Visitar Lisboa: o melhor de Lisboa num roteiro de 3 dias

roteiro visitar lisboa guia

Sete colinas com vista sobre o rio Tejo aninham a Lisboa dos telhados vermelhos, do casario em tons pastel, das alvas igrejas abobadadas, dos verdes recantos, das vielas labirínticas e dos antigos palacetes.

Um cenário arrebatador, quase teatral, feito ao longo de séculos. Não é de admirar que tenha arrecadado mais um prémio de gabarito, o prémio de World’s Leading City Destination 2018, o melhor destino citadino mundial.

A capital de Portugal é a imagem-postal perfeita duma capital carismática, que se orgulha do seu passado mas tem os olhos postos no futuro.


Clique para ler 25 sugestões de passeios a partir de Lisboa. Ideal para escapadinhas e bate-volta.


Porquê visitar Lisboa?

lisboa-em-3-dias

Lisboa tem mil e uma razões para justificar uma visita. O céu é quase sempre azul, o Tejo marca presença perene, as ruas empedradas evocam história, a monumentalidade preserva a memória de glórias portuguesas passadas. Adicionemos a estes ingredientes os liboetas e temos a receita do que molda o rosto desta Lisboa com carisma, com essência, com alma.

É criativa, arrojada, ávida pela novidade sem nunca largar mão do seu passado. A capital portuguesa funde o seu legado histórico com modernismo e pensamento progressista sem grande esforço.

Inclusivamente, muitos dos que ousam inovar, dizem que Lisboa tem o setting mental, social e cultural perfeitos para gerar ideias vanguardistas e progressistas.

vistas-rio-tejo

É excitante para os milhares de jovens estudantes, desafiante para quem luta pelo seu lugar ao sol, e repleta de prodigiosas surpresas em cada recanto que se descobre amiúde.

Lisboa é considerada um dos melhores destinos de viagem dentre concorrentes de peso como Paris, Londres, ou Roma.

Quando visitar Lisboa?

Se há capital europeia que consegue atrair visitantes por causa dum clima invejável, essa capital é Lisboa. Portanto, a melhor altura para visitar Lisboa é… O ano todo.

No inverno as temperaturas são as que muitos países nórdicos desejavam usufruir no seu verão, na primavera a cidade parece rejuvenescer como a estação e no verão as esplanadas são atrevidamente convidativas.

No outono não há pôr do sol tão atraente como o que o Tejo nos devolve e o matizado do casario ganha uma beleza ímpar.

Há sempre algo a acontecer na capital portuguesa, portanto há sempre um motivo para visitar num fim de semana prolongado, numa viagem de lazer, numa viagem em família ou numa escapada romântica para namorar nos lugares apaixonantes de Lisboa.

Encontre as melhores ofertas de alojamento em Lisboa

Mapa dos Principais Pontos de Interesse de Lisboa


Clique no canto superior direito para aumentar

O Melhor de Lisboa num roteiro de 3 dias

Lisboa está sempre a mudar. Um bairro que se anima e reinventa, um quarteirão que se renova, um spot para juntar lisboetas e gente de todos os cantos do mundo espelhando novidade, talento e energia. E quem vem de fora não fica indiferente à simpatia e amabilidade com que o lisboeta o recebe.

Lisboa consegue reunir o melhor de muitas cidades da Europa. Tem a personalidade de Barcelona, o romantismo de Florença, a história de Praga, a elegância de Bordéus, a relação íntima com o rio e o seu porto como Hamburgo.

Esta proposta de roteiro de Lisboa permite facilmente conhecer Lisboa a pé, já que a maioria dos pontos de interesse turístico de Lisboa concentram-se nas colinas que rodeiam a Baixa Pombalina, à exceção do passeio em Belém.

De qualquer maneira, escolha o que deseja incluir nos seus dias de visita e considere a compra do Lisboa Card: inclui viagens ilimitadas no metro, autocarros e elevadores da Carris, entrada gratuita em mais de 20 atrações turísticas e descontos em muitas mais.

visitar-lisboa

Agora, faça a mala e venha daí conhecer o melhor destino citadino de Portugal.

