Visitar Madrid: roteiro de 3 dias com o que ver e fazer

Visitar Madrid Roteiro

Está a planear visitar Madrid e não sabe por onde começar? Para que não perca tempo a planear, juntamos o melhor de Madrid e montamos um roteiro de 3 dias para uma visita inesquecível à capital de Espanha. Neste roteiro para visitar Madrid em 3 dias encontra os lugares imperdíveis a visitar em Madrid, onde comer e onde ficar, fotos para inspiração, sugestões de passeios e um mapa para se orientar quando visitar Madrid.

visitar madrid roteiroA capital da Espanha é muitas vezes ofuscada pela rival Barcelona ou por outras grandes cidades europeias. É verdade que não tem uma Torre Eiffel, um relógio Big Ben ou uma antena Berliner Fernsehturm. Mas antes de tirar conclusões precipitadas relegando Madrid para second best como destino de viagem, leia este artigo onde revelamos a Madrid para lá do óbvio.

Porquê visitar?

visitar madrid roteiroMadrid é para o visitante interessado em arquitetura deslumbrante, em património histórico, em cultura e arte. Mas é também (e acima de tudo) para quem gosta de apreciar a vida sem pressas.

Enquanto deambulamos pelas suas ruas podemos escutar a melodia suave dum violão, o roçagar da saia da dançarina de flamenco, o tilintar de copos e talheres, a risada dum grupo animado à tapear. Pense em Madrid como uma Budapeste com energia contagiante.

Os madrileños adoram viver a vida ao máximo. Esta atitude de vida é o ADN dos madrilenos (e, se pensarmos bem, do resto da Espanha): não vivem para trabalhar, trabalham para viver. São descontraídos e informais. A prova maior está na frase que mais se ouve nas ruas: “No passa nada!” Vamos dar-lhe um paralelo que espelha na perfeição esta disposição: “Don’t worry. Be happy!”

Churros com chocolate: snack imperdível numa visita a Madrid

Quando o tempo está bom, saem para a rua, estendem uma manta no parque, enchem esplanadas a jantar al fresco por horas a fio, onde a conversa nunca esmorece e há sempre um copo na mão. Quando o tempo está mau… Também! Independentemente da estação, a cidade ganha vida quando os madrilenos picam o ponto à saída do trabalho.

visitar madrid roteiroA vida é saboreada despacio. Com tranquilidade. Dos mercados de rua aos rooftops da moda, da cultura do café durante o dia à da vermutería à tarde, das tapas e bons vinhos num jantar noite dentro que acaba invariavelmente a tomar unas copas num bar com música ao vivo antes dum show de Flamenco ou Zarzuela (a opereta madrilena), dum teatro alternativo ou dum concerto de bairro.

Quando visitar Madrid?

A temporada alta de Madrid é o verão (junho a agosto). Apesar do calor quase insuportável, principalmente no mês de agosto em que grande parte das lojas e serviços estão fechados para férias (os madrilenos também precisam), o número de visitantes atinge o pico nesta estação do ano, consequentemente, os preços também sobem.

visitar madrid roteiroA melhor época para visitar Madrid é na primavera (março a junho) ou no outono (setembro e outubro) quando os dias ainda são longos o suficiente e as temperaturas amenas envolvem a cidade, tornando-a viva.

Se não se importar com o clima húmido e uma Madrid um pouco mais apática, visite no inverno quando os hotéis reduzem as tarifas. Melhor altura para aproveitar os museus, as compras e os espetáculos das artes performativas.

Registe estas datas no seu calendário para saber quando visitar Madrid envolta no seu espírito festivo.

