Turismo Rural | Portugal: Escapadinhas na Natureza a não perder

Turismo Rural: as melhores escapadinhas rurais na natureza

A sua próxima escapadinha de fim de semana na natureza pode estar numa destas casas de Turismo Rural de Portugal.

Se precisa de inspiração para a sua próxima escapadinha rural, veio ao lugar certo. Aqui vai encontrar uma casa ou hotel de Turismo Rural que satisfaz em pleno o seu gosto, quer seja para um fim de semana ou para férias longas, quer para tempo de qualidade em família ou para partilhar momentos inesquecíveis com a sua cara metade, quer para usufruir do silêncio dum retiro ou para celebrar com amigos.

Andámos em busca das melhores almofadas para recostar a cabeça depois das nossas aventuras e desventuras de exploração das belezas naturais espalhadas pelos melhores destinos do país. Encontrámos alguns dos melhores lugares para descansar depois de explorarmos aldeias ancestrais, praias fluviais desconhecidas, cascatas secretas e aventurarmo-nos em trilhos pedestres únicos.

Turismo Rural | Portugal: Escapadinhas na Natureza a não perderAgora, abrimos-lhe a porta dos melhores alojamentos de Turismo Rural que experimentámos – gostámos e recomendamos – e que juntam o útil ao agradável: escapar do bulício da cidade que só se consegue no silêncio apaziguador do contacto direto com a natureza.

Todos estes espaços são sinónimo de sossego e privacidade numa envolvência natural rara com um toque de atmosfera romântica, quer seja em vales verdejantes, em serras imponentes, em pitorescas aldeias com tradições locais. Tudo à espera de ser descoberto por si.

Aqui estão as nossas sugestões dalgumas das melhores casas e hotéis rurais de Portugal para uma escapadinha romântica, de lazer, de descoberta ou aventura.

Turismo Rural: Escapadinhas na Natureza a não perder em Portugal

Casa da Padaria – Piódão (Arganil)

Feliz aquele que escolhe a Casa da Padaria para fugir da cidade, para descansar da vida, ou para explorar as maravilhas da Serra do Açor. Ser recebido na Casa da Padaria é como ser abraçado com a familiaridade e calor humano daquela tia que nos mima. E mesmo que isso não seja possível, há sempre um olhar e palavras de afeto que nos envolvem e afagam como uma manta quente no inverno frio. Esta é, provavelmente, a memória mais indelével que marca quem se aloja neste turismo rural situado no coração da Aldeia Histórica do Piodão.

Casa da Padaria – Escapadinha rural no Piódão

A Casa da Padaria dispensa eufemismos para convencer qualquer um de nós a tornar-se hóspede, arriscando-se a sair de lá como um amigo. Ou, o mais provável, a não querer sair de todo. Visitar a aldeia do Piodão está a anos-luz da experiência magnífica que é ser recebido pela aldeia e, por uns dias, fazer parte dela. Na Casa da Padaria essa sensação é imediata e mérito de quem lhe dá vida e alma. Aparentemente igual a todas as outras casas da “aldeia presépio”, de xisto negro, telhado de lousa e portas e janelas azuis, da cor do céu. Mas basta tocar a sineta para se abrir a porta para um mundo de carinho, aconchego e ternura.

Esta é uma autêntica casa de xisto do Piodão. Esta é uma autêntica casa de aldeia. Esta é “uma casa portuguesa, com certeza.” A identidade da casa foi mantida e respeitada. Na origem desta unidade de turismo rural está uma padaria que abasteceu a aldeia e arredores de pão fresco até há cerca de cinquenta anos atrás. Padaria era um nome lógico. Mais ainda quando se preservam as suas memórias mantendo o forno, as amassadeiras, as pás do forno, o balcão da loja e tantos objetos duma casa que saciou a fome às gentes do Piodão e arredores durante décadas.

No inverno, a casa convida a aninharmo-nos frente à lareira. No verão, a preguiçar no sempre florido e verdejante terraço, íntimo e sereno. A noite enche-se de silêncio, e na Casa da Padaria isso significa escutar o murmurejar das águas da Ribeira do Piodão, o piar duma coruja, o cricrilar dos grilos e, quiçá, receber a visita da raposa adotiva do Piodão, sentados no beiral da casa. O repouso é memorável em qualquer dos quartos privados situados no piso cimeiro, todos com a promessa de descanso absoluto e vistas refrescantes sobre os socalcos da montanha e a aldeia. Lençóis bordados, alvos como a cal, de linho e algodão, reforçam o toque de aconchego que distingue a casa.

De manhã, desperte para um excecional pequeno-almoço caseiro, com sabor a aldeia e a serra, que vai querer repetir. A broa de milho, o queijo da serra, o requeijão de ovelha, o mel e as compotas caseiras brilham na mesa e despertam o prazer. Quando bebemos o ultimo trago de café, aparece uma bandeja com… Um… Dois… Três bolos?! Se antigamente dominava esse aroma inconfundível do pão acabado de cozer, hoje preenche-se de perfumes de frutas e especiarias. Num dia passamos pela porta da cozinha e cheira a mel e nozes, no outro a canela e maçã, no seguinte a chocolate. Com uma segunda fragrância adocicada como pano de fundo, a dum bolo acabado de sair do forno. Começa a nascer água na boca. Outros dias haverá com outros aromas, pois o livro de receitas destas delícias tentadoras é inesgotável. Não há alma que resista a tanto mimo da Dona Gorete!

