Roteiro Bósnia Herzegovina: o que visitar e onde ficar

visitar bosnia herzegovina roteiro

Seja bem-vindo ao nosso roteiro para visitar a Bósnia e Herzegovina, o país onde o Ocidente se encontra com o Oriente.

Quando se fala da Bósnia e Herzegovina é inevitável relembrar a tenebrosa guerra que há mais de 20 anos assolou este país dos Balcãs. As cicatrizes da Guerra da Bósnia ainda estão bem presentes, seja em edifícios repletos de buracos de balas e vastos cemitérios que pintam colinas com dolorosas memórias, seja nas pessoas com quem nos cruzamos.

visitar bosnia herzegovina roteiroEmbora a guerra tenha moldado grande parte deste jovem país, a Bósnia e Herzegovina tem feito um esforço titânico para deixar para trás os seus dias sombrios.

visitar bosnia herzegovina roteiroE os resultados estão à vista! Em pouco mais de duas décadas os cenários de guerra deram lugar a cidades vibrantes, com os seus principais monumentos totalmente reconstruídos. Adicionalmente, a natureza voltou a recuperar toda a sua exuberância.

Roteiro Bósnia Herzegovina: o que visitarSe a isso somarmos o “melting pot” que é a Bósnia, com a sua distinta gastronomia, fruto da exímia fusão culinária entre o ocidente e o oriente, acrescentarmos ainda a simpatia do seu povo e o baixo custo de vida, é fácil de perceber o porquê da Bósnia e Herzegovina ser presentemente um dos destinos de viagem em ascensão na região dos Balcãs.

roteiro-mostar-stari-mostPor isso, se anda à procura de um destino de férias relativamente económico, que combine exotismo com destinos históricos e culturais e dezenas de maravilhas naturais para explorar, não hesite em visitar a Bósnia e Herzegovina.

visitar bosnia herzegovina roteiroE para lhe dar uma mãozinha no planeamento da sua viagem desenhamos este roteiro da Bósnia e Herzegovina, com todos os locais que não pode perder na sua primeira visita, e muitas dicas práticas para o ajudar a desembrulhar a caixinha de surpresas que é a Bósnia e Herzegovina.


Se está a planear uma viagem pelos Balcãs, não deixe de ler os nossos roteiros da Croácia, Eslovénia e Montenegro.


Guia e dicas de viagem para visitar a Bósnia e Herzegovina

Informações úteis

  • Língua: Bósnio
  • Capital: Sarajevo
  • Moeda: Marco conversível – BAM (clique para ver a taxa de câmbio)
  • Fuso Horário: GMT +1
  • Indicativo Bósnia e Herzegovina: +387
  • Visto Bósnia e Herzegovina: a Bósnia e Herzegovina ainda não pertence à União Europeia. Apesar dos cidadãos portugueses não precisarem de visto para visitar Bósnia e Herzegovina (para estadias até 90 dias), deve levar o seu passaporte quando viajar para Bósnia e Herzegovina. Os cidadãos brasileiros também não necessitam de visto para entrar na Bósnia e Herzegovina para fins turísticos.

Custo de Vida

O custo de vida na Bósnia e Herzegovina é um dos mais baixos dos Balcãs sendo significativamente mais baixo do que em Portugal. Logo é possível fazer uma viagem fantástica gastando muito pouco dinheiro. Os alojamentos e as refeições nos restaurantes apresentam uma excelente relação qualidade-preço e as telecomunicações e entradas nos monumentos são baratas. O combustível é também mais barato que em Portugal, apresentando preços semelhantes aos que se encontram na Espanha.