  • Fiesta de Los Reyes (janeiro): a noite mais esperada da quadra natalícia em Espanha, luz, cor, brilho e… Presentes! O ponto alto é o cortejo de rua da Cabalgata de Los Reyes.
  • Gastrofestival (fevereiro): são mais de duas semanas de despertar dos sentidos na maior festa gastronómica da capital.
  • Carnaval Madrid (fevereiro ou março): uma tradição madrilena perdida no Franquismo que recupera fulgor. Não se atreva a sair de Madrid sem provar a Sardina del Carnaval!
  • Semana Santa (março ou abril): tambores, trombetas e música sacra soa nas ruas de Madrid à passagem das Confrarias em solene procissão. Prove a torrija madrileña, a rabanada com sabor a mel.
  • Fiestas del Dos de Mayo (maio): o bairro de Malasaña vira a meca da festa da “independência” da Comunidad de Madrid , repleta de atividades – todas gratuitas!
  • Fiesta de San Isidro (maio): as festas populares dedicadas ao padroeiro da capital espanhola.
  • Veranos da Villa (junho a setembro): os 21 distritos de Madrid transformam-se no maior festival de artes, com propostas artísticas para todos os gostos.
  • Fiestas del Orgullo LGTBIQA+ Madrid (junho ou julho): uma das Gay Pride Parades mais famosas e inclusivas do mundo – mais de 2 milhões de participantes.
  • Fiestas de Agosto (agosto): viva o mais castiço e popular de Madrid nas festas de San Cayetano, San Lorenzo e Virgen de la Paloma.
  • Mercados de Navidad (novembro e dezembro): a Plaza Mayor acolhe o maior mercado de Natal, mas vale a pena conferir os dos barrios.

Como chegar?

De avião: A TAP, a Iberia, e a Air Europa operam voos diários diretos de Lisboa e Porto para o Aeroporto de Madrid-Barajas.

Para voos low cost para Madrid, olhe para as tarifas da easyJet com partidas de Lisboa, e para a Ryanair com partidas do Porto.

De Faro só a Volotea voa diretamente para Madrid (Barajas), duas vezes por semana (quinta-feira e domingo ao fim do dia) entre junho e agosto. Nos meses restantes terá sempre de fazer escala.

De carro: para muitos, viajar de carro até Madrid é a melhor opção. De Lisboa são cerca de 625 km e 6 horas de condução, sem contar com paragens. O caminho mais rápido é via a fronteira ElvasBadajoz. Pode aproveitar ainda para visitar Mérida no caminho de ida e Cáceres na volta. Do Porto, leva cerca de 5h 45m de condução para suprir os 560 km de distância. Salamanca e Ávila ficam no caminho.

De comboio: o Lusitânia Comboio Hotel da CP liga Lisboa a Madrid numa viagem noturna de cerca de 10 horas.

Como ir do Aeroporto de Barajas ao centro de Madrid?

Distância do Aeroporto Barajas ao centro de Madrid: 12 km

O Aeropuerto Alfonso Suárez Madrid-Barajas (MAD) tem 4 terminais todos ligados por um serviço de transporte gratuito.

Metro – Línea 8: parte de todos os terminais do Aeroporto e para na estação Nuevos Ministerios. Para chegar ao centro precisa de fazer transbordo e conferir a estação que lhe dê mais jeito para chegar ao seu alojamento. Uma viagem de metro custa um mínimo de 4,5 € até ao máximo de 5 €.

Bus – Exprés Aeropuerto: bus de cor amarela, para no T1 e T4 com término na estação de Atocha (dia) e em Cibeles (dia e noite). Corre 24 horas com intervalos de 15 a 35 minutos. A viagem tem uma duração de cerca de 30 minutos e custa 5 € que podem ser pagos em dinheiro (não se esqueça de ter notas pequenas ou moedas de euro à mão), com smartphone ou cartão “contacless” à entrada do bus.

Táxi – Tarifa 4: O preço de um táxi do Aeroporto Internacional de Barajas para o centro de Madrid (dentro da estrada de circunvalação M-30) tem uma tarifa fixa de 30 €. Essa taxa é aplicável 24 horas por dia, 7 dias por semana, 364/5 dias por ano (exceto na Noite de Ano Novo).

Onde ficar em Madrid? Sugestões de alojamento

Madrid é uma metrópole grande, mas o centro da cidade, onde a maioria das atrações turísticas se concentram, ainda é surpreendentemente compacto.

Certifique-se que fica alojado a uma curta distância do centro, nas zonas de Sol-Gran Vía e Plaza Mayor (mais centrais e tranquilas), La Latina e Lavapiés (mais animadas e variadas). Assim garante proximidade dos melhores pontos turísticos a não perder numa primeira visita a Madrid. Ou segunda visita, terceira visita…

Devido à localização central, os alojamentos destas zonas podem ter preços mais elevados. Mas ficar alojado nos subúrbios vai implicar muito tempo nos transportes públicos e menos tempo para explorar a cidade, pois a área metropolitana é muito extensa.

