Mora, o que visitar | Roteiro com o ver e fazer e dicas de alojamento

Mora, o que visitar | Roteiro com o ver e fazer e dicas de alojamento

Desconfiamos que visitar Mora não ocupe um lugar cimeiro na sua lista de destinos para escapadinhas ou férias em Portugal, mas vamos já tratar de alterar isso com esta nossa sugestão de roteiro para visitar Mora, um dos concelhos mais surpreendentes do Alentejo.

Mora, o que visitar | Roteiro com o ver e fazer e dicas de alojamento
Igreja da Graça – Roteiro para visitar Mora

Mora é um dos pontos de paragem mais emblemáticos numa roadtrip pela Estrada Nacional 2. Para descobrir todos os seus encantos, tem mesmo de ir com vagar, aquele que tão bem caracteriza o Alentejo. Livre-se de visitar Mora “só de passagem”. Olhe que Mora tem várias mãos cheias de segredos à espera de serem descobertos por si!

Mora, o que visitar | Roteiro com o ver e fazer e dicas de alojamento
Anta de Pavia – Roteiro para visitar Mora

Conte com lindas aldeias caiadas de branco, inabaláveis guardiãs de um riquíssimo património histórico e etnográfico; montados e sobreirais onde se escondem milenares monumentos megalíticos; lindas praias fluviais e cénicos passadiços; um estimulante fluviário que faz as delícias de miúdos e graúdos; surpreendentes capelas e santuários. Tem ainda a maravilhosa Albufeira da Barragem de Montargil à mão de semear e, claro, uma gastronomia de comer e chorar por mais – ou não estivéssemos no Alentejo!

Mora, o que visitar | Roteiro com o ver e fazer e dicas de alojamento
Praia Fluvial do Gameiro – Roteiro para visitar Mora

Já está a ficar com vontade de pegar no carro e ir abraçar a beleza e tranquilidade deste território alentejano? Então continue a ler este artigo. Nele vai encontrar o que não pode deixar de ver e fazer quando visitar Mora, vila e concelho, trilhos e passadiços, praias fluviais, melhores monumentos megalíticos, os melhores hotéis onde ficar, restaurantes onde comer as deliciosas iguarias alentejanas, e um mapa interativo, para não perder pitada do muito que Mora tem para lhe oferecer.

Na preparação da sua viagem para visitar Mora sugerimos que leia também os seguintes artigos:

Onde fica Mora?

Mora, o que visitar | Roteiro com o ver e fazer e dicas de alojamentoA vila portuguesa de Mora fica no distrito de Évora, mais especificamente na sub-região do Alentejo Central. Sede de município, a vila de Mora dista 60 km de Évora, 100 km de Lisboa e Setúbal e 300 km do Porto.

Tem como vizinhos os concelhos de Arraiolos, Avis, Coruche, Ponte de Sor e Sousel.

Quando visitar Mora?

Mora, o que visitar | Roteiro com o ver e fazer e dicas de alojamento
Aldeia de Brotas – Roteiro para visitar Mora

O clima de Mora é tipicamente alentejano. Ou seja, seco e de extremos. Os verões são quentes, geralmente acima dos 30ºC e há mesmo dias tórridos nos meses de julho e agosto. No extremo oposto, os invernos são muito frios, havendo noites com temperaturas negativas. Portanto, a primavera de o outono acabam por ser as melhores épocas do ano para visitar Mora.

Mora, o que visitar | Roteiro com o ver e fazer e dicas de alojamento
Cromeleque Monte das Fontainhas – Roteiro para visitar Mora

Como já referimos o verão em Mora é quente, muito quente, mas não descarte uma visita. Passa o dia a refrescar-se na Praia Fluvial do Gameiro ou a praticar desportos náuticos na Albufeira de Montargil, mime-se com um jantar típico regado com néctar dos deuses e adormeça a mirar um céu estrelado que a cidade grande nunca lhe vai proporcionar.

Albufeira da Barragem de Montargil

E no inverno, pode ter tudo isto com o abraço aconchegante e o som tranquilizante do crepitar numa lareira acesa.

