Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal

Se anda a sonhar com uma roadtrip pelo Norte de Portugal, e gosta de umas boas curvas e paisagens naturais deslumbrantes, não hesite em ir percorrer a cénica Estrada Nacional 103 (EN103) que liga o litoral minhoto ao extremo oriental de Trás-os-Montes, a dois passos da fronteira com a Espanha.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
N103 – excelente mote para um roteiro para visitar o Norte de Portugal

A Estrada Nacional 103 (EN103) conta com sensivelmente 260 km de extensão e liga o concelho de Viana do Castelo à histórica cidade de Bragança. Olhando para o mapa, a Estrada Nacional 103 parece quase uma linha reta a rasgar o Norte de Portugal de uma ponta à outra. Mas não se deixe enganar que esta “reta” é um chorrilho de curvas e contracurvas, daquelas que fazem as delícias dos amantes da condução, quer sobre 2 quer sobre 4 rodas.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Monte de Santa Luzia – Viana do Castelo

Como pano de fundo terá sempre as maravilhosas paisagens naturais do Norte de Portugal, até porque ao longo da sua roadtrip pela Estrada Nacional 103 irá atravessar o extraordinário Parque Nacional da Peneda-Gerês e o surpreendente Parque Natural do Montesinho, onde se escondem cascatas e lagoas idílicas entre outros tesouros naturais de rara beleza.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
7 Lagoas do Gerês

Escusado será dizer que existe um sem número de miradouros para apreciar as alucinantes paisagens naturais e que não vão faltar oportunidades para percorrer um bom trilho para esticar as pernas.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Poço Negro – Parque Natural de Montesinho

Mas a Estrada Nacional 103 está longe de ser só paisagem. Neste roteiro pela EM103 damos-lhe a conhecer mais de duas mãos cheias de icónicas localidades do Norte de Portugal, guardiãs de um riquíssimo património histórico e de tradições milenares que o tempo não ousou apagar.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Caretos em frente ao Domus Municipalis – Bragança

Aproveite para deleitar-se com autênticas iguarias da gastronomia portuguesa, pois Minho e Trás-os-Montes rimam com comida deliciosa e mesa farta. Não lhe vamos mentir… Há um sério risco de regressar a casa com uns quilos a mais. É o que nos acontece sempre que andamos por estas paragens.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
A Posta Mirandesa é um dos pratos incontornáveis numa roadtrip pela Estrada Nacional 103 (N103)

Ficou com vontade de partir à aventura pelo Norte de Portugal? Acreditamos que sim. Como tal, para lhe dar uma mãozinha na preparação da sua roadtrip pela Estrada Nacional 103, escrevemos um guia roteiro detalhado com os principais pontos de interesse da Estrada Nacional 103 e muitas dicas práticas que lhe vão facilitar a logística e permitir desfrutar ao máximo da sua viagem pelo Norte de Portugal. Ready, set, go!

Conteúdo deste Artigo

Estrada Nacional 103 (EN103): conheça a estrada que une o Norte de Portugal de uma ponta à outra

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Albufeira do Alto Rabagão – Estrada Nacional 103 (N103)

Como já referimos a Estrada Nacional 103 tem cerca de 260 km de extensão e liga o litoral minhoto ao interior trasmontano. Mais especificamente a EN103 liga a pequena localidade de Neiva, no concelho de Viana do Castelo, a Bragança, a capital do nordeste transmontano. Ou seja, atravessa o Norte de Portugal de uma ponta à outra, literalmente.

Melhor época para percorrer a Estrada Nacional 103

Claro que é possível percorrer a EN103 ao longo de todo o ano, mas, na nossa opinião, as melhores estações são a primavera e o outono. Os dias são relativamente compridos, o clima é ameno e atravessar o Norte de Portugal de uma ponta à outra com a explosão de mil cores da primavera ou com os tons quentes outonais como pano de fundo é simplesmente delicioso.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Cascata Cela Cavalos

Na primavera tem ainda o bónus de encontrar os cursos de água em todo o seu esplendor, sendo a estação perfeita para ir à caça das cascatas do Parque Nacional da Peneda-Gerês e do Parque Natural do Montesinho.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Brama dos Veados no Parque Natural de Montesinho

Já no início do outono (setembro e outubro) tem o grande atrativo de poder assistir ao espetáculo singular que é a Brama dos Veados (chamada de acasalamento). Com alguma sorte, é possível ouvir uma dezena de machos da população de veados vermelhos do Parque Natural do Montesinho bramir, alto e bom som, para atrair as fêmeas.

Claro que, por serem estações de transição há sempre o risco de apanhar alguma chuva e frio, sobretudo no início da primavera e final do outono.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Praia Fluvial de Adaúfe – perfeita para se refrescar se percorrer a Estrada Nacional 103 no verão

Se gosta muito de calor e quer ter a certeza que apanha dias soalheiros, a melhor aposta é percorrer a Estrada Nacional 103 nos meses do verão. Conte é com dias mesmo muito quentes (sobretudo em Trás-os-Montes) e tenha em atenção que esta é a altura do ano em que a região do Norte de Portugal recebe mais visitantes. Não estranhe se encontrar o Gerês “à pinha” (sobretudo durante o mês de agosto), pois as suas paradisíacas lagoas e cascatas são extremamente populares (e simplesmente irresistíveis) durante os meses quentes do verão.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
No inverno pode apanhar neve no seu roteiro pela Estrada Nacional 103 (N103)

O inverno é claramente a pior estação para percorrer a N103. Os dias são curtos e o clima está longe de ser muito convidativo no Norte de Portugal. Escusado será dizer que frio e chuva (e, por vezes, neve) tornam as sinuosas curvas da Estrada Nacional 103 ainda mais perigosas. Se optar por ir no inverno, não facilite com a segurança.

Quantos dias são necessários para fazer uma roadtrip pela Estrada Nacional 103 (EN103)?