Há uma vasta oferta de alojamento em Madrid, como é de esperar dum centro turístico importante. Com uma boa pesquisa no Booking.com e algum tempo de antecedência, vai encontrar um hostel, um hostal ou um hotel adequado ao seu orçamento e às suas necessidades de mobilidade. E apartamentos, são mais que muitos.

Petit Palace Posada del Peine

O Petit Palace Posada del Peine vai surpreender e satisfazer. Junto à Plaza Mayor, num edifício histórico do século XVII que (surprise, surprise!) é o hotel mais antigo de Espanha. Os quartos elegantes deste design hotel são super confortáveis, bem decorados, com limpeza irrepreensível. Este boutique hotel foi a nossa escolha na recente passagem por Madrid e na nossa opinião, é um alojamento que apresenta uma excelente relação qualidade-preço. Recomendamos sem hesitações. Na reserva do quarto pode optar por pequeno-almoço não incluído, ou então refastelar-se com o fabuloso buffet.

O Hostal Adis é uma excelente guesthouse para viajantes que buscam aliar excelente localização com privacidade confortável numa pousada tradicional. Localizado na Puerta del Sol, com excelentes reviews e a um preço acessível, não pode pedir melhor localização dum alojamento económico em Madrid.

O pequeno hotel de 3 estrelas II Castillas Madrid é uma opção fantástica para ficar a dormir em Madrid. Localizado numa zona extremamente central, perto da Puerta del Sol, da Gran Vía e da Plaza Callao, oferece uma variedade de quartos limpos e confortáveis com opção de incluir pequeno-almoço na tarifa do quarto.

Na Arenal, perto de tudo, o hotel Francisco I tem excelentes reviews, ainda assim vai ficar surpreendido com a qualidade do hotel. Tem um agradável terraço com vistas sobre a cidade e decoração moderna que dá a este hotel boutique um ambiente luminoso. O conforto dos quartos, a simpatia dos funcionários e a localização são pontos muito fortes. Está perigosamente próximo da Chocolatería San Ginés!

Localizado na moderna e gay-friendly Chueca, o Only YOU Boutique Hotel Madrid é para aquele mimo duma noite especial ou para quem busca luxo cosmopolita com um toque cool. Um 4 estrelas com uma excelência de serviços da categoria superior. Cada espaço tem um ambiente diferente, é só escolher o mais adequado ao seu mood.

Clique para ver mais opções de alojamento em Madrid

O Melhor de Madrid num Roteiro de 3 dias

Seria precisa uma vida para descobrir todos os pontos turísticos, os sabores e as experiências ocultos em Madrid. No entanto, se tem apenas uns dias na bela capital da Espanha, vamos mostrar-lhe o que pode fazer num roteiro para visitar Madrid em 3 dias de maneira a aproveitar ao máximo. Incluindo as atrações turísticas mais importantes e até algumas sugestões “fora da caixinha” para que sejam 3 dias em Madrid que não esquecerá tão cedo.

Visitar Madrid RoteiroEste roteiro de 3 dias para visitar Madrid foi pensado para quem gosta de mergulhar na vida local, de experiências gastronómicas, para os amantes da arte e viajantes ativos que não se importam em explorar a pé ou de bicicleta. Não se preocupe que, depois de exercitar bem as pernas, damos-lhe sempre uma longa pausa para descontrair e saborear o melhor que Madrid tem para oferecer.

Dica VagaMundos: para economizar nas refeições, procure as casa que têm oferta de “Menú del Día“. De segunda a sexta, estes menus de almoço são a oportunidade de experimentar pratos tradicionais espanhóis, sem esvaziar a carteira.

Roteiro Madrid: 1º Dia

O primeiro dia deste roteiro de 3 dias a visitar Madrid concentra-se em visitar lugares emblemáticos do centro da cidade de Madrid, iniciar-se a saborear algumas iguarias e viver Madrid como um local.