Apetece pouco sair da aldeia do Piodão com a sua deliciosa praia fluvial, mas fique a saber que a Serra do Açor, onde a aldeia se planta, é uma tentação para os amantes da natureza. Há trilhos fantásticos até às aldeias vizinhas de Chãs de Égua e Foz d’Égua, esta oferecendo uma das melhores praias fluviais de Portugal. A serra esconde ainda o oásis verde da Mata da Margaraça e a idílica Cascata da Fraga da Pena.

Clique para reservar a sua escapadinha rural na Casa da Padaria

Moinho do Maneio – Penamacor

Deixar passar o tempo sem culpas. É o sonho tornado realidade pelo Moinho do Maneio. Neste recanto mágico às portas da Serra da Malcata e a escassos quilómetros de Penamacor, há um tesouro escondido onde o sossego é de ouro, a natureza brilha como uma esmeralda, e os momentos cintilam como pedras preciosas de mil cores.

Moinho do Maneio – Escapadinha rural na Serra da Malcata

Bastam os atributos genuínos e autênticos deste turismo rural para suscitar o desejo de viver o lugar. Senão, há a estrela da companhia, uma bolha de ar insuflado que raramente está disponível, pois, quem não quer dormir sob um céu estrelado? “Há hóspedes na bolha!” Ainda estamos para ver um letreiro “não incomodar” mais original que o do Moinho do Maneio. Mas vai ser muito difícil bater aquele que é já procurado como o “hotel bolha de Portugal”.

A localização num vale resguardado de qualquer bulício citadino, uma propriedade de hectares bafejada pela generosidade dos espaços ao ar livre, abençoada por uma vegetação luxuriante e gentil, cruzada por uma ribeira de águas plácidas, permite um contato privilegiado e singular com a natureza.

Duma casa antiga de xisto e dependências resultaram 2 casas com kitchenette e 4 quartos privados em casinhas individuais, cada um com o seu terraço, que preservam um estilo rústico que emana origem. O moinho será uma adição que está para breve. Parece uma mini aldeia. A consciência ecológica da Anabela e do Rui, idealistas e construtores deste paraíso, é notável e pautou uma reconstrução sustentável usando, ao máximo possível, os materiais locais. Deram nova vida a utensílios da quinta que estariam condenados, não fossem as suas mentes criativas e a vontade de fazer. Outros diriam proprietários, mas o casal que sonhou e ousou o regresso às suas origens tem as portas tão escancaradas como os braços abertos para o receber em casa. E mimar com um licor ou a compota das framboesas que o Rui cultiva e a Anabela prepara. Ou terminar o (fabuloso!) pequeno-almoço com um bolo de chocolate húmido de comer e chorar por mais.

O Moinho do Maneio é uma casa de família e esse espírito está em todo o lado. Como nas mantas de lã da avó Maria que são hoje inspiração para as colchas da Anabela. Até nos membros de quatro patas. A Micas e o Janota são manos inseparáveis. A mãe Julieta é o despertador da casa. O namorado, Jericó, anda aos beijos com a pachorrenta Berry. Mas ela dá beijos a toda gente que chegue a casa. A Mimosa e o Junior vêm dizer olá e vão à vida deles. A irrequieta Ramboia, nem vê-la – deve estar na ribeira à espera de peixe fresquinho.

Dormir na bolha ou numa casinha rústica. Banhar-se na ribeira ou na piscina exterior. Preguiçar na rede, na cama da árvore ou na espreguiçadeira. Passear nas margens ou navegar na ribeira. Quando se fartar da tranquilidade (coisa que duvidamos seriamente que aconteça neste turismo rural) ocupe-se com sessões de Reiki e massagens para serenar as energias. Ou canoagem, passeios pedestres, a cavalo, ou de Moto4 para apetites mais propensos a fazer bombar o coração. Como o Moinho do Maneio é um destino de bem-estar e lazer que vale por si só, nem vale a pena falar-lhe que, por perto, ainda tem as Aldeias Históricas de Portugal de Monsanto, Idanha-a-Velha, Sortelha, Castelo Novo e Belmonte para conhecer, uma Serra da Malcata para explorar, o encantador centro histórico de Penamacor para calcorrear e os fósseis do Geopark Naturtejo em Penha Garcia.

Clique para reservar a sua escapadinha rural no Moinho do Maneio

Quinta da Alcaidaria-Mor – Ourém

Um destino de sonho para os amantes de casas seculares que nobremente guardam entre paredes séculos de memórias familiares entrelaçadas na história nacional… Existe e foi materializado na Quinta da Alcaidaria-Mor, no concelho de Ourém.

Quinta da Alcaidaria-Mor – Escapadinha rural em Ourém

Transpor os portões da Quinta da Alcaidaria-Mor mal faz adivinhar os privilégios dos dias passados nesta quinta repleta de história e charme. Assim que a alameda arborizada se abre para revelar o coração da propriedade quatrocentista, não há como deixar de escapar uma exclamação de espanto. Este deslumbramento perdura até que o cumprimento cortês mas informal do anfitrião soa como suave despertar do devaneio onírico. Este acolhimento, pautado por uma atenção personalizada e uma disponibilidade ímpar em prol do hóspede, acompanhá-lo-ão durante a sua estada.

