Roteiro Croácia: o que visitar e onde ficar | Roadtrip

Roteiro Croácia: o que visitar e onde ficar | Roadtrip

Ao visitar a Croácia, deixe-se arrebatar sem reservas. A Croácia é hoje um dos destinos de férias mais populares da Europa. E se pensa que essa fama se deve unicamente ao facto da sua cidade mais bela ter servido de cenário para a mediática serie televisiva da Guerra dos Tronos, está muito enganado.

Roteiro Croácia: o que visitar e onde ficar | RoadtripA combinação de ilhas paradisíacas com águas azuis cristalinas, somada ao excelente clima, deliciosa gastronomia, cidades medievais, ruínas romanas e belezas naturais estonteantes, é simplesmente perfeita… E diga-se em abono da verdade, é muito difícil de igualar.

Roteiro Croácia: o que visitar e onde ficar | RoadtripNós já fomos à Croácia por duas vezes, a última das quais em roadtrip. De ambas regressamos a casa verdadeiramente fascinados por este país dos Balcãs. Por isso, se anda a sonhar com uma roadtrip pela Croácia, está na hora de transformar esse sonho em realidade.

E, para o ajudar nessa tarefa, deitamos mãos à obra e escrevemos este roteiro da Croácia, com todos os locais que não pode perder na sua visita e muitas dicas práticas. Acreditamos que, quando o acabar de ler, vai começar logo a fazer as malas!

Conteúdo deste Artigo

Informações e dicas para Roadtrip na Croácia

Informações úteis

  • Língua: Croata
  • Capital: Zagreb
  • Moeda: Kuna – HRK (clique para ver a taxa de câmbio)
  • Fuso Horário: GMT +1
  • Indicativo Croácia: +385
  • Visto Croácia: a Croácia é membro da UE e como tal os cidadãos portugueses não precisam de visto para visitar a Croácia. Os cidadãos brasileiros também não necessitam de visto (para estadias para fins turísticos até 90 dias), mas necessitam de apresentar comprovativo de voo de regresso, hotel e prova de fundos suficientes para cobrir o período de estadia no país.

Custo de Vida

O custo de vida na Croácia tem vindo a aumentar nos últimos anos mas ainda é similar ao de Portugal. Existem coisas um pouco mais baratas, como portagens e combustível, e outras mais caras, como sejam as entradas nos monumentos e parques naturais. A nível de alojamento e restauração vai encontrar preços similares ao que encontra nas zonas mais turísticas de Portugal. A exceção à regra é a cidade de Dubrovnik, onde tudo é bem mais caro do que no resto do país.

Saúde e Condições higiénicas

Roteiro Croácia: o que visitar e onde ficar | Roadtrip

A nação croata apresenta excelentes condições sanitárias, não sendo obrigatórias vacinas para visitar a Croácia. A água canalizada é potável e na maioria das cidades existem fontes onde pode encher a sua garrafa de água reutilizável, o que evita comprar água engarrafada (o ambiente agradece).

Os cidadãos europeus têm acesso a cuidados de saúde e assistência médica nos serviços públicos da Croácia utilizando o Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD). Terá apenas de pagar a taxa moderadora como qualquer cidadão croata.

Se não tiver o CESD, ou para se precaver contra outros contratempos (como roubos, perca de malas, cancelamento da viagem, etc) recomendamos que faça um Seguro de Viagem. Fomos assaltados recentemente em Sarajevo, perdendo parte significativa do nosso equipamento, e, se não fosse o nosso seguro de viagem, teríamos gasto milhares de euros para repor esse equipamento.

Seguro de Viagem para a Croácia

A nossa escolha de seguro de viagem recaí quase sempre no pacote Explorer da World Nomads. É rápido e fácil de fazer, são a 100% especializados em viagens, têm um ratio custo-benefício muito positivo e uma vertente de responsabilidade social com a aliança à Footprints, que angaria fundos e dinamiza projetos de desenvolvimento para pequenas comunidades. Clique aqui para fazer uma simulação para a sua viagem à Croácia.

Quando visitar a Eslovénia

Roteiro Croácia: o que visitar e onde ficar | Roadtrip
Na primavera a Croácia é uma explosão de verde e os cursos de água estão na sua máxima força

Os melhores meses para visitar a Croácia são entre abril e outubro. Se pretende desfrutar das quentes águas do Adriático, a melhor altura é entre finais de junho e inícios de setembro. Prepare-se é para lidar com as multidões e pagar mais pelos alojamentos e entradas nos principais pontos de interesse (o preço varia ao longo do ano). Se não tiver interesse em fazer praia, recomendamos que viaje em abril-junho e setembro-outubro. O tempo é decente (similar ao de Portugal), há menos multidões e os preços são bem mais em conta.

Como chegar à Croácia – dicas de voos

Visitar Dubrovnik RoteiroPor norma os voos mais baratos são para Zagreb, mas por vezes arranjam-se autênticas borlas para Dubrovnik e Split (sobretudo entre abril-junho e setembro-outubro). Para obter os melhores preços sugerimos que faça várias simulações e que reserve o voo com (pelo menos) três meses de antecedência. Clique para ler as nossas dicas para comprar voos baratos.