Roteiro de Lisboa: 1º Dia

Um dia na capital portuguesa da herança romana e árabe, da baixa pombalina e dos labirínticos bairros alfacinhas.

confeitaria-nacional-lisboa

Praça da Figueira

Nem pensar em começar este roteiro de Lisboa de estômago vazio. Impõe-se uma parada na Confeitaria Nacional para uma bica e um dos seus divinais, reais e presidenciais bolos de pastelaria.

roteiro-lisboa-3-diasE já que estamos na Praça da Figueira, dediquemos algum tempo a este lugar de monumentos históricos, e quem quiser pode dar uma vista de olhos ao mercado.

Mouraria

roteiro-lisboa-mouraria

O Bairro da Mouraria, outrora mal-afamado, é um dos bairros mais autênticos de Lisboa. Os moradores clamam que a Mouraria é o “berço do Fado” e o dinamismo e amor pelo bairro levou os moradores a limpar-lhe a face. Suba as escadinhas de São Cristovão e prepare-se para uma surpresa: a jovem street art homenageia o Património Imaterial da Humanidade que é o nosso secular Fado!

visitar-Lisboa-martim-monizEm Lisboa não existem só mosaicos de azulejo vidrado. O mosaico humano é a face deste melting pot de culturas, línguas e gentes que fazem da capital portuguesa o seu lar.

lisboa-martim-monizDê um pulinho à Praça Martim Moniz para olhar nos olhos esse rosto multicultural. Imprecindível num roteiro de Lisboa que se preze. E no entretanto, entre os prédios e centros comerciasi veja se descobre a Torre Jogo da Péla – no século XIV Lisboa cresceu a pontos de ter que construir uma segunda muralha defensiva.

Castelo de São Jorge

visitar-lisboa-casteloQualquer visita a Lisboa deve incluir o Castelo de São Jorge. Vamos aqui pela Rua da Madalena apanhar o Elevador do Castelo: poupa-se dinheiro e evita-se o cansaço da longa e íngreme subida à Costa do Castelo.

castelo-de-são-jorge-roteiro-lisboa-3-diasA posição dominante sobre a mais alta colina do centro histórico oferece uma vista soberba sobre Lisboa e o estuário do rio Tejo. Há aqui muito que ver e fazer: castelo e muralhas, praças e miradouros, torres medievais e um bairro para explorar.

Bairro da Graça

visitar-lisboa-roteiro

Levamo-lo a um dos nossos bairros favoritos de Lisboa, o bairro da Graça. E aos seus miradouros, o da Graça e o da Nossa Senhora do Monte, nosso predileto por ser menos movimentado. É possível que se torne também no seu miradouro favorito deste roteiro!

lisboa-igreja-da-gracaAconselhamos que visite a Igreja da Graça, com um belo altar de talha dourada, e o Convento da Graça, que foi um dos segredos mais bem guardados da cidade até ser recuperado e aberto ao público.

Bairro de Alfama

visitar-lisboa-alfama

Vamos adentrar-nos no bairro histórico de Alfama. O bairro medieval mais típico de Lisboa requer destreza para encontrar caminho por entre a multidão de turistas, mas subir e descer escadinhas de calçada portuguesa e ver o elétrico passar, ainda tem algo de castiço.

Reserve o seu alojamento em Alfama

São Vicente de Fora

são-vicente-de-fora-lisboa

Visitamos a Igreja e Mosteiro de são Vicente de Fora, exemplar máximo do maneirismo português. Damos um pulinho à Feira da Ladra? É já aqui ao lado para ver se desencantamos alguma peça vintage. E já que aqui estamos, vamos ali ao Panteão Nacional descobrir a origem da expressão “obras de Santa Engrácia”.

roteiro-lisboa-2-dias-miradouro-santa-luzia

Com sete colinas, Lisboa é propícia a miradouros com vistas fantásticas. Vamos conhecer mais dois: o miradouro das Portas do Sol, provavelmente o mais instagramável, e o romântico Miradouro de Santa Luzia com arcadas forradas a buganvílias e painéis de azulejo português.