Puerta del Sol

A vida de Madrid pulsa na Puerta del Sol de dia e brilha intensamente à noite. É o centro nevrálgico da capital, foco da vida social, palco de eventos, e tem-no sido há cinco séculos com a sua atmosfera animada. Dia e noite.

Visitar Madrid RoteiroChamam-na de “Times Square” da Espanha, sem o alarido dos néons mas com uma energia e vibração humanas que contagia qualquer um para la fiesta.

Rodeada de bares, restaurantes e lojas, é no Sol que todos se encontram, locais, turistas e artistas de rua. É o lugar perfeito para observar a cidade a despertar de manhã e, melhor ainda, para a ver celebrar à noite antes do regresso a casa (e os madrilenos regressam bem tarde). Portanto, o mais provável é voltar cá a cada noite do seu roteiro para visitar Madrid.

Esta era uma das “puertas” das muralhas da cidade e no portão havia um sol, daí o seu nome. O portão já não existe. A marcar o lugar há uma estátua de Vénus a que chamam La Mariblanca. É provável que não dê por ela porque vai andar à procura da estátua mais famosa de Madrid: El Oso y El Madroño, o símbolo de Madrid (e agora, spot instagram, o que torna complicada a selfie com o guloso urso).

Mas ainda há pontos de interesse a registar. Procure no chão o Quilómetro Zero donde todas as distâncias do país são medidas, levante o olhar para a Real Casa de Correos, e mais ainda para o letreiro do Tío Pepe, já com os seus 80 aninhos.

Calle del Arenal

O escritor catalão José Plá elogiou a calle del Arenal como a rua “más bonita, más elegante, más ciudadana, de Madrid”. É uma das ruas mais históricas de Madrid e como tal, das mais completas e diversificadas em termos arquitetónicos.

Visitar Madrid Roteiro
Igresia de San Ginés

Cada casa tem uma longa história por trás, muitas sendo mansões que tomaram o lugar de antigos solares medievais. No século XIX muitas converteram-se em hotéis, albergues e pousadas tornando o Arenal na zona dos viajantes, alguns bem ilustres. A par disso surgiram os cafés, as tertúlias artísticas e as livrarias históricas.

O único edifício que ocupa o seu lugar original desde o século XIV é a Igresia de San Ginés, apesar do atual templo ser do século XVII. Uma das ruas imperdíveis que vai certamente calcorrear quando visitar Madrid, até porque reserva-nos umas surpresas.

Chocolatería San Ginés – Churros ou porras?

Se não quer ceder às tentações do pecado da gula, é melhor saltar esta parte. Lá vamos nós levá-lo por maus caminhos.

Começar a manhã à boa maneira madrilena passa por um típico pequeno-almoço. Geralmente tardio!

Nenhum roteiro para visitar Madrid que se preze, falha a prova dos churros con chocolate a la taza da Chocolatería San Ginés. Super famosa, esta histórica chocolataria (pequena em tamanho, mas grande em delícias) abriu portas em 1894, está aberta 24 horas por dia (em Madrid come-se churros a toda a hora), 7 dias por semana e ainda preserva o seu charme de século passado.

Churros da Chocolatería San Ginés: provavelmente os melhores churros de Madrid

Uma dose de churros com um chocolate quente de comer à colherada nesta chocolataria não é de desprezar. Pode é ser tentado pelas trufas, rocas, nubes ou galletas – tudo de chocolate. E ainda vai ficar a pensar se não volta cá para uma ou duas porras! (não estamos a ser mal-educados, é assim que eles chamam as farturas).

Se fosse só esta chocolataria a estragar qualquer plano de dieta, estávamos bem! Entre Los Artesanos 1902, Churrería-Chocolatería Las Farolas, Maestro Churrero, Chocolatería Valor e Chocolatería Puerta Del Sol, venha o diabo e escolha.

Palácio Real

No fim da Arenal, está a Madrid da realeza. Avisamos de antemão que tem autênticas pérolas de monumentalidade para conhecer aqui. Pense num complexo palaciano com jardins, avenidas, praças, igrejas e estatuária. Sim, vai aqui passar algum tempo a maravilhar-se.