Mora, o que visitar | Roteiro com o ver e fazer e dicas de alojamento
Torre das Águias – Roteiro para visitar Mora

Festas e romarias, festivais gastronómicos e concertos são outras das oportunidades para conhecer a cultura do território e saber quando visitar Mora. Os grandes destaques vão para os seguintes eventos:

  • Mês das Migas (março)
  • Festival Música no Rio, junto ao Fluviário de Mora (julho)
  • Festas em Honra de Nossa Senhora das Brotas (2º fim de semana de agosto)
  • Festas em Honra do Santíssimo Sacramento em Pavia (1º fim de semana de setembro)
  • Mostra Gastronómica da Caça (novembro)
  • Prova de Vinho Novo de Cabeção (dezembro)

Onde ficar a dormir em Mora? Sugestões de alojamento

Lago Montargil & Villas

Complemente a sua escapadinha a Mora com o genuíno acolhimento alentejano dormindo (pelo menos) uma noite num dos admiráveis alojamentos da região. Independentemente da sua preferência de categoria de alojamento, hotéis ou alojamentos de turismo rural, encontra qualidade a preços acessíveis.

Abaixo encontra os nossos alojamentos favoritos onde ficar numa escapadinha a Mora – testados e aprovados por nós – que apresentam a melhor relação qualidade-preço da região.

Montargil Monte Novo

No Montagil Monte Novo encontra a villa ideal para umas férias relaxantes, em casal ou em família. Com vistas da Barragem de Montargil, do terraço-jardim, da soberba piscina exterior e do lounge-bar, disponibiliza villas estupendas, com todas as comodidades e um toque de sofisticação, com cozinha totalmente equipada e… Piscina privada! Com funcionários fantásticos e um restaurante estupendo, onde o pequeno almoço super variado é servido, nem apetece ir mais longe.

Casas de Romaria

Pode alugar um estúdio ou uma pequena casinha nas Casas de Romaria. Este típico alojamento alentejano fica situado na castiça e tranquila aldeia de Brotas e tem tudo o que é preciso para relaxar depois de um dia em cheio a explorar o concelho de Mora. Para além da simpatia dos anfitriões, destacamos ainda a agradável piscina exterior e o pequeno-almoço onde nunca faltam os deliciosos produtos regionais.

Lago Montargil & Villas

O Lago Montargil & Villas é um dos nossos alojamentos favoritos desta região. É verdade que existem opção mais económicas nas redondezas da Albufeira de Montagil, mas se reservar com antecedência pode conseguir excelentes negócios. E acredite que merece o investimento. Os quartos são super luxuosos, o pequeno-almoço é delicioso e tem uma piscina e um spa fantásticos. A relação qualidade-preço é simplesmente estupenda quando se consegue aproveitar as campanhas promocionais agressivas.

Clique para ver mais opções de alojamento na região de Mora

O que ver e fazer em Mora: locais a visitar e experiências a não perder

Mora, o que visitar | Roteiro com o ver e fazer e dicas de alojamento
Praça Concelheiro Fernando de Sousa, o coração do centro histórico de Mora

O que visitar em Mora? Bem, para a vila em si, não vai precisar de alocar muito tempo. Como tal, não nos vamos alargar muito com a escrita. Mas não nos interprete mal! É que a riqueza patrimonial, natural e cultural de Mora não se encontra concentrada na vila mas sim espalhada pelo concelho, como vai perceber depois de ler este artigo.

Rua do Centro Histórico de Mora

Sem mais delongas, eis os locais e as experiências a não perder num roteiro para visitar a vila de Mora:

  • Conhecer o vasto património religioso da vila visitando a Igreja da Graça (a Matriz de Mora), a Igreja da Misericórdia (onde encontrará um dos sinos mais antigos do Alentejo, datado do século XIV) e a Ermida de Santo António.
  • Deambular pelas castiças ruelas e pracetas de Mora e admirar a imponente Torre do Relógio, que fazia parte dos antigos Paços do Concelho.
  • Visitar o Museu Interactivo do Megalitismo, localizado na antiga estação de comboios de Mora, um excelente ponto de partida para conhecer o enorme legado pré-histórico desta região e onde poderá ver como seria a vida num povoado neolítico há milhões de anos atrás.
  • Passear pelas margens da ribeira da Raia ao longo da Pista de Pesca Desportiva de Mora.
Igreja da Graça

O que visitar no concelho de Mora e arredores? Pontos de interesse perto de Mora

Depois de visitar a vila de Mora, pegue no carro e parta à descoberta dos muitos tesouros do concelho de Mora e arredores. Temos sugestões que tanto dão para uma escapadinha de fim de semana, prolongado de preferência, como para uma relaxante semana de férias.

