Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer

Este roteiro para visitar Cádiz, no sul de Espanha, propõe um passeio pelos seus pontos de interesse imperdíveis, tão colorido e descontraído como a própria cidade abraçada pelo mar. Aqui, propomos-lhe o que ver e fazer na cidade de Cádiz numa escapadinha e adicionamos sugestões de lugares e experiências para planear até uma semana de férias nesta província da Andaluzia que se pode orgulhar de deter uma das costas mais selvagens e intocadas da Espanha.

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Catedral de Cádiz

Também encontra a nossa seleção das melhores praias de Cádiz e dicas de quando visitar, onde ficar hospedado e onde comer num roteiro detalhado acompanhado de mapa, para aproveitar ao máximo a sua viagem à cidade mais antiga do Ocidente.

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Playa de Bolonia, uma das melhores praias de Cádiz

Onde fica Cádiz?

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazerA cidade histórica e portuária de Cádiz, capital da província homónima, situa-se numa estreita faixa peninsular rodeada de mar pela Baía de Cádiz, na costa Atlântica a sudoeste da comunidade autónoma da Andaluzia, no sul de Espanha. Cádiz está localizada a cerca de 320 km a leste de Faro e 570 km a sudeste de Lisboa. Da fronteira de Portugal, mais precisamente da Ponte Internacional do Guadiana, de carro em cerca de 3h e meia chega a Cádiz seguindo a rota mais rápida via Sevilha.

Quando visitar Cádiz?

Como cidade andaluza, o clima de Cádiz não foge muito à regra dos verões escaldantes que caracterizam a região do sul de Espanha. A sua maior particularidade é que, como está na costa virada ao Oceano Atlântico, o Vento de Levante gosta de por cá andar amiúde, oferecendo condições perfeitas para a prática de surf, windsurf e kitesurf.

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Passadiços do Cabo Roche – Roteiro para visitar Cádiz

Uma boa fase do ano para visitar Cádiz, aproveitando o calorzinho do sul de Espanha mas sem sofrer com as temperaturas tórridas, é nas shoulder seasons de maio-junho e setembro-outubro. Claro que se o principal objetivo da sua viagem a Cádiz for para desfrutar das suas maravilhosas praias, os meses de julho e agosto levam o troféu.

Playa de los Lances – Roteiro para visitar Cádiz

Outra altura perfeita para visitar Cádiz, e passar uns dias divertidos, é durante o famoso Carnaval de Cádiz: são onze dias (sim, leu bem) de muita alegria e folia, a correr ruas ao som das satíricas chirigotas. Mascarar-se a preceito é regra incondicional. É claro que os preços do alojamento disparam e a cidade fica muito cheia, mas Cádiz é uma cidade “con salsa”, para ser vivida e deixar-se contagiar pela paixão dos seus habitantes.

Quantos dias para visitar Cádiz?

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Praia de La Caleta – Roteiro para visitar Cádiz

Para conhecer os principais pontos de interesse a visitar em Cádiz vai precisar de 1 dia inteiro. Se quiser desfrutar das suas melhores experiências, então recomendamos que reserve pelo menos 2 dias para visitar Cádiz.

Arco de la Rosa – Roteiro para visitar Cádiz

As atrações turísticas estão concentradas no centro histórico de Cádiz, designado de Casco Antíguo, cingido pelas antigas muralhas e caracterizado pela antiguidade dos seus bairros mais históricos: El Pópulo, La Viña e Santa María. Como a cidade de Cádiz se encontra ao nível do mar e não tem elevações significativas é perfeitamente navegável a pé.

Arcos de La Fronteira, um dos mais belos pueblos blancos de Cádiz

Se tiver mais dias para visitar Cádiz, tanto melhor. Para além da cidade sugerimos passar uns dias a relaxar nas suas praias, que estão entre as melhores da Andaluzia, ou fazer um roteiro dos Pueblos Blancos.