Visitar Madrid Roteiro
Palácio Real

Vamos só apontar os mais emblemáticos para que saiba o que é imperdível, sem entrarmos em detalhes para evitar aborrecê-lo.

Vindo da Arenal, vai passar pelo Teatro Real (El Real para facilitar), é a maior casa de ópera de Madrid.

Seguem-se os jardins idílicos da Plaza de Oriente com o primeiro vislumbre do Palacio Real, o maior da Europa Ocidental, com as suas opulentas e luxuosamente decoradas 3418 divisões das quais pode visitar uma parte.

A melhor perspetiva do palácio é a partir da Plaza de la Armería donde pode assistir à Troca da Guarda se visitar Madrid à quarta-feira ou ao sábado.

Visitar Madrid Roteiro
Catedral de la Almudena

Atrás de si tem a Catedral de la Almudena, de fachada classicista e interior barroco de cair o queixo. A entrada na catedral é gratuita, mas se quiser visitar o museu, as 500 colunas da cripta e subir à cúpula pelas vistas panorâmicas sobre Madrid, há uma taxa de entrada.

Já são 2h da tarde? Por esta altura o estômago já está a dar horas (e as pernas a pedir descanso). Perfeito! Estamos a começar bem a nossa imersão cultural em Madrid pois na Espanha tudo acontece mais tarde.

Sobrino de Botin

E se lhe dissermos que Madrid tem o restaurante mais antigo do mundo? O Sobrino de Botin na calle Cuchileros nunca fechou nem mudou de lugar. Prepara o seu famoso leitão assado no mesmo forno desde 1725. Mas o cardápio passa pelos pratos mais típicos das regiões espanholas até à costa. O espaço é castiço, a azáfama é total e os sabores são memoráveis neste que é o mais representativo restaurante de Madrid.

Mercado de San Miguel

Quer mais variedade? A nossa sugestão é que vá até ao Mercado de San Miguel, um templo gastronómico de Madrid. Um mercado coberto (a cobertura em ferro é uma obra-prima do género) repleto de banquinhas com uma excelente seleção de pratos e bebidas para saciar a fome e sede, perfeito para degustar algumas especialidades da gastronomia espanhola. Bem! Perfeito para degustar qualquer especialidade, já que as opções são variadíssimas. Até as criações de chefs com estrelas Michelin têm lugar no San Miguel.

Plaza Mayor

Neste seu roteiro de 3 dias para visitar Madrid é inevitável conhecer a mais emblemática das praças de Madrid, a Plaza Mayor. Esta praça já viu de tudo: mercados, corridas de touros, festas populares, beatificações, coroações, e até autos de fé.

É provável que venha cá mais vezes até porque é um dos melhores lugares para comer. Tanto na praça em si (preços um pouco mais inflacionados) como nas ruas e ruelas adjacentes escondem-se autênticas pérolas, desde a bodega mais típica ao restaurante mais fino.

Uma das opções económicas e rápidas (e madrilenas) é agarrar um bocadillo de calamares no Bar La Campana (o melhor), na Casa Rúa (fazem-se filas) ou no Bar Postas (bocadillos de toda la vida).

Arco de Cuchilleros

Mas voltando à Plaza Mayor, reserve algum tempo para apreciar a movimentação, a arquitetura e vida em volta da estátua equestre de Filipe III (com uma arrepiante história no seu âmago). Talvez enquanto toma um café solo numa das esplanadas.

Entretanto vai apreciando as arcadas do coração histórico de Madrid, as pinturas murais da Casa de la Panadería, o antigo armazém de carnes Casa de la Carnicería (agora convertido em hotel) e o Arco de Cuchilleros.

La Latina

Se nos perguntarem qual o bairro de Madrid com mais autenticidade? Respondemos, sem hesitar, La Latina. Sendo um dos mais antigos da Madrid medieval, as ruas sinuosas e estreitas e as origens mercantis marcaram a evolução desde bairro vivo. E para terminar o seu primeiro dia de roteiro a visitar Madrid não há melhor.

Sugerimos começar com uma visita à Real Basilica de San Francisco el Grande. A monumental basílica de estilo neoclássico, é duma riqueza artística que faz dela um autêntico tesouro da Espanha.

