St Patrick’s Day – Copenhaga

Hoje a Irlanda está em festa, celebrando o dia do seu padroeiro St. Patrick. Mas a festa irlandesa atravessa fronteiras e também chegou a Copenhaga. E a comemoração vai muito para além das portas dos muitos, e engalanados, bares irlandeses da capital dinamarquesa.

Na Rådhuspladsen, onde usualmente tudo acontece, foi montado um palco onde durante praticamente toda a tarde foram passando várias bandas, sempre bem acompanhadas pelas danças irlandesas e pela animação do público. Não faltou sequer uma tenda-bar onde as bebidas rainhas foram naturalmente a Guinness e o Irish Coffee. Nós também entramos no espírito da festa e não dispensamos o nosso.

E depois da música, das danças e bebidas não deixamos de acompanhar a parada verde que desfilou em festa pelas ruas do centro de Copenhaga. Sem dúvida uma tarde bem passada.

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na World Nomads ou na IATI Seguros. São ambas agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado. Se optar pela IATI use o nosso link e terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

14 COMENTÁRIOS

  1. Também demos lá uma saltada ao fim da tarde para dar uma caminhada e ver o ambiente. Estava muito divertido, embora a quantidade de álcool já fosse um bocado elevada para alguns, especialmente para a hora do dia 🙂

  2. Muita animação pelas ruas de Copenhaga com a festa dos Irlandeses… É assim mesmo… há que 'entrar na onda' e 'viver' a euforia/animação com os Irlandeses…

    Beijinhos,
    AA

  3. Que giro, nunca imaginei que o dia de St. Patrick fosse festejado na Dinamarca!! Divirtam-se eu tb estou a saborear um belo de um Irish Coffee, feito por mim e com o original Paddy só assim é um verdadeiro Irish Coffee ;D))
    Beijos aos dois

  4. Também tiveram direito ao chapelinho da Guiness?? Eheheheh… estava bem divertido. Mas grandes 'cadelas' que vimos… Já agora, gostava de saber porque é que eles se amarram uns aos pés dos outros. Viram isso?

  5. Olá Laura. Foi mesmo muito divertido. Vale a pena!
    Bjs

    Olá Vitor. Já sabes como é. Misturas dinamarquess com irlandeses e a quantidade de alcool ingerido aumenta exponencialmente 🙂
    Abraço

    Hola Alejandra. Em Portugal as celebrações também se restringem aos Irish Pubs. Ficamos surpreendidos com as celebrações por aqui. Não faziamos ideia que o St. Patriks era tão celebrado em Copenhaga.
    Besos

    Olá Alexandrina. Foi de facto uma festa em grande. Foi bem divertido 🙂
    Bjs

    Olá Mary. Nem mais 🙂
    Bjs

    Olá Micas. Nós também não faziamos ideia. Foi uma agradável surpresa. O nosso Irish coffee foi com Tullamore. Era o que havia 🙂
    Bjs

    Olá Viagens Afora. É mesmo. Uma especie de carnaval em tons verdes 🙂
    Abraços

    Olá Hellag. Ainda bem. Ficamos muito contentes por te conseguirmos transportar até aos locais que por aqui vamos falando.
    Bjs

    Olá Marta. O que nos calhou na "rifa" foi o chapelinho do Tullamore Dew 🙂 É aquele todo verdinho. Por acaso não reparamos nessa do amarrarem os pés uns aos outros e também não sabemos qual a razão. Talvez alguém que por cá passe saiba 🙂
    Bjs

  6. É assim a globalização, Valentim. Não foi só o "fast-food restaurant" que se espalhou pelo mundo. Um dia ainda vamos ver os Sto.António a ser celebrado por esse mundo fora 🙂
    Abraço

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.