Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficar

Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficar

O Parque Natural das Arribas do Douro (Los Arribes del Duero) na vizinha Espanha, é o irmão gémeo do Parque Natural do Douro Internacional. No entanto, apesar de ficar literalmente a um voo de grifo de distância de Portugal, é completamente desconhecido da maioria dos portugueses.

Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficar
Miradouro da Penha da Águia – Arribas do Douro

A culpa de tal desconhecimento é, muito provavelmente, a falta de informação em língua lusa sobre o que visitar no Parque Natural das Arribas do Douro. Mesmo perante esta contrariedade, na última vez que fomos ao Douro Internacional decidimos atravessar a fronteira e ir explorar os seus tesouros.

Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficar
Fermoselle – a vila mais encantadora das Arribas do Douro

E ainda bem que o fizemos! O Parque Natural das Arribas do Douro brindou-nos mais de duas mãos cheias de soberbos miradouros, cada um com vistas sobre o Canhão do Douro mais fascinantes que o outro, estradas super cénicas, muita vida selvagem, excelentes trilhos, idílicas cascatas e apaixonantes pueblos.

Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficar
Cascata Pozo de los Humos, a cascata mais imponente do Parque Natural das Arribas do Douro

Por isso, da próxima vez que andar pelo Nordeste Transmontano, não hesite em atravessar a fronteira e ir conhecer este surpreendente destino de natureza de Espanha. Para que não encontre as mesmas dificuldades que nós na exploração dos seus segredos, desenhamos um roteiro de 2 dias para visitar o Parque Natural das Arribas do Douro, com os nossos miradouros e locais favoritos e muitas dicas práticas para que aproveite ao máximo a sua visita à outra face do Douro Internacional.

Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficar

Aproveite a sua viagem ao Parque Natural das Arribas do Douro e parta à descoberta dos outros encantos e segredos das províncias espanholas de Zamora e Salamanca e da vizinha região portuguesa de Trás-os-Montes. Leia os seguintes artigos para dicas e inspiração:

Onde fica o Parque Natural das Arribas do Douro (Arribes del Duero)?

Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficar
Ponte do Requejo – Visitar Arribas do Douro

O Parque Natural das Arribas do Douro fica localizado a oeste das províncias espanholas de Zamora e Salamanca. Aqui, em plena Reserva da Biosfera Transfronteiriça Meseta Ibérica, o rio Douro cavou um profundo e escarpado vale que, ao longo de largas dezenas de quilómetros, serve de fronteira natural entre Portugal e a Espanha.

Apesar de pertencerem a países distintos, o Parque Natural Arribas do Douro (Arribes del Duero) e o Parque Natural do Douro Internacional trabalham em estreita colaboração na proteção da natureza desta zona fronteiriça. A natureza agradece!

Quando visitar o Parque Natural das Arribas do Douro (Arribes del Duero)?

Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficarEm nossa opinião, as melhores estações para visitar o Parque Natural das Arribas do Douro são a primavera e o outono, altura em que as temperaturas estão mais amenas, logo, mais convidativas para atividades na natureza. Na primavera tem ainda o bónus de ter os cursos de água e as cascatas do parque em todo o seu esplendor.

Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficar

Claro que, por serem estações de transição há sempre o risco de apanhar alguma chuva e frio, sobretudo no início da primavera e final do outono. Por isso, se gosta muito de calor e quer ter a certeza que apanha dias soalheiros, a melhor aposta é visitar o Parque Natural das Arribas do Douro no verão.

Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficarConte é com dias mesmo muito quentes e tenha em atenção que esta é a altura do ano em que o parque recebe mais visitantes. Como tal, sobretudo durante o mês de agosto e aos fins-de-semana, não se livra de apanhar multidões nos miradouros mais famosos do Parque Natural das Arribas do Douro.

Clique para conhecer os miradouros mais bonitos das Arribas do Douro

Onde ficar a dormir nas Arribas do Douro (Arribes del Duero)? Sugestões de alojamento

Em nossa opinião, a vila de Fermoselle é o melhor local para se ficar alojado numa visita ao Parque Natural das Arribas do Douro. O pitoresco pueblo espanhol tem uma oferta muito variada de alojamentos e oferece todo o tipo de serviços de que o viajante precisa. Para além de ter excelentes acessos, é a localidade mais equidistante dos principais pontos de interesse do Parque Natural das Arribas do Douro.

Abaixo encontra os nossos alojamentos favoritos em Fermoselle – testados e aprovados por nós – que apresentam a melhor relação qualidade-preço.

Posada Doña Urraca

O convite para viver uma experiência inesquecível é-nos feito logo às portas de Fermoselle pela Posada Doña Urraca. Numa casa rústica tradicional com mais de 100 anos, que já foi inclusivamente o quartel da Guardia Civil, destacam-se os apontamentos de boutique hotel dum luxo acessível. Os quartos privados tem uma decoração cuidada ao detalhe, emanando conforto e personalidade pois cada um é único. As vistas panorâmicas do terraço sobre a vila, o Douro e Portugal complementam o momento pleno de relaxamento com um copo de bom néctar da região. O restaurante serve pratos deliciosos pratos típicos a que não vai resistir.

El Rincón del Tarabilla

Todos os quartos com varanda do El Rincón del Tarabilla apresentam decoração exclusiva em estilo rural bem à imagem da casa onde se inserem: uma casa rural bem no coração do centro histórico de Fermoselle. É fácil sentir-se em casa neste alojamento super acolhedor e irrepreensivelmente limpo. Mas o maior trunfo é a anfitriã que se desdobra em atenções e miminhos, como verá ao pequeno-almoço. Não se iniba de pedir informações sobre Fermoselle e as suas bodegas subterrâneas. Ela conhece os segredos todos da terra e não hesitará em lhos revelar.

Clique para ver mais opções de alojamento em Fermoselle

O Melhor do Parque Natural das Arribas do Douro num roteiro de 2 dias: o que ver e fazer e melhores Miradouros do Parque Natural Arribes del Duero

Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficarO nosso roteiro para visitar o Parque Natural das Arribas do Douro parte do princípio que irá montar base em Fermoselle, a localidade mais central das Arribas do Douro. Caso opte por ficar alojado noutra localidade terá de fazer alguns ajustes ao roteiro, de forma a otimizar os tempos de visita.

Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficarÉ importante referir que o número de dias que sugerimos para este roteiro pelo Parque Natural das Arribas do Douro pressupõe que a viagem seja feita com viatura própria e não inclui os dias de viagem do local de origem para a região do Parque Natural das Arribas do Douro.

Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficarNa verdade, visitar os locais de interesse referidos neste artigo sem carro ou sem recorrer a um tour é uma tarefa impossível de realizar, visto que a maioria dos locais de interesse do Parque Natural das Arribas do Douro não é servido por transportes públicos. Se estiver sem viatura própria, o melhor mesmo é alugar um carro.

Se é nosso leitor assíduo, já sabe que nos nossos roteiros o número de dias é meramente indicativo. Caso queira conhecer mais algumas cascatas, percorrer mais percursos pedestres, ou visitar mais miradouros, recomendamos vivamente que acrescente mais uns dias à sua visita ao Parque Natural das Arribas do Douro. Ao longo do roteiro de 2 dias para visitar o Parque Natural das Arribas do Douro vamos dar várias sugestões nesse sentido.

Roteiro para visitar o Parque Natural das Arribas do Douro: 1º dia

Fermoselle – Miradouros da Puente de Requejo – Miradouro das Barrancas – Miradouro do Grande Meandro do Rio Douro – Fermoselle

Fermoselle

Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficarO nosso roteiro para visitar o Parque Natural das Arribas do Douro arranca com uma visita à encantadora vila medieval de Fermoselle, conhecida localmente pelo nome “el Pueblo de Las Mil Bodegas”. E olhe que o nome não se lhe colou à toa. Fermoselle é, por assim dizer, a capital da região vinícola demarcada das Arribas do Douro, sendo que o seu subsolo guarda uma gigantesca rede de adegas. Um verdadeiro paraíso para os amantes do Enoturismo!

Plaza Mayor de Fermoselle

Para além da misteriosa rede de adegas subterrâneas, Fermoselle tem também um centro histórico medieval simplesmente encantador, onde dá gosto deambular sem pressas.

Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficar
Miradouro do Castelo de Fermoselle

Os locais de visita obrigatória e as experiências a não perder em Fermoselle são as seguintes:

  • Plaza Mayor (a praça principal da vila repleta de cafés e restaurantes)
  • Miradouro do Castelo (das ruínas do castelo tem-se uma vista panorâmica estupenda sobre o rio Douro)
  • Igreja de Nossa Senhora da Assunção
  • Convento de São Francisco (onde se encontra o Centro de Interpretação das Arribas do Douro)
  • Visitar as Adegas Subterrâneas e fazer uma prova de vinhos (guarde para o fim do dia)
  • Percorrer a pé as bonitas ruas Calle Nogal , Calle Terraplén e Calleja Calvo Sotelo
  • Miradouro do Torojón (o ponto mais alto de Fermoselle, uma autêntica varanda de onde poderá desfrutar das melhores vistas panorâmicas da vila medieval)
  • Ermida de Santa Cruz (fica a cerca de dois quilómetros do centro de Fermoselle)
  • Mirador das Escadas (terá de percorrer aproximadamente 1 km a pé desde a Ermida de Santa Cruz – 2 km ida e volta – mas as vistas sobre o escarpado vale do Douro merecem o esforço)
Dica VagaMundos: é melhor guardar a prova de vinhos, que pode combinar com uma degustação da gastronomia local, para o final do dia. Álcool e as estreitas estradas do Parque Natural das Arribas do Douro, muitas delas de terra batida, não combinam de todo!

Miradouros da Puente de Requejo

Depois de visitar Fermoselle está na hora de pegar no carro e rumar até ao extremo norte do Parque Natural das Arribas do Douro para ir conhecer a cénica Ponte do Requejo, uma extraordinária obra de engenharia a unir as escarpadas margens do rio Douro.

Existem, nada mais, nada menos, do que três soberbos miradouros donde pode desfrutar de soberbas vistas sobre a ponte e toda a extraordinária envolvente natural. Mas não se fique por aí. Estacione o carro junto a um dos miradouros e atravesse a vertiginosa ponte a pé. É um dos momentos altos do nosso roteiro para visitar as Arribas do Douro!

Miradouro das Barrancas

Ermida da Nuestra Senora del Castillo

A próxima paragem do nosso roteiro para visitar o Parque Natural das Arribas do Douro é no Miradouro das Barrancas. O miradouro fica perto da linda Ermida da Nuestra Senora del Castillo (aconselhamos visita).

Para poder desfrutar das suas empolgantes vistas sobre o Canhão do Douro terá de fazer uma pequena caminhada de aproximadamente 1 km (ida e volta). Para além das soberbas vistas terá também fortes probabilidades de avistar grifos e abutres. Nas Arribas do Douro, foi um dos pontos onde avistamos mais!

Miradouro do Grande Meandro do Rio Douro

O primeiro dia do nosso roteiro para visitar o Parque Natural das Arribas do Douro termina com uma visita ao Miradouro do Grande Meandro do rio Douro, um dos miradouros mais selvagens do Parque Natural das Arribas do Douro.

Comece por se dirigir à pequena aldeia de Pinilla de Fermoselle onde irá encontrar indicações da etapa 31 da GR14 – Senda del Duero, a Grande Rota que cruza o Parque Natural das Arribas do Douro. Para ir até ao Miradouro do Grande Meandro do rio Douro basta seguir as setas do percurso pedestre ao longo de sensivelmente 1,5 km (3 km ida e volta). Apesar de curto, o percurso é algo exigente (tem alguns desníveis acentuados), mas quando observar o rio Douro a serpentear por entre os montes, formando uma imensa curva, não vai dar por mal empregue o esforço.

Dica VagaMundos: se gosta de uma boa caminhada pode continuar pela Senda del Duero até Fermoselle. Do Miradouro do Grande Meandro do rio Douro até lá são aproximadamente 6,5 km, ou seja no total irá percorrer cerca de 8 km. Se for esta a sua opção, e tendo em conta que o percurso é linear, recomendamos vivamente que, quando sair do Miradouro das Barrancas, deixe a sua viatura em Fermoselle e apanhe um táxi até ao início do percurso em Pinilla de Fermoselle. As suas pernas vão agradecer!

Clique para ver as melhores opções de alojamento nas Arribas do Douro

Roteiro para visitar o Parque Natural das Arribas do Douro: 2º dia

Fermoselle – Cascata do Pozo de los Humos – Miradouro do Picón de Felipe – Miradouro do Fraile – Miradouro da Code – Miradouro el Colagón del Tío Paco – Miradouro da Penha da Águia (Mirador Peña del Águila) – Miradouro do Picón del Moro

Cascata do Pozo de los Humos

O segundo dia do nosso roteiro para visitar o Parque Natural das Arribas do Douro começa com uma visita ao Pozo de los Humos, a cascata mais exuberante das Arribas do Douro e uma das mais famosas de toda a Espanha.

Existem duas opções para chegar a esta fantástica queda de água, que parece ter sido recortada da Amazónia e transportada para este lado do Oceano Atlântico. Numa das opções estará mesmo por cima da cascata, ou seja poderá sentir toda a força da natureza. Na outra, poderá observá-la de longe, uma perspetiva que consideramos perfeita para ter a perceção da grandiosidade da cascata do Pozo de los Humos, que conta com uns impressionantes 50 metros de altura.

Um pouco à imagem do que acontece nas Cataratas do Iguaçu, em que do lado brasileiro as observa de longe e do lado Argentino caminha praticamente por cima delas. Se vir que tem tempo (e energia), recomendamos vivamente que faça as duas visitas, pois acabam por complementar a experiência.

Cascata do Pozo de los Humos – vista da aldeia de Masueco

Posto isto, a primeira opção (e a mais popular) para visitar o Pozo de los Humos é ir até à aldeia de Masueco e seguir as placas que o vão conduzir por uma estrada de terra batida até ao local de estacionamento autorizado. Do estacionamento até à cascata são aproximadamente 1,5 km (3 km ida e volta), mas vá preparado para uma descida bem inclinada (e respetiva subida no regresso).

À sua espera terá uma série de passadiços e miradouros que lhe permitirão estar praticamente por cima da cascata. O barulho da água é ensurdecedor e vai deixá-lo completamente sem palavras. Pura magia!

A segunda opção para ir conhecer o Pozo de los Humos tem como referência a aldeia de Pereña de la Ribera. À semelhança da primeira opção, na aldeia irá encontrar placas indicativas para o Pozo de los Humos.

Cascata do Pozo de los Humos – vista da aldeia de Pereña de la Ribera

Mais uma vez terá de seguir pela estrada batida até um dos estacionamentos designados. O primeiro estacionamento dista 2 km do miradouro donde se pode observar a cascata. O segundo, apenas um par de centenas de metros. Tenha em atenção que, se for em época alta e houver muita afluência de visitantes, pode encontrar a estrada de acesso ao estacionamento mais próximo do miradouro encerrada. Nesse caso não se livra de percorrer 4 km a pé (ida e volta).

Uma vez no miradouro poderá desfrutar da Cascata do Pozo de los Humos em todo o seu esplendor. Um quadro natural de rara beleza que irá perdurar para sempre na sua memória.

Cascata do Pozo Airón – uma das cascatas mais bonitas das Arribas do Douro
Dica VagaMundos: se é fã de cascatas, acrescente mais um dia ao seu roteiro para visitar o Parque Natural das Arribas do Douro e vá conhecer a Cascata do Pozo Airón e a Cascata de Remolino (também conhecida pelo nome de Rupurupay). Para ir até à Cascata do Pozo Airón terá de percorrer um trilho de aproximadamente 6 km (ida e volta) que arranca e termina na aldeia de Pereña de la Ribera. Já para ir à Cascata de Remolido só terá de caminhar 2 km (ida e volta) desde a Aldeadávila de la Ribera. São ambas espetaculares!

Miradouro do Picón de Felipe

A próxima paragem do nosso roteiro para visitar o Parque Natural das Arribas do Douro será no fantástico Picón de Felipe, um dos nossos miradouros favoritos das Arribas do Douro. E quando lhe colocar os olhos em cima, vai perceber bem porquê.

 

Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficarO Miradouro do Picón de Felipe é no fundo uma atalaia natural, localizada no topo de um gigantesco rochedo de granito, e o único vestígio de mão humana é um varandim de ferro nas extremidades do vertiginoso promontório. Esperamos que não sofra de vertigens!

O miradouro fica pertinho da localidade de Aldeadávila de la Ribera e acede-se através dum curto trilho. Mas não se assuste que do estacionamento até ao miradouro é somente 1 km (2 km ida e volta) e o percurso vai brindá-lo com singulares vistas sobre a maravilhosa Garganta do Douro.

Lenda do Picón de Felipe: reza a lenda que o nome de Picón de Felipe advém de um jovem espanhol, de seu nome Felipe, que estava apaixonado por uma portuguesa. Para a ir ver, cruzava amiúde o rio Douro, mas nas alturas das cheias tal não era possível. Então, de forma a galgar o Douro para ir ter com a sua amada, Felipe vinha até este lugar e passava dias a “picar” o rochedo com a finalidade de o derrubar e assim criar uma ponte entre Espanha e Portugal.

Miradouro do Fraile

Logo ao lado do Picón de Felipe vai encontrar o Miradouro do Fraile. E temos excelentes notícias para si. Desta feita não precisa de fazer nenhuma caminhada, pois o Miradouro do Fraile está localizado mesmo ao lado da estrada, junto à colossal barragem de Aldeadávila.

Desta autêntica varanda para as Arribas do Douro poderá observar os desníveis vertiginosos gerados pela barragem e contemplar o imenso desfiladeiro que guarda o Douro como um tesouro. Imperdível!

Miradouro da Code e Miradouro do Colagón del Tío Paco

Miradouro do Colagón del Tío Paco

Continue o seu roteiro pelo Parque Natural das Arribas do Douro rumando em direção da pequena aldeia de Mieza, para ir conhecer mais um par de extraordinários miradouros das Arribas do Douro.

Os miradouros estão literalmente ao lado um do outro e o acesso é feito por uma estrada de terra batida que liga a aldeia de Mieza ao parque de estacionamento que serve os miradouros.

Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficarLogo ao lado do estacionamento vai encontrar o Miradouro do Colagón del Tío Paco, de onde terá vistas privilegiadas para o desfiladeiro do Douro e para o maior bosque de lodoeiros de toda a Europa (espécie mediterrânica da família da Celtis Australis). Para mais, este miradouro conta com acessos adaptados a pessoas com mobilidade reduzida e está provido de um agradável merendeiro, perfeito para um picnic em família.

Miradouro da Code

Quanto ao vizinho Miradouro da Code, encontra-se a uma curtíssima caminhada de distância, junto à pequena gruta da Virgen de la Code, um dos mais emblemáticos locais de romaria das Arribas do Douro. As vistas são de deixar qualquer um boquiaberto, mas o melhor de tudo é que nas escarpadas arribas que rodeiam o Miradouro da Code habitam imensos grifos, logo terá uma excelente oportunidade para observar estas majestosas aves em pleno voo e bem pertinho de si.

Bando de Grifos a voar sobre a nossa cabeça no Parque Natural das Arribas do Douro

Quando o visitámos, voaram dezenas de grifos, mesmo por cima das nossas cabeças. Estávamos completamente sozinhos e só as suas asas a cortar o ar quebravam o completo silêncio. Foi um dos momentos mais mágicos da nossa visita às Arribas do Douro!

Miradouro da Penha da Águia

Roteiro Parque Natural das Arribas do Douro: o que visitar, melhores miradouros e onde ficar

A próxima paragem no nosso roteiro para visitar o Parque Natural das Arribas do Douro será no Miradouro da Penha da Águia. O miradouro encontra-se a somente 4 km de distância do Miradouro do Colagón del Tío Paco e, mais uma vez, o acesso é feito por uma estreita estrada de terra batida.

O caminho que leva ao miradouro é ladeado por uma infinidade de amendoeiras e cerejeiras, logo, se o percorrer na época das amendoeiras ou das cerejeiras em flor, pode somar este bónus às soberbas vistas panorâmicas sobre a garganta do Douro com que o miradouro da Penha da Águia o irá brindar. Como o próprio nome indica, este miradouro é também um magnífico ponto de observação de aves, sobretudo águias, grifos e abutres-do-Egito.

Miradouro do Picón del Moro

O nosso roteiro pelo Parque Natural das Arribas do Douro termina com uma visita ao Miradouro do Picón del Moro, um dos miradouros mais recentes das Arribas do Douro. No topo de um enorme promontório de pedras de granito foi construída em 2019 uma alucinante plataforma de observação suspensa sobre as escarpadas margens do rio Douro.

Para aceder ao miradouro basta estacionar junto ao Parque de Merendas de La Dehesa e seguir a pé algumas centenas de metros. Depois é só subir as empinadas escadarias cravadas nas rochas e desfrutar de maravilhosas vistas sobre o Douro com Portugal no horizonte.

Clique para ver as melhores opções de alojamento nas Arribas do Douro

Miradouro da Fraga do Puio (Picote) – Douro Internacional
Dica VagaMundos: se ainda não conhece o Parque Natural do Douro Internacional, acrescente mais 2 ou 3 dias à sua viagem e vá conhecer o irmão gémeo de Los Arribes del Duero. Do Miradouro do Picón del Moro até ao famoso miradouro português do Penedo Durão são somente 30 km e a partir daí pode seguir o nosso roteiro para visitar o Douro Internacional (pela ordem inversa). Não se vai arrepender!

Mapa com os principais pontos de interesse do roteiro para visitar o Parque Natural das Arribas do Douro (Arribes del Duero)


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa com os principais pontos de interesse do roteiro para visitar o Parque Natural das Arribas do Douro (Arribes del Duero).

Outros artigos de Espanha

Melhores praias Sul de EspanhaRoteiro da Andaluzia | Roteiro de Extremadura | Roteiro da Galiza | Roteiro dos Picos da Europa | ÁvilaBarcelonaBadajoz | Benidorm | Cáceres | Granada | Ilhas Cíes | Lago de Sanabria | Lalín | Madrid | MéridaOurense | Puebla de Sanabria | Salamanca | Santiago de Compostela | SegoviaSevilha | Toledo | Vigo | Zamora

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.