Trilho Vale de Ordesa e Monte Perdido | Pirenéus Espanha

Trilho Vale de Ordesa e Monte Perdido | Pirenéus Espanha

No coração dos Pirenéus Aragoneses, na província de Huesca, encontra-se um dos trilhos mais emblemáticos da Espanha. Falamos do Trilho da Cascata Cola de Caballo, considerado por unanimidade o melhor percurso pedestre do Parque Nacional de Ordesa e Monte Perdido. Prepare-se para atravessar prados de alta montanha e bosques que parecem recortados de um livro de fantasias, ver uma miríade de apaixonantes quedas de água e deliciar-se com as vistas sobre as majestosas montanhas dos Pirenéus.

Trilho Vale de Ordesa e Monte Perdido | Pirenéus Espanha
Cascata Cola de Caballo

O Trilho da Cascata Cola de Caballo desenvolve-se ao longo do fabuloso Vale de Ordesa e vai conduzi-lo até ao Circo de Soaso, um circo glaciar aos pés do maciço do Monte Perdido, onde se esconde uma das cascatas mais esplendorosas dos Pirenéus de Espanha.

Trilho Vale de Ordesa e Monte Perdido | Pirenéus Espanha
Circo de Soaso

Mas vai ter de dar bem à perna para a ir ver ao vivo e a cores. É que apesar do Trilho da Cascata Cola de Caballo do Vale de Ordesa não apresentar dificuldades técnicas de maior, tem um total de 19 km de extensão e um desnível acumulado de sensivelmente 1000 metros, o que o torna bastante cansativo para quem não esteja habituado a fazer grandes caminhadas. Ou seja, convém ir minimamente preparado fisicamente para poder desfrutar do trilho em toda a sua plenitude e não acabar a caminhada “feito num oito”.

Trilho Vale de Ordesa e Monte Perdido | Pirenéus EspanhaPara o ajudar a planear a sua caminhada por este singular trilho do Parque Nacional de Ordesa e Monte Perdido, nas secções seguintes deste artigo irá encontrar uma breve descrição do percurso pedestre (para que saiba ao que vai) informações e dicas práticas sobre o Trilho da Cascata Cola de Caballo, fotografias dos pontos mais emblemáticos do trilho, dicas de onde ficar a dormir e, ainda, o mapa e a rota GPS para download do Trilho da Cascata Cola de Caballo do Vale de Ordesa.

Trilho Vale de Ordesa e Monte Perdido | Pirenéus Espanha

Guia completo para percorrer o Trilho da Cascata Cola de Caballo | Parque Nacional de Ordesa e Monte Perdido

Onde começar o Trilho da Cascata Cola de Caballo | Vale de Ordesa e Monte Perdido?

Trilho Vale de Ordesa e Monte Perdido | Pirenéus Espanha

O Trilho da Cascata Cola de Caballo do Vale de Ordesa arranca junto ao estacionamento da Pradera de Ordesa, mais concretamente nas imediações da casa de informações do Parque Nacional de Ordesa e Monte Perdido. A localidade mais perto do ponto de partida do trilho é a aldeia de Torla, que dista de somente 9 km da Pradera de Ordesa.

Proibição de circulação de carro no acesso à Pradera de Ordesa

A estrada de acesso à Pradera de Ordesa é fechada a veículos motorizados particulares durante os meses de verão, Páscoa, feriados e pontes nacionais da Espanha. Nessas alturas do ano a única forma a chegar ao ponto de partida do Trilho da Cascata Cola de Caballo é utilizando o autocarro público que liga Torla à Pradera de Ordesa. Os autocarros saem a cada 15/20 minutos do enorme parque de estacionamento localizado junto do Centro de Informações de Torla do Parque Nacional de Ordesa e Monte Perdido e o preço dos bilhetes é de 5 euros (ida e volta).

Clique aqui para consultar os horários dos autocarros e obter informações atualizadas sobre as restrições de acesso à Pradera de Ordesa.

É preciso pagar para percorrer o Trilho da Cascata Cola de Caballo | Vale de Ordesa e Monte Perdido? Qual o preço dos bilhetes?

