San Pedro de Atacama – o Oásis

A descrição da comuna de San Pedro de Atacama é, à partida, simples de se fazer. Mas descrever o espírito que ali se vive é tarefa mais complicada.


Como já aqui dissemos, San Pedro de Atacama é um oásis no deserto. Este é o melhor ponto de partida para conhecer o deserto de Atacama. Não é por isso de estranhar que a principal actividade aqui desenvolvida, e consequentemente principal fonte de receitas, esteja ligada ao turismo.

A oferta de serviços é vasta e estão preparados para agradar a todos os gostos, e carteiras. Desde os autóctones a pessoas vindas um pouco de todo o mundo, todos contribuem com a sua quota-parte para fazer as delícias do turista. Destes últimos, há os que estão só de passagem. Porém há também aqueles que não mais conseguiram daqui arredar pé e desta terra fizeram a sua casa. San Pedro de Atacama é o local ideal para quem precisa de se afastar do buliço urbano e procura viver uma experiência mais genuína num local inóspito.

A Feira Artesanal de San Pedro é o local mais colorido da cidade, responsabilidade dos têxteis de cores vivas. O próprio deserto fornece a matéria-prima para fazer todo o tipo de souvenirs: um cacto que se transforma em moldura, ou uma pedra-pomes convertida em vulcão.

Na praça central encontramos a secular igreja de San Pedro de Atacama, toda ela construída em adobe.

Nada como estender o corpo num destes bancos depois dumas horas no deserto.

Daqui é apenas um quarteirão até à rua mais movimentada da comuna: calle Caracoles. Restaurantes, cafés, bares, lojas de souvenirs, hospedarias, agências de turismo, tudo parece concentrar-se aqui.

Após dias desgastantes, era aqui que infalivelmente acabávamos o dia para sossegar o estômago. À noite esta rua de terra batida enche-se de vozes, risos e tilintar de copos. A primeira experiência foi no Café Adobe: acessível ao bolso e com bom ambiente.

Os passeios pelo deserto foram extenuantes. E com o cair da noite as temperaturas desciam bastante. Daí que La Casa de Piedra, com a sua fogueira no centro do pátio, tenha proporcionado um reconfortante descanso para as pernas e melhor consolo para o estômago.

Na última noite fomos mais gulosos. La Casona apresentava-se com o menu mais típico, logo mais dispendioso. Quanto ao prato, falha-nos a memória, mas a nossa loucura foi um Casillero del Diablo. É que aqui a carta dos vinhos tem uma forma diferente de se apresentar: o cliente é levado à adega para conhecer e escolher o vinho que acompanhará a sua refeição.

E com um brinde deste néctar lendário, despedimo-nos duma experiência inesquecível neste deserto que nos conquistou o coração.

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

Faça um seguro de viagem na World Nomads ou na Iati. São ambas agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado. Se optar pela Iati use o nosso link e terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

No GetYourGuide encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

13 COMENTÁRIOS

  1. As fotos dessa postagem, as casinhas de adobe, as ruas estreitas e desertas me fizeram lembrar das vilas de Purmamarca e Humauaca, no norte argentino.Achei que elas são parecidas.
    Amigos, creio que o problema na caixa de comentários do meu blog já foi resolvido
    Bjokas

  2. Olá Lucy. Vale bem a pena uma visita ao Atacama. Por vezes estes locais, um pouco menos turisticos, revelam-se uma agradavel surpresa. Neste caso assim foi 🙂
    Bjs

    Olá Yoyo. Agora ficamos com curiosidade para conhecer Purmamarca e Humauaca 🙂 Precisamos de voltar à Argentina 🙂
    Bjs

    Hola Laura. Muchas Gracias 🙂
    Besos

    Hola Eugenia. Continuação de boa viagem pela exotica Nova Zelandia.
    Besos

    Olá Teresa. Ficamos muito contentes por saber que gostaste de viajar pelo Atacama através das nossas crónicas 🙂
    Bjs

    Olá Lacoste. Ainda bem que estás a gostar. Até porque sabemos que estás desejoso de ir até à America Latina. Assim ainda te impulsionamos mais 🙂
    Abraços

    Olá Vitor. Assim parece. O Atacama já ganhou alguns fãs. E o Chile bem que vai precisar do turismo.
    Abraços

    olá Claudia. Sem dúvida. San Pedro é um lugar bem encantador. Um verdadeiro oasis!
    Bjs

    olá Deisoca. Bom de saber! Vamos seguramente gostar de saber as tuas impressões sobre o Atacama! Boas viagens!
    Bjs

    Olá Carolmay. Obrigado pelas palavras e pelo Oscar 🙂
    Bjs

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.