Trilho da Barca d’Amieira – Passadiços de Nisa (PR 11) | Ponte Suspensa e Miradouro Skywalk

Trilho da Barca d'Amieira - Passadiços de Nisa (PR 11) | Ponte Suspensa e Miradouro Skywalk

Nas escarpadas margens do Tejo, onde o Alentejo se encontra com a Beira Baixa, esconde-se um dos mais recentes trilhos de Portugal. Estamos a falar-lhe do Trilho da Barca d’Amieira, onde brilham os novíssimos Passadiços de Nisa, a grande figura de cartaz de um percurso pedestre que promete fazer furor em Portugal. Para além dos cénicos passadiços há ainda um histórico muro de sirga para percorrer, uma vertiginosa ponte pedonal suspensa para atravessar, um fabuloso miradouro transparente sobre o rio Tejo (skywalk), um estupendo módulo de birdwatching e muito, muito mais. Nós já o fomos percorrer e agora contamos-lhe tudo o que precisa de saber para partir à aventura!

Passadiços de Nisa - Trilho da Barca d'Amieira
Ponte Pedonal Suspensa – um dos grandes atrativos do Trilho da Barca d’Amieira – Passadiços de Nisa

O Trilho da Barca d’Amieira é um percurso linear com cerca de 3,6 km de extensão e liga a Barca d’Amieira, em Amieira do Tejo, ao miradouro transparente sobre o Tejo (skywalk), junto à Barragem do Fratel. Mas não vá à espera de encontrar essa extensão em passadiços contínuos.

Passadiços de Nisa - Trilho da Barca d'Amieira
Miradouro Skywalk – Trilho da Barca d’Amieira | Passadiços de Nisa

O troço do trilho que liga a Barca d’Amieira às imediações da Ribeira de Figueiró, partilha o percurso com os Trilhos das Jans (PR1 de Nisa), seguindo sempre pelo histórico muro de sirga, que outrora servia para auxiliar a navegação no Tejo rebocando os barcos à força de braços a partir da margem do rio.

Passadiços de Nisa - Trilho da Barca d'Amieira
Muro de Sirga – Trilho da Barca d’Amieira | Passadiços de Nisa

Os Passadiços de Nisa só foram construídos entre as imediações da Ribeira de Figueiró, sobre a qual se encontra a alucinante ponte pedonal suspensa, e o miradouro skywalk. Desta forma, tornou-se viável a passagem por uma zona do trilho que seria forçosamente mais exigente. Os passadiços de Nisa permitem, assim, o acesso aos idílicos locais naturais por onde o percurso passa a um número mais alargado de pessoas.

Passadiços de Nisa - Trilho da Barca d'Amieira Ao todo, vá a contar com sensivelmente um quilómetro de passadiços propriamente ditos. Nós, pessoalmente, aplaudimos a decisão de limitar a presença dos passadiços ao troço das encostas. Desta forma, o impacto dos passadiços foi consideravelmente reduzido.

Passadiços de Nisa - Trilho da Barca d'Amieira

Infelizmente, o mesmo não podemos dizer em relação às instalações artísticas que foram construídas ao longo do percurso. Não só estão em número que consideramos excessivo, como algumas delas entram em claro choque com a maravilhosa paisagem natural que serve de pano de fundo ao Trilho da Barca d’Amieira, como sejam um par de baloiços pintados de lilás e um gigantesco sol sorridente em estrutura de outdoor, entre outras. Num parque urbano até podiam assentar bem, mas num espaço que se quer o mais natural possível não acrescentam nada. Até porque a natureza não precisa de adornos para realçar a sua beleza. Mas isto é só a nossa opinião!

Passadiços de Nisa - Trilho da Barca d'AmieiraIndependentemente dos seus gostos, os elementos pictóricos não beliscam o enorme encanto do Trilho da Barca d’Amieira. Até porque, quando botar o olho nesta face selvagem do rio Tejo, que por estas bandas corre por entre encostas de rocha escarpada e pequenos farelhões de rochedo brotando do leito do rio, o mais certo é cair logo de amores por este cantinho mágico de Portugal, onde as Beiras saúdam o Alentejo.