Saúde e Condições higiénicas

A Bósnia e Herzegovina apresenta boas condições sanitárias e não há vacinas obrigatórias para visitar o país. Como o país não pertence à União Europeia, recomendamos que faça um bom Seguro de Viagem para o caso de precisar de cuidados de saúde e assistência médica durante a sua viagem e para se precaver contra outros contratempos (como roubos, perda de malas, cancelamento da viagem, etc). Infelizmente fomos assaltados em Sarajevo, perdendo parte significativa do nosso equipamento, e, se não fosse o nosso seguro de viagem, teríamos gasto milhares de euros para repor esse equipamento.

Seguro de Viagem para a Bósnia e Herzegovina

Na hora de fazer um seguro de viagem a nossa escolha recai ou na World Nomads, que oferece um dos seguros mais completos do mercado, ou na IATI Seguros, que oferece soluções mais económicas e permite seguros multiviagem (uma enorme poupança para quem, como nós, faça várias viagens por ano). Ambas são agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios qualidade-preço do mercado.

Se optar pela IATI Seguros, use o nosso link e terá um desconto de 5% na compra do seu seguro de viagem para a Bósnia e Herzegovina por ser nosso leitor.

Quando visitar a Bósnia e Herzegovina

A época alta na Bósnia e Herzegovina é entre junho e agosto. O tempo é, por norma, excelente e, tirando Mostar e Sarajevo, não existem grandes multidões. O maior defeito são mesmo os preços dos alojamentos que sobem consoante a procura.

Por isso, em nossa opinião, os melhores meses para visitar são os primaveris abril e maio e os outonais setembro e outubro (shoulder season). O tempo ainda é decente, os preços são bem mais em conta e não há multidões em Mostar e Sarajevo. E como não está tanto calor é ideal para quem pretende desfrutar da imensa oferta de atividades de natureza que se encontram na Bósnia e Herzegovina.

No inverno vá a contar com frio e muita neve, mas se é amante de desportos de inverno saiba que consegue praticar os seus desportos favoritos por preços mesmo muito simpáticos. Fica a dica!

Como chegar à Bósnia e Herzegovina – dicas de voos

Não existem voos diretos de Portugal para a Bósnia e Herzegovina, logo, terá sempre de fazer uma escala. Sarajevo tem o principal aeroporto da Bósnia. Consegue arranjar voos na casa dos 250€-300€ (ida e volta) sem grande dificuldade.

Se pretender dar um saltinho à vizinha Croácia, pode ir por Sarajevo e regressar por Dubrovnik (ou vice-versa) pelos mesmos preços. Uma alternativa mais económica é voar ida/volta para Dubrovnik. Não se livra das escalas, mas consegue bilhetes na casa dos 200€-250€.

Para obter os melhores preços sugerimos que faça várias simulações e que reserve o voo com (pelo menos) três meses de antecedência. Clique para ler as nossas dicas para comprar voos baratos.

Clique para pesquisar voos através da Skyscanner

Conduzir na Bósnia e Herzegovina e aluguer de carro

Os transportes públicos nos meios rurais da Bósnia e Herzegovina são ainda muito deficientes, mas entre as maiores cidades não terá qualquer problema em se mover de transportes públicos (leia-se Bus). Na nossa viagem optamos por alugar carro pois queríamos maximizar o nosso tempo e ter a liberdade de poder parar em qualquer lugar para desfrutar das paisagens maravilhosas do país e dos lugares menos turísticos.

visitar bosnia herzegovina roteiroRelativamente às condições rodoviárias é importante referir que a Bósnia e Herzegovina tem pouquíssimas autoestradas, ou seja, prepare-se para conduzir quase sempre por estradas nacionais (algumas delas em más condições e ainda com visíveis marcas dos projéteis lançados durante a Guerra dos Balcãs), e para viagens algo morosas. Mas olhe pelo lado positivo: poupa imenso em portagens e acaba por cruzar remotas aldeias rurais e ver paisagens que, de outra forma, jamais veria.

É importante ter em atenção que os limites de velocidade são distintos dos que encontra em Portugal. Nas localidades o limite é de 60 km/h mas nas estradas nacionais é de somente 80 km/h e a polícia é exímia na caça à multa (aquela imagem dos policias escondidos nos arbustos não é mito). Já nas autoestradas pode ir até aos 130 km/h.