Onde ficar em Cádiz? Sugestões de alojamento

Alojar-se em Cádiz, pelo menos uma noite, torna a experiência de visitar Cádiz ainda mais deliciosa. Há centenas de hotéis em Cádiz e alojamentos impressionantes que dificultam a escolha. A melhor zona para ficar alojado em Cádiz é o centro histórico onde se encontram a maior parte dos atrativos turísticos e uma extensa oferta de bares de tapas e restaurantes. Na época alta e no Carnaval a oferta esgota-se rapidamente e os preços disparam, pelo que recomendamos reservar alojamento com o máximo de antecedência possível. Opte sempre por alojamentos que permitam cancelamento gratuito.

Abaixo encontra os hotéis de Cádiz que mais gostamos – testados e aprovados por nós – e adicionamos algumas sugestões de alojamentos que apresentam a melhor relação qualidade/preço na sua categoria.

Parador de Cádiz

Da rede dos Paradores de España, o Parador de Cádiz clama “inovação e design na cidade mais antiga do Ocidente”. Ocupa um edifício contemporâneo a 5 minutos a pé da praia La Caleta. Com Spa e centro de bem-estar, é a piscina exterior no rooftop, com vistas fantásticas sobre o mar, que torna os momentos neste 4 estrelas memoráveis. Isto se não tiver a sorte de ficar num dos fantásticos quartos, modernos e elegantes, com varanda vista-mar.

Hotel Boutique Convento Cádiz

Ocupa o convento dominicano do século XVII, ainda em funcionamento, mesmo no coração do centro histórico, no castiço bairro de Santa María. O Hotel Boutique Convento Cádiz mantém a traça original com belas arcadas, peças de mármore, decoração barroca e pedras nobres ornamentadas. Mas as comodidades e decoração dos quartos são bem modernas, garantindo todo o conforto.

Plaza Mina Suites

Os apartamentos do Plaza Mina Suites são maravilhosos, perfeitos para casais. Todos os espaços deste aparthotel são habitados pela elegância e bom gosto. Os apartamentos modernos são lindos, limpos e super confortáveis, com tudo para uma estadia independente perfeita. Ao fim do dia, vale a pena subir ao rooftop, para desfrutar da vista panorâmica com uma bebida na mão.

Posada del Mercado

Uma opção a bom preço, para famílias e com localização central, perto do Mercado de Abastos, é a Posada del Mercado. Dispõe de estúdios e apartamentos de um ou dois quartos decorados com bom gosto. A surpresa está no último piso: um terraço comum com belas vistas para relaxar a qualquer hora do dia.

Clique para ver mais opções de alojamento em Cádiz

O que ver e fazer em Cádiz? Locais a visitar e experiências a não perder num roteiro de 1 dia

Catedral de Cádiz vista da Torre de Tavira

Cádiz é uma cidade viva, repleta de charme autêntico, com uma história fascinante e um ambiente vibrante. Fundada pelos fenícios há mais de 3000 anos, é tida como a cidade continuamente habitada mais antiga do Ocidente. Bastou isso para nos levar a visitar Cádiz, que logo nos contagiou com a sua alegria. E contagia!

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Teatro Romano – Roteiro para visitar Cádiz

Adoramos descobrir os vestígios do riquíssimo legado deixado por povos fenícios, cartagineses, romanos, visigodos e muçulmanos que a habitaram ao longo de milénios. Mas acima de tudo, do deleite para os sentidos que é vivê-la a cada visita.

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Puertas de Tierra – Roteiro para visitar Cádiz

À sombra de cidades como Sevilha, Córdoba e Granada, as estrelas do clássico roteiro turístico da Andaluzia, a antiga Gadir compensa todo o tempo que lhe possa dedicar. Deixe-se contagiar também. Pela forma despreocupada e jovial como a cidade vive o presente sem carregar o peso dos seus mais de 3000 anos de história.

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
El Pópulo, o bairro mais antigo de Cádiz

Pela caça ao tesouro que é percorrer os seus labirínticos bairros históricos, de ruas estreitas encantadoras imbuídas de lendas e mistérios. Pelas muralhas, fortalezas e baluartes inexpugnáveis. Pelas praias quilométricas e paisagens de cortar a respiração. Pelos pores do sol à beira mar dignos de Hollywood. Pela gastronomia de lamber os dedos – literalmente.

