Trilho da Preguiça | Gerês: percurso pedestre para visitar a Cascata da Laja e Leonte

Trilho da Preguiça | Gerês: percurso pedestre para visitar a Cascata da Laja e Leonte

O Trilho da Preguiça no Gerês é a prova viva de que os trilhos não se medem aos palmos. É certo que, na sua versão mais longa, tem pouco mais de 4 km de extensão, mas o que lhe falta em tamanho sobeja-lhe em beleza. Ao longo deste fascinante percurso pedestre irá cruzar bosques mágicos, por onde correm o rio Gerês e as Ribeiras da Laje e da Cantina, deliciar-se com paisagens panorâmicas de cortar a respiração e conhecer duas maravilhosas quedas de água do Gerês, a Cascata da Laja e a Cascata de Leonte.

Trilho da Preguiça | Gerês: percurso pedestre para visitar a Cascata da Laja e Leonte
Cascata de Leonte

O Trilho da Preguiça desenvolve-se em plena Serra do Gerês, mais concretamente ao longo da encosta do Arnado e do vale do rio Gerês, a dois passos da Vila do Gerês e da Mata da Albergaria. Como é um percurso pedestre pouco extenso, torna-se perfeito para se fazer em família ou por quem esteja a dar os primeiros passos no mundo das caminhadas de montanha. E mesmo que seja um caminhante experiente, não vai sair de lá desapontado: apesar de curto, o Trilho da Preguiça está pejado de pontos de interesse e conta com um par de subidas bem rasgadinhas, para ajudar a manter a forma.

Trilho da Preguiça | Gerês: percurso pedestre para visitar a Cascata da Laja e LeonteFicou com vontade de percorrer este trilho mágico do Gerês? Estamos confiantes que sim. Como tal, nas secções seguintes deste artigo partilhamos consigo uma breve descrição do percurso pedestre (para que saiba ao que vai), informação e dicas práticas sobre o Trilho da Preguiça, dicas de onde ficar a dormir e, ainda, o mapa e a rota GPS para download do Trilho da Preguiça (PR10 Terras de Bouro).

Na preparação da sua viagem para ir percorrer o Trilho da Preguiça, sugerimos que leia também os seguintes artigos:

Como chegar ao ponto de partida do Trilho da Preguiça (PR10 TBR)?

O trilho da Preguiça arranca junto à Casa do Guarda Florestal da Preguiça, ao lado do altaneiro Miradouro da Preguiça, na estrada N308-1 que liga a Vila do Gerês à Portela do Homem. Da Vila do Gerês até ao ponto de partida do trilho são somente 4 km e no local existem alguns lugares para estacionar a sua viatura.

Descrição do Trilho da Preguiça no Gerês (PR10 TBR): principais pontos de interesse do percurso pedestre até à Cascata da Laja e Cascata de Leonte

Trilho da Preguiça | Gerês: percurso pedestre para visitar a Cascata da Laja e LeonteO Trilho da Preguiça é um percurso pedestre circular e em teoria existem três versões do trilho: curta, média e longa. Dizemos em teoria porque no terreno só encontramos boas marcações para a versão longa do trilho. Verdade seja dita, também está longe de ser muito extensa, visto que tem pouco mais 4 km de extensão (oficialmente tem 5,5 km, mas o nosso leitor GPS não concorda de todo). Posto isto, recomendamos que faça como nós e opte pela versão longa do trilho.

Apesar de curto, o Trilho da Preguiça está longe de ser um passeio no parque. Para além de apresentar desníveis consideráveis, o terreno é algo pedregoso e terá de atravessar alguns cursos de água, que após umas boas chuvadas apresentam um desafio adicional. Mas indo com tempo faz-se relativamente bem e no final da caminhada vai com certeza sentir-se muito recompensado pelo esforço.

Vista do Miradouro da Preguiça

Como já referimos o Trilho da Preguiça arranca junto ao Miradouro da Preguiça, mas para ir desfrutar das suas fantásticas vistas panorâmicas sobre o Vale do Rio Gerês, terá de fazer um pequeno desvio. Pode optar por fazê-lo logo quando arrancar a caminhada ou optar por guardar a subida ao miradouro para o final da caminhada e fechar assim com chave de ouro o Trilho da Preguiça.

Troço inicial do Trilho da Preguiça

Nós decidimos guardar o miradouro para o final do percurso até porque os primeiros quilómetros do Trilho da Preguiça são sem dúvida os mais exigentes da caminhada. Apesar do trilho começar com uma descida não se deixe enganar que é amor de pouca dura. Na verdade o primeiro quilómetro e meio do percurso é praticamente sempre a subir, sendo preciso superar um desnível de aproximadamente 200 metros.

