Arraiolos: o que visitar, ver e fazer | Roteiro na vila e arredores

Arraiolos: o que visitar, ver e fazer | Roteiro na vila e arredores

Visitar Arraiolos é sinónimo de tapetes. Mas é tanto mais que isso! Arraiolos tem todo o intenso encanto e silêncio do Alentejo. Tem património monumental, paisagístico e natural, material e imaterial, gastronómico e tradicional “unidos pelo fio da história”. E tem um património humano inestimável que vem ao nosso encontro sempre que vamos visitar Arraiolos. É a hospitalidade arraiolense que nos faz regressar. Sempre com vontade de descobrir os “pontos que nos unem”.

Arraiolos: o que visitar, ver e fazer | Roteiro na vila e arredores


Este artigo é o ponto de partida do seu roteiro para visitar Arraiolos, com o que ver e fazer na simpática vila e arredores, quando ir, sugestões de alojamentos onde dormir e restaurantes onde comer. Para não perder pitada do muito que a vila do castelo circular tem para lhe oferecer, no fim encontra um mapa interativo indicando os nossos lugares favoritos. Ponto por ponto.

Arraiolos: o que visitar, ver e fazer | Roteiro na vila e arredores
Praça do Município – Roteiro para visitar Arraiolos
Na preparação da sua viagem para visitar Arraiolos, sugerimos que leia também os seguintes artigos:

Onde fica Arraiolos?

Arraiolos: o que visitar, ver e fazer | Roteiro na vila e arredoresArraiolos é uma vila portuguesa do distrito de Évora, situado no interior sul do país, na vasta região do Alentejo, mais especificamente Alentejo Central. Sede de município, Arraiolos tem como concelhos vizinhos Mora, Sousel, Estremoz, Évora, Montemor-o-Novo e Coruche.

Quando visitar Arraiolos?

Arraiolos: o que visitar, ver e fazer | Roteiro na vila e arredores

O clima de Arraiolos é tipicamente alentejano. Ou seja, seco e de extremos. Ao longo do ano, em geral, as temperaturas médias variam entre mínimas a rondar os 4ºC (inverno, dezembro a março) e máximas nos 32ºC (verão, junho a setembro).

Arraiolos: o que visitar, ver e fazer | Roteiro na vila e arredores
Albufeira da Barragem do Divor – Roteiro para visitar Arraiolos

Os verões quentes, geralmente acima dos 30ºC, podem assistir a dias tórridos nos meses de julho e agosto. No extremo oposto, os invernos são frios, havendo ocasionalmente noites com temperaturas negativas.

Arraiolos: o que visitar, ver e fazer | Roteiro na vila e arredores
Passadiços de Arraiolos

A primavera e o outono, com temperaturas amenas, são mais propícias às atividades na natureza, portanto, as melhores épocas do ano para visitar Arraiolos.

Arraiolos: o que visitar, ver e fazer | Roteiro na vila e arredores
Tapete de Arraiolos

Festas, feiras e festivais são outras das oportunidades para conhecer a cultura do território e saber quando visitar Arraiolos. O destaque vai para os seguintes eventos:

  • O Tapete Está na Rua: junho
  • Feira de São Boaventura: julho
  • Festa da Juventude: setembro
  • A Tasquinha dos Avós: outubro
  • Mostra Gastronómica, Festa da Empada e Feira do Tapete de Arraiolos: outubro/novembro

Onde ficar a dormir em Arraiolos? Sugestões de alojamento

Arraiolos: o que visitar, ver e fazer | Roteiro na vila e arredores
Pousada Convento de Arraiolos

Complemente a sua escapadinha a Arraiolos com o genuíno acolhimento alentejano dormindo (pelo menos) uma noite num dos admiráveis alojamentos da região. Independentemente da sua preferência de categoria de alojamento, hotéis ou alojamentos de turismo rural, encontra qualidade a preços acessíveis.

Abaixo encontra os nossos alojamentos favoritos onde ficar numa escapadinha a Arraiolos – testados e aprovados por nós – que apresentam a melhor relação qualidade-preço da região.