Se pretender alugar carro recomendamos a RentalCars (do mesmo grupo do Booking.com), a nossa plataforma de reservas de carros de confiança. O que gostamos da RentalCars é que permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car (e assim encontrar o melhor preço disponível), sendo ainda possível cancelar o aluguer sem qualquer custo até 48h antes da partida. Clique para ver todas as opções de aluguer de carro.

Dica VagaMundos: Se optar por fazer o seu aluguer na RentalCars, opte também por fazer o seguro contra todos os riscos com eles pois é, significativamente, mais barato do que quando contratado diretamente à empresa de rent-a-car.

Alojamento na Bósnia e Herzegovina – onde ficar

O alojamento na Bósnia e Herzegovina é muito económico e se procurar com antecedência, vai encontrar hotéis extraordinários a preços de saldos, mesmo em cidades como Mostar e Sarajevo. Por isso, recomendamos vivamente que reserve os seus alojamentos com antecedência através do Booking.com, pois o mesmo permite cancelar sem custos a maioria das reservas.

Ao longo do roteiro vamos sugerir-lhe os nossos favoritos – testados por nós – e adicionamos ainda algumas sugestões dos melhores hotéis da respetiva localidade, desde económicos aos de luxo, que apresentam a melhor relação qualidade-preço.

Clique para ver as melhores opções de alojamento na Bósnia e Herzegovina

Roteiro Bósnia e Herzegovina (7 dias de carro) – Roadtrip com o melhor da Bósnia e Herzegovina

O roteiro sugerido neste artigo é circular, com início e fim em Sarajevo. Contudo, se preferir, pode terminá-lo (ou começar) em Dubrovnik, na vizinha Croácia. Se optar por esta alternativa, de Mostar siga para Dubrovnik ao invés de regressar a Sarajevo.

É importante referir que o número de dias que sugerimos para este roteiro para visitar a Bósnia e Herzegovina pressupõe que a viagem seja feita de carro e não inclui os dias de viagem do local de origem para a Bósnia e Herzegovina e vice-versa. Logo, terá sempre de acrescentar mais dois dias a este roteiro de 7 dias pela Bósnia e Herzegovina.

visitar bosnia herzegovina roteiroSe é nosso leitor assíduo, já sabe que, nos nossos roteiros, o número de dias é meramente indicativo. Se abdicar de fazer algumas das atividades que sugerimos ou cortar alguns pontos de interesse (como sejam, ir a Višegrad e a Konjic), pode fazer este roteiro numa semana, já contando com a viagem de ida e volta.

Caso queira fazer mais algumas atividades ou visitar mais algumas cidades (existe uma infinidade de atividades de natureza excelentes e a preços acessíveis), acrescente mais uns dias a este roteiro pela Bósnia e Herzegovina. Ao longo do roteiro vamos dar algumas sugestões nesse sentido.

Dia 1 e 2 do roteiro para visitar a Bósnia e Herzegovina: Sarajevo

Os primeiros dois dias do roteiro da Bósnia e Herzegovina serão dedicados a visitar a exótica Sarajevo. Situada nas margens do rio Miljacka e rodeada pelos Alpes Dinários, Sarajevo tem dos enquadramentos paisagísticos mais bonitos que já vimos em capitais europeias.

Roteiro Bósnia Herzegovina: o que visitarA história de Sarajevo é um mosaico complexo e convulso. Mas foi ele que desenhou o mosaico humano, ainda mais complexo, contudo, inclusivo. Afinal de contas, Sarajevo é o lugar onde se procura o equilíbrio entre povos (bósnios, sérvios, croatas, kosovars e, recentemente, refugiados do Médio Oriente) e partidarismos (do mais à direita ao mais à esquerda passando por todas as cores).