Real Basilica de San Francisco el Grande
Real Basilica de San Francisco el Grande

O interior é esmagadoramente belo e muito deve-se à sua cúpula, a maior da Europa, e só a Basílica de São Pedro no Vaticano, o Panteão em Roma e o Duomo de Florença a superam em grandiosidade. Destaque para as obras de grandes nomes pintura espanhola, começando por Goya.

Se não se ajoelhar para pedir perdão pelos pecados (os que foram e os que ainda estão por vir, porque a noite é uma criança), vai seguramente ajoelhar-se perante tanta beleza.

Dica VagaMundos: se visitar Madrid a um domingo, reserve a manhã para La Latina a explorar o castiço mercado El Rastro. A maior feira da ladra de Madrid onde se encontra de tudo, possível e imaginário. É imperdível! Olho muito atento à carteira, pois não são raros os casos de pickpocketing.

As tentações de Madrid não dão tréguas e estão aqui mesmo à porta. Afinal está no bairro La Latina, que lhe estende o tapete vermelho da noite madrilena.

Por esta altura, todos largam o trabalho e começam a juntar-se às portas das vermuterías. Siga o exemplo e tome o seu vermut, como um local.

Dica VagaMundos: o “botellón” é ilegal em Madrid. Comprar bebidas alcoólicas num supermercado e levar para a rua para poupar nas bebidas dos bares pode sair bem caro porque, se for apanhado, vai trazer-lhe o dissabor duma pesada multa.

Aí pelas 9h da noite é que o pessoal começa a encaminhar-se para os restaurantes e bodegas, para uma longa e animada sessão de tapas.

Depois é continuar a noite a correr os bares da calle de la Cava Baja, um show de Flamenco no El Corral de la Morería, um show de cabaret numa das casas mais famosas da Europa no Berlín Cabaret, arte com uma bebida num café mais intimista é o Rincón del Arte Nuevo, musica ao vivo de hip-hop ao Flamenco é no emblemático Contraclub ou o ambiente urban da Shoko Madrid.

Dica VagaMundos: quem vai visitar Madrid, procura muitas vezes ver um show de Flamenco. Na nossa opinião, uma experiência dessas tem mais impacto em Sevilha. Contudo, Madrid tem dos tablaos mais conceituados da Espanha. Se quiser o nosso conselho, vá só pelo show, sem o jantar que alguns incluem: vai comer pouco e mal e pagar muito.

Na última visita, descobrimos o tablao do Café Ziryab, aberto há poucos anos por uma dançarina de flamenco, e ficamos agradados. O espaço é mais intimista o que torna a experiência mais autêntica. É também mais barato, o que pesa na hora da decisão. Se não tiver a mínima ideia por onde começar, clique nos links abaixo para ver as nossas sugestões de casas conceituadas de Flamenco em Madrid:

Roteiro Madrid: 2º Dia

Continuando a visitar Madrid num roteiro de 3 dias, para o segundo dia reservámos-lhe a Madrid das artes, das grandes avenidas e dos espaços verdes.

Vai precisar de energia, portanto, tome um bom pequeno-almoço. Dizem que churros é o pequeno-almoço típico, mas não é inteiramente verdade. O desayuno mais típico dos madrilenos é café solo ou café con leche (para abrir a pestana), a acompanhar um bocadillo de jamón ou pan tostado con acete y tomate, os doceiros comem pastel ou galletas ou tostada con mermelada. Já o devíamos ter prevenido que verdadeira imersão cultural em Madrid passa pela comida.

Paseo del Prado

Se é um apreciador de arte, o Paseo del Prado é um ponto obrigatório para quem vai visitar Madrid quer num roteiro de 3 dias quer mais curto. A avenida Paseo del Prado, começa na deslumbrante Plaza de Cibeles a norte e vai até à estação da Atocha.

Visitar Madrid Roteiro
Jardim Tropical da Estação de Atocha

Pelo caminho estão os três museus de arte mais importantes da capital espanhola: Museo del Prado, Museo Nacional Thyssen-Bornemisza e Museu Nacional de Arte Reina Sofia. Podendo escolher só um, obviamente que deve visitar o El Prado.