Se optou por uma roadtrip e não pretende voltar ao ponto de partida, recomendamos que na ida voe para Zagreb e na volta regresse a casa por Dubrovnik. Isto porque, ao viajar de carro no sentido Zagreb – Dubrovnik, terá sempre o mar do seu lado direito o que lhe permite encostar o carro com maior facilidade e desfrutar das fantásticas vistas sobre o Adriático.

Clique para pesquisar voos através da Skyscanner

Conduzir na Croácia e aluguer de carro

Roteiro Croácia: o que visitar e onde ficar | RoadtripEm nossa opinião a melhor maneira de explorar a Croácia é fazendo uma roadtrip. Não só permite maximizar o seu tempo, como o facto de poder parar em qualquer lugar vai-lhe permitir desfrutar de paisagens maravilhosas e locais menos turísticos.

Nós alugamos o nosso carro através da RentalCars (do mesmo grupo do Booking.com) e correu tudo cinco estrelas, como de costume. O que gostamos da RentalCars é que permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car (e assim encontrar o melhor preço disponível) sendo ainda possível cancelar o aluguer sem qualquer custo até 48h antes da partida. Clique para ver todas as opções de aluguer de carro.

Dica VagaMundos: Se optar por fazer o seu aluguer na RentalCars, opte também por fazer o seguro contra todos os riscos com eles pois é, significativamente, mais barato do que quando contratado diretamente à empresa de rent-a-car.

A experiência de condução na Croácia é muito similar ao que encontra em Portugal. As autoestradas são boas e o combustível e portagens são consideravelmente mais baratos que em Portugal. Pode pagar as portagens com cartão, kunas ou euros, mas tenha em atenção que o troco será sempre dado em kunas.

Alojamento na Croácia – onde ficar

O alojamento na Croácia já não é de si muito barato e, se deixar para a última hora, arrisca-se a pagar o dobro do preço (ou pior se estivermos a falar de Dubrovnik). Sobretudo se viajar durante a época alta, recomendamos vivamente que reserve os seus alojamentos com antecedência através do Booking.com, pois o mesmo permite cancelar sem custos a maioria das reservas.

Se, como nós, optar por fazer uma roadtrip pela Croácia, tenha em conta que o estacionamento é praticamente todo pago (e caro). Por isso, na hora de escolher o alojamento, dê prioridade aos que lhe ofereçam parqueamento gratuito. Acredite que pode poupar largas dezenas de euros tendo este pormenor em atenção.

Uma boa dica para baixar os custos da sua viagem à Croácia é optar por reservar apartamentos ao invés dos alojamentos tradicionais. Por norma, vai pagar menos do que  ficando num hotel e como pode cozinhar ainda consegue poupar dinheiro com algumas refeições.

Clique para ver as melhores opções de alojamento na Croácia

Roteiro Croácia (10 dias de carro) – Roadtrip com o melhor da Croácia

O roteiro sugerido neste artigo tem início em Zagreb e termina em Dubrovnik, mas se preferir, pode fazer o mesmo no sentido inverso.

É importante referir que o número de dias que sugerimos para o roteiro da Croácia pressupõe que a viagem seja feita de carro e não inclui os dias de viagem do local de origem para a Cróacia e vice-versa. Logo, terá sempre de acrescentar mais dois dias a este roteiro de 10 dias pela Cróacia.

Roteiro Croácia: o que visitar e onde ficar | RoadtripComo é habitual nos nossos roteiros, o número de dias é meramente indicativo. Se abdicar de fazer algumas das atividades que sugerimos ou cortar alguns pontos de interesse (como seja, ir às Ilhas do Adriático), pode fazer este roteiro numa semana. Caso queira fazer mais algumas atividades ou tours, ou simplesmente relaxar numa das praias do Adriático, acrescente mais uns dias a este roteiro da Croácia. Ao longo do roteiro vamos dar algumas sugestões nesse sentido.

Dia 1 do roteiro na Croácia – Zagreb

Damos início ao nosso roteiro da Croácia a explorar Zagreb. Há muitos viajantes que se limitam a ir à capital da Croácia apanhar um voo, excluindo Zagreb do seu roteiro pela Croácia, mas, em nossa opinião, fazem muito mal.

É certo que Zagreb não tem o glamour de Dubrovnik. Em contrapartida tem um ambiente super descontraído, com animadas praças repletas de esplanadas, espaços verdes espetaculares, museus de classe mundial e imensos locais de interesse turístico. E como não sofre de excesso de turistas, os preços da restauração e hotelaria são muito mais em conta do que nas restantes cidades deste roteiro da Croácia.

Comece a sua visita na Trg Bana Jelačića, a praça principal de Zagreb, e deambule pelas ruas e ruelas medievais da Cidade Alta. Não deixe de visitar a Catedral de Zagreb, o colorido mercado Dolec, a Igreja de São Marcos, a Torre Lotrscak, o portão medieval Kamenita Vrata, o Museu das Relações Quebradas e de percorrer o Tunel Grič, um bunker da segunda guerra mundial que foi transformado numa passagem pedonal e galeria de arte.