Sobressaem a Casa Principal e a Capela de Santa Luzia implantada onde D. Nuno Álvares Pereira, o Santo Condestável, rogou ajoelhado pela vitória na batalha de Aljubarrota. Assim que as portas da casa principal lhe sejam abertas, prepare-se para a viagem no tempo de séculos desta casa nobre dos Barões de Alvaiázere. Na casa senhorial com mais de trezentos anos de história, foram implantados os 6 quartos privados que emanam comodidade, distinção e requinte clássico. Destaque ainda para o salão de estar, ótimo para findar um dia com uma partida de bilhar, a saborear uma bebida no interior aclimatizado ou ao ar livre no amplo terraço. A piscina exterior, com espreguiçadeiras, é incontornável para um banho refrescante em dias de calor. Há jogos e livros para entreter miúdos e graúdos, a par de muito espaço verde, entre caminhos e jardins cuidados, para aquele passeio memorável pela propriedade majestosa deste turismo rural.

O pequeno-almoço continental é servido num salão sublime, digno de banquetes reais, dominado pela mesa central que nos faz erguer os olhos para um imponente lustre de cristal. A luz entra generosamente por altos janelões fazendo cintilar as loiças antigas, vindas de longínquas paragens ou das faianças reais portuguesas. Não perca a compota de mirtilos cultivados na propriedade.

“As dependências estavam a cair de maduro,” são as palavras do anfitrião, Nuno de Magalhães e Vasconcelos. Herdou do pai o gosto por e o compromisso com este turismo rural de singular encanto. Dedicou (e dedica) a sua vida a elevar a Quinta da Alcaidaria-Mor a um nível de reconhecimento merecido. Do seu talento e energia inesgotáveis nasceram as quatro casas independentes para dar resposta às novas exigências dos hóspedes. Pensadas para casais em busca duma escapadinha, com opção do romantismo duma mezzanine, ou para famílias em busca de férias, todas munidas de terraço individual e kitchenette.

E não lhe faltam razões para se alojar nesta quinta de turismo rural. A Quinta da Alcaidaria-Mor é uma excelente base para visitar Ourém, o seu castelo e centro histórico. Fátima fica a cerca de 15 minutos de carro. Aproveite para aprofundar a ligação histórica da quinta aos Templários com uma visita à vizinha cidade de Tomar. Usufrua dos benefícios das águas termais da Praia Fluvial do Agroal, reconhecidos já pelos romanos. Deslumbre-se, lá do alto, com as paisagens de montanha da região balançando no Baloiço do Talegre.

Clique para reservar a sua escapadinha rural na Quinta da Alcaidaria-Mor

Refúgio do Monte – Odemira

Em pleno Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, a escassos quilómetros de Odemira, o Refúgio do Monte é a resposta completa à sua busca por um espaço rural em contacto direto com a natureza num típico monte alentejano. Escondido entre serra e mar, é um lugar que faz jus ao nome e convida a dias sossegados de… Refúgio.

turismo-rural-portugal-alentejo
Refúgio do Monte – Escapadinha rural na Costa Vicentina

Logo que somos recebidos nesta unidade de turismo rural, sabemos que a hospitalidade familiar nos vai acompanhar ao longo dos nossos dias de refúgio. O sorriso é rasgado e a simpatia contagiante. Os modos emanam à-vontade e têm aquele sotaque da arte de bem receber das gentes alentejanas. A maior prova está no pequeno-almoço: servido com tempero e generosidade familiar. Farto e irresistível, com tanto de variado como de delicioso. Depressa nos vamos apercebendo que mais do que um alojamento, o Refúgio do Monte é uma casa de mimos e, assim, a eles nos vamos rendendo sem barreiras. Aos poucos fundimo-nos com o ambiente acolhedor e familiar. Passamos do “estar” para o “viver”.

Dentro, há os recantos intimistas decorados a preceito numa estética que combina bom gosto e design com elementos rústicos. Fora, o frondoso jardim e um alpendre para observar o campo. Por lá andam os passarinhos e aves que inspiraram o nome dos 6 quartos duplos e 2 suites do Refúgio do Monte: guarda-rios, águia, falcão, coruja, pintassilgo, garça, rouxinol e mocho. A atmosfera de pura tranquilidade rural espelha-se na decoração, luminosidade e intimidade dos quartos.

Ao fim do dia, desfrute da privacidade do terraço do seu quarto ao sabor dum frutado néctar da afamada região alentejana. Ou então da companhia de outros hóspedes no pátio da propriedade. Naqueles dias bons de sol, refresque corpo e alma num mergulho de piscina ou renda-se à preguiça e estique o corpo numa das espreguiçadeiras.

turismo-rural-alentejo

Feche os olhos, sinta o afago do sol e sonde o cheiro a maresia. Com a praia aqui tão perto, uma viagem cénica de carro pelo Parque Natural da Costa Vicentina e depressa pisa as areias quentes da Zambujeira do Mar. Se for calmo demais para si, há bicicletas para explorar os hectares da propriedade, uma ribeira escondida no vale da herdade e trilhos para descobrir.

