Trilho das Fisgas de Ermelo PR3 | Mondim de Basto: mapa do percurso pedestre e rota GPS

Trilho das Fisgas de Ermelo PR3 | Mondim de Basto

Em plena serra do Alvão, no concelho de Mondim de Basto, encontra-se um dos trilhos mais emblemáticos de Portugal. Falamos do Trilho das Fisgas de Ermelo, percurso pedestre que circunda as imponentes Cascatas do Rio Olo, as Fisgas de Ermelo, que com os seus 200 metros de altura são uma das cascatas mais altas de Portugal.

O trilho das Fisgas de Ermelo é rasgadinho, mas a serenidade, a beleza das cascatas e as soberbas vistas da Serra do Alvão e do Monte Farinha compensam todas as gotas de suor.

Descrição do Trilho das Fisgas de Ermelo | Mondim de Basto – Serra do Alvão (PR3)

Como já referimos o Trilho das Fisgas de Ermelo é exigente fisicamente. Por isso convém começá-lo relativamente cedo para que possa ser feito sem presas. É que, apesar de curto em distância, o trilho tem um desnível acumulado de 650 metros, o que condiciona bastante o passo.

Para além disso, se vier para o trilho apertado de tempo, não poderá desfrutar tão bem das belas lagoas naturais, nem parar muito para desfrutar das maravilhosas paisagens com que a Serra do Alvão brinda quem a visita.

Queremos ainda salientar que o trilho das Fisgas de Ermelo está muito bem sinalizado, pelo que é muito fácil de seguir para quem esteja minimamente habituado a caminhadas pela natureza.

O trilho das Fisgas de Ermelo tem início na pequena aldeia de Ermelo, mais concretamente junto à Igreja Paroquial. Nos arredores é relativamente fácil encontrar lugar para estacionar.

Depois de cruzar a castiça aldeia transmontana pelos caminhos empedrados, entre as suas casas de xisto e ardósia, o trilho desce em direção à Ribeira de Fervença.

Após atravessar a ponte de madeira da Ribeira de Fervença, o percurso prossegue por um estradão florestal. Começa aqui a parte mais dura do trilho das Fisgas de Ermelo. É que, até chegar ao Miradouro Alto da Cabeça Grande, é sempre a subir e terá de superar um desnível de 400 metros em somente 3 km. Para ajudar é uma zona sem florestação, logo torna-se bastante penosa em dias de calor.

O que vale é que pelo caminho será brindado com fantásticas paisagens. A primeira das quais é logo no Miradouro da Lomba do Bulhão, donde se tem o primeiro vislumbre dos desfiladeiros (com destaque para a Fraga Amarela) e das imponentes Fisgas de Ermelo.

E da Lomba do Bulhão até ao Miradouro do Alto da Cabeça Grande o que não faltam são view points para se admirar esta grandiosa obra da natureza. Aproveite para descansar. Sente-se numa das muitas convidativas pedras e deixe-se ficar em silêncio a contemplar as maravilhosas paisagens que o rodeiam. A sensação de paz e de comunhão com a natureza é ímpar.

Uma vez no Miradouro do Alto da Cabeça Grande já é possível escutar com clareza o barulho das cascatas de Ermelo e observá-las em todo o seu esplendor.

Logo ao lado é possível fazer um pequeno desvio do trilho e ir dar um mergulho às Piocas de Cima, nome dado às lagoas naturais de água cristalina formadas pelas cascatas.

Mergulho dado regresse ao trilho das Fisgas de Ermelo, que agora o vai conduzir por uma zona florestal paralela ao Rio Olo. Em nossa opinião é o lugar perfeito para fazer um pic-nic e retemperar forças. O lugar não só é idílico, como é das poucas áreas com sombra em todo o percurso.

Daí, o trilho avança, pela margem esquerda do rio Olo, até à típica aldeia de montanha de Varzigueto.

Uma vez cruzada a aldeia de Varzigueto, o trilho das Fisgas de Ermelo leva-o a atravessar o rio Olo e segue por caminho florestal até à Cancela do Miradouro onde será agraciado com uma vista panorâmica fascinante sobre o Monte Farinha.

A partir daqui o trilho é sempre a descer, por um caminho de pedra solta, até ao miradouro das Fisgas do Ermelo de onde poderá admirar as cascatas de Ermelo e as suas escarpas verticais de uma perspetiva bem diferente. A visão é verdadeiramente impressionante e faz-nos ter consciência da nossa pequenez e limitações. É uma experiência que exige coragem e que não é de todo recomendada a quem sofra de vertigens. Já lá dizia Miguel Torga…

Ermelo, Marão, 2 de Outubro de 1959 — Cá me vim debruçar também sobre o despenhadeiro das Fisgas, com os pés seguros pelos companheiros por causa das vertigens. E apreciei devidamente este misto de espanto e terror. A contemplação dos abismos naturais é necessária de vez em quando a quem tem a atracção dos outros. Toma-se consciência, com rigor físico, das asas que nos faltam para estar à altura da máxima de Nietzsche…

Miguel Torga, Diário VIII (1959)

A partir daqui espera-o uma longa descida de regresso à Aldeia de Ermelo. O desnível é acentuado e o terreno tem muita pedra solta, o que obriga a cuidados redobrados. Não ceda à tentação de acelerar muito o passo senão os joelhos vão pagar uma elevada fatura.