Reserve o seu alojamento em São Vicente

Sé Catedral de Lisboa

visitar-lisboa-se-catedral

Descemos até à Sé Catedral de Lisboa, o ex-libris religioso da capital portuguesa e ponto de partida de eleição do Caminho Português de Santiago. É difícil acreditar que o Terramoto de 1755 destruiu este possante monumento.

visitar-lisboa-roteiroA reconstrução baseou-se muito no estilo barroco, mas, no início do século XX, nova intervenção visou a devolução do traçado românico medieval aos seus elementos decorativos exteriores.

roteiro-ruas-de-alfama-lisboa

Continuamos o nosso roteiro de Lisboa, ruas abaixo, passando pelas casas que fazem de Alfama o bairro do Fado Lisboeta. E por falar em fado, o Museu do Fado ali no Largo do Chafariz, com um café e sala de concertos, preserva arquivos audiovisuais do Fado que nos identifica mundialmente e é Património Imaterial da Humanidade.

Daqui ao Campo das Cebolas estão os nossos restaurantes favoritos para uma sardinhada de verão.

visitar-lisboa-casa-dos-bicos

Passamos frente à Casa dos Bicos, uma mansão quinhentista com decoração singular e exótica, hoje museu literário e Fundação José Saramago.

igreja-nossa-senhora-da-conceição-velha-lisboaTemos que chamar a sua atenção para a Igreja da Nossa Senhora da Conceição Velha que tem uma das mais belas fachadas das igrejas lisboetas, repleta de elementos manuelinos.

Reserve o seu alojamento na Sé

Baixa Pombalina

visitar-lisboa-terreiro-do-paço

Chegámos ao Terreiro do Paço, ou Praça do Comércio como preferir, uma das praças mais majestosas da Europa, fulcral na reconstrução da Baixa Pombalina após o terramoto de 1755.

terreiro-dopaço-praça-do-comercio-lisboaA arejada praça destaca-se pela monumentalidade. O Arco da Rua Augusta, dispensa apresentações. A maioria dos departamentos governamentais estão por detrás das paredes amarelas que enquadram a praça, cujas arcadas recebem o mais antigo café de Lisboa, o Martinho da Arcada, e os olhos fogem para a majestade da estátua equestre de D. José no centro da praça.

visitar-lisboa-cais-das-colunasO estuário do Tejo espraia-se em todo o esplendor na janela sul e a escadaria do Cais das Colunas é um spot irresistível para qualquer visitante.

arco-da-rua-augusta-miradouro-lisboa

Dica: Não deixe de subir ao Miradouro do Arco da Rua Augusta. As vistas sobre a Baixa Pombalina, Terreiro do Paço e o Cais das Colunas são arrebatadoras.

Reserve o seu alojamento na Baixa-Chiado

Parque das Nações

visitar-lisboa-parque-das-nacoesSe tiver tempo, sugerimos que inclua no seu roteiro de Lisboa um passeio turístico hop-on hop-off no Museu dos Azulejos, único no mundo e aliciante pela vasta coleção de belos exemplares desta arte tão portuguesa.

Ou pode seguir viagem com paragem no Parque das Nações, uma das melhores zonas para explorar se visitar Lisboa com miúdos: uma visita ao Oceanário de Lisboa é imprescindível.

Reserve o seu alojamento no Parque das Nações

Cais do Sodré

roteiro-lisboa-cais-do-sodre

Para acabar o dia, regressamos ao Terreiro do Paço para um passeio pela renovada Ribeira das Naus que nos leva à “praia de Lisboa”. Podemos ficar por aqui para jantar, no food-court do Mercado da Ribeira, ou num dos restaurantes à beira rio do Cais do Sodré.