Clique para reservar a sua escapadinha rural no Refúgio do Monte

Casas do Juízo – Pinhel

Na aldeia do Juízo, concelho de Pinhel, distrito da Guarda, encontra as Casas do Juízo. Dizem que era terra de juiz. Não o podemos jurar, mas este turismo rural condena qualquer réu a abençoados dias de puro descanso e lazer onde reina o silêncio e impera a simplicidade.

turismo-rural-portugal-escapadinha
Casas do Juízo – Escapadinha rural na Guarda

As Casas do Juízo são muito mais do que um mero alojamento. São uma autêntica experiência de vida comunitária aldeã.

A renovação de duas casas de habitação familiar tradicional (em que tudo se concentrava em volta do pátio) deu lugar a oito casas independentes com as condições ideais para uma escapadinha romântica, umas férias em família ou uma viagem com amigos. Primorosamente equipadas com tudo para uma estadia independente, foram pensadas ao detalhe para lhe proporcionar todo o conforto e comodidade. Quartos com kitchenettes e áreas de estar, mobiliário, iluminação e equipamentos modernos, fundem-se com mestria na identidade rústica original, homenageando a arquitetura e os materiais de construção.

Esqueça as pressas. Aqui o tempo é comandado pelas tarefas do quotidiano campestre. Para quem tem raízes na vida simples e plácida duma aldeia, vai encontrar nas Casas do Juízo um regresso às origens ímpar. Para quem não sabe o que são poleiros e cortelhos, manjedouras e gamelas, talhas e tonéis, a visita guiada pela aldeia é uma aula lúdica de tradições, costumes e segredos da aldeia. É pela mão do Senhor Guerra, mentor das casas de turismo rural e apaixonado filho da terra, que somos conduzidos pelos meandros da aldeia. Vai-nos revelando os segredos da aldeia (que já foi uma villa romana), dos afazeres da lavoura, do trato do vivo, e dos serões à volta do borralho. O brilhantismo deste guia está nas adivinhas e charadas que nos estimulam a mente. A cada adivinha acertada, ganhamos o brilho dum sorriso genuíno que se torna memorável. Passe pela escola, pela capela, pelo forno comunitário, pelo tronco e pelo lagar de vinho. E troque dois dedos de conversa com os aldeões no largo da fonte.

turismo-rural-portugal-escapadinhasPara completar a experiência, tem que ir à Taberna do Juíz (só de pensar, nasce-nos água na boca!) A mesa estará posta e recheada de bons (muito bons!) petiscos. É só avisar antes. A carta é dinâmica, como as estações e as colheitas da aldeia. Daniela e André escolhem os produtos sazonais mais frescos, fruto do trabalho dos agricultores da aldeia e da região, e concebem petiscos repletos de sabor que são de comer e chorar por mais. E também lhe preparam o pequeno-almoço se quiser.

Do empreendimento fazem ainda parte a sala da mina para realização de eventos, uma piscina exterior coberta (estupenda!), a estufa e o espaço dos animais da quinta. Um antigo lagar de vara dá lugar ao espaço museológico. É na receção, também ela outrora um lagar, que está guardado o segredo para o juízo. O xarope terapêutico deve ser tomado em doses moderadas de “Pinga do Juízo”.

turismo-rural-portugal-escapadinhaA pacatez da aldeia garante dias de reconfortante sossego, mas não faltam coisas para fazer em redor. As Casas do Juízo têm uma localização privilegiada para conhecer 5 das 12 Aldeias Históricas de Portugal: Marialva, Trancoso, Almeida, Castelo Rodrigo e Castelo Mendo. Aventure-se na Grande Rota do Vale do Côa, visite as pinturas rupestres no Parque Arqueológico do Vale do Côa e ajuíze dos dotes artísticos dos nossos antepassados. Para provas de néctares durienses, o Alto Douro Vinhateiro está apenas a 30 minutos de distância. E, em menos de nada, põe-se na cidade com mais solares por metro quadrado de Portugal, a cidade de Pinhel.

Clique para reservar a sua escapadinha rural nas Casas do Juízo

Hotel Rural da Freita – Aldeia da Mizarela (Arouca)

Imagine dias de lazer em plena montanha mas com todo o glamour dum hotel moderno. Não precisa de puxar muito pela imaginação, pois “o seu cantinho na montanha” está no Hotel Rural da Freita.

turismo-rural-portugal-escapadinhas
Hotel Rural da Freita – Escapadinha rural na Serra da Freita

Três estrelas bem merecidas como categoria de hotel, mas o Hotel Rural da Freita é cinco estrelas para quem procura a combinação perfeita entre pura ruralidade, natureza em estado bruto e descanso com total comodidade. A decoração de linhas modernas harmoniza ícones da região (como a ruralidade captada em fotografia ou os quartos nomeados segundo pontos emblemáticos do Arouca Geopark) com peças de design elegantes e charmosas.

Ter o privilégio desta qualidade de serviços hoteleiros em plena Serra da Freita é um achado. Fora de portas fica o frio. Dentro de portas, sentimos o calor humano no sorriso de quem nos recebe e o calor da lareira que nos abraça de aconchego.

turismo rural-portugal-escapadinhaUm aconchego que se supera nos quartos. O espaço impressiona, a luminosidade arrebata-nos, as cores apelam ao bem-estar e serenidade e o ambiente envolve-nos com conforto. A cama dócil, o agasalho da coberta, a almofada macia seduzem, mas o que realmente hipnotiza é a varanda. Vista desafogada do alto da serra para um horizonte infinito. E, afortunado aquele que (como nós) assistir a um mágico pôr-do-sol sobre o mar e a Ria de Aveiro, pois esta é a vista soberba que o espera em dias limpos e claros.