Passadiços de Nisa - Trilho da Barca d'AmieiraNa secção seguinte deste artigo encontrará um guia completo para @ ajudar a preparar a sua visita ao Trilho da Barca d’Amieira e Passadiços de Nisa, com imensas dicas práticas e toda a informação que precisa para ir conhecer este arrebatador destino de natureza do Alto Alentejo.

Clique para conhecer os melhores Passadiços de Portugal

Guia completo para visitar o Trilho da Barca d’Amieira | Passadiços de Nisa

Onde fica localizado o Trilho da Barca d’Amieira | Passadiços de Nisa?

Passadiços de Nisa - Trilho da Barca d'Amieira
Passadiços de Nisa vistos do módulo de Birdwatching

O Trilho da Barca d’Amieira e os Passadiços de Nisa ficam localizados no distrito de Portalegre, mais concretamente na freguesia de Amieira do Tejo, concelho de Nisa. No mapa que disponibilizamos abaixo pode visualizar a localização exata dos pontos de partida e do percurso do Trilho da Barca d’Amieira e dos Passadiços de Nisa.

Atravessar o Tejo de Barca

O nome de Barca d’ Amieira não surgiu à toa. Este é o local em que historicamente os barqueiros faziam a travessia do Tejo entre Envendos, no concelho de Mação, e a Amieira do Tejo, no concelho de Nisa. A construção da Barragem do Fratel fez com que o serviço caísse em desuso, mas em 2019 a “barca” regressou ao Tejo permitindo uma vez mais atravessar o rio sem ter de ir dar a volta larga pela Barragem do Fratel. Não é a barca original, mas uma barca moderna que permite até o transporte de um carro ligeiro.

O serviço está disponível entre 1 de abril e 31 de outubro, de quarta-feira a domingo, entre 9:30h – 13:30h e 14:30h – 16:30h. Na primeira semana do mês opera de segunda a sexta-feira nos mesmos horários.

Contudo, tenha em atenção que a travessia está condicionada pelas descargas da Barragem do Fratel. Se a corrente for muito forte, a barca não opera. Se estiver a planear fazer a travessia, recomendamos vivamente a que se informe de antemão ligando para o seguinte número: 915 444 106.

Onde começar o Trilho da Barca d’Amieira | Passadiços de Nisa? Dicas para escolher o melhor itinerário

Passadiços de Nisa - Trilho da Barca d'AmieiraComo já referimos atrás o Trilho da Barca d’Amieira tem somente 3,6 km de extensão (7,2km ida e volta) e não apresenta desníveis significativos. Ou seja é um percurso pedestre de baixa dificuldade, o que o torna perfeito para se fazer em família.

Entrada nos Passadiços de Nisa do lado da Barragem do Fratel

Pode optar por começar o Trilho da Barca d’Amieira em dois locais distintos: junto à Barragem do Fratel (onde fica o miradouro transparente sobre o Tejo – Skywalk) ou na Barca d’Amieira. Como o percurso pedestre é linear, ou seja na prática terá de fazer ida e volta, pode optar por iniciar a caminhada na entrada que lhe der mais jeito em termos logísticos. Visto que a entrada da Barragem do Fratel fica a dois passos da A23, no caso de vir do norte acaba por ser a melhor opção. Já para quem vem do sul a entrada da Barca d’Amieira acaba por ficar mais à mão.

Entrada no Trilho da Barca d’Amieira em Barca d’Amieira

Claro que se viajar com dois carros (no caso de ir com familiares ou amigos) pode sempre deixar um em cada um dos pontos de acesso ao trilho, evitando assim ter de fazer o percurso de regresso.

Passadiços de Nisa - Trilho da Barca d'Amieira
Passadiços de Nisa, Baloiços e Ponte Pedonal Suspensa

O troço mais emblemático do Trilho da Barca d’Amieira são os esplêndidos Passadiços de Nisa que vão desde a entrada da Barragem do Fratel até ao início do Muro de Sirga situado algumas centenas de metros após a Ribeira de Figueiró. Ao longo deste quilómetro irá encontrar o Miradouro Skywalk sobre o rio Tejo, a Ponte Pedonal Suspensa, os baloiços lilases, o módulo de birdwatching e uma mão cheia de instalações artísticas.

