Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias

Anda a planear uma viagem ao Faial, a Ilha Azul dos Açores, mas ainda não sabe bem o que incluir no seu itinerário? Não se preocupe que nós damos-lhe uma ajuda. Neste artigo encontra um guia e roteiro para visitar a Ilha do Faial, com os locais verdadeiramente imperdíveis, as melhores praias e piscinas naturais, como chegar e quando ir e muitas dicas práticas para que possa desfrutar em pleno da sua viagem ao Faial. Damos-lhe ainda sugestões de alojamentos onde ficar na Ilha do Faial e revelamos-lhe os melhores restaurantes para degustar as iguarias da ilha. Não queremos que perca pitada dos encantos desta ilha atlântica de Portugal!

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Caldeira do Cabeço Gordo – Roteiro para visitar o Faial

Apesar da ilha do Faial ter somente 170 km² e aproximadamente 14 mil habitantes, não se deixe enganar pelo tamanho, pois o Faial é a prova clara de que as ilhas dos Açores não se medem aos palmos. Num território relativamente pequeno irá encontrar um rico património histórico e inúmeros tesouros naturais, que demoram bem mais do que um par de dias a explorar.

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Vulcão dos Capelinhos – Roteiro para visitar o Faial

Desde a sua animada capital Horta (a casa da maior e mais famosa marina dos Açores) ao Vulcão dos Capelinhos (o território mais jovem de Portugal), passando pela monumental Caldeira do Faial e por várias mãos cheias de deslumbrantes piscinas vulcânicas e praias de areia negra, há uma miríade de maravilhas à espera de serem descobertas por si.

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Praia do Almoxarife – Roteiro para visitar o Faial

Conteúdo deste Artigo

Onde fica a Ilha do Faial

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 diasO Faial é a quinta maior ilha dos Açores e a mais ocidental do Grupo Central do Arquipélago dos Açores, grupo que integra também as ilhas Terceira, Graciosa, São Jorge e Pico, sendo que esta última encontra-se separada do Faial por um estreito canal de somente 8 km de largura.

Os outros grupos de ilhas atlânticas do Arquipélago dos Açores são o Oriental, onde se encontram as ilhas de São Miguel e de Santa Maria, e o Ocidental, onde se encontram as ilhas das Flores e do Corvo.

Curiosidade: apesar do Faial ter sido descoberto pelos portugueses no início do século XV, passando a integrar o Reino de Portugal, os primeiros povoadores da ilha foram flamengos, liderados pelo nobre Joss van Hurtere, ao qual foi entregue a Capitania do Faial em 1468.

Fuso Horário do Faial

Devido à distância a que se encontra de Portugal Continental, o fuso horário dos Açores é GMT-1, ou seja uma hora a menos que em Portugal Continental e Madeira.

Quando visitar o Faial

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Ilha do Pico vista da Horta – Roteiro para visitar o Faial

A melhor altura para visitar a Ilha do Faial é tão variável como o tempo (aliás, como em todas as ilhas dos Açores). As temperaturas médias rondam os 13ºC de inverno e 23ºC no verão. Nem muito quente, nem muito frio, mas sempre com muita humidade e chuva.

Certamente já terá ouvido a expressão “4 estações do ano num só dia” quando se fala de viagem aos Açores. E podemos assegurar que a Ilha do Faial não foge à regra. Aliás, na Ilha do Faial, não há mês que não veja chova – não culpe o mensageiro! Posto isto, a questão de quando visitar o Faial não tem resposta fácil.

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Praia da Fajã – Roteiro para visitar o Faial

Nós visitámos a ilha na primeira quinzena de maio e podemos dizer que tivemos muita sorte. Dos quatro dias que passamos na ilha, só apanhamos duas manhãs com chuva e nevoeiro. O resto do tempo até fomos brindados com céu limpo, sol e algum calor. Até deu para dar uns refrescantes mergulhos nas piscinas naturais e praias do Faial, algo que, em maio, não estávamos de todo à espera.

Posto isto, como de outubro a abril a chuva é garantida, arriscaríamos dizer que os meses de maio a setembro são a melhor altura para visitar o Faial. De meados de junho a meados de setembro dá para fazer praia e ainda tem o bónus de ver a ilha vestida de azul, devido à floração da infinidade de hortênsias azuis que se encontram um pouco por toda a ilha, tendo por isso recebido o cognome de Ilha Azul dos Açores.

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Piscinas Naturais do Varadouro – Roteiro para visitar o Faial

Apesar do Faial não ser um destino tão massificado dos Açores, como as ilhas de São Miguel e Terceira, atrai imensos turistas durante a época alta dos meses de verão. Até porque a Marina da Horta é ponto de paragem obrigatório para todos os velejadores que ousam cruzar o Atlântico. Por isso, se optar por visitar o Faial no verão, vá a contar com uma forte pressão turística que, naturalmente, se reflete no aumento dos preços dos alojamentos e alugueres de carros.

Quantos dias são necessários para visitar o Faial?

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Porto Pim – Roteiro para visitar o Faial

Para desfrutar ao máximo do roteiro para visitar o Faial que desenhamos para si, o ideal é alocar pelo menos 3 dias à sua viagem, o tempo que consideramos ideal para uma primeira visita à Ilha do Faial. Sim, ao contrário do que muitos dizem, um dia está longe de ser o suficiente para conhecer todos os encantos do Faial.

Em 3 dias conseguirá visitar os locais mais emblemáticos da ilha, fazer algumas caminhadas e dar uns mergulhos numa das muitas praias e piscinas naturais vulcânicas do Faial.

Ponta dos Capelinhos – Roteiro para visitar o Faial

Caso consiga acrescentar mais alguns dias, tanto melhor. Assim, terá tempo para percorrer mais alguns trilhos, fazer um passeio de barco para observar golfinhos e baleias, praticar mergulho, aproveitar melhor as praias (se for no verão, claro está) ou simplesmente conhecer sem pressas a maioria dos pontos de interesse do Faial referidos no nosso roteiro.

