Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazer

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazer

Junte as facetas medieval e georgiana com estilo de vida moderna e tem uma cidade perfeita para escapadinha de fim de semana ao visitar Edimburgo. Fim de semana prolongado? Ainda melhor! Neste roteiro para visitar Edimburgo vai ver que o que não faltam são coisas para fazer na capital da Escócia.

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazer

Visitar Edimburgo é ir ao encontro de monumentos medievais, maravilhas arquitetónicas de fazer cair o queixo, museus de classe mundial, atrações históricas, hotéis luxuosos ilustres e lojas sofisticadas.

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazer
Castelo de Edimburgo

Visitar Edimburgo é também beber whisky e comer haggis, é sondar kilts em tweed escocês e ouvir gaitas de foles, é apreciar a grandeza georgiana da New Town e percorrer a rua da realeza ou arrepiar-se nos becos escuros e assombrados da Old Town, ambas listadas como Património da Humanidade UNESCO.

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazerHá quem considere que Edimburgo é cinzenta, do céu à terra. Discordamos. Se formos além das aparências, Edimburgo é bem colorida e tem mais para oferecer do que imagina.

Qual a cidade europeia para uma escapadinha de fim de semana onde pode começar a escalar um vulcão e acabar à gargalhada num bar com escoceses, contadores de estórias natos? Edimburgo! Não faltam experiências coloridas e atrações brilhantes. E um espírito que é o completo oposto dos seus habituais dias pardacentos e monumentos de arenito cinzento.

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazer
Royal Mile, rua incontornável num roteiro para visitar Edimburgo

As possibilidades são tantas que é capaz de se sentir perdid@ quando planear o seu roteiro para visitar Edimburgo. Não há necessidade de entrar em pânico. Para lhe dar uma mãozinha, reunimos neste artigo os lugares imperdíveis a incluir num roteiro de Edimburgo ideal para 2 ou 3 dias a visitar a capital da Escócia.

Como chegar a Edimburgo?

De avião: a forma mais rápida e prática de viajar de Portugal para Edimburgo é encontrando um voo com destino ao Aeroporto de Edimburgo (EDI). Há voos diários de Lisboa, Porto e Faro a Edimburgo, diretos e com escala. Olhe para as companhias aéreas low cost Ryanair e easyJet se procura voos baratos para Edimburgo.

Outra hipótese é pesquisar voos para Glasgow, depois apanhar um comboio que em menos de 1 hora faz o trajeto entre Glasgow e Edimburgo.

Como ir do aeroporto ao centro de Edimburgo?

Distância do Aeroporto ao centro de Edimburgo: 12 km

Bus: o shuttle bus Airlink 100 liga o aeroporto (bus stop A) ao centro de Edimburgo, mais precisamente a Saint Andrew Square, ao lado da estação ferroviária central de Waverley. É a opção mais popular já que opera 24/7 e há autocarro a cada 15 minutos (entre as 00h30min e as 04h30min a frequência é a cada 30 minutos). A viagem dura cerca de 30 minutos e um bilhete normal para uma viagem é de £4,50 (bilhete “open return”: £7,50). Pode adquirir o bilhete a bordo com pagamento contactless ou quantia exata (não dão troco). Livre-se do stress das comissões de câmbio por valor tão baixo ou ter que levar as moedas de libra esterlina exatas e reserve online o seu bilhete antecipado do Airlink 100 através do GetYourGuide. É só imprimir o voucher em casa e viaja descansado.

Tram/Elétrico: os trams (elétricos/bondes) são uma das maneiras mais fáceis de ir do aeroporto de Edimburgo ao centro da cidade, com serviços frequentes e duração de 30 minutos. Partem a cada 7 minutos das 07:00 às 19:00, e a cada 15 minutos fora desse horário. Para 1 viagem o custo é de £6,50.

Táxi: os táxis pretos (black cabs) têm capacidade para 5 pessoas e o preço da viagem até o centro de Edimburgo é de aproximadamente £40. Até Princes Street leva cerca de 25 minutos. É a forma mais cómoda de chegar ao centro de Edimburgo, mas pode ser dispendioso dependendo da localização do seu hotel.