E da varanda, a magia continua com o cair da noite. O repouso é absoluto. Abafam-se os chocalhos dos rebanhos, amansa o vento, reina o silêncio e somos abençoados pelo som da maior queda de água de Portugal continental: a Cascata da Frecha da Mizarela que se precipita numa queda de sessenta metros, bem ao nosso lado e quase a podemos sentir.

De manhã, só vai conseguir sair da comodidade do quarto porque o pequeno-almoço, com sabor a aldeia, serra e campo, é mesmo delicioso e imperdível. E estará energizado para dias de exploração, descoberta e aventura pelas maravilhas do Arouca Geopark.

turismo-rural-portugal-escapadinhaE para isso, o Hotel Rural da Freita tem uma localização privilegiada. Amantes do pedestrianismo encontram aqui um paraíso, começando pelas Escarpas da Frecha da Mizarela, até aos trilhos do planalto da Freita. Pasme-se com a Cascata da Frecha da Mizarela alimentada pelo rio Caima que a montante forma a praia fluvial de Albergaria da Serra, ótima para banhos no verão. Perca o horizonte em miradouros com vistas soberbas. Descubra fenómenos geológicos únicos no mundo como a Pedras Boroas ou as Pedras Parideiras da Castanheira, ou os  fósseis de Trilobites gigantes de Canelas. Só para começar, porque as opções para dias bem passados são infindas.

Clique para reservar a sua escapadinha rural no Hotel Rural da Freita

Quinta dos Ribeiros – Geopark Naturtejo e Serra São Mamede

Para explorar as belezas naturais do Alto Alentejo e os segredos da Serra de São Mamede, nada como alojar-se na Quinta dos Ribeiros em Alpalhão, Nisa. Um lugar perfeito e tranquilo onde se respira a calma alentejana, com tempo e espaço para comungar das delícias rurais e naturais que fazem desta uma das regiões mais sublimes do país.

Quinta dos Ribeiros - Escapadinhas na naturezaSão hectares de quinta que convidam à descoberta, sem nunca se cansar, por entre o olival e o barrocal em redor duma radiosa Casa Grande e dos dois edifícios com 5 suites – muito confortáveis e acolhedoras, com a mais valia de serem espaçosas, garante de dias de descanso santo.

Quinta dos Ribeiros – Escapadinha Rural no Alentejo

Em termos estéticos a arquitetura original foi respeitada e a memorabília doutros tempos integra perfeitamente peças de look mais moderno na decoração. O conforto dos hóspedes foi pensado ao pormenor e os dias de férias passados na Quinta dos Ribeiros são tão agradáveis que só apetece ali ficar, a palmilhar as sendas da quinta de dia, a desfrutar do conforto do salão-bar à noite.

A Quinta dos Ribeiros tem os ingredientes para satisfazer todos os gostos. A Casa Grande é ideal para aqueles amigos que adoram um ajuntamento em grande. O tempo de qualidade em família é garantido: aqui os miúdos vão andar livres e doidos a conhecer a horta primorosamente cuidada, os animais da quinta, ou ir a banhos na piscina ao ar livre. Até o romantismo tem lugar na quinta, de forma simples e natural, quer seja a namorar no baloiço para dois ou assistir ao pôr do sol sobre a quinta do alto dum barroco de granito.

Delicioso queijo de Nisa e boleimas típicas da região são servidos ao pequeno almoço, a par de amor e carinho. Bem-aventurado aquele que prova o doce de abóbora da Narcisa, dona duma simpatia sincera que ilumina logo a manhã de qualquer dia e conhecedora dos deleites gastronómicos da terra como ninguém.

Clique para reservar a sua escapadinha rural na Quinta dos Ribeiros

Cerdeira Home for Creativity – Lousã

A Cerdeira Home for Creativity é o segredo mais bem guardado das Aldeias do Xisto. Escondida num vale da Serra da Lousã espera-o uma caixinha de surpresas que apetece abrir, vivendo dias inesquecíveis numa das nove casas de xisto tradicionais com todo o conforto dum lar.

Cerdeira - Escapadinha ruralUma experiência de Turismo Rural perfeita para um retiro em comunhão total com a natureza e a criatividade. São as artes o grande motor deste conceito refrescante de alojamento na Cerdeira, a aldeia que a criatividade e a inspiração transformaram num lar.

Cerdeira Home for Creativity – Escapadinha Rural na Lousã

Totalmente envolta pelos encantos e beleza natural inspiradora da Serra da Lousã, a Cerdeira Home for Creativity é um universo de sensações que nos fazem ganhar consciência como é simples encontrar a felicidade. Um foco de bem-estar, de conexão com o que verdadeiramente importa, uma escola viva de artes. Um paraíso para quem quer desligar do mundo caótico e para todos os amantes da natureza.

Precisa de desconectar? Na Cerdeira, isso acontece naturalmente. Sem TV, sem telemóvel e sem WiFi vai descobrir que o tempo é um bem precioso, uma dádiva para apreciar o melhor da vida.

