Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán

Se visitar o México está no seu horizonte, mas o planeamento da viagem está a ser mais difícil do que decifrar os segredos do calendário Maia, este artigo é para si. Nele vamos partilhar um guia completo para visitar o México, centrado na região da Península de Yucatán e Riviera Maya, que inclui três sugestões de roteiro para visitar o México (entre 7 a 15 dias), com os principais pontos de interesse que deve incluir no seu itinerário e muitas dicas práticas que lhe vão facilitar a logística e permitir desfrutar ao máximo da sua viagem ao Caribe Mexicano.

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Chichén Itzá – Roteiro para visitar o México

O México é um dos destinos mais completos do mundo. Coloridas cidades coloniais, fascinantes ruínas maias, praias paradisíacas dignas de cartão-postal, natureza exuberante, deslumbrantes cenotes de águas cristalinas, tradições ímpares e uma gastronomia divinal são alguns dos ingredientes que colocam o México nos lugares de topo da lista de viagens de sonho de quase todos os viajantes.

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Holbox – Roteiro para visitar o México

Sendo o México um país gigantesco, escusado será dizer que é virtualmente impossível conhecer todo o seu território em apenas uma viagem (a não ser que tire uma licença sabática). Por isso, os roteiros para visitar o México que lhe vamos propor neste artigo focam-se na Península de Yucatán, onde brilham as paradisíacas praias caribenhas da Riviera Maya e se escondem algumas das ruínas Maias mais fascinantes do México, entre elas a icónica cidade de Chichén Itzá. É, em nossa opinião, a região perfeita para uma primeira viagem ao México.

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Cenote Ik-Kil – Roteiro para visitar o México

Conteúdo deste Artigo

Informações, Guia e Dicas de Viagem para visitar o México

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán

Informações práticas

  • Língua oficial: Espanhol
  • Capital: Cidade do México
  • Moeda: Peso Mexicano – MXN (clique para ver taxa de câmbio)
  • Fuso Horário: GMT -6
  • Indicativo do México: +52
  • Visto México: os cidadãos portugueses e brasileiros não precisam de visto para visitar o México para estadias para fins turísticos até 180 dias. Só precisa mesmo de levar o seu passaporte válido.

Como chegar à Riviera Maya | México? Dicas de voos

O Aeroporto Internacional de Cáncun (CUN) é a principal porta de entrada na Riviera Maya e na Península de Yucatán. Várias companhias aéreas garantem voos diários para Cáncun partindo de Portugal, mas praticamente todos implicam fazer escala. Somente a TAP, e apenas sazonalmente, tem voos diretos de Portugal para o México.

Como existe muita concorrência entre as companhias aéreas nos voos para Cancún, se tiver flexibilidade e reservar com alguma antecedência, consegue comprar as passagens aéreas a preços relativamente económicos (tendo em conta a distância que separa Portugal do México). Clique para ler as nossas dicas para comprar voos baratos.

Quando visitar a Riviera Maya | México?

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Campeche – Roteiro para visitar o México

A Península de Yucatán, da qual faz parte a Riviera Maya, fica localizada entre o Mar das Caraíbas e o Golfo do México, sendo muito popular como destino de férias de praia, graças ao clima tropical, aos fantásticos areais de fina areia branca e cristalinas águas turquesa.

Esta região do México é muito quente e húmida. As temperaturas do ar e da água não oscilam muito ao longo do ano, mas os termómetros sobem acima dos 30ºC com alguma facilidade.

Isla Mujeres – Roteiro para visitar o México

Já no que a chuva diz respeito, a conversa é outra. À semelhança do que acontece em outros países de clima tropical, o México tem uma estação seca com temperaturas amenas e pouca chuva, “dry season”, e uma estação de chuvas – e furacões! -, quente e muito húmida, conhecida como a “hurricane season”.

Oficialmente, a hurricane season vai de junho a meados de novembro, mas o pico da temporada de furacões no Atlântico é em setembro, com a maior parte da atividade dos ciclones tropicais a ocorrer entre meados de agosto e meados de outubro

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Cozumel – Roteiro para visitar o México

Mas, na realidade, é variável. É cada vez mais frequente os meses de maio e de novembro também sofrerem do fenómeno climatológico extremo, estragando as férias de muitos que optam por visitar o México nestes meses. A temida hurricane season é famosa por perturbar os planos de viagem com cancelamentos de voos, confinamentos aos hotéis, encerramento de praias ou cortes de eletricidade.

Posto isto, escusado será dizer, que a melhor época para visitar o México é durante a estação seca, entre finais de novembro e início de junho. Por causa da quadra natalícia e o Réveillon, dezembro e janeiro é considerada a época alta na Riviera Maya, altura que assiste a um grande afluxo de turistas em busca do “sol de inverno”. Os preços dos hotéis são mais elevados e as multidões mais numerosas, sobretudo na zona da Riviera Maya.

Lagoa de Bacalar – Roteiro para visitar o México

O mesmo acontece no “Spring Break” quando a população estudantil e universitária dos vizinhos norte-americanos “foge” para o calor do México nas férias escolares da última quinzena de março.

Outra altura muito popular para visitar o México é durante as celebrações do Dia dos Mortos, que ocorre entre 1 e 2 de novembro. Sim, ainda está dentro da estação das chuvas, mas a animação e colorido desta festa ímpar mais do que compensa os eventuais contratempos.

Mural alusivo ao Dia dos Mortos – Roteiro para visitar o México

Para usufruir de bom clima, fintar as multidões e obter preços mais em conta, aposte em visitar a região da Riviera Maya do México nos meses de abril (atenção à época alta da Páscoa), maio, início de junho, finais de novembro e início de dezembro.

Saúde, Segurança e Vacinas para visitar o México

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Valladolid, uma das cidades mais seguras do México

“É seguro visitar o México?” Esta é uma das questões que mais nos colocam. E tendo em conta as notícias de tráfico de drogas, guerrilhas e atos violentos no México, com que diariamente somos bombardeados pelos media, é mais do que válida.

Sim, há regiões do México que são muito perigosas, como sejam a Ciudad Juarez e o Norte do Estado de Veracruz. Mas a região da Península de Yucatán é tida como uma das mais seguras do país e, das duas vezes que a visitamos, não sentimos qualquer tipo de insegurança.

As medidas de segurança que adotamos não foram diferentes às de qualquer outro destino turístico que já visitamos no mundo. Ou seja, não sair da rota turística, não deixar objetos à vista dentro do carro, não facilitar com os objetos pessoais (carteiristas são uma “praga” mundial), atenção redobrada, comportamento discreto e usar de bom senso.

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
O grande perigo da comida mexicana é ser tão viciante… e picante

No que a saúde diz respeito, a maioria das doenças contraídas pelos viajantes no México costumam ser causadas por água contaminada. Posto isto, é aconselhável apenas beber água engarrafada ou esterilizada e certificar-se que os cubos de gelo colocados nas bebidas são feitos com água engarrafada (por norma, são).

Apesar de não existirem vacinas obrigatórias para visitar o México, é recomendável ter as vacinas de rotina atualizadas (como Hepatite A e B, Tifo e Tétano). Presentemente, no México não existe risco endémico de malária, portanto, pode não se justificar fazer profilaxia para a mesma. Contudo, as doenças virais Dengue e Zika, transmitidas por mosquitos, continuam presentes. Logo, levar um repelente de insetos com 50% de DEET é, em nossa opinião, essencial.

Por último, recomendamos também que vá a uma consulta do viajante 6 a 8 semanas antes da sua viagem ao México para que viaje informado e com a medicação adequada.

Seguro de Viagem para o México

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Pirâmide do Adivinho em Uxmal

Algo que consideramos crucial numa viagem ao México é um bom seguro de viagem com coberturas que nos façam sentir totalmente protegidos. E no atual contexto epidemiológico, é de crucial importância que tenha cobertura COVID-19.

Um bom seguro de viagem evita muitos dissabores no caso de precisar de cuidados de saúde e assistência médica durante a sua viagem, bem como para se precaver contra outros contratempos (como roubos, perda de malas, cancelamento da viagem, etc). Só assim é possível viajar com tranquilidade.

Na hora de comprar um seguro de viagem, a nossa escolha recai sempre na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em seguros de viagem, apresenta sempre o melhor rácio custo-benefício do mercado, e todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19, a preços surpreendentemente económicos.

Clique para fazer uma simulação para a sua viagem ao México e não se esqueça que, ao utilizar o nosso link, terá um desconto de 5% na compra seu seguro de viagem.

Quantos dias são necessários para visitar a Riviera Maya |México?