Casa do Plátano

Qualquer elogio rasgado à receção calorosa na Casa do Plátano fica aquém da realidade. No coração de Arraiolos, esta guesthouse alia hospitalidade alentejana com energias positivas. Trazendo os princípios da filosofia oriental para o interior duma antiga casa de família, conseguiu-se um espaço de recolhimento e meditação. Tanto espaços comuns como quartos privados personalizados representam, através da cor, um centro de energia diferente. Portanto, se quiser alinhar os chacras, a Casa do Plátano é para si. Há ainda uma piscina exterior, um terraço para ioga e um soberbo pequeno almoço à sua espera.

Pousada Convento de Arraiolos

A menos de 5 minutos do centro da vila, a luxuosa Pousada Convento de Arraiolos ocupa o antigo Convento dos Lóios e faz parte da cadeia de hotéis históricos das Pousadas de Portugal. Aqui a palavra de ordem é descansar e desfrutar do tempo: seja no jardim, nas piscinas, nos salões, no bar ou no restaurante. Ou no quarto privado que, mantendo a traça de origem, recebe com todos os confortos e comodidades modernos. O hotel de 4 estrelas dispõe também de spa, centro de fitness e estacionamento gratuito. O staff é incrivelmente atencioso e disponível.

Clique para ver mais opções de alojamento em Arraiolos

O que ver e fazer em Arraiolos: locais a visitar e experiências a não perder

Arraiolos: o que visitar, ver e fazer | Roteiro na vila e arredores

Abalar para o Alentejo é, para muitos, a evasão perfeita da vida “fast food” engolida à pressa. Nós incluídos. Comprar tapetes foi a nossa desculpa para visitar Arraiolos da primeira vez. E muitas se seguiram. Descobrimos que Arraiolos é arte, história, gastronomia, ruralidade, natureza, tradição, usos e costumes. E tempo.

É ponto assente: gostamos de Arraiolos. Gostamos dos bons dias dados a cada esquina. De conhecer memórias locais que resgatam raízes. Dos pastéis e empadas de “toicinho” típicos da terra. Das iguarias alentejanas servidas à mesa. Das vistas panorâmicas de pasmar quando subimos ao altaneiro castelo circular. De ver a luz dourada do fim de dia a pintar castelo e casario caiado.

Abaixo mostramos os pontos fortes desta vila alentejana, ou seja, os lugares a visitar e as experiências imperdíveis num roteiro para visitar Arraiolos sem pressas, para que possa desfrutar do tempo a seu bel-prazer e não lhe fique ponto por dar.

  • Castelo de Arraiolos: o guardião de pedra de Arraiolos oferece vistas panorâmicas maravilhosas sobre a cidade e os campos! Após dar foral à vila em 1290, o rei Dom Dinis manda construir o castelo em 1306 no cabeço rochoso conhecido como Monte de São Pedro. Apresenta planta circular, coisa peculiar na arquitetura defensiva daquela época. Deambule pelas sólidas muralhas defensivas com Torre do Relógio e rasgadas pela Porta da Vila, entretanto desaparecida, e a sobrevivente Porta de Santarém. Explore as ruínas do Paço dos Alcaides, com elementos do estilo românico e do estilo gótico e que integra a Torre de Menagem.
  • Igreja do Salvador: também conhecida como Igreja de Nossa Senhora do Castelo, a antiga matriz de Arraiolos ergue-se isolada no centro do recinto amuralhado do castelo. Data do século XVI mas o original foi profundamente alterado na reforma de 1874.
  • Praça do Município: continue o seu roteiro pata visitar Arraiolos desçendo ao centro histórico rumo a esta praça bonita (com esplanada agradável para uma pausa), ponto nevrálgico da vila, na qual se destaca o edifício da Câmara Municipal, o Pelourinho de Arraiolos, em estilo manuelino, e a homenagem em calçada portuguesa ao Tapete de Arraiolos. Uma investigação arqueológica revelou fossos escavados na Praça do Município que podiam ter sido uma tinturaria de lãs medieval. O achado é assinalado por um mural de street art criado por Guida Casella.
  • Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos: no antigo Hospital do Espírito Santo encontra o lugar que melhor conta a história da tradição multissecular passada de geração em geração de bordadeiras exímias dos Tapetes de Arraiolos. As primeiras referências aos tapetes bordados arraiolenses datam de finais do século XV, mas suspeita-se que a origem seja muito anterior.
  • Igreja da Misericórdia: no largo do mesmo nome, este templo religioso data de finais do século XVI e demarca-se pelo interior revestido a painéis de azulejo português representando as “obras da misericórdia”, altar-mor em talha dourada e teto abobadado pintado, resultantes da reforma ao estilo barroco no século XVIII.
Castelo de Arraiolos
Praça do Município
  • Rua dos Tapetes de Arraiolos: de seu nome oficial Rua Alexandre Herculano, esta rua é uma explosão de arte e cor dentre as pitorescas ruas pedonais de Arraiolos. Porta sim, porta não, as casas que fabricam os Tapetes de Arraiolos exibem orgulhosamente alguns atrativos exemplares cujo desenho rico e colorido esfusiante sobressai nas paredes alvas. A par dessas, outras portas abrem-se para o mundo do artesanato local e produtos regionais tentadores. O ponto singular desta tapeçaria artesanal, com fama mundial, é aplicado em objetos com múltiplos fins decorativos. Mas o tapete é rei. E o maior deles tem 120 m2 arrematados com 47 metros de franja e foram precisos 210 kg de lã para executar manualmente 4 milhões e meio de pontos de Arraiolos. Digno dum recorde do Guinness.
  • Praça da República: é um dos nossos espaços favoritos para esbanjar tempo. O antigo campo da feira, popularmente chamado de Rossio, acolhe a Casa da Mala-Posta, residência do último Capitão-Mor de Arraiolos e atual Biblioteca Municipal, o Jardim Público com Coreto, a Ermida de São Romão e o Monumento à Tapeteira de Arraiolos.
  • Convento de São Francisco de Arraiolos: qual varanda com vista desafogada lá do alto do Outeiro de São Romão, é muito provável que a visita ao interior esteja vedada. Mas a vista é de postal: com o castelo coroado pela Igreja do Salvador e o casario a estender-se encosta abaixo, como um tapete bordado a branco e ocre sobre a planície.
  • Igreja de Nossa Senhora dos Mártires: na sua origem está uma igreja de 1302 que os danos do tempo condenaram a ser abandonada no século XVII. Em 1747 deu-se início à reconstrução integral da atual Matriz de Arraiolos, apresentando uma arquitetura de transição barroco-rococó.
  • Capela dos Passos de Cristo: situada ao fundo da Rua do Castelo.
  • Gastronomia: Arraiolos tem bons lugares de perdição para os bons garfos, mas O Alpendre e a República dos Petiscos tiram-nos completamente do sério. Sempre em boa companhia dum vinho da Ravasqueira ou da Herdade das Mouras.
  • Empadas e pastéis de ‘toicinho’: falar destas duas iguarias típicas de Arraiolos com um filho da terra é tocar num ponto sensível. Argumentam sobre a casa que tem a melhor receita, massa, sabor, tempero ou doçura, falam de “original” e de “cópias” com convicção. Mas três nomes repetem-se: restaurante O Forjador, a mercearia Manjerona e a pastelaria O Toucinho. Usualmente rematam a conversa dizendo que “antigamente é que eram boas”. É que cada casa arraiolense fazia a sua receita. E hoje “nada se compara à da ‘nha mãe!”
  • Convento de Nossa Senhora da Assunção ou Convento dos Loios: se não escolheu a Pousada Convento de Arraiolos para pernoitar, pegue no carro ou aproveite os Passadiços de Arraiolos para fazer uma caminhada até ao Convento dos Loios, no verdejante Vale de Flores. A capela deste convento do século XVI, revestida a painéis de azulejo português, é pura e simplesmente uma das mais estilizadas que conhecemos em Portugal, com elementos decorativos góticos, mudéjares, manuelinos, renascentistas e barrocos.
Arraiolos: o que visitar, ver e fazer | Roteiro na vila e arredores
Rua dos Tapetes de Arraiolos
Arraiolos: o que visitar, ver e fazer | Roteiro na vila e arredores
Coreto no Jardim Público

O que visitar perto de Arraiolos (para uma escapadinha perfeita)?

Depois de visitar a vila de Arraiolos, pegue no carro e parta à descoberta dos muitos tesouros que esta região alentejana oferece entre planícies e montado. Assim, pode transformar o seu roteiro para visitar Arraiolos numa escapadinha perfeita e completa. Quiçá até numa relaxante semana de férias, porque uma escapadinha sabe sempre a pouco.

Santana do Campo

Santana do Campo é uma pequena e singela aldeia tipicamente alentejana. Contudo, guarda um tesouro classificado Monumento Nacional. Referimo-nos às ruínas milenárias dum templo romano do séc. II/III d.c. cujas colunas de granito foram integradas na cabeceira da igreja paroquial construída no século XV/XVI e dedicada a Santa Ana. Aliás, suspeita-se que a aldeia ocupa a antiga povoação romana Calântica. Só pela unicidade já vale a pena integrar no seu roteiro para visitar Arraiolos.

Barragem do Divor

Dentre as várias barragens do concelho, a Barragem do Divor, a escassos quilómetros da localidade de Igrejinha, é a nossa favorita pela forma como marca a paisagem. Logo, não hesitamos em recomendar a albufeira alimentada pela ribeira do Divor, pertencente à bacia hidrográfica do Tejo, neste roteiro para visitar Arraiolos.

Para turismo ativo como caminhadas e desportos náuticos em embarcação sem motor, para um relaxante picnic à sombra dos aglomerados de sobreiros e azinheiras, ou umas horas de paciente pesca desportiva da carpa, achigã ou perca.

Montemor-o-Novo

A meros 20 km de Arraiolos fica Montemor-o-Novo, a segunda maior cidade do distrito de Évora. A principal razão para inclui-la no seu roteiro para visitar Arraiolos é o impressionante Castelo de Montemor-o-Novo, onde, reza a história, terá sido ultimada a Travessia Marítima para a Índia de Vasco da Gama.

Os marcos mais emblemáticos do castelo são as Portas da Vila e de Santarém, o brasão manuelino da Casa da Guarda, as Torres da Má-Hora e do Relógio, o Convento de Nossa Senhora da Saudação, as Igrejas de São João Batista, Santa Maria do Bispo e São Tiago e o Paço dos Alcaides ou Paço Real.

Depois da autêntica viagem no tempo que é deambular pelas gigantescas ruínas do Castelo de Montemor, desça à cidade à descoberta das históricas casas quinhentistas e visite também a Praça da República, o Largo dos Paços do Concelho, a Igreja Matriz, o Chafariz do Besugo e a Igreja da Misericórdia, com o seu emblemático portal manuelino.

Evoramonte

Evoramonte (ou Évora Monte) é daquelas aldeias de Portugal que vamos adiando a visita e cometemos uma grande injustiça. O recinto muralhado do Castelo de Evoramonte (Torre – Paço Ducal) é particularmente bonito e surpreendente.

Dentro e fora das imponentes muralhas encontra o Pelourinho, a Torre do Relógio, cisterna e chafariz, miradouros, a Casa da Convenção, um Celeiro Comunitário, a Igreja da Misericórdia, a Igreja de Santa Maria, a Igreja de São Pedro de Fora, as Ermidas de Santa Margarida e de São Sebastião e a curiosa Cama do Mouro.

E as mais recentes atrações turísticas: letras de “Evoramonte”, a moldura “Coração de Evoramente” e um Baloiço. Pregue os olhos no chão e descubra o segredo da Calçada de Evoramonte. E o pôr-do-sol, lá do alto, é algo tirado dum romance.

Mora

Mora é um dos concelhos mais surpreendentes do Alentejo, sendo perfeito para incluir num roteiro a visitar Arraiolos. Ponto de paragem obrigatório numa roadtrip pela mítica Estrada Nacional 2, abra esta caixinha de surpresas com vagar, aquele que tão bem caracteriza o Alentejo.

Conte com pitorescas aldeias caiadas de branco, inabaláveis guardiãs de um riquíssimo património histórico e etnográfico; montados e sobreirais onde se escondem milenares monumentos megalíticos; surpreendentes capelas e santuários e o oásis natural do Parque Ecológico do Gameiro com uma praia fluvial de tirar o chapéu, passadiços e trilho para toda a família e – a joia da coroa – o extraordinário Fluviário de Mora, um dos maiores aquários de água doce da Europa que faz as delícias de miúdos e graúdos.

Descubra todos os encantos desta vila alentejana lendo o nosso roteiro completo para visitar Mora.

Estremoz

Estremoz é, em termos históricos, uma das cidades mais ricas de todo o Alentejo. Aqui moraram vários monarcas portugueses, com destaque para o Rei D. Dinis e a Rainha Santa Isabel. A cidade encontra-se dividida entre a cidade velha, de ruas labirínticas que sobem encosta acima até ao altaneiro Castelo de Estremoz, e a dita cidade nova, que fica na zona mais plana de Estremoz e onde se encontra a zona comercial da cidade.

Quer mais dicas sobre a cidade de Estremoz? Então, não deixe de ler o nosso roteiro para visitar Estremoz.

Évora

E que tal incluir no seu roteiro para visitar Arraiolos a respetiva sede distrital, Évora? Évora é uma das cidades mais monumentais de Portugal, cujo centro histórico foi o segundo em Portugal a ser listado pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade em 1986.

Junte as ruínas mais bem preservadas dum Templo Romano, Capela dos Ossos e Praça do Giraldo, uma catedral do século XVIII com vistas panorâmicas de fazer cair o queixo, um aqueduto fundido na cidade, praças arejadas rodeando antigos chafarizes, palácios e palacetes de sonho, uma universidade histórica e fica logo com uma ideia do que @ espera naquela que é, para muitos, a cidade mais emblemática do Alentejo.

Quer mais dicas sobre Évora? Então, clique para ler o nosso roteiro para visitar Évora.

Onde comer em Arraiolos? Melhores Restaurantes

O Alpendre
Bairro Serpa Pinto 22, Arraiolos

República do Petisco
Praça da República 6, Arraiolos

Mapa com a localização dos principais pontos de interesse a visitar em Arraiolos


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa com a localização dos pontos de interesse a incluir num roteiro para visitar Arraiolos.

Outros artigos do Alentejo

Roteiros para uma roadtrip no Alentejo | Roteiro Alto AlentejoRoteiro Costa Vicentina | Roteiro Lago do Alqueva | Roteiro Serra de São Mamede | Aldeias mais bonitas do AlentejoCascatas do AlentejoPraias da Costa Alentejana | Praias da Costa VicentinaPraias Fluviais do Alentejo | Praias de Troia, Comporta e Melides | Alcácer do Sal | BejaCastelo de Vide | Cromeleque dos Almendres | ElvasÉvoraMarvãoMértolaMonsarazMora | Ponte de SorPortalegre | Santiago do Cacém | Serpa | Sines e Porto CovoVila Nova de Mil FontesVila ViçosaZambujeira do MarPassadiço do AlamalPassadiço do GameiroPassadiços de NisaPassadiços da Serra de OssaRota VicentinaTrilhos do Conhal – NisaTrilhos Parque Natural do GuadianaMelhores Hotéis do AlentejoMelhores Hotéis do Alentejo com Piscina InfinitaMelhores Hotéis da Costa VicentinaTurismo Rural no Alqueva

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.