Ficamos para a noite? Não faltam opções para tomarmos um copo, daqui até Santos, uma das zonas favoritas da nightlife dos estudantes universitários.

visitar-lisboa-miradouro

No Miradouro de Santa Catarina, o Adamastor já não aterroriza mortalmente os ousados. São cada vez mais os que buscam a sua companhia para um trago com vistas sobre uma Lisboa que luz cintilante e um Tejo a namorá-la, sempre vigiados pela ponte dos três nomes e um Cristo de braços abertos.

lisboa-vida-noturna-pink-street

Nós ficamo-nos pelo espaço alternativo da Pensão do Amor – não, não é para dormir. Este é um dos bares com mais personalidade na Pink Street, aquela que foi a rua shabby das prostitutas e marinheiros. Pink Street dares you for a visit!

Reserve o seu alojamento no Cais do Sodré

Roteiro de Lisboa: 2º Dia

Um dia na Lisboa das enormes praças e avenidas, dos artistas e escritores, da vida boémia de sempre.

Chiado

Começamos este dia do roteiro de Lisboa no Chiado. Passamos na Brasileira para a nossa bica matinal? Pode ser que o Fernando Pessoa tenha um minutinho para a selfie.

roteiro-lisboa-fim-de-semana

O Chiado é um centro comercial a céu aberto e sempre foi uma das zonas comerciais mais procuradas de Lisboa. Já são poucos os espaços comerciais que ainda preservam os elaborados balcões e prateleiras em madeira esculpida.

lisboa-roteiro-3-dias

Mas distraídos a olhar para as montras, esquecemo-nos da arquitetura magnífica da Baixa Pombalina, da Lisboa burguesa e alinhada.

Para além de comercial, o Chiado é um centro de artes. É no Chiado que encontramos salas de espetáculos afamadas como o São Carlos ou o Museu Nacional de Arte Contemporânea.

Locais-imperdiveis-de-lisboa

E se olharmos para os pés, temos no Largo do Chiado um grande exemplo da bela calçada portuguesa. Já que falamos de calçada, demos um pulinho à Praça Luís de Camões para vermos a arte dos calceteiros e a estátua do lendário poeta numa das praças mais soalheiras e movimentadas de Lisboa.

Reserve o seu alojamento na Baixa-Chiado

Rossio

visitar-lisboa-roteiro-3-dias-rossio

Descendo a Rua do Carmo damos de caras com o Rossio. Poucos sabem que o Rossio já foi hipódromo romano, assistiu a festas cortesãs, revoluções populares, autos-de-fé e praça de execuções; foi espaço de touradas, festivais, feiras, e paradas militares.

roteiro-3-dias-lisboa-teatro-d-mariaO Teatro Dona Maria II ergue-se a norte e celebrizou o Rossio no teatro de revista à portuguesa. No centro do Rossio a estátua de D. Pedro IV reclama a sua autoridade sobre o nome da praça, mas ninguém escuta. Provavelmente porque estão atentos ao burburinho das águas que brotam das fontes gémeas.

visitar-lisboa-rossio

A Estação do Rossio é um belo edifício manuelino que apenas encontra rival na Estação de São Bento no Porto. A Estação do Rossio não tem igual em Portugal pois é a única estação ferroviária que tem vários pisos com plataformas férreas.

Carmo

visitar-lisboa-elevador-santa-justa

Vamos subir às alturas? Enquanto subimos no Elevador de Santa Justa, vemos a cidade encolher através do ferro fundido em filigrana, para nos depararmos com mais uma esplêndida vista 360º da cidade.

lisboa-ruinas-do-carmoAs Ruínas do Carmo são imediatamente visíveis e, se visitar Lisboa em maio, verá a cor intensa dos jacarandás do Largo do Carmo. À volta do Chafariz do Carmo (fontanário abastecido pelas águas vindas do Aqueduto das Águas Livres) há uma zona de esplanada muito convidativa para uma pausa.

Misericórdia

Subimos pela Rua da Misericórdia para nos depararmos com a Igreja de São Roque. As linhas simplistas do exterior escondem uma igreja barroca jesuíta de esplendor singular.

miradouro-lisboa

Nas costas da igreja, o Jardim Miradouro de São Pedro de Alcântara é dos espaços ajardinados mais belos de Lisboa. O miradouro oferece vistas sobre a Baixa Pombalina, a colina de Alfama e do Castelo de São Jorge e da Graça. Apetece ficar.

elevador da gloria-lisboa

Podemos descer a Calçada da Glória a pé, com um manancial de street art, ou tomar o Elevador da Glória que nos leva à Praça dos Restauradores, a porta de entrada da chiquérrima Avenida da Liberdade.