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Akumal – Roteiro para visitar o México

Para desfrutar ao máximo do roteiro de carro para visitar o México que desenhamos para si, o ideal é alocar pelo menos 15 dias inteiros (2 semanas) à sua viagem.

Caso consiga acrescentar mais alguns dias, tanto melhor. Dessa forma terá tempo para conhecer sem pressas a maioria dos pontos de interesse da Riviera Maya e Yucatán referidos no nosso roteiro, explorar mais locais mágicos do México, praticar desportos náuticos e snorkeling/mergulho, visitar parques temáticos, ou simplesmente desfrutar de uns relaxantes dias de praia.

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e YucatánAté porque, o maior desafio de uma viagem à Riviera Maya é ter disciplina para não passar o dia inteiro em modo dolce far niente nas suas maravilhosas praias. Vá estando atento às nossas dicas durante a descrição do roteiro de 2 semanas para visitar o México.

Cenote X’Keken – Roteiro para visitar o México

Como sabemos que nem sempre existe disponibilidade para fazer uma viagem de 15 dias, desenhamos também roteiros de 7 e 10 dias para visitar o México. Obviamente que a viagem será num passo mais apressado e, claro está, tivemos que subtrair, de forma cirúrgica, lugares e experiências ao itinerário de 15 dias. Ainda assim, acreditamos que vai regressar a casa igualmente maravilhad@ com a sua viagem à região do México da Riviera Maya e Yucatán. Pode consultar ambos os itinerários logo após a descrição detalhada do roteiro de 15 dias para visitar o México.

Alugar carro e conduzir no México

Somos da opinião que a melhor maneira de explorar a região do México da Riviera Maya e Yucatán é fazendo uma road trip. Ao alugar carro não só maximiza o seu tempo de viagem, como o facto de poder parar em qualquer lugar vai-lhe permitir desfrutar de paisagens maravilhosas e visitar ruínas maias, cenotes e praias menos turísticas.

Além disso, esta região do México é considerada segura para conduzir e a grande maioria das estradas estão em condições aceitáveis. Ah! E os preços do combustível são consideravelmente mais baixos que em Portugal.

Quanto à experiência de condução na região do México da Riviera Maya e Yucatán, não difere muito do que encontra em Portugal. Sim, os mexicanos conseguem fazer ultrapassagens nas estradas mais exíguas, mas, por norma, não se esticam muito com as velocidades e na condução urbana até são relativamente ordeiros. O que sugerimos é que cumpra escrupulosamente as regras de trânsito (não facilite de todo nos limites de velocidade), pois existem inúmeros controlos policiais – e não perdoam a mínima infração.

Nós alugamos o nosso carro através da AutoEurope, com pick-up e entrega no aeroporto de Cancún, e correu tudo cinco estrelas. O que gostamos da AutoEurope é que permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car (e assim encontrar o melhor preço disponível) sendo ainda possível cancelar o aluguer sem qualquer custo até 48h antes da partida.

Clique para ver as melhores opções de aluguer de carro na Riviera Maya/Yucatán

Atenção: a carta de condução portuguesa não é válida para conduzir no México, ou seja, é imperativo obter a carta de condução internacional. Pode fazê-lo com facilidade, mediante o pagamento de uma taxa, nos Balcões de Atendimento dos serviços regionais ou distritais do IMT ou no Automóvel Clube de Portugal (ACP).

Tours para visitar a Riviera Maya | México

Ruínas Maias de Tulum – Roteiro para visitar o México

Se tem pouco tempo disponível para visitar o México e/ou não pretende alugar carro, as excursões organizadas são uma excelente opção para explorar os tesouros da região do México da Riviera Maya e Yucatán, pois livram-n@ da dor de cabeça da logística e são completamente stress free. Se for essa a sua opção, recomendamos que monte base em Cancún e Playa del Carmen, pois é destas cidades que arrancam os melhores tours.

Representação de rituais maias no Parque Temático Xcaret

Abaixo colocamos os tours aos locais mais badalados da Riviera Maya e Yucatán com partida de Cancún e Playa del Carmen que apresentam a melhor relação qualidade/preço. Clique nos respetivos links para consultar os programas, ler reviews e fazer as suas reservas:

Dica VagaMundos: na escolha dos tours, e porque os imprevistos acontecem, evite sempre reservar tours que não permitam cancelamento gratuito. Dê prioridade às excursões e atividades que tenham boas avaliações e permitam cancelar sem custos com (pelo menos) 48h de antecedência.

Onde ficar na Riviera Maya | México? Sugestões de localidades para reservar alojamento

Tendo em conta que o nosso roteiro para visitar a região do México da Riviera Maya e Yucatán abrange uma grande área geográfica, é imperativo dividir as noites de hospedagem por várias localidades ao invés de ficar sempre alojado no mesmo local.

Caso a prioridade da sua viagem ao México seja desfrutar das paradisíacas praias da Riviera Maya, considere montar base numa só localidade (ou dividir a estadia em apenas duas localidades) e fazer os seus passeios a partir daí, visto que exige menos logística e torna a experiência mais relaxante (andar a fazer e desfazer malas todos os dias é sempre chato, sobretudo se viajar com crianças). Nesse caso, as localidades de Cancún, Playa del Carmen, Tulum e Puerto Morelos são as melhores apostas para procurar alojamento.

Independentemente da sua opção, na grande maioria das localidades do México, que referimos neste artigo, encontra excelentes soluções de alojamento, que vão desde o alojamento local aos resorts de luxo das grandes unidades hoteleiras, passando por charmosos boutique hotéis e casas de turismo rural.

Como já percebeu, falta de alojamento com qualidade na Riviera Maya e Yucatán não há. Mas durante a época alta os melhores alojamentos esgotam num ápice e os preços sobem em flecha.

A nossa experiência provou-nos que com antecedência arranjam-se autênticas borlas. Por isso, recomendamos vivamente que reserve os seus alojamentos com antecedência através do Booking.com, pois permite cancelamento da reserva sem custos adicionais na maioria dos casos.

Posto isto, as localidades/ilhas caribenhas que sugerimos para ficar hospedado no nosso roteiro de 15 dias para visitar o México são (pela ordem da viagem):

Clique nos nomes das localidades para ver as melhores ofertas de alojamento e opte sempre por reservar unidades hoteleiras que permitam o cancelamento, não vá ter algum imprevisto.

Por último, queremos salientar que, ao longo do roteiro para visitar a região do México da Riviera Maya e Yucatán, vamos sugerir-lhe os nossos alojamentos favoritos para cada um dos dias – testados e aprovados por nós – e adicionamos ainda algumas sugestões dos hotéis da respetiva localidade que apresentam a melhor relação qualidade/preço.

Roteiro para visitar o México – Itinerário de 15 dias (2 semanas) com os melhores destinos da Riviera Maya e Yucatán

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e YucatánO nosso roteiro para visitar o México é circular, tendo início e fim em Cancún. É importante sublinhar que o número de dias que sugerimos para o roteiro de 15 dias para visitar o México não inclui os dias de viagem do local de origem para a Riviera Maya e vice-versa e pressupõe que a viagem seja feita com recurso a carro alugado.

Izamal – Roteiro para visitar o México

Se é nosso leitor assíduo, já sabe que nos nossos roteiros o número de dias é meramente indicativo. Se abdicar de fazer algumas das atividades que sugerimos ou cortar alguns pontos de interesse, pode fazer este roteiro em menos dias. Por isso mesmo, e como já referimos atrás, desenhamos também roteiros de 7 e de 10 dias para visitar o México. Pode consultá-los imediatamente abaixo do roteiro de 15 dias.

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Cenote Xcanche – Roteiro para visitar o México

No sentido inverso, caso queira explorar mais alguns destinos da região do México da Riviera Maya e Yucatán, fazer mais praia ou praticar snorkeling/mergulho, acrescente mais uns dias a este roteiro para visitar o México.

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Ilha de Holbox – Roteiro para visitar o México
Sargaço nas Praias da Riviera Maya: o sargaço é uma alga marinha de cor acastanhada, que se encontra com frequência nas praias dos países tropicais. Infelizmente, nos últimos anos, a acumulação de sargaço nas praias da Riviera Maya tem aumentado consideravelmente devido às alterações climatéricas, prejudicando assim a experiência daqueles que visitam as paradisíacas praias do México. Para minimizar a situação, as autoridades locais monitoram diariamente a acumulação de sargaço ao longo da costa da Riviera Maya, permitindo aos visitantes ajustar o seu itinerário/planos de acordo com o estado das praias. Pode consultar os dados mais recentes através do site Sargassum Monitoring.