Passadiços de Nisa - Trilho da Barca d'Amieira
Muro de Sirga

O outro troço do Trilho da Barca d’Amieira é feito ao longo do histórico Muro de Sirga, num percurso partilhado com os Trilhos das Jans. Ou seja, ao longo dos restantes 2,6 km do Trilho da Barca d’Amieira já não vai encontrar passadiços. Mas continuará a ser brindado com extraordinárias vistas sobre o Tejo, que aqui corre encaixado entre sinuosas encostas, e terá a oportunidade de admirar um sem número de formações rochosas dos mais variados feitios.

Passadiços de Nisa - Trilho da Barca d'Amieira
Foz do Ocreza

Nesto troço, destacamos o enquadramento paisagístico da Foz do Rio Ocreza. Para apreciar este quadro, existe uma plataforma-miradouro com vista para a Foz do Rio Ocreza, fragas rochosas e a cénica ponte férrea (sim, a linha da Beira Baixa passa na outra margem do rio Tejo e vai acompanhá-l@ ao longo de todo o percurso). Ah! E vai continuar a encontrar muitos elementos pictóricos!

Área de Lazer da Barca d’Amieira

Uma vez na Barca d’Amieira irá encontrar uma zona de lazer, perfeita para fazer um picnic ou simplesmente para fazer uma retemperadora pausa enquanto observa o voo silencioso das muitas aves de rapina que aqui encontram um habitat perfeito (como a águia-pesqueira, a águia-real, a águia-de-bonelli ou os grifos).

Muro de Sirga

Os Muros de Sirga do Tejo foram outrora essenciais para a navegação fluvial até Vila Velha de Ródão. Os barcos eram conduzidos pelos homens que os puxavam desde a margem percorrendo os muros de sirga. Contudo, com a construção do caminho-de-ferro até Abrantes e posteriormente com a abertura da linha férrea da Beira Baixa, foram perdendo a sua utilidade, tendo grande parte deles ficado submergidos após a construção das barragens de Belver e de Fratel. O Muro de Sirga que irá percorrer ao longo do Trilho da Barca d’Amieira é um dos troços sobreviventes. Imperdível!

Como visitar apenas os Passadiços de Nisa e a Ponte Suspensa?

Passadiços de Nisa - Trilho da Barca d'AmieiraSe o seu objetivo é apenas percorrer o troço dos Passadiços de Nisa, aceda ao trilho pela entrada do lado da Barragem do Fratel. Neste caso só terá de percorrer 2 km ida e volta e terá a oportunidade de visitar o Miradouro Skywalk, atravessar a Ponte Suspensa e andar de baloiço com o Tejo no horizonte. É uma opção a ter em conta caso viaje com crianças pequenas ou não esteja em boa condição física.

Como visitar apenas o Miradouro Skywalk sobre o Tejo em Nisa?

Se só pretende ir usufruir das arrebatadoras vistas do vertiginoso Miradouro Skywalk, quase nem tem de suar. Basta estacionar junto à entrada dos Passadiços de Nisa do lado da Barragem do Fratel e subir uma pequena escadaria. Canja!

É preciso pagar para percorrer os Passadiços de Nisa, a Ponte Suspensa e o Miradouro Skywalk sobre o Tejo? Qual o preço dos bilhetes?

Passadiços de Nisa - Trilho da Barca d'AmieiraÀ data da nossa visita aos Passadiços de Nisa (abril de 2021) não era preciso pagar bilhete para aceder aos Passadiços de Nisa nem a nenhuma das outras atrações do Trilho da Barca d’Amieira, como sejam o Miradouro Skywalk ou a Ponte Pedonal Suspensa. Pelo que apuramos, essa opção não está sequer a ser equacionada. Caso venha a mudar, atualizaremos a informação neste artigo.

Quando ir percorrer o Trilho da Barca d’Amieira | Passadiços de Nisa?

O Trilho da Barca d’Amieira e os Passadiços de Nisa podem ser percorridos em todas as estações, mas as melhores são sem dúvida a primavera e o outono. O verão nesta região do país é, por norma, mesmo muito quente o que pode tornar a caminhada muito desconfortável. Se for no verão, é imperativo evitar as horas de maior calor. Convém ter em atenção que a chuva e a humidade tornam as pedras muito escorregadias. Como tal, deve ter cuidado redobrado ao longo do troço do percurso que segue pelo Muro de Sirga em dias de nevoeiro ou logo após as chuvas.