Reserve o seu alojamento na Misericórdia

Avenida da Liberdade

visitar-lisboa-avenida-da-liberdade

Construída à imagem dos boulevards de Paris, a Avenida da Liberdade era/é o centro das salas de espetáculos glamorosas, dos cinemas requintados, das lojas de prestígio e dos hotéis de luxo. As Marchas de Lisboa têm na Liberdade o seu palco e ainda é o maior evento da avenida.

roteiro-3-dias-lisboa

A frondosa vegetação da Avenida da Liberdade acompanha-nos até à Praça Marquês de Pombal, centro financeiro e empresarial lisboeta e ponto de convergência de milhares de adeptos quando um dos dois grandes clubes lisboetas vencem o campeonato de futebol.

O Parque Eduardo VII, um parque cénico com relvados cuidados, ladeados de árvores e largos passeios calcetados, recebe todos os anos a Feira do Livro de Lisboa entre outros eventos. É um excelente lugar para fazer uma pausa antes de continuar a seguir o nosso roteiro de Lisboa.

Reserve o seu alojamento na Av.Liberdade

Príncipe Real

roteiro-lisboa-3-dias

Aproveitamos para dar um pulinho ao Príncipe Real, onde o Jardim Botânico da Universidade de Lisboa oferece um refrescante espaço verde para passeio e o Museu Nacional de História Natural e da Ciência convida a uma visita educativa e divertida.

Estrela

visitar-lisboa-3-dias-o-que-ver-e-fazer

Restando-lhe algum tempo, não perca a oportunidade de ver a Basílica da Estrela (a nossa favorita em toda a cidade) e dar um passeio no mais belo jardim de Lisboa, o Jardim da Estrela.

Reserve o seu alojamento na Estrela

Bairro Alto

santos-populares-lisboa-bairro-alto

Com o dia quase a findar, o nosso dia deste roteiro de Lisboa tem que acabar inevitavelmente no Bairro Alto.

bairro-alto-lisboaNão vão faltar propostas para acalentar o estômago. Oferta variada para todos os gostos e carteiras não falta. Se optar por cozinha portuguesa, o mais provável é assistir a uma sessão de fado enquanto degusta o seu caldo verde.

lisboa-vida-noturna

E obviamente que ficamos para os copos. O Bairro Alto era a zona boémia por excelência dos anos 80 e 90, sem complexos e despreocupada.

A maioria das casas icónicas já não existe. Desse tempo restam o Páginas Tantas, ainda com jazz ou música ao vivo, ou o Portas Largas – se não houver espaço, podemos beber o nosso cocktail à porta enquanto a noite se vai soltando.

Mas tal como a cidade se reinventou, o Bairro Alto também. E garantimos que não perdeu a centelha de lugar da noite com muita bebida e música à mistura. É só escolher o seu ambiente. O Cheers, antigo Frágil, abre as portas cedo para satisfazer os mais sequiosos e no Artis bebe-se vinho, assa-se chouriça e degustam-se queijos, tudo nacional.

Reserve o seu alojamento no Bairro Alto

Roteiro de Lisboa: 3º Dia

Um dia reservado à monumentalidade histórica da Lisboa das Descobertas, às artes e museus.

Belém

visitar-belém-lisboa

Visitar o bairro histórico de Belém é imprescindível em qualquer roteiro de Lisboa. Aqui vai encontrar charme, a tranquilidade à beira do rio Tejo, o verde refrescante de imensos jardins e os monumentos que evocam o nosso passado marítimo. Os mais importantes são a Torre de Belém, o Mosteiro dos Jerónimos e o Padrão dos Descobrimentos.

Reserve o seu alojamento em Belém

Torre de Belém

visitar-lisboa-torre-de-belem

A Torre de Belém é a imagem-postal da Lisboa que trouxe novos mundos ao mundo. A torre medieval defensiva de estilo manuelino tem um terraço com vistas estupendas sobre o rio Tejo. E algumas curiosidades escondidas no rendilhado decorativo: consegue encontrar o rinoceronte?