Dica VagaMundos: As melhores vistas panorâmicas sobre a cidade de Zagreb são obtidas da Torre Lotrscak, mas se não quiser pagar para subir, faça um passeio pela Promenade Strossmayer que as vistas não lhe ficam muito atrás.

Cidade Alta visitada, apanhe o histórico funicular de Zagreb e parta à descoberta dos encantos da Cidade Baixa, onde impera a arquitetura Austro-Húngara e da ex-Jugoslávia. Não deixe de passear pelo animado parque Zrinjevac e de visitar o Museu Mimara, o Museu de Arte Contemporânea e o Jardim Botânico.

Onde ficar em Zagreb – Sugestões de alojamento

Da última vez que estivemos em Zagreb ficamos alojados no Hotel Dubrovnik. A excelente localização do hotel, mesmo ao lado da Praça Bana Jelačića, permitiu-nos ir a todos os locais de interesse a pé. O nosso quarto era super espaçoso e confortável e adoramos o pequeno-almoço. Overall, gostamos muito da relação qualidade-preço. Clique para mais informações, ler reviews de hóspedes e reservar a sua estadia no Hotel Dubrovnik.

Outro hotel que apresenta um excelente rácio custo-benefício é o histórico Palace Hotel Zagreb. Fica mesmo ao lado do parque principal da cidade, o edifício tem imenso glamour e os quartos apresentam um nível de conforto excecional. Não é à toa que é um dos campeões de vendas de Zagreb.

Se procura uma estadia mais económica em Zagreb, mantendo bons níveis de conforto, sugerimos o Hotel National. Na faixa de preços em que se insere é quase imbatível. A grande desvantagem é que não fica mesmo no centro, mas como fica ao lado da estação de autocarros e tem o Tram quase à porta, chega aos principais locais de interesse num instante.

No segmento dos hostels ninguém bate o Hostel Shappy. É super central, o staff é muito boa onda e para além dos beliches oferece também quartos privados com ou sem casa de banho partilhada.

Para estadias de luxo a melhor aposta é o clássico e glamouroso Esplanade Zagreb Hotel, fundado em 1925 para ser o alojamento de excelência para os passageiros do mítico Expresso do Oriente.

Clique para ver mais opções de alojamento em Zagreb

Dia 2 do roteiro na Croácia – Zagreb – Lagos Plitvice

No segundo dia do roteiro da Croácia, despedimo-nos de Zagreb e rumamos até ao Parque Nacional dos Lagos de Plitvice, a maravilha natural mais badalada da Croácia. E garantimos-lhe que a fama não é à toa.

O Parque Nacional dos Lagos de Plitvice, Património da Humanidade UNESCO, conta com uma área total de mais de 73 000 hectares e é composto por nada mais nada menos que dezasseis lagos, inseridos em frondosos bosques e interligados por um sem número de assombrosas quedas de água. Acredite, esta maravilha da natureza vai fazê-lo questionar se não terá chegado ao paraíso.

O parque nacional conta com duas entradas e pode-se dizer que, grosso modo, os Lagos de Plitvice estão divididos em duas partes: os Lagos Superiores e os Lagos Inferiores.

No total existem oito trilhos pedestres bem assinalados que, através de um misto de passadiços e caminhos de terra batida, o levam a conhecer os principais lagos e cascatas do parque. Existem ainda vários barcos e autocarros panorâmicos que servem de apoio para cruzar os Lagos e ligar os trilhos (o preço dos transportes já está incluído no bilhete de entrada no parque).

Roteiro Croácia o que visitarPode começar a sua visita em qualquer uma das entradas, mas é importante salientar que a Entrada 1 é a melhor entrada para visitar os Lagos Inferiores e a Entrada 2, para visitar os Lagos Superiores.

No seu primeiro dia nos Lagos de Plitvice recomendamos que visite os Lagos Superiores percorrendo o trilho B (cerca de 4 horas de caminhada) e que deixe os Lagos Inferiores para a manhã do dia seguinte. A razão é simples: a luz da parte da tarde é mais favorável para as fotografias nos Lagos Superiores e da parte da manhã, para os Lagos Inferiores.

Dica VagaMundos: Os Lagos de Plitvice são um dos locais mais visitados da Croácia. Logo, a não ser que visite na época baixa, as multidões são inevitáveis. Como a maioria das pessoas visita os Lagos de Plitvice em excursões de um dia, a melhor maneira de contornar a maior afluência de pessoas é visitar os lagos nas primeiras horas da manhã e ao final da tarde, antes da chegada dos tours e após a sua partida.

Onde ficar nos Lagos de Plitvice – Sugestões de alojamento

Existe muito alojamento nos arredores do Parque Nacional dos Lagos de Plitvice, mas nós recomendamos vivamente que fique alojado no interior do parque. Os alojamentos são mais caros mas consegue poupar tempo com as deslocações e assim fintar as multidões e consequentemente desfrutar mais do parque. E, claro, evita pagar o caríssimo estacionamento do parque.