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Barcelos – Roteiro pelo Norte de Portugal ao longo da EN103

Em nossa opinião, o mínimo dos mínimos para percorrer a Estrada Nacional 103 na totalidade, são 3 dias. Mas na verdade, quantos mais dias tiver disponíveis, melhor. Para desfrutar ao máximo do roteiro da Estrada Nacional 103 que desenhamos para si, o ideal é alocar 4 dias.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Passadiços de Pitões das Júnias – Roteiro pelo Norte de Portugal ao longo da EN103

É certo que a EN103 tem pouco mais de 250 km de extensão, o que faz com que até seja possível de percorrer num só dia, mas uma roadtrip é bem mais do que apenas “papar quilómetros”.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Aldeia de Rio de Onor – Bragança

Para mais, de forma a poder visitar muitos dos pontos de interesse que sugerimos neste nosso guia roteiro para percorrer a Estrada Nacional103 é imperativo fazer alguns pequenos desvios. Para cada dia do roteiro indicamos o número de quilómetros que terá de percorrer, tendo já em conta esses desvios. Vai ver que o somatório é consideravelmente superior aos 260 km do traçado oficial da EN103.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Mirador de Fafião – Roteiro pelo Norte de Portugal ao longo da EN103

Caso consiga acrescentar ainda mais um par de dias, tanto melhor! Não só lhe permite conhecer de uma forma mais relaxante a maioria dos locais de interesse por onde passa a EN103 (que são mesmo muitos), como ainda lhe possibilita fazer vários desdobramentos que @ vão levar a locais verdadeiramente mágicos do Norte de Portugal. Vá estando atent@ às nossas dicas durante a descrição do roteiro da Estrada Nacional 103.

Se é fã de roadtrips não deixe de ler os seguintes artigos:

Onde ficar a dormir ao longo da Estrada Nacional 103? Sugestões de Alojamento

Ao longo da Estrada Nacional 103 encontra excelentes soluções de alojamento, que vão desde o alojamento local às grandes unidades hoteleiras, passando por charmosos boutique hotéis e casas de turismo rural.

Na hora de escolher a localidade para dormir ao longo da Estrada Nacional 103, tenha em conta se a localidade conta com uma boa oferta de alojamentos e demais serviços dos quais vai seguramente precisar durante a viagem (restaurantes, supermercados, etc). Por norma, quanto maior a oferta, mais fácil é encontrar quartos a bons preços, sobretudo se reservar alojamento com alguma antecedência.

Posto isto, a nossa sugestão das melhores localidades onde ficar a dormir num roteiro pela Estrada Nacional 103 (EN103) são:

Viana do Castelo | Braga | Montalegre | Chaves | Bragança

Caso necessite de fazer pequenas alterações às etapas que definimos para percorrer a Estrada Nacional 103 (EN103), pode optar por ficar em outras localidades com boa oferta de alojamento, como sejam:

Barcelos | Pitões das Júnias | Boticas | Vinhais

(Clique nos nomes das respetivas localidades para ver as melhores opções de alojamento e opte sempre por reservar unidades hoteleiras que permitam o cancelamento, não vá ter algum imprevisto.)

Por último, queremos salientar que ao longo do roteiro vamos sugerir-lhe os nossos alojamentos favoritos para cada um dos dias – testados e aprovados por nós – que apresentam a melhor relação qualidade-preço.

O melhor da Estrada Nacional 103 num roteiro de 4 dias: o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Região do Barroso – Roteiro pelo Norte de Portugal ao longo da EN103

A nossa proposta de roteiro para percorrer a Estrada Nacional 103 arranca em Viana do Castelo e termina em Bragança. É certo que a N103 propriamente dita só começa em Neiva, mas seria um pecado não aproveitar a viagem para conhecer a encantadora cidade de Viana do Castelo. Obviamente que pode fazer a sua roadtrip pela EN103 na ordem inversa sem qualquer problema.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Bom Jesus de Braga – Roteiro pelo Norte de Portugal ao longo da EN103

Como já referimos atrás, o número de dias que alocamos para este roteiro é o que consideramos ideal para desfrutar, com alguma tranquilidade, do melhor que a Estrada Nacional 103 tem para oferecer.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Castelo de Lanhoso – Roteiro pelo Norte de Portugal ao longo da EN103

Contudo, é importante ter em atenção que, caso não more na região do Norte de Portugal, aos 4 dias terá de somar o dia de viagem do local de origem para Viana do Castelo, assim como o dia de regresso a casa a partir de Bragança (ou vise versa, no caso de optar por fazer o seu roteiro pelo Norte de Portugal no sentido leste-oeste). Nesta situação, na prática, vai precisar de 6 dias para a sua roadtrip pela Estrada Nacional 103.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Poço Verde do Gerês

Outro aspeto a que chamamos a sua atenção é que, nos nossos roteiros, o número de dias é sempre meramente indicativo. Se abdicar de parar em algumas das localidades que referimos no roteiro (até porque é bem possível que já conheça algumas delas) e cortar em alguns dos pequenos detours que recomendamos, pode fazer este roteiro pela Estrada Nacional 103 em 3 dias. No final do roteiro de 4 dias deixamos a nossa sugestão de itinerário para quem só tenha 3 dias disponíveis.

Douro Internacional – um desvio que vale mesmo a pena na sua roadtrip pela Estrada Nacional 103 (N103)

No sentido inverso, para quem tenha mais dias para alocar à sua roadtrip pela Estrada Nacional 103, sugerimos vários desvios ao traçado da EN103 que lhe vão permitir explorar melhor os muitos encantos da região do Norte de Portugal. Vai ver que é super fácil transformar a sua roadtrip pela Estrada Nacional 103 numa ou até mesmo duas semanas de férias. O difícil mesmo será resistir aos seus encantos!

Passadiços do Sistelo
Dica VagaMundos: se nos visita assiduamente, sabe bem que passamos a vida a desencaminhá-l@ com as nossas Dicas VagaMundos. E como não gostamos de deixar os créditos por mãos alheias, vamos desde já abrir as hostilidades com uma mão cheia de sugestões para prolongar o seu roteiro de viagem pelo Norte de Portugal.