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Pôr-do-sol em La Caleta – Roteiro para visitar Cádiz

Sem mais delongas, eis as experiências imperdíveis e os lugares a visitar em Cádiz:

  • A entrada no centro histórico de Cádiz faz-se pelas imponentes Puertas de Tierra que rasgam a colossal muralha defensiva junto à Plaza de la Constituicion. Entra-se no típico barrio de Santa María, um dos mais antigos de Cádiz, no qual se destacam a Capela de Jesus Nazareno na Igreja de Santa María e Igreja Conventual de Santo Domingo, onde é venerada Nuestra Señora del Rosario, padroeira de Cádiz.
  • A Plaza de San Juan de Dios, frente ao Puerto de Cádiz, é o ponto de partida deste roteiro para visitar Cádiz. A airosa praça, a transbordar de vida, recebe o visitante com o seu palmeiral bem cuidado, esplanadas de cafés ideais para o primeiro churro da manhã, e palacetes nobres tão emblemáticos como o neoclássico edifício do Ayuntamiento ou a casa nobre de Los Pazos de Miranda ou a igreja barroca do antigo hospital de San Juan de Dios, que dá nome à praça.
  • Agora que conhece o hall de entrada, continue o seu roteiro para visitar Cádiz a explorar o seu bairro mais antigo, El Pópulo. Delimitado pelos arcos do século XIII, del Pópulo, de la Rosa e de los Blanco, que correspondiam às portas de entrada no burgo medieval, com as suas muralhas e castelo, ao perder-se no labirinto de ruelas estreitas vai tropeçar nos monumentos mais icónicos de Cádiz. O mais importante em termos históricos é o Teatro Romano do século I a.C., o maior e mais antigo da Hispânia Romana. Mas também encontra joias como o imponente palácio da Casa del Almirante, na Plazuela de San Martín, e a histórica Igreja de Santa Cruz conhecida como Sé Velha, na Plaza Fray Félix.
  • A Catedral de Cádiz é o seu monumento mais emblemático. Erguida na época de ouro da cidade gaditana, quando era o epicentro do comércio entre a América e a Europa, levou mais de 100 anos a construir (1722-1838). Conhecida como Santa Cruz sobre el Mar, a imponente catedral “nova” mistura os estilos barroco e neoclássico, e maravilha com a sua fachada marcada pela Torre de Poniente, a Torre del Reloj e um pórtico barroco em mármore branco. Uma visita ao interior (entrada paga) revela riquíssimos tesouros, como o coro, o altar-mor, as dezasseis capelas, a sacristia e a cripta. Além disso, o bilhete inclui visita à Casa da Contaduría e o acesso ao topo da Torre do Relógio: com 74 metros de altura é o ponto mais alto de toda a cidade de onde se pode desfrutar das melhores vistas até ao mar.
  • O próximo ponto de paragem neste roteiro para visitar Cádiz é o Mercado de Abastos, passando pela colorida Plaza de las Flores. De segunda a sábado, das 9h às 16h, assistir à azafama dos gaditanos às compras é interessante, mas o mais interessante é comer no mercado. A enorme área gastronómica é uma tentação de odores e sabores, ótimo lugar para se iniciar na gastronomia gaditana. A nossa dose generosa de pescaíto frito deixou-nos a lamber os dedos.