Na nossa última roadtrip pela Cróacia ficamos no Hotel Jezero, que fica mesmo ao lado da Entrada 2 do parque. Apesar de já não ser uma propriedade nova, gostamos das condições do hotel, que conta com um bom restaurante buffet, um ginásio, uma sauna e uma grande banheira de hidromassagem.

Por norma o pequeno-almoço já está incluído no preço e como bónus por ficar alojado no interior do parque, na compra do bilhete de 1 dia oferecem-lhe o segundo dia sem qualquer custo adicional.

Visto que este é o hotel mais requisitado dos Lagos de Plitvice, recomendamos vivamente que reserve com antecedência. Clique para mais informações, ler reviews de hóspedes e reservar a sua estadia no Hotel Jezero.

Outra excelente opção no interior do parque é o Hotel Plitvice. Fica mesmo ao lado, e é no fundo, uma versão low-cost do Hotel Jezero. Claro que não tem as mesmas “amenities” do Jezero, mas os quartos são igualmente confortáveis e também já tem o pequeno-almoço incluído no preço. À semelhança do que acontece no Hotel Jezero, também tem descontos no bilhete do parque.

Fora do parque, a nossa recomendação vai para a House Marinic que fica localizada em Grabovac, a cerca de 7 km do parque. O local é super tranquilo e os quartos, apesar de simples, são super limpos. O estacionamento é gratuito e os hóspedes têm acesso a uma cozinha partilhada e ao jardim, onde também é possível fazer uma grelhada.

Clique para ver mais opções de alojamento nos Lagos Plitvice

Dia 3 do roteiro na Croácia – Lagos Plitvice – Rastoke – Zadar

Rastoke

Sugerimos que comece o terceiro dia do roteiro da Croácia bem cedinho para poder visitar a secção dos Lagos Inferiores de Plitvice antes de chegarem os tours. Existem vários trilhos por onde escolher, mas o nosso favorito é o trilho E, que demora aproximadamente três horas a ser percorrido.

Lagos de Plitvice visitados, o roteiro da Croácia vai agora levá-lo até à sua primeira paragem na costa da Croácia, mais especificamente até Zadar.

Pelo caminho sugerimos que pare na surreal Rastoke, um dos segredos mais bem guardados da Croácia. Esta pequena aldeia está, literalmente, construída sobre várias cascatas e parece recortada das Crónicas de Nárnia.

Catedral de Zadar

Já em Zadar, faça um passeio pela sua histórica cidade velha, onde vai encontrar a Igreja de São Donato, a Catedral de Santa Anastácia e o Fórum Romano, o maior exemplo da sua rica herança romana.

Termine o dia a assistir ao pôr-do-sol no Órgão do Mar, da autoria de Nikola Basic, um instrumento musical que toca música utilizando as ondas do mar.

Onde ficar em Zadar – Sugestões de alojamento

O nosso alojamento de eleição em Zadar é o Boutique Hostel Forum. Não se deixe enganar pelo nome porque de hostel tem muito pouco. Ficamos num quarto com casa de banho privada e vistas para o mar e simplesmente adoramos. A localização é excelente, mesmo ao lado do centro, e oferece um bom pequeno-almoço incluído no preço. Dificilmente vai encontrar um alojamento com melhor relação qualidade-preço. Clique para mais informações, ler reviews de hóspedes e reservar a sua estadia no Boutique Hostel Forum.

Se pretender um alojamento mais luxuoso recomendamos o Bastion Heritage Hotel, também ele localizado no centro histórico. Apesar de ser um quatro estrelas, tem amenities de fazer corar alguns 5 estrelas, dos quais destacamos o SPA e o prestigiado restaurante Kaštel, um dos mais badalados da cidade.

Clique para ver mais opções de alojamento em Zadar

Dia 4 do roteiro na Croácia– Zadar – Parque Nacional Krka – Šibenik

Hoje voltamos a sugerir que madrugue de forma a conseguir chegar ao Parque Nacional Krka antes dos tours. Como o parque é mais compacto que o dos Plitvice Lakes, os visitantes acabam todos por fazer o mesmo percurso, o que, nas horas de maior afluência, origina autênticas filas indianas ao longo dos passadiços.

As estrelas do parque são as suas majestosas cascatas, rodeadas por exuberante vegetação, e os dois rios cristalinos que as alimentam. Ao contrário do que acontece nos Lagos de Plitvice, se for no verão, até pode dar um mergulho.

Dica VagaMundos: Existem 5 entradas oficiais para o Parque Nacional Krka, sendo as duas principais as de Skradin e Lozovac. Se estiver a viajar de carro a melhor opção é a de Lozovac. Para ir do estacionamento da entrada de Lozovac até à zona dos passadiços, pode percorrer um curto trilho pedestre (20-30 minutos) ou recorrer ao shuttle-bus gratuito.