O que levar?

  • Mochila leve e confortável.
  • Calçado adequado a caminhadas.
  • Comida e bebida para fazer um belo dum picnic.
  • Protetor solar, óculos de sol e chapéu.
  • Uma máquina fotográfica ou um smartphone para registar os melhores momentos da caminhada. O seu feed do instagram vai agradecer!
  • Um saco para trazer o seu lixo consigo, inclusivamente o orgânico (é certo que existem caixotes do lixo nos pontos de descanso que vai encontrar ao longo do trilho mas em dias de grande afluência podem encontrar-se cheios)

Clique para conhecer os melhores Trilhos de Portugal

Trilho da Barca d’Amieira | Passadiços de Nisa (PR 11): informações e dicas práticas do percurso pedestre

Informações Práticas

  • Distância: 3,6km (7,2km ida e volta)
  • Circular: não
  • Dificuldade Técnica: Fácil
  • Local de Partida/Chegada: Barca d’Amieira (Amieira do Tejo) / Barragem do Fratel
Dicas VagaMundos:

  • Se o Trilho da Barca d’Amieira lhe souber a pouco, pode sempre combiná-lo com o percurso pedestre circular PR1 de Nisa “Trilhos das Jans” que tem 11 km de extensão e passa pela aldeia de Amieira do Tejo. Como os 2,6 km do Trilho da Barca d’Amieira ao longo do Muro de Sirga são partilhados com os Trilhos das Jans, na prática só terá de fazer mais 7,5 km. No troço dos Passadiços de Nisa junto à Ribeira de Figueiró irá encontrar o desvio para o Trilho das Jans. Não há que enganar!
  • Outro trilho do concelho de Nisa que recomendamos vivamente é o fantástico Trilho do Conhal. Este percurso pedestre, com 14 km de extensão, permite subir às Portas de Rodão e observar de (muito) perto o voo silencioso dos grifos. Tem umas subidas rasgadinhas, mas vale mesmo a pena. Clique para saber mais sobre os Trilhos do Conhal.
  • Se é fã de passadiços, recomendamos que dê um saltinho ao vizinho concelho de Gavião e vá percorrer os cénicos Passadiços do Alamal. Se for no verão, até pode ir a banhos na homónima praia fluvial!
  • Se ficar saciad@ de caminhadas com o Trilho da Barca d’Amieira e os Passadiços de Nisa, aproveite para ir conhecer a bonita aldeia de Amieira do Tejo, uma das nossas aldeias alentejanas favoritas. Os destaques da aldeia vão para o imponente Castelo da Amieira, para a Capela de São João Batista (em cuja abóbada se encontra representada uma mulher rodeada de imagens do órgão sexual masculino – no mínimo, intrigante!) e para a altaneira Capela do Calvário: as vistas sobre a aldeia e paisagens circundantes são de cortar a respiração.

Mapa do percurso pedestre com os principais pontos de interesse do Trilho da Barca d’Amieira | Passadiços de Nisa e rota GPS


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do percurso pedestre com os principais pontos de interesse do Trilho da Barca D’Amieira e dos Passadiços de Nisa.

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Principais Pontos de Interesse do Trilho da Barca d’Amieira | Passadiços de Nisa: Foto Reportagem do Percurso

Barca para travessia do Tejo em Barca d’ Amieira
Muro de Sirga
Cabeça de Índio – uma das muitas instalações que se encontram ao longo do Trilho da Barca d’Amieira e Passadiços de Nisa
Foz do Rio Ocreza
Fragas no meio do rio Tejo
Aves de Rapina – uma presença constante ao longo do Trilho da Barca d’Amieira – Passadiços de Nisa
Ao longo do troço do Muro de Sirga encontra algumas zonas mais estreitas. Se for com crianças não facilite!
A ver passar os comboios!
Final do troço do Muro de Sirga e início dos Passadiços de Nisa (sentido Barca d’Amieira – Barragem do Fratel)
Passadiços de Nisa - Trilho da Barca d'Amieira
Ponto em que o Trilho da Barca d’Amieira se separa dos Trilhos das Jans
Travessia da Ponte Pedonal Suspensa sobre a Ribeira de Figueiró
Baloiços lilases nos Passadiços de Nisa
Porta de Entrada no Jardim de Éden – mais uma das instalações artísticas dos Passadiços de Nisa
Passadiços de Nisa - Trilho da Barca d'Amieira
Vista aérea do vertiginoso Miradouro Skywalk
Do Miradouro transparente (Skywalk) pode observar a Barragem do Fratel

