Visitar Granada (Andaluzia) – o melhor de Granada num roteiro de 2 dias

2
2836

A cidade de Granada é uma das muitas pérolas que a Andaluzia tem para oferecer a quem a visita. Granada tem mesmo muito para admirar mas não há dúvida de que um roteiro de Granada terá sempre como ponto alto o deslumbrante Alhambra, esse monumento mágico que parece saído de um conto de fadas.

Construído pelos califas nos séculos XIII e XIV, Alhambra é por muitos considerado um dos mais belos locais do mundo. Inclusivamente, foi uma das 21 finalistas na gala das 7 Novas Maravilhas do Mundo, que decorreu em Portugal.

Alhambra

Do seu glorioso passado muçulmano, Granada conserva ainda muitas riquezas como sejam o bairro de Albaicín onde sentimos por longos momentos que caminhamos por Marrocos, e o famoso mercado árabe de Alcaiceria. Mas nem só de traços muçulmanos se faz Granada. Faz-se também do esplendor renascentista que veio depois da Reconquista cristã (como a Catedral, a Capela Real, entre outros), e chega aos nossos dias como uma cidade próspera e moderna, com uma animada vida cultural e noturna.

É precisamente esta mescla do mundo moderno com a antiguidade muçulmana e católica que faz de Granada um local único e encantador. Siga a nossa sugestão de roteiro de 2 dias e fique a conhecer os principais pontos de interesse de Granada, uma das cidades mais bonitas da Espanha.

Mapa com os principais pontos de interesse turístico de Granada

O Melhor de Granada (Andaluzia) – o que ver e visitar num roteiro de 2 dias 

1º dia do Roteiro de Granada

Visitar Granada

Sugerimos que comece a sua descoberta de Granada pelo bairro do Realejo, antigo centro da atividade mourisca de Granada, vagueando pelas suas ruas labirínticas, típicas das cidades muçulmanas. O bairro do Realejo é um excelente local para degustar umas tapas em típicas tabernas espanholas.

Daí prossiga para o centro da cidade, passeando pelas inúmeras plazas e observando a já mencionada herança moçárabe (visível não só nos edifícios e monumentos, mas também nos habitantes de Granada).

Visitar Granada

A caminho do mercado de Alcaiceria, é obrigatória a passagem pela Plaza Isabel la Católica, onde se encontra a estátua da Rainha Isabel a conceder a Colombo a permissão para rumar para o continente que haveria de ser conhecido pelas “Américas”.

Ao chegar à Alcaiceria, vai entrar num outro mundo. Literalmente. Num ápice vai ser transportado para ruelas estreitas repletas de artefactos do Norte de África. Um verdadeiro portal para o mundo árabe. Uma vez lá pode aproveitar para comprar artesanato e alguns souvenirs para oferecer aos que não tiveram a sorte de o acompanhar nesta viagem a Granada.

Compras feitas, o nosso roteiro vai levá-lo de volta ao mundo cristão, mais concretamente até à Catedral de Granada. Mandada construir de forma a mostrar ao mundo que a conquista da cidade de Granada aos mouros tinha sido total. A Catedral foi desenhada para ser gótica mas cinco anos após o início da sua construção (1523) mudou para um estilo renascentista. De referir que é aqui que estão sepultados os Reis Católicos.

Daí siga caminho até à Plaza Nueva, que como o próprio nome indica é relativamente moderna quando comparada com as outras principais plazas de Granada.

Na Plaza Nueva vai poder encontrar vários e diversificados restaurantes, bares e esplanadas. É o local perfeito para terminar o dia aproveitando o melhor da dolce vita granadina.

2º dia do Roteiro de Granada

Visitar Granada

Inicie o segundo dia do nosso roteiro de Granada com a visita a Alhambra, que como já mencionamos anteriormente, é o grande ponto de interesse de Granada. O seu nome deriva da palavra árabe “al-qala’at al-hambra”, que significa castelo vermelho.