Do Parque Nacional Krka continue o seu roteiro da Croácia rumando até Šibenik, uma das pérolas da costa do Adriático. Se nunca ouviu falar desta cidade croata prepare-se para ser surpreendido.

Vagueie pelo emaranhado de ruas e ruelas do centro histórico medieval, suba às altaneiras muralhas, passeie pela sua marginal, relaxe numa das suas sedutoras esplanadas e deixe-se maravilhar pela arquitetura secular de Šibenik.

E claro não deixe de visitar a Catedral de São Tiago, Patrímonio Mundial da UNESCO, um dos destaques arquitetónicos da Costa da Dalmácia. Se é fã da série Guerra dos Tronos, o mais certo é ter uma sensação de déjà vu, pois a dita catedral foi utilizada como cenário para o Iron Bank de Braavos.

Onde ficar em Šibenik – Sugestões de alojamento

Na última passagem por Šibenik aproveitamos uma promoção e decidimos ficar no Heritage Hotel Life Palace, mesmo no coração da cidade velha. O hotel fica num edifício de traça antiga, o que aliado à cuidada decoração nos fez viajar no tempo. O nosso quarto era fantástico e o pequeno-almoço foi um dos melhores que alguma vez comemos na Croácia. Escusado será dizer que adoramos a experiência. Clique para mais informações, ler reviews de hóspedes e reservar a sua estadia no Heritage Hotel Life Palace.

Se procura uma solução mais económica espreite o Hostel Splendido. Fica localizado junto à estação dos autocarros e a uma curtíssima caminhada do centro. Apesar de ser um hostel, oferece quartos privados com boas condições e os hóspedes tem acesso a uma cozinha partilhada, sempre útil para baixar os custos com as refeições.

Se pretender ficar a dormir num apartamento a nossa recomendação vai para o Apartment Central. O apartamento é simples mas tem muito espaço o que faz dele uma solução prática e super económica para quem viaja em família. E como o próprio nome indica, está mesmo ao lado do centro.

Clique para ver mais opções de alojamento em Šibenik

Dia 5 do roteiro na Croácia – Šibenik – Trogir – Fortaleza De Kliss – Split

Roteiro Croácia: o que visitar
Trogir

Neste quinto dia do seu roteiro pela Croácia, não o esperam muitos quilómetros de estrada, mas como vai ser brindado com fantásticas paisagens sobre o Adriático, o mais certo é querer parar a cada meia dúzia de quilómetros ao longo da viagem até Split.

Uma paragem que não pode mesmo deixar de fazer é em Trogir, outra das joias da costa da Dalmácia. Esta pequena cidade, Património Mundial da UNESCO, foi inclusivamente uma das maiores surpresas da nossa última roadtrip pela Croácia.

A cidade velha é super charmosa e está toda ela compreendida numa pequena ilha, rodeada de muralhas. Aqui não há carros por isso percorra sem pressas as suas ruelas empedradas, admire a mescla de arquitetura renascentista, românica e renascentista (esta última de influência veneziana), visite a Fortaleza de Kamerlengo, o Convento de São Nicolau, a animada praça Ivana Pavla e a Catedral de Trogir. E se for no verão, não deixe de dar um mergulho nas águas azul-celeste do Mar Adriático.

Fortaleza de Kliss

Após o almoço, prossiga o seu roteiro da Croácia com uma vista à soberba Fortaleza de Kliss, outro dos locais de filmagem da Guerra dos Tronos (lembra-se de Meereen?)

Mas o interesse da Fortaleza de Kliss está longe de se resumir à famosa série da HBO. Esta fortaleza, empinada no topo de uma montanha, foi crucial na resistência europeia às invasões do Império Otomano e brinda o visitante com fantásticas vistas sobre Split e o Mar Adriático.

Marginal de Split

O quinto dia do roteiro da Croácia termina na cidade de Split, idilicamente situada entre as montanhas escarpadas da Dalmácia e o deslumbrante Mar Adriático. Aproveite o que lhe resta do dia para um passeio pela sua gigantesca e animada marginal e para tratar da logística necessária para visitar as Ilhas do Adriático (comprar os bilhetes do ferry ou reservar um tour).

Onde ficar em Split – Sugestões de alojamento

Da última vez que estivemos em Split, optamos por ficar no Apartments Mrduljaš pois fica localizado numa zona tranquila e com estacionamento gratuito, um dos nossos requisitos em Split, pois queríamos deixar o carro estacionado para podermos ir às ilhas descansados. É certo que não fica mesmo no centro, mas em 15 minutos a pé estávamos lá. O apartamento em si está super bem equipado, tem um supermercado mesmo à porta e a anfitriã foi duma enorme simpatia. Clique para mais informações, ler reviews de hóspedes e reservar a sua estadia no Apartments Mrduljaš.

Se o estacionamento não for uma condicionante para si, e quiser ficar mesmo ao lado do Palácio de Diocleciano recomendamos o Contarini Luxury Rooms. Os quartos são muito confortáveis e pode ir a todo o lado a pé. Na classe de preços em que se insere, é a nossa opção favorita.