Nos arredores de Viana do Castelo não faltam locais simplesmente arrebatadores para explorar. Por isso, se ainda não conhece bem esta região, recomendamos vivamente que viaje para o ponto de partida da EN103 com alguns dias de antecedência de forma a poder conhecê-los. Será uma espécie de prólogo à sua roadtrip pela N103. Os nossos destinos e atividades favoritas neste cantinho do Norte de Portugal são as seguintes:

Agora, é só escolher o que lhe pareça mais tentador!

Roteiro Estrada Nacional 103 | Norte de Portugal: 1º dia da roadtrip pela EN103

Viana do Castelo – Barcelos – Braga (57 km)

Viana do Castelo

O nosso roteiro pela Estrada Nacional 103 arranca na apaixonante cidade de Viana do Castelo, sobejamente conhecida pelo seu icónico Santuário de Santa Luzia.

Monte de Santa Luzia

Viana tem uma relação íntima com o Oceano Atlântico, com o rio Lima e com a montanha. Da comunhão com estas três forças da Natureza, Viana construiu-se e construiu a sua história. A riqueza e diversidade da sua cultura, gastronomia e monumentos são um convite aberto para uma visita que não convida a pressas.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Praça da República

Na nossa opinião, é impossível conhecer Viana do Castelo em duas ou três horas. Assim, o ideal é que aproveite o dia de véspera para começar a descobrir Viana do Castelo.

Como dificilmente terá tempo para ver toda a cidade, recomendamos que foque a sua visita nos seguintes locais de interesse:

  • Monte de Santa Luzia, onde para além de poder visitar o incontornável Templo do Sagrado Coração de Jesus (mais conhecido por Santuário de Santa Luzia) será brindado com uma deslumbrante vista sobre a cidade de Viana, o rio Lima e o Oceano Atlântico.
  • Praça da República, o coração da cidade de Viana do Castelo, onde irá encontrar três edifícios de enorme valor arquitetónico e histórico, nomeadamente os Antigos Paços do Concelho, o edifício da Misericórdia e o elegante chafariz quinhentista
  • Ir comer uma Bola de Berlim à Confeitaria Manuel Natário (há quem diga que são as melhores de Portugal. O que podemos afiançar é que são deliciosas e que se vendem que nem pãezinhos quentes!)
  • Não deixe de visitar a Sé Catedral de Santa Maria Maior, o Forte de Santiago da Barra e o Museu do Traje e passear pela Praça da Liberdade até ao Navio-Hospital Gil Eannes, ancorado no porto e convertido num museu.
Quer mais dicas sobre a cidade de Viana do Castelo? Então não deixe de ler o nosso roteiro com o que ver e fazer em Viana do Castelo, onde também encontra várias sugestões de alojamento para a sua primeira noite.

Barcelos

Viana do Castelo visitada, está na hora de iniciar a roadtrip pela Estrada Nacional 103 rumando até Barcelos, cidade de referência do tecido cultural nacional, cuja identidade regional vincada nos deu a lenda do Galo de Barcelos, símbolo de Portugal mundialmente difundido.

Barcelos é uma cidade de grande importância histórica e religiosa, com laços a Santiago de Compostela por ser, há séculos, ponto de referência dos peregrinos do Caminho Português de Santiago vindos do Porto.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de PortugalPode facilmente conhecer Barcelos a pé pois o seu centro histórico é compacto. E não há melhor forma de visitar a cidade do que calcorreando as suas ruas a passo.

Os locais de visita obrigatória e as experiências a não perder em Barcelos são as seguintes:

  • tirar a selfie de praxe com o icónico Galo de Barcelos no Largo da Porta Nova, onde também encontra um bonito chafariz e o Templo do Bom Jesus da Cruz;
  • subir à Torre da Porta Nova (também conhecida como Torre de Barcelos) para desfrutar de uma deslumbrante vista panorâmica sobre o centro histórico de Barcelos, o rio Cávado e o Monte da Franqueira;
  • passear pelo romântico e sempre florido Jardim das Barrocas;
  • percorrer a pedonal Rua Direita, aliás Rua D. António Barroso, uma das mais antigas e animadas do centro histórico de Barcelos;
  • deitar uma vista de olhos à Casa do Condestável D. Nuno Álvares Pereira no Largo do Apoio;
  • apreciar a maravilhosa fachada da Igreja Matriz de Santa Maria Maior, de estilo românico e gótico;
  • cirandar na zona do Paço dos Condes de Barcelos, onde se encontra o Cruzeiro do Senhor do Galo (ex-líbris da cidade e ligado à Lenda do Galo de Barcelos), o Museu Arqueológico de Barcelos e o Pelourinho de Barcelos;
  • atravessar a pé a Ponte Medieval de Barcelos sobre o rio Cávado, ponto de passagem incontornável para os peregrinos do Caminho Português de Santiago.

Braga

O primeiro dia do nosso roteiro pela Estrada Nacional 103 termina em Braga, a Cidade dos Arcebispos.

Santuário do Bom Jesus do Monte

Braga é um destino de turismo religioso de excelência, até porque é lá que se encontram o famoso Santuário do Bom Jesus do Monte, com a sua monumental escadaria, o altaneiro Santuário de Nossa Senhora do Sameiro, situado no ponto mais alto da cidade, e a mais antiga diocese de Portugal, a Sé de Braga. Percebe agora a expressão “velho como a Sé de Braga”?

Sé de Braga

Mas Braga está longe de se resumir à sua faceta religiosa. Em Braga há também um enorme legado romano (Bracara Augusta foi uma das cidades principais da província lusitana do Império Romano), um sem número de sedutoras (e labirínticas) ruas pedonais, praças acolhedoras e ornadas, fachadas de solares grandiosamente decorados e acima de tudo um charme a que dificilmente se consegue escapar.