  • E repôs as energias para subirmos os 45 metros de altura da Torre de Tavira, que integra a curiosa Camera Obscura. Esta é a mais icónica das mais de 160 torres construídas nas açoteias das casas pelos mercadores endinheirados que, para além dum propósito defensivo, usavam as torres como ponto de vigia para identificar os seus barcos, carregados de mercadorias, regressar das “índias”. Mesmo ali ao lado fica o Yacimiento Arqueológico Gadir, um museu arqueológico com artefactos e exposições sobre a cultura e a civilização fenícia antiga.
Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Plaza de San Juan de Dios
Catedral
  • Chega-se a hora de la siesta, e a cidade de Cádiz abranda radicalmente de ritmo. Se não tiver oportunidade de visitar o famoso altar rococó do Oratorio de San Filipe Neri, com uma pintura do artista Murillo, aproveite para descobrir outros pontos e interesse como o Gran Teatro Falla, célebre pala sua ornada fachada em tijolo vermelho, as igrejas de Santo António e do Convento de São Francisco. Ou procurar a sombra refrescante das praças ajardinadas como a Plaza de Mina, a magnífica Plaza de España, simbólica por comemorar com um grandioso monumento a assinatura da primeira constituição espanhola em Cádiz em 1812, e os excelsos jardins da Alameda Apodaca, uma alameda histórica que vai do Baluarte de San Carlos ao Baluarte da Candelaria, com as suas árvores centenárias e decoração bem ao estilo andaluz e mudéjar.
  • Mas no que toca a espaços verdes refrescantes, nada bate o Parque Genovês! O enorme parque urbano, decorado com estátuas, integra botânica dos 4 cantos do mundo, inclusive um dragoeiro centenário, um lago com ponte e cascata artificial, bar com esplanada, skate park e parque infantil.
  • Perto do parque, está o Castillo de Santa Catalina, uma fortaleza do sécuo XVII que foi construída para defender a cidade de ataques piratas. As vistas sobre o mar, a cidade e La Caleta são soberbas!
  • Daqui é um pulinho até à Playa de La Caleta, a praia mais famosa da cidade e uma das melhores praias de Cádis. Esta praia, enquadrada pelo fantástico Balneario de La Palma, é perfeita para um mergulho e um incrível pôr-do-sol.
  • Outra opção para ver o pôr-do-sol em Cádiz, é caminhar pelo fotogénico Paseo Fernando Quiñones até ao Castillo de San Sebastián, construído sobre um ilhéu no outro extremo da La Caleta.
  • Ou em qualquer ponto do Paseo Maritimo de Cádiz, desde a Playa de Santa María del Mar à Playa de la Victoria. Para nós, o cartão-postal de Cádiz que mais nos enche os olhos, com a cúpula amarela da Catedral de Cádiz a refulgir como ouro, ainda é o calçadão que transcorre os baluartes ao longo do Mar del Vendaval.
  • Desfrutar do ambiente do outrora bairro de pescadores de La Viña é a nossa forma favorita de fechar o dia num roteiro para visitar Cádiz. É o coração da festa mais foliona e famosa de Cádiz, o seu Carnaval. Mas cima de tudo, revela a essência animada da cidade e das suas gentes, particularmente à noite, com os odores, sabores e humores à solta nos inúmeros bares de tapas, restaurantes típicos e ruas pitorescas como a calle Virgen de la Palma ou a Plazuela del Tío de la Tiza – é como entrar num pueblocito gaditano sem sair da cidade.
Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Jardins da Alameda Apodaca
Paseo Maritimo de Cádiz