Fluviário de Mora – Parque Ecológico do Gameiro

O Parque Ecológico do Gameiro é um autêntico oásis do concelho de Mora e a sua maior estrela é o extraordinário Fluviário de Mora, um dos maiores aquários de água doce da Europa.

Durante a sua visita irá passar por 6 galerias expositivas que lhe vão permitir conhecer mais sobre a vida aquática e os ecossistemas de água doce de Portugal, da Península Ibérica e das regiões tropicais da América do Sul e de África.

Os principais destaques do Fluviário de Mora são os seguintes:

  • Acompanhar o percurso de um rio ibérico, desde a nascente até à foz, e conhecer as espécies que nele habitam.
  • Ver as simpáticas lontras-de-garras-pequenas e as lontras-europeias no Lontrário (não perca a alimentação das lontras às 12h45 e às 16h40).
  • Habitat Monstros do Rio, onde poderá observar peixes de água doce de grandes dimensões, como sejam a Carpa e o Esturjão.
  • Grande Aquário do Amazonas, dedicado à biodiversidade da Bacia Hidrográfica do Rio Amazonas.
  • Galeria dos Habitats Exóticos, onde irá encontrar espécies de peixes dos rios da América do Sul, América Central, Ásia e lagos de África (como piranhas) e um sem número de anfíbios e répteis.
  • Sala Saramugo, uma galeria dedicada ao saramugo (peixe endémico das regiões média e inferior da bacia do Guadiana em elevadíssimo perigo de extinção) e às espécies autóctones de anfíbios, répteis e moluscos.

Praia Fluvial do Gameiro, a melhor praia fluvial de Mora

No Parque Ecológico do Gameiro irá encontrar também a Praia Fluvial do Gameiro, a melhor praia fluvial de Mora e uma das nossas praias fluviais favoritas em todo o Alentejo. A praia é um excelente aproveitamento do Açude do Gameiro, na Ribeira da Raia. Para além de contar com muita sombra natural, tem ainda uma série de guarda-sóis de palha gratuitos, bar de apoio, parque infantil, zona de merendas com assadores e até mesmo um campo de futebol de praia.

E se gosta de acampar, está com sorte: há um parque de campismo mesmo ao lado da praia. Resumindo e concluindo: quando visitar Mora tem tudo o que é preciso para uns dias bem passados rodeado por natureza.

Trilho dos Passadiços do Gameiro, o melhor percurso pedestre de Mora

Mora, o que visitar | Roteiro com o ver e fazer e dicas de alojamentoOutro dos grandes atrativos do Parque Ecológico de Mora é o Trilho dos Passadiços do Gameiro. O passadiço tem início na vistosa Praia Fluvial do Gameiro e segue junto à tranquila ribeira da Raia, bordejado pelos sublimes montados alentejanos.

O passadiço em madeira tem apenas 1,5 km de extensão (3 km ida e volta), como tal, é natural que saiba a pouco. Mas temos boas notícias. O Passadiço do Gameiro está inserido num excelente percurso pedonal circular de 5,5 km de extensão que, não só estende o passeio ribeirinho para o dobro, como ainda leva o caminhante a percorrer cerca de 2,5 km pelos típicos montados alentejanos. Se gosta de caminhadas, não deixe de incluir este percurso pedestre no seu roteiro para visitar Mora!

Clique para conhecer os melhores Trilhos e Percursos Pedestres de Portugal

Aldeia e Santuário de Brotas

Santuário de Nossa Senhora de Brotas

Muitos conhecem-lhe o nome, mas ignoram o valor. Brotas é uma das mais autênticas e desconhecidas aldeias do Alentejo que tem (mesmo) de visitar no concelho de Mora. Ao quilómetro 488 da Estrada Nacional 2, que risca a aldeia a meio, fica esta que consideramos uma das aldeias mais bonitas do Alentejo.