A monumentalidade da Torre de Belém ofusca outros pontos de interesse da promenade ribeirinha. É o caso do Monumento aos Combatentes do Ultramar e da réplica do Lusitânia no qual Sacadura Cabral e Gago Coutinho realizaram a primeira travessia aérea do Atlântico.

Padrão dos Descobrimentos

padrão-dos-descobrimentos

O Padrão dos Descobrimentos é uma homenagem mais recente ao homem notável que impulsionou as Descobertas portuguesas, o Infante D. Henrique. E os olhos esbugalham-se ao ver a colossal estátua na proa da nau ocupada por outras figuras centrais da grande epopeia portuguesa.

Baixe os olhos pois tem o mundo a seus pés, literalmente. Falamos dum dos mais belos exemplares de calçada portuguesa, a Rosa dos Ventos que se espraia frente ao Padrão.

ccb-lisboaVamos ter que abandonar a zona ribeirinha para continuarmos a explorar as maravilhas deste dia do nosso roteiro de Lisboa. Vamos até ao admirável Jardim da Praça do Império ladeado pelo Centro Cultural de Belém, um espaço cultural de exposições de arte, espetáculos musicais e conferências internacionais.

Mosteiro dos Jerónimos

visitar-lisboa-mosteiro-dos-jeronimos

Mas o nosso destino é o Mosteiro dos Jerónimos. Listado como Património Mundial UNESCO em 1983, o Mosteiro dos Jerónimos é a “joia” do estilo manuelino, o gótico português que evoca a grandeza de Portugal na era quinhentista.

Ficamos logo aturdidos com o esplendor e sumptuosidade do exterior desta ode ao Portugal imperial. O Portal Sul é duma riqueza iconográfica singular e o Portal Poente debaixo da arcada não lhe fica atrás.

mosteiro-dos-jeronimos-roteiro-3-dias-lisboa

O Mosteiro dos Jerónimos é o monumento mais visitado de Lisboa, portanto prepare-se para longa espera se quiser visitar. Mas o interior é sublime, divinal mesmo. Nenhum elemento da igreja foi deixado ao acaso. Cada um foi pensado para exibir inequivocamente a nossa arte escultórica. O claustro de dois pisos é considerado um dos mais belos do mundo.

No interior do Mosteiro dos Jerónimos encontram-se os túmulos do rei fundador, D. Manuel I, entre outros, e portugueses distintos como os escritores Luís de Camões, Alexandre Herculano e Fernando Pessoa, bem como os navegadores Vasco da Gama e Infante D. Henrique.

Parte do complexo religioso inclui o Museu de Marinha, um mundo de descobertas que revela a nossa história marítima, e o Museu Nacional de Arqueologia.

Pastéis de Belém

pasteis-de-belem

Dirigimo-nos a outro grande monumento português, mas desta feita uma autêntica ode ao melhor da nossa doçaria. A secular casa dos Pastéis de Belém detém o segredo mais bem guardado do melhor pastel de nata português. A fila faz esquecer a fome, mas seria pecado capital não ter paciência para esperar pela sua vez de se deliciar com esta iguaria sem igual.

Museus

visitar-lisboa-maat

Já com mais energia, dois museus apelam pela sua visita. Para gostos mais clássicos e históricos há o Museu dos Coches; para satisfazer o interesse por arquitetura, arte e tecnologia o convite é lançado pelo recém-nascido MAAT.

O próprio edifício do MAAT tornou-se numa estrela para os adeptos da fotografia pois as suas linhas ondulantes são um quadro perfeito para “aquela” foto de instagram.

Palácio Nacional da Ajuda

Se ainda lhe restar tempo, aconselhamos uma visita ao Palácio Nacional da Ajuda, o palácio neoclássico que foi residência real no século XIX e acolhe um museu de artes decorativas.