Melhores praias de Cádiz

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Playa de Zahara de los Atunes – Roteiro para visitar Cádiz

Um dos maiores atrativos da costa gaditana são os areais quilométricos que levam milhares de pessoas a fazer férias de verão nas melhores praias de Cádiz, que figuram inequivocamente entre as melhores do sul de Espanha. Portanto, é praticamente impossível escapar duma ida à praia num roteiro para visitar Cádiz – nem que seja para ver a luz mágica desta costa!

Playa de La Caleta

A praia de La Caleta é, sem dúvida, a praia urbana mais famosa da cidade de Cádis, guardada pelos fortes de San Sebastián e Santa Catalina, este paraíso é uma fonte de inspiração a qualquer momento do dia. Mas há outras praias urbanas em Cádiz, menos badaladas, mas nem por isso menos agradáveis: Santa María del Mar, pequena e acolhedora; La Victoria, a mais frequentada devido aos seus serviços e quase 3 km de areia e águas calmas; La Cortadura, com zona de dunas selvagem, extensa e afastada do betão.

Playa de Bolonia

Se procura inspiração para escolher a praia da província de Cádiz com a sua onda para as próximas férias de verão no sul de Espanha, leia este artigo com a nossa seleção das melhores.

Playa de la Barrosa

Da glamorosa e hippie-chic Playa de la Barrosa, em Chiclana de la Fontera; à espetacular Playa de Bolonia com dunas de tirar o fôlego, em Tarifa; passando pela democrática e “capaz-de-agradar-a-todos-os-gostos” Playa de los Bateles, em Conil de la Frontera; pelo santuário do bronze e meca dos surfistas da Playa El Palmar, em Vejer de la Frontera; ou pelo paraíso de desconexão da Playa de Zahara de los Atunes. A escolha não é fácil!

O que visitar perto de Cádiz (para umas férias perfeitas)?

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Vejer de la Frontera, um dos pueblos que tem mesmo de incluir no seu roteiro para visitar Cádiz

Se dispõe de mais tempo para visitar Cádiz, temos duas “manitas” cheias de sugestões para planear, e viver, umas férias perfeitas a explorar as maravilhas naturais, os pitorescos Pueblos Blancos e as charmosas vilas costeiras da província de Cádiz.

El Puerto de Santa María

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Igreja Mayor Prioral

A província de Cádiz guarda muitos tesouros e, alguns, bem próximos da capital. É o caso da vizinha vila de El Puerto de Santa María, “la ciudad de los cien palacios“. É uma cidade milenária inserida numa paisagem natural de praias, pinhais e marismas na Baía de Cádiz, de profunda tradição marinheira, conhecida pelas grandes adegas do “vino fino” Jerez, e pelos palacetes dos mercadores das “índias” com pátios andaluzes.

Castelo de San Marcos

Os pontos de interesse são o Castelo de San Marcos, a Igreja Mayor Prioral, os palacetes setecentistas e oitocentistas com pátio andaluz dos quais a Casa Palacio de los Leones é o melhor exemplar (na qual pode inclusivamente ficar alojado), e mosteiros como o de la Victoria.

Roteiro pelos Pueblos Blancos

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Arcos de la Frontera

A província de Cádiz pode orgulhar-se de grande maioria dos Pueblos Blancos mais bonitos da Andaluzia. Portanto, um roteiro para visitar Cádiz é a oportunidade perfeita para fazer a emblemática rota e conhecer estes pueblos caiados de branco, de arquitetura popular singular com raízes mouriscas, inseridos em paisagens de montanha e natureza maravilhosas, como a Sierra de Grazalema.

Setenil de las Bodegas

O nobre e altivo Arcos de la Frontera, o pueblo-fortaleza de Zahara de la Sierra, ou o pueblo-caverna de Setenil de las Bodegas são apenas alguns dos nomes mais sonantes. Se quiser um roteiro de um par de dias já organizado para visitar os Pueblos Blancos de Cádiz, clique para ler o nosso guia completo para visitar os Pueblos Blancos da Andaluzia.

Vejer de la Frontera

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Vejer de la Frontera vista do Miradouro Don Quijote

Um dos pueblos que mais encanto emana na província de Cadiz é Vejer de la Frontera. Pelo menos, a nossos olhos. A “velha” Vejer oferece uma magnífica imagem panorâmica. Cresce na colina, veste-se de branco e reflete todo um esplendor na sua arquitetura popular árabe-andaluza que só anos de autenticidade histórica podem moldar numa cidade. O casco historico, recinto amuralhado com estreitas e sinuosas ruas ladeadas de casas brancas como neve, formam um conjunto de grande beleza, verdadeiramente imperdível num roteiro para visitar Cádiz.

Porta de Segur

O destaque vai para o castelo medieval, do século XI; o bairro judeu e a Porta de Segur. Também de grande interesse são a igreja do Divino Salvador e o santuário de Nuestra Señora de la Oliva, em cujo altar é venerada uma imagem do século XVI.