Roteiro para visitar o México: Dia 1

Cancún – Isla Mujeres

Cancún e Isla Mujeres

O nosso roteiro para visitar o México arranca em Cancún, a capital do Estado de Quintana Roo, e principal porta de entrada na Riviera Maya e Península de Yucatán.

Cancún tem literalmente duas faces. A primeira é a cidade de Cancún propriamente dita, onde vivem os locais. A outra é a Zona Hotelera, uma espécie de cidade-ilha a fazer lembrar Miami Beach, que se desenvolve ao longo de uma estrada com cerca de 25 km de extensão, com uma lagoa (Nichupté) de um lado e pelo Mar do Caribe do outro. Escusado será dizer que está pejada de hotéis, restaurantes, beach clubs e discotecas.

Não há como negar que Cancún é um destino muito massificado e que a cidade em si está longe de ser bonita. Mas também é inegável que os seus mais de 20 km de praia de areia fina e águas azul-turquesa, aliada às excelentes infraestruturas turísticas, oferta de atividades náuticas e animação (noturna e diurna) fazem de Cancún um popular destino balnear. Honestamente, não é muito a nossa praia.

Playa Tortugas – Roteiro para visitar o México

Ainda assim, achamos que é um bom ponto de partida para uma viagem ao México. Mais que não seja para curar o jet lag a relaxar numa das suas sedutoras praias (as nossas favoritas são a Playa Delfines, Playas Caracol, Playa Tortugas e Playa Linda) e fazer as primeiras incursões na comida mexicana (cuidado com o picante).

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Playa Norte da Isla Mujeres – Roteiro para visitar o México

Mas, para nós, o melhor de Cancún é ter a apaixonante Isla Mujeres a somente meia hora de distância de barco. Esta pequena ilha caribenha tem apenas 7 km de expensão e 500 metros de largura. Mas o que lhe falta em extensão, sobeja-lhe em beleza. Conte com praias de areia branca pinceladas por coqueiros e plácidas águas cristalinas, perfeitas para dar os primeiros mergulhos da sua viagem ao México ou para praticar snorkeling.

Esculturas da Punta Sur – Roteiro para visitar o México

Se optar pela Isla Mujeres para passar o primeiro dia do seu roteiro a visitar o México, sugerimos que alugue, na ilha, uma bicicleta ou um carrinho de golfe e percorra a ilha de uma ponta a outra. Não deixe de passar na maravilhosa Playa Norte (é a mais turística… mas é também a mais bonita), na Playa Lancheros, na Playa La Joya, o Parque de Esculturas da Punta Sur e visitar a Igreja da Inmaculada Concepción.

Dica VagaMundos: existem ligações diárias de barco entre Cancún e a Isla Mujeres, com partidas regulares desde quatro portos ao longo da costa de Cancún e Zona Hoteleira, nomeadamente: Playa Caracol, Playa Tortugas, El Embarcadero y Puerto Juárez. Para lhe facilitar a logística, pode sempre recorrer a uma excursão de catamarã para visitar a Isla Mujeres, com transfer desde o seu hotel em Cancún (clique para mais informações).

Onde ficar a dormir no 1º dia

Renaissance Cancun Resort & Marina

Localizado numa área exclusiva da Zona Hotelera, a apenas 5 minutos de carro de Puerto Cancún Marina Town Center e de Plaza Las Américas, o novíssimo Renaissance Cancun Resort & Marina oferece acomodações de luxo à beira-mar com vistas panorâmicas da baía. A piscina exterior é o lugar perfeito para se refrescar. Depois, pode petiscar no Litoral, um dos 2 restaurantes, que serve cozinha local farm to table. Dispõe ainda de doca de iates, lounge bar e health club aberto 24 horas. Além do conforto, limpeza e comodidades elogiáveis, a equipa de funcionários é profissional e atenta.

Casa Tortugas Boutique Hotel

Escondido entre os resorts da Zona Hotelera de Cancún, o Casa Tortugas Boutique Hotel é um boutique aparthotel de gerência familiar mexicana, com suites munidas de kitchenette totalmente equipada e infinity pool. Oferecendo uma alternativa autêntica e de bom gosto aos hotéis das grandes cadeias, alojar-se aqui é como ser hóspede na casa (muito bonita!) de alguém. Fica a cerca de 2 minutos a pé da Playa Tortugas e do ferry para a Isla Mujeres, bem como de uma convenience store, farmácia, restaurante e transportes públicos.

Clique para ver mais opções de alojamento em Cancún

Roteiro para visitar o México: Dia 2

Cancún – Ruínas de Ek Balam – Cenote Xcanche – Valladolid

Ek Balam

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e YucatánO segundo dia do nosso roteiro para visitar o México marca o verdadeiro início da roadtrip pela Riviera Maya e Yucatán. A primeira paragem do dia será no sítio arqueológico de Ek Balam, uma antiga cidade maia no estado de Yucatán, onde irá encontrar várias mãos cheias de ruínas de majestosos edifícios rodeados pela densa selva mexicana.

Os locais imperdíveis numa visita às ruínas da cidade maia Ek Balam são o Arco de Entrada de 4 Portas, as Muralhas, a Acrópole (a Grande Pirâmide), as Pirâmides Gémeas, o Palácio Oval e o Campo de Jogo de Bola Mesoamericano.

Cenote Xcanche

Mesmo ao lado de Ek Balam irá encontrar o Cenote Xcanche, uma divinal lagoa de águas azul-turquesa perfeita para dar o primeiro mergulho do segundo dia do seu roteiro a visitar o México. O acesso é pago (como em praticamente todos os cenotes do México) e, do estacionamento até à entrada do cenote, terá de fazer uma pequena caminhada de aproximadamente 2 km (ida e volta) por uma estrada de terra batida ou, como alternativa, alugar uma bicicleta ou recorrer ao serviço de transfer que é feito de triciclo. Depois, é só descer a empinada escadaria que dá acesso à água e dar um chapuzón!

O que é um Cenote? Um cenote é um poço natural (algar), que resulta do colapso da rocha calcária, expondo assim as águas subterrâneas. Os maias usavam os cenotes para abastecimento de água e como locais de sacrifícios. Estima-se que existam aproximadamente 10.000 cenotes na Península de Yucatán.

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e YucatánTermine o segundo dia do seu roteiro a visitar o México rumando até à linda cidade colonial de Valladolid, onde sugerimos que pernoite as próximas duas noites. Provavelmente já vai chegar a Valladolid ao final do dia, por isso, o melhor é reservar as visitas para o dia seguinte.

Onde ficar a dormir no 2º e 3º dia

Casa Tía Micha

Situada num luminoso edifício de estilo colonial, a 5 minutos da Igreja San Gervasio, a Casa Tía Micha é um petit hotel de ambiente familiar que oferece serviços de alojamento onde predomina o acolhimento caloroso, o tratamento personalizado e a privacidade, ideal para pessoas que procuram uma estadia fora do convencional. Cada quarto e suite, privados e aclimatizados, tem um encanto especial e a decoração faz alusão ao estilo colonial sóbrio caraterístico de Valladolid.

Hotel Zentik Project & Saline Cave

Mergulhe numa experiência única, onde tradição, natureza e arte se fundem num ambiente singular. O Hotel Zentik Project & Saline Cave está situado em Valladolid, rodeado de vegetação e arte: os quartos e suites privados em bungalows de estilo maia são uma galeria viva com obras de 15 artistas nacionais e internacionais. Mas o grande trunfo é cenote de água salgada com benefícios terapêuticos que pode desfrutar a seu bel-prazer – embora a piscina exterior com hammoks seja igualmente tentadora. Sem falar do soberbo pequeno almoço.

Clique para ver mais opções de alojamento em Valladolid

Roteiro para visitar o México: Dia 3

Valladolid – Igreja de Uayma – Cenote Suytun

Valladolid

Igreja de San Servacio – Roteiro para visitar o México

O terceiro dia do nosso roteiro para visitar o México será dedicado a visitar a cidade de Valladolid (e arredores), cujo riquíssimo património histórico e natural, aliado à colorida arquitetura colonial, lhe concedeu (com todo o mérito) um lugar na rede dos Pueblos Mágicos de México.