Os locais de visita obrigatória e as experiências a não perder em Braga são as seguintes:

  • Sé de Braga, onde se encontram os túmulos de D. Henrique de Borgonha e de D. Teresa de Leão, pais de D. Afonso Henriques, o primeiro rei de Portugal.
  • Subir a maravilhosa escadaria do Santuário do Bom Jesus do Monte. São “só” 581 degraus! Como alternativa pode sempre optar por subir ao santuário recorrendo ao funicular mais antigo do mundo, o Elevador do Bom Jesus.
  • Visitar o Santuário de Nossa Senhora do Sameiro, um dos maiores santuários marianos de Portugal.
  • Atravessar o Arco da Porta Nova, a porta da muralha de Braga… que curiosamente nunca teve porta.
  • Percorrer a Rua do Souto, uma das ruas pedonais mais emblemáticas e animadas da Cidade dos Arcebispos, que liga o Largo Barão de São Martinho ao Largo do Paço.
  • Visitar o Largo do Paço, rodeado por parte do complexo de edifícios que constituem o Paço Episcopal Bracarense. Destaque para o Chafariz dos Castelos, no centro do largo: a figura feminina que encima a coluna pretende representar a cidade de Braga.
  • Visitar o Antigo Paço Arquiepiscopal, também conhecido como o Paço Medieval de Braga. As ruínas dos arcos ogivais é um dos postais de Braga. Encha os olhos com o colorido do Jardim de Santa Bárbara, um dos favoritos para namorar.
  • Passear pela Praça da República, que reúne o jardim da Avenida Central, respetivos coreto e “chafariz” e a Arcada, outro dos grandes símbolos de Braga e casa de dois ilustres “cafés” de Braga: o café Vianna (não, não nos enganámos, escreve-se assim desde 1871) e o café Astoria.
  • Visitar a Fonte do Ídolo, um dos vestígios mais preciosos da época romana em que Bracara Augusta viveu tempos áureos, e o Palácio do Raio
  • Ir à caça dos famosos 3 galos da fachada da Igreja de Santa Cruz.
Castelo de Gumarães
Dica VagaMundos: como por esta altura já deve ter depreendido, Braga tem mesmo imenso que ver e fazer. Em meia dúzia de horas só dá mesmo para ver os seus principais highlights. Por isso, se é a primeira vez que vai visitar Braga, recomendamos vivamente que acrescente mais um dia (ou até mesmo dois) ao seu roteiro pela Estrada Nacional 103. Assim não só fica a conhecer melhor Braga como até pode aproveitar para visitar também a vizinha Guimarães, a cidade-berço de Portugal. Para se inspirar para as suas visitas recomendamos a leitura dos seguintes artigos:

Onde ficar a dormir no 1º dia?

Sé Guesthouse

Quando vamos para estadias curtas a nossa escolha de alojamento em Braga recai muitas vezes no Sé Guesthouse. Cumpre todos os nossos requisitos. Os preços são económicos  tendo em conta os serviços de que dispõe, a localização é vantajosa pois fica mesmo perto do centro histórico da cidade, e está rodeado de serviços de restauração com muita escolha.

Hotel Moon & Sun Braga

Recentemente apanhamos o Sé Guesthouse esgotado (o que é habitual) e experimentamos o novíssimo Hotel Moon & Sun Braga. Passou por uma renovação total que lhe deu um ambiente de boutique hotel muito harmoniosa. Os quartos espaçosos luminosos, aclimatizados, com um look super fresh, estão um mimo. A cama atrai como um imane só de olhar para ela. E que bem que se dorme! O pequeno almoço é muito bom e tem oferta variada.

Braga Heritage Lofts

O Braga Heritage Lofts, localizado no centro histórico, mesmo ao lado do Paço Medieval de Braga, é um hotel boutique com estilo contemporâneo e charme. Um dos favoritos dos viajantes, fica a poucos passos dos melhores highlights no coração da cidade, oferece ótimas condições para quem procura um alojamento para escapadinha de fim de semana ou para viagens de negócios. A grande mais-valia: o terraço com vistas para o jardim de Santa Bárbara.

Vila Gale Collection Braga

Na categoria do luxo, o Vila Gale Collection Braga é um hotel de 4 estrelas com conforto e serviços que justificam o preço. Spa, sala de massagens, piscina e salas de reuniões provam como está atento a todas as necessidades dos seus hóspedes. A localização é excelente para quem quer explorar o centro histórico da Cidade dos Arcebispos. O pequeno almoço é fantástico.

Clique para ver mais opções de alojamento em Braga

Roteiro Estrada Nacional 103 | Norte de Portugal: 2º dia da roadtrip pela EN103

Braga – Póvoa de Lanhoso – Fafião – Cascata de Pincães – Pitões das Júnias – Montalegre (115 km)

Póvoa de Lanhoso

Santuário da Nossa Senhora do Pilar

Comece o segundo dia do seu roteiro pela Estrada Nacional 103 rumando até à Póvoa de Lanhoso, mais concretamente até ao Monte do Pilar, o local onde se concentram os monumentos mais emblemáticos desta histórica vila minhota.

Castelo de Lanhoso

O grande destaque vai para o Castelo de Lanhoso, um dos mais antigos castelos de Portugal. Curiosamente, não foi mandado contruir por nenhum rei ou fidalgo, mas sim pelo Arcebispo de Braga. Reza a história que nele se refugiou, por duas vezes, Teresa de Leão, mãe de D. Afonso Henriques.

Castro de Lanhoso

Os outros monumentos que merecem destaque no Monte do Pilar são o Santuário da Nossa Senhora do Pilar, uma réplica do Bom Jesus de Braga (numa escala muito menor) e o milenar Castro de Lanhoso que remonta ao Calcolítico (III milénio a.C.).

Fafião

De Póvoa de Lanhoso a Estrada Nacional 103 segue rumo à albufeira da Barragem do Alto Rabagão, mas nós vamos desafiá-l@ a fazer um desvio para ir conhecer uma das zonas mais selvagens e apaixonantes do Parque Nacional Peneda-Gerês. Vai ver que não se vai arrepender!

Posto isto a próxima paragem deste nosso roteiro pelo Norte de Portugal será na recôndita aldeia comunitária de Fafião, uma Aldeia de Lobos.

Terra de encantos e lendas e estórias. Fafião é uma autêntica aldeia de vida comunitária, de usos, costumes e tradições. Mais do que uma viagem no tempo, visitar Fafião é ler as páginas dum livro que se receava perdido. Um livro ilustrado por imponentes montanhas que escondem rios e lagoas de águas cristalinas.