No Café Videira convive-se e come-se bem, esperam-no experiências criativas na Escola Arts and Crafts, a Galeria expõe obras de artistas residentes ou visitantes, a Biblioteca convida à leitura e aos jogos lúdicos, a represa de águas cristalinas (à guisa de infinity pool) convida a banhos refrescantes.

A Cerdeira Home for Creativity é a base perfeita para partir à descoberta das maravilhas da Serra da Lousã, das suas Aldeias do Xisto, dos spots instagramáveis do projeto “Isto é Lousã”, dalguns dos trilhos pedestres mais emblemáticos de Portugal.

Clique para reservar a sua escapadinha rural na Cerdeira Home for Creativity

Quinta dos Caibrais – Oliveira de Frades.

Ruralidade e conforto uniram-se em perfeita simbiose na Quinta dos Caibrais, uma casa de turismo rural que é uma autêntica pérola escondida numa ostra de verde estonteante. Espera por si um lugar surpreendente, onde o silêncio é rei, a natureza é rainha e as estrelas são princesas cintilantes.

turismo-rural-portugal-escapadinhaEste recanto onírico nasceu duma pequena casa de pedra de dois pisos. Respeitando o carácter rústico, a casa foi convertida num pequeno e encantador apartamento privado, ideal para uma família. A ela, juntam-se 4 quartos privados com aquecimento central e mini-fridge, um salão que engloba sala de jantar e uma área de estar em mezzanine numa casa de traça moderna, com um design de luxo e comodidades formidáveis. Aliando mobiliário de linhas direitas e cores claras a peças de decoração discretas, que contam histórias ou são manifestas homenagens ao meio rural em que se insere, a Quinta dos Caibrais responde na perfeição às exigências de conforto atuais sem perder a identidade rústica.

Depois de imaculadas noites de repouso, acorde para o pequeno banquete que é o pequeno-almoço. Na mesa brilham os produtos regionais de grande qualidade: broa de milho, fumeiro de sabor autêntico, requeijão de ovelha, compotas caseiras… Ai, as compotas! Saboreie o amor à terra nas compotas de mirtilo e groselha, nascidas, criadas e mimadas “na casa”. Como se não bastasse de delícias, não se admire se lhe aparecerem tentações doceiras à frente, como Pastéis de Vouzela.

turismo-rural-portugal-escapadinha
Quinta dos Caibrais – Escapadinha rural no Dão-Lafões

Para aumentar o deleite e prazer do contato direto com a natureza, a Quinta dos Caibrais reserva-nos ainda mais surpresas. Aninhada numa floresta, tem ainda zona de cultivo onde mirtilo e groselha enchem o ar de aroma silvestre no verão. Encha os pulmões de ar puro, perca a noção do tempo, liberte-se da pressão citadina e percorra os hectares deste paraíso de pequenas maravilhas naturais. Desvende os segredos escondidos na floresta: as águas inquietas do riacho, as suas cascatas e lagunas, as ruínas do moinho de água, as plantas e animais que aqui encontraram um lar, as cores e odores de cada estação do ano. Um ambiente romântico e reconfortante raro e precioso.

turismo-rural-portugal-escapadinha

A Quinta dos Caibrais é de excelência como base para explorar a região de Dão Lafões, para se maravilhar com os fenómenos naturais da bacia do rio Vouga, entre o Caramulo e o maciço da Gralheira, com uma mão cheia de trilhos pedestres e sendas de BTT, para complementar os seus tratamentos nas Termas de São Pedro do Sul, para descobrir aldeias e vilas medievais, para conhecer o nosso património histórico-cultural desde a Pré-História à herança judaica passando pelas culturas romana e castreja no triângulo compreendido entre Viseu, Aveiro e Coimbra.

Clique para reservar a sua escapadinha rural na Quinta dos Caibrais 

Natura Glamping – Serra da Gardunha

Muito mais do que um alojamento, o Natura Glamping, situado em Alcongosta , Fundão, é uma experiência existencial. O conceito de Glamping é o Turismo Rural que junta o melhor de dois mundos: o contacto direto com a natureza numa experiência de camping com glamour e muito conforto.

Natura Glamping - turismo ruralO Natura Glamping é, por si só, um destino que deve conhecer e vivenciar. Considerada uma das melhores experiências de Glamping da Europa, o Natura Glamping, tem uma localização privilegiada bem no topo dum dos montes da Serra da Gardunha, um lugar mágico e fenomenal. Sinta a energia do local onde a natureza, o silêncio e a espiritualidade tomam conta de nós.

Natura Glamping – Escapadinha Rural na Serra da Gardunha

Dormir sob o firmamento dum bilião de estrelas, é o que pode fazer num dos domos espaçosos, decorados com bom gosto de acordo com o respetivo nome. Imagine-se acordar ao som do despertar da natureza e começar o dia com um delicioso pequeno almoço com produtos regionais repletos de sabor. Usufrua duma das vistas mais sublimes de Portugal, sobre a majestosa Serra da Estrela, o verdejante vale da Cova da Beira, ou a exuberante Serra da Gardunha, da sua varanda privada enquanto relaxa comodamente no seu jacuzzi. Entregue-se aos prazeres do paladar no bar, na esplanada ou com as delícias preparadas no próprio restaurante. E asseguramos que a infinity pool é irresistível.