Sanlúcar de Barrameda

Plaza do Cabildo

Sabia que foi do porto de Sanlúcar de Barrameda que Fernão de Magalhães partiu para realizar a primeira viagem de circum-navegação da história em 1512? Situada em frente ao Parque Nacional de Doñana, na margem esquerda da foz do rio Guadalquivir, a cidade é famosa pelas inúmeras vinícolas que produzem o especial vinho Manzanilla, e as corridas de cavalos na praia.

Castelo de Santiago

É uma cidade encantadora para incluir no seu roteiro para visitar Cádiz. Perdendo-se pelas ruas e praças pitorescas do seu centro histórico, classificado Conjunto Histórico Artístico, descubra a Plaza do Cabildo, Las Covachas, o Palácio dos Duques de Medina Sidonia, o Castelo de Santiago, a igreja de Nuestra Señora de la O, o convento de Santo Domingo, do século XVI, entre tantos outros lugares preciosos.

Medina Sidonia

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Porta da Pastora

A riqueza histórica da província de Cádiz é inegável, e Medina Sidonia um dos seus melhores exemplares. Situada no interior da província, a meio caminho entre a campina e a serra, Medina Sidonia foi ponto de encontro de diversas civilizações. Foi fenícia, romana e depois muçulmana. É quando se torna o Ducado de Medina Sidonia que atinge-se todo o seu esplendor. A calle San Juan e a Plaza de España são os melhores lugares para sentir o pulsar da vida no pacato pueblo.

Igreja de Santa María de la Coronada

Entre os lugares de interesse, destacamos o Castelo de Medina Sidonia, a igreja de Santa María de la Coronada, um dos exemplos mais significativos do gótico tardio gaditano; as Portas da Pastora, do Sol e de Belém que davam acesso ao burgo medieval amuralhado; o Convento de las Descalzas (onde ainda se faz doçaria conventual). Para conhecer o vasto património arqueológico e etnográfico, nada como uma visita aos seus museus.

Jerez de la Frontera

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Alcázar

Um roteiro para visitar Cádiz sem Jerez devia ser crime punível por lei. E não falamos do tããão famoso vinho. Falamos mesmo do pueblo de Jerez de la Frontera. Terra de vinho, cavalos e vozes do flamenco. A cidade gaditana tem tanto para oferecer, entre igrejas, conventos e palácios de deslumbre, avenidas, praças e ruelas onde a vida contece, que um dia não chega para a saborear como merece.

Catedral

Se o tempo é curto, foque-se nestes lugares de interesse: o Alcázar de Jerez de la Frontera; a Catedral de Jerez de la Frontera; a Iglesia de San Miguel; as Bodegas Tío Pepe; a Cartuja de Jerez de la Frontera e a Plaza del Arenal.

Tarifa

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazerNa ponta mais meridional da Península Ibérica (logo, da Europa), como uma varanda para África, Tarifa é a cidade que “une” o Oceano Atlântico ao Mar Mediterrâneo. Sempre bafejada pelos vento de Levante, a meca dos surfistas, que conhecem as praias de Valdevaqueros e Los Lances como a palma da mão. Tarifa é cool, boémia e vibrante. É também detentora dum centro histórico onde brilha um castelo califal árabe do século X. Por isso nem pestaneje na hora de a incluir no seu roteiro para visitar Cádiz.

Puerta de Jerez

Atravessando a Puerta de Jerez entra no emaranhado de ruelas e quelhas labirínticas, bem ao estilo muçulmano, onde convivem bares e night clubs para todos os gostos com monumentos como a capela de Santiago, de estilo gótico-mudéjar, o Convento de San Francisco e as igrejas de Santa María e de San Mateo.

Ruínas Romanas de Baelo Claudia

Cádiz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazerPercorrer as ruínas romanas de Baelo Claudio, um lugar especial que combina beleza natural e património histórico, é absolutamente imperdível num roteiro para visitar Cádiz. É um dos tesouros arqueológicos mais bem preservados de toda a Península Ibérica que permite fazer uma fascinante viagem ao século II a.C. e conhecer a cidade romana marítima onde era já praticada a pesca do atum de almadraba, a salga e o fabrico do garum, esse condimento de luxo que era exportado para todo o império.

