Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer

Ainda não sabe o que visitar na Figueira da Foz? Venha descobrir os tesouros escondidos, para além das extensas praias de areia branca e macia, desta que é uma das mais populares estâncias balneares do Centro de Portugal. Neste roteiro para visitar a Figueira da Foz propomos uma escapadinha de momentos inesquecíveis que engloba o que ver e fazer, onde dormir e onde comer, sempre acompanhado por um mapa dos lugares imperdíveis a visitar na Figueira da Foz.

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
O gigantesco areal da Praia de Quiaios

Todos sabemos que a Figueira da Foz é um dos destinos mais aliciantes de Portugal para umas férias de sol e mar. Na verdade, ao visitar a Figueira da Foz vai descobrir um destino completo que oferece repouso e diversão em igual medida, património valioso e cultura multifacetada, natureza resplandecente e adrenalina infinda.

Desperte os sentidos sem reservas. Sinta, saboreie, contemple, ouça, respire. Preparad@?

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Fortaleza de Buarcos
Aproveite a sua visita à Figueira da Foz e parta à descoberta de outros encantos e segredos do Centro de Portugal que ficam bem perto da cidade. Leia os seguintes artigos para dicas e inspiração:

Onde fica a Figueira da Foz e como chegar?

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Cabo Mondego – um dos locais que tem mesmo de visitar na Figueira da Foz

Figueira da Foz é uma cidade portuguesa pertencente ao distrito de Coimbra, situada no litoral atlântico do Centro de Portugal. A cidade costeira e portuária fica situada na foz do rio Mondego onde este desemboca no Oceano Atlântico. É a segunda maior cidade do distrito de Coimbra.

Muito bem munida de acessos rodoviários e com uma localização geográfica privilegiada, o acesso à cidade pode ser feito por estrada – utilizando a A1, A17 e A14, distando apenas 30 minutos de Coimbra, 1 hora do Porto e hora e meia de Lisboa.

Quando visitar a Figueira da Foz?

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Palácio Sotto Mayor – Roteiro para visitar a Figueira da Foz

A Figueira da Foz tem um clima mediterrânico, portanto qualquer época do ano é boa para visitar a Figueira da Foz.

No inverno as temperaturas variam entre os 7°C e os 14°C raramente descendo abaixo dos 0°C. O tempo costuma estar instável com ocorrência de períodos de chuva.

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Todas as estações são boas para visitar o Casino da Figueira da Foz

No verão, a promessa de tempo soalheiro e seco é cumprida com temperaturas a oscilar entre os 15°C e os 25°C podendo ultrapassar os 35°C em vagas de calor. Ainda assim, os dias nebulosos também marcam presença e o vento tende a soprar moderado (por vezes forte) de noroeste, principalmente durante a tarde, final do dia e princípio da noite.

A temperatura média anual ronda os 15°C. A temperatura da água do mar varia entre os 14-15°C em janeiro e fevereiro e entre os 18-19°C em agosto e setembro.

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Nada como o verão para desfrutar das maravilhosas praias da Figueira da Foz

Os eventos e festividades de maior relevo na cidade da Figueira da Foz são o Carnaval, Festas da Cidade em junho, com ponto alto nas Marchas de São João e a Feira das Freguesias a decorrer em simultâneo. A cidade tem também muita afluência de visitantes aquando dos Festivais Gastronómicos e da Passagem de Ano. Em julho, não esqueça o RFM Somnii, O Maior Sunset do Mundo, que durante 3 dias traz à Praia do Relógio os melhores DJ’s nacionais e internacionais.

Onde ficar a dormir na Figueira da Foz? Sugestões de alojamento

Como zona balnear por excelência, há vasta oferta de alojamentos. Por isso, a escolha de onde ficar a dormir na Figueira da Foz pode não ser fácil. Há uma grande variedade de alojamento, para todos os níveis de conforto e orçamento, as pequenas pensões familiares, apartamentos e casas de férias, hostels e hotéis de luxo. Se visita pela primeira vez, recomendamos reservar alojamento o mais próximo possível da praia.

Para lhe dar uma ajuda, abaixo encontra os nossos alojamentos favoritos na Figueira da Foz que apresentam a melhor relação qualidade-preço.

Eurostars Oasis Plaza: hotel 4 estrelas com vistas espetaculares para o Oceano Atlântico. Está localizado em frente à praia, no centro da Figueira da Foz. Com piscina interior aquecida, Spa, tratamentos de beleza e bem-estar, e centro de fitness. Escolha o seu quarto com vista mar.

Malibu Foz Hotel: um hotel 4 estrelas com serviços de qualidade e quartos modernos, todos munidos de varanda. Ampla piscina exterior, restaurante e lounge bar, sala de cinema, kids club e centro de fitness. Estacionamento gratuito. A 5 minutos a pé da praia mas pode solicitar uma bicicleta do hotel. Verifique disponibilidade e preços.

EXE Wellington: a atenção ao detalhe sobressai neste 3 estrelas moderno, com um ambiente que emana tranquilidade. Quartos e suites privados, confortáveis e decorados com extremo bom gosto. A relação qualidade-preço sobe de patamar por ter o pequeno-almoço incluído. Escolha o seu quarto ou suite.

Universal Boutique Hotel: um boutique hotel confortável, citadino, moderno. A 50 metros da praia e do Casino da Figueira. Quartos temáticos duplos ou twin com mobiliário contemporâneo, união perfeita do conforto à elegância. Cheio de caráter e romantismo. Veja fotos, leia reviews e reserve.

Marina Charming House: uma guesthouse com excelente relação qualidade-preço e tratamento personalizado. Localização central, pertíssimo da praia do Forte de Santa Catarina, com um terraço que oferece vista mar, para a marina e para o Rio Mondego. Sossegado e charmoso. Fabuloso pequeno-almoço incluído. Reserve com antecedência.

Clique para ver mais opções de alojamento na Figueira da Foz

O que visitar na Figueira da Foz?

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Vista do Miradouro do Cabo Mondego

Há uma sensação de liberdade e bem-estar que, de mansinho, vai invadindo quem visita a Figueira da Foz. A cidade costeira parece murmurar “ouse, atreva-se, arrisque, aventure-se”. De dia e de noite.

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Antigo edifício do Casino da Figueira

É assim desde o século XIX quando a aristocracia portuguesa descobriu as virtudes da praia urbana mais larga da Europa. “Ir a banhos à Figueira” tornou-se um hábito entre a elite que enchia os salões elegantes do Casino da Figueira inaugurado em 1884, o mais antigo de toda a Península Ibérica. A fama espalhou-se e visitar a Figueira da Foz era deleite de nacionais e estrangeiros, tornando-se num dos destinos turísticos mais importantes de Portugal.

O imenso areal da praia da Figueira

Do casamento feliz entre a autenticidade duma vila piscatória com porto de pesca tradicional) e a herança cosmopolita, nasce uma cidade cheia de vida, com sol, praia e mar exuberantes a saciar a estância balnear mais frequentada de Portugal. A Figueira da Foz evoluiu, cresceu e abriu-se ao mundo, sendo hoje uma cidade “para todos e de todos”.

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazerPerca-se pelas suas ruas, ladeadas de casas típicas ou mansões elegantes. Descubra as lojinhas de comércio local, entre os negócios familiares do quotidiano e as sedutoras montras das marcas de luxo.

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Torre do Relógio

Demore-se a ver e ser visto na promenade à beira-mar, da Tamargueira à Torre do Relógio, e daí, pela Marina até ao largo do Relógio de Sol mesmo defronte do belo edifício da Câmara Municipal.

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Marina da Figueira da Foz

Pare para um café ou um gelado (e se eles são bons na Figueira da Foz!) numa das esplanadas enquanto vê a vida passar – descontraída, animada e elegante!

Praias da Figueira da Foz

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Praias selvagens do Cabo Mondego

A Figueira da Foz é conhecida como a “Rainha das Praias”. Portanto, ao longo de 34 km de costa atlântica, é garantido que vai encontrar “a sua praia” quando visitar a Figueira da Foz. No menu encontra praias de areia fina e macia, com ondas ou águas flat, com rochas, pequenas piscinas naturais… Cada uma mais tentadora que a outra!

Praia de Buarcos – Visitar Figueira da Foz

Entre o ar pitoresco e colorido dos toldos de pano listrados da Praia de Buarcos ou apanhar a onda de Buarcos, a onda direita mais longa da Europa… O extenso areal da Praia da Claridade ou do Relógio, com a omnipresente Torre do Relógio e palco de competições internacionais de futebol de pé descalço… A adrenalina das ondas atlânticas revoltas da Praia do Cabedelo… Assistir à arte xávega na Praia da Leirosa… Só para nomear algumas.

Praia da Claridade ou do Relógio

Há muito espaço para estender a toalha e molhar o pé, praticar desportos náuticos ou de praia. E não faltam as melhores condições, equipamentos e infraestruturas na Beach Sports City. Ondas para o surf e brisa para o windsurf, kitesurf ou vela? Check. Desportos motonáuticos? Check. Campos futebol de praia, voleibol de praia, de rugby, andebol, basquetebol e um skate park? Check. Ciclovias e “pedovias” para esticar as pernas? Check.

À maior praia urbana da Europa juntam-se a opção das águas calmas do Mondego, cuja foz deu nome à cidade, ou os areais e enseadas mais recônditos e sossegados que se espalham tanto para norte como para sul.

Dica VagaMundos: gosta de desafios físicos aliados a momentos de grande emoção? Então não pode mesmo perder o Parque Aventura Figueira da Foz, o maior parque de arborismo de Portugal.

Bairro Novo

De cara virada para o mar, o Bairro Novo, foi a resposta da cidade ao número crescente de veraneantes que desde o século XIX começaram a visitar a Figueira da Foz em busca das praias deste destino soalheiro e acolhedor.

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Palácio Sotto Mayor

Qualquer semelhança com as estâncias balneares do sul de França, não é pura coincidência. Uma pincelada de Art Nouveau aqui, outra de Art Déco acolá, um retoque de cerâmica modernista portuguesa acoli. As belas casas e edifícios são o emblema da época áurea e um cartão postal identificativo do bairro mais chique da Figueira. O exemplo máximo destas casas luxosas é o Palácio Sotto Mayor. Único e sem rival.

Mercado Municipal Engenheiro Silva

Outros edifícios da viragem de século bebem dos estilos vigentes da Belle Époque, competindo em elegância e opulência: o Casino Oceano, a Casa das Conchas, os salões do Theatro-Circo Saraiva de Carvalho (a.k.a. Casino da Figueira), o Teatro Caras Direitas e o Teatro Trindade (ambos em Buarcos), e até certa medida o Mercado Municipal Engenheiro Silva.

Roteiro histórico-cultural da Figueira da Foz

Sitio Classificado de Montes de Santa Olaia e Ferrestelo

Não nos vamos alargar com a escrita, mas escusado será dizer que ao visitar a Figueira da Foz vai descobrir uma linha temporal histórica bem longa. Nada melhor do que fazer essa viagem histórico-cultural visitando os espaços que melhor narram os episódios de relevo, cujos primórdios remontam à Idade do Ferro como o provam o castro no Sitio Classificado de Montes de Santa Olaia e Ferrestelo, ou milenar Dólmen das Carniçosas na Serra das Alhadas. Mas isto é nos arredores. Vamos focar-nos na cidade.

Parque das Abadias e Museu Municipal Dr. Santos Rocha

Comece por uma visita ao centenário Museu Municipal Dr. Santos Rocha, guardião dum vasto espólio de arqueologia, pintura, escultura, cerâmica e mobiliário. Aproveite para espreitar o cartaz de eventos do Centro de Artes e Espetáculos ou para relaxar no enorme espaço verde do Parque das Abadias.

Casa do Paço

Rume à Casa do Paço, que o vai deslumbrar com a sua coleção única de Azulejos Delft, uma das maiores coleções de azulejos holandeses de figura avulsa in situ do mundo. Pelo caminho, poderá visitar a Igreja Matriz de São Julião, a mais antiga da cidade e com um retábulo de pedra quinhentista, e o Pelourinho da Figueira da Foz.

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Igreja Matriz de São Julião
Dica VagaMundos: caso seja do seu interesse conhecer o património religioso, vá admirar a pintura do Convento de Santo António e o núcleo de arte sacra da vizinha Igreja da Ordem Terceira de São Francisco.
Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Salinas do Mondego

Mar e sal são fonte de tradições seculares patentes no Núcleo Museológico do Mar, no bairro de Buarcos, e no Núcleo Museológico do Sal, nas salinas do Mondego na ilha da Morraceira.

Forte de Santa Catarina

Na arquitetura militar o destaque vai para o emblemático Forte de Santa Catarina no extremo sul da praia da Figueira da Foz, embelezado pelo Espelho de Água, e para a Fortaleza de Buarcos, uma muralha defensiva situada a norte da praia. Seja verão ou inverno, a marginal da Figueira da Foz tem sempre alguém a desfrutar do seu encanto, a pé, de bicicleta ou em patins.

Fortaleza de Buarcos
Dica VagaMundos: na nossa opinião, um desvio ao Fortim de Palheiros é dispensável. Apesar de fazer parte da linha defensiva histórica, o fortim tem pouco interesse turístico, carecendo de uma séria valorização.

Buarcos

Se conseguir tirar o pé da areia da praia de Buarcos, protegida dos ventos norte pelo Cabo Mondego, há um bairro super castiço e interessante para conhecer.

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazerEntre o casario típico da vila piscatória de Buarcos, encontra o já mencionado Museu do Mar, a extensa frente marítima da Fortaleza de Buarcos que roubou importância estratégica ao desaparecido Castelo de Redondos do qual apenas resta um cunhal da antiga torre, os Pelourinhos de Buarcos e de Redondos.

Igreja Paroquial de São Pedro

Descubra a bela talha dourada da Igreja Paroquial de São Pedro, os azulejos da Igreja da Misericórdia de Buarcos e a singela Capela da Senhora da Conceição. Mas o mais agradável é deambular pelas ruas, ruelas e becos dum coração que bate ao ritmo do bairro de pescadores que lhe está na génese. Não se esqueça de cumprimentar a “Varina de Buarcos e “O Pescador”.

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer

O que ver e fazer nos arredores da Figueira da Foz?

E se visitar a Figueira da Foz é excelente para uma escapadinha perfeita à beira-mar, nas redondezas encontra desculpas mais que suficientes para uma indulgente e preenchida semana de férias.

Miradouros da Figueira da Foz na rota do Cabo do Mondego

Figueira da Foz, o que visitar | Roteiro com o que ver e fazer
Farol do Cabo Mondego – ponto de paragem obrigatória num roteiro pela Figueira da Foz

Não dispensa um bom miradouro? Pois ao visitar a Figueira da Foz tem uma boa dezena deles. Para norte, uma incursão pela Serra da Boa Viagem começa no Miradouro do Cabo Mondego, passagem no Farol Velho, com imprescindível paragem no Farol do Cabo Mondego. Recentemente, o Cabo Mondego foi declarado Monumento Natural Nacional.

Farol Velho

Suba a Serra da Boa Viagem, até ao restaurante Abrigo da Montanha para comida e vistas de babar ou uma “selfie farol”. Perceberá ao chegar lá. Tem ainda o Miradouro da Vela com vistas sobre a cidade, a foz do Mondego e toda a sua área ribeirinha, o Salgado Figueirense onde se situam as Salinas do Mondego, e em dias completamente limpos, toda a orla costeira até às Ilhas Berlengas.

Serra da Boa Viagem

Miradouro da Bandeira

Adentre-se pelo Parque Florestal da Serra da Boa Viagem, “a sua casa na natureza” e a maior mancha florestal do concelho da Figueira da Foz. Traga o picnic e muito tempo. Não perca o Miradouro da Bandeira com vistas que alcançam a Murtinheira, a vila e a Praia de Quiaios, os Palheiros da Tocha e as Lagoas do Bom Sucesso, estendendo-se até à Serra do Bussaco.

A Serra da Boa Viagem é perfeita para quem gosta de um bom trilho pedestre
Dica VagaMundos: prepare as solas de borracha, das botas ou da BTT. Reserve um dia para se embrenhar no mato percorrendo o trilho PR3 FIG – Rota da Boa Viagem, passando por casas de guarda, a capela de Sto. Amaro, a Fonte de Santa Marinha, a Capela de Santo Amaro, as praias da Murtinheira e a geologia singular do Vale de Anta. A cerca de um quilómetro de Quiaios, esconde-se a Cascata da Serra da Boa Viagem no meio da vegetação densa, mas não conte com queda de água fora da época das chuvas.

Praia de Quiaios

Marque a Praia de Quiaios no seu mapa para quando quiser fugir das praias mais badaladas da frente marítima da Figueira da Foz. O areal é muito procurado pelos amantes das ondas já que o mar por aqui é temperamental, com forte ondulação.

Mas como é tão extenso, orlado por vegetação e dunas com a Serra da Boa Viagem como pano de fundo, é popular entre os adeptos das praias cénicas e menos frequentadas. Com a vantagem de ter serviços de apoio para banhistas na época balnear. Longos passadiços de madeira permitem um acesso facilitado ao areal através das dunas.

Lagoas da Figueira da Foz

Pôr-do-sol na Lagoa da Vela

Parta à descoberta das lagoas do concelho da Figueira da Foz, um sistema lagunar dulçaquícola em Quiaios composto pelas lagoas das Braças, da Vela e Salgueira. A melhor referência é a Lagoa da Vela, espaço de serenidade e paisagens estupendas, enriquecida pela flora e fauna observáveis ao longo dos Passadiços da Lagoa da Vela.

Dica VagaMundos: que tal um pôr-do-sol memorável? Do lado leste da Lagoa da Vela tem uma perspetiva dourada da lagoa no embalo suave do baloiço “Isto é Timor”.
Lagoa de Maiorca

A vila de Maiorca tem os seus maiores pontos de interesse turístico no Paço de Maiorca, no Palácio do Conselheiro Branco, na Igreja Matriz e na Casa da Baía. Mas o grande chamariz de visitantes é a Lagoa de Maiorca. Apesar de ser uma lagoa artificial resultante do enchimento duma antiga pedreira, chama as atenções por causa das águas dum azul e verde-esmeralda intensos. Infelizmente está localizada em propriedade privada e como tal o acesso é restrito.

Montemor-o-Velho

Se gosta de territórios com identidade e tradição, não pode perder uma visita à vila portuguesa de Montemor-o-Velho, conhecida pela excelente gastronomia e doçaria conventual. Comece pelo Castelo de Montemor-o-Velho, a maior fortificação do Mondego cujo recinto muralhado integra a Igreja de Santa Maria da Alcáçova.

Pasme-se com as vistas sobre os arrozais onde nasce o saboroso Arroz Carolino do Baixo Mondego! Deambule pelos recantos do centro histórico, já fora das muralhas, para contemplar casas senhoriais permeadas pela arquitetura popular. Do património religioso fazem parte a Igreja de São Martinho, matriz da vila, e a Igreja da Misericórdia. Descanse nos largos e jardins e confraternize com esta gente simpática.

Onde sair à noite na Figueira da Foz

Um brinde às noites da Figueira da Foz

Basta sair porta fora! A animada vida noturna é um dos fatores de popularidade e uma das grandes razões para visitar a Figueira da Foz. As opções de entretenimento são mais que muitas. As noites dividem-se entre o convívio nos bares, esplanadas, discotecas, o prazer dum drink num ambiente refinado ou arriscar a sorte no Casino, as exposições de arte de grande qualidade e os grandes espetáculos nacionais e internacionais a que pode assistir no Centro de Artes e Espetáculos.

Quando o desejo é um ambiente mais calmo, desejo concedido. Vire-se para o mar! Nada como um passeio na marginal, a sentir a brisa do mar e a escutar o rebentamento das ondas no silêncio da noite.

Restaurantes onde comer na Figueira da Foz

A bela da sardinhada!

Visitar a Figueira da Foz e não pôr a dieta de parte, é um verdadeiro crime. A gastronomia da Figueira da Foz é a certeza de momentos únicos de prazer entre o que a faina traz à rede e a qualidade dos produtos agrícolas das terras regadas pelo Mondego. Sabores apurados pelo saber de longa tradição. Escusado será dizer que o peixe e marisco frescos são as propostas mais tentadoras à mesa, principalmente porque não há barreiras na confeção, desde as formas mais tradicionais às mais modernas. Não saia da Figueira da Foz sem provar as Brisas ou as gulosas Papas de Moado.

Wine Bar By Cristal (Rua Dr. Calado 24) para copos e tapas, garrafeira invejável e atendimento 5 estrelas.

Volta e Meia (Rua Dr. Francisco Antonio Diniz 64) com um conceito interessante, espaço e comida aconchegantes.

Caçarola 1 (Rua Cândido dos Reis 65) como uma tradição familiar, diárias baratas, mariscar ou petiscar é aqui.

Taverna Ti João (Rua Poeta Acácio Antunes 7) se andar enjoad@ de marisco e peixe, há aqui uns bifes de “trás d’orelha”

Mapa do roteiro para visitar a Figueira da Foz


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro para visitar a Figueira da Foz.

Outros artigos do Centro de Portugal

Aveiro | Aldeias Históricas de Portugal | Belmonte | Cascata da Cabreia | Castelo de Bode | Castro Daire | Coimbra | DornesEstações Náuticas Centro de Portugal  | Ferreira do ZêzereFoz do Cobrão | Fragas de São Simão | Manteigas | Monsanto | Nazaré | Óbidos | Região do Oeste | OurémPassadiços do OrvalhoPenamacor | Penedo Furado | PenichePiodão | Poço Negro | Praias Fluviais Centro de Portugal | Santa Comba DãoSeia | Serra do Açor | Serras de Aire e Candeeiros | Serra da Estrela | Serra da Lousã | Sortelha | Tomar | Viseu

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.