Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias

Se visitar a Holanda está no seu horizonte, mas o planeamento da viagem está a ser mais difícil do que interpretar um quadro de Van Gogh, este artigo é para si. Nele vamos partilhar um guia completo para visitar a Holanda, que inclui três sugestões de roteiro para visitar a Holanda (entre 3 a 7 dias), com os principais pontos de interesse que deve incluir no seu itinerário e muitas dicas práticas que lhe vão facilitar a logística e permitir desfrutar ao máximo da sua viagem aos Países Baixos, o nome oficial do país das tulipas.

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Zaanse Schans – Roteiro para visitar a Holanda

Apesar de a Holanda ter somente metade do tamanho de Portugal Continental, o que lhe falta em tamanho, sobra-lhe em locais de interesse. Desde a sua apaixonante capital Amesterdão à modernista Roterdão, há um mundo repleto de maravilhas para descobrir. E como tudo fica relativamente perto não vai perder muito tempo com viagens.

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Amesterdão – Roteiro para visitar a Holanda

Prepare-se para percorrer cidades medievais que @ vão fazer viajar no tempo, navegar por românticos canais, contemplar inúmeros moinhos de vento e campos de tulipas, deliciar-se com uma miríade queijos e com os famosos stroopwafles, ver o maior número de bicicletas e vacas da sua vida, beber muita cerveja… E claro, apreciar algumas das obras de arte mais icónicas do mundo, ou não fosse a Holanda o berço de Rembrandt, Van Gogh e Vermeer.

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Castelo de Haar – Roteiro para visitar a Holanda

Informações, guia e dicas de viagem para visitar a Holanda (Países Baixos)

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Alkmaar – Roteiro para visitar a Holanda

Informações práticas

  • Nome Oficial: Países Baixos (como o nome ainda não se encontra muito popularizado optamos por utilizar o nome Holanda neste artigo, mas desde 2020 que o nome oficial passou a ser Países Baixos. Na verdade, a Holanda representa apenas duas das 12 províncias dos Países Baixos – a Holanda do Norte e a Holanda do Sul – onde se encontram as maiores cidades do país, nomeadamente Amesterdão, Roterdão e Haia).
  • Língua: Neerlandês
  • Capital: Amesterdão (contudo é em Haia que reside o rei da Holanda e se encontra a sede do governo)
  • Moeda: EUR
  • Fuso Horário: GMT +1
  • Indicativo Holanda: +31
  • Visto Holanda: sendo um país da EU, os cidadãos portugueses podem viajar para a Holanda apenas com o Cartão de Cidadão, não sendo necessário qualquer tipo de visto. Os cidadãos brasileiros terão de levar o passaporte, mas também não precisam de visto para visitar a Holanda (estadias para fins turísticos até 90 dias).

Como chegar à Holanda? Dicas de voos

O Aeroporto de Amesterdão Schiphol (AMS) é a principal porta de entrada na Holanda, com voos diretos desde Lisboa, Porto e Faro. Olhe para as companhias aéreas Transavia e Vueling se procura voos baratos para Amesterdão. A low cost Ryanair também tem voos diretos para a Holanda, nomeadamente para os aeroportos de Eindhoven e Maastricht. Contudo, a localização destes não é tão conveniente, pois ficam mais afastados dos principais locais de interesse a visitar na Holanda.

Por último, para conseguir obter os melhores preços de voos, sugerimos que faça várias simulações e que reserve o voo com (pelo menos) três meses de antecedência. Clique para ler as nossas dicas para comprar voos baratos.

Quando visitar a Holanda?

A melhor época do ano para visitar a Holanda depende muito dos seus interesses pois todas as estações revelam uma faceta diferente deste encantador país do norte da Europa.

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Keukenhof – Roteiro para visitar a Holanda

A Holanda é extremamente popular entre os visitantes na primavera, sobretudo entre março e maio, por altura do desabrochar das tulipas. Se visitar a Holanda nesses meses, não hesite em visitar o Keukenhof, o maior jardim de flores do mundo. É o melhor local da Holanda para ver os campos de tulipas, que costumam estar no seu melhor durante o mês de abril.

Outra data popular para visitar a Holanda é sempre que o “rei faz anos”. É verdade, os holandeses celebram o seu dia nacional na data do aniversário do monarca que os governa, o Dia do Rei. Enquanto o Rei Willem Alexander usar a coroa, será a 27 de abril. É uma data de visita mesmo muito interessante, pois todas as cidades enchem-se de música e festa, mercados e feiras de rua, e… Cor de laranja.

Se visitar a Holanda entre abril e setembro não deixe de visitar uma Feira de Queijos

O clima torna-se ameno e quente nos meses de junho a agosto o que atrai muitos visitantes. É também nessa fase do ano que acontecem mais festivais de música ao ar livre na Holanda, com especial destaque para as maiores cidades, Amesterdão, Roterdão e Haia.

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Porto de Gouda – Roteiro para visitar a Holanda

Visitar a Holanda no Natal é também uma experiência inesquecível. As cidades ficam engalanadas de mil luzes decorativas dos mercados de Natal e a magia paira no ar. Convém é ir muito bem agasalhado pois o frio tem residência permanente nos Países Baixos durante os meses de inverno.

Quantos dias são necessários para visitar a Holanda?

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Haia – Roteiro para visitar a Holanda

Para desfrutar ao máximo do roteiro para visitar a Holanda que desenhamos para si, o ideal é alocar pelo menos 7 dias inteiros à sua viagem (sem contar com os dias dos voos).

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Casas-Cubo de Roterdão – Roteiro para visitar a Holanda

Caso consiga acrescentar mais alguns dias, tanto melhor. Não só lhe permite conhecer de uma forma mais relaxante a maioria dos pontos de interesse da Holanda referidos no nosso roteiro, como ainda lhe possibilita fazer vários desdobramentos que @ vão levar a locais verdadeiramente mágicos dos Países Baixos. Por exemplo, se visitar a Holanda na primavera considere seriamente acrescentar mais um dia à sua viagem para ver os maravilhosos campos de tulipas. Vá estando atent@ às nossas dicas durante a descrição do roteiro de 7 dias para visitar a Holanda.

Como sabemos que nem sempre existe disponibilidade para fazer uma viagem de 7 dias, desenhamos também roteiros de 3 e 5 dias para visitar a Holanda. Obviamente que a viagem será num passo mais apressado e, claro está, tivemos que subtrair, de forma cirúrgica, lugares e experiências ao itinerário de 7 dias. Ainda assim, acreditamos que vai regressar a casa igualmente maravilhad@ com a sua viagem à Holanda. Pode consultar ambos os itinerários logo após a descrição detalhada do roteiro de 7 dias para visitar a Holanda.

Seguro de Viagem para a Holanda

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 diasAlgo que consideramos muito importante numa viagem à Holanda é um bom seguro de viagem com coberturas que nos façam sentir totalmente protegidos. E no atual contexto epidemiológico, é de crucial importância que um seguro de viagem tenha cobertura COVID-19. Só assim é possível viajar com tranquilidade.

Na hora de comprar um seguro de viagem, a nossa escolha recai sempre na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em seguros de viagem, apresenta sempre o melhor rácio custo-benefício do mercado, e todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19, a preços surpreendentemente económicos.

Clique para fazer uma simulação para a sua viagem à Holanda e não se esqueça que, ao utilizar o nosso link, terá um desconto de 5% na compra seu seguro de viagem.

Transportes públicos ou alugar carro para visitar a Holanda?

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 diasA Holanda tem uma excelente rede de transportes públicos com destaque para a rede ferroviária. Já visitamos a Holanda mais de uma mão cheia de vezes e, honestamente, nunca sentimos necessidade de alugar carro.

Nas viagens entre cidades utilizamos quase sempre o comboio dentro das quais não faltam alternativas para circular: autocarros, elétricos, barcos e claro a bicicleta, que com as excelentes ciclovias das cidades holandesas permite ir a todo o lado sem grande stress. Para visitar os locais com menor oferta de transportes públicos optamos por fazer tours/excursões. Assim fintamos a complexidade logística (e sobretudo economizamos tempo) sem ter de recorrer ao carro alugado, cujo preço para um ou dois dias não compensa de todo.

Contudo, caso viaje em família (quatro ou mais pessoas), pode ser-lhe vantajoso alugar carro, sobretudo se viajar durante a época baixa em que, por norma, os aluguer dos carros são mais económicos. É uma questão de fazer as contas.

Caso opte por alugar carro, recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida. É sempre a nossa primeira opção!

Clique para ver as melhores opções de aluguer de carro na Holanda

Onde ficar na Holanda? Sugestões de localidades para reservar alojamento

A primeira grande decisão a tomar quando se começa a planear uma viagem à Holanda é escolher os locais onde ficar alojado.

Apesar da Holanda não ser propriamente gigante, se for com o tempo contado, recomendamos que opte por dividir as noites de hospedagem por várias localidades ao invés de ficar sempre alojado na mesma localidade. Assim ganha mais tempo (e energia) para conhecer os principais pontos de interesse da Holanda que referimos no nosso roteiro.

Se optar por viajar na Holanda de comboio, recomendamos que procure alojamento relativamente próximo das estações de comboio (ou pelo menos com ligações diretas de transporte públicos), pois irá facilitar-lhe imenso a logística, e permitir-lhe-á aproveitar muito melhor os dias.

Posto isto, as localidades que sugerimos para passar a noite no nosso roteiro para visitar a Holanda são (ordenadas pela ordem da viagem):

Clique nos nomes das localidades para ver as melhores ofertas de alojamento e opte sempre por reservar unidades hoteleiras que permitam o cancelamento, não vá ter algum imprevisto.

Caso vá com mais tempo, considere montar base numa só localidade e fazer os seus passeios a partir daí, visto que exige menos logística e torna a experiência mais relaxante (andar a fazer e desfazer malas todos os dias é sempre chato, sobretudo se viajar com crianças).

Se escolher esta opção, sem dúvida alguma que a melhor localidade para montar base é Amesterdão (e arredores). Tem uma oferta de alojamentos colossal (com preços para todas as carteiras) e uma oferta exemplar de transportes públicos para todo o país. Para ter uma ideia, em menos de uma hora faz a viagem de comboio entre Amesterdão e todos os pontos de interesse que constam no nosso roteiro para visitar a Holanda.

Abaixo encontra os nossos alojamentos favoritos em Amesterdão – testados e aprovados por nós – que apresentam a melhor relação qualidade-preço.

Hotel Estheréa

O histórico Hotel Estheréa é um boutique hotel único, ao lado do canal mais antigo de Amesterdão, o Singel. Serviço cortês e personalizado, autenticidade e atenção ao detalhe que se vêm e se sentem. Quartos e suites privados, luxuosos, em estilo clássico, projetados e decorados individualmente.

Radisson Blu Hotel, Amsterdam City Center

Perto da praça Dam, o Radisson Blu Amsterdan City Center alia todos os confortos modernos dum hotel de 4 estrelas superior a que a cadeia já habituou os seus hóspedes, a interiores repletos de charme inspirados na história da cidade de Amesterdão.

NH Collection Amsterdam Flower Market

Perfumado pelo mercado de flores flutuante praticamente à porta, o NH Collection Amsterdam Flower Market é uma ótima opção para quem procura um hotel pet-friendly e family-friendly. Além de quartos elogiáveis, o pequeno almoço é soberbo, respondendo a todo o tipo de dietas.

Anantara Grand Hotel Krasnapolsky Amsterdam

O histórico Grand Hotel Krasnapolsky, em plena Praça Dam, é uma referência nos hotéis de luxo da Europa. A recentíssima e profunda renovação promete elevar a atenção personalizada ao hóspede a outro patamar com serviços de topo, um Spa de classe mundial, 4 bares e restaurantes premiados, e experiências verdadeiramente imersivas à escolha para satisfazer os seus caprichos.

Kimpton De Witt Amsterdam

Excelente exemplo de luxo e conforto num hotel boutique, o Kimpton De Witt Amsterdam orgulha-se de ter 15 dos seus quartos num edifício do Renascimento. O tratamento é verdadeiramente de 5 estrelas: restaurante, bar, estacionamento, quartos com vista sobre a cidade. Extras de valor: um tapete de ioga no seu quarto e uma bicicleta para os passeios por Amesterdão, cortesia do Kimpton.

Clique para ver mais opções de alojamento em Amesterdão

Roteiro para visitar a Holanda em 7 dias | Viagem com o melhor dos Países Baixos

Amesterdão – Roteiro para visitar a Holanda

O nosso roteiro para visitar a Holanda é circular, com início e fim em Amesterdão. Na verdade, este roteiro foi desenhado para permitir tanto a opção de ficar sediado em Amesterdão, como a de ir mudando de alojamento durante a sua viagem. Ao longo do roteiro, informamos sobre as melhores localidades onde ficar alojado dia a dia, caso não queira dormir sempre em Amesterdão.

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Haarlem – Roteiro para visitar a Holanda

Se é nosso leitor assíduo, já sabe que nos nossos roteiros o número de dias é meramente indicativo. Se abdicar de fazer algumas das atividades que sugerimos ou cortar alguns pontos de interesse, pode fazer este roteiro em menos dias. Por isso mesmo, e como já referimos atrás, desenhamos também um roteiro de 3 e 5 dias para visitar a Holanda. Pode consultar ambos logo abaixo do roteiro de 7 dias.

Roteiro para visitar a Holanda: Dias 1 e 2

Amesterdão

Os primeiros dois dias do nosso roteiro para visitar a Holanda serão totalmente dedicados a explorar a sua vibrante capital, Amesterdão.

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 diasAmesterdão é mundialmente famosa pela sua atitude liberal. A cidade do XXX, das montras no Red Light District, das experiências das coffee shops, das gay pride parades… É um destino para gente de mente aberta. Muito além dessa imagem estereotipada, Amesterdão é uma cidade que preza a sua identidade histórica e cultural. As áreas residenciais pitorescas encheram-se de lojinhas peculiares, bons cafés e restaurantes.

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 diasPerca-se no emaranhado de pontes que cruzam canais, ruas estreitas, casas “tortas” coloridas, milhares de flores e vá mapeando a cidade. Depressa será contagiado pelo sentimento de bem-estar e intimidade que lhe são particulares. A presença da água torna-a encantadora: funciona como um espelho a todo o momento, perfeito para a fotografia.

Dica VagaMundos: Se pretender utilizar com frequência os transportes públicos em Amesterdão, recomendamos vivamente que compre o Passe de Transportes Públicos GVB (pode adquirir para apenas um dia ou para ambos os dias que irá passar em Amesterdão), que inclui viagens ilimitadas de metro, elétrico e bus. Também pode considerar comprar o IAmsterdam Card, que para além dos transportes incluí a entrada na maioria dos principais museus de Amesterdão e um passeio de barco pelos canais. Em nossa opinião só vale a pena caso queira visitar muitos museus. Se só quiser ver dois ou três, não compensa.

Dia 1 em Amesterdão

O primeiro dia em Amesterdão será dedicado a explorar os seus apaixonantes canais e a visitar os museus mais emblemáticos da cidade. Haverá ainda tempo para degustar as deliciosas cerveja holandesas.

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Museumplein – Roteiro para visitar a Holanda

Posto isto, os locais e experiências que recomendamos que inclua no primeiro dia do seu roteiro para visitar a Holanda são os seguintes (organizados pela ordem de visita):

  • Comece o dia com uma visita à Casa de Anne Frank, o ponto de interesse mais visitado de Amesterdão. Anne Frank, a sua família e outras quatro pessoas esconderam-se dos nazis neste cubículo claustrofóbico. Durante 2 anos! Visitado anualmente por mais de um milhão de pessoas, recomendamos vivamente que reserve o seu bilhete online com meses de antecedência.
  • Apreciar a fachada da igreja renascentista Westerkerk e o HomoMonument – o triângulo simbolizando presente, passado e futuro, uma espécie de homenagem a membros perseguidos da comunidade LGBTI.
  • Visitar o centenário Museu Casa Flutuante – HouseBoat Museum, para conhecer o quotidiano dentro dum barco-casa nos canais de Amesterdão.
  • Fazer um passeio de barco pelos canais de Amesterdão para poder ver todo o charme da cidade duma perspetiva bem diferente. Se comprou o IAmsterdam Card, o passeio está incluído. Na nossa última viagem a Amesterdão já não nos compensava comprar o passe, como tal, reservámos este passeio de barco (clique para ver o programa) através do GetYourGuide e gostamos bastante da relação qualidade preço.
  • Visitar a Praça dos Museus (Museumplein), onde irá encontrar os museus mais famosos de Amesterdão. Os nossos destaques vão para o Rijksmuseum, o maior da Holanda onde encontra a celebérrima Ronda da Noite de Rembrandt, e o Museu Van Gogh, com o maior acervo de obras de Van Gogh do mundo. Para fintar as filas das bilheteiras sugerimos que compre o bilhete de entrada para o Rijksmuseum e para o Museu Van Gogh, com acesso prioritário e hora marcada. É um descanso!
  • Visitar a Leidseplein, uma das praças mais movimentadas de Amesterdão, principalmente à noite por causa da cena teatral. Vale a pena passar por lá só para ver a movimentação e sentir o vibe.
  • Para fechar o primeiro dia do seu roteiro a visitar a Holanda temos duas sugestões para si: visitar a antiga cervejaria da Heineken (com degustação de Heineken incluída) e/ou saborear uma cerveja artesanal holandesa no Proeflokaal Arendsnest, um dos bares favoritos dos locais.

Dia 2 em Amesterdão

Palácio Real de Amesterdão

No segundo dia em Amesterdão vai conhecer o parque e a praça mais famosa da capital da Holanda e conhecer a face que deu a Amesterdão epíteto de “cidade do pecado”. Abaixo encontra os locais e experiências que consideramos imperdíveis no segundo dia do seu roteiro a visitar a Holanda (uma vez mais, apresentados pela ordem de visita recomendada):

  • Comece o dia com um passeio pelo Voldenpark, o maior parque da cidade e o mais famoso da Holanda.
  • Visitar o Begijnhof, um apaixonante pátio rodeado de casas “tortas” onde apenas viviam mulheres solteiras ou viúvas até aos anos 70. Um autêntico jardim secreto no coração de Amesterdão.
  • Ver um mercado de flores flutuante. Uma explosão de cor onde as rainhas da festa são as tulipas, of course!
  • Visitar a Praça Dam, a praça mais monumental de Amesterdão, onde irá encontrar o Palácio Real, a igreja nova De Nieuwe Kerk e o obelisco do Monumento Nacional, uma homenagem aos caídos da II Guerra Mundial.
  • Visitar praça Visserplein, onde se encontra a Sinagoga Portuguesa de Amesterdão, o principal templo judaico da cidade.
  • Visitar o Museu do Sexo, também conhecido como Templo de Vénus (sim, chegou a altura de levá-l@ por maus caminhos).
  • Passear pela Red Light District, onde irá encontrar as famosas janelas vermelhas de Amesterdão, bordéis e sexshops que colocaram a cidade nas bocas do mundo. É o seu bairro mais antigo e com exemplos de arquitetura tradicional: casas estreitas e tortas que parecem afundar-se nos canais. Não perca ainda a igreja mais velha de Amesterdão De Oude Kerk, mesmo no centro do Red Light District (irónico, não?) e a primeira coffee shop da cidade, Bulldog Coffee Shop.
  • E para terminar o segundo dia do roteiro para visitar a Holanda temos que falar das celebérrimas coffee shops, razão pela qual muitos querem visitar Amesterdão. Ao contrário do que muitos pensam, as drogas leves não são legais em Amesterdão – apenas o seu consumo dentro de estabelecimentos autorizados é que é permitido. Se esta for a sua onda e optar por fumar erva, faça-o sempre em segurança numa coffee shop. Não ceda à tentação de comprar marijuana na rua!
Quer mais dicas sobre Amesterdão? Então, não deixe de ler o nosso guia e roteiro detalhado com o que ver e fazer em Amesterdão.

 Roteiro para visitar a Holanda: Dia 3

Zaanse Schans – Edam e Volendam

Zaanse Schans

Comece o terceiro dia do seu roteiro para visitar a Holanda rumando até Zaanse Schans, para ver in loco os famosos moinhos de vento holandeses.

Zaanse Schans fica a pouco mais de 20 km de Amesterdão e existem transportes públicos regulares para a pequena vila. Tanto pode ir de comboio como de bus, sendo esta última a melhor alternativa, se quiser poupar as pernas (se for de comboio, terá de andar cerca de 20 minutos desde a estação até ao centro de Zaanse Schans propriamente dito).

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 diasZaanse Schans é no fundo um museu a céu aberto, onde para além dos fotogénicos moinhos holandeses “plantados” nas margens do rio Zaan, irá encontrar também as típicas casas de madeira holandesas, apaixonantes canais e várias lojas e fábricas que produzem produtos tradicionais da Holanda, como sejam os famosos tamancos de madeira. Os locais e experiências que recomendamos que inclua na sua visita a Zaanse Schans são os seguintes:

  • Passear pelas margens do rio Zaan para ver (e fotografar) os Moinhos Holandeses. É possível entrar em alguns deles, sendo que os mais interessantes são o Het Jonge Schaap, o De Kat, o De Bonte Hen, o De Schoolmeester e o De Zoeker. É um autêntico cartão postal da Holanda!
  • Visitar o Zaans Museum, para conhecer a história de Zaanse Schans e saber mais sobre como funcionavam os moinhos holandeses (e quais as suas finalidades).
  • Visitar a Fábrica de Tamancos Holandeses, a queijaria Catharina Hoeve e a fábrica de chocolate CocoaLab.
  • Fazer um passeio de barco pelo rio Zaan para ver os moinhos de outra perspetiva.
Dica VagaMundos: se adquiriu o IAmsterdam Card não precisa de pagar entrada nos museus e nos moinhos mais emblemáticos de Zaanse Schans. Caso não tenha o IAmsterdam Card, pode comprar as entradas em separado ou adquirir o Cartão Zaanse Schans, que inclui todos os atrativos da vila-museu.

Edam e Volendam

A próxima paragem do nosso roteiro para visitar a Holanda será em Edam, um destino imperdível para os amantes de queijo.

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Kaasmarkt – Roteiro para visitar a Holanda

A grande atração de Edam é, sem surpresa, o seu mercado de queijos (Kaasmarkt) que ocorre na praça principal da pequena vila medieval. Se visitar Edam em julho e agosto, terá o bónus de poder assistir a encenações das antigas vendas de queijos (uma espécie de feira medieval de queijos). Nos outros meses do ano terá de ficar-se por umas provas dos deliciosos queijos de Edam numa das lojas da vila.

Igreja St. Nicolas

Ou outros locais a não perder em Edam são a Igreja St. Nicolas (Grote Kerk), um dos maiores templos religiosos da Holanda, o edifício da antiga Câmara Municipal e a Speeltoren (Torre do Carrilhão), a castiça torre inclinada de Edam.

Edam “saboreada”, continue o seu roteiro para visitar a Holanda rumando até à vizinha vila piscatória de Volendam, que fica a somente 3 km de Edam (até dá para ir a pé).

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Porto de Volendam – Roteiro para visitar a Holanda

Volendam fica localizada nas margens do Lago Issel que só foi criado em 1932. Sim, este é um dos muitos territórios holandeses que foram reclamados ao mar com a construção de diques (mais de 20% da Holanda está abaixo do nível do mar), fazendo com que o mar salgado Zuiderzee se transformasse no Lago Issel, um dos maiores lagos de água doce da Europa, alimentado pelo rio homónimo.

Apesar de não ter nenhum monumento imperdível, Volendam é simplesmente apaixonante. Deambular pelas labirínticas ruelas medievais, apreciando o seu colorido casario, é simplesmente mágico.

Kibbeling

Para fechar o terceiro dia do seu roteiro para visitar a Holanda sugerimos um passeio pelo animado porto de Volendam, onde irá encontrar uma miríade de restaurantes e barraquinhas de rua onde poderá provar o famoso snack holandês, Kibbeling, que consiste em pedacinhos de peixe frito panado acompanhado por um molho de alho ou maionese. É a versão holandesa do fish & chips britânico – neste caso sem chips.

Dica VagaMundos: se quiser otimizar o tempo do terceiro dia do seu roteiro a visitar a Holanda (e livrar-se das questões logísticas) espreite esta excursão a Zaanse Schans, Edam, Volendam e Marken (uma pequena ilha em frente a Volendam), com partida de Amesterdão. Tem uma relação qualidade preço formidável e cancelamento gratuito até 24 horas de antecedência.

Onde dormir no dia 1, 2 e 3?

Roteiro para visitar a Holanda: Dia 4

Alkmaar – Haarlem

Alkmaar

O quarto dia do nosso roteiro para visitar a Holanda arranca na encantadora cidade medieval de Alkmaar, onde ocorre o maior (e mais tradicional) mercado de queijos da Holanda.

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Waagplein – Roteiro para visitar a Holanda

Todas as sextas-feiras de manhã, entre os meses de abril e setembro, a praça principal de Alkmaar (Waagplein – Praça da Balança) transforma-se numa enorme feira de queijos ao estilo medieval, uma tradição que vem desde o longínquo século XIV. É uma representação histórica extraordinária, utilizando os métodos antigos de transporte e pesagem do queijo e com os produtores de queijo de Alkmaar vestidos a rigor com os seus fatos tradicionais. São largas centenas (para não dizer milhares) de queijos que pintam a praça de tons laranja. De deixar qualquer cheese lover a babar!

Canais de Alkmaar

Mas o melhor de tudo é que os encantos de Alkmaar estão muito longe de se resumir ao seu mercado de queijos. Logo, mesmo que esteja a planear a sua viagem para outra altura do ano, vale sempre a pena incluir Alkmaar no seu roteiro para visitar a Holanda. Para além da incontornável Waagplein e a sua icónica casa de pesagem De Waag, os outros locais de interesse e experiências a não perder em Alkmaar são as seguintes:

  • Percorrer a animada e colorida Laurentiuskerk, a principal artéria pedonal de Alkmaar, ao longo da qual irá encontrar o histórico edifico da Câmara Municipal e uma miríade de lojas e tentadores cafés.
  • Visitar a colossal Grote Sint Laurenskerk (Igreja de São Lourenço).
  • Passear ao longo dos canais de Alkmaar, admirando a maravilhosa arquitetura da cidade. Ao longo do seu passeio preste especial atenção à Torre Fiscal Accijnstoren (onde outrora os comerciantes tinham de declarar as suas mercadorias) e à Ponte Levadiça do canal Werronkenoord.
  • Museu do Queijo (Hollands Kaasmuseum), mesmo que não queira visitar a exposição interior, vai ficar maravilhad@ com a arquitetura exterior do edifício.
  • Museu da Cerveja (National Beer Museum), localizado no edifício histórico da antiga cervejaria De Boom.

Haarlem

Grote Markt – Roteiro para visitar a Holanda

O quarto dia do nosso roteiro para visitar a Holanda termina em Haarlem, a “Cidade das Flores” (Bloemenstad), um cognome que se lhe colou por ser o centro histórico da produção dos bolbos de tulipas da Holanda.

Haarlem foi uma das cidades mais importantes da antiga República Unida dos Países Baixos, sendo que presentemente é a capital da província da Holanda do Norte. Haarlem foi inclusivamente o epicentro da famosa “Febre das Tulipas” do seculo XVII, altura em que o preço dos bolbos de tulipas alcançou valores exorbitantes e criou a primeira bolha especulativa da história.

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Amsterdamse Poort

Como deve desconfiar, há muito que ver e fazer em Haarlem mas, visto que só terá sensivelmente meio dia para visitar a cidade, recomendamos que foque a sua visita nos seguintes pontos de interesse de Haarlem:

  • Grote Markt, a praça principal de Haarlem, pejada de excelentes bares e restaurantes e onde irá encontrar a Stadhuis Haarlem (Câmara Municipal) e a majestosa Grote Kerk – Sint-Bavokerk, a maior igreja da cidade. O interior da igreja é decorado com obras de arte, mas a joia da coroa é o seu órgão Müller, onde até Mozart tocou.
  • Caminhar pelas margens do rio Spaarne, apreciando as divinais fachadas das casas de Haarlem e as apaixonantes pontes sobre o rio, que na primavera encontram-se sempre decoradas com lindas flores. Não deixe de atravessar a Ponte Jansbrug (tem uma vista digna de capa de revista) e a Gravestenenbrug, uma cénica ponte levadiça exclusivamente pedonal.
  • Molen De Adriaan, o moinho mais emblemático de Haarlem, construído sobre uma antiga torre defensiva nas margens do rio Spaarne.
  • Atravessar o Amsterdamse Poort, a única das 12 portas medievais de Haarlem que resistiu à passagem do tempo.
  • Frans Hals Museum e o Teylers Museum (mesmo que não tenha tempo de visitar os museus vale a pena ir até lá para apreciar as lindas fachadas dos edifícios).
  • Percorrer a animada rua Grote Houtstraat, a principal artéria do centro histórico de Haarlem, pejada de lojas das grandes marcas.
  • Deambular pelas Gouden Straatjes (Ruas de Ouro), um conjunto de sete pitorescas ruas pejadas de estúdios e lojas de artesanato, design e vintage.
Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Keukenhof – Roteiro para visitar a Holanda
 Dica VagaMundos: se visitar a Holanda na primavera, mais concretamente entre finais de março e primeira metade de maio, recomendamos vivamente que acrescente mais um dia ao seu roteiro para visitar a Holanda para ir conhecer o maravilhoso Keukenhof, o maior jardim de flores do mundo, onde poderá ver, ao vivo e a cores, os famosos tapetes de tulipas holandesas.

Keukenhof fica situada na pequena vila de Lisse, que dista sensivelmente 20 km de Haarlem e 40 km de Amesterdão. Como o jardim só está aberto durante uma curtíssima janela temporal, recomendamos que compre os bilhetes para visitar Keukenhof com a máxima de antecedência possível (com cancelamento gratuito e reembolso integral até 4 dias de antecedência). Assim garante que consegue visitar Keukenhof no dia que pretende, sem correr riscos, e ainda se livra das filas da bilheteira.

Onde dormir no dia 4?

Roteiro para visitar a Holanda: Dia 5

Haia (Den Hag)

Haia (Den Haag)

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Binnenhof – Roteiro para visitar a Holanda

O quinto dia do nosso roteiro para visitar a Holanda será todo ele dedicado a explorar a cidade de Haia, a sede de facto do governo holandês e residência oficial da monarquia dos Países Baixos. Sim, apesar de Amesterdão ser a capital oficial da Holanda, é em Haia que se encontra o parlamento, as embaixadas e os ministérios.

Escusado será dizer que há muito que ver e fazer naquela que é a terceira maior cidade da Holanda. Tendo apenas um dia para conhecer Haia recomendamos que foque a sua visita nos seguintes locais de interesse:

  • Binnenhof, um enorme complexo de edifícios apalaçados construídos no século XII, onde funciona o Parlamento da Holanda, o que faz de Binnenhof a casa parlamentar mais antiga do mundo ainda em funcionamento. O acesso ao pátio interno é aberto ao público e nele irá encontrar o Ridderzaal, o antigo salão dos cavaleiros, uma maravilhosa fonte neogótica dourada e um palácio gótico, que já foi residência dos Condes da Holanda. Não deixe de fazer uma caminhada em redor do lago artificial Hofvijver para ver o complexo Binnenhof de outra perspetiva.
  • Visitar o fantástico museu de arte Mauritshuis, situado no palácio onde José Maurício de Nassau, o governador das colónias holandesas no nordeste do Brasil, guardava a sua extensa coleção de obras de arte. A joia da coroa é a pintura Rapariga com Brinco de Pérola, uma das obras primas de Vermeer.
  • Het Plein, a praça principal de Haia.
  • Palácio da Paz, a sede do Tribunal Internacional de Justiça, o principal órgão judicial das Nações Unidas.
  • Palácio de Noordeinde, uma das residências da monarquia holandesa e escritório do Rei da Holanda. O interior não é visitável, mas os jardins são de acesso livre. Se o dia estiver soalheiro, é um excelente lugar para fazer um picnic.
  • Percorrer a rua Noordeinde, pejada de edifícios Art Nnouveau e com a maior concentração de galerias de arte, lojas e restaurantes de luxo de Haia. É a rua mais chique da Holanda!
  • Dar um saltinho à Chinatown de Haia, onde irá encontrar inúmeros restaurantes chineses, japoneses e indonésios. Não lhe falta sequer os icónicos portões chineses, à semelhança do que acontece das cidades dos USA.
  • Igrejas Nieuwe Kerk (Nova Igreja) e Grote Sint-Jacobskerk (antiga Igreja de São Tiago).
  • Para fechar com chave de ouro o quinto dia do seu roteiro a visitar a Holanda, nada como ir assistir ao pôr-do-sol na praia Scheveningen Strand, uma das mais famosas da Holanda (fica a somente 6 km centro Haia). Aproveite para provar o famoso herring (arenque cru), o sushi dos Países Baixos.
Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Scheveningen Strand – Roteiro para visitar a Holanda
Dicas VagaMundos:

  • Se viajar com crianças, não deixe de incluir o Madurodam, a Holanda dos Pequenitos, na sua visita a Haia. Eles vão adorar!
  • Se quiser acrescentar mais um dia ao seu roteiro para visitar a Holanda, fique mais uma noite em Haia e vá visitar as vizinhas cidades de Delf, a cidade das emblemáticas porcelanas azuis da Holanda, e a descontraída cidade universitária Leiden.

Onde dormir no dia 5?

Roteiro para visitar a Holanda: Dia 6

Roterdão

Roterdão

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Witte Huis – Roteiro para visitar a Holanda

O sexto dia do nosso roteiro para visitar a Holanda será passado a visitar Roterdão, a segunda maior cidade da Holanda, que é uma verdadeira Disneyland para os amantes de arquitetura.

Casas-Cubo

Roterdão foi a cidade holandesa mais castigada durante a 2ª Grande Guerra Mundial. Como tal, teve de ser, praticamente, toda reconstruída. Roterdão renasceu das cinzas com uma arquitetura arrojada sendo, por isso, hoje uma referência no que toca à arquitetura moderna e contemporânea. Entre os edifícios mais emblemáticos estão as Casas-Cubo, o Markthal, a Estação Central de Comboios, o Euromast e a Ponte Erasmus.

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Markthal – Roteiro para visitar a Holanda

Os locais que consideramos de visita obrigatória e as experiências a não perder em Roterdão são as seguintes:

  • Stadhuis Rotterdam (Câmara Municipal) e a vizinha Grote Sint-Laurenskerk (Igreja de São Lourenço), a única sobrevivente dos bombardeamentos da 2ª Grande Guerra Mundial. Se arrancar da Estação Central de Roterdão, sugerimos que vá pé pela Kruisplein e pelas ruas pedonais do Cool District, ao longo das quais irá encontrar inúmeros edifícios futuristas e uma miríade de lojas, bares e restaurantes.
  • Markthal, o gigantesco e futurista mercado de Roterdão, onde irá encontrar gastronomia de todo o mundo. Se estiver com saudades de um pastel de nata, pode matá-las aqui!
  • Passear pelo Oudehaven (antigo porto, onde nasceu a cidade) no qual irá encontrar a Witte Huis, o primeiro arranha-céu construído na Europa, e as Kijk-kubus, as impressionantes casas-cubo que são um dos cartões-postais de Roterdão. Se quiser ver uma por dentro, pode visitar a Casa Museu.
  • Museumpark, um jardim onde irá encontrar cinco museus, nomeadamente o Kunsthal Rotterdam, o Museu de História Natural de Roterdão, o Museu Chabot, o Het Nieuwe Instituut e, o nosso favorito, Museu Boijmans Van Beuningen, onde poderá ver obras-primas de Kadinsky, Monet, Rembrandt e Van Gogh (entre muitos outros).
  • Delfshaven, o bairro do porto histórico de Roterdão, de onde partiram os Padres Peregrinos para o novo mundo. Foi um dos poucos bairros poupados pelo bombardeamento nazi. Como tal, permite ter uma ideia de como seria Roterdão antes da Segunda Guerra Mundial. Sugerimos que faça um passeio pelas margens do canal, ao longo do qual irá encontrar a Pelgrimvaderskerk (Igreja dos Peregrinos), um Moinho de Vento e uma miríade de casas históricas. Feche a visita ao Delfshaven com uma cervejinha na Stadsbrouwerij De Pelgrim, a cervejaria mais afamada de Roterdão.
  • Para fechar em alta (literalmente) o sexto dia do seu roteiro a visitar a Holanda, suba ao Euromast, a torre mais alta da Holanda, que o irá brindar com vistas 360º sobre a cidade.
Vista do topo do Euromast

Onde dormir no dia 6?

Roteiro para visitar a Holanda: Dia 7

Gouda – Utrecht

Gouda

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Stadhuis de Gouda vista da Catedral de São João

O último dia do nosso roteiro para visitar a Holanda arranca em Gouda, uma encantadora cidade medieval famosa pelo seu queijo homónimo e pela invenção dos stroopwafles, um dos doces mais afamados da Holanda.

Apesar da sua importância histórica, o centro histórico de Gouda é relativamente compacto, sendo perfeito para se explorar a pé. Posto isto, as experiências e locais que consideramos imperdíveis numa visita a Gouda são os seguintes:

  • Markt, a principal praça da cidade, onde se realiza o tradicional Mercado de Queijos de Gouda e onde irá encontrar os belos edifícios De Goudse Waag (casa de pesagem do queijo), que alberga o Posto de Turismo e o Museu do Queijo, e o Stadhuis de Gouda (Câmara Municipal).
  • Sint-Janskerk (Catedral de São João), uma das igrejas mais majestosas da Holanda. Os vitrais são simplesmente maravilhosos!
  • Fazer uma prova de queijos Gouda. Nós fizemos a nossa na Gouds Kaashuis e gostamos imenso da experiência.
  • Deliciar-se com um stroopwafel, um waffle com calda capaz de deitar por terra qualquer dieta.
  • Percorrer a Kleiweg, a principal rua comercial de Gouda.
  • Visitar os moinhos Molen De Roode Leeuw e o Molen’t Slot. Ficam ambos junto ao canal Turfsingel, relativamente perto do centro histórico.

Utrecht

Canal principal de Utrecht

O nosso roteiro para visitar a Holanda termina na apaixonante cidade de Utrecht, uma das nossas cidades favoritas do país das tulipas.

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 dias
Domplein – Roteiro para visitar a Holanda

Utrecht é uma das cidades mais antigas e importantes da Holanda, tendo sido fundada pelos romanos no remoto século I. Apesar de presentemente ser apenas a quarta maior cidade dos Países Baixos, é em Utrecht que se encontra a melhor universidade da Holanda, a torre de igreja mais alta do país, o maior e mais belo castelo holandês e um dos canais mais antigos e emblemáticos dos Países Baixos, o Canal Oudegracht, construído no século XII para mudar o curso do rio Oude Rijn (afluente do Reno).

Kasteel de Haar – Roteiro para visitar a Holanda

Abaixo encontra os locais e experiências que consideramos imperdíveis numa visita a Utrecht:

  • Domplein, a praça principal de Utrecht, na qual irá encontrar a Domkerk, a Catedral de São Martinho, e a Domtoren, a maior torre de igreja da Holanda, com uns impressionantes 112 metros de altura. É possível visitar a torre por dentro na companhia de um guia e subir até ao topo para desfrutar de vistas de cortar a respiração sobre Utrecht. São só 465 degraus!
  • Ver o admirável edifício da Universidade de Utrecht, uma das universidades mais antigas e laureadas da Europa (os seus ex-alunos e professores já ganharam 12 Prémios Nobéis).
  • Deambular pelas ruas e ruelas do centro histórico de Utrecht, pejado de lindas casas medievais e importantes igrejas. Entre elas destacamos a Janskerk (Igreja de São João), a Pieterskerk (Igreja de São Pedro) e a Sint Willibrordkerk (Igreja de São Vilibrordo).
  • Passear ao longo das margens do Oudegracht (Antigo Canal), o canal mais importante do sistema de canais de Utrecht. Oudegracht fica abaixo do nível da cidade, o que faz com que tenha duas marginais, uma mesmo à beirinha da água, e uma superior que serve quase como que de varanda. Em ambas irá encontrar inúmeros bares e restaurantes (os mais aprazíveis encontram-se no “andar de baixo”) e alguns dos edifícios mais importantes da cidade, entre eles a Stadhuis de Utrecht. Se tiver tempo, recomendamos vivamente que faça um passeio de barco pelos canais de Utrech.
  • Beber uma cerveja artesanal no Stadskasteel Oudaen, um antigo castelo medieval nas margens do canal Oudegracht.
  • Visitar a Casa Rietveld-Schröder, projetada pelo arquiteto holandês Gerrit Rietveld. É considerado o único edifício que conseguiu incorporar totalmente a visão do movimento artístico De Stijl, sendo inclusivamente Património Mundial da UNESCO.
  • Se ainda tiver tempo feche o seu roteiro da Holanda com uma visita ao Kasteel de Haar, o maior e mais belo castelo da Holanda (fica localizado a sensivelmente 10km do centro de Utrecht).
Dica VagaMundos: se tiver optado por montar base em Amesterdão ao invés de dormir em Roterdão, sugerimos que faça o último dia do nosso roteiro para visitar a Holanda pela ordem contrária, ou seja visite primeiro Utrecht e posteriormente Gouda.

Onde dormir no dia 7?

Mapa do Roteiro de 7 dias (1 semana) para visitar a Holanda


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro para visitar a Holanda em 7 dias (1 semana).

Roteiro de 5 dias para visitar a Holanda

Roteiro Holanda: o que visitar em 3, 5 e 7 diasSó tem 5 dias para visitar a Holanda? Naturalmente que vai ter de abdicar de visitar alguns dos pontos de interesse que referimos no nosso roteiro de 7 dias para visitar a Holanda. Ainda assim, o itinerário que desenhamos, vai permitir-lhe conhecer os maiores cartões-postais do Holanda.

Claro que pode sempre optar por condensar o roteiro de 7 dias em 5 dias, mas vai passar demasiado tempo a correr de um lado para o outro e pouco tempo nos locais de interesse.

Abaixo encontra a nossa sugestão de roteiro para 5 dias, podendo ler a respetiva descrição dos locais de interesse no roteiro de 7 dias para visitar a Holanda:

Dia 1 e 2

Amesterdão

Dia 3

Haarlem – Zaanse Schans
(se visitar a Holanda na primavera, sugerimos que substitua Haarlem por Keukenhof para ver os campos de tulipas)

Dia 4

Haia

Dia 5

Roterdão
(ou)
Gouda + Utrecht

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Amesterdão

Mapa do roteiro para visitar a Holanda em 5 dias


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro para visitar a Holanda em 5 dias.

Roteiro de 3 dias para visitar a Holanda

Se só tem 3 dias para visitar a Holanda recomendamos que foque a sua visita na cidade de Amesterdão e arredores, deixando a visita a Haia e Roterdão para outra viagem. Abaixo encontra a nossa sugestão de roteiro de 3 dias para visitar a Holanda com várias alternativas para o terceiro dia de viagem, para escolher de acordo com os seus interesses.

Dia 1 e 2

Amesterdão

Dia 3

Haarlem + Zaanse Schans
(ou)
Utrecht + Zaanse Schans
(se visitar a Holanda na primavera, pode substituir Haarlem ou Utrecht por Keukenhof para ver os campos de tulipas)

Clique para ver as melhores opções de alojamento em Amesterdão

Mapa do roteiro para visitar a Holanda em 3 dias


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro para visitar a Holanda em 3 dias.

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

3 COMENTÁRIOS

  1. planejando minha viagem me baseando no roteiro de vocês! muito obrigada <3

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.