A somar a isso, as culturas e religiões. Igrejas católicas e cristãs ortodoxas, sinagogas e mesquitas centenárias partilham o mesmo espaço. Fortes presenças de longa data que deram a Sarajevo o apelido de “Jerusalém da Europa”.

É esta diversidade que faz de Sarajevo uma cidade tão especial e única. Portanto, vá com a mente aberta e, lentamente, compreenda as nuances da alma da cidade.

Dia 1 em Sarajevo

Comece o seu primeiro dia em Sarajevo visitando o centro histórico de Sarajevo, designado de Stari Grad, Cidade Velha, mais precisamente no bairro Baščaršija. O centro é compacto, como tal, é perfeitamente navegável a pé.

Roteiro Bósnia Herzegovina: o que visitar
Praça do Baščaršija

Entre os monumentos da Stari Grad, destaca-se o Sebilj, a icónica fonte de madeira da praça do Baščaršija, o Brusa Bezistan, espaço cultural e museológico, a Mesquita Gazi Husrev-beg, da era otomana e respetiva antiga madrassa, a altaneira Torre do Relógio, o Bezistan Gazi Husrev-beg, bazar coberto do século XVI e os caravançarais de Tašlihan, Morića Han e Kolobara Han, que abrigavam e alojavam comerciantes, visitantes e cavalos das caravanas comerciais da Rota da Seda.

De seguida, recomendamos um passeio ao longo do cénico rio Miljacka, que divide a cidade. Graças às muitas pontes que ligam os dois lados do rio, pode facilmente atravessar dum lado para o outro, sempre na tentativa de encontrar as melhores vistas do rio.

visitar bosnia herzegovina roteiro
Ponte Latina

Ao longo das margens do rio Miljacka, há edifícios impressionantes e imponentes, como a Academia de Belas Artes de Sarajevo, a Vijećnica e a tradicional casa otomana Inat Kuća que constituem outros dos principais pontos de interesse de Sarajevo.

Um local que não pode falhar é a Ponte Latina. À primeira vista, pouco sobressai, mas a sua relevância é histórica. Foi aqui que o arquiduque austríaco Franz Ferdinand foi assassinado em 1914. No extremo norte da ponte, encontra uma placa informativa a demarcar o local exato.

Feche o primeiro dia do seu roteiro pela Bósnia e Herzegovina retornando ao centro histórico para se iniciar na gastronomia bósnia, provavelmente a melhor dos Balcãs. Não há como visitar Sarajevo e deixar de provar o famoso ćevapi – salsichas de carne picada servidas num pão chato.

Dia 2 em Sarajevo

No seu segundo dia em Sarajevo, sugerimos que olhe a face mais atual da capital Bósnia. Uma das melhores formas de perceber a cidade, é fazendo um walking tour que explique a história recente de Sarajevo e passe pelos pontos mais marcantes. Avisamos desde já que é preciso algum estômago. Não vai ouvir histórias de encantar.

Cemitério Kovači

Os locais que consideramos de visita obrigatória são o Túnel da Esperança, um túnel crucial construído durante a guerra e que foi o único acesso que a cidade sitiada de Sarajevo tinha com o resto do mundo entre 1993 e 1996; a pista abandonada de Bobsleigh, construída para os Jogos Olímpicos de Inverno realizados em Sarajevo em 1984; a Fortaleza Amarela, de onde se tem vistas maravilhosas sobre a cidade, e o Cemitério Kovači, o cemitério muçulmano mais antigo da cidade e que hoje é um memorial e monumento nacional, morada do descanso final dos defensores da cidade durante o Cerco de Sarajevo.

Se quiser perceber os acontecimentos atrozes da guerra na Bósnia e Herzegovina entre 1992 e 1996, há três museus que são fulcrais: a Galerija 11/07/95, o War Childhood Museum e o Museum Of Crimes Against Humanity And Genocide.