Já quase no final da descida há um pequeno desvio do percurso pedestre, devidamente sinalizado, para ir visitar as outras piscinas naturais deste percurso, as Piocas de Baixo. Se o tempo estiver convidativo vale mesmo muito a pena ir lá dar uns mergulhos (tem um slide natural de pedra fantástico), mesmo implicando mais um par de quilómetros nas pernas.

Uma vez de regresso ao trilho das Fisgas de Ermelo continue a descer rumo ao rio Olo, que irá atravessar pela bela ponte de madeira da Abelheira. Se não tiver ido às Piocas de Cima tem aqui a última oportunidade de se refrescar nas cristalinas águas do rio Olo.

O Trilho das Fisgas de Ermelo está quase a terminar. Apenas uma íngreme subida o separa da meta. Vai chegar à pequena aldeia cansado, isso é certo, mas estamos seguros que vai sair de Ermelo com a alma cheia e baterias recarregadas. E se estiver com tempo, antes de se fazer à estrada, recomendamos ir comer um petisco e fazer um brinde à sua conquista ao pequeno café Sabores de Alvão.

Nota: após visitar as Piocas de Cima é possível cruzar o rio Olo evitando assim ir à aldeia Varzigueto. Poupa um par de quilómetros às pernas mas perde também uma parte interessante do percurso. Nós recomendamos seguir o traçado oficial do Trilho das Fisgas de Ermelo, mas se vir que está apertado de tempo é uma alternativa a ter em conta.

Na secção seguinte deste artigo vai encontrar informação prática sobre o percurso, os pontos mais emblemáticos do Trilho das Fisgas de Ermelo, o mapa do percurso, a altimetria e a rota GPS, em formato GPX/KLM para download.

Trilho das Fisgas de Ermelo em Mondim de Basto – Serra do Alvão (PR3): como chegar, principais pontos de interesse, fotografias do percurso pedestre, mapas e download/descarga de ficheiros em formato GPX / KML para Google Earth, GPS e Smartphone

Distância: 12,5 km

Circular: sim

Dificuldade Técnica: Moderada/Difícil

Local de Partida/Chegada: Aldeia de Ermelo junto à Igreja Paroquial

Coordenadas GPS do ponto de Partida/Chegada: N41º21’37” W07º53’21”

Quando Ir: todas as estações são boas para percorrer o trilho das Fisgas de Ermelo, mas para nós a estação rainha é a primavera e o início do verão, altura em que as cascatas e as piscinas naturais de Piocas de Cima estão em todo o seu esplendor. Recomendamos vivamente evitar meter-se ao caminho em dias de muita chuva e de intenso calor, pois a exposição solar é relevante ao longo de grande parte do percurso (por exemplo, a grande subida inicial é feita sem qualquer sombra).

O que levar:

  • Mochila leve e confortável
  • Calçado adequado a caminhadas em montanha
  • Comida e bebida (entre elas muita água pois não há cafés nem lojas pelo caminho). A zona florestal após as Piocas de Cima, nas margens do rio Olo, é excelente para um pic-nic
  • Protetor solar, óculos de sol e chapéu
  • Uma máquina fotográfica ou um smartphone para registarem os melhores momentos da caminhada
  • Se for no verão, não se esqueça do fato de banho para dar uns mergulhos nas piocas (piscinas naturais)
  • E o mais importante: um saco para trazerem convosco o vosso lixo

Clique para conhecer os melhores trilhos e percursos pedestres de Portugal


Fotografias do Trilho das Fisgas de Ermelo | Mondim de Basto – Serra do Alvão (PR3)

Ponte de madeira sobre a Ribeira de Fervença
Lomba do Bulhão
Paisagens soberbas
Take a break and enjoy the view!
Miradouro Alto da Cabeça Grande
Fisgas de Ermelo
Piocas de Cima
Rio Olo
Entrada na aldeia de Varzigueto
Outra perspectiva das Fisgas de Ermelo

Piocas de Baixo
Hora do descanso – powered by mother nature
Regresso à Aldeia de Fisgas de Ermelo

Mapa do Trilho das Fisgas de Ermelo | Mondim de Basto – Serra do Alvão (PR3)


Clique no canto superior direito para aumentar

Altimetria do Trilho das Fisgas de Ermelo |Mondim de Basto – Serra do Alvão (PR3)

Onde ficar a dormir perto das Fisgas de Ermelo

Aguahotels Mondim de Basto

O nosso local favorito para dormir quando vamos às Fisgas de Ermelo é o Aguahotels Mondim de Basto. Para começar a sua localização, mesmo no meio da natureza, é simplesmente perfeita para uma escapadinha relax (as paisagens para as montanhas em redor são brutais). Depois os quartos são super confortáveis e o pequeno-almoço é estupendo (e por norma já está incluído no preço). E a cereja no topo do bolo é a sua fantástica “Infinity Pool”. É difícil conceber um lugar melhor para relaxar depois de um dia de caminhada!

Mondim Hotel & Spa

Se preferir ficar mesmo na aldeia de Mondim de Basto espreite o Mondim Hotel & Spa. Os quartos são modernos e espaçosos e o pequeno-almoço já está incluído na tarifa. Honestamente achamos a relação qualidade preço muito positiva. Só é pena não ter também uma piscina infinita.

Clique para ver mais opções de alojamento perto das Fisgas de Ermelo


Gosta de Escapadinhas na Natureza? Então não deixe de ler estas nossas sugestões de destinos para Turismo Rural


Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem da World Nomads. São rápidos e fáceis de fazer, são a 100% especializados em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.