Transfer privado: livre-se do stress com transporte entre o Aeroporto de Edimburgo e o centro da cidade reservando um transfer privado. Clique para ver as ofertas e reservar a que melhor se adequa às suas necessidades.

Quando visitar Edimburgo?

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazer
Calton Hill – Roteiro para visitar Edimburgo

A sua decisão de quando visitar Edimburgo depende inteiramente dos seus interesses.

Como cidade cultural, há sempre algo a acontecer em Edimburgo. Atuações musicais ou artísticas podem sair à rua a qualquer virar de esquina.

The Balmoral – Roteiro para visitar Edimburgo

Em termos de clima, espere o inesperado. Edimburgo é conhecida por viver as quatros estações no mesmo dia. Mesmo nos dias mais quentes, quando as temperaturas podem chegar a uns agradáveis 20ºC. Portanto, na hora de fazer a mala, pense em roupa para vestir em camadas e nunca se esqueça do impermeável e guarda-chuva.

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazer
Dean Village – Roteiro para visitar Edimburgo

Como acontece com a maioria das cidades europeias, a melhor época para visitar Edimburgo é o verão. Os meses de junho a agosto têm temperaturas mais elevadas e dias mais longos. É também a época alta, período em que a cidade é mais movimentada e concorrida. Certifique-se que assegura a sua reserva de hotel com vários meses de antecedência e prepare-se para muita gente e animação.

Se quiser fugir das multidões e economizar na sua viagem a Edimburgo, o fim da primavera e início do outono são as alturas do ano ideais para si. “Pechinchas”, só no inverno (novembro a março, excluindo Natal e Ano Novo). Mas conte com chuva copiosa, talvez até neve, e muito frio.

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazer
Palácio de Holyroodhouse – Roteiro para visitar Edimburgo

Visitar Edimburgo em agosto é ainda sinónimo de empolgantes “Fringe benefits”. É que a cidade é o palco de muitos festivais. Um deles é dos maiores e melhores festivais de artes do mundo: o Fringe.

Espere uma cidade encantadora na época festiva do Natal, com os mercados de Natal e um espetáculo de cores quando o Castelo de Edimburgo se ilumina e se torna o “Castelo da Luz”.

Onde ficar em Edimburgo? Sugestões de alojamento

Graças ao tamanho relativamente compacto da capital escocesa, não terá problemas em encontrar um alojamento onde ficar em Edimburgo com boa localização. Só reforçamos a recomendação de reservar alojamento na Old Town se é a sua primeira vez que visita Edimburgo ou se quer a localização mais central possível.

Nunca é demais relembrar: reserve o seu quarto com o máximo de antecedência possível de forma a garantir os melhores preços e opte sempre por reservar alojamentos que permitam o cancelamento gratuito, não vá ter algum imprevisto antes da sua viagem a Edimburgo.

Abaixo encontra os nossos hotéis favoritos em Edimburgo – testados e aprovados por nós – e adicionamos algumas sugestões de alojamentos que apresentam a melhor relação qualidade-preço na sua categoria.

ibis Edinburgh Centre Royal Mile

Mesmo no extremo da histórica Royal Mile, com as ruas mais atmosféricas de Edimburgo à porta, o ibis Edinburgh Centre Royal Mile é um hotel elegante e moderno com quartos luminosos e espaçosos, cada um com TV ecrã plano, uma casa de banho privada e uma grande secretária. Pode optar pela tarifa de quarto com pequeno almoço buffet incluído. A relação qualidade-preço é das melhores.

CoDE Co-Living – The LoFT

Um hostel atraente de estilo hispter na Rose Street, o CoDE The Loft oferece dormitórios bem arrumados, com beliches fechados, estilo pod, e casas de banho partilhadas reluzentes. Não há muito espaço para relaxar, mas há waffles no café da manhã e um inesperado quarto na cobertura privada com kitchenette e terraço, caso não queira um dormitório.