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Piscinas Naturais de Castelo Branco – Roteiro para visitar o Faial

Só tem 1 ou 2 dias disponíveis para visitar o Faial? Não deixe de ir! Obviamente que a viagem será num passo bem mais apressado e terá de cortar alguns dos locais que destacamos no roteiro de 3 dias para visitar o Faial. Mas não temos dúvidas de que vai adorar!

Marina da Horta – Roteiro para visitar o Faial

Se for esse o seu caso, espreite as nossas sugestões de roteiros para visitar a Ilha do Faial em 1 e 2 dias. Em ambos subtraímos, de forma cirúrgica, lugares e experiências ao itinerário de 3 dias, de forma a permitir-lhe visitar os locais verdadeiramente imperdíveis do Faial em apenas 1 ou 2 dias. Assim, já fica com uma ideia do quão belo é o Faial e, numa futura viagem aos Açores, não vai resistir em dar mais um saltinho à Ilha Azul.

Como chegar ao Faial? Dicas de voos e ferries

De avião

O Faial recebe voos diários de Lisboa e Porto operados pela companhia aérea SATA (Azores Airlines). De Lisboa existem voos diretos para o Faial. Se voar do Porto, por norma, terá de fazer escala na ilha de São Miguel ou na ilha Terceira. Para obter os melhores preços sugerimos que faça várias simulações e que reserve o voo com (pelo menos) três meses de antecedência. Clique para ler as nossas dicas para comprar voos baratos.

De barco

É possível viajar de barco durante todo o ano entre a Ilha do Faial e as restantes ilhas do Triângulo dos Açores, nomeadamente a Ilha do Pico (ligação direta – tempo de viagem a rondar os 30 minutos) e a Ilha de São Jorge (com escala no Pico – tempo de viagem aproximadamente 1:30h).

É inclusivamente possível levar o seu carro de aluguer nos barcos. Por isso, se estiver a planear visitar o Faial inserido num roteiro pelas ilhas do Triângulo dos Açores, escusa de apanhar voos para as outras ilhas. É uma solução mais económica e a pegada ecológica é consideravelmente inferior.

As ligações marítimas são operadas pela Atlanticoline e, apesar de existirem várias partidas por dia, os horários e frequências são variáveis de acordo com a estação do ano e estão sempre sujeitas às condições climatéricas. Para consultar linhas, horários e preços, clique no link seguinte: https://www.atlanticoline.pt/.

Também é possível viajar de barco entre a Graciosa e a Terceira, as outras duas ilhas do Grupo Central, mas apenas nos meses de verão e em dias específicos da semana.

Alugar carro para visitar o Faial

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 diasA grande maioria dos locais de interesse da Ilha do Faial são belezas naturais que não são servidas por transportes públicos. Por isso, a não ser que pretenda recorrer sempre a tours para fazer as suas visitas, diríamos que é crucial alugar um carro. Só assim conseguirá desfrutar em pleno da sua viagem à Ilha do Faial.

Com um carro alugado, chega a todo o lado e terá toda a flexibilidade para alterar os seus planos. Um plano de viagem flexível no Faial é extremamente importante, visto que as condições climatéricas mudam constantemente.

Importa ter em atenção que, na época alta, a disponibilidade de carros de aluguer é muito escassa. Muitos faialenses emigrados no exterior vêm gozar as suas férias anuais esgotando rapidamente a oferta do parque automóvel das empresas de rent-a-car. Portanto, alugar carro no Faial com muita antecedência é crucial, tanto para garantir mobilidade na ilha como para beneficiar dos melhores preços.

Nós alugamos o nosso carro através da AutoEurope, com pick-up no aeroporto do Faial, e correu tudo cinco estrelas, como de costume. O que gostamos da AutoEurope é que permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car (e assim encontrar o melhor preço disponível) sendo ainda possível cancelar o aluguer sem qualquer custo até 48h antes da partida.

Clique para ver todas as opções de aluguer de carro na Ilha do Faial

Tours, excursões e atividades na Ilha do Faial

Baleia ao largo da costa da Ilha do Faial

Existem inúmeras excursões e atividades que pode fazer na ilha do Faial. Entre elas destacamos os passeios de barco pela costa, para observação de baleias e golfinhos. Se nunca teve a experiência de observar cetáceos em alto mar, não deixe de incluir esta atividade no seu roteiro para visitar o Faial.

Se não pretende (ou já não conseguiu) alugar carro no Faial, recomendamos vivamente que recorra a um tour local para explorar belezas naturais e pontos de interesse mais recônditos da Ilha do Faial.

Abaixo colocamos os nossos tours e atividades favoritas no Faial. Clique nos respetivos links para consultar os programas:

Seguro de Viagem para a Ilha do Faial

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 diasUm bom seguro de viagem evita muitos dissabores no caso de precisar de cuidados de saúde e assistência médica durante a sua viagem, bem como para se precaver contra outros contratempos (como roubos, perda de malas, cancelamento da viagem, etc). Só assim é possível viajar com tranquilidade.

Na hora de comprar um seguro de viagem, a nossa escolha recai sempre na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em seguros de viagem, apresenta sempre o melhor rácio custo-benefício do mercado, e todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19, a preços surpreendentemente económicos.

Clique para fazer uma simulação para a sua viagem à Ilha do Faial e não se esqueça que, ao utilizar o nosso link, terá um desconto de 5% na compra seu seguro de viagem.

Onde ficar na Ilha do Faial? Sugestões de alojamento

A oferta de alojamento no Faial é atualmente bastante variada, desde hotéis económicos com todas as comodidades para uma noite de estada, ao luxo duma pousada, passando pela modernidade dum alojamento local citadino ou pela tranquilidade e privacidade dum Turismo Rural em casas típicas faialenses.