Reserve o seu alojamento na Ajuda

LX Factory

visitar-lisboa-LX-Factory

Em alternativa, e alternativo, o espaço LX Factory prova como lugares abandonados podem ganhar nova vida. O complexo industrial em Alcântara levou um lifting profundo e hoje é um spot criativo e descontraído. Como tal tinha de constar no nosso roteiro de Lisboa.

Espante-se com a fértil imaginação dos criativos do novo artesanato, descontraia numa esplanada soalheira a degustar uma inovação gastronómica ou entretenha-se a “Ler Devagar”.

Reserve o seu alojamento em Alcântara

O Tejo

rio-tejo-lisboa

Para terminar o seu roteiro de Lisboa, sugerimos forçosamente um passeio de barco pelo Tejo. Mais do que uma mera excursão de barco, é uma experiência vivencial. A cidade de Lisboa vista do Tejo consegue ser ainda mais apaixonante. Temos a certeza que fecha a seu roteiro de Lisboa com chave de ouro e memórias inesquecíveis.


Aproveite a sua estadia em Lisboa e faça um passeio de um dia (bate volta) até à encantadora vila de Sintra. Clique para ler o nosso roteiro de Sintra repleto de dicas.


O Melhor de Lisboa num roteiro de 2 dias

Dispondo apenas de 2 dias para visitar Lisboa, tem que cortar algumas das sugestões apresentadas para o roteiro de Lisboa em 3 dias.

roteiro-lisboa-2-dias

No primeiro dia, comece o seu roteiro de Lisboa no Castelo de São Jorge, percorra as ruas de Alfama passando pelo miradouro das Portas do Sol, pela Sé Catedral de Lisboa descendo ao Campo das Cebolas onde está a Casa dos Bicos.

visitar-lisboa-em-2-diasSiga para a Praça do Comércio, aprecie o Arco da Rua Augusta, percorra a rua pedonal mais extensa de Lisboa e explore a Baixa Pombalina incluindo o Rossio, os Restauradores e, se tiver tempo, a Avenida da Liberdade. Acabe o dia no Cais do Sodré.

lisboa-em-2-dias

Ao segundo dia do seu roteiro de Lisboa, apanhe um elétrico até Belém. Se dispensar a entrada na Torre de Belém, no Mosteiro do Jerónimos e no Padrão dos Descobrimentos e apreciar os monumentos só do exterior, uma manhã é suficiente para ver estes pontos de interesse, passear nos jardins e comer um Pastel de Belém.

roteiro-lisboa-2-diasRegresse ao Cais do Sodré e suba até ao Chiado. Está na Praça Luís de Camões, tome o seu cafezinho com Fernando Pessoa na Brasileira, aproveite a subida e as magníficas vistas de cidade do Elevador de Santa Justa.

visitar-lisboaCirande no Largo do Carmo e ainda tem tempo para ir ao miradouro de São Pedro de Alcântara: a luz de fim de dia é mágica. O Bairro Alto está mesmo às suas costas, portanto já tem onde ir jantar e, ainda por cima, num bairro icónico de Lisboa. Final perfeito para este roteiro de Lisboa.

Onde comer?

Em Lisboa, arranjar um restaurante onde comer pode ser uma tarefa complicada devido à oferta crescente de espaços. Há restaurantes para todas as carteiras, apetites por cozinhas familiares ou exóticas e necessidades alimentares.

a-ginjinha-de-lisboa

Os melhores pontos de interesse mencionados neste roteiro de Lisboa estão bem apetrechados de snack-bars, cafés ou leitarias, restaurantes com menus do dia (a opção mais económica) ou à la carte.

onde-comer-em-lisboa-mercado-da-ribeira

As principais cadeias de fast-food estão espalhadas um pouco por toda a cidade e a street-food começa a emergir na capital. E há sempre o recurso a food-courts de centros comerciais com menus invariavelmente conhecidos.

Devido ao boom turístico, os preços em muitos restaurantes de Lisboa deixaram de ser para a carteira do português. Abra bem o olho na hora de escolher: veja bem os preços em especial das entradas, sobremesas e bebidas.

onde-comer-em-lisboa-martinho-da-arcada

Deixamos aqui uma amostra (mini) dos nossos restaurantes favoritos, com preços que não provocam um ataque cardíaco na hora de pagar a conta.