Atividades não vão faltar para ocupar os seus dias de férias no Natura Glamping. Há trilhos pedestres e estradas romanas milenares, aldeias típicas dum Portugal interior, castelos medievais que fazem a imaginação voar. Procura um espaço privilegiado para meditação e desenvolvimento mindefulness? Natura Glamping é para si. Tem gostos mais radicais? Uma das melhores rampas de asa delta do país está na Serra da Gardunha e fica somente a 1 km do seu domo geodésico.

Clique para reservar a sua escapadinha rural no Natura Glamping

Quinta do Pomarinho – Arouca

Estar envolvido de natureza verdejante às portas da vila de Arouca não é utopia. É uma realidade que está à sua espera na Quinta do Pomarinho.

turismo-rural-portugal-escapadinhaO caminho empedrado que conduz à quinta nem faz imaginar a surpresa que nos aguarda. Cuidada e frondosa vegetação ajardinada alegra logo os olhos e vai revelando uma antiga casa de pedra harmoniosamente integrada numa construção de linhas modernas.

O coração desta quinta de turismo rural é uma casa do século XIX. Foi renovada para dar resposta às exigências dos confortos modernos, mas sem nunca perder a identidade histórica e o toque familiar. Peças de mobiliário e de decoração mantém vivas as memórias de épocas passadas e duma identidade cultural que não devemos perder. Para não descaracterizar o que a casa de campo tem na génese, foi nos detalhes que os anfitriões conseguiram concentrar a mensagem do seu propósito, “para que se sinta em casa”.

turismo-rural-portugal-escapadinha
Quinta do Pomarinho – Escapadinha rural em Arouca

Os quartos da Quinta do Pomarinho são muito aconchegantes e limpos, têm aquecimento e estão munidos de produtos de higiene pessoal. O pequeno-almoço, farto e com sabor local, vem acompanhado da simpatia dum anfitrião, profundo conhecedor das maravilhas naturais, gastronómicas e culturais da região, que promove o saudável convívio entre hóspedes.

Tudo isto integrado numa quinta de profuso verde onde pode passear no jardim verdejante, dar um mergulho na piscina exterior, exercitar-se no campo de ténis e divertir-se com os miúdos no minigolfe, aproveitando os bons momentos de lazer que esta quinta de turismo rural com “home feeling” lhe vai proporcionar, sempre rodeado de apaziguadora natureza.

turismo-rural-portugal-escapadinhaNão falta com que ocupar os dias aqui passados e a Quinta do Pomarinho é a base perfeita para as suas explorações. Localizada apenas a um quilómetro de Arouca, aproveite para degustar as delícias gastronómicas locais, como a suculenta Posta Arouquesa e os divinais Doces Conventuais de Arouca. Veja e sinta por si mesmo porque é que os Passadiços do Paiva estão entre os melhores percursos pedestres do mundo. Descubra aldeias como Regoufe e as suas minas de volfrâmio desativadas, ou a abandonada e mítica Drave, ou a outrora esquecida Paradinha agora renascida. Suba ao Monte da Senhora da Mó em “romaria” à peculiar capela de traços mouriscos e perca a vista no horizonte, desde Arouca ao Porto. Viaje 465 milhões de anos no passado seguindo o trilho das trilobites nos Icnofósseis de Cabanas Longas. Pasme-se com as maravilhas naturais da Serra da Freita.

Clique para reservar a sua escapadinha rural na Quinta do Pomarinho

Casa da Cumeada – Alqueva

Macrobiótica no Alentejo? Sim, é uma realidade. A escassos quilómetros de Reguengos de Monsaraz, na Cumeada, há uma casa de aldeia tipicamente alentejana que o vai surpreender em todos os aspetos: a Casa da Cumeada – food for health and happiness. Uma casa singular onde nada é deixado ao acaso e onde a alimentação saudável é o prato do dia.

Casa da Cumeada - escapadinha rural
Casa da Cumeada – Turismo Rural no Alentejo

A receita foi descoberta por Teresa Mizon, a alma da Casa da Cumeada que encarna o conceito do Amor como força vital de cada dia. O resultado é um banquete de bem estar, onde a saúde e a felicidade marcam encontro consigo. Aliás, a comida é o caminho para a felicidade neste cantinho encantado. As refeições macrobióticas cozinhadas com amor pela Teresa são simplesmente divinais, uma fonte de bem estar e cheias de sabor.

A Casa da Cumeada é uma unidade de Turismo Rural única em Portugal que alia a Macrobiótica a noites de descanso tranquilo e revigorante num dos 4 quartos espaçosos e muito confortáveis. A sala de jantar ou o colorido jardim-horta são ideais para o pequeno almoço, quer opte pelo standard quer pelo macrobiótico energizante, e a sala de estar intimista convida a relaxar ou dedicar tempo à leitura.

A Casa da Cumeada é a base ideal para quem queira descobrir as maravilhas da Albufeira do Alqueva com as praias fluviais e as delícias das atividades aquáticas. Castelos e monumentos megalíticos completam o ramalhete deste destino imperdível do Alentejo para quem aprecia boa comida, boa pinga e boa gente.