Sugerimos que comece o seu dia com um passeio pelo centro histórico de Valladolid, cujas experiências e locais imperdíveis são os seguintes:

  • Parque Principal Francisco Cantón Rosado, a sempre animada praça principal de Valladolid, rodeada de edifícios coloniais com arcadas que abrigam aprazíveis cafés com esplanadas. No centro da praça encontra-se a icónica La Mestiza, uma fonte dedicada às mulheres de Yucatán. À noite, costumam montar barraquinhas de street food (não deixe de provar as marquesitas ou os churros) e mercados de rua.
  • Visitar o Palacio Municipal, o ayuntamiento de Valladolid no qual encontra o Salón de los Murales, com pinturas que retratam os feitos históricos da cidade. Não deixe de subir às varandas, para desfrutar de uma vista estupenda sobre a praça. Até porque a entrada é grátis.
  • Visitar a Igreja de San Servacio, a Catedral de Valladolid no sul da praça.
  • Percorrer a Calzada de los Frailes, a rua mais bonita de Valladolid, pejada de coloridas casas coloniais.
  • Visitar o Convento Franciscano de San Bernardino de Siena. Não deixe de regressar à noite para assistir ao espetáculo de luz e som que é projetado na fachada do convento (diariamente excetuando segundas-feiras).
  • Visitar a Igreja da Candelária, com a sua linda fachada vermelha, e a Igreja de Santa Ana.
  • Dar um mergulho no Cenote Zaci, que fica localizado mesmo no centro da cidade.
  • Passear (e ir às compras) pelo Mercado Municipal Donato Bates.
  • Visitar a Casa de los Venados, uma casa-museu colonial onde irá encontrar um acervo de mais de 3.000 peças de arte popular mexicana.
  • Visitar o Museu de San Roque, instalado num edifício do século XVI que serviu de igreja, e mais tarde se tornou o primeiro hospital de Valladolid. Não há lugar melhor para aprender sobre a história da cidade.
Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Cenote Zaci

Igreja de Uayma e Cenote Suytun

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Convento de Santo Domingo

Centro histórico de Valladolid visitado, sugerimos que pegue no carro e continue o seu roteiro para visitar o México rumando até ao vizinho povoado de Uayma, onde se encontra o ex-Convento de Santo Domingo, um antigo convento franciscano que se destaca pelas coloridas rosetas e estrelas pintadas na sua avermelhada fachada. É um templo ímpar na Península do Yucatán.

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Cenote Suytun

Antes de regressar a Valladolid, recomendamos vivamente que vá dar um mergulho ao Cenote Suytun, um dos cenotes mais bonitos do México, sobejamente famoso pela sua instagramável plataforma localizada no centro da lagoa natural. Assim fecha o terceiro dia do seu roteiro a visitar o México com chave de ouro!

Roteiro para visitar o México: Dia 4

Valladolid – Chichén Itzá – Cenote Ik-Kil – Izamal

Chichén Itzá

Pirâmide de Kukulkán – Roteiro para visitar o México

O quarto dia do nosso roteiro para visitar o México arranca com uma visita ao complexo arqueológico de Chichén Itzá, a cidade maia mais famosa do mundo, listada pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade e eleita uma das novas 7 Maravilhas do Mundo.

Templo dos Guerreiros

Por ser o sítio arqueológico mais visitado da Península do Yucatán, recomendamos que madrugue de forma a tentar chegar ao Chichén Itzá antes da maioria das excursões que arrancam da Riviera Maya. Dessa forma irá desfrutar mais da sua visita.

El Caracol

Posto isto, os locais imperdíveis numa visita ao complexo arqueológico de Chichén Itzá são as seguintes:

  • Pirâmide de Kukulkán (também chamada de El Castillo), o ex-libris de Chichén Itzá, com aproximadamente 30 metros de altura.
  • Grupo das Mil Colunas, onde se destacam o Templo dos Guerreiros e o Templo das Mesas.
  • El Caracol, o observatório astronómico de Chichen Itzá.
  • Cenote Sagrado, um dos locais onde eram realizados as oferendas aos deuses, entre eles, os sacrifícios humanos.
  • Templo dos Jaguares e das Águias.
  • Templo de Venus.
  • Tzompantli, também chamada de Plataforma dos Crânios.
  • Campo de Jogo da Bola Mesoamericano.
  • Ossuário, a Tumba do Sumo Sacerdote.
  • Conjunto das Freiras.
Dica VagaMundos: para não perder pitada e conhecer melhor a história de Chichén Itzá, nada como visitar o complexo arqueológico com visita guiada. Junto às bilheteiras de Chichén Itzá existem muitos “tour guides” a oferecer o serviço. Mas, para ter a certeza que irá acompanhado por um guia certificado, recomendamos que reserve a sua visita guiada ao Chichén Itzá antecipadamente através da Civitatis (tem cancelamento gratuito até 24 horas de antecedência).

Cenote Ik-Kil

Chichén Itzá visitado, continue o seu roteiro a visitar o México rumando até ao vizinho Cenote Ik-Kil. Para além de ser o local perfeito para um (merecido) refrescante mergulho depois da visita às ruínas, tem à sua espera um cenário digno de figurar num livro de fantasias.

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e YucatánImagine um lago azul escondido a 25 metros debaixo da terra, com paredes cobertas de vegetação e lianas… E fica com uma ideia do que @ espera no Cenote Ik-Kil. Sim, é um dos mais turísticos do México, mas é igualmente um dos mais belos e tem excelentes infraestruturas de apoio, sendo perfeito para miúdos e graúdos.

Izamal

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Parque Itzamna – Roteiro para visitar o México

O quarto dia do nosso roteiro para visitar o México termina em Izamal, a cidade amarela do Yucatán, outro dos Pueblos Mágicos de México. Deambular pelas ruelas empedradas do seu centro histórico, onde quase todos os edifícios se encontram pintados de amarelo, figura entre as nossas melhores memórias do México.

Convento de Santo António de Pádua – Roteiro para visitar o México

A principal atração turística da cidade é o Convento de Santo António de Pádua, um convento franciscano com um átrio de 7800 metros quadrados e 75 arcos. É o maior átrio fechado de todo o continente americano e o segundo maior do mundo, sendo apenas superado pela Praça de São Pedro no Vaticano.

Pirâmide de Kinich Kakmó

Os outros locais de interesse de Izamal são a Pirâmide de Kinich Kakmó (uma das mais altas do Yucatán, superando em altura a Pirâmide de Chichén Itzá), a Pirâmide de Itzamatulo, o Parque Itzamna (a praça principal de Izamal) e o Parque 5 de Mayo (onde se encontra o Palacio Municipal).

Onde ficar a dormir no 4º dia

Hotel San Miguel Arcangel

Ocupando uma das mansões mais antigas e representativas da cidade Izamal, o Hotel San Miguel Arcangel é definitivamente um hotel ao estilo “Old Mexico” – em ambiente e decoração. E uma opção “no frills” bastante económica a escassos passos da praça principal. Os quartos com casa de banho privada, simples mas funcionais, alguns com varanda, apresentam áreas generosas, AC e ventoinha, TV ecrã plano e rede mosquiteira.

Hacienda Sacnicte

Com uma piscina exterior, a Hacienda Sacnicte é uma bela fazenda histórica localizada a 4 km de Izamal, envolta de serenidade intimista. Cada suite apresenta comodidades modernas numa decoração elegante de bom gosto com elementos tradicionais mexicanos, climatização com AC e inclui uma área de estar, uma secretária e uma casa de banho privativa com chuveiro e WC.

Clique para ver mais opções de alojamento em Izamal

Roteiro para visitar o México: Dia 5

Izamal – Mérida

Mérida

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Plaza Grande – Roteiro para visitar o México

A maior parte do quinto dia do nosso roteiro para visitar o México será passado a explorar a cidade de Mérida, a capital do estado do Yucatán. Se não conseguiu visitar tudo o que queria em Izamal no dia anterior, aproveite parte da manhã para o fazer.

Um dos arcos que marca a entrada no centro histórico de Mérida

Uma vez em Mérida tem à sua espera uma cidade onde o passado colonial se mescla com a modernidade. Praças animadas, antigas igrejas, sumptuosos palácios, ruelas ladeadas por coloridas casas e solares, grandiosas avenidas, excelentes museus e uma vibrante vida cultural fazem de Mérida um destino incontornável num roteiro para visitar o México.