Tendo em conta que a Ilha do Fail é relativamente pequena, recomendamos que monte base numa só localidade e faça os seus passeios a partir daí, visto que exige menos logística e torna a experiência mais relaxante. Afinal, andar a fazer e desfazer malas todos os dias é sempre chato, sobretudo se viajar com crianças.

A melhor localidade para ficar alojado na Ilha do Faial é, sem sombra de dúvidas, a cidade da Horta. A capital e localidades limítrofes têm a maior e mais variada oferta de alojamentos e serviços turísticos da região, sendo relativamente fácil encontrar quartos a bons preços, sobretudo se reservar alojamento com bastante antecedência. Além disso, conta com excelentes acessos a todos os pontos de interesse da Ilha do Faial.

Se procura experiências de hospedagem diferentes, autênticas e relaxantes, espreite a oferta de alojamentos de turismo rural das localidades de Castelo Branco e Capelo (e respetivos arredores). São mais isolados e escasseiam os serviços, mas trazem paz. Clique nos nomes das localidades e surpreenda-se com a qualidade destes refúgios únicos.

Por último, listamos abaixo os nossos hotéis favoritos na Horta – testados e aprovados por nós – e adicionamos algumas sugestões de alojamentos que apresentam a melhor relação qualidade-preço na sua categoria.

Azoris Faial Garden

A 5 minutos do centro da cidade e do famoso Café Peters, o Azoris Faial Garden beneficia de um dos cenários mais idílicos da ilha do Faial. As vistas panorâmicas sobre a marina, o oceano e a vizinha Ilha do Pico prometem deslumbrá-l@ todos os dias, do nascer ao pôr do sol. Seja da infinity pool exterior ou da piscina interior aquecida com jacuzzi, do restaurante ou do centro de fitness, seja da varanda do seu quarto de interiores acolhedores e clássicos com um toque de nostalgia. Com um fabuloso pequeno almoço incluído, dispõe ainda de um bar e de estacionamento privado gratuito.

Monte da Guia

Prova da ótima relação qualidade/preço do Monte da Guia é que é uma sorte apanhar um dos 7 quartos vagos, porque esgotam num ápice. Este alojamento local situa-se na pitoresca freguesia de Angústias, próximo da praia de Porto Pim e com vista sobre a reserva natural do Monte da Guia. Sem mordomias mas com comodidades modernas, dispõe de cozinha equipada e salão partilhados, churrasco, lavandaria e estendal.

Pousada Forte da Horta

As vistas de plateia para a ilha do Pico e a Marina da Horta são apenas um dos muitos trunfos da Pousada Forte da Horta, uma das Pousadas de Portugal instalada num Monumento Nacional quinhentista, o Forte de Santa Cruz da Horta. Leia a história inscrita nas pedras seculares enquanto desfruta de todas as comodidades modernas deste luxuoso hotel de 4 estrelas.

Hotel do Canal

Localizado na rua principal da cidade da Horta, paragem obrigatória para velejadores e marinheiros, o clássico Hotel do Canal é inspirado na história e nas tradições da ilha do Faial. Este boutique hotel oferece comodidade com serviços de restaurante, bar, Spa com sauna e banho turco, e centro de fitness. Sempre a mirar o Pico e o mar.

Clique para ver mais opções de alojamento no Faial

O Melhor do Faial num roteiro de 3 dias: lugares a visitar na Ilha do Faial

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Horta – Roteiro para visitar o Faial

É importante referir que o número de dias que sugerimos para o roteiro de 3 dias para visitar a Ilha do Faial não inclui os dias de viagem do ponto de origem para o Faial e vice-versa. Logo, a não ser que o seu voo de ida seja matutino e o de regresso mais tardio (existem várias opções nesse sentido), terá sempre de acrescentar mais um par de dias para a ida e volta desde o seu ponto de partida até à cidade da Horta.

Importa também salientar que o roteiro para visitar a Ilha do Faial que aqui vamos partilhar consigo foi desenhado partindo do pressuposto de que irá ficar alojado na Horta (ou arredores). Caso pretenda ficar alojado noutra localidade, ou ir mudando de alojamento durante a sua viagem, terá obviamente de fazer alguns ajustes.

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Morro de Castelo Branco – Roteiro para visitar o Faial

Se é nosso leitor assíduo, já sabe que nos nossos roteiros o número de dias é meramente indicativo. Se abdicar de fazer algumas das atividades que sugerimos ou cortar alguns pontos de interesse, pode fazer este roteiro em menos dias. Por isso mesmo, e como já referimos atrás, desenhamos também roteiros de 1 e de 2 dias para visitar o Faial. Pode consultá-los imediatamente abaixo do roteiro de 3 dias.

No sentido inverso, caso queira fazer algumas atividades náuticas, aventurar-se em mais alguns trilhos, ou simplesmente passar o dia a relaxar (e a mergulhar) numa das muitas praias e piscinas naturais da Ilha do Faial, acrescente mais uns dias e alargue este roteiro para visitar o Faial para 4 ou 5 dias. Ao longo do roteiro vamos dar-lhe algumas sugestões nesse sentido. É só estar atent@ às nossas habituais Dicas VagaMundos.

Praia de Porto Pim – Roteiro para visitar o Faial

Por último, queremos chamar-lhe a atenção que, face à instabilidade do clima da Ilha do Faial, deve estar preparad@ para ir fazendo alterações ao roteiro durante a sua estadia. Se não o fizer, arrisca-se a encontrar muitos dos locais mais emblemáticos da ilha, como seja a Caldeira do Faial, completamente envolta em nevoeiro. O ideal é consultar amiúde as câmaras live do site SpotAzores (clique para ver) para avaliar o estado do tempo. Se vir que está muito nublado, não hesite em mudar os planos.