Native Edinburgh

Se procura apartamentos, o Native Edinburgh é uma excelente opção. Moderno e confortável, tem excelente cotação é um dos mais requisitados. Tem estúdios open-space e apartamentos com 1 quarto equipados com comodidades para uma estadia independente com total privacidade.

The Rutland Hotel & Apartments

O brilhante The Rutland exibe quartos elegantes, um salão luxuoso e um restaurante exclusivo com uma carta de vinhos invejável. Talvez seja mais convincente se revelarmos que tem vista para o Castelo de Edimburgo. Todos os quartos exclusivos com casa de banho privada apresentam uma decoração elegante e requintada, e incluem acesso Wi-Fi gratuito, um sistema de som surround, TV de ecrã plano, roupões de banho e amenities.

The Balmoral Hotel

Embora um hotel histórico de Edimburgo, não há nada de antiquado no The Balmoral Hotel, discretamente elegante. Quartos luxuosos, um restaurante com estrela Michelin, chás da tarde luxuosos, spa relaxante e o melhor serviço da cidade juntam-se num hotel genuinamente grandioso numa versão sofisticada do século XXI.

Clique para ver mais opções de alojamento em Edimburgo

Edimburgo, o que visitar? Roteiro ideal para 2 dias na capital da Escócia

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazer
Catedral de Santo Egídio – Roteiro para visitar Edimburgo

O que nos levou a visitar Edimburgo? Trainspotting. Para quem não sabe, é um filme. Para outros terão sido cenas do filme Um Dia ou da série Outlander, O Código Da Vinci ou Cloud Atlas, até mesmo Vingadores: Guerra do Infinito ou Velocidade Furiosa. Outros ainda terão sido atraídos à capital da Escócia onde, diz-se, J.K. Rowling foi buscar inspiração para a sua saga Harry Potter.

Independentemente da sua motivação, descubra como tirar o melhor partido da sua visita a Edimburgo sabendo os lugares imperdíveis para planear a sua viagem e traçar o seu roteiro.

Quando se começa a procurar o que ver e fazer em Edimburgo, apercebemo-nos que, mesmo pequena, Edimburgo tem muito para oferecer.

Dicas VagaMundos:

  • Se tem pouco tempo disponível, foque o seu roteiro para visitar Edimburgo na popular Old Town, onde estão os edifícios mais antigos. Entre o Castelo de Edimburgo e o complexo de Holyrood ligados pela Royal Mile tem a maior concentração de atrações e experiências. Terá muito com que se entreter.
  • Uma excelente aposta para visitar Edimburgo, poupando uns quilómetros às pernas, é comprar o bilhete do hop-on hop-off de 48 horas. Inclui os três circuitos de city tour (Edinburgh Tour, Majestic Tour, CitySightseeing Edinburgh) e as entradas no Castelo de Edimburgo, no Palácio de Holyroodhouse e no Iate Real Britannia.

Explore o Castelo de Edimburgo

Empoleirado no alto dum rochedo vulcânico, no Castle Rock, o Castelo de Edimburgo domina o horizonte. É o monumento mais emblemático da cidade e a atração turística mais visitada de toda a Escócia e como tal não pode faltar num roteiro para visitar Edimburgo.

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazerNa Idade Média, tornou-se no principal castelo real e atualmente alberga as Joias da Coroa Escocesa, conhecidas como as Honras da Escócia. Pode visitar os aposentos reais e as prisões por baixo do Great Hall, o Stone of Destiny, um famoso canhão do século XV, e o National War Museum. Tem que marcar online com antecedência pois as visitas são limitadas. Se quiser uma experiência mais envolvente, garanta a sua entrada sem filas no Castelo de Edimburgo reservando esta visita guiada.

Não se assuste com a salva de tiros de canhão disparada todos os dias (exceto domingos) à 1 hora em ponto, uma tradição viva desde 1861.