Onde ficar quando for percorrer o Trilho da Barca d’Amieira | Passadiços de Nisa? Sugestões de alojamento

Quinta dos Ribeiros

A Quinta dos Ribeiros é o nosso alojamento de Turismo Rural favorito para escapadinhas de fim de semana prolongado no concelho de Nisa. Uma radiosa Casa Grande, e dois edifícios onde se situam mais 5 suites, rodeada de hectares de quinta, para explorar sem canseiras, por entre o olival e o barrocal, duas piscinas exteriores e um mini-golfe. O pequeno-almoço é irresistível e está repleto de produtos regionais deliciosos, e frescos vindos diretamente da horta e quintinha dos animais. A casa de campo está situada a escassos minutos de Alpalhão, a terra gastronómica por excelência do concelho de Nisa.

Casa Medieval em Nisa

Caso queira um apartamento para ter mais privacidade, a Casa Medieval em Nisa é uma casinha de alojamento local, bem no centro histórico da vila, perto da Torre do Relógio. Com cozinha e casa de banho com duche no piso térreo, sala com sofá-cama no segundo piso e uma cama em mezanino, aloja até 4 hóspedes. Não espere mordomias, é uma pequena e antiga casa com centenas de anos de história, simples e com comodidades básicas.

Quinta do Belo-Ver Turismo de Habitação

Caso queira combinar a visita aos Passadiços de Nisa com os Passadiços do Alamal, vai preferir ficar na vizinha localidade de Belver. E a Quinta do Belo-Ver Turismo de Habitação é o alojamento que recomendamos sem hesitar. Oferece alto conforto e comodidades modernas, limpeza e localização fantásticas. Fica pertinho do Castelo de Belver, oferece vistas fabulosas sobre o rio Tejo e tem piscina, campo de ténis e mesa de bilhar. O pequeno-almoço é soberbo e já está incluído no preço do quarto.

VilaPortuguesa

Se somar aos Passadiços de Nisa, os Trilhos do Conhal e um pulinho a Vila Velha de Rodão para visitar o Castelo do Rei Vamba, as Portas de Rodão e Arte Rupestre do Vale do Tejo e vai mesmo precisar de uma boa cama para descansar. A VilaPortuguesa tem quartos . (twin, duplo e deluxe) espaçosos, confortáveis, limpos, munidos de casa de banho e varanda com vistas, com um ligeiro e equilibrado traço kitsch. Elogiado pela simpatia dos funcionários, esta casa de campo de Turismo Rural oferece ainda uma piscina exterior com espreguiçadeiras no terraço e um snack-bar para tomar aquela bebida chillax ao fim do dia.

Clique para ver mais opções de alojamento perto do Trilho da Barca d’Amieira

Outros Passadiços em Portugal

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

3 COMENTÁRIOS

  1. Ana Rita Sousa Teixeira

    Bom dia, por acaso sabe se nos passadiços de Nisa é autorizado a entrada de cães?

    • Bom dia Ana,
      Honestamente não lhe sabemos responder. O melhor mesmo é contactar o município de Nisa.

  2. Alessandra Genovese

    Estive neste passadiço dia 22/05 e vi algumas pessoas com cães então, penso que é permitido mas também não vi nenhum guarda ou funcionário para informar sobre as regras.

    Obrigada VagaMundos pela excelente qualidade do seu blog, as informações nos ajudaram muito e adoramos! Também fomos conhecer o Passadiço do Alamal, seguindo suas dicas :)e a seguir fizemos o Trilho que sai da Praia Fluvial até a Barreira de Belver, são quase 8 Km ida e volta com dificuldade média. Este não encontrei no seu bloq e recomendo fazerem. É um trilho muito bonito, beira o rio e é mais selvagem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.