Roteiro para visitar o Faial: Dia 1

Horta – Praia do Porto Pim – Museu Fábrica da Baleia – Monte da Guia – Poça da Rainha – Miradouro Ponta Furada – Miradouro do Monte Carneiro

Horta

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 diasO nosso roteiro para visitar a Ilha do Faial arranca na cidade da Horta, a capital da ilha e uma das três capitais da Região Autónoma dos Açores, ao par de Angra do Heroísmo (Terceira) e Ponta Delgada (São Miguel). Entreposto comercial obrigatório nas rotas transatlânticas desde a Era dos Descobrimentos, algo que conserva até aos dias de hoje, a Horta tem fortes argumentos que a levam a figurar entre as cidades mais apaixonantes dos Açores.

Para começar, fica localizada numa baía cuja beleza roça o onírico, sendo inclusivamente uma das duas baías portuguesas que figura no restrito Clube das Mais Belas Baías do Mundo (a outra é a Baía de Setúbal). Depois, tem a maior e mais movimentada marina dos Açores, uma autêntica meca para os velejadores que cruzam o Atlântico, como o comprova a infinidade de coloridos murais que a decoram.

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Coloridos murais da Marina da Horta

Some-lhe a beleza arquitetónica, os monumentos históricos, as encantadoras ruelas calcetadas, as praias de areia negra, as vistas de cortar a respiração para a Ilha do Pico e o ambiente multicultural do Peter Café Sport, um dos bares mais icónicos de Portugal e do mundo, e fica logo com uma ideia dos trunfos que fazem da Horta uma cidade ímpar nos Açores.

Posto isto os locais que consideramos de visita obrigatória e as experiências a não perder no centro histórico de Horta são as seguintes:

  • Passear pela Marina da Horta, uma das marinas mais ilustres do mundo, pejada de coloridos murais pintados por velejadores de todo o mundo. Uma tradição que diz trazer bom augúrio às embarcações e que transformou a Marina da Horta numa autêntica galeria a céu aberto, pincelada de sonhos oriundos dos quatro cantos do planeta.
  • Percorrer a Rua Conselheiro Medeiros, uma linda rua calcetada pejada de edifícios históricos, que é considerada a principal artéria do centro histórico da Horta.
  • Visitar a Igreja do Santíssimo Salvador, a matriz da Horta, uma das maiores e mais belas igrejas dos Açores.
  • Paços do Concelho, que ocupa o antigo Colégio dos Jesuítas, e no qual irá encontrar o Museu da Horta.
  • Admirar a altaneira Torre do Relógio e passear pelo vizinho Jardim Florêncio Terra, que se destaca pelo seu airoso coreto de madeira e lindo dragoeiro.
  • Igreja do Carmo e Igreja da Misericórdia.
  • Forte de Santa Cruz da Horta, a principal fortificação da Ilha do Faial, que presentemente alberga uma Pousada de Portugal.
  • Passear pela marginal da Horta, uma autêntica varanda para a Ilha do Pico, que vai desde a aprazível Praça Infante Dom Henrique até ao Terminal Marítimo da Horta, junto ao qual se encontram as fotogénicas letras da Horta, que celebram a inclusão da sua baía no Clube das Mais Belas Baías do Mundo.
  • Passear pelas ruelas do histórico bairro das Angústias, o local onde a Horta nasceu. Não deixe de visitar a formosa Igreja da Nossa Senhora das Angústias e de passear pela marginal da enseada de Porto Pim, entre o Forte do Porto Pim e o Forte de São Sebastião. As vistas para a baía e praia de Porto Pim, emolduradas pelo Monte Queimado e o Monte da Guia, são de babar. Se a passeata lhe der larica, pode sempre ir comer um petisco ao Café do Porto Pim, que fica mesmo ao lado do forte homónimo.
  • Last but not least, ir beber um gin ao mítico Peter Café Sport, o bar mais histórico dos Açores (em funcionamento desde 1918), que se tornou o ponto de encontro por excelência de todos os navegadores, e demais viajantes, que aportam na Horta. Beber um Gin do Mar (um licor de gin com sabor a maracujá produzido nos Açores) ao pôr-do-sol, com o Pico no horizonte, está entre as nossas melhores memórias da Ilha do Faial. É daquelas experiências para colocar em repeat mode no seu roteiro para visitar o Faial.
Baía de Porto Pim
Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Gin do Mar – Peter Café Sport
Dica VagaMundos: Açores e observação de baleias e golfinhos são indissociáveis. E a Horta é um excelente ponto de partida para embarcar numa expedição de observação de cetáceos, que cruzam as águas açorianas o ano inteiro. Se nunca viveu esta experiência maravilhosa, não deixe de incluir uma excursão de barco no seu roteiro para visitar a Ilha do Faial. Este tour de avistamento de baleias e golfinhos de 3 horas é feito na companhia de um biólogo marinho certificado (clique para ver), sendo possível escolher entre dois horários de partida, um ao início da manhã e outro no fim de almoço. Se optar por fazer o primeiro, fica com o resto do dia para visitar o centro histórico da Horta e dar um saltinho ao Monte da Guia.

Praia do Porto Pim e Museu Fábrica da Baleia

Centro histórico da Horta visitado, está na hora de ir dar o primeiro mergulho no seu roteiro a visitar o Faial. E não conseguimos pensar num local melhor para o batismo de banhos salgados na ilha do Faial que na Praia de Porto Pim, até porque já lhe botou o olho em cima ao percorrer a marginal do Porto Pim.

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Praia de Porto Pim – Roteiro para visitar o Faial

Esta divinal praia de areia negra fica situada no extremo da baía de Porto Pim, a dois passos do centro histórico da Horta, sendo caracterizada por ter águas calmas e praticamente sem ondulação, o que faz dela a praia perfeita para ir com crianças. Para mais tem um extenso areal, boas infraestruturas de apoio e um enquadramento paisagístico simplesmente mágico.