Dica VagaMundos: As bilheteiras do El Prado abrem às 9:45h mas prepare-se para uma longa fila de espera. Pode comprar antecipadamente o Ingresso Museu do Prado Sem Fila, através do GetYourGuide e poupar imenso tempo. Se quiser visitar os três museus, existe este bilhete que inclui acesso sem fila e visita às coleções permanentes do Prado, Reina Sofia e Thyssen

El Prado

A par do Louvre em Paris, dos Uffizi em Florença e do Rijksmuseum em Amsterdão, El Prado é um dos principais museus de arte do mundo.

O museu foi inaugurado em 1819 e neste sublime edifício neoclássico guardam-se alguns dos maiores tesouros da pintura e escultura europeias do século XII ao início do século XX. Da impressionante coleção constam obras dos mestres Goya, Velázquez, El Greco, Rubens, Rafael, Claude Lorrain e muito mais.

Seriam precisos dias para explorar o museu a fundo, por isso aconselhamos que visite o site do El Prado para escolher as que mais lhe interessam. El Prado sugere três percursos de 1h, 2h (a nossa favorita) e 3h para ver algumas obras mais emblemáticas. Com a ajuda do mapa do museu orientamo-nos muito bem. Mas se preferir um tour guiado com entrada prioritária, sugerimos este certificado pelo GetYourGuide.

Dica VagaMundos: Sabia que pode visitar El Prado gratuitamente? Visitantes até 18 anos, estudantes até 25 anos, pessoas com mobilidade condicionada têm entrada gratuita a qualquer hora do dia. Todos os outros visitantes podem aproveitar o Horario Gratuito, é só estar à porta 2 horas antes do fecho. Portanto, pode trocar a nossa sugestão de fim de dia e acabar o segundo dia do seu roteiro a visitar Madrid no El Prado.

El Retiro

O seu dia de roteiro em Madrid continua em direção à deslumbrante Plaza de Cibeles donde seguimos até à Puerta de Alcalá na Plaza de la Independencia para entrarmos no pulmão da cidade, o Parque El Retiro.

Visitar Madrid Roteiro
Plaza de Cibeles

Este refúgio verde no centro de Madrid tem jardins ornamentais esplendorosos, onde apetece estender a manta e apenas relaxar. Mas tem também muitos segredos escondidos por entre a frondosa vegetação: a mais antiga árvore de Madrid um cipestre com 400 anos tido como a árvore mais velha de Madrid, um Palácio de Cristal, um lago sublime no Estanque Grande belissimamente enquadrado pelo monumento a Alfonso XII, o Palácio de Velázquez, fontes e estátuas às dezenas. Ah! E logo ao lado fica o Real Jardín Botánico.

Parque El Retiro

Facilmente perdemos a noção do tempo, portanto, encha os pulmões de ar puro uma última vez para continuar o seu roteiro de Madrid a visitar lugares imperdíveis.

Gran Vía

Conhecida como a Broadway Espanhola pelo grande número de teatros, cinemas e salas de espetáculos (é aqui que encontra o popular Teatro Lope de Vega), a Gran Vía exibe a Madrid das grandes e elegantes avenidas, dos edifícios graciosos da arquitetura Art Nouveau e Art Deco.

Visitar Madrid RoteiroNesta artéria centenária surgiram os primeiros arranha-céus da Madrid moderna. Destacam-se o célebre edifício Metrópolis, o edifício da Telefónica, o Casino Militar, o Edifício Capitol ou o cinema Callao.

Plaza de España

Prédios imponentes, dos quais se destaca o Edificio España, enquadram a Plaza de España, um espaço arborizado e ajardinado, onde Madrid homenageia Cervantes, esse grande escritor espanhol cuja personagem “Don Quijote” celebrizou mundialmente.

Templo de Debod

Visitar Madrid RoteiroPara fechar a tarde em beleza (e romantismo, se for visitar Madrid com a sua cara-metade), assista ao pôr-do-sol no Templo de Debod, um museu e templo egípcio antigo transladado do Assuão e reconstruído no meio doutro espaço verde que os madrilenos adoram.

Malasaña

Esta noite a nossa sugestão de programa vai para uma exploração gastronómica do bairro artístico mais alternativo de Madrid, Malasaña.