O museu explica tudo, da fundação ao declínio da polis romana, através dos painéis informativos e artefactos. Uma visita ao recinto muralhado conduz ao centro monumental e cívico da cidade no cruzamento das artérias principais decumanus maximus e cardo maximo onde são perfeitamente identificáveis aqueduto, necrópole, fórum, mercado, a cúria, as fábricas de salga, residências, termas, templos da Tríade Capitolina, o fabuloso teatro, entre muitos outros elementos arquitetónicos.

Se o monumento impressiona, a localização não deixa nada a desejar: juntinho ao Oceano Atlântico na Playa de Bolonia, uma das melhores praias de Cádiz.

Gibraltar

De todos os cabos gaditanos, o mais entusiasmante é o Rochedo de Gibraltar, portanto, que melhor altura para conhecer “The Rock” do que aproveitando o seu roteiro para visitar Cádiz? Gibraltar fica na Espanha, mas é britânica. Tem apenas de 6,8 km2 de área mas é o Rochedo mais cobiçado do Mar Mediterrâneo há milénios.

Apesar da sua pequena dimensão, Gibraltar tem uma reserva natural (com macacos a viver livremente, os únicos em toda a Europa), uma base militar aeromarítima (das mais importantes do mundo), uma cidade (onde não faltam duas catedrais, residências senhoriais, um jardim botânico e uma rua comercial de meter inveja a grandes metrópoles), e até um aeroporto (cuja pista vai ter que cruzar, de carro ou a pé, logo à chegada). Clique para ler o nosso guia completo para visitar Gibraltar.

Onde comer em Cádiz? 

Pescaíto frito, uma das iguarias que não pode deixar de provar quando visitar Cádiz

Uma gastronomia de peixe e marisco de lamber os dedos, como já o dissemos anteriormente (e repetimos), é sempre um excelente motivo para fazer este roteiro para visitar Cádiz. Aliás, comer é uma parte essencial da experiência gaditana. Os famosos pescaíto frito, atún de almadraba e cazón en adobo de Cádiz já cruzaram fronteiras. Menos conhecidos, as tortillitas de camarones, os langostinos de Sanlúcar ou as papas aliñás não deixam nada a dever aos pratos que levam com os holofotes.

Cazón en Adobo de Cádiz

Tudo isto e muito mais (não nos esqueçamos que o campo e a serra da província de Cádiz também têm lugar cativo à mesa gaditana) está ao seu alcance em qualquer um dos pueblos que sugerimos incluir no seu roteiro para visitar Cádiz. Mas pegue já num mapa da cidade e comece a pôr bandeirinhas com estas dicas VagaMundos: Mercado de Abastos de Cádiz, Calle Virgen de la Palma, Plaza Tío de la Tiza, Plaza de la Catedrale, Plaza de San Juan de Diós, Calle Plocia.

Mapa do roteiro para visitar Cádiz


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa com os principais pontos de interesse a incluir num roteiro para visitar Cádiz.

Outros artigos da Espanha

Melhores Escapadinhas de Espanha | Melhores praias Sul de Espanha | Melhores praias de CádizMelhores praias da Galiza | Melhores trilhos de EspanhaRoteiro da Andaluzia | Roteiro das Astúrias | Roteiro da Extremadura | Roteiro da Galiza | Roteiro de Maiorca | Roteiro do País BascoRoteiro dos Picos da Europa | Roteiro dos Pueblos Blancos | Roteiro Sierra Nevada | Roteiro SomiedoRoteiro Tenerife | Parque Natural Arribes del Duero | Parque Natural Baixa Limia e Serra do Xurés | Ávila | Barcelona | Badajoz | Benidorm | Bilbao | Cáceres | Córdoba | Gibraltar | GranadaIlhas Cíes | Ilha de OnsLago de Sanabria | Lalín | Madrid | Málaga | Mérida | OurensePalma de Maiorca | PlasenciaPontevedra | Puebla de Sanabria | Ronda | Salamanca | San Sebastián | Santiago de Compostela | Segóvia | Sevilha | Toledo | ValênciaVigo | Zamora | Zaragoza

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.