O melhor de Granada

Foi uma fortaleza desde o século IX mas nos séculos XIII e XIV foi também transformado num palácio (palácio Nasrid que fica no interior do complexo de Alhambra). No século que se seguiu Alhambra foi tomada pelos espanhóis, transformando a mesquita numa… Adivinhem só! Igreja católica!

Alhambra

Daí, siga para Albaicin, o bairro árabe que fica localizado num pequeno morro mesmo à frente de Alhambra. À medida que se for adentrando no coração do bairro, vai novamente ter a sensação de caminhar por uma qualquer cidade marroquina. E não é somente devido às suas ruas estreitas e labirínticas, mas sobretudo devido às inúmeras casas e bancas que vendem de tudo o que se pode encontrar no mundo árabe.

Não faltam também as famosas casas de chá marroquinas, sempre acompanhadas do não menos famoso narguilé, e como não poderia deixar de ser, vai encontrar a variada gastronomia do Norte de África. Um bairro perfeito para se vaguear sem rumo, com um aroma de outras paragens.

Mas a estrela maior de Albaicin é, sem sombra de dúvida, o animado miradouro da praça de San Nicólas (nome que lhe advém da igreja nela localizada). Do miradouro terá a mais bela vista da cidade sobre Alhambra. Imprescindível não perder um final de tarde neste local, ao som da música ritmada dos artistas de rua que habitam por estas paragens.

O pôr-do-sol tendo como cenário o imperial Alhambra vai para sempre ficar-lhe gravado na memória. É o final perfeito para qualquer roteiro de Granada.

Onde ficar em Granada? – Sugestões de Alojamento

Granada Old Town Hostel

Com uma localização central, rodeado por lojas e restaurantes e apenas a 5 minutos a pé da Catedral de Granada, o Granada Old Town Hostel é uma das soluções de alojamento mais económicas da cidade. O hostel disponibiliza quartos com cama de casal e camas individuais em dormitórios (todos os quartos têm acesso a casas de banho partilhadas) e os hóspedes têm acesso a uma cozinha comum. Excelente opção para quem quer poupar dinheiro com refeições.

Hostal Lima

O Hostal Lima apresenta uma das melhores relações qualidade/preço de toda a cidade. A localização é central e os cativantes quartos têm ar condicionado, piso em madeira, mobiliário antigo e casa de banho privativa. Recomendamos sem hesitar.

Palacio Cabrera – Lillo

E que tal alugarem um estúdio para a vossa estada em Granada? Se a ideia vos parece bem então o Palacio Cabrera – Lillo é uma das melhores opções. Fica localizado mesmo no centro da cidade (Catedral de Granada fica a 600 metros) num aprazível palácio do século XIX com um design contemporâneo. Todos os apartamentos têm ar condicionado, uma área de estar com televisão, cozinha equipada e casa de banho completa.

Shine Albayzín

O Shine Albayzín é um dos alojamentos mais charmosos de Granada. O hotel ocupa um palácio do século XVI na rua Carrera del Darro e tem um design impressionante. Todas as acomodações apresentam uma decoração elegante e ar condicionado. Os quartos superiores oferecem fantásticas vistas sobre Alhambra e o Rio Darro. Os apartamentos possuem ainda uma kitchenette. O pátio do Hotel Shine Albayzín foi transformado num atraente salão, onde os hóspedes podem desfrutar de chá e bolos gratuitos à tarde. Um miminho que sabe sempre bem, depois de um dia a explorar a cidade.

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize a Momondo para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado.

Gostamos de jogar pelo seguro e como tal, nas nossas viagens, não dispensamos o seguro de viagem do WorldNomads.com

Esta página contem links afiliados. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

2 COMENTÁRIOS

    • Nós já estivemos por duas vezes em Granada mas da vez que fomos a Alhambra foi em época baixa. Como tal não tivemos problemas com os bilhetes. Da segunda vez fomos no Verão e na altura os bilhetes estavam esgotadas durante uns 5 dias. Para garantir o melhor mesmo é reservarem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.