Descubra a movida madrilena em restaurantes com especialidades de toda a Espanha. Veja o calendário de eventos pois poucos bairros de Madrid podem orgulhar-se de ter uma agenda cultural tão preenchida como Malasaña. Feche o dia num dos bons bares do bairro, o Tupperware, o Picnic, o Taboo ou o Madklyn. Se quiser esticar a noite, há clubes arrojados com música ao vivo, do rock ao techno.

Roteiro Madrid: 3º Dia

Para o seu terceiro dia deste roteiro de Madrid, temos uma série de propostas. Só tem que escolher a que mais lhe agrade.

Calle Fuencarral

Interior da Iglesia de San Antonio de Los Alemanes

Se tiver tempo, não despreze uma visita diurna a Malasaña. Visite a barroca Iglesia de San Antonio de Los Alemanes (outrora dos Portugueses, mas nós insurgimo-nos), vá às compras ao Mercado de San Ildefonso na Calle Fuencarral (outrora a mais pobre do bairro, esta rua pedonal é hoje a mais comercial e um must-see, must-walk, must-shop), observar pessoas é na Plaza de 2 de Mayo com um interessante mercado ao fim de semana. Espere estudantes, cafetarias, pastelarias e lojas de vestuário vintage.

Milla de Oro

Está com apetite de fazer compras? Visite o requintado bairro de Salamanca, mais especificamente a Milla de Oro: grandiosas avenidas, restaurantes refinados, boutiques de designer e as grandes marcas de luxo encontram-se aqui. A elegância marca o ambiente e ninguém dispensa o sofisticado e badalado Platea Madrid que se tornou na referência europeia de “gastroexperience”.

Estádios de Madrid

Santiago Bernabéu

Madrid é também sinónimo de bom futebol. Pode ter a sorte de visitar Madrid num dia em que uma das grandes equipas da capital espanhola jogue em casa: o mundialmente famoso Real Madrid ou o Atlético de Madrid (o ideal era um derby madrileno). Mesmo que a sorte não esteja do seu lado, pode visitar o Santiago Bernabéu que veste as cores do Real, ou o novíssimo estádio Wanda Metropolitano do rival num tour guiado.

Toledo, a primeira capital espanhola

Sabia que Madrid nem sempre foi a capital espanhola? A cidade altaneira e muralhada de Toledo teve esse estatuto até 1563 e tem um ambiente medieval muito interessante. Toledo fica a meros 72 km de Madrid, o que possibilita uma visita rápida se estiver com carro. Junte o útil ao agradável livrando-se das questões logísticas e adicionando mais uma cidade medieval: aproveite a nossa recomendação deste tour de 1 dia a Toledo se não estiver com viatura própria ou alugada.

O que visitar em Madrid com crianças?

Parque Warner

Se viajar com crianças, terá que adaptar este roteiro de visita a Madrid aos interesses delas (principalmente nas sugestões de fim de dia). Mas quando lhes propuser uma ida ao Parque de Atracciones de Madrid ou ao Parque Warner ou ao Zoo, eles vão delirar. Mais central, tem o Parque Madrid Río. Ao pé da Pasarela de la Arganzuela tem mais duma dezena de diversões para a criançada, desde um barco pirata aos escorregas toboganes, passando por um campos desportivos, parque de skate e uma tirolesa. O Museu de Cera também pode interessá-los: não é todos os dias que podem tirar uma selfie com o Cristiano Ronaldo, o Iker Casillas ou o Dwayne Jonhson.

Madrid: Mapa Turístico com Principais Pontos de Interesse


Clique no canto superior direito para aumentar o mapa com os Principais Pontos de Interesse Turístico de Madrid.

Outros artigos de Espanha 

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre os melhores tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na World Nomads ou na IATI Seguros. São ambas agências 100% especializadas em viagens e apresentam sempre os melhores rácios custo-benefício do mercado. Se optar pela IATI use o nosso link e terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Anda à procura de voos baratos? Então utilize o Skyscanner para encontrar as melhores tarifas aéreas do mercado

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize o Rentalcars. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o blog "VagaMundos" a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.