Quer mais dicas sobre a cidade? Então não deixe de ler o nosso Roteiro de Sarajevo

Onde ficar em Sarajevo – Sugestões de alojamento

Reservar alojamento em Sarajevo não apresenta muitos desafios. Devido à disposição da cidade e à localização das melhores atrações turísticas, o ideal é encontrar um alojamento dentro ou perto do Centro Histórico (a Cidade Velha Otomana, Baščaršija). Como vai aqui passar a maior parte do seu tempo, poupa dinheiro em táxis e elétricos.

O nosso favorito (e que recomendamos) é o Hotel Sana. Tem um terraço super agradável, quartos modernos, e o estacionamento privado é muito conveniente. O preço justifica os serviços deste 4 estrelas moderno, requintado e com ótimo ambiente.

Mas há outros hotéis de categoria, localizados perto da cidade velha, com preços surpreendentes. É o caso do Hotel Aziza (moderno, com uma decoração elegante e revigorante), do Boss Sarajevo (novíssimo, praticamente a estrear, numa zona muito tranquila) e o Hotel Story (ganha pontos no pequeno almoço).

Um hotel cinco estrelas tradicional e luxuoso, o Hotel Europe Sarajevo é muito central, oferece quartos espaçosos, e serviços de Spa com banho turco, sauna e massagens.

Para preços mais económicos, olhe para o Garni Hotel Konak e o Hotel Noble. São hotéis básicos, sem frescuras, com uma localização muito central, asseados e confortáveis.

Clique para ver mais opções de alojamento em Sarajevo

Dia 3 do roteiro para visitar a Bósnia e Herzegovina: Sarajevo – Višegrad

O segundo dia do roteiro da Bósnia e Herzegovina vai levá-lo até Višegrad a cidade da famosa ponte retratada por Ivo Andrić no livro “A Ponte sobre o Drina”. Se ainda não leu o livro, recomendamos vivamente que o faça.

Para lá chegar irá percorrer uma das estradas mais cénicas de todo o país, a M5. O troço entre a pequena localidade de Ustiprača e Višegrad é particularmente bonito pois acompanha sempre o rio Drina e vai levá-lo a atravessar várias dezenas de impressionantes túneis (sim, leu bem). Pelo caminho existem vários locais onde pode encostar o carro para desfrutar das sublimes paisagens. O nosso ponto de paragem favorito é a localidade de Međeđa. As vistas sobre o rio Drina são verdadeiramente arrebatadoras!

Uma vez em Višegrad prepare-se para se apaixonar pela magnífica ponte de pedra maciça, sobre o rio verde-esmeralda Drina. A ponte foi construída em 1577 por Mehmed Pasa Sokolović (que dá o nome à ponte) e por aqui já passaram inúmeras caravanas, exércitos e viajantes errantes.

Ao longo dos seus mais de quatro séculos de existência, a Ponte de Višegrad foi testemunha silenciosa da ascensão e queda de impérios (Austro-Húngaro e Otomano) e palco de sangrentos conflitos e bárbaros genocídios (ambas as Guerras Mundiais e a mais recente Guerra dos Balcãs).

Mas Višegrad não se resume à histórica ponte e aos prazenteiros passeios pelas margens do rio Drina. Não deixe de visitar também a Igreja da Virgem Maria, a Cruz Russa, a Mesquita do Imperador e a Mesquita Gazanfer Bay, a estátua de Mehmed Pasa Sokolović, a casa do escritor Ivo Andrić, a histórica estação dos comboios e o memorial da 2ª Guerra Mundial.

Onde ficar em Višegrad – Sugestões de alojamento

O alojamento escasseia em Višegrad, não há grandes opções de escolha, por isso, aconselhamos que reserve com a amior antecedência possível.