Fojo do Lobo

Os locais de visita incontornável em Fafião são o Fojo do Lobo (ancestral armadilha para dar caça aos lobos que atacavam os rebanhos), o Miradouro do Lobo de Fafião (onde irá encontrar um “lobo a uivar à lua” imortalizado numa escultura de ferro às portas da aldeia), o novíssimo e instagramável Miradouro de Fafião (idilicamente situado no alto dum monte com uma ponte metálica sobre o vazio entre dois penedos gigantes) e o paradisíaco Poço Verde, uma das pérolas mais cintilantes do Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Miradouro de Fafião

Para ir conhecer este último não se livra de uma caminhada. Mas não se assuste que do centro da aldeia de Fafião até ao Poço Verde só terá de percorrer sensivelmente 2,5 km (5 km ida e volta), seguindo sempre por estradão de terra batida. Clique para mais informações e descarregar o track GPS para levar no seu smartphone.

Poço Verde
Dica VagaMundos: se puder acrescentar mais um dia ou dois ao seu roteiro pela Estrada Nacional 103, recomendamos que monte base na região de Fafião e parta à descoberta de mais uma mão cheia de tesouros desta zona do Parque Nacional da Peneda-Gerês. Se gosta de caminhadas vai sentir-se no paraíso, pois por estas bandas existem imensos trilhos estupendos que conduzem a idílicas cascatas e lagoas. Para mais dicas e informações clique para ler o nosso artigo dedicado à aldeia de Fafião e arredores.

Cascata de Pincães

O próximo destino do nosso roteiro pela Estrada Nacional 103 será a Cascata de Pincães, uma das cascatas mais bonitas do Gerês. A sua piscina natural é um verdadeiro deleite e em dias de calor é quase irresistível dar um mergulho. Para lá chegar vai ter de caminhar cerca de 20 minutos, pois é impossível aceder à cascata de carro. Terá de deixá-lo na aldeia de Pincães e seguir a levada a pé, durante cerca de 2 km, até à cascata. Clique para mais informações sobre o percurso pedestre até à Cascata de Pincães e para descarregar o track GPS.

Cascata Cela Cavalos – um dos maiores tesouros naturais que vai encontrar no seu roteiro pelo Norte de Portugal
Dica VagaMundos: se quiser conhecer outra cascata maravilhosa do Gerês (e havendo tempo), não hesite em ir conhecer a Cascata Cela Cavalos. Até porque fica em caminho de Pitões das Júnias, a próxima paragem do nosso roteiro pela Estrada Nacional 103. Terá é de fazer mais uma pequena caminhada. Clique para mais informações e para saber como chegar à Cascata Cela Cavalos.

Pitões das Júnias

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de PortugalDe Pincães, siga caminho até à altaneira aldeia de Pitões das Júnias (localizada a 1100 metros de altitude), uma das mais encantadoras do Gerês transmontano. À medida que caminhamos pelas suas ruelas estreitas é virtualmente impossível não nos deixarmos apaixonar pelas suas típicas casas de granito, pela saborosa gastronomia e simpatia das suas gentes. Não deixe de ir provar o delicioso pão da Padaria Pitões, um dos melhores da região!

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Mosteiro de Santa Maria das Júnias

Para além da pequena aldeia, é imperativo visitar as ruínas do Mosteiro de Santa Maria das Júnias e a imponente Cascata de Pitões das Júnias. Ambos os locais de interesse ficam a somente dois quilómetros do centro do povoado. Até ao mosteiro pode ir de carro (existe um estacionamento praticamente ao lado), mas para ir ver a cascata terá de percorrer um pequeno trilho que arranca do parque de estacionamento que serve o Mosteiro de Santa Maria das Júnias e uns cénicos passadiços. Mas não se assuste que ir e vir não chegam a ser 3 km. Clique para mais informações sobre o trilho até à Cascata de Pitões das Júnias.

Montalegre

O segundo dia da nossa roadtrip pela Estrada Nacional 103 termina na bela vila transmontana de Montalegre, a capital do Barroso. Os locais que consideramos de visita obrigatória são o altaneiro Castelo de Montalegre, a Igreja do Castelo, a Igreja da Misericórdia, o Pelourinho de Montalegre, os Paços do Concelho e o Ecomuseu do Barroso. Para as melhores vistas sobre a vila nada como dar um pulinho (melhor dizendo, um giro de carro) ao Miradouro da Corujeira. É de deixar qualquer um de queixo caído!

Onde ficar a dormir no 2º dia?

A cidade de Montalegre tem alguma oferta de alojamento, principalmente na categoria do Turismo Rural. Mas a escolha não é muita e cada unidade responde a um tipo de hospedes. Portanto, o nosso conselho é que olhe também os alojamentos disponíveis em Pitões das Júnias para alargar um pouco mais o leque de escolha. Em ambos os casos conte com um contato genuíno com a natureza, num ambiente rural singular e tradicional onde a hospitalidade tem um predicado: familiar.

Casa Avó Chiquinha (Montalegre)

A calma celestial de vistas soberbas sobre a montanha, relaxando numa espreguiçadeira da piscina exterior e observando o pôr-do-sol é possível na Casa Avó Chiquinha. Este alojamento local em Montalegre tem acolhimento simpático, sala de estar espaçosa, quartos privados amplos, aclimatizados e super confortáveis. Agrada casais, famílias e amigos.

Clique para ver mais opções de alojamento em Montalegre

Casa do Preto (Pitões das Júnias)

Este é o nosso alojamento de eleição em Pitões das Júnias. Com ótima relação qualidade-preço, a Casa do Preto tem outros atributos imbatíveis. Em harmonia com a vila, tanto na simpatia, amizade e familiaridade do pessoal, como na simplicidade da decoração (sem frescuras como se quer numa terra de gente simples), mas, acima de tudo, pela reconfortante e deliciosa comida. Os quartos têm tudo o que se precisa para uma estadia tranquila: acolhedores e aconchegantes, muito limpos, com mobiliário prático, camas confortáveis e casa de banho privada e com aquecimento central.