Clique para reservar a sua escapadinha rural na Casa da Cumeada

Villa Silene – Serra da Estrela

Atenção personalizada e quartos espaçosos e silenciosos são a aposta da Villa Silene em Tortosendo, no concelho da Covilhã. Tudo foi pensado para que a Villa Silene fosse o lugar onde “o ambiente familiar, o conforto e a tradição” se encontram. Aposta ganha!

Vila Silene - Turismo Rural
Villa Silene – Turismo Rural na Serra da Estrela

A decoração rústica dos espaços comuns revela-lhe a identidade: uma casa de quinta antiga, com história e personalidade, mas pensada para o conforto e satisfação do cliente atual. Os detalhes de requinte foram reservados para cada quarto, peças únicas duma coleção de espaços que nos trazem imediatamente uma sensação de conforto e bem estar.

Estamos na orla da Serra da Estrela. A generosidade e espírito familiar da região vê-se à mesa do pequeno almoço, com os queijos e enchidos tradicionais das aldeias da região, as compotas caseiras, o pão e a fruta frescas. Ótimo para ganhar energia para um dia de descoberta das maravilhas da Serra da Estrela.

Friendly é a máxima deste alojamento de Turismo Rural onde vai passar dias reconfortantes e revitalizantes: eco friendly, family friendly, pet friendly, e… Bike friendly. Sim, a Villa Silene é perfeita para motards. Tudo inserido numa quinta completa: jardim, piscina, árvores de fruto e olival, as ovelhas gulosas e os cães traquinas. Portanto, traga a família, traga o cão, traga até a mota, que todos serão recebidos de braços abertos.

Clique para reservar a sua escapadinha rural na Villa Silene

Hotel Parque Serra da Lousã – Miranda do Corvo

Para quem não dispensa a comodidade dum hotel, vai encontrar no Hotel Parque Serra da Lousã uma oportunidade de recarregar baterias longe da cidade numa unidade de Turismo Rural onde corpo, mente e espírito encontram um refúgio natural.

Hotel Parque Serra da Lousa
Hotel Parque Serra da Lousã – Escapadinha Rural em Miranda do Corvo

Aqui o foco é aliar o bem-estar ao lazer e cultura num meio envolvente favorecido pela natureza. Cuide do corpo no spa, numa das piscinas ou no ginásio. Adicione conhecimento com visita aos museus etnográficos e de ofícios. Enalteça o espírito no único Templo Ecuménico Universalista de Portugal. Entregue-se ao prazer de degustar autêntica gastronomia portuguesa com produtos frescos e sazonais no restaurante Museu da Chanfana.

A cereja no topo do bolo é que tudo está inserido no Parque Biológico da Serra da Lousã com muito espaço para correr, floresta, trilhos, quinta pedagógica com animais, hortas e pomar e… Um Zoo. Os miúdos vão adorar esta escapadinha. Numa zona florestal mesmo ao lado do hotel, o Parque acolhe animais representativos da vida selvagem de Portugal que, por várias razões, seriam incapazes de sobreviver autonomamente no habitat natural.

E se se aventurar pela região, o Hotel Parque Serra da Lousã é ideal para descobrir pérolas naturais como as Buracas do Casmilo e o Deserto de Pedras, ou uma joia das Aldeias do Xisto na pitoresca aldeia de Gondramaz, ou os esplendorosos trilhos pedestres totalmente envolvidos pelas belas paisagens naturais que fazem da Serra da Lousã um lugar especial de Portugal.

Clique para reservar a sua escapadinha rural no Hotel Parque Serra da Lousã 

Hotel Rural Quinta de Santo António – Elvas

Em busca de sermos brindados pela ruralidade deste nosso Alentejo que sempre nos rouba o coração, descobrimos o Hotel Rural Quinta de Santo António, “um pequeno hotel com grandes encantos”, para melhor aproveitar a quietude e beleza natural desta região de Portugal. Localizada a poucos minutos do centro histórico de Elvas, este hotel de Turismo Rural tem uma classificação 4 estrelas e serviços a justificar.

Os quartos decorados em estilo clássico, transportam-nos ao tempo das casas senhoriais e o staff não se roga a esforços para nos tratar com mordomia. Afinal, estamos numa casa senhorial histórica do século XVII.

Hotel Rural Quinta de Santo António
Hotel Quinta de Santo António – Turismo Rural em Elvas

O contacto com a natureza é garantido pelo extenso jardim e pomares, com o Lago da Sereia escondido no meio da densa e refrescante vegetação, ou pela ruralidade das planícies permeadas de oliveiras e sobreiros onde o gado pasta livre. Uma piscina garante frescura em dias quentes de verão.

O restaurante assegura as refeições com produtos locais vindos dos campos de cultivo em redor. As áreas comuns integram um bar, uma esplanada, dois salões de estar e uma sala com mesa de snooker. O Hotel Rural Quinta de Santo António de Elvas está totalmente preparada para eventos, como casamentos, tendo até um belíssima capela dedicada a… Santo António.

Clique para reservar a sua escapadinha rural na Quinta de Santo António

Mapa com localização dos Alojamentos de Turismo Rural para escapadinhas na natureza


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa com localização dos Alojamentos de Turismo Rural

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na World Nomads ou na IATI Seguros. São ambas agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado. Se optar pela IATI use o nosso link e terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog "VagaMundos" a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.