Nós ficamos instalados no Hotel Višegrad, um hotel sem frescuras que cumpre com limpeza e bom serviço. Localizado muito perto da Ponte, nas margens do rio Drina, pode ter a sorte de conseguir um quarto com vistas. Os quartos são básicos, mas com tudo o necessário para noites de descanso. O pessoal da receção e do restaurante é amigável e prestável. O pequeno-almoço, incluído, é bastante variado e de qualidade. A praça principal de Višegrad fica mesmo à porta, com lojas e restaurantes em redor.

Se preferir ficar num apartamento, aposte no Apartment Andrić, o favorito dos viajantes.

Clique para ver mais opções de alojamento em Višegrad

Dia 4 e 5 do roteiro para visitar a Bósnia e Herzegovina: Višegrad – Mostar

Os próximos dois dias do nosso roteiro pela Bósnia e Herzegovina vão ser dedicados a visitar Mostar, a nossa cidade favorita da Bósnia e Herzegovina.

É certo que Višegrad dista pouco mais de duzentos quilómetros de Mostar, mas não se deixe enganar. Devido à ausência de autoestradas e ao facto das estradas serem algo sinuosas, vai precisar de cerca de quatro a cinco horas para vencer a distância que as separa. Tenha isso em conta no planeamento da sua visita a Mostar e não seja muito ambicioso no itinerário para o primeiro dia, pois o mais certo é chegar a Mostar algo cansado.

Mostar é a capital da região da Herzegovina, apregoada de “a Toscana da Bósnia e Herzegovina” por causa do clima mediterrânico, do vinho e dos produtos frescos cheios de sabor. Cidade das pontes e da juventude, o seu encanto repousa no emaranhado de ruas onde permanece o espírito das civilizações distintas que a habitaram.

A Ponte Velha, a amada Stari Most, é o monumento mais emblemático de Mostar, mas está (muito) longe de ser o seu único ponto de interesse. Deambule pelas ruelas empedradas da Cidade Velha e não deixe de visitar o Bazar de Mostar, as Torres Tara e Halebija, a Ponte Kriva Cuprija e de subir ao miradouro da mesquita Koski Mehmed Pasha para desfrutar das melhores vistas sobre a cidade. Se ainda lhe restar tempo, explore as ruas paralelas da Cidade Velha. Não o sugerimos para apreciar monumentos, mas para ver in loco as cicatrizes da Guerra da Bósnia e sentir o quão difícil é uma cidade ressurgir das cinzas.

Quer mais dicas sobre a cidade? Então não deixe de ler o nosso Roteiro de Mostar

Onde ficar em Mostar – Sugestões de alojamento

Em Mostar ficamos alojados no Hotel Patria e recomendamos. Agradou-nos pela ótima relação qualidade-preço. Fica a 5 minutos de distância da Cidade Velha. É de gestão familiar e tem quartos (ou estúdios com kitchenette) remodelados recentemente com decoração moderna. A grande mais valia é serem espaçosos com zona de trabalho e/ou área de estar. Insonorizados, aclimatizados e limpos. O nosso descanso foi garantido por uma cama grande e confortável. O pequeno-almoço buffet, incluído no preço, é simples mas bom.

Outros alojamentos com ótima relação qualidade-preço são as guesthouses – muito bem cotadas – Guest House Mostar Terrace, com um toque mais tradicional e com vistas para a Stari Most, e a Shangri La Mansion, mais moderna para satisfazer o hóspede exigente.

Encontrará mais comodidades e serviços de qualidade no 4 estrelas Hotel-Restaurant Kriva Ćuprija, mesmo ao lado da Ponte Torta, ocupando uma casa património UNESCO com detalhes decorativos que aproveitam a traça original e elogiado pelo seu restaurante. Dentro da mesma categoria, o Hotel Eden satisfaz os hóspedes, e muito se deve à piscina interior e Spa.

Se procura uma alternativa mais económica, a Villa Hum é uma das opções mais escolhidas pelos hóspedes que lhe dão uma cotação de excecional.