Trilho Vale de Ordesa e Monte Perdido | Pirenéus EspanhaAo contrário do que acontece em vários trilhos populares de Espanha (como seja o Caminito del Rey e o Camino de Hierro) não é preciso pagar para percorrer o Trilho da Cascata Cola de Caballo do Vale de Ordesa. Pelo que apuramos junto dos organismos oficiais, essa opção não está de momento a ser equacionada. Caso venha a mudar, atualizaremos a informação neste artigo.

Descrição do Trilho da Cascata Cola de Caballo | Vale de Ordesa e Monte Perdido: principais pontos de interesse do percurso pedestre

Como já referimos o Trilho da Cascata Cola de Caballo do Vale de Ordesa é um percurso pedestre linear com aproximadamente 19 km de extensão (ida e volta), que arranca na Pradera de Ordesa, e se desenvolve ao longo do rio Arazas, até chegar à cascata mais deslumbrante dos Pirenéus Aragoneses.

Rio Arazas

O Trilho da Cascata Cola de Caballo do Vale de Ordesa integra a GR11 (Grande Rota dos Pirenéus) e encontra-se bem sinalizado, pelo que é muito fácil de seguir para quem esteja minimamente habituado a caminhadas na natureza. Mas, pelo sim pelo não, pode sempre descarregar o track GPS que disponibilizamos abaixo e levá-lo consigo no seu smartphone. É completamente grátis e assim tem a certeza que não se engana no caminho.

Bosque de Faias

O primeiro par de quilómetros do Trilho da Cascata Cola de Caballo do Vale de Ordesa, até chegar à Ponte de Cotatuero, não apresenta qualquer tipo de dificuldade, sendo na prática um agradável passeio pela margem do rio Arazas.

Cascata de la Cueva

A partir da ponte a conversa já é outra. O rio começa a estreitar e espera-o uma subida contínua de 4,5 km, com um desnível positivo de 300 metros, até à Ponte Canal del Tobacor. Pelo caminho irá encontrar três admiráveis cascatas do rio Arazas (a Cascada de Arripas, a Cascada de la Cueva e a Cascada del Estrecho) e atravessar um enorme bosque de faias verdadeiramente mágico.

Gradas de Soaso

Algumas centenas de metros mais à frente, irá deparar-se com as surpreendentes Gradas de Soaso, uma sucessão de maravilhosas quedas de água e piscinas naturais em forma de escadaria, que o vão acompanhar ao longo da pedregosa subida que desemboca no Circo de Soaso, um grandioso anfiteatro glaciar rodeado pelas sublimes montanhas do Monte Perdido.

Circo de Soaso

Uma vez no Circo de Soaso, o percurso volta a ser plano e apenas terá de percorrer mais dois quilómetros até dar de caras com a majestosa Cascata Cola de Caballo. Depois é pousar a mochila, tirar mil e uma fotografias, e fazer um picnic para ganhar forças para o caminho de regresso, enquanto aprecia esta maravilha da natureza. Dificilmente encontra um restaurante com melhor vista!

Trilho Vale de Ordesa e Monte Perdido | Pirenéus Espanha
Cascata Cola de Caballo
 Quer conhecer mais trilhos fantásticos na Espanha? Então não deixe de ler os seguintes artigos:

Quando ir percorrer o Trilho da Cascata Cola de Caballo | Vale de Ordesa e Monte Perdido?

Os melhores meses para percorrer o Trilho da Cascata Cola de Caballo do Vale de Ordesa são entre abril e outubro, sendo que os meses do verão são de longe a melhor aposta em termos climatéricos.

Contudo, como o Parque Nacional de Ordesa e Monte Perdido assiste a um elevado afluxo de visitantes desde fins de junho a inícios de setembro, vá preparado para encontrar imensos caminhantes a percorrer o trilho e para lidar com as questões logísticas do acesso ao Vale de Ordesa (ou seja, para ir de bus desde Torla à Pradera de Ordesa e vice-versa).

Para fintar as multidões e poder levar o carro até ao ponto de partida do trilho considere percorrer o Trilho da Cascata Cola de Caballo do Vale de Ordesa entre abril e início de junho (fuja é da Páscoa) e entre finais de setembro e outubro. Na primavera tem o bónus de encontrar o rio Arazas e as suas cascatas em todo o seu esplendor. Já no outono, e porque no Vale de Ordesa abundam as faias, poderá desfrutar de uma maravilhosa palete outonal, com inúmeros tons de amarelo, laranja e vermelho.