Pacata e aparentemente adormecida, é terra de lendas, de tradições seculares, de culto e de milagres. O Santuário de Nossa Senhora de Brotas, a santa protetora dos animais, é local de peregrinação há mais de 500 anos e a existência da aldeia é indissociável deste culto mariano.

Os locais a não perder quando visitar Brotas são os seguintes:

  • Santuário de Nossa Senhora de Brotas
  • Barroca de Nossa Senhora de Brotas (Rua da Igreja)
  • Casas das Confrarias (século XVII)
  • Fonte do Largo da Igreja de Nossa Senhora de Brotas
  • Calçada das Águias (Rua Joaquim Pereira Cachola)
  • Fontanário de Brotas de 1699
  • Miradouro de Brotas
  • Olaria de Brotas

Torre das Águias

Mesmo ao lado da aldeia de Brotas irá encontrar as ruínas da Torre das Águia, um dos exemplares mais significativos de torres manuelinas no Alentejo. A torre foi mandada erguer no século XVI por D. Nuno Manuel, guarda-mor do rei D. Manuel I (1495-1521), tendo sido utilizada para repouso dos fidalgos nas caçadas de grande montaria, frequentes nesta região do Alentejo. Infelizmente encontra-se em muito mau estado de conservação pelo que só a poderá observar do exterior. Nas imediações da torre poderá ver também as ruínas da Ermida de São Sebastião Brotas.

Vila e Anta de Pavia (Capela de São Dinis)

Anta-Capela de São Dinis

Pavia é o povoado mais antigo do concelho de Mora e tem como principal ponto de interesse a sua sui generis Anta-Capela de São Dinis, um caso ímpar de um dólmen situado no centro de uma vila. Estima-se que a anta foi erguida entre o IV milénio a.C. e o III milénio a.C tendo sido adaptada a templo católico durante a Idade Média.

Mora, o que visitar | Roteiro com o ver e fazer e dicas de alojamento
Antigos Paços do Concelho de Pavia e Torre do Relógio

Para além da Anta-Capela de São Dinis, sugerimos que visite também os seguintes pontos de interesse de Pavia:

  • Igreja Matriz de São Paulo
  • Igreja da Misericórdia de Pavia
  • Edifício dos Paços do Concelho
  • Torre do Relógio
  • Ermida de São Sebastião
  • Igreja de Santo António de Pavia
  • Miradouro de Pavia
  • Casa Museu Manuel Ribeiro de Pavia
  • Ponte Medieval sobre a ribeira da Raia (situada na estrada que liga Pavia a Avis)

Cromeleque Monte das Fontainhas

O Cromeleque das Fontainhas é um dos monumentos megalíticos mais emblemáticos de Mora. Terá sido construído entre os inícios do IV e meados do II milénio a.C., fazendo parte do denominado universo megalítico eborense, que tem como ex-libris o extraordinário Cromeleque dos Almendres, o Stonehenge português. Não hesite em incluí-lo no seu roteiro para visitar Mora.

Aldeia de Cabeção

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Purificação

Cabeção é outra das aldeias históricas do concelho de Mora. Acredita-se que terá sido fundada pelos cavaleiros da Ordem Militar de São Bento de Avis, tendo sido vila e sede de concelho entre 1395 e 1836.

Mora, o que visitar | Roteiro com o ver e fazer e dicas de alojamento
Pista Internacional de Pesca Desportiva de Cabeção

Presentemente, Cabeção é conhecida pela sua reputada Pista Internacional de Pesca Desportiva, situada nas margens da ribeira da Raia (se percorrer o trilho dos Passadiços do Gameiro irá passar por lá) e pelo seu vinho produzido artesanalmente nas tradicionais talhas de barro.

Pelourinho de Cabeção

Os locais a não perder quando visitar a aldeia de Cabeção são os seguintes:

  • Igreja Matriz de Nossa Senhora da Purificação
  • Pelourinho de Cabeção
  • Igreja e Hospital da Misericórdia de Cabeção
  • Torrinha do Castelo ou Torre da Laranjinha (não é um castelo mas sim uma pequena capela onde se diz que terá nascido a vila de Cabeção)
  • Igreja de Santo António de Cabeção
  • Ermida de São Salvador do Mundo
  • Fonte Velha

Albufeira da Barragem de Montargil

Quando visitar Mora não deixe de dar um saltinho à maravilhosa Albufeira da Barragem de Montargil onde pode praticar uma miríade de desportos náuticos (como canoagem, jetski ou passeios de lancha), dar uns retemperadores mergulhos (no verão, claro está) ou simplesmente deliciar-se com as paisagens deste recanto do vizinho concelho de Ponte de Sor. O pôr-do-sol é inesquecível!