Se pretender ficar num hotel, espreite o Plaza Marchi Old Town, cuja localização é simplesmente espetacular. Costuma ter promoções muito agressivas e já lá conseguimos ficar por preços muito em conta face à qualidade superior que apresenta.

Se não tiver restrições orçamentais e quiser dormir em grande estilo em Split, aposte no Villa Split Heritage Hotel. Em nossa opinião é o hotel mais charmoso da cidade.

Clique para ver mais opções de alojamento em Split

Dia 6 do roteiro na Croácia – Split

 

Neste sexto dia do roteiro da Croácia pode dar uma merecida folga ao carro e sobretudo ao condutor. Split tem atrativos mais do que suficientes para lhe ocupar o dia e, como os locais de interesse estão relativamente perto uns dos outros, pode fazer tudo a pé.

O maior highlight da cidade é o colossal Palácio de Diocleciano, mandado construir pelo imperador romano Diocleciano no longínquo século IV. É dentro das suas muralhas que se concentra a cidade velha de Split, um emaranhado labiríntico de ruas e vielas que vão despertar o explorador que há em si.

Roteiro Croácia: o que visitar Os lugares imperdíveis são o Peristilo, o coração do Palácio de Diocleciano, a imponente Catedral de São Domnio, o Templo de Júpiter, os quatro portões de acesso ao palácio e as catacumbas do palácio, onde também foram gravadas cenas da Guerra dos Tronos.

Quando se fartar da cidade velha de Split (se é que isso é possível!), rume até à animada Promenade de Riva para um prazenteiro passeio à beira do Adriático.

Dica VagaMundos: Quer as melhores vistas de Split? Então suba à torre da Catedral de São Domnio ou vá até ao Miradouro do Monte Marjan. Deste último tem uma vista soberba da baía e de Split com as montanhas como pano de fundo. É o nosso local favorito para assistir ao pôr-do-sol e quase que apostamos que vai ser o seu também.

Dia 7 e 8 do roteiro na Croácia – Split – Ilha(s) do Adriático – Dubrovnik

Hvar

De Split partem ferries para algumas das ilhas mais bonitas do Adriático, das quais destacamos Hvar, Brač, Vis e Korčula.

Se tem possibilidade de acrescentar mais uns dias ao seu roteiro da Croácia aqui é (provavelmente) o melhor local para o fazer, sobretudo se pretende fazer uns dias de praia.

Se só tem um par de dias livres, terá mesmo de escolher uma das ilhas ou então optar por um tour que englobe as várias ilhas do Adriático. Entre elas as nossas favoritas são a Ilha de Hvar e a Ilha de Brač.

Escolher entre uma e a outra depende muito do que está à procura: se procura a combinação perfeita entre praia, animada vida noturna e património histórico, opte pela Ilha de Hvar. Se preferir um local mais calmo para relaxar em família, opte pela Ilha de Brač, onde fica a famosa praia de Zlatni Rat, uma das melhores de toda a Croácia.

Zlatni Rat

Independentemente da opção que tome, se for apenas por uma noite, recomendamos que deixe o carro estacionado em Split. Poupa o dinheiro de levar o carro no ferry e as dores de cabeça para encontrar parqueamento.

Dica VagaMundos: Se optar por ir a Hvar, não se fique apenas pela cidade de Hvar. Rume até ao norte da ilha e visite a Stari Grad, a cidade velha (não que Hvar seja nova) e faça um passeio de barco à famosa Gruta Azul.

Tours para Ilhas do Adriático

Onde ficar na Ilha de Hvar

O nosso alojamento favorito na Ilha de Hvar é o Amfora Hvar Grand Beach Resort. Não se assuste com o nome que ele até é amigo da carteira. Quando reservado com antecedência, os preços são (surpreendentemente) em conta para o que oferece. Da última vez pagamos apenas 80€ por um quarto super luxuoso com vista mar e já com um pequeno-almoço top incluído no preço (fomos em finais de Maio). A localização é das melhores, seja para ir ao centro da cidade seja para ir à praia, e tem uma piscina deliciosa. Se apanhar um bom preço, não hesite. Clique para mais informações, ler reviews de hóspedes e reservar a sua estadia no Amfora Hvar Grand Beach Resort.

Outra boa aposta em Hvar é o Pharos Hvar Hotel. Está uns furos abaixo do Amfora mas não deixa de ser luxuoso e de ter todas as comodidades de que precisa. A relação preço-qualidade é excelente. Por isso, se não conseguir apanhar uma boa promoção no Amfora e quiser poupar uns trocos, aposte no Pharos que vai igualmente bem servido.

Onde ficar na Ilha de Brač

Em Brač ficamos no Bluesun Hotel Elaphusa e não nos arrependemos nem por um só segundo. A localização é excelente, a poucos minutos a pé da famosa praia de Zlatni Rat e como tem uma piscina exterior e interior, o que não faltam são soluções para dar um mergulho. Clique para mais informações, ler reviews de hóspedes e reservar a sua estadia no Bluesun Hotel Elaphusa.