Igreja de San Juan Bautista – Roteiro para visitar o México

Escusado será dizer que não falta o que ver e fazer naquela que é a maior cidade do Yucatán. As experiências e locais que consideramos imperdíveis numa visita a Mérida são os seguintes:

  • Plaza Grande, o centro nevrálgico de Mérida, considerada como uma das praças mais bonitas de todo o México.
  • Catedral de San Ildefonso, a catedral mais antiga do México e segunda mais antiga das Américas (perde o título de mais ancestral para a Catedral de Santo Domingo, na República Dominicana).
  • Palácio Municipal e Palácio do Governo: em ambos pode subir ao segundo piso para desfrutar de excelentes vistas sobre a praça e no Palácio do Governo ainda tem o bónus de poder admirar os 27 murais do pintor Fernando Castro (entrada grátis).
  • Casa Montejo, a casa mais antiga de Mérida.
  • Passear pelas coloridas ruas do bairro colonial de Santa Lucía.
  • Parque de San Juan, onde se encontra a Igreja de San Juan Bautista, a icónica fonte La Negrita e o Arco de San Juan.
  • Parque de Santa Lucía, a “casa” da Igreja de Santa Lucía, onde todas as quintas feiras à noite se celebra a tradicional Serenata Yucateca.
  • Passear pelo Paseo de Montejo, uma colossal avenida inspirada dos Campos Elíseos de Paris.
  • Palácio Cantón, que presentemente alberga o Museu Regional de Antropologia de Yucatán.
  • Parque de Santiago, uma praça que todas as terças-feiras à noite ganha vida com um tradicional bailarico.
  • Mercado de Lucas de Gálvez, o mercado mais tradicional de Mérida, no qual irá encontrar imensos produtos locais e souvenirs.
Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Catedral de San Ildefonso
Dicas VagaMundos: se quiser acrescentar mais um dia ou dois ao seu roteiro para visitar o México, sugerimos que monte base em Mérida e vá percorrer a Ruta Puuc, uma rota arqueológica onde brilham as ruínas maias de Kabah, Sayil, Xlapak, Labná e Uxmal (esta última terá oportunidade de visitar no sexto dia do nosso roteiro para visitar o México). Outro bom passeio perto de Mérida é combinar uma visita ao Cenote Nah Yah com o Sítio Arqueológico de Mayapán, muitas vezes apelidado de “pequeno Chichén Itzá”. Infelizmente, o acesso a este último encontra-se fechado desde novembro de 2023 devido a um bloqueio de estrada feito pelos indígenas. Se tiver reaberto quando visitar o México, não hesite em adicionar Mayapán ao seu itinerário.

Onde ficar a dormir no 5º dia

Hotel Santa Ana

Localizado no centro da cidade de Mérida e com uma piscina exterior, o Hotel Santa Ana tem uma localização privilegiada: apenas a 200 metros da popular Avenida Paseo Montejo. A antiga casa colonial do governador convertida em hotel de 3 estrelas dispõe de acesso Wi-Fi gratuito e os quartos estão equipados com TV ecrã plano, ar condicionado e casas de banho privadas que incluem chuveiro, produtos de higiene pessoal gratuitos e toalhas. Também incluem uma linha telefónica e ventoinhas.

Kuka y Naranjo

Oito minutos a pé separam a praça principal de Mérida desta “joyita” de hospitalidade. Literatura, arte, arquitetura e poesia definem a génese do Kuka y Naranjo “Hotelito” Cultural (com “piscinita”), um projeto alternativo e sustentável, colorido e inspirador. Cada canto espelha a essência da casa com elementos decorativos mexicanos, vintage e artesanais. Dispõe até dum restaurante vegan onde fazem a própria Kombucha. Se não sabe o que é, vá lá prová-la.

Clique para ver mais opções de alojamento em Mérida

Roteiro para visitar o México: Dia 6

Mérida – Uxmal – Campeche

Uxmal

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e YucatánO sexto dia do nosso roteiro para visitar o México arranca com uma visita às ruínas da antiga cidade maia de Uxmal, um dos complexos arqueológicos que mais nos impressionou na Península do Yucatán, também ele listado pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade.

Os locais que consideramos imperdíveis em Uxmal são os seguintes:

  • Pirâmide do Adivinho, com uns admiráveis 37 metros de altura. É a pirâmide principal de Uxmal, e um dos edifícios maias mais imponentes do México.
  • Palácio do Governador, uma autêntica obra-prima da arquitetura maia.
  • Grande Pirâmide de Uxmal, outra colossal estrutura com aproximadamente 30 metros de altura.
  • Quadrilátero dos Pássaros e o Quadrilátero das Freiras.
  • Campo de Jogo da Bola Mesoamericano.
  • Adoratório Picota e Trono do Jaguar.
  • Casa da Velha, Casa dos Pombos e Casa da Tartaruga.

Campeche

Calle 59 – Roteiro para visitar o México

O sexto dia do nosso roteiro para visitar o México termina em Campeche, o nome pelo qual é conhecida San Francisco de Campeche, a capital do homónimo estado mexicano.

Catedral de Nuestra Señora de la Purísima Concepción

Apesar de não granjear da fama de Mérida ou Valladolid, Campeche é uma cidade simplesmente encantadora, com um colorido centro histórico listado como Património Mundial pela UNESCO e um ambiente estupendo. Para nós, foi amor à primeira vista e existem fortes probabilidades de lhe acontecer o mesmo.

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Igreja de San Roque – Roteiro para visitar o México

Os locais que consideramos de visita obrigatória e as experiências a não perder em Campeche são as seguintes:

  • Passear pelas ruas e ruelas do muralhado centro histórico, e deixar-se apaixonar pelas suas coloridas casas coloniais. Não deixe de passar na Calle 59, unanimemente considerada a mais bonita de Campeche, na qual irá encontrar muitos bares e restaurantes com esplanadas. À noite é uma boa aposta para jantar ou beber um copo.
  • Plaza de la Independencia, o coração do centro histórico de Campeche, no qual se encontra um enorme quiosque com uma esplanada, perfeito para tomar um café. Ao fim de semana há música ao vivo e bailarico.
  • Visitar a Catedral de Nuestra Señora de la Purísima Concepción
  • Visitar a Puerta de Tierra e a Puerta de Mar, as duas das quatro portas da cidadela de Campeche que resistiram ao teste do tempo.
  • Passear pelas muralhas de Campeche e visitar os seus bastiões mais emblemáticos, nomeadamente o La Soledad, San Pedro, San Francisco, San Juan, Santa Rosa e San Carlos.
  • Visitar o Centro Cultural Casa Nº 6, uma casa-museu que permite conhecer o estilo de vida das famílias endinheiradas de Campeche nos séculos XVIII e XIX.
  • Igreja de San Roque, também conhecida por Igreja de San Francisquito, e Igreja San José.
  • Passear pela Malecón, a marginal de Campeche. É o local perfeito para assistir ao pôr-do-sol.
  • Assistir ao espetáculo de luz e som que, de terças a domingos à noite, é projetado na fachada do Centro Cultural El Palacio. É completamente grátis!
Malecón

Onde ficar a dormir no 6º dia

Hotel Plaza Colonial

O Hotel Plaza Colonial dispõe de uma piscina exterior, estacionamento privado gratuito e quartos climatizados com Wi-Fi gratuito. O Jardim Botânico X’much-haltún está situado em frente ao hotel, a apenas 2 quarteirões da Catedral de Campeche. Este hotel de 4 estrelas ocupa um edifício de estilo colonial com um pátio central. Os quartos, bem-iluminados e elegantes, estão equipados com AC e ventoinha, cofre e TV ecrã plano, e casa de banho privada com banheira.

Gamma Campeche Malecon

Além da localização privilegiada, à beira-mar e a escassos metros do centro de Campeche, o Gamma Campeche Malecon dispõe de piscina exterior, restaurante e bar, centro de fitness e estacionamento privado gratuito. Apresenta um ambiente acolhedor com “sabor local”. Os quartos climatizados têm vista-cidade ou vista-mar, incluem cafeteira, TV ecrã plano, Wi-Fi gratuito e casa de banho privada.

Clique para ver mais opções de alojamento em Campeche

Roteiro para visitar o México: Dia 7

Campeche – Edzná – Xpujil

Edzná

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e YucatánO sétimo dia do nosso roteiro para visitar o México arranca com uma visita às ruínas da cidade maia de Edzná. Caso não tenha conseguido ver tudo o que queria em Campeche no dia anterior, pode alocar parte da manhã para “atar pontas soltas”. Mas não se descuide com as horas, pois hoje terá mais de quatro horas de condução pela frente.

Uma vez em Edzná recomendamos que foque a sua visita nos seguintes locais de interesse do sítio arqueológico:

  • Grande Acrópole, onde brilha o Templo dos Cinco Pisos, uma enorme pirâmide com cinco pisos e cerca de 30 metros de altura. É a joia da coroa de Edzná.
  • Casa da Lua, fca situada do canto sudoeste da Grande Acrópole e, do topo, têm-se as melhores vistas sobre o recinto e o Templo dos Cinco Pisos.
  • Nohochna (significa “Casa Grande” na língua maia), uma enorme plataforma de pedra, com cerca de 135 metros de comprimento, 30 de largura e 10 de altura.
  • Pequena Acrópole, onde irá encontrar quatro dos edifícios mais antigos de Edzná.
  • Templo de Mascarones.
  • Plataforma das Facas.
  • Campo de Jogo da Bola Mesoamericano.