Já se for no inverno deve evitar os dias de chuva e neve (o trilho torna-se demasiado perigoso) e averiguar junto das fontes oficiais se o trilho se encontra totalmente transitável. Contudo, em dias secos, terá as montanhas nevadas dos Pirenéus como pano de fundo. Uma visão que não é nada de desprezar.

O que levar?

  • Mochila leve e confortável;
  • Calçado adequado a caminhadas de montanha;
  • Comida e bebida para fazer um picnic (não há cafés nem lojas ao longo de todo o trilho. É um local 100% Into the Wild);
  • Casaco leve, mas quente e impermeável (não se esqueça que está numa zona de alta montanha, logo, a não ser que vá num dia quente de verão, pode sempre chover e fazer frio durante a caminhada);
  • Protetor solar, óculos de sol e chapéu;
  • Uma máquina fotográfica ou um smartphone para registar os melhores momentos da caminhada;
  • Caso não tenha um dispositivo GPS para caminhadas e pretenda utilizar o track GPS do Trilho da Cascata Cola de Caballo do Vale de Ordesa que disponibilizamos neste artigo, não se esqueça de instalar no seu smartphone uma App de caminhadas que leia ficheiros GPX. Existem várias gratuitas para iOS e Android;
  • E o mais importante: um saco para trazer consigo o seu lixo (inclusivamente o orgânico).

Trilho da Cascata Cola de Caballo | Vale de Ordesa e Monte Perdido: informações e dicas práticas do percurso pedestre, mapa e track GPS para download (GPX e KLM)

Informação Prática do Trilho Vale de Ordesa e Monte Perdido

  • Distância: 9,5 km (19 km ida e volta)
  • Circular: não
  • Dificuldade Técnica: Fácil/Moderada
  • Local de Partida/Chegada: Pradera de Ordesa

Mapa do percurso pedestre Trilho da Cascata Cola de Caballo | Vale de Ordesa e Monte Perdido e rota GPS para download


Clique para aumentar o mapa do Trilho da Cascata Cola de Caballo | Vale de Ordesa e Monte Perdido.

Download de ficheiro em formato KML para Google Earth

Download de ficheiro em formato GPX para GPS e Smartphones

Onde ficar quando for percorrer o Trilho da Cascata Cola de Caballo | Vale de Ordesa e Monte Perdido? Sugestões de alojamento

Ficar alojado em Torla é sem dúvida a melhor aposta para montar base quando for percorrer o Trilho da Cascata Cola de Caballo do Vale de Ordesa. Fica a somente 9 km do ponto de partida do trilho, tem uma vasta oferta de alojamentos e serviços turísticos e é de lá que arrancam os autocarros para a Pradera de Ordesa durante a época alta.

Outra boa opção é reservar alojamento na aldeia de Broto que dista de somente 3 km de Torla. Fica ligeiramente mais afastada do início do trilho mas é um pueblo igualmente encantador e com uma boa oferta de alojamentos e serviços de restauração. Em jeito de bónus, pode aproveitar para ir conhecer a Cascata del Sorrosal, outra das imperdíveis numa viagem aos Pirenéus Aragoneses. Como fica a pouco mais de 1 km de Broto nem precisa de pegar no carro.

Abaixo partilhamos os nossos alojamentos favoritos na região – testados e aprovados por nós – todos eles com uma excelente relação qualidade-preço

Edelweiss Hotel (Torla)

Situado no pitoresco vilarejo de Torla, porta de entrada no Parque Nacional de Ordesa e Monte Perdido, o Edelweiss Hotel oferece acomodações com ambiente familiar, terraço, salão com lareira tradicional, e toda a paz e tranquilidade dum hotel de montanha. Os quartos privados com vista montanha podem estar um pouco démodé, mas oferecem todo o conforto e condições para um par de noites bem passadas. O pequeno almoço buffet caseiro é absolutamente imperdível.