Clique para ver mais opções de alojamento em Mostar

Dia 6 do roteiro para visitar a Bósnia e Herzegovina: Mostar – Blagaj – Pociteli – Cascatas de Kravice – Međugorje – Mostar

Neste sexto dia do roteiro da Bósnia e Herzegovina sugerimos que explore as autênticas preciosidades da Bósnia e Herzegovina que ficam relativamente perto de Mostar. Rume a sul para desvendar segredos históricos, naturais e místicos.

Blagaj

A primeira paragem do dia será em Blagaj, que fica a somente 12 km de Mostar, para ver o Mosteiro Dervixe Tekija, um fascinante templo onde monges praticam o ritual do Zikr desde o século XV, e a nascente do rio Buna, a maior nascente cárstica da Europa.

Daí prossiga o seu roteiro pela Bósnia e Herzegovina rumando a Pocitelj, uma magnífica aldeia antiga, autêntica e melhor exemplo da combinação de arquitetura mediterrânica e otomana.

As ruas são do mais castiço que há. Ruelas inclinadas, escadinhas e rampas podem cansar as pernas, mas transportam-nos a outras épocas desta aldeia adormecida no tempo. As suas muralhas, fortes e bastiões medievais são ótimos miradouros.

Pocitelj

Da parte da tarde vá até às Cascatas de Kravice, uma das maiores maravilhas naturais da Bósnia e Herzegovina, carinhosamente apelidadas de “Niagara da Herzegovina”.

Na primavera atinge o auge da sua beleza com o volume do rio transformado numa assombrosa queda de água com 25 metros de altura e 120 de extensão. No verão, ganha toda uma nova animação com cafezinhos e respetivas esplanadas. Dá vontade de dar um mergulho, mas fique já avisado de que as águas são bem frias.

Cascatas de Kravice

Feche o sexto dia do roteiro da Bósnia e Herzegovina com uma visita ao Santuário Mariano da cidade de Međugorje, que todos os anos atrai milhares de peregrinos católicos. Um espelho da nossa veneração a Nossa Senhora de Fátima.

Dica VagaMundos: tem mais dois ou três dias para alocar ao seu roteiro da Bósnia e Herzegovina? Então aproveite de dê um pulinho até à Croácia e visite Dubrovnik, que fica a somente 2 horas de distância de Mostar.

Dia 7 do roteiro para visitar a Bósnia e Herzegovina: Mostar – Konjic – Sarajevo

O roteiro da Bósnia e Herzegovina está quase a chegar ao fim e para o fechar em beleza rume até à cidade de Konjic, a sensivelmente meio caminho entre Mostar e Sarajevo, o destino final sugerido neste roteiro da Bósnia e Herzegovina.

Konjic

Konjic tem uma localização idílica, nas margens do rio verde-esmeralda Neretva entre o triângulo das montanhas Prenj, Bjelašnica e Bitovinja. Este enquadramento geográfico faz da povoação de Konjic um dos melhores destinos de natureza da Bósnia e Herzegovina, sendo inclusivamente considerada a capital do rafting do país.

Para além do rafting nas agitadas águas do Neretva e das inúmeras hipóteses de caminhadas nas montanhas em redor, as grandes estrelas de Konjic são a sua ponte de pedra Otomana, o outrora secreto Bunker do Tito e a aldeia de Lukomir, a mais alta e isolada da Bósnia e Herzegovina.

Se gosta de natureza e poder acrescentar mais um par de dias ao seu roteiro pela Bósnia e Herzegovina, não hesite em montar base em Konjic. Não lhe vão faltar coisas para fazer!

Mapa do Roteiro Bósnia e Herzegovina | Roadtrip


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do Roteiro para visitar a Bósnia e Herzegovina.

Outros artigos da Bósnia e Herzegovina

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na World Nomads ou na IATI Seguros. São ambas agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado. Se optar pela IATI use o nosso link e terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.