Xpujil

Edzná visitada, feche o sétimo dia do seu roteiro a visitar o México rumando até à pequena localidade de Xpujil, o melhor local onde ficar a dormir para no dia seguinte visitar a extraordinária reserva natural e complexo arqueológico de Calakmul.

A viagem ainda é puxada (sensivelmente três horas e meia), logo, conte chegar a Xpujil já para o final do dia. Se chegar mais cedo, pode aproveitar para visitar o pequeno complexo arqueológico de Xpuhil, que se encontra situado nas imediações do povoado.

Onde ficar a dormir no 7º dia

Hotel Casa Las Lolas

Nas franjas de Xpujil, o Hotel Casa Las Lolas tem um jardim com terraço, acesso Wi-Fi e estacionamento privado gratuitos em Xpujil. As acomodações unidades estão equipadas com AC, TV ecrã plano, casa de banho privativa com chuveiro e produtos de higiene pessoal gratuitos. Algumas unidades também têm uma cozinha equipada com frigorífico, máquina de lavar louça e micro-ondas.

Clique para ver mais opções de alojamento em Xpujil

Roteiro para visitar o México: Dia 8

Xpujil – Calakmul – Bacalar

Calakmul

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e YucatánO oitavo dia do nosso roteiro para visitar o México é um dos dias que implica mais horas de condução. Não só devido às distâncias a percorrer, mas, sobretudo, devido ao facto da estrada de acesso a Calakmul não se encontrar nas melhores condições e, por se encontrar dentro de uma área protegida, ter limites de velocidade baixas. Como tal, recomendamos que comece o dia bem cedo de forma a poder explorar as ruínas de Calakmul sem correrias e ter tempo de chegar a Bacalar antes de cair a noite.

Calakmul foi uma das últimas descobertas da civilização maia na Península de Yucatán. Este colossal complexo arqueológico encontra-se escondido nas profundezas da selva junto à fronteira com a Guatemala, tendo sido declarado Reserva da Biosfera e Património da Humanidade da UNESCO. Para ter uma ideia da grandiosidade de Calakmul, estima-se que existam mais de 6000 estruturas dentro a zona arqueológica, das quais só ainda são visitáveis pouco mais de 20 edifícios.

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e YucatánApesar dos edifícios não se encontrarem em tão bom estado de conservação como em Chichén Itzá ou Uxmal, têm um enquadramento paisagístico simplesmente mágico, de fazê-l@ sentir-se um autêntico(a) Indiana Jones/Lara Croft. Ao contrário do que acontece na maioria dos complexos arqueológicos do México, em Calakmul ainda é possível subir ao topo das pirâmides, onde poderá deliciar-se com vistas de fazer cair o queixo.

Para visitar o complexo arqueológico de Calakmul são propostas três rotas, com tempos distintos de duração, para serem percorridas a pé em total autonomia: uma curta (2h), uma média (3h) e uma grande (4h – 5h). Nós optamos pela rota grande, mas, caso esteja apertad@ de tempo e queira conhecer apenas as principais estruturas, a rota curta é suficiente. A grande mais-valia da rota grande é embrenhar-se mais na selva, o que aumenta consideravelmente a hipótese de ver a fauna local (nós vimos muitos tucanos, iguanas, tatus e macacos). A nível dos edifícios propriamente ditos, não acrescenta muito.

Iguana em Calakmul – Roteiro para visitar o México

Posto isto, os locais que consideramos imperdíveis em Calakmul são os seguintes:

  • Gran Plaza, o coração da cidade de Calakmul ao redor do qual se encontram os edifícios mais imponentes.
  • Estrutura II, a maior pirâmide de Calakmul, com cerca de 50 metros de altura. É considerada uma das mais importantes do mundo maia. É extenuante subir ao topo, mas as vistas valem cada gotinha de suor.
  • Estrutura I, a segunda pirâmide mais alta de Calakmul, com aproximadamente 40 metros de altura. Também pode subir ao topo para usufruir das vistas sobre o “mar de selva”.
  • Grande Acrópole, a zona residencial de Calakmul, que tem como edifícios de maior destaque a Estrutura XIII, a mais alta da zona, a Estrutura XIV e a Estrutura XV.
  • Campo de Jogo da Bola Mesoamericano.
  • Pequena Acrópole, que tem como destaque o edifício Estrutura III.
Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Bacalar – Roteiro para visitar o México

Depois de visitar Calakmul, feche o oitavo dia do seu roteiro a visitar o México rumando até Bacalar, que fica situado no extremo sul do vizinho estado de Quintana Roo, bem pertinho da fronteira com o Belize. A viagem demora quase 4 h e 30 min pelo que já deve chegar a Bacalar ao cair da noite. Mas não se preocupe que o dia seguinte será todo ele dedicado a explorar Bacalar e a Lagoa das 7 Cores, o cognome da divinal Lagoa de Bacalar.

Onde ficar a dormir no 8 e 9º dia

Villas Ecotucan

Localizado nas margens da Lagoa Bacalar, a 8 km da cidade de Bacalar, as Villas Ecotucan são um paraíso no meio da selva. Este hotel ecológico e sustentável (toda a energia é fornecida por painéis solares) oferece bungalows espaçosos, arrumados, limpos e bonitos, ao estilo cabana maia mas com comodidades modernas, como Wi-Fi gratuito. Depois do pequeno almoço, bastante elogiado, pode ir ao cais privado da propriedade e pegar numa canoa para navegar no lago.

Blue Palm Bacalar

Um hotel lindo e um oásis de tranquilidade no centro da cidade, no petit hotel Blue Palm Bacalar pode desfrutar do luxo minimalista subtil de suites espaçosas, super confortáveis e harmoniosas (todas com varanda ou terraço), deliciosa comida local e internacional, cocktails exóticos e serviços exclusivos de relaxamento. O espaço exterior convida a relaxar na piscina, no terraço ou no jardim tropical.

Clique para ver mais opções de alojamento em Bacalar

Roteiro para visitar o México: Dia 9

Bacalar

Bacalar e Lagoa de Bacalar

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e YucatánComo já referimos, o nono dia do nosso roteiro para visitar o México será todo ele dedicado a conhecer Bacalar e a Lagoa das 7 Cores, o nome que se colou à Lagoa de Bacalar devido às suas cristalinas águas apresentarem sete tons de azul, resultado dos diferentes níveis de profundidade. As cores são simplesmente estonteantes e vai ter de se beliscar para ter a certeza que não foi teletransportad@ para o vizinho caribenho, o Belize.

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e YucatánPosto isto, sugerimos que comece o dia com um passeio de barco pela Lagoa de Bacalar, para conhecer os seus locais mais emblemáticos e desfrutar de uns belos mergulhos nas suas cristalinas águas. Por norma, os passeios de barco passam pelos seguintes pontos de interesse: Cenote Negro, Cenote Esmeralda e Cenote Cocalitos (cujas águas alimentam a lagoa), o Canal dos Piratas e a Ilha dos Pássaros, que fica no meio da lagoa.

Nós reservámos este passeio de barco de três horas, com várias paragens para nadar, através do GetYourGuide (clique para ver) e recomendamos sem hesitar. Excelente relação qualidade-preço e cancelamento gratuito até 24 horas de antecedência, o que nos permitiu garantir lugar para o dia que queríamos, sem arriscarmos perder as vagas nem pagarmos mais por isso.

Depois do passeio de barco, sugerimos que vá conhecer o Cenote Azul, uma enorme lagoa circular rodeada de árvores que se encontra separada da Lagoa de Bacalar. Pode aproveitar para visitar (e dar um mergulho) no vizinho Balneário Cocalitos, um autêntico santuário de estromatólitos, um fóssil vivo que antecede os humanos, os dinossauros e até mesmo as plantas. Sim, estas “pedras” respiram e são tidas como a mais antiga forma de vida no planeta Terra.

Para fechar o nono dia do seu roteiro a visitar o México, sugerimos que faça um passeio pelas animadas ruas e ruelas de Bacalar, nas quais irá encontrar imensa street art. A nível de património histórico, o destaque vai para o imponente Forte de San Felipe, construído pelos espanhóis para proteger Bacalar dos ataques dos piratas.

Roteiro para visitar o México: Dia 10

Bacalar – Ruínas Maias de Tulum – Praias e Cenotes de Tulum – Tulum

Ruínas Maias de Tulum

O décimo dia do nosso roteiro para visitar o México será dedicado a visitar Tulum, um dos destinos imperdíveis na Riviera Maya. Os seus principais cartões de visita são as ruínas da antiga cidade maia de Tulum, as paradisíacas praias de areia fina e os celestiais cenotes de águas cristalinas.