Trilho da Preguiça | Gerês: percurso pedestre para visitar a Cascata da Laja e Leonte
Subida pelo bosque mágico do Trilho da Preguiça

Mas a subida tem tanto de desafiante como de bela. Vai adentrar-se na floresta, cruzando densos bosques de carvalhos onde se escondem pequenas quedas de água e rochas de mil formas cobertas de musgo, atravessar a Ribeira da Laje e desfrutar de maravilhosas vistas panorâmicas (se não apanhar nevoeiro, claro está).

Trilho da Preguiça | Gerês: percurso pedestre para visitar a Cascata da Laja e Leonte
Troço muito pedregoso perto da cota mais alta do Trilho da Preguiça

E como tudo o que sobe tem de descer, após atingir o ponto mais alto do Trilho da Preguiça (cota dos 840 metros de altura), espera-o uma empinada descida até chegar à Ribeira da Cantina, que marca sensivelmente o meio do percurso pedestre.

Atenção: entre o ponto mais alto do Trilho da Preguiça e a Ribeira da Preguiça terá de atravessar a estrada N308-1. Por norma os carros circulam devagar nesta estrada, mas se estiver a fazer a caminhada com crianças pequenas tenha especial atenção.
Ribeira da Cantina

Uma vez atravessada a Ribeira da Cantina, irá iniciar a subida até à base da Cascata de Leonte, que com os seus 19 metros de altura figura entre as cascatas mais altas do Gerês. Contudo, não vá à espera de uma paradisíaca lagoa para tomar banho, pois ela não existe de todo. A cascata é alimentada pelas águas do Ribeiro da Taleira, e apesar da sua altura e beleza não costuma ter um grande caudal. Contudo é possível refrescar-se tomando uma espécie de duche patrocinado pela natureza.

Cascata de Leonte

Ao longo deste lindo troço do Trilho da Preguiça, irá caminhar uma vez mais por um luxuriante bosque da Serra do Gerês e ter a oportunidade de ver um histórico curral (abrigo de pastores), atravessar uma ponte de madeira sobre o rio Gerês e caminhar por um irreal troço empedrado no meio da floresta, conhecido pelo nome de “Calçada Portuguesa”.

Trilho da Preguiça | Gerês: percurso pedestre para visitar a Cascata da Laja e Leonte
Curral típico do Gerês

Cascata de Leonte visitada, terá de fazer marcha atrás até ao ponto em que cruzou a ribeira da Cantina, para depois seguir rumo à Cascata da Laja, a mais bela das quedas de água do Trilho da Preguiça.

Cascata da Laja

É certo que é menos grandiosa que a Cascata de Leonte mas tem um enquadramento paisagístico que parece recortado de um conto de fadas. Estamos seguros de que, quando atravessar a icónica ponte de madeira sobre a ribeira da Laja, vai-nos dar razão.

Trilho da Preguiça | Gerês: percurso pedestre para visitar a Cascata da Laja e Leonte
Lagoas do rio Gerês

Da Cascata da Laja até ao final do Trilho da Preguiça são pouco mais de 500 metros, um troço que tem como principal ponto de interesse as pequenas lagoas de água cristalina do rio Gerês, onde em dias de calor até pode ir a banhos.

Clique para conhecer os melhores Trilhos e Percursos Pedestres de Portugal

Como visitar apenas a Cascata de Leonte e a Cascata da Laja?

Trilho da Preguiça | Gerês: percurso pedestre para visitar a Cascata da Laja e LeonteSe o seu principal objetivo for apenas visitar a Cascata de Leonte e a Cascata da Laja, pode iniciar o Trilho da Preguiça na direção inversa à descrita acima e fazer apenas o percurso desde as imediações do Miradouro da Preguiça até à Cascata de Leonte. Pelo caminho irá passar pela Cascata da Laja. Neste caso, o percurso será linear e terá de caminhar apenas 2,5 km (ida e volta). Desta forma, não só poupa 1,5 km às pernas como se livra da subida (e descida) mais exigente do Trilho da Preguiça.

Trilho da Preguiça (PR10 Terras de Bouro): dicas práticas para o percurso pedestre, mapa, altimetria e download/descarga de ficheiros em formato GPX / KML para Google Earth, GPS e Smartphone

Informações Práticas

  • Distância: 4 km
  • Circular: Sim
  • Dificuldade Técnica: Moderada
  • Local de Partida/Chegada: Casa do Guarda Florestal da Preguiça (ao lado do Miradouro da Preguiça)
Dicas VagaMundos:

  • Se o Trilho da Preguiça lhe souber a pouco, pode sempre combiná-lo com o vizinho Trilho Mata da Albergaria, que começa e acaba na Portela do Homem. Para além da beleza estonteante da Mata da Albergaria, ao longo dos 4 km do percurso irá percorrer um troço da milenar Geira Romana e ter a oportunidade de conhecer a Cascata de S. Miguel (mais conhecida por Cascata da Portela do Homem) e as paradisíacas Lagoas da Mata da Albergaria. Clique para mais informações sobre o Trilho da Mata da Albergaria e para descarregar o track GPS.
  • Outra boa caminhada que pode combinar com o trilho da Preguiça é o Trilho da Cascata da Rajada, um trilho circular de sensivelmente 5 km que começa e termina no Miradouro da Aldeia de Ermida. Para além da Cascata da Rajada terá a oportunidade de conhecer o Miradouro da Vela e os Miradouros das Silhas, que figuram entre os mais belos da Serra do Gerês. Clique para mais informações sobre o Trilho da Cascata da Rajada e para descarregar o track GPS.
  • Se já não estiver para grandes caminhadas, sugerimos que se fique por uma visita à Aldeia da Ermida e por ir desfrutar das vistas dos miradouros vizinhos, Miradouro da Pedra Bela e Miradouro das Rocas, aproveitando para dar um pulinho à Cascata do Arado.

Quando ir?

O Trilho da Preguiça pode ser percorrido durante todo o ano, e cada estação vai revelar-lhe uma face distinta deste cantinho da Serra do Gerês.

A menos aconselhável é o inverno, devido ao frio e à chuva que, nessa estação, é quase uma constante no Gerês. Chuva essa que pode fazer transbordar as ribeiras e tornar o trilho intransitável e perigoso.

Posto isto, as nossas estações favoritas para percorrer o Trilho da Preguiça são a primavera e o outono.

Se o grande objetivo for ir ver a Cascata de Leonte e a Cascata da Laja, o melhor mesmo é apostar na primavera. Na primavera irá encontrar as ribeiras e cascatas em todo o seu esplendor!

Já no outono, e porque ao longo do Trilho da Preguiça abunda o carvalho, será brindado com uma paleta de cores quentes verdadeiramente apaixonante.

O facto de o trilho ter imensa vegetação faz com que também seja muito agradável de percorrer no verão, mas tenha em atenção que nesta estação (sobretudo mais para o fim) o mais certo é encontrar as cascatas e ribeiras quase secas.

O que levar?

  • Mochila leve e confortável;
  • Calçado adequado a caminhadas de montanha;
  • Comida e bebida (entre elas, muita água, pois não há cafés nem lojas ao longo de todo o percurso);
  • Impermeável/capa de chuva (não se esqueça que está no Gerês, logo, a não ser que vá no verão, pode sempre chover. E mesmo assim nunca se sabe quando é que o São Pedro manda uma senhora duma trovoada);
  • Protetor solar, óculos de sol e chapéu;
  • Uma máquina fotográfica ou um smartphone para registar os melhores momentos da caminhada;
  • E o mais importante: um saco para trazer consigo o seu lixo.

Mapa e rota GPS Trilho da Preguiça no Gerês | PR10 Terras de Bouro


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do percurso pedestre até à Cascata da Laja e Leonte

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Altimetria do Trilho da Preguiça no Gerês | PR10 Terras de Bouro

Trilho da Preguiça altimetria

Onde ficar a dormir quando for percorrer o Trilho da Preguiça? Sugestões de Alojamento

A melhor localidade para montar base quando for percorrer o Trilho da Preguiça é a Vila do Gerês. Fica a somente 4 km do ponto de partida do trilho e tem uma vasta oferta de alojamentos e serviços turísticos.

Na Vila do Gerês um dos nossos alojamentos favoritos é o Hotel Central Jardim, pois é muito económico, super central, muito confortável e ainda oferece um excelente pequeno-almoço já incluído no preço do quarto.

Outra boa opção na Vila do Gerês é o Adelaide Hotel. Perde um pouco na localização face ao Central Jardim, mas os quartos são igualmente confortáveis, tem um bom pequeno-almoço, e a mais-valia de ter uma agradável piscina exterior.

Se preferir um alojamento mais luxuoso, recomendamos o Hotel São Bento da Porta Aberta, o nosso preferido para quando queremos ser mimados numa escapadinha romântica. É uma unidade hoteleira super acolhedora e que oferece todo o tipo de serviços que necessitamos, tendo inclusivamente um (excelente) restaurante com iguarias regionais. A localização é simplesmente idílica, pertíssimo da Marina do Rio Caldo e da Albufeira da Caniçada, e apesar de ficar um pouco mais longe do início do Trilho da Preguiça conta com excelentes acessos. A relação qualidade-preço é imbatível!

Clique para ver mais opções de alojamento na Vila do Gerês

Outros Trilhos em Portugal

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.