Ponte de Sor

Ponte pedonal de Ponte de Sor

E por falar em Ponte de Sor, não deixe de a incluir no seu roteiro quando visitar Mora. Faça um pequeno passeio pelas ruas, praças e largos do centro histórico, onde encontra várias obras de street art, e pela sua aprazível zona ribeirinha onde brilha a imaginativa ponte pedonal de Ponte de Sor. Os outros locais de destaque desta cidade Alentejana são a Igreja Matriz, o antigo edifício dos Paços do Concelho e o Centro de Artes e Cultura, onde se encontra o maior mosaico do mundo feito com rolhas de cortiça.

Coruche

Sabia que mesmo ao lado de Mora pode voar num balão de ar quente sobre as lezírias ribatejanas? Pois é, em Coruche, a capital mundial da cortiça, é possível ter esta fantástica experiência. Pode não ter a surreal paisagem da Capadócia como pano de fundo, mas garantimos que o rio Sorraia e os montados e lezírias de Coruche são igualmente um cenário maravilhoso para desfrutar de um voo de balão.

E os encantos de Coruche estão longe de se esgotar no ar. Na água, o rio Sorraia é o palco perfeito para a prática de desportos aquáticos, como seja a canoagem. Em terra, há um sem número de trilhos para percorrer, a pé, de bicicleta ou a cavalo.

Onde comer em Mora? Melhores Restaurantes

A cozinha alentejana surpreende pela sinfonia de sabores que nasce de ingredientes simples, onde nunca pode faltar o pão, o azeite e as ervas aromáticas.

Ensopado de Borrego

As migas e açordas, a sopa de cação e o gaspacho, o ensopado de borrego, as carnes de porco preto, de vitela e touro bravo, o bacalhau, os espargos… São apenas alguns pratos e ingredientes que marcam uma culinária de saber popular antigo que leva sempre à mesa iguarias plenas de sabor às quais não pode faltar um bom vinho alentejano como companhia.

Migas com Entrecosto

Abaixo encontra os nossos restaurantes favoritos no concelho de Mora para degustar as iguarias alentejanas. Bom apetite!

Afonso
Rua de Pavia 1, Mora

Helder Ganhão
Rua de São Pedro 42, Mora

O Poço
Rua 25 de Abril 7, Brotas

O Forno
Rua 25 de Abril 2, Pavia

Mapa com a localização dos principais pontos de interesse a visitar em Mora

Clique no canto superior direito para aumentar o mapa com a localização dos principais pontos de interesse a visitar em Mora.

Outros artigos do Alentejo

Prepare a sua próxima Viagem

Reserve o seu alojamento através do Booking.com. É onde encontramos sempre as melhores promoções e permite cancelar a reserva sem custos.

No GetYourGuide e na Civitatis encontra sempre as melhores atividades e tours locais e pode ainda reservar o seu transfer do aeroporto e saltar as filas comprando antecipadamente as entradas para os principais monumentos.

Jogue pelo seguro e faça um seguro de viagem na IATI Seguros. É uma agência 100% especializada em viagens e apresenta o melhor rácio custo-benefício do mercado, sendo que todos os seus seguros contam com excelentes coberturas COVID-19. Se utilizar o nosso link terá um desconto de 5% por ser nosso leitor.

Se precisa de alugar um carro para a sua próxima viagem recomendamos que utilize a AutoEurope. Permite comparar os preços de dezenas de empresas de rent-a-car e é possível cancelar o aluguer sem custos até 48h antes da partida.

Esta página contem links afiliados. Só recomendamos marcas que utilizamos e confiamos a 100%. Se efectuar as suas reservas através desses links recebemos uma pequena comissão. Dessa forma está a ajudar o VagaMundos a manter-se vivo. E o melhor de tudo é que você não paga mais por isso. Muito Obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.