Se pretende uma solução mais económica, espreite o Guest House Marija. Pode optar por ficar num quarto ou num apartamento, sendo que a segunda opção é excelente para estadias mais prolongadas pois permite-lhe cozinhar. Apesar dos quartos e dos apartamentos serem simples são muito limpos e apresentem bons níveis de conforto. Tendo em conta o preço acredite que vai bem servido.

Informação Importante

Sabia que Dubrovnik está totalmente separada da Croácia? É verdade. Está rodeada pela Bósnia-Herzegovina e por um pedacinho de Montenegro. Para ir de Split até Dubrovnik vai ter de passar pela Bósnia o que implica fazer duas travessias de fronteira.

Se for pelo corredor Neum, apenas terá de conduzir 15 km na Bósnia e, como existem acordos entre ambos os países, as travessias da fronteira costumam ser super pacíficas. Contudo na época alta podem ser algo morosas. Daí recomendarmos que no final do 8º dia do seu roteiro pela Croácia vá dormir a Dubrovnik. Se não o fizer, arrisca-se a chegar a Dubrovnik só depois de almoço.

Se alugar carro, não se esqueça de avisar a empresa de rent-a-car que pretende atravessar a fronteira com a Bósnia, de confirmar que lhe dão a carta verde e que esta permite a circulação na Bósnia. Sem a carta verde não deixam carros entrar na Bósnia. Por norma as empresas de rent-a-car vão cobrar-lhe um extra pela travessia de fronteira, de forma o cobrir os custos adicionais com o seguro de circulação, mas o valor é aceitável e costuma andar entre os 25-50€ (varia de empresa para empresa).

Por último, se vai terminar a sua viagem em Dubrovnik, sugerimos que entregue logo o carro no final do oitavo dia do seu roteiro na Croácia. A circulação em Dubrovnik é extremamente condicionada (na cidade velha não entram carros de todo) e o estacionamento é caríssimo. Assim poupa dinheiro com o aluguer do carro e livra-se de dores de cabeça. E vai ver que com a poupança não só paga os transportes públicos como ainda vai dar para uma boa jantarada.

Dia 9 do roteiro na Croácia – Dubrovnik

A última paragem do roteiro da Croácia é em Dubrovnik, um dos destinos turísticos mais concorridos do Mar Adriático e uma das cidades mais bonitas da Europa.

Visitar Dubrovnik RoteiroComo é que Dubrovnik conquistou tanta fama? A receita é simples e tem como ingredientes principais a sua beleza natural e urbanística. Uma cidade medieval rodeada de imponentes e muito bem preservadas muralhas de tom dourado com o verde-mar do Adriático a beijar-lhe os pés. Dias de sol avivam esta cidade de pedra calcária embelezada pelas arquiteturas medieval, gótica, renascentista e barroca. O ambiente descontraído de entrega aos prazeres da vida transmitido pelos inúmeros cafés e restaurantes. Estes foram os ingredientes que levaram a ser escolhida como o cenário perfeito para a criação de King’s Landing, a capital dos Sete Reinos na série Guerra dos Tronos.

Roteiro Croácia: o que visitar Sugerimos que comece o dia visitando a atracão mais popular da cidade: as extraordinárias Muralhas da cidade velha. Se é fã da Guerra dos Tronos, vai certamente reconhecer muitos dos locais de filmagem da série. E mesmo que não seja não vai sair desiludido, pois vai ser brindado com soberbas vistas panorâmicas sobre a cidade velha e o Mar Adriático.

Dica VagaMundos: Sugerimos que acorde bem cedo de forma a entrar nas muralhas antes das 10 da manhã. A partir dessa hora começam a chegar os tours dos cruzeiros e as muralhas ficam super povoadas, o que estraga um pouco a experiência.

Outra das vantagens de percorrer as muralhas da parte da manhã é que dessa forma foge às horas de maior calor. Se não gosta de acordar cedo, vá ao final da tarde pois a partir das 17h os tours diminuem consideravelmente. Se for na época alta, pondere adquirir com antecedência o bilhete Skip-the-Line das Muralhas de Dubrovnik. Após visitar as muralhas não deite fora o bilhete pois o mesmo ainda lhe permite visitar sem custos o Forte Lovrijenac.

Agora que já conhece a cidade vista de cima, está na hora de partir à descoberta dos tesouros da cidade velha. Viaje no tempo ao atravessar o famoso portão Pile e deixe-se maravilhar com a arquitetura da cidade velha enquanto percorre a Stradun, a sua rua principal.

Visitar Dubrovnik RoteiroNão deixe de visitar o Museu Franciscano, a Fonte de Onofrio, o Palácio do Reitor, o Palácio de Sponza, a praça da Torre do Relógio, a Catedral de Dubrovnik e o Mosteiro Dominicano e de passear pelo porto antigo de Dubroivnik.

Já fora da cidade velha visite o Dubrovnik West Harbour e o Forte Lovrijenac (cenários da Blackwater Bay e da Red Keep na Guerra dos Tronos). Se é fã da série Guerra dos Tronos, não pode perder um tour guiado para conhecer os segredos por trás dos cenários de King’s Landing e da Red Keep. Reservámos este (clique para ver) através do Get Your Guide e recomendamos.