A viagem desde Bacalar demora sensivelmente três horas, logo, só deve chegar a Tulum ao final da manhã. Aconselhamos que vá diretamente visitar as Ruínas Maias de Tulum, o ex-libris da região.

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e YucatánApesar de estar longe de ser o complexo arqueológico mais impressionante da Península do Yucatán, a sua localização privilegiada num promontório sobranceiro ao Mar das Caraíbas, fazem das Ruínas de Tulum, um dos sítios arqueológicos mais fotogénicos da Riviera Maya. Os seus principais pontos de interesse são os seguintes:

  • El Castillo (a estrutura mais importante de Tulum)
  • Templo del Dios Descendente
  • Templo de los Frescos
  • Muralhas de Tulum
  • Casa del Cenote
  • Casa de las Columnas
  • Casa del Halach Uinic
Dica VagaMundos: depois de visitar o sítio arqueológico de Tulum sugerimos que desça até à Playa de las Ruinas, para poder ver as ruínas de outra perspetiva e dar um mergulho nas quentinhas águas do Caribe (o acesso à praia está incluído no bilhete das ruínas).

Praias e Cenotes de Tulum

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Playa Paradiso – Roteiro para visitar o México

Ruínas de Tulum exploradas, sugerimos que ocupe o restante do décimo dia do seu roteiro a visitar o México a desfrutar das praias e cenotes mais bonitos de Tulum. As que mais nos encheram as medidas são as seguintes:

  • Playa Paradiso
  • Playa Pescadores
  • Cenote Dos Ojos
  • Cenote Nohoch Nah Chich
  • Gran Cenote
Dica VagaMundos: se tiver a possibilidade de acrescentar mais um dia ao seu roteiro para visitar o México, recomendamos que vá visitar a Reserva da Biosfera Sian Ka’an, um autêntico paraíso natural, com uma enorme diversidade de fauna e flora. Nós fizemos esta excursão de dia inteiro a Sian Ka’an da Civitatis com partida de Tulum (em regime de tudo incluído) e adoramos a experiência.
Reserva da Biosfera Sian Ka’an

Onde ficar a dormir no 10º dia

XscapeTulum

A sua escapadinha para o paraíso pode muito bem estar no XscapeTulum! Com uma piscina exterior abraçada por um jardim tropical exuberante, este hotel de 4 estrelas está localizado a 1 km da praça principal de Tulum e a cerca de 5 km do Sítio Arqueológico de Tulum. Todos os quartos e apartamentos (com kitchenette equipada) incluem ar condicionado, área de estar, casa de banho privativa com banheira ou chuveiro e produtos de higiene pessoal gratuitos. Dado o padrão de qualidade e serviço personalizado, tem uma relação qualidade-preço estupenda.

Naala Tulum

Promovendo uma nova visão de acomodações de luxo com uma decoração incrível em estilo rústico-sofisticado, o Naala Tulum apresenta instalações contemporâneas e quartos e apartamentos cheios de estilo para viver uma das melhores experiências de alojamento em Tulum. Dispõe ainda de piscina exterior com vistas soberbas, jardim tropical, restaurante, bar, salão partilhado e estacionamento privado (custo adicional).

Clique para ver mais opções de alojamento em Tulum

Roteiro para visitar o México: Dia 11

Tulum – Ruínas de Coba – (Akumal) – Playa del Carmen

Coba

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e YucatánO 11º dia do nosso roteiro para visitar o México arranca com uma visita às ruínas da cidade maia de Coba, o último complexo arqueológico que decidimos incluir no nosso roteiro pela Riviera Maya.

Apesar de não granjear da fama de Chichén Itzá ou da grandiosidade de Calakmul, o complexo arqueológico de Coba encontra-se escondido em plena selva e tem várias mãos cheias de impressionantes ruínas maias, entre elas uma das pirâmides mais colossais da Riviera Maya.

Os locais que consideramos imperdíveis numa visita a Coba são os seguintes:

  • Pirâmide de Nohoch Mul, a Grande Pirâmide de Coba, com quase 50 metros de altura. Antigamente era possível subir ao topo e desfrutar de vistas soberbas sobre a selva mexicana, mas, desde o início de 2024, a subida foi interdita por razões de segurança.
  • Templo da Igreja, o segundo mais alto de Coba, só mesmo superado pela Pirâmide de Nohoch Mul.
  • Templo Oval (Pirâmide Xaibé).
  • Campos de Jogo da Bola Mesoamericano (sim, existem dois).
  • Grupo Arqueológico das Pinturas.
  • Grupo Arqueológico Macanxoc.
Xcaret – Roteiro para visitar o México
Dica VagaMundos: caso já esteja saturad@ de ruínas maias, pode trocar a visita a Coba por uma visita a Xcaret, o parque temático mais famoso da Riviera Maya, que fica localizado nos arredores de Playa del Carmen. Em Xcaret terá a possibilidade de conhecer as tradições culturais do México, nadar e praticar snorkeling em cenotes e rios subterrâneos, assistir a festivais e cerimónias, e ver um sem número de animais exóticos. Clique para reservar o seu bilhete de entrada no Xcaret (com cancelamento gratuito e 5% de desconto sobre o preço oficial).

Playa del Carmen

O 11º dia do nosso roteiro para visitar o México termina em Playa del Carmen, um dos destinos balneares mais afamados da Riviera Maya. Se vir que tem tempo, pelo caminho pode aproveitar para fazer uma paragem na praia de Akumal, onde é possível nadar com tartarugas (entrada paga).

Praia de Akumal – Roteiro para visitar o México

Uma vez em Playa del Carmen sugerimos que foque a sua visita nos seguintes locais de interesse/atividades:

  • Percorrer a Quinta Avenida, a principal artéria pedonal de Playa del Carmen, pejada de lojas, bares e restaurantes. É o coração da animada vida noturna da cidade!
  • Passear pelo Parque dos Fundadores, onde se encontra a icónica estátua do Portal Maia.
  • Dar uns mergulhos nas quentinhas águas caribenhas numa das praias de Playa del Carmen. As de mais fácil acesso são a Praia do Parque dos Fundadores, a Praia Mamitas e a Praia 88, mas as nossas favoritas são a Praia Punta Esmeralda e a Praia Xcalacoco.
  • Visitar a Igreja de Nuestra Señora del Carmen.
  • Visitar o Museu Frida Kahlo.
Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatán
Parque dos Fundadores
Dica VagaMundos: o próximo dia do nosso roteiro para visitar o México será passado na Ilha de Cozumel, que fica mesmo em frente da Playa del Carmen. Como só tínhamos um dia para dedicar à ilha, optamos por ficar a dormir em Playa del Carmen, evitando assim ter de andar com as malas de um lado para o outro. Contudo, se tiver a possibilidade de alocar mais um 1 ou 2 dias para visitar Cozumel, o melhor mesmo é ficar a dormir na ilha. Assim, ganha mais tempo para desfrutar das suas maravilhosas praias e reservas naturais. Clique para ver as melhores opções de alojamento em Cozumel.

Onde ficar a dormir no 11 e 12º dia

Suites Cielo y Mar

Localizado na Quinta Avenida de Playa del Carmen, perto de lojaas e restaurantes e a escassos passos da praia, o hotel de 3 estrelas Suites Cielo y Mar – adults only oferece suites coloridas e limpas com pequeno almoço incluído, todas com varanda vista mar ou vista jardim, equipadas com micro-ondas, minibar e cafeteira, boas para um casal que busque uma estadia autossuficiente. Dispõe de piscina no rooftop, limpeza diária e um conveniente estacionamento privado gratuito.

Meliora by Bunik

Para famílias e com uma localização conveniente no centro de Playa del Carmen, o Meliora by Bunik dispõe de suites e estúdios, espaçosos e limpos, todos com kitchenette equipada, ar condicionado, área de estar e de refeições, varanda, casa de banho privada e TV ecrã plano. As comodidades incluem piscina no rooftop e terraço com espreguiçadeiras para banhos de sol e receção 24 horas.

Clique para ver mais opções de alojamento em Playa del Carmen

Roteiro para visitar o México: Dia 12

Cozumel

Cozumel

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e YucatánComo já referimos, o 12º dia do nosso roteiro para visitar o México será todo ele dedicado a explorar Cozumel, a terceira maior ilha do México, considerada um dos melhores locais do mundo para praticar mergulho e snorkeling.

Ferry para Cozumel

Existem ligações diárias de barco entre Playa del Carmen e San Miguel de Cozumel (a capital da ilha), com partidas regulares do cais que se encontra em frente do Parque dos Fundadores (não é permitido levar o carro). A viagem demora sensivelmente 35 minutos e, por norma, a primeira viagem do dia é entre as 8h e as 9h  e a última entre as 20h e as 21h (horários semelhantes no sentido Cozumel – Playa del Carmen). Pode reservar a sua viagem de barco entre Playa del Carmen e Cozumel com antecedência (sem custos adicionais e cancelamento gratuito) através da Civitatis.