Na Baixa, donos e empregados d’A Licorista (Rua dos Sapateiros 218) já dispensam mordomias à nossa entrada. Arranja-se sempre uma mesa para os VagaMundos e, já com as portas fechadas, esticamos a noite à conversa a beberricar um licor.

A Marítima de Xabregas (Rua da Manutenção 40) recebe-nos há anos com a mesma simpatia e ótimo serviço. O melhor bacalhau assado na brasa da cidade, um entrecôte de novilho de babar. Os preços são mais altos, mas quando vir a generosidade das doses, vai ver que é justo.

A Floresta do Calhariz (Rua Luz Soriano 9) é o nosso destino quando a noite é para acabar no Bairro Alto, desde os tempos de faculdade. Cozinha portuguesa sem frescuras e ótima relação custo-benefício.

A primeira sardinhada do ano é invariavelmente na esplanada do Solar do Vez (Campo das Cebolas 48). Um restaurante-cervejaria familiar com um menu diário a rondar os €12, que para a zona de Alfama é um achado.

No Cais do Sodré, o Mercado da Ribeira (Avenida 24 de Julho) tem propostas culinárias muito variadas. Adoramos a vibração e movimentação desta azáfama multicultural. É aqui que vamos quando nos apetece algo diferente, jovial.

Onde dormir?

Se não sabe onde dormir em Lisboa, sugerimos alguns dos melhores alojamentos entre económico, mid-range e de luxo.

Hostel 4U

Os quartos twin com casa de banho privativa no Hostel 4U garantem o conforto da privacidade Os hospedes elogiam a excelente localização, a simpatia dos funcionários e a arrumação e limpeza.

We Love F Tourists

Eles não são apenas mais um maldito hostel. Eles são jovens, adoram friendly tourists e estão lá com um sorriso para responder a tudo… o que esteja ao alcance deles, óbvio. O We Love F Tourists tem quartos com casa de banho partilhada ou cama em dormitório limpos e com o conforto ideal para quem busca algo memso no centro da ação, a Baixa.

Sunset Destination Hostel

O Sunset Destination é um hostel no Cais do Sodré com um espirito jovial e descontraído. A confirmá-lo estão o terraço panorâmico espaçoso e uma pequena piscina que fazem as delícias dos hóspedes. Os dormitórios tem um conceito de decoração giríssimo. Quartos limpos alguns com vista rio, empregados simpáticos e uma localização excelente. A cozinha partilhada permite fazer refeições rápidas. A Pink Street fica mesmo ali ao lado.

Hostel Petit Lusa

Uma decoração com temática portuguesa colorida e alegre confere ao Hostel Petit Lusa um ambiente muito divertido e familiar. Os quartos duplos primam pelo conforto e limpeza e têm casa de banho privada. Wifi em toda a área, cozinha para preparação de refeições ligeiras e uma aérea de estar no átrio.

Camões à Vista Suites

Pernoitar nesta guesthouse é como sentir-se morador da cidade. Os quartos do Camões à Vista Suites são confortáveis, limpos, luminosos, com uma decoração minimalista muito harmoniosa. Têm casa de banho privada e alguns dispõem de varanda com vista para a praça. A localização é muito central, excelente para quem queira explorar o centro histórico de Lisboa. Pode escolher entre pequeno almoço continental ou buffet.

Solar do Castelo

Ser rainha ou rei por uma noite é o desejo que pode realizar no Solar do Castelo. Mais do que um nome, é mesmo uma mansão do século XVIII dentro das muralhas do Castelo de São Jorge. A decoração alia os elementos originais do solar com mobiliário moderno. Atendimento e serviços? Cinco estrelas.

Clique para ver mais opções de Alojamento em Lisboa

Outros Roteiros de Portugal

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

Faça um seguro de viagem na World Nomads ou na Iati. São ambas agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado. Se optar pela Iati use o nosso link e terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

No GetYourGuide encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog “VagaMundos” a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.