rio Reca debaixo do solo (com duração de aproximadamente 1,5 hora). Clique aqui para visitar o site oficial, com os horários dos tours, preços e informações atualizadas.

Não tendo tempo para fazer ambos os tours, e sobretudo se já visitou as Grutas de Postojna, recomendamos que opte pelo tour do canyon subterrâneo.

Piran
Piran

De regresso à superfície continue a rumar a sul, mais especificamente até Piran, e termine o seu sexto dia do roteiro da Eslovénia a assistir a um soberbo pôr-do-sol sobre o mar Adriático!

Onde ficar em Piran – Sugestões de alojamento

Na última passagem por Piran ficamos no PachaMama Pleasant Stay, mesmo no coração do centro histórico da cidade, mesmo ao lado da Praça Tartini.

O que distingue o PachaMama Pleasant Stay dos outros alojamentos é que é gerido por um viajante. Isso nota-se, não só na decoração donde se destacam dezenas de fotos de vários cantos do planeta, mas sobretudo na sensibilidade para com as necessidades dos viajantes.

Chill Out spot no PachaMama Pleasant Stay

O nosso quarto era confortável, estava bem equipado e tinha uma vista super porreira para a Catedral de São Jorge. A simpatia do staff é irrepreensível e os hóspedes têm acesso a uma cozinha partilhada, que dá imenso jeito para baixar os custos, sobretudo em estadias mais prolongadas. Oferecem também um pequeno-almoço vegetariano delicioso, que regra geral é servido no super acolhedor jardim privado da Guest House (pelo que nos disseram em dias de chuva entregam no quarto).

Outra grande mais valia é que oferecem um desconto significativo no parque de estacionamento onde tem que (imperativamente) deixar o carro. Pagamos apenas 9 € por dia ao invés dos 17 € de tabela. Clique para mais informações, ler reviews de hóspedes e reservar a sua estadia no PachaMama Pleasant Stay.

Se procura um hotel mais convencional a nossa recomendação vai para o Hotel Piran, localizado à beira-mar e igualmente muito perto da Praça Tartini. Os quartos com vista mar são, obviamente os mais caros, mas acredite que a vista justifica a diferença de preço. Independentemente da sua escolha a qualidade dos quartos é irrepreensível sendo que em todas as tarifas está incluído um excelente pequeno-almoço.

Sendo um hotel de quatro estrelas oferece uma série de comodidades aos hóspedes, nas quais destacamos o excelente restaurante e um dos melhores SPAs da cidade (os hóspedes têm 50% de desconto). Gostamos muito da relação preço/qualidade!

Clique para ver mais opções de alojamento em Piran

Dia 7 do roteiro da Eslovénia: Piran

O último dia do nosso roteiro da Eslovénia vai ser dedicado a explorar, sem pressas, a apaixonante cidade de Piran.

Piran - Roteiro EslovéniaSe já visitou Veneza, não estranhe a sensação de déjà vu. É que Piran esteve sobre o controlo da famosa cidade italiana durante cinco séculos e a arquitetura veneziana impera um pouco por toda a cidade.

Eagle View da Praça Tartini
Eagle View da Praça Tartini

Os principais pontos de interesse da cidade são a animada Praça Tartini, repleta de esplanadas e rodeada de casas venezianas, a altaneira Catedral de São Jorge, com a sua torre do relógio construída à imagem do Campanile de Veneza, o Mosteiro de São Francisco de Assis, as antigas muralhas da cidade (donde se tem a melhor vista sobre Piran), a Praça Maja e o farol e marina de Piran.

Mas, o melhor de Piran é deambular à toa pelas suas labirínticas ruelas e percorrer a sua romântica marginal sem o jugo do relógio. Escolha uma das suas tentadoras esplanadas e fique a ver a vida a passar enquanto saboreia um delicioso gelado artesanal (ombreiam com os gelados italianos) ou toma uma refrescante bebida. E claro, se for no verão, não pode deixar de dar uns mergulhos nas quentes águas do Adriático e fechar, assim, com chave de ouro, o seu roteiro pela Eslovénia.

Informação importante: a circulação automóvel no centro histórico de Piran é extremamente condicionada e o estacionamento para não residentes só é permitido durante algumas horas. A melhor solução é deixar o carro num dos parques de estacionamento situados à entrada da cidade. O melhor deles é o Parking Fornače pois tem um shuttle bus grátis e muito regular, que vai do estacionamento até à Praça Tartini (e vice versa). O preço por dia é de 17 € mas alguns alojamentos oferecem descontos no estacionamento e permitem que entre de carro no centro histórico para carga e descarga de malas e passageiros.

Mapa do Roteiro Eslovénia (7 dias de carro)


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do Roteiro da Eslovénia

Outros artigos da Eslovénia

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem da World Nomads. São rápidos e fáceis de fazer, são a 100% especializados em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

6 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns pela magnífica reportagem fotográfica e escrita deste roteiro.
    conheço a Eslovénia apenas de passagem para a Croácia.
    Quem sabe um dia não faço este roteiro, lindíssimo.
    Muito obrigado por o poderem partilhar com todos nós, apaixonados por turismo.
    Bem haba

    • Boa tarde Luis!

      Muito obrigado pelo feedback. A Eslovénia é um destino surpreendente. Quando tiver possibilidade de ir não hesite.
      Mais uma vez obrigado pelas suas palavras. São comentários como o seu que nos motivam a continuar a partilhar as nossas viagens.

      Abraços nossos

  2. Parabéns pelo post 😉 Acha que é possível fazer este roteiro de autocaravana?

    • Muito Obrigado Cristina. Sim, pode fazer este roteiro de autocaravana. Vimos muitas pelo caminho 🙂

  3. Parabéns malta, excelente trabalho!
    CONTINUEM!!

    • Muito obrigado pela força Rodrigues!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.