Clique para ver mais opções de alojamento em Pitões das Júnias

Roteiro Estrada Nacional 103 | Norte de Portugal: 3º dia da roadtrip pela EN103 

Montalegre – Vilarinho de Negrões – Castro de Carvalhelhos – Boticas – Chaves (62km)

Vilarinho de Negrões

A primeira paragem da terceira etapa do nosso roteiro pela Estrada Nacional 103 será em Vilarinho de Negrões, uma das aldeias mais encantadoras e fotogénicas do Norte de Portugal.

A aldeia de granito estende-se ao longo duma península formada pela albufeira da Barragem do Alto Rabagão. Este espelho de água, de azul intenso ou negro como breu, dependendo dos humores do céu, está rodeado de serras revestidas de penedos e vegetação.

Visitar Vilarinho de Negrões significa entrar na intimidade duma aldeia adormecida, no mundo mágico do silêncio rural. Rústica e pitoresca. Pequena, humilde e genuína. Os destaques da aldeia vão para a Capela, as fontes, os tanques fazendo as vezes de lavadouro e bebedouro dos animais, as alminhas e um relógio de sol que, há muito, se esqueceu da sua função. Em diferentes estados de conservação, há ainda os castiços e típicos canastros, vulgo espigueiros.

Castro de Carvalhelhos

Vilarinho de Negrões visitada está na hora de regressar à EN103 e rumar até ao milenar Castro de Carvalhelhos, já no concelho de Boticas.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de PortugalEste grandioso povoado fortificado da Idade do Ferro, também conhecido pelo nome de Castelo dos Mouros, fica situado nas imediações da aldeia de Carvalhelhos num altaneiro afloramento granítico, a quase 900 metros de altura, com o rio Beça a correr a seus pés.

É considerado um dos castros mais importantes do Norte de Portugal, sendo um dos mais proeminentes testemunhos da presença Celta nesta região. Apesar de remontar à Idade do Ferro, o Castro de Carvalhelho foi posteriormente ocupado por outros povos, nomeadamente romanos e suevos.

O castro conta com três impressionantes cintas de muralhas completadas por três fossos profundamente escavados no afloramento granítico precedido de um campo de pedras fincadas que serviam para dificultar a marcha dos potenciais invasores. Dentro do perímetro amuralhado pode-se observar várias ruínas de habitações castrenses, de formatos circulares e retangulares.

Dica VagaMundos: bem pertinho do Castro de Carvalhelho, escondida por entre carvalhos e castanheiros, existe uma pequena cascata e uma lagoa designada de Fonte dos Amores. Para a ir conhecer basta caminhar cerca de 250 metros (500 metros ida e volta) seguindo pelo PR4 Boticas “Rota das Levadas”.

Castro visitado continue a sua roadtrip pela Estrada Nacional 103 rumando até ao Boticas Parque, um excelente polo de biodiversidade às portas da vila de Boticas.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal
Ponte Pedrinha

O parque tem aproximadamente 60 hectares, sendo atravessado pelo já seu conhecido rio Beça e oferece um sem número de atividades para desfrutar da natureza, sendo as mais usuais as caminhadas e os passeios de caiaque. Naturalmente que para desfrutar dele convenientemente necessita de um dia inteiro (fica a dica para o caso de querer acrescentar mais um dia ao seu roteiro pela Estrada Nacional 103).

Tendo o tempo contado, sugerimos que limite a sua visita a conhecer a histórica Ponte Pedrinha sobre o rio Beça e o vizinho moinho de água primorosamente restaurado. Se vir que tem tempo, aproveite para percorrer um pequeno troço dos passadiços que seguem pelas margens do rio e para fazer um prazenteiro picnic.

Boticas

Parque de Lazer do Ribeiro do Fontão

Escusado será dizer que a próxima paragem do nosso roteiro pela Estrada Nacional 103 será na vila de Boticas, sobejamente conhecida pelo seu aclamado Vinho dos Mortos produzido desde a invasão do exército francês em 1809. Conta a lenda que a população local enterrou o vinho para evitar que fosse saqueado pelos franceses. Quando os infames foram rechaçados, descobriram que o vinho “enterrado” sabia ainda melhor.

Escultura Guerreiro Calaico

Os principais pontos de interesse da vila aos quais recomendamos visita são o Repositório Histórico do Vinho dos Mortos, o impressionante Centro de Artes Nadir Afonso, a réplica em granito maciço da escultura Guerreiro Calaico que se acredita ser a figura antropomórfica mais antiga da Península Ibérica, o edifício dos antigos Paços do Concelho, o Convento da Granja, a Igreja Paroquial de Boticas e o excelente Parque de Lazer do Ribeiro do Fontão.

Chaves

O 3º dia do nosso roteiro pela Estrada Nacional 103 termina na apaixonante cidade de Chaves, idilicamente situada num gracioso vale em redor do rio Tâmega.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de Portugal

As três caraterísticas indeléveis de Chaves moldaram-na como poucas: romana, termal e fronteiriça. As suas águas termais com poderes curativos atraíram os romanos e o imperador Flávio Vespusiano decidiu fundar Aquae Flaviae há dois mil anos atrás.

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de PortugalA sua posição estratégica levou a que romanos, visigodos, mouros, espanhóis e franceses a cobiçassem durante os seus dois milénios de história. Fulcral desde a fundação da nação portuguesa, sempre resistiu a invasores com a garra e coragem das suas gentes. O património arquitetónico é a prova viva do seu importante legado histórico-cultural.

Os locais de visita obrigatória e as experiências a não perder em Chaves são as seguintes:

  • Atravessar a Ponte de Trajano, a milenar Ponte Romana sobre o rio Tâmega;
  • Visitar o Castelo de Chaves e subir à Torre de Menagem;
  • Percorrer a Rua Direita, uma das ruas mais castiças de Portugal;
  • Apreciar a monumentalidade da Praça de Camões, onde se encontram a Igreja Matriz, a Igreja da Misericórdia, os Paços do Concelho e o Museu da Região Flaviense;
  • Passear pelo Jardim do Tabolado e atravessar o rio Tâmega saltitando as poldras;
  • Ir beber um copo às Termas de Chaves (de água, obviamente);
  • Passear pelo Forte de São Francisco;
  • Cruzar o Bairro da Madalena.