El Cielo – Roteiro para visitar o México

Cozumel é a casa de inúmeras praias paradisíacas, mas os seus ex-libris são o Grande Recife Maia (o segundo maior recife de coral do mundo, só superado pela Grande Barreira de Coral da Austrália) e o El Cielo, um fabuloso banco de areia com cristalinas águas azul-turquesa pejado de estrelas-do-mar (daí o seu nome).

Nós reservámos este passeio de barco ao El Cielo e aos Recifes de Coral com partida de San Miguel de Cozumel, que já incluía snorkeling com guia, almoço e bebidas ilimitadas através do GetYourGuide (clique para ver) e recomendamos sem pestanejar. Foi um dos momentos altos do nosso roteiro a visitar o México!

Roteiro para visitar o México: Dia 13, 14 e 15

Holbox

Holbox

Os últimos três dias do nosso roteiro para visitar o México serão passados em Holbox, uma paradisíaca ilha situada ao largo da costa norte da Península de Yucatán, onde o Mar das Caraíbas de encontra com o Golfo do México.

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e YucatánHolbox é um destino ímpar na Riviera Maya, perfeito para passar uns relaxantes dias entre banhos de sol e mar, “patrocinados por uma bebida qualquer”. Para além de ser o “lar” de algumas das praias mais bonitas do México, tem um ambiente hippie-boémio super tranquilo que contrasta com a agitação das estâncias balneares da Riviera Maya. Em Holbox não existem edifícios altos nem gigantescas estruturas hoteleiras. Tão pouco existem estradas pavimentadas não sendo sequer permitida a circulação de veículos a motor. Sim, Holbox é um pedacinho do céu na costa do México, perfeito para namorar ou relaxar em família.

A melhor opção para explorar a ilha é alugando uma bicicleta ou, em alternativa, um carrinho de golfe, o veículo mais rápido que vai encontrar em Holbox. Posto isto, os locais que consideramos de visita obrigatória na ilha de Holbox são os seguintes:

  • Praia Punta Cocos, uma das praias mais bonitas de Holbox, na qual irá encontrar uma miríade de instagramáveis camas de rede sobre a água e um igualmente fotogénico cais de madeira perfeito para assistir ao pôr-do-sol.
  • Punta Mosquito, uma das áreas mais virgens de Holbox, onde irá encontrar um gigantesco banco de areia rodeado de cristalinas águas azul-turquesa. É um dos melhores locais da ilha para observação de aves (como pelicanos e flamingos) e vida aquática (nós até tivemos a sorte de ver raias mantas).
  • Praia Grande de Holbox, a praia mais perto do povoado de Holbox, na qual irá encontrar inúmeros bares, restaurantes e beach clubs.
  • Passear pelas ruelas empoeiradas da cidade de Holbox, apreciando os inúmeros murais de arte urbana que decoram os edifícios.
  • Fazer um passeio de barco à Ilha da Paixão e à Ilha dos Pássaros.
Praia Punta Cocos

Como ir de Playa del Carmen para Holbox?

Os barcos para Holbox partem exclusivamente do Porto de Chiquilá, um pequeno povoado situado na costa norte da Península do Yucatán, a cerca de duas horas de distância de carro de Playa del Carmen.

Existem ligações diárias de barco entre Chiquilá e Holbox, com partidas regulares a cada meia hora, das 6h às 21h30. A viagem demora somente 15 minutos e pode comprar os seus bilhetes diretamente no porto.

Como já referimos, em Holbox não é permitida a circulação de veículos a motor pelo que terá de deixar a sua viatura em Chiquilá. Junto ao porto irá encontrar vários parques de estacionamento vigiados (pagos), onde pode deixar o seu carro de aluguer em segurança durante o tempo que estiver em Holbox.

Onde ficar a dormir no 13º, 14º e 15º dia

Palapas del Sol

Hospitalidade maia no seu melhor. O Palapas del Sol transforma o sonho de “amor e uma cabana” na praia em realidade. Situado na bela praia da Ilha Holbox, apresenta suites e estúdios (com kitchenette) em 6 chalets de praia em estilo palapa de sonho. Dormir nas nuvens em camas de conforto máximo ou balançar relaxadamente num hammock num terraço privado com vistas soberbas, quem não quer? Quando se fartar de banhos de mar na praia privada, há restaurantes, bar e spa para se entregar aos prazeres da vida.

My Blue Hotel Holbox

Em frente à praia, o My Blue Hotel Holbox disponibiliza quartos e suites de luxo a 2 minutos a pé de Praia Holbox. Este hotel 5 estrelas apresenta comodidades modernas e elegantes, que incluem uma piscina exterior, jardim, restaurante e bar, receção 24 horas. Dispõe ainda de serviços de transfer do aeroporto, limpeza de quartos e acesso Wi-Fi gratuito. Cada unidade está equipada com ar condicionado, secretária, cofre, TV ecrã plano, varanda privada e casa de banho com chuveiro.

Clique para ver mais opções de alojamento em Holbox

Mapa do roteiro para visitar o México em 15 dias (2 semanas)


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro para visitar o México em 15 dias (2 semanas).

Roteiro para visitar o México em 10 dias

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e Yucatántem 10 dias para visitar o México? Naturalmente que vai ter de abdicar de alguns dos pontos de interesse da Riviera Maya e do Yucatán que referimos no nosso roteiro de 15 dias (2 semanas) para visitar o México e os maiores “cortes” serão a visita a Cancún e às ruínas da cidade mais de Calakmul. Terá também de optar por apenas uma das ilhas do México, Cozumel ou Holbox, para desfrutar de uns relaxantes dias de praia no final do seu roteiro a visitar o México.

Ainda assim, o itinerário que desenhamos, vai permitir-lhe ver os maiores cartões-postal da região do México da Riviera Maya e Yucatán e ter tempo para uns deliciosos mergulhos nas quentinhas águas caribenhas e nos incríveis cenotes do México. Claro que pode sempre optar por condensar o roteiro de 15 dias em 10 dias, mas vai passar demasiado tempo a correr de um lado para o outro e pouco tempo nos locais de interesse.

Abaixo encontra a nossa sugestão de roteiro para 10 dias, podendo ler a respetiva descrição dos locais de interesse no roteiro de 15 dias para visitar o México.

Dia 1

Valladolid – Cenote Suytun

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Valladolid

Dia 2

Chichén Itzá – Cenote Ik-Kil – Izamal

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Izamal

Dia 3

Izamal – Mérida

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Mérida

Dia 4

Mérida – Uxmal – Campeche

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Campeche

Dia 5

Campeche – Ruinás Edzná – Bacalar

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Bacalar

Dia 6

Laguna de Bacalar – Tulum

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Tulum

Dia 7

Tulum – Ruínas de Coba – Playa del Carmen

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Playa del Carmen

Dia 8, 9 e 10

Cozumel

ou

Holbox

Mapa do roteiro para visitar o México em 10 dias


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro para visitar o México em 10 dias.

Roteiro para visitar o México em 7 dias (1 semana)

Roteiro México: o que visitar na Riviera Maya e YucatánSó dispõe de 7 dias (1 semana) para visitar o México? Não se preocupe que nós damos-lhe uma ajuda para conhecer o essencial da Riviera Maya e Yucatán. Claro que a viagem será, naturalmente, feita num passo um pouco mais apressado e neste caso terá de deixar a visita à ilha de Holbox para uma futura viagem ao México. Ainda assim, acreditamos que terá uma experiência muito completa e vai regressar a casa completamente rendid@ aos encantos da Riviera Maya e Yucatán.

Abaixo encontra a nossa sugestão de roteiro para 7 dias (1 semana), podendo ler a respetiva descrição dos locais de interesse no roteiro de 15 dias para visitar o México.

Dia 1

Valladolid – Cenote Suytun

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Valladolid

Dia 2

Chichén Itzá – Izamal – Mérida

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Mérida

Dia 3

Mérida – Uxmal – Campeche

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Campeche

Dia 4

Campeche – Ruinas Edzná – Bacalar

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Bacalar

Dia 5

Laguna de Bacalar – Tulum

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Tulum

Dia 6

Tulum – Ruínas de Coba – Playa del Carmen

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Playa del Carmen

Dia 7

Mapa do roteiro para visitar o México em 7 dias (1 semana)


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro para visitar o México em 7 dias (1 semana).

Outros artigos da América do Norte

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.