Percorra a Royal Mile a pé, à superfície…

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazerUma caminhada a pé na Royal Mile é a forma perfeita de conhecer Edimburgo. Há muitos cantos escondidos que oferecem algo novo a ser descoberto. Cortando a Old Town de este a oeste, dum lado e do outro alinham-se monumentos históricos e edifícios góticos misturados com pubs históricos para beber um trago de whisky e restaurantes típicos.

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazer
Palácio de Holyroodhouse

Unindo duas das principais atrações, do magnífico Castelo de Edimburgo ao Palácio de Holyroodhouse é uma milha exata de agradável passeio ao som de gaitas de foles e músicos talentosos à espera de serem descobertos. Siga a calçada e cruzar-se-á com algumas das mais famosas atrações e experiências da cidade. Entre elas:

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazer
Scotch Whisky Experience – um paraíso para os amantes de Whisky
  • a Catedral de Santo Egídio, dedicada a Santo Egídio, o padroeiro de Edimburgo, (dica VagaMundos: olhe para o chão, encontre o mosaico do Coração de Midlothian. Se vir alguém cuspir-lhe em cima, não se indigne, é uma tradição de longa data em Edimburgo);
  • a pitoresca Jonh Knox House, com vestígios que remontam a 1470 o que faz dela, e à Moubray House adossada, a casa medieval original mais antiga de Edimburgo, albergando atualmente o Scottish Storytelling Centre
Catedral de Santo Egídio
  • Canongate Kirk, uma igreja presbiteriana do século XVII e última morada de muitos escoceses ilustres;
  • o ultramoderno Parlamento Escocês;
  • e o complexo palaciano Palace of Holyroodhouse e Abadia de Holyrood a fechar a milha, onde pode inclusivamente entrar na residência oficial da rainha na Escócia, antes de escalar o vulcão extinto até Arthur’s Seat no Holyrood Park.

… E pelas galerias subterrâneas

Mas há uma Edimburgo e Royal Mile subterrâneas, cujas galerias e pedras da calçada guardam histórias do passado sombrio da cidade, que só é possível conhecer numa excursão pelas galerias subterrâneas. Desperte o caça-fantasmas que há em si e faça um tour de fantasmas na Royal Mile: conte com almas penadas vítimas da Peste de 1645, de serial killers como William Burke e William Hare, e uma abundante população de outros fantasmas. Escute histórias com detalhes arrepiantes pelas ruas escuras, os bairros de lata onde as condições de vida eram miseráveis, e o red light disctrict por baixo da South Bridge. No final, ainda se dá conta que deu mais gargalhadas do que esperava.

Saboreie a vida e gastronomia escocesa no Grassmarket e Victoria Street

Um curto desvio a sul da Royal Mile conduz ao Grassmarket, uma praça histórica praticamente inalterada desde 1477 que não pode deixar de constar no seu roteiro para visitar Edimburgo. Outrora mercado de gado e local de execuções (yikes!), hoje é morada de alguns dos melhores restaurantes de Edimburgo. Ainda não perdeu o seu carácter de núcleo social: é um spot cultural, com atuações ao vivo de artistas locais e espaço de eventos.

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazerNa continuação, a Victoria Street está sempre aperaltada para o Instagram. As típicas casas são um chamariz por causa do inesperado colorido dos pisos térreos, onde encontra um bom punhado de restaurantes para saciar a fome.

Nas proximidades e obrigatório para os fans de Harry Potter: tomar um café no The Elephant onde J.K. Rowling começou a esboçar as primeiras linhas da saga do feiticeiro aprendiz. Se é um potterhead, não vai querer perder este tour pelos locais de Edimburgo onde tudo começou.

Maravilhe-se com as vistas do Arthur’s Seat…

Outro imprescindível num roteiro para visitar Edimburgo é subir a um dos seus pontos altos e ver Edimburgo a partir das alturas. E Arthur’s Seat, no vulcão extinto de Edimburgo, é um favorito incontestável. Quer as suspeitas de ter sido o local original de Camelot, o mítico castelo do Rei Artur, se venham um dia a confirmar ou não, a singular panorâmica sobre a cidade e o estuário do Rio Forth é inegável e absolutamente incrível! Especialmente ao nascer do dia e ao pôr do sol.

