Trekking do Rio Lí – de Xingping a Yangdi

Trekking do Rio Lí
Trekking em Yangshuo

Quem passa por Yangshuo e gosta de caminhadas não pode deixar de fazer o trilho ao longo das margens do Rio Lí (trekking do Rio Lí). Ao longo dos cerca de 20km de caminhada cruzamos pequenas aldeias, onde o tempo parece ter parado, descobrimos inúmeras praias fluviais, atravessamos pequenos bosques e deliciamo-nos vagarosamente com a paisagem rural deste cantinho do planeta. E tudo isto sempre com o rio Lí e as escarpadas montanhas como pano de fundo.

Trekking do Rio Lí

O trekking do Rio Lí vai de Xingping a Yangdi (ou vice-versa) e exige ao caminhante atravessar o rio Lí três vezes.
Mapa do Trekking do Rio Lí
Mapa do Trekking do Rio Lí

Como ainda não é possível caminhar sobre a água é necessário recorrer ao serviço dos ferries (quando os há) e dos barqueiros locais. E isso pode ser uma dor de cabeça para quem vai com o tempo contado e/ou não tem grande apetência para negociar.

Xingping

 

Nós optamos por começar o trilho na pitoresca aldeia de Xingping, a tal terreola que “guarda” o famoso cenário das notas de 20 Yuan. Para lá chegarmos apanhamos um autocarro local em Yangshue na companhia dos jovens chineses que havíamos conhecido na nossa primeira noite em Yangshuo. Convém partir bem cedo pois o trilho demora, pelo menos, 5/6 horas a percorrer devido às incontornáveis travessias do rio.

O famoso cenário que decora as notas de 20 Yuan

 

O troço entre Xingping e Lengfeng é sem dúvida o menos empolgante de toda a caminhada, pois o trilho segue grande parte do tempo pela borda da estrada. No entanto o cenário nunca deixa de ser cinco estrelas.

Em Lengfeng esperava por nós a primeira travessia do rio, desta feita de ferry. Mas se pensam que ferry por estas bandas é sinônimo de preço fixo desenganem-se. Foi preciso quase meia hora para negociar um preço minimamente justo para a curta travessia.

Já do lado de lá atravessamos sem pressas a, praticamente deserta, aldeia de Lengshui. Daí até à castiça aldeia de Quanjiazhou é sem dúvida o troço mais bonito deste trilho. Apesar do tempo estar nublado as vistas sobre o rio e as montanhas não nos desapontaram minimamente.

Lengshui
Um dos riachos que o trilho atravessa
Entre Lengshui e Quanjiazhou a vegetação torna-se mais densa
E nela encontramos maravilhas destas
E volta na volta somos brindados com paisagens assim…
A pitoresca aldeia de Quanjiazhou

Um pouco após a aldeia o trilho termina abruptamente e volta a ser necessário atravessar o rio. Como o número de caminhantes não justifica a existência de um ferry, a única forma de atravessar o rio foi recorrendo a uma barqueira, que após muita insistência lá cedeu à nossa oferta e nos deixou às portas da aldeia de Langshi, a nossa povoação favorita de todo o trekking do Rio Lí.

A pequena jangada na qual atravessamos o rio
Langshi

Após a aldeia o caminho atravessa vários campos de cultivo até chegar à doca, onde usualmente um ferry faz a travessia do rio até Yangdi. Infelizmente nesse dia não havia ferry o que nos obrigou mais uma vez a negociar a travessia com um barqueiro.

Era suposto estar aqui um ferry…

Estivemos quase uma hora a ajustar o preço, um autêntico jogo de paciência que felizmente acabou bem para o nosso lado. Acordo fechado não demorou mais do que 10 minutos a chegar à outra margem.

Porto de Yangdi – término da nossa caminhada

Estávamos finalmente em Yangdi, onde apanhamos um autocarro local para regressar Yangshuo. E assim terminava a nossa aventura pelo trekking do Rio Lí.

Gostou deste artigo? Então não deixe de ler o “Navegando pelo Rio Lí até Yangshuo” e o “Passeio de Bike pelos arredores de Yangshuo


Clique para ler o nosso Guia de Viagem da China


Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize a Momondo para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado.

Gostamos de jogar pelo seguro e como tal, nas nossas viagens, não dispensamos o seguro de viagem do WorldNomads.com

Esta página contem links afiliados. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

8 COMENTÁRIOS

  1. Estes cenários chineses, com suas escarpas, montanhas e rios tortuosos são um verdadeiro fascínio para quem gosta de caminhar, como eu! Certamente, só por isso já valeria a pena atravessar um oceano inteiro e vários países depois para ver esta beleza natural ao vivo!

    Beijinhos

    Bia <°)))))<

  2. Que cenário maravilhoso para uma caminhada! É dos locais que mais quero visitar.
    Foram em que altura do ano? Penso que o clima nessa zona seja um pouco complicado, não?
    Abraço e boas viagens
    Samuel

  3. Nós estivemos por lá em Outubro Samuel e, a par de Setembro e Novembro, é um dos melhores meses para se visitar Yangshuo. As monções ocorrem entre Abril e Agosto, Dezembro e Janeiro é muito frio e entre Fevereiro e Março é demasiado quente para se fazer as caminhadas e os passeios de bicicleta. Se precisares de alguma dica especifica é só dizeres.
    Abraços nossos e boas viagens

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.