Termine o seu primeiro dia em Dubrovnik com um passeio pela animada marina e promenade de Lapad e assista ao pôr-do-sol na Sunset Beach.

Onde ficar em Dubrovnik – Sugestões de alojamento

A melhor zona para reservar alojamento quando visitar Dubrovnik é na Cidade Velha dentro das muralhas. Para além de estar dentro da ação, terá o melhor acesso a todos os pontos de interesse turístico a não perder em Dubrovnik. Some a essas vantagens o privilégio de sentir, nem que seja por umas noites, a verdadeira atmosfera da cidade “morando” numa das casas históricas. Obviamente que os preços são mais elevados, e na época alta podem atingir centenas de euros por noite. Portanto reserve alojamento em Dubrovnik com antecedência.

Na nossa recente roadtrip pelos Balcãs, a nossa escolha de alojamento em Dubrovnik incidiu num apartamento, o Apartman Višnja, muito bem localizado em Lapad. Tem lugar de parqueamento privado incluído no preço. Como a casa fica pertíssimo da paragem dos autocarros que iam diretamente para a Porta Pile, o ponto de entrada na Cidade Velha, não vacilamos na escolha. O apartamento é espaçoso, munido de todos os utensílios para uma estadia sem preocupações. Decorado com gosto e extremamente limpo, dispõe dum espaço exterior de jardim, ótimo para se sentar a tomar uma bebida. Ainda podemos usufruir de tranquilos passeios pela marina, a promenade e a praia Sunset Beach, do melhor que Lapad tem. Clique para mais informações, ler reviews de hóspedes e reservar a sua estadia no Apartman Višnja.

Se preferir o tratamento vip dum hotel em Lapad, olhe para as ofertas do Hotel Dubrovnik Palace. Quartos com varanda e vista para as Ilhas Elaphite, spa e sauna, centro de fitness, piscina com bar, acesso direto à praia e até centro de mergulho

Entre os alojamentos com excelente rácio custo-benefício na Old Town, as nossas sugestões são o bem munido, limpo e espaçoso Apartment Blaise-Old Town é um campeão de vendas e costuma fazer promoções muito agressivas; a localização dos Rooms Klarisa Palace é das melhores na Old Town, é um dos favoritos dos hóspedes, tem uma área de terraço e quartos limpos e confortáveis com vistas para a cidade: o bed & breakfast Scalini Palace tem quartos-studio privados com kitchenette, limpos e espaçosos e alguns com varanda com vista cidade.

Se procura uma alternativa mais económica, sugerimos o Hostel 365 For U, fora das muralhas com a mais valia de disponibilizar estacionamento no local por 10 €/noite, e o Hostel Angelina Old Town mesmo ao lado da Torre Micela.

Para uma estadia onde será tratado como uma celebridade, espreite o The Pucic Palace, um hotel de 5 estrelas com serviços de topo, todo o luxo e conforto… Não será difícil sentir-se como um nobre da Old Dubrovnik.

Clique para ver mais opções de alojamento em Dubrovnik

Dia 10 do roteiro na Croácia – Dubrovnik

Roteiro Croácia: o que visitar No último dia do roteiro da Croácia sugerimos que faça um passeio à famosa Ilha de Lokrum e que suba ao Monte Srjd para poder desfrutar das melhores vistas sobre a cidade de Dubrovnik.

Se ainda tiver energias faça um tour de Caiaque. Não só lhe permite conhecer a cidade de uma perspetiva diferente como ainda pode explorar várias grutas ao redor de Dubrovnik. Se preferir relaxar escolha uma das muitas praias de Dubrovnik e despeça-se do Adriático com um mergulho.


Quer mais dicas sobre a cidade? Então não deixe de ler o nosso roteiro de Dubrovnik


Sugestões para daytrips a partir de Dubrovnik

Tem mais um par de dias para alocar ao seu roteiro da Croácia? Então transforme-o num roteiro dos Balcãs. Ficou confuso? Nós explicamos. De Dubrovnik é possível fazer um tour de um dia a Mostar, na Bósnia e a Kotor, no Montenegro. Ambos os destinos são fenomenais e garantimos que não se vai arrepender de os visitar. Quanto muito vai é ter pena de não ficar por lá uns dias.

Kotot – Montenegro

  Tours de um dia a partir de Dubrovnik

Existem várias excursões de um dia que pode fazer a partir de Dubrovnik. Clique nos links abaixo para ver as nossas favoritas, ler reviews e fazer as suas reservas:

Dica VagaMundos: Na escolha dos tours, e porque os imprevistos acontecem, evite sempre reservar tours que não permitam cancelamento gratuito. Dê prioridade às excursões e actividades que têm boas reviews e permitam cancelar sem custos com (pelo menos) 48h de antecedência.

Mapa do Roteiro Croácia | Roadtrip


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do Roteiro na Croácia.

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem da World Nomads. São rápidos e fáceis de fazer, são a 100% especializados em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.