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazer
Ruínas de Saint Anthony’s Chapel – Roteiro para visitar Edimburgo

Se tiver tempo (e pernas), tente a sorte lançando uma moedinha na lendária fonte Saint Margaret’s Well e visite as ruínas de Saint Anthony’s Chapel.

… Ou do Calton Hill

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazerSe a subida ao Arthur’s Seat lhe parecer “fruta a mais”, o Calton Hill é o second best. Muito menos íngreme e apenas a uma curta caminhada do centro da cidade. Calton Hill oferece ao visitante algumas das vistas mais icónicas de Edimburgo: o skyline de Edimburgo, Arthur’s Seat e o porto de Leith, especialmente a partir do Dugald Stewart Monument.

A Calton Hill é conhecida como a “Atenas do Norte” por causa do National Monument, erguido em homenagem aos soldados que perderam a vida nas guerras napoleónicas, a parecer um mini-Pártenon. Sim, os escoceses tentaram fazer a sua própria Acrópole na colina mais famosa mas a obra nunca foi terminada (acabou-se o dinheiro!)

Explore a New Town, um mundo de prazeres

Não se pergunta a idade às senhoras, mas, aqui que ninguém nos ouve, a elegante New Town tem mais de duzentos anos.

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazer
Haggis, o prato tradicional escocês

Calcorreie a Princes Street, imprescindível em qualquer roteiro para visitar Edimburgo. Na fronteira com a Old Town, explore os pubs e restaurantes locais. Se estiver quase para fechar o dia do seu roteiro para visitar Edimburgo, pare num dos restaurantes (encha-se de coragem) e peça haggis, o prato tradicional escocês: bucho de ovelha recheado com miudezas de rim, coração e pulmão de carneiro, ligadas com aveia.

The Balmoral – Roteiro para visitar Edimburgo

Senão, aprecie a elegante arquitetura da zona coroada pelo histórico hotel The Balmoral com a sua icónica torre do relógio (propositadamente atrasado 3 minutos para as pessoas chegarem a tempo ao comboio).

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazer
Scott Monument – Roteiro para visitar Edimburgo

Ou suba ao Scott Monument, o memorial vitoriano em forma de pináculo que homenageia o escritor Sir Walter Scott (as vistas do topo valem o preço e cada gotinha de suor derramada a subir os 282 degraus).

George Street

Ou shop til you drop nas lojas da monumental e elegante George Street, onde toda a grandeza da arquitetura georgiana resplandece com fulgor, e termine descontraidamente a beber uma cerveja num dos animados pubs da rua pedonal de Rose Street.

Relaxe nos Princes Street Gardens

Princes Street Gardens é um belíssimo parque público com belas vistas para o Castelo de Edimburgo. Separando a Old Town da New Town, tem canteiros floridos exuberantes espalhados pelo relvado, com vários monumentos públicos e memoriais, como a Ross Fountain do século XIX com representacões escultóricas da ciência, arte, poesia e indústria, ou um relógio florido que é renovado todas as primaveras desde 1903. É um ótimo lugar para se estender na relva e descansar os pés no seu roteiro para visitar Edimburgo.

Deambule pela pitoresca Dean Village

Dean Village é um lindo oásis de tranquilidade nas margens do rio Water of Leith, a apenas cinco minutos a pé da Princes Street. Um refúgio de sossego aldeão na cidade com um charme pitoresco irresistível. Nem pestaneje na hora de a incluir no seu roteiro para visitar Edimburgo.

No passado, a aldeia abrigava moinhos de água de vários tipos, e os vestígios da indústria de moagem ainda podem ser vistos hoje. Escondidas na aldeia, descubra pedras de moinho e placas de pedra esculpida decoradas com pães e tortas.

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazerNo coração de Dean Village está o Well Court, o edifício mais icónico da vila, construído por volta de 1880 e criado como modelo de habitação para os operários que laboravam nos moinhos, acrescenta um encanto pitoresco.