Hotel Villa de Torla (Torla)

Este hotel de montanha de gerência familiar e decorado ao estilo rústico sofisticado, está situado ao pé serviço de autocarros para a Pradera de Ordesa, bem no coração de Torla. O Hotel Villa de Torla destaca-se pelas vistas para os Pirenéus Aragoneses e dispõe de piscina exterior, restaurante, bar, salão com lareira, jardim com terraço, banheira de hidromassagem e centro de fitness. Os quartos privados, duplos, twins e familiares, são elegantes e possuem aquecimento central, Tv ecrã plano, casa de banho privada e acesso Wi-Fi gratuito.

Hotel Rural El Portón de Murillo (Broto)

Localizado na pequena cidade de Broto, com vistas para os Pirenéus Aragoneses e o Rio Ara e a 12 km da Pradera de Ordesa, o Hotel Rural El Portón de Murillo é um alojamento rural ao estilo country house. Dispõe de quartos, suites e estúdios privados decorados ao estilo rústico rural, com acesso a jardim, piscina sazonal e terraço, salão com lareira e cozinha com espaço para refeições partilhada. O pequeno almoço é soberbo.

Clique para ver mais opções de alojamento perto do Trilho da Cascata Cola de Caballo

Seguro de Viagem para percorrer o Trilho do Vale de Ordesa e Monte Perdido

Algo que consideramos de crucial importância para ir percorrer o Trilho da Cascata Cola de Caballo do Vale de Ordesa é ter um bom seguro de viagem com coberturas que nos façam sentir totalmente protegidos.

As caminhadas na natureza são uma atividade que envolve sempre algum risco, sobretudo quando os trilhos se desenvolvem em locais remotos e de elevada altitude. No caso de se ter um acidente que exija busca e socorro (muitas vezes com recurso a meios aéreos) as despesas podem ascender a largos milhares de euros. Logo, não convém de todo facilitar!

Na hora de comprar um seguro de viagem, a nossa escolha recai sempre na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em seguros de viagem, apresenta sempre o melhor rácio custo-benefício do mercado, e todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19, a preços surpreendentemente económicos.

Clique para fazer uma simulação para a sua viagem de trekking aos Pirenéus Aragoneses e não se esqueça que, ao utilizar o nosso link, terá um desconto de 5% na compra do seu seguro de viagem.

Outros artigos de Espanha

Melhores praias Sul de Espanha | Melhores praias da Galiza | Melhores Praias de CádizMelhores trilhos de EspanhaRoteiro da Andaluzia | Roteiro das Astúrias | Roteiro da Extremadura | Roteiro da Galiza | Roteiro de Maiorca | Roteiro do País Basco| Roteiro dos Picos da Europa | Roteiro dos Pueblos Blancos | Roteiro Sierra Nevada | Roteiro SomiedoRoteiro Tenerife | Parque Natural Arribes del Duero | Parque Natural Baixa Limia e Serra do Xurés | Ávila | Barcelona | Badajoz | Benidorm | Bilbao | Cáceres | Cádiz | Camino de HierroCórdoba | GibraltarGranadaIlhas Cíes | Ilha de OnsLago de Sanabria | Lalín | Madrid | Málaga | Mérida | OurensePalma de Maiorca | Pontevedra | Puebla de Sanabria | Ronda | Salamanca | San Sebastián | Santiago de Compostela | Segóvia | Sevilha | Toledo | ValênciaVigo | Zamora

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

3 COMENTÁRIOS

  1. Olá! Sabem se é permitido acampar/pernoitar no percurso? Nós gostávamos muito de o fazer mas os 19km num dia são muito para o que estamos habituados. Não encontrámos informação concreta sobre a possibilidade de pernoitar.
    Muito obrigado por este artigo e pelo vosso excelente trabalho. Bem-hajam!

    • Olá Ana,
      O campismo selvagem não é permitido no trilho do Vale de Ordesa e Monte Perdido. A única hipótese é pernoitar no Refugio Goriz mas para isso é necessário caminhar mais 4 quilómetros (sempre a subir) e só faz sentido para quem queira fazer a ascensão ao Monte Perdido.
      Boas caminhadas!

  2. Muito obrigado! Boas caminhadas para vocês também 🙂

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.