Museu Fábrica da Baleia

No extremo sul da praia irá encontrar o Museu Fábrica da Baleia de Porto Pim, onde poderá saber mais sobre a indústria baleeira dos Açores, uma das principais atividades económicas dos Açores até à segunda metade do século XX. Esta fábrica do Faial era um dos principais locais das ilhas do Grupo Central dos Açores para a produção de produtos derivados dos cetáceos, como sejam óleos e farinha. Hoje a caça às baleias é expressamente proibida nos Açores, sendo que a única coisa que se aponta aos cetáceos que cruzam as águas açorianas são as objetivas das câmaras fotográficas.

Monte da Guia

A próxima paragem do nosso roteiro para visitar o Faial será no Monte da Guia, um dos geossítios mais importantes do Geoparque Açores. O Monte da Guia é um cone vulcânico com origem submarina que se encontra unido à ilha do Faial por uma estreita faixa na qual se encontra o sistema dunar da Praia do Porto Pim e o Monte Queimado, um cone de escórias parcialmente desmantelado por erosão marinha.

Capela da Nossa Senhora da Guia – Roteiro para visitar o Faial

No alto do Monte da Guia situa-se a bela Capela da Nossa Senhora da Guia, a padroeira dos marinheiros, junto à qual irá encontrar dois miradouros que @ vão brindar com vistas panorâmicas de cortar a respiração.

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Caldeira do Inferno

De um lado terá a seus pés a baía e praia de Porto Pim, a cidade da Horta, o Monte Queimado e a costa sul da ilha, uma visão que é um autêntico postal 3D da ilha do Faial. Do outro, poderá observar a Caldeira do Inferno (também conhecida pelo nome de Caldeirinhas), duas crateras unidas e abertas ao mar.

Poça da Rainha e Miradouro Ponta Furada

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 diasVistas desfrutadas, continue o seu roteiro para visitar o Faial rumando até à Poça da Rainha, umas piscinas naturais deliciosas formadas por rochas basálticas resultantes de escoadas lávicas. As águas são cristalinas, sendo tão boas para ir a banhos como para a prática de snorkeling.

A nível de infraestruturas, dispõem de balneários, duches e uma plataforma cimentada onde pode estender a sua toalha. Infelizmente não tem bar de apoio mas, praticamente ao lado, existe um parque de merendas com grelhadores onde poderá fazer um belo de um picnic.

A somente 500 metros da Poça da Rainha irá encontrar o Miradouro da Ponta Furada, do qual poderá observar uma boa parte da costa sudoeste do Faial onde se destacam singulares arribas com fotogénicos arcos vulcânicos e grutas submersas e semi-submersas formadas pela erosão marinha.

Miradouro do Monte Carneiro

Para terminar em alta o primeiro dia do seu roteiro a visitar o Faial, nada como subir ao altaneiro miradouro do Monte Carneiro, para desfrutar de vistas panorâmicas a 360º. Do alto dos seus 287 metros irá avistar o Vale de Flamengos, rodeado de verdejantes montanhas, e observar a cidade e baía da Horta em toda a sua plenitude, desde o Monte da Guia à Ponta da Espalamaca, com a colossal Montanha do Pico como pano de fundo. Dizer que é uma visão apaixonante parece-nos redutor!

Roteiro para visitar o Faial: Dia 2

Vulcão dos Capelinhos – Piscina Natural do Porto do Comprido – Piscinas Naturais do Varadouro – Caldeira do Faial – Miradouro de Nossa Senhora da Conceição

Vulcão dos Capelinhos

O segundo dia do nosso roteiro para visitar o Faial arranca com uma visita ao Vulcão dos Capelinhos, a terra mais jovem de Portugal.

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 diasO Vulcão dos Capelinhos entrou em erupção no mar, ao largo da Ilha do Faial, em setembro de 1957, estando em atividade durante cerca de 13 meses. Durante esse período de tempo, os jatos de lava e cinza uniram o vulcão à ilha do Faial, aumentando a sua superfície em sensivelmente 2,5 km2, e criando uma paisagem que parece retirada de outro planeta. Na região, a única construção que resistiu à avassaladora força da natureza foi o Farol dos Capelinhos, que apesar de ter ficado soterrado até ao terceiro andar mantem-se ainda hoje de pé.

Graças à evacuação das povoações mais próximas, o vulcão dos Capelinhos não causou vítimas humanas, mas a destruição de casas e terrenos agrícolas, levou à emigração de mais de 10.000 pessoas do Faial (cerca de metade da população da ilha) para os EUA. Quando vivemos em Boston conhecemos alguns faialenses, cujos pais tiveram de refazer toda a sua vida por terras norte americanas.

Antes da erupção do Vulcão dos Capelinhos tudo isto era mar

Estar perante o território mais novo de Portugal, uma obra de destruição criativa feita pelas forças da natureza, e imaginar que, há menos de um século, ali era o mar, faz-nos perceber quão pequeninos somos. É simplesmente avassalador!

A paisagem pode parecer extraterrestre e estéril, mas no Vulcão dos Capelinhos já existe vida, sendo inclusivamente o lar de várias espécies de aves marinhas, entre elas cagarros e garajaus, duas aves em perigo de extinção. Por essa mesma razão, o Vulcão dos Capelinhos foi declarado área protegida, sendo por isso proibido aceder ao mesmo.

Vulcão dos Capelinhos visto do Trilho dos Dez Vulcões

Mas não se preocupe que pode admirar o recém-nascido território de Portugal em todo o seu esplendor subindo ao Farol dos Capelinhos ou, melhor ainda, percorrendo uma secção do Trilho dos Dez Vulcões (PR6 Faial), que se desenvolve ao longo das falésias que ladeiam o Vulcão dos Capelinhos. Vale cada gotinha de suor e, não temos dúvida, irá ser um dos pontos mais altos do seu roteiro a visitar o Faial.