Siga o passeio ao longo do Water of Leith e você chegará à impressionante Dean Bridge e ao clássico templo de St Bernard’s Well.

A uma curta caminhada da vila estão a Dean Gallery e a Galeria de Arte Moderna, ambos impressionantes edifícios clássicos, agora convertidos em galerias de arte.

Museus e cultura

Edimburgo é o sítio ideal para amantes da cultura com dezenas de espaços dedicados ao conhecimento espalhados um pouco por toda a cidade. E a boa notícia é que a grande maioria é de entrada grátis.

National Museum of Scotland

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazerConheça milénios da história da Escócia desde os primeiros habitantes da terra à modernidade. O National Museum of Scotland “reconstrói” a história da Escócia e reúne um impressionante acervo de história de natural e geologia, achados arqueológicos, antropologia, arte, flora e fauna. A destacar a famosa ovelha clonada Dolly, uma guilhotina do século XVI conhecida na Escócia como The Maiden e o Millenium Clock Tower cujas figurinhas contam 1000 anos de acontecimentos e eventos marcantes.

National Galleries of Scotland

A Scottish National Gallery está situada no coração de Edimburgo e é lar de uma das melhores coleções de belas artes do mundo. Uma das três National Galleries of Scotland em Edimburgo de entrada gratuita para as exposições permanentes.

A neogótica National Portrait Gallery em Queen Street apresenta a história escocesa de um modo diferente, através de “autorretratos” que ilustram diversas épocas.

E os Modern One e Modern Two com a sua coleção de visita obrigatória para os fãs de arte contemporânea. De certeza que vai reparar no néon Everything’s Going to be Alright no topo da fachada clássica do Modern Two.

Desvende os mistérios dos “closes” de Edimburgo

The Real Mary King’s Close – Roteiro para visitar Edimburgo

Edimburgo tem muitos segredos. Os closes de Edimburgo são um deles. Ou melhor, dezenas deles. São típicos becos e quelhos escuros antigos, regra geral privados, cujas características são propícias ao imaginário escocês (que é pródigo em fazer nascer histórias como cogumelos). Acontece que algumas são comprovadamente reais.

The Real Mary King’s Close é o close mais famoso de Edimburgo com um curto troço subterrâneo, emaranhado de histórias arrepiantes que assombram os habitantes locais desde o século XVII. Fantasmas à parte, esta atração só pode ser visitada num tour que oferece uma descrição da vida dentro do Mary King’s Close entre os séculos XVI e XIX. Gratuitos e acessíveis a visita, outros dos becos conhecidos são o Lady Stair’s Close, onde se encontra o Sccotish Writer’s Museum, e o Advocates Close.

Assista a um dos seus festivais: o Fringe…

Ninguém no mundo do teatro e da comédia cometeria a loucura de perder o maior festival de artes do mundo. Cada pedra da calçada das ruas de Edimburgo ganha vida com o maior leque de artes ao vivo e a cores. As salas de teatro enchem-se de ávidos espetadores arrebatados pelos espetáculos oferecidos. O Fringe é famoso pela comédia extravagante e os dramas pouco convencionais enquanto o International Festival é aclamado por trazer ópera, música clássica e teatro de elevada qualidade. Ambos os festivais dão-nos a oportunidade de ver talentos fabulosos, oferecendo desempenhos de qualidade excecional.

… Ou o Edinburgh Military Tattoo

O Edinburgh Military Tattoo é um dos eventos mais icónicos da Escócia. Anualmente em agosto, centenas de milhares de pessoas de todo o mundo concentram-se em Edimburgo para a apresentação espetacular das melhores bandas militares do mundo, de músicos e bateristas, de bailarinos e grupos de teatro. Cada espetáculo de 90 minutos termina com o assombroso Lone Piper a tocar gaita de foles, tornando a experiência inesquecível.

Seguro de Viagem para Edimburgo

Algo que consideramos muito importante numa viagem a Edimburgo é um bom seguro de viagem com coberturas que nos façam sentir totalmente protegidos. E no atual contexto epidemiológico, é de crucial importância que um seguro de viagem tenha cobertura COVID-19. Só assim é possível viajar com tranquilidade.

Na hora de comprar um seguro de viagem, a nossa escolha recai sempre na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em seguros de viagem, apresenta sempre o melhor rácio custo-benefício do mercado, e todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19, a preços surpreendentemente económicos.

Clique para fazer uma simulação para a sua viagem a Edimburgo e receba um desconto de 5% na compra do seu seguro de viagem usando o nosso link.

Restaurantes onde comer?

Beef Ale Pie – um dos pratos que não pdoe deixar de provar quando visitar Edimburgo

A Royal Mile tem muita oferta de restaurantes onde comer em Edimburgo, direcionados para o turista. Também na George IV Bridge, há uma excelente seleção de restaurantes que servem todos os tipos de comida, desde a tradicional escocesa até jantares sofisticados e contemporâneos, bem como bares trendy. Ou siga a charmosa Victoria Street até à área histórica de Grassmarket, que tem mais do que sua quota parte de excelentes pubs e mantém um carácter único e uma atmosfera agitada. Se ainda lhe sobrar energia (e tempo!), encontre um ceilidh, um evento tipicamente escocês que envolve musica folclórica escocesa, muita dança e muita pinga! Sai de lá com uma boa dose da verdadeira cultura escocesa.

Onde sair à noite em Edimburgo?

Edimburgo é o local perfeito para aproveitar a vida noturna duma cidade. Desde os pubs literários, aos bares trendy, há estabelecimentos para agradar a todos os gostos. Edimburgo tem uma vida musical e artística repleta de talento, por isso, aproveite um show de música ao vivo num dos pubs típicos. Apesar de estarem espalhados um pouco por toda a cidade, a nossa zona favorita para sair à noite em Edimburgo é a New Town.

Visitar Edimburgo em 3 dias: excursão de 1 dia às Highlands

A Escócia não se resume a Edimburgo. Visitar Edimburgo é uma excelente oportunidade de descobrir outras regiões deste país de lendas e mistérios que despertam o imaginário, e paisagens naturais incríveis.

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazer
Highlands – o melhor passeio que pode fazer a partir de Edimburgo

Como as Highlands, a região montanhosa a norte dos clãs escoceses que lutaram contra a coroa de Inglaterra para libertar a Escócia do seu domínio. A maior estrela é o famoso lago de Loch Ness que, segundo a lenda, é o lar do Monstro de Loch Ness. Crentes e céticos debatem a sua existência, mas é um facto que Nessie faz parte do imaginário popular e da cultura da Escócia. Não esquecendo as paisagens deslumbrantes do vale de Glencoe, dignas de cenários de filmes. Se poder acrescentar mais um dia ou dois ao seu roteiro para visitar Edimburgo não hesite em ir conhecer estes locais mágicos da Escócia.

Visitar Edimburgo: Roteiro de 2 e 3 dias com o que ver e fazer
Castelo de Urquhart – Lago Ness

Pode organizar a viagem de forma independente alugando um carro, ou recorrendo a um tour organizado de forma a livrar-se das questões logísticas (uma excelente opção se só tiver um dia para visitar as Highlands).

Se optar pelo tour organizado, sugerimos que espreite esta excursão de 1 dia do GetYourGuide partindo de Edimburgo(clique para ver) que combina a visita ao Lago Ness e ao vale de Glencoe acompanhado por um guia local especializado. A reserva é feita online e permite cancelamento, sem custos, até 24h de antecedência.

Mapa do roteiro para visitar Edimburgo


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro para visitar Edimburgo.

Outros Roteiros de Cidades Europeias

Amesterdão | Atenas | Barcelona | Berlim | Bruxelas | Budapeste | Copenhaga | Cracóvia | Dublin | Dubrovnik | Estocolmo | Florença | Genebra | Hamburgo | Liubliana | Londres | Madrid | Munique | Oslo | Paris | Praga | Sarajevo | RomaValletta | Viena | Vilnius | Zagreb

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.