Dica VagaMundos: Chaves é o Quilómetro Zero da mítica N2, a Route 66 portuguesa que termina em Faro, sendo a mais longa do país. São cerca de 700 km que nos brindam com o quadro completo e autêntico do nosso país: cidades e aldeias, montanhas e planícies, rios e território, paisagens naturais e monumentos históricos. Uma experiência imperdível para quem gosta de roadtrips. O marco do Quilometro Zero fica na rotunda de entrada do Bairro da Madalena, a sul do rio. Vai uma selfie para abrir o apetite para a sua próxima roadtrip? Clique para ler o nosso Guia Completo da Estrada Nacional 2.

Onde ficar a dormir no 3º dia?

Forte de São Francisco Hotel Chaves

Serviço e comodidades de alta qualidade são a aposta do Forte de São Francisco Hotel Chaves. A reconversão notável do Convento Franciscano harmoniza identidade com modernidade num monumento onde ainda se sente a reverência monástica a pairar no ar. Usufrua de noites de ilustre descanso nos quartos soberbos com alto nível de conforto e requinte. As comodidades incluem salão de jogos, tennis court, restaurante, bar, salão de eventos com piano-bar, e uma piscina exterior com vistas panorâmicas.

ibis Styles Chaves

O novo conceito ibis Styles Chaves instalou-se no histórico Grande Hotel de Chaves. Quartos modernos e confortáveis com todas as comodidades necessárias. Decoração de bom gosto, mobiliário de linhas modernas, prático e funcional. Localização ótima, bem no coração do centro histórico e vistas cidade estupendas do terraço. Tem uma ótima relação qualidade preço se considerarmos o muito bom pequeno almoço incluído na tarifa.

Hotel Premium Chaves – Aquae Flaviae

O Hotel Premium Chaves – Aquae Flaviae trouxe o conceito das Termas de Chaves, “bem estar e saúde”, para o seu interior. E uma espantosa infinity pool para o exterior. Localizado mesmo junto das termas de Chaves, a recente remodelação refrescou os quartos muito confortáveis e espaçosos. Elogiado ainda pelos padrões de limpeza, a qualidade dum pequeno-almoço continental variado, a simpatia da equipa e as vistas cidade.

Castelo Hotel

O ambiente requintado, com um toque de luxo moderno, colocou o Castelo Hotel no topo das escolhas dos hóspedes. Os verdadeiros trunfos estão no conforto e elegância dos quartos espaçosos com notas de design escandinavo. A limpeza é exemplar. O pequeno-almoço buffet, soberbo (opções continental, sem glúten, americano). As cinco estrelas vão para a simpatia do staff, sempre atento, eficiente e profissional.

Clique para ver mais opções de alojamento em Chaves

Roteiro Estrada Nacional 103 | Norte de Portugal: 4º dia da roadtrip pela EN103 

Chaves – Vinhais – Mosteiro de Castro de Avelãs – Bragança (100km)

Vinhais

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de PortugalE eis que chegamos à derradeira etapa do nosso roteiro pela Estrada Nacional 103. Comece o dia com uma visita à vila de Vinhais, uma das portas de entrada no surpreendente Parque Natural de Montesinho.

Vinhais é conhecida por ser a Capital do Fumeiro, cognome que se lhe colou por organizar todos os anos, em fevereiro, a famosa Feira do Fumeiro de Vinhais. Para além da incontornável prova do seu afamado fumeiro, as experiências a não perder e os locais de visita obrigatória em Vinhais são os seguintes:

  • Atravessar a porta principal do antigo Castelo de Vinhais e deambular pelas ruas estreitas da cidadela à procura do Pelourinho, da Igreja Matriz de Vinhais, da Capela da Nossa Senhora da Conceição e do Torreão do Castelo.
  • Visitar a Igreja românica de São Facundo, um dos templos mais antigos do Nordeste Transmontano.
  • Visitar o imponente Convento e Igreja de São Francisco e Ordem Terceira, com os seus retábulos barrocos.
  • Ir conhecer os simpáticos habitantes do pequeno paraíso natural que é o Parque Biológico de Vinhais. À sua espera estão javalis, veados, corsos e aves de rapina e um espaço excelente para a prática de atividades ao ar livre. Se for com miúdos, eles vão delirar!
  • Visitar o Solar dos Condes, atualmente um centro cultural, e o Solar da Corujeira.
  • Passear pelo Largo dos Combatentes da Grande Guerra.
  • Apreciar a histórica Fonte do Cano.

Mosteiro de Castro de Avelãs

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de PortugalA próxima paragem do nosso roteiro pela Estrada Nacional 103 será para visitar aquele que poderá ser o único exemplar de arquitetura religiosa em estilo românico mudéjar de Portugal. Falamos do Mosteiro de Castro de Avelãs, cuja abside da igreja em alvenaria de tijolo, provavelmente anterior ao século XII, permanece de pé. Para além do impressionante mosteiro, poderá ainda observar o túmulo medieval de D. Nuno Martins de Chacim.

Bragança

Apenas mais 5 km e eis que chegamos Bragança, o destino final da nossa roadtrip pela Estrada Nacional 103. Apesar de ser a capital do distrito, o Centro Histórico de Bragança é relativamente compacto, o que o torna perfeito para se explorar a pé.

Praça da Sé

Há três núcleos imperdíveis para quem vai visitar Bragança pela primeira vez. São eles o Castelo de Bragança e respetiva Cidadela, a Rua dos Museus e a Praça da Sé onde se concentram as atrações de relevo. Caso o tempo seja escasso, é aqui que deve focar as suas atenções!

Domus Municipalis

Posto isto os locais que consideramos de visita obrigatória e as experiências a não perder em Bragança são as seguintes:

  • Entrar na Cidadela, o burgo mais antigo de Bragança, pela Porta do Sol ou pela Porta da Vila e passear pelas suas estreitas ruelas e pelas bem preservadas muralhas.
  • Visitar o Castelo de Bragança cuja Torre de Menagem quatrocentista alberga o interessante Museu Militar de Bragança.
  • Visitar a Igreja de Santa Maria (ou de Nossa Senhora do Sardão), a mais antiga de Bragança.
  • Desvendar os enigmas do Domus Municipalis, um edifício românico pentagonal, único na arquitetura civil da Península Ibérica.
  • Visitar o Museu Ibérico da Máscara e do Traje.
  • Percorrer a Rua dos Museus na qual, em apenas 500 metros, encontra cinco museus que merecem destaque, nomeadamente o Museu do Abade de Baçal, o Centro de Arte Contemporânea Graça Morais, o Centro de Fotografia Georges Dussaud, o Memorial e Centro de Documentação Bragança Sefardita e o Centro de Interpretação da Cultura Sefardita do Nordeste Transmontano.
  • Visitar a Igreja de São Vicente que se diz ter sido palco de episódios lendários como o casamento secreto do Rei de Portugal Dom Pedro com Dona Inês de Castro.
  • Passear na Praça da Sé antes de visitar a bela Sé Velha de Bragança.
  • Percorrer o Corredor Verde, caminhos pedonais e passadiços sobre o Rio Fervença passando pelo Centro de Ciência Viva de Bragança, a Casa da Seda, o miradouro da Capela de Nossa Senhora da Piedade e o Parque Urbano.
Lagos do Sabor – um dos destinos que sugerimos caso queira prolongar o seu roteiro pelo Norte de Portugal
Quer prolongar a sua roadtrip pelo Norte de Portugal? Quiçá dar um pulinho à vizinha Espanha? Então parta à descoberta dos outros encantos naturais do Nordeste Transmontano e das terras espanholas de Sanabria. Espreite os seguintes artigos para dicas e inspiração (e escolha o que faz o seu coração bater mais forte):

Onde ficar a dormir no 4º dia?

Pousada de Bragança – São Bartolomeu

Para quem procura um pouco de luxo, com sobriedade e elegância, a Pousada de Bragança é a escolha ideal. Com uma relação qualidade-preço ótima, os quartos são irrepreensíveis em comodidade, limpeza e estética, beneficiando de varanda privada com vistas para o castelo e as montanhas. A pousada soma ainda mais pontos no pequeno-almoço incluído, na piscina exterior e no restaurante de grande qualidade.

Solar de Santa Maria

Se quiser ficar mesmo no centro da cidade, o Solar de Santa Maria é a sua melhor aposta. Sinta-se como verdadeira realeza neste solar do século XVII recuperado, com detalhes de requinte patentes nas madeiras lavradas, no mobiliário clássico nobre e nas peças de decoração refinadas. Se o tempo estiver de feição, usufrua do seu tempo de lazer no jardim com claustro da propriedade.

Candeias do Souto

As Candeias do Souto ficam na aldeia de Meixedo, já no Parque Natural do Montesinho distando nove quilómetros do centro histórico de Bragança. O silêncio da serra mora nesta casa de Turismo Rural onde o xisto, a lousa e a madeira se interligam às comodidades modernas na perfeição. E o pequeno-almoço é uma perdição de mimos regionais locais.

O Abel, Hotel Rural

As comodidades e serviços são as dum hotel moderno que se espera encontrar na cidade, mas O Abel, Hotel Rural está rodeado da paz e sossego da bela aldeia de Gimonde. Cada quarto tem uma varanda ou terraço individual irresistível. O pequeno-almoço é de comer e chorar por mais.

Clique para ver mais opções de alojamento em Bragança

Mapa do Roteiro pela Estrada Nacional 103 | Norte de Portugal em 4 dias


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro pela Estrada Nacional 103 para uma roadtrip pelo Norte de Portugal em 4 dias.

Roteiro da Estrada Nacional 103 em 3 dias | Roadtrip Norte de Portugal

Roteiro Estrada Nacional 103 (N103): guia com o que visitar numa roadtrip pelo Norte de PortugalSe só tem 3 dias para percorrer a EN103, vai ter, naturalmente, de abdicar de visitar alguns dos pontos de interesse e localidades que descrevemos atrás, de forma a maximizar o tempo disponível para as visitas.

Claro que pode sempre optar por condensar o roteiro de 4 dias em 3 dias, mas vai passar demasiado tempo na estrada e pouco tempo nos locais de interesse.

A nossa sugestão é que abdique dos detours que recomendamos no roteiro de 4 dias e que foque a sua roadtrip no traçado da Estrada Nacional 103.

Abaixo encontra a nossa sugestão de divisão para um roteiro de 3 dias pela Estrada Nacional 103, podendo ler a respetiva descrição dos locais de interesse no roteiro de 4 dias da EN103 acima apresentado:

Dia 1

Viana do Castelo – Barcelos – Braga

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Braga

Dia 2

Braga – Póvoa de Lanhoso – Vilarinho de Negrões – Boticas – Chaves

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Chaves

Dia 3

Chaves – Vinhais – Mosteiro de Castro de Avelãs – Bragança

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Bragança

Mapa do Roteiro pela Estrada Nacional 103 | Norte de Portugal em 3 dias


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro pela Estrada Nacional 103 para uma roadtrip pelo Norte de Portugal em 3 dias.

Outros roteiros de carro por Portugal

Escapadinhas Fim de Semana em Portugal | Estrada Nacional 2 | Estrada Nacional 222 | Aldeias Históricas de Portugal | Aldeias de Xisto | Algarve |  Alqueva | Alto Alentejo | Costa Vicentina | Douro Vinhateiro | Douro Internacional | Gerês | Lagos do Sabor | Madeira | Médio Tejo | Nordeste Transmontano | Oeste de Portugal | Parque Natural de Montesinho | São Miguel – AçoresSerra do Açor | Serra de Aire e Candeeiros | Serra da Arrábida | Serra da Estrela | Serra da Freita | Serra da Lousã | Serra de São Mamede | Vale do Guadiana | Vale do Tua

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.