Para saber mais sobre a erupção do Vulcão dos Capelinhos sugerimos que visite o Centro de Interpretação que foi construído no, agora, subsolo do Farol dos Capelinhos, de forma a minimizar o seu impacto paisagístico.

Piscina Natural do Porto do Comprido

Parece-lhe bem a ideia de um mergulho com vista para o território mais jovem de Portugal? Se sim, continue o seu roteiro para visitar o Faial rumando até à Piscina Natural do Porto do Comprido (também conhecida como Piscina Natural dos Capelinhos).

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 diasPorto Comprido foi outrora umas das mais importantes estações baleeiras dos Açores, recebendo botes e lanchas vindos de todas as ilhas do Triângulo dos Açores. Hoje é ponto de embarque para passeios de barco e caiaque ao redor do Vulcão dos Capelinhos e uma linda piscina natural com águas cristalinas e vistas de fazer cortar o fôlego para a terra mais jovem de Portugal. Mais do que justifica o pequeno desvio!

Piscinas Naturais do Varadouro

A próxima paragem do nosso roteiro para visitar o Faial será na Fajã do Varadouro, para dar um mergulho nas piscinas naturais mais famosas de toda a ilha.

E olhe que a fama das Piscinas Naturais do Varadouro tem toda a razão de ser. Para começar, são de uma beleza natural desarmante e as águas figuram entre as mais morninhas da ilha do Faial. Depois, permite ao banhista optar por ir a banhos em mar aberto ou numa das piscinas naturais, entre elas uma pequena piscina para crianças, o que permite aos mais pequenos ir a banhos em segurança.

Para compor o ramalhete tem imensos locais onde estender a toalha, boas infraestruturas de apoio (entre elas bar de apoio com esplanada e balneários), acesso fácil à zona de banhos e vistas estupendas sobre a acidentada costa oeste do Faial, com destaque para o imponente Morro de Castelo Branco.

Caldeira do Faial (Caldeira do Cabeço Gordo)

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 diasBanhos tomados, está na hora de ir conhecer a Caldeira do Faial, o nome pelo qual é popularmente conhecida a Caldeira do Cabeço Gordo, o ponto mais alto da ilha. É um dos locais mais mágicos de todo o Arquipélago dos Açores, como tal, nem pestaneje na hora de o adicionar ao seu roteiro para visitar o Faial.

Esta colossal caldeira, com cerca de 2 km de diâmetro e 400 metros de profundidade, encontra-se implantada no topo do vulcão central da ilha do Faial sendo a mais jovem caldeira dos Açores, com aproximadamente 1000 anos de idade.

Para poder admirar este magnífico monumento natural, foi criado um miradouro, cujo acesso é feito atravessando um cinemático túnel. Contudo, se a quiser admirar em todo o seu esplendor, nada como percorrer o Trilho da Caldeira (PR4 do Faial), que se desenvolve ao redor da caldeira, a uma altitude compreendida entre os 840 e os 1040 metros.

Trilho da Caldeira – Roteiro para visitar o Faial

Este trilho circular tem cerca 6,8 km de extensão e apresenta um nível de dificuldade baixo, pelo que, se estiver minimamente habituado a caminhadas de montanha, consegue percorrê-lo em 2 ou 3 horas com tempo para apreciar as obnubilantes paisagens. Se vir que não tem tempo/vontade para percorrer a totalidade do percurso, sugerimos que siga as indicações do trilho no sentido contrário aos ponteiros do relógio e vá apenas até ao Alto do Cabouco (são somente 2 km ida e volta). O que é imperativo é que o dia apresente boas condições climatéricas, pois com baixa visibilidade, não há vistas para ninguém e o percurso torna-se bastante perigoso.

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Ilha do Pico vista do Alto do Cabouco

O Trilho da Caldeira encontra-se muito bem sinalizado, mas pelo sim pelo não, pode sempre descarregar o track GPS que disponibilizamos neste artigo (clique para fazer download) e levá-lo consigo no seu smartphone. Até porque é completamente grátis!

Dica VagaMundos: se for apaixonad@ por caminhadas, e puder acrescentar mais um dia ao seu roteiro para visitar o Faial, sugerimos que vá percorrer o Trilho dos Dez Vulcões, um exigente percurso pedestre linear com cerca de 19,5 km de extensão. O trilho arranca na Caldeira do Faial e termina no Vulcão dos Capelinhos (o sentido com menor desnível positivo, ou seja, com menos subidas) e vai brindá-l@ com alucinantes paisagens naturais do interior do Faial. Convém é combinar de antemão com um taxista para @ ir apanhar ao Vulcão dos Capelinhos no final da caminhada e trazer de regresso ao seu carro: fazer este trilho ida e volta, roça o bárbaro. Clique aqui para descarregar o track GPS do Trilho dos Dez Vulcões.

Miradouro de Nossa Senhora da Conceição

Vista do Miradouro de Nossa Senhora da Conceição

O segundo dia do nosso roteiro para visitar o Faial termina no Miradouro de Nossa Senhora da Conceição, que fica localizado na altaneira Ponta de Espalamaca, onde se encontra uma estátua da Nossa Senhora da Conceição e uma cruz de 30 metros. Dele será brindad@ com mais uma vista, de fazer cair o queixo, sobre a cidade da Horta e homónima baía.

Costa Leste do Faial

Do lado oposto da estrada poderá desfrutar de uma, não menos impressionante, vista sobre a costa leste do Faial. É correr o pano de forma perfeita para finalizar o segundo dia do seu roteiro a visitar o Faial!

Roteiro para visitar o Faial: Dia 3

Piscinas Naturais de Castelo Branco – Morro de Castelo Branco – Queijaria O Morro – Praia da Fajã – Miradouro da Ribeira das Cabras – Miradouro da Ribeira Funda – Moinho de Vento de Salão – Piscinas Naturais do Porto do Salão – Igreja de São Mateus – Farol da Ponta da Ribeirinha – Praia do Almoxarife

O terceiro dia do nosso roteiro para visitar o Faial será dedicado a dar uma volta completa à ilha percorrendo a icónica estrada EN1-1A. A viagem em si não demora mais do que um par de horas, mas com as sugestões de paragens que temos para si, vai ter com que se entreter o dia todo… E mais tempo houvesse!

Piscinas Naturais de Castelo Branco

Para começar em beleza o terceiro dia do seu roteiro a visitar o Faial, nada como ir dar um mergulho (ou pelo menos molhar o pé) às Piscinas Naturais de Castelo Branco, outras das piscinas vulcânicas do Faial que nos encheram as medidas.

As piscinas têm acesso facilitado, oferecem excelentes infraestruturas de apoio e várias opções para ir a banhos. Pode optar pelas pequenas piscinas naturais basálticas que enchem com as marés, pelas duas piscinas artificiais alimentadas pela água do mar (uma para crianças e outra para adultos) ou dar um mergulho em mar aberto. A cereja no topo do bolo são as soberbas vistas para o Morro de Castelo Branco, que irá ter a oportunidade de ver bem de perto, pois é a próxima paragem do nosso roteiro para visitar o Faial.

Morro de Castelo Branco

Das piscinas é um saltinho até ao Morro do Castelo Branco, um colossal monólito com cerca de 150 metros de altura que se encontra unido à ilha do Faial por uma estreita faixa de terra. Hoje, à semelhança do que acontece no Vulcão dos Capelinhos, é o lar de uma miríade de aves marinhas, entre elas o adorável cagarro, cujo canto já faz parte da banda sonora das nossas viagens aos Açores.

O acesso ao miradouro que se encontra na base do Morro do Castelo Branco é exclusivamente pedonal, mas não se assuste que do estacionamento só terá de percorrer um par de centenas de metros, por um caminho bem cuidado e sem desníveis de relevo. Para mais, ao longo do percurso, desfilarão perante os seus olhos magníficas vistas sobre a costa oeste do Faial.

Queijaria O Morro

Falar dos Açores é falar de queijos, e a ilha do Faial não é exceção. Há muitos e bons queijos na Ilha Azul dos Açores, mas, para o nosso paladar, nenhum supera o Morro, um queijo amanteigado simplesmente sublime que foi direitinho para a nossa lista dos melhores queijos dos Açores. Como tal, não podíamos deixar de incluir uma visita à Queijaria “O Morro” no nosso roteiro para visitar o Faial, mais que não seja para comprar uma sacada deles para levar para casa. De comer e chorar por mais!

Praia da Fajã

A próxima paragem do nosso roteiro para visitar o Faial será na Praia da Fajã, a nossa praia selvagem favorita da ilha do Faial.

À sua espera tem um extenso areal de areia negra vulcânica idilicamente encaixado no sopé de imponentes falésias bordadas de vegetação autóctone dos Açores. O contraste entre o intenso azul do mar com o areal preto e o verde das falésias é de pôr qualquer um a suspirar.

Apesar de ser uma praia selvagem, tem surpreendentemente algumas infraestruturas de apoio nas imediações, como sejam balneários, parque infantil e parque de merendas com churrasqueiras. O único senão é que o mar é do mais bravo que vimos no Faial e, como a praia não é vigiada, ir a banhos está longe de ser tarefa fácil, sendo completamente de evitar se for com crianças.

Miradouro da Ribeira das Cabras e Miradouro da Ribeira Funda

O Miradouro da Ribeira das Cabras e o Miradouro da Ribeira Funda são os nossos favoritos na secção norte da estrada EN1-1ª, como tal, não hesitamos em incluí-los na nossa sugestão de roteiro para visitar o Faial.

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Miradouro da Ribeira das Cabras – Roteiro para visitar o Faial

O Miradouro da Ribeira das Cabras fica mesmo à saída da localidade Praia do Norte e oferece uma estupenda vista panorâmica para a Península do Capelo, onde se destaca o Vulcão dos Capelinhos, as fajãs que nasceram com a erupção, o Cabeço Verde e a Praia da Fajã.

Miradouro da Ribeira Funda

Já no Miradouro da Ribeira Funda, que fica localizado à entrada da freguesia de Cedros, irá ser brindad@ com uma visão esmagadora sobre o abrupto canhão da Ribeira Funda. Tem ainda o bónus de ter um convidativo parque de merendas, perfeito para merendar enquanto aprecia a vista.

Trilho das Levadas
Dica VagaMundos: quer conhecer mais um trilho estupendo do Faial? Então adicione mais um dia ao seu roteiro para visitar o Faial e vá percorrer o Trilho das Levadas, um encantador percurso pedestre que se desenvolve ao longo de uma exuberante floresta de laurissilva, por onde passa a maior levada do Faial, criada para fornecer água para a produção de energia hidroelétrica. O Trilho das Levadas é linear, com aproximadamente 7,5 km de extensão (15 km ida e volta) e nível de dificuldade técnica fácil. O início e final do percurso é junto ao Cabeço dos Trinta, um cone vulcânico cujo interior pode visitar percorrendo um túnel escavado na rocha. Clique para descarregar o track GPS do Trilho das Levadas para levar no seu smartphone.

Salão

A próxima paragem do nosso roteiro para visitar o Faial será no pequeno povoado de Salão, onde poderá ver o Moinho da Chã, um dos típicos moinhos de vento do Faial que se encontra em melhor estado de conservação.

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Moinho da Chã – Roteiro para visitar o Faial

A arquitetura destes fotogénicos moinhos vermelhos é completamente distinta dos moinhos de vento de Portugal Continental, assemelhando-se mais ao desenho dos moinhos de vento holandeses. A razão é simples: este estilo de construção de moinhos foi implementado na ilha do Faial (e demais ilhas do Grupo Central dos Açores) pelos colonos flamengos.

Porto de Salão

Moinho da Chã apreciado, sugerimos que dê um saltinho ao Porto de Salão, um antigo porto baleeiro presentemente convertido em piscinas naturais com algumas infraestruturas de apoio, como sejam balneários e merendeiro com grelhadores. Tenha em atenção que, ao contrário do que acontece na maioria das piscinas naturais do Faial, aqui não existem piscinas com águas rasas, ou seja só é possível ir a banhos em zonas sem pé, pelo que não é apropriado para crianças nem pessoas que não saibam bem nadar.

Igreja de São Mateus e Farol da Ponta da Ribeirinha 

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias
Igreja de São Mateus – Roteiro para visitar o Faial

De Salão é um saltinho até à Ribeirinha, uma das freguesias que foi mais castigada pelo último grande sismo do Faial, ocorrido em 1998 a somente 5 km da Ponta da Ribeirinha. Este violento sismo, de magnitude 5,8 na escala de Richter, criou uma enorme onda de destruição e na Ribeirinha ainda existem vários edifícios que testemunham a sua violência.

Farol da Ponta da Ribeirinha

Um deles é a Igreja de São Mateus, um dos templos religiosos mais emblemáticos da costa leste do Faial, do qual pouco mais sobra do que a fachada. É uma imagem desoladora que só encontra paralelo no vizinho Farol da Ponta da Ribeirinha, um dos faróis mais icónicos do Canal do Faial, mencionado várias vezes por Vitorino Nemésio na sua obra-prima Mau Tempo no Canal. Também ele se encontra completamente em ruínas e, contemplá-lo, relembra-nos o poder destrutivo das forças da natureza.

Praia do Almoxarife

Para fechar com chave de ouro o seu roteiro a visitar o Faial, nada como ir dar um mergulho à Praia do Almoxarife, uma das nossas praias favoritas de todo o Arquipélago dos Açores, historicamente célebre por ter sido o local onde desembarcaram pela primeira vez no Faial os colonos flamengos liderados por Joss Van Hurtere.

A Praia do Almoxarife fica encaixada entre a Lomba da Espalamaca e a Lomba dos Frades, e tem uma vista sobre a Ilha do Pico simplesmente divinal.

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 dias

Para além do enquadramento paisagístico de cortar o fôlego, tem à sua espera um extenso areal de areia negra, águas cristalinas com pouca ondulação e excelentes infraestruturas de apoio, das quais destacamos um vasto parque de estacionamento completamente gratuito, acessos para pessoas com mobilidade reduzida, casas de banho, chuveiros, bares/restaurantes e até mesmo um parque de campismo. Ah, e tem uma marginal fantástica, que convida a longos passeios.

Mapa do Roteiro de 3 dias para visitar a Ilha do Faial


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro para visitar a Ilha do Faial em 3 dias.

Roteiro de 2 dias para visitar o Faial

Roteiro Ilha do Faial: o que visitar em 1, 2 e 3 diasSó tem 2 dias para visitar a Ilha do Faial? Naturalmente que vai ter de abdicar de visitar alguns dos pontos de interesse e, sobretudo, cortar nas caminhadas e nos mergulhos salgados. Ainda assim, terá tempo para conhecer os maiores cartões-postais da Ilha do Faial.

Claro que pode sempre optar por condensar o roteiro de 3 dias em 2 dias, mas vai passar demasiado tempo a correr de um lado par ao outro e pouco tempo nos locais de interesse.

Abaixo encontra a nossa sugestão de roteiro para 2 dias, podendo ler a respetiva descrição dos locais de interesse no roteiro de 3 dias para visitar a Ilha do Faial.

Dia 1

Morro de Castelo Branco – Vulcão dos Capelinhos – Piscina Natural do Porto do Comprido – Piscinas Naturais do Varadouro – Praia da Fajã – Caldeira do Faial

Dia 2

Horta – Praia do Porto Pim – Monte da Guia – Miradouro do Monte Carneiro – Poça da Rainha – Miradouro de Nossa Senhora da Conceição – Praia do Almoxarife

Clique para ver as melhores opções de alojamento na Ilha do Faial

Mapa do Roteiro de 2 dias para visitar a Ilha do Faial


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro para visitar a Ilha do Faial em 2 dias.

Roteiro de 1 dia para visitar o Faial

Só consegue alocar mesmo 1 dia da sua viagem aos Açores para visitar o Faial? Não se preocupe que nós damos-lhe uma ajuda para conhecer os locais mais emblemáticos da ilha.

Mas não lhe vamos mentir. O dia vai ser superpreenchido e vai saber a pouco, pois é virtualmente impossível ver todos os locais de interesse do Faial em apenas um dia. O efeito colateral é que vai ficar com uma enorme vontade de regressar ao Faial o mais rapidamente possível.

Abaixo encontra a nossa sugestão de roteiro para 1 dia a visitar o Faial, podendo ler a respetiva descrição dos locais de interesse no roteiro de 3 dias para visitar a Ilha do Faial.

Monte da Guia – Vulcão dos Capelinhos – Caldeira do Faial – Miradouro de Nossa Senhora da Conceição – Horta

Clique para ver as melhores opções de alojamento na Ilha do Faial

Mapa do Roteiro de 1 dia para visitar a Ilha do Faial


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa do roteiro de 1 dia para visitar a Ilha do Faial.

Onde comer na Ilha do Faial? Melhores Restaurantes

Atlético
Filipe Carvalho, R. das Angústias S/N, Horta

Peter Café Sport
José Azevedo 9, Horta

Ah! Boca Santa
Mercado Municipal, Horta

Oceanic Café
Vasco da Gama 46A, Horta

Genuíno
Rua Nova, Horta

Restaurante Rumar
EN1-1, Praia do Norte

Pasquinha
Canada do Monte 31, Salão

Aldina
EN1-1, Cascalho

Outros artigos dos Açores

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.