Badajoz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer

Badajoz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer

Se pensa que ir a Badajoz é só para comprar caramelos, é porque ainda não leu o nosso roteiro para visitar Badajoz. Há muito mais que ver e fazer na cidade-irmã de Elvas, na vizinha Espanha. Badajoz renova-se a cada dia e transformou-se num cisne. Com novo esplendor, atrai pelas suas muralhas e monumentos, pela riqueza artística e patrimonial, pelas festividades e gastronomia, sendo um dos destinos de relevo para quem visita a região espanhola da Extremadura.

Badajoz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Rio Guadiana em Badajoz

Não há quem não lhe conheça o nome. O seu riquíssimo património histórico, cultural e religioso, já é menos conhecido dalguns portugueses, principalmente dos que se limitam a atravessar a fronteira para ir fazer compras a Badajoz, ao centro comercial El Faro. Quem faz parte deste grupo, nem sabe o que anda a perder por não visitar Badajoz como ela merece.

Badajoz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Puerta de Palmas – Roteiro para visitar Badajoz

Ironicamente, a cidade mais populosa da Extremadura é das menos visitadas. Vai-se adiando visitar Badajoz em detrimento de Mérida, com o seu núcleo histórico romano dos mais bem preservados da Espanha, e Cáceres, a cidade medieval mágica da Extremadura, ou até Trujillo, herdeira dos melhores exemplares de património arquitetónico da Extremadura, e Plasencia, de carácter monumental e histórico. Badajoz passa despercebida. Infelizmente!

Badajoz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Alcazaba – Roteiro para visitar Badajoz

É uma cidade milenar, cuja fundação remonta ao ano de 875 por Ibn Marwan, o mesmo líder militar muçulmano que deu nome à vila de Marvão. O que poucos sabem é que Badajoz tem a muralha mais extensa da Espanha e a maior alcáçova, de herança árabe, da Europa. Do alto dos seus baluartes tem-se vistas sobre os rios Guadiana e Rivilla que formaram uma espécie de fosso natural de defesa dos povos continuamente habitaram o promontório.

Badajoz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Vista dos Baluartes da Alcazaba

Dito isto, aceite o nosso desafio e venha conhecer o tanto que a cidade tem para oferecer. Neste artigo encontra um mini guia turístico de Badajoz que reúne o melhor do que ver e fazer num dia de visita a Badajoz, melhor época para visitar, sugestões de alojamentos onde ficar a dormir e restaurantes onde comer, tudo orientado num mapa interativo para levar consigo e tirar o melhor proveito do seu tempo quando for visitar Badajoz.

Na preparação da sua viagem a Badajoz sugerimos que leia também os seguintes artigos:

Quando visitar Badajoz?

Badajoz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Jardines de la Galera

Com um clima de características mediterrânicas, a melhor altura para visitar Badajoz vai da primavera ao outono, mais especificamente nos meses entre abril e outubro. Os verões são muito quentes e secos, sendo usual os termómetros estarem acima dos 30ºC nos meses de junho, julho e agosto.

Chuva não é coisa muito frequente, ainda assim, abril, outubro, novembro e dezembro são os meses mais chuvosos. No inverno, a temperatura máxima situa-se, em média, nos 10ºC.

Teatro Lopéz de Ayala

A Semana Santa é uma das épocas festivas que mais visitantes atrai a Badajoz, sobretudo a nível do turismo interno. Foi quando fomos visitar Badajoz a última vez e podemos afiançar que há mais gente nas ruas comparativamente a outras épocas.

Mas nada bate o Carnaval de Badajoz pelo qual a cidade é célebre. Considerada uma festa de interesse turístico nacional com as típicas comparsas y murgas a animar toda a cidade.

Onde fica Badajoz?

Puente de Palma

Badajoz é uma cidade raiana da Espanha, capital da província homónima e parte integrante da comunidade autónoma da Extremadura. Situa-se a cerca de 20 km quilómetros da cidade portuguesa de Elvas, é atravessada pelo Rio Guadiana, um dos rios mais importantes da Península Ibérica, situando-se num promontório denominado Cerro de la Muela. Limitada pelas províncias da Andaluzia a sul, Castilla-La Mancha a leste, Castilla y León a norte e Portugal a oeste.

Onde ficar a dormir em Badajoz? Sugestões de alojamento

Caso deseje ou precise de ficar a dormir em Badajoz, saiba desde já que os preços do alojamento “do lado de lá da fronteira” são mesmo muito competitivos. Numa campanha promocional de shoulder season, uma noite para 2 num hotel de 5 estrelas, de sábado para domingo com pequeno almoço incluído, ficou-nos abaixo dos 90 euros. É o que se pode chamar de pechincha!

Abaixo encontra os nossos alojamentos favoritos onde ficar a dormir em Badajoz – testados e aprovados por nós – que apresentam a melhor relação qualidade-preço. Se quiser poupar mais uns euros, considere a opção da tarifa do quarto sem pequeno-almoço incluído. Todos disponibilizam estacionamento privado, mas por um custo adicional.

Um clássico de sucesso, perto do Parque Castelar e ao lado do Rio Guadiana, o Sercotel Gran Hotel Zurbarán é um dos hotéis de 4 estrelas mais recomendados pelos hóspedes, e nós não somos exceção. É o hotel com serviços de qualidade mais bem localizado para explorar o centro histórico de Badajoz.

O NH Gran Hotel Casino de Extremadura tem uma relação qualidade-preço estupenda para um hotel de 5 estrelas, o único em Badajoz. Fica na margem oposta do Rio Guadiana mas em 10 minutos a pé põe-se no centro da cidade de Badajoz e da Alcáçova. Tarifa do quarto com opção de pequeno almoço buffet (muito completo e variado) incluído ou não.

A quilómetro e meio do centro histórico, o Hotel Badajoz Center está localizado na zona comercial de Badajoz, perto do centro de congressos e junto à Estação Rodoviária de Badajoz. Tem uma piscina exterior com terraço. O pequeno-almoço tem opções continental, inglês e sem glúten.

Clique para ver mais opções de alojamento em Badajoz

Visitar Badajoz, o que ver e fazer?

Plaza Alta – Roteiro para visitar Badajoz

A cidade muralhada de Badajoz tem muito que visitar. Vamos focar-nos no centro histórico e nos melhores lugares a visitar em Badajoz dentro recinto abaluartado. Construído a partir da segunda metade do século XVII, por causa dos conflitos entre Portugal e Espanha aquando da Guerra da Restauração da Independência que poria fim à dinastia filipina, é a maior muralha da Espanha.

Badajoz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
La Giraldilla

Como vamos ver Badajoz como ela merece, alargamos o leque dos pontos de interesse a visitar em Badajoz.

Badajoz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Catedral de San Juan Bautista

Seja a pé, seja montado numa BiBa, o serviço público de aluguer de bicicletas, é muito fácil navegar entre as principais atrações turísticas a visitar em Badajoz. O mais provável é ter cá chegado de carro. Pois, saiba que o pode deixar estacionado num “parking” dentro da Alcáçova, o primeiro local imperdível deste roteiro para visitar Badajoz.

Dica VagaMundos: caso o tempo escasseie, foque a sua visita a Badajoz na Alcazaba, na Plaza Alta, na Catedral de San Juan Bautista e na Puerta de Palmas.

Alcazaba de Badajoz

O grande monumento da cidade de Badajoz é a cidadela islâmica muralhada edificada no século XII. Não nos vamos alargar muito com a escrita porque encontra painéis informativos na Alcazaba, que pode ir lendo de acordo com os seus interesses. Apesar de serem ruínas, a alcáçova de origem árabe é das mais bem preservadas da Península Ibérica. E as suas dimensões são verdadeiramente surpreendentes.

Palacio de los Duques de la Roca

Dentro do recinto pode passear pela muralha para desfrutar das vistas sobre a cidade e o rio Guadiana, pelos jardins do Parque de la Alcazaba (a precisarem de melhorias) e visitar o Palacio de los Duques de la Roca, atualmente o Museo Arqueológico de Badajoz. O outro edifício de maiores proporções foi um antigo hospital militar e acolhe a Biblioteca de Extremadura e um dos polos da (futurística) Universidad de Extremadura.

Badajoz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Torre Espantaperros

O destaque vai para a mais monumental torre albarrã da Alcazaba de Badajoz, a Torre Espantaperros, uma austera torre octogonal almóada que pela sua unicidade se tornou símbolo de Badajoz. O nome oficial é Torre da Atalaia, mas ganhou a alcunha de “espanta-cães” por causa do som peculiar emitido pelo seu sino.

Puerta del Capitel

Sobrevivem três portas da muralha islâmica, Puerta de la Coraxa, Puerta del Alpéndiz e a emblemática Puerta del Capitel, encimada por um capitel trazido do Fórum Romano da cidade de Mérida. Esta é a que dá acesso à Plaza Alta, o próximo ponto de visita obrigatória neste roteiro para visitar Badajoz.

Convento de las Adoratrices

Com saída para a Plaza San Jose, onde se realizavam as feiras semanais e onde estão as Casas Mudéjares, talvez as mais antigas da cidade, e a igreja neogótica do Convento de las Adoratrices.

Plaza Alta

Passando o Arco del Peso de Colodrazgo, entramos na praça mais emblemática de Badajoz, a Plaza Alta. Uma das plazas da Espanha que mais nos encantou, não pela sua dimensão, mas pela sua beleza. O aspeto mais impactante são as arcadas e o colorido desenho geométrico ao estilo mudéjar das fachadas dos edifícios que a rodeiam. As cores fortes e os padrões são impressionantes.

Badajoz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazerDestaque ainda para as Casas Consistoriales, o primeiro ayuntamiento (câmara municipal) convertidas em espaço museológico, já que a grande praça retangular foi outrora o centro administrativo da cidade, a par de ser um centro social e de comércio. Ainda são visíveis os painéis de azulejos demarcando a zona de venda da “carne de puerco” e de “pan de Badajoz”. Apetecendo-lhe, aproveite para tomar una caña numa das convidativas esplanadas.

Dica VagaMundos: saindo pelo arco a sudeste da Plaza Alta e contornando a Torre Espantaperros, encontra os agradáveis Jardines de la Galera, que possibilitam o acesso ao Baluarte de San Antonio do século XVII.

Plaza de España

Calle San Juan

Desde a Plaza Alta, tome as ruas pedonais da calle Moreno Zancudo e seguidamente a calle San Juan, identificável pelos toldos coloridos a servirem de cobertura, passando pela Iglesia de la Concepción para chegar ao coração do centro histórico de Badajoz, a Plaza de España.

Ayuntamiento

A estrela da praça é a Catedral de Badajoz, oficialmente Catedral Metropolitana de San Juan Bautista de Badajoz. Outros edifícios de destaque nesta airosa e sempre animada praça é o edifício do atual Ayuntamiento de Badajoz, o Palacio Municipal, a Casa del Cordón e a Casa Buiza.

Catedral de San Juan Bautista

Edificada entre os séculos XIII ao XVIII, a Catedral de Badajoz situa-se onde se crê ter existido anteriormente uma igreja visigótica ou moçárabe, entretanto desaparecida. Os poucos elementos decorativos dos pórticos e janelões da catedral metropolitana revelam uma combinação dos estilos gótico, barroco e renascentista. Tem um exterior despojado e sólido, quase que se de uma fortaleza se tratasse.

Mas se o exterior é simples, o mesmo não se pode dizer do interior, ostensiva e soberbamente decorado. Pedra e madeiras nobres lavradas e talha dourada abrilhantam a capela e altar-mor e o cadeiral do coro com órgãos de tubos. Se for do seu interesse, não perca uma visita ao do Museu da Catedral com um rico acervo de arte sacra e acesso aos claustros.

La Giralda de Badajoz

La Giraldilla

Outra praça importante em termos de património é a Plaza de la Soledad, onde se encontram joias arquitetónicas como a Ermita de la Soledad mesmo em frente à La Giraldilla (com traços neomudejáres, claramente inspirada na La Giralda de Sevilha), o edifício modernista Las Tres Campanas e o sóbrio Conservatório Superior de Música de Badajoz.

Paseo de San Francisco

Paseo San Francisco

Da Plaza de España, passando pela igreja matriz da Parroquia de San Juan Bautista e pelo Teatro Lopéz de Ayala, chega ao agradável Paseo San Francisco. Conhecido pelos seus bancos de tijolo e painéis decorativos de azulejos coloridos com cenas alusivas às façanhas dos conquistadores, é um espaço amplo arborizado com coretos e quiosques sempre muito concorrido.

Iglesia de Santo Domingo

A caminho do próximo ponto de interesse deste roteiro para visitar Badajoz, não deixe de apreciar a elegância simples da Iglesia de Santo Domingo, de fachada barroca e capela mor gótica.

Parque Castelar

O maior concorrente do Paseo de San Francisco é o Parque Castelar. E tem razão de o ser. A termos que escolher o espaço verde mais bonito da cidade de Badajoz, o Parque Castelar ganha o troféu. Um corredor de palmeiras cruzado por pavões, um lago com patos e estatuária dão vida e cor a este parque de vegetação frondosa que é um autêntico oásis de frescura nos meses (bem) quentes de verão.

Puerta de Palmas

Como uma eterna guardiã da ponte do mesmo nome, a Puerta de Palmas é o arco triunfal ladeado por duas torres circulares, construído no século XVI para servir de entrada principal à cidade muralhada. Também chamada de Puerta Nueva, a fachada exterior é encimada pelo brasão de armas do rei Carlos V. Na fachada interior situa-se uma capela dedicada a Nuestra Señora de los Ángeles. É um dos monumentos turísticos mais representativos da cidade de Badajoz e um dos seus ícones mais identificativos.

Puente de Palma e Hornabeque

Badajoz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazerO Guadiana! Já o observou do alto das muralhas da Alcazaba, agora vai atravessá-lo. E nada melhor que pela Puente de Palma, a mais antiga ponte sobre o rio Guadiana que tanto embeleza a cidade muralhada de Badajoz. A ponte pedonal tem mais de quinhentos metros de comprimento e, na margem oposta à da cidade de Badajoz, termina numa estrutura defensiva de primeira linha conhecida por Hornabeque.

Nós não resistimos a terminar o nosso dia de roteiro a visitar Badajoz sentados na esplanada do chiringuito El Muelle Del Guadiana, para descansar as pernas, refrescarmo-nos com una cañita e contemplarmos a cidade muralhada de Badajoz em todo o seu esplendor. Se tiver tempo e já que está nesta margem do rio, pode achar interessante uma visita ao Fuerte de San Cristóbal agora recuperado.

Museus de Badajoz

Museo Arqueológico de BadajozPara além dos já mencionados Museo Arqueológico de Badajoz e Museo de la Catedral Metropolitana de Badajoz, os aficionados da história e arte vão encontrar bons pretextos para visitar Badajoz no MUBA – Museu de Belas Artes de Badajoz, no MEIAC – Museo Estremenho e Ibero-Americano de Arte Contemporânea, no Museo del Carnaval e no Museo de la Ciudad “Luís de Morales”, todos de entrada gratuita.

Restaurantes onde comer em Badajoz

Tapear é um costume difundido na Espanha e levado muito a sério na Extremadura, em particular, em Badajoz. Os restaurantes e bares da cidade competem para oferecer as melhores tapas. Presunto, queijo, anchovas, cogumelos, azeitonas, croquetes, tortillas, vitela, salada russa, legumes, mexilhões, paella… Qualquer ingrediente é bom para surpreender o gourmet mais exigente.

Quando a fome apertar a sério, deambule pelas ruas do lado oeste da Plaza de España, um autêntico hub de restaurantes, cervecerías e taperías. Nos quarteirões entre as calles Muñoz Torrero, Felipe Checa, Meléndez Valdés e Vicente Barrantes há opções para todos os paladares e carteiras. Nós acabámos por nos desviar do centro para uma degustação propositada na Tapería Ajonegro. Que cortejo de sabores!

Mapa Turístico do roteiro para visitar Badajoz


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa com os principais pontos de interesse do roteiro para visitar Badajoz em 1 dia.

Outros artigos de Espanha 

Melhores praias Sul de EspanhaRoteiro da Andaluzia | Roteiro de Extremadura | Roteiro da Galiza | Roteiro dos Picos da Europa | Parque Natural Arribes del Duero | ÁvilaBarcelona | Benidorm | Cáceres | GranadaIlhas Cíes | Lago de Sanabria | Lalín | Madrid | MéridaOurense | Puebla de Sanabria | Salamanca | Santiago de Compostela | SegoviaSevilha